13-10-2009

Da Terra à Lua
2.ª Lei de Newton

Ana Paula Pereira – 2009/2010

Sumário
As forças e os seus efeitos Efeito das forças sobre a velocidade Aceleração Aceleração em movimentos rectilíneos Aceleração em movimentos não rectilíneos 2ª Lei de Newton Movimento com aceleração constante
Ana Paula Pereira – 2009/2010

1

13-10-2009

As forças e os seus efeitos
As forças a que um corpo está sujeito detectam-se detectampelos efeitos que produzem, como: como:
deformação; deformação; modificação do seu estado de repouso; repouso; modificação do seu estado de movimento; movimento; variação da velocidade. velocidade.

Ana Paula Pereira – 2009/2010

Efeito das forças sobre a velocidade
Se a força tem a direcção da velocidade, ela só faz variar o módulo da velocidade, mas não a direcção desta; desta;
Se tiver o sentido da velocidade, faz aumentar a velocidade do corpo; corpo; Se tiver o sentido oposto, faz diminuir a velocidade. velocidade.

Ana Paula Pereira – 2009/2010

2

13-10-2009

Efeito das forças sobre a velocidade
Se a força não tiver a direcção da velocidade, faz mudar a direcção da velocidade e o movimento é curvilíneo; curvilíneo;
A componente da força na direcção da velocidade faz variar o módulo da velocidade; velocidade; A componente na direcção perpendicular faz mudar a direcção da velocidade. velocidade.
Ana Paula Pereira – 2009/2010

Exemplo
A força que a Terra exerce na Lua (força gravitacional) altera a direcção da velocidade da Lua mas não o seu módulo. módulo.

Movimento (aproximadamente) circular da Lua à volta da Terra

Ana Paula Pereira – 2009/2010

3

13-10-2009

Aceleração
Um dos principais efeitos da aplicação de uma força é alterar a velocidade de uma partícula. partícula. A grandeza vectorial que ao longo do tempo reflecte a variação de velocidade, quer na intensidade, quer na direcção, quer no sentido, é a aceleração. aceleração.

Ana Paula Pereira – 2009/2010

Aceleração
Quando um automóvel se desloca numa estrada rectilínea, pode calcular-se a sua aceleração calcularmédia utilizando a expressão: expressão:

Ana Paula Pereira – 2009/2010

4

13-10-2009

Aceleração em movimentos rectilíneos
Quando num objecto a velocidade e a aceleração têm a mesma direcção e sentido, o movimento é acelerado.

Ana Paula Pereira – 2009/2010

Aceleração em movimentos rectilíneos
Quando num objecto a velocidade e a aceleração têm a mesma direcção mas sentidos opostos, o movimento é retardado.

Ana Paula Pereira – 2009/2010

5

13-10-2009

Aceleração em movimentos não rectilíneos
A velocidade varia constantemente em direcção, pelo que há sempre aceleração. aceleração.

Os vectores e direcção, mas

não têm a mesma tem a direcção de
Ana Paula Pereira – 2009/2010

2.ª Lei de Newton
Newton mostrou que existe uma relação entre a força que actua num corpo e a aceleração que lhe provoca. provoca. Os módulos da força resultante aplicada e da aceleração são directamente proporcionais. proporcionais. Atenção: Atenção: o módulo da força não é proporcional à velocidade, mas sim à aceleração, isto é, à variação de velocidade!
Ana Paula Pereira – 2009/2010

6

13-10-2009

2.a Lei de Newton
Equação Fundamental da Dinâmica

r r F = ma

O módulo da força resultante que actua sobre um corpo de massa constante é directamente proporcional ao módulo da aceleração que ele adquire, sendo a constante de proporcionalidade igual à massa. massa.

Ana Paula Pereira – 2009/2010

Movimento com aceleração constante

Ana Paula Pereira – 2009/2010

7

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful