Programação

Orçamentária
2014
Ministério do Planejamento,
Orçamento e Gestão

Ministério da Fazenda
20 de fevereiro de 2014
1

Programação Orçamentária de 2014
Objetivo:
Consolidação fiscal que viabiliza a sustentabilidade do
crescimento econômico e contribui para o combate à
inflação

Instrumentos:
• Contenção das despesas de custeio
• Ampliação dos investimentos
• Manutenção dos programas sociais
2

Parâmetros
macroeconômicos
para 2014
PIB real
PIB nominal

2,5 %
R$ 5.211 bilhões

Inflação (IPCA)

5,3%

Câmbio médio

R$ 2,44
3

Locomotiva do crescimento será o
investimento
Crescimento do PIB e FBKF, em % a.a.
PAC

PAC 2

* Projeções

21,6

FBKF

2,5

2,3
5,5

1,0

2,7
4,8

PIB

-4,0

-6,8

-0,3

5,2

7,5

13,6

13,7
6,1

3,9

25
20
15
10
5
0
-5
-10

9,7

MCMV

Programas de
Concessões

Fonte: IBGE e Ministério da Fazenda
Elaboração: Ministério da Fazenda

4

Expansão dos investimentos do Governo
Central
Investimentos do Governo Central, valores pagos, em R$ bilhões correntes

80
70
60
50
40
30
20
10
0

73,8
52,6

59,4

63,2

44,7

6,0

9,7

11,6

* Projeção Ministério da Fazenda

17,1

21,9

28,1

34,0

Fonte: Ministério da Fazenda
Elaboração: Ministério da Fazenda

5

Investimento do setor público:
PAC e MCMV
Em % do PIB
6,0%

4,7%
4,4%
4,2%

5,0%

4,5%

4,7% Total

4,0%

3,7%
4,0%

3,0%
3,0%

2,6%

2,6%

1,9%
2,9%

2,6%

1,8%

1,7%

1,4%

2,0%

2,1%

2,1%

Estados e
Municípios
(Rec.
Próprios)

1,0%
PIB, trimestre/trimestre
anterior, em %
1,1%
2,0%

1,0%

0,0%

1,1%

1,2%

1,0%

1,2%

1,0%

1,2%

1,6%
1,4%

1,4%
1,1%

0,1%
0,2%

0,2%
0,2%

0,1%
0,3%

0,2%
0,4%

0,3%
0,4%

2003

2004

2005

2006

2007

* Estimativas

1,4%
0,4%

0,4%

Estatais
Federais

1,4%

1,4%

1,3%

1,4%

0,3%

0,5%

0,5%

0,5%

Estados e
Municípios
(Transf.
União)

0,7%

União

0,4%
0,5%

0,6%

0,8%

0,6%

0,6%

0,6%

2008

2009

2010

2011

2012

2013*

2014*

Fonte : Ministério da Fazenda
Elaboração: Ministério da Fazenda

6

Investimentos associados ao Programa de
Concessões em Infraestrutura
Em R$ bilhões

Fonte: EPL, EPE, MME e Ministério da Fazenda
Elaboração: Ministério da Fazenda

7

Expansão do investimento estrangeiro direto
Em US$ bilhões
70
60
50
40
30

20PIB,

trimestre/trimestre anterior, em %

10
0

10,1

18,1

15,1

18,8

34,6

45,1

25,9

48,5

66,7

65,3

64,0

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

Fonte: Banco Central do Brasil
Elaboração: Ministério da Fazenda

8

15 anos de esforço fiscal: resultado primário
Resultado primário do setor público consolidado*, em % do PIB
Crise
Média: 2,9% do PIB

0,0

2,9

3,2

3,2

3,2

3,3

3,7

3,8

3,2

3,3

3,4

2,0

2,7

3,1

2,4

1,9

1,9

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

-0,9
1997

1998

-0,1
1996

0,2

Média: 1,5% do PIB

1995

4,0
3,5
3,0
2,5
2,0
1,5
1,0
0,5
0,0
-0,5
-1,0

* Para valores anteriores a 2002, a série histórica do Setor Público
Consolidado inclui Petrobras e Eletrobrás.

Fonte: Banco Central do Brasil
Elaboração: Ministério da Fazenda

9

Dívidas bruta e líquida caíram em 2013
Dívida Líquida do Setor Público e Dívida Bruta do Governo Geral, em % do PIB
Dívida Bruta
(metodologia FMI)

79,4
74,6

70,7

69,3
60,9

Dívida Líquida

60,4

* Projeção

54,8

50,6

Dívida Bruta do Governo Geral
(metodologia atual BCB)
56,4

48,4

47,3

58,0

45,5

58,8

57,4

38,5

42,1

53,4

54,2

39,2

36,4

Fonte: FMI, Banco Central do Brasil e
Ministério da Fazenda
Elaboração: Ministério da Fazenda

35,3

57,2

57,1

33,8

33,6

10

Premissas
Este orçamento foi feito com estimativas
conservadoras para receita
Receitas extraordinárias menores que as de
2013
2014 não prevê desonerações tributárias
adicionais
Contenção de despesas de custeio e da
máquina administrativa

11

Programação Orçamentária
Em R$ bilhões
Discriminação

I. Receita Total

Realizado LOA 2014
2013
(a)

Decreto
2014
(b)

Diferença
(b – a)

1.179,0

1.331,6

1.302,7

-28,9

Receita Administrada

719,2

797,0

779,1

-17,9

Previdência Social

307,1

357,8

346,8

-11,0

152,7

176,8

176,8

0,0

181,8

221,9

214,3

-7,6

Outras
(concessões, dividendos, royalties)

II. Transferências a Entes
Subnacionais

* Concessões e permissões; salário-educação; royalties; dividendos e
participações, e outros.

12

Programação Orçamentária
Em R$ bilhões
Realizado
2013

LOA 2014
(a)

Decreto
2014
(b)

Diferença
(b – a)

920,1

1.051,7

1.007,6

-44,0

Despesas Obrigatórias

699,4

768,5

755,0

-13,5

Despesas Discricionárias

220,7

283,1

252,6

-30,5

75,3

58,1

80,8

Discriminação

Despesas Primárias

Resultado Primário

13

Programação Orçamentária
Em R$ bilhões e % do PIB
LOA 2014

Discriminação

Resultado Primário

DECRETO 2014

R$ bilhões

% PIB

Governo Federal (1)

58,1

1,10

80,8

1,55

Governos Regionais c/ Estatais (2)

51,3

1,00

18,2

0,35

Setor Público Consolidado (1+2)

109,4

2,10

99,0

1,90

PIB nominal na LOA 2014: R$5.280,4 milhões
PIB nominal no Decreto 2014: R$ 5.211,2 milhões

R$ bilhões % PIB

14

15

ESTÃO PRESERVADAS AS PRIORIDADES DE GOVERNO
• O ajuste nas despesas foi orientado para a redução no
custeio e preservação dos investimentos prioritários
• Foram integralmente preservados os recursos:
• Saúde
• Educação
• MDS – Brasil sem Miséria
• Ciência, Tecnologia e Inovação
16

ESTÃO PRESERVADAS AS PRIORIDADES DE GOVERNO

Item
Saúde
Educação
Desenvolvimento Social
Ciência, Tecnologia e Inovação

Empenhado 2014 - R$ milhões
em 2013
LOA*
Limite
75.572,6
38.076,0
29.645,9
6.719,3

82.594,1 82.594,1
42.298,8 42.298,8
31.703,7 31.703,7
6.869,5 6.869,5

*Exceto emendas

17

REDUÇÃO DAS DESPESAS – R$ 44 BILHÕES
R$ bi l hões

Itens
Obrigatórias
Discricionárias

Redução
13,5
30,5

18

DESPESAS OBRIGATÓRIAS – R$ 13,5 BILHÕES
R$ milhões

Descrição
Benefícios da Previdência
Desoneração Folha
Subsídios e Subvenções
Créditos Extraordinários

Lei
Decreto de
Orçamentária
Programação
2014
388.285
386.916
17.000
11.000
14.674
8.000
563

Variação
-1.370
-6.000
-6.674
563

19

REDUÇÃO DAS DESPESAS DISCRICIONÁRIAS
R$ 30,5 bilhões
2014
Órgãos e/ou Unidades Orçamentárias
PAC
Emendas Parlamentares
Saúde
Educação
Des. Social e Combate à Fome
Advocacia Geral da União
Agricultura
Cidades
Ciência, Tecnologia e Inovação
Comunicações
Cultura
Defesa

LOA
(a)
61.463,9
19.763,0
82.594,1
42.298,8
31.703,7
300,6
2.183,3
698,3
6.869,5
767,8
1.013,8
14.792,5

Redução
Limite
(b)

(a-b)

54.463,9
6.462,6
82.594,1
42.298,8
31.703,7
300,6
1.883,3
628,3
6.869,5
717,8
863,8
11.292,5

7.000,0
13.300,4
300,0
70,0
50,0
150,0
3.500,0
continua

20

REDUÇÃO DAS DESPESAS DISCRICIONÁRIAS
R$ 30,5 bilhões
2014
Órgãos e/ou Unidades Orçamentárias
Des. Agrário
Des. Ind. Com. Exterior
Encargos Fin. da União
Esportes
Fazenda
Integração Nacional
Justiça
Meio Ambiente
Minas e Energia
Op. Oficiais de Crédito
Pesca e Aquicultura
Planejamento
Presidência da República

LOA
(a)
3.104,2
1.315,8
1.558,2
946,7
4.768,9
690,0
4.295,7
1.025,6
542,2
127,2
247,3
1.223,5
991,7

Redução
Limite
(b)
2.375,2
1.015,8
958,2
901,7
3.218,9
490,0
3.495,7
955,6
522,2
127,2
207,3
703,5
941,7

(a-b)
729,0
300,0
600,0
45,0
1.550,0
200,0
800,0
70,0
20,0
40,0
520,0
50,0

continua

21

REDUÇÃO DAS DESPESAS DISCRICIONÁRIAS
R$ 30,5 bilhões
2014
Órgãos e/ou Unidades Orçamentárias
Previdência Social
Relações Exteriores
Sec Assuntos Estratégicos
Sec Aviação Civil
Sec Direitos Humanos
Sec Micro e Pequena Empresa
Sec Pol Promoção Igualdade Racial
Sec Políticas para as Mulheres
Secretaria de Portos
Trabalho
Transferências Superv. MF
Transportes
Turismo
Vice-Presidência da República

LOA
(a)
2.283,3
1.071,5
67,9
390,2
196,7
56,5
31,3
102,7
119,8
1.008,6
172,3
1.252,8
609,9
5,1

Redução
Limite
(b)
1.883,3
871,5
57,9
350,2
176,7
56,5
28,3
82,7
107,8
888,6
172,3
1.132,8
349,9
5,1

(a-b)
400,0
200,0
10,0
40,0
20,0
3,0
20,0
12,0
120,0
120,0
260,0
-

22

EMENDAS PARLAMENTARES
• Liberação de limite para as emendas individuais

R$ 6.510,9 milhões, 50% na Saúde

• A diferença entre Aprovação e Execução
• Ajuste da Base de Cálculo
• Contingenciamento na mesma proporção do Executivo

23

Programação
Orçamentária
2014
Ministério do Planejamento,
Orçamento e Gestão
Ministério da Fazenda
Fevereiro de 2014
24