Universidade Gama Filho Pós-Graduação Lato-Senso em Psicologia Junguiana Disciplina: Psicopatologia Professora: Maria Lúcia Loredo

Abreu Jorge

Educar a função sentimento e acolher os afetos – uma questão de saúde

Cláudia Bastos Rabelo

Rio de Janeiro Junho/2013

articulando com os conceitos da psicologia profunda. O sentimento por outro lado. uma crítica da Jornalista Eliane Brum ao conteúdo da nova edição do Manual Diagnóstico e Estatístico dos Transtornos Mentais lançado pela Associação Americana de Psiquiatria. de um lado. por inervações perceptíveis do corpo e. isso quer dizer que a origem do afeto é o inconsciente. Ele resulta da atividade do sistema límbico do cérebro e não do córtex cerebral. O afeto é automático” (SHULTZ. Shultz faz uma boa distinção: “Afeto é um evento fisiológico ocorrendo involuntariamente no corpo como uma resposta a um estímulo. e é mediado pelo sistema nervoso autônomo. Um texto que me causou impressão e me inspirou a escolha do trabalho foi: “Acordei doente mental”. por uma perturbação peculiar do curso das ideias” Para abordar a função sentimento. quanto a questão dos afetos. econômica e social no âmbito da saúde pública foram abordadas e discutidas em sala de aula e não menciono aqui. .Introdução A proposta deste trabalho é fazer uma reflexão sobre a importância da função sentimento e a livre expressão dos afetos na manutenção da homeostase psíquica e apontar que uma educação da função sentimento se faz necessária em uma sociedade onde há predomínio do pensamento. Em nossa linguagem psicológica. requer alguma auto consciência e alguma reflexão. 2004) Esta semana lí matérias na mídia que fizeram aprofundar minha reflexão sobre o que é considerado patológico ou saudável em nossa cultura civilizada. tanto os tipos psicológicos. Outras duas notícias passo agora a refletir no desenvolvimento deste trabalho. de outro. é necessário fazer uma diferenciação entre sentimento e afeto. As questões de ordem política. § 751). ele conceitua afeto como: “um estado de sentimento caracterizado. Afeto e emoção são sinônimos para Jung (1991a. levando em conta para nortear esses temas. Chega até nós sem ser convidado e pode estar presente quer nós estejamos conscientes dele ou não.

A função sentimento e a expressão dos afetos Em um jornal carioca de distribuição gratuita. um comentarista esportivo conhecido do grande público em sua coluna semanal. integra. por tanto. Porém. chorou no momento do Hino Nacional. Neymar. ela estabelece o quanto algo é importante para nós. Há culturalmente um predomínio da função pensamento como . que é considerado um ícone deste esporte na atualidade. de certa forma. Difícil vai ser a recuperação ainda na copa das confederações. Von Franz explica que: “Na maioria das sociedades normais. do objeto e do mundo externo onde em nossa cultura ocidental a atitude do tipo extrovertida vai ser priorizada. Neymar se mostrou descompensado emocionalmente e. e o que é natural foi descrito como falta de controle pelo termo “descompensado”. A persona é um reflexo desenvolvido do consenso coletivo.. podemos usar a internet como exemplo de valorização da aparência.. Sobre o aspecto curativo dos afetos. com tantas cifras na cabeça. Uma das principais razões pelas quais se desenvolve uma persona é para não se exporem inferioridades.” ( VON FRANZ. Eis o que o comentarista escreveu dias depois do ocorrido em sua “Coluna do Garotinho” com o título “Choro de Neymar”: “.a emoção é curativa porque ela cria.. A persona é contaminada pela nossa natureza animal e pelos nossos afetos e emoções inadequados. explanou seu parecer quanto à manifestação emocional de um jogador de futebol muito jovem. em sua última partida no time paulista contra o Flamengo. A empatia foi substituída pela análise da persona do jogador.” (José Carlos Araújo) O jovem expressou a emoção de viver um momento importante e significativo de sua vida. 1995. p. as pessoas cobrem sua função inferior com uma persona. até a copa das confederações é esperada pelo comentarista. ou talvez. Hillman nos fala: “. inseguro quanto ao futuro. o então craque do Santos às vésperas de mudar de clube e de país. em segundo plano. A função sentimento é um instrumento individual e de auto afirmação. a expressão de uma emoção dolorosa pode ser curativa. uma doença. Von Franz afirma que a persona é um arquétipo fundamental da psique que se refere a maneira pela qual a consciência responde a sociedade. amplificando o exposto da notícia acima. Ao contrário do que pensa o senso comum. não está relacionado com a persona. reordena.ao chorar..228) Uma “recuperação”. produz.. em especial as da quarta função. a unilateralidade e postura rígida e inflexível pode se constituir patológico se passamos a julgar as pessoas a partir da identificação com suas personas. Penso que. pela projeção da sombra do jornalista diante da dificuldade em lidar com as próprias emoções ou tipo sentimento indiferenciado.. 1992.8) A função sentimento é uma função de julgamento e estabelece de forma racional a hierarquia de valor. A facilidade de acesso ao mundo virtual disponibiliza uma quantidade grande de informações que mobiliza o foco de atenção da maioria das pessoas e o mundo interno fica assim. Algo do qual. haverá necessidade em curar.Imagino o que se passa na cabeça de um jovem de 21 anos. rompe com o velho e com o estático e fomenta a auto-realização” (HILLMAN. p.

uma doença que é estigmatizada e temida e o avanço da ciência e seus recursos. A mãe da atriz e outras mulheres de sua família morreram com a doença. Resolveu optar pela mastectomia preventiva onde os riscos caíram drasticamente de 87% para 05% em desenvolver câncer de mama. a qual não pode ser atingida nem pela . A função pensamento estaria explícita na lógica da vantagem em ser o custo muito barato. mas uma expressão consequente de uma atividade psíquica existente fora do domínio consciente. afetiva e simbólica no ressignificar de seu luto e sofrimento. e 50% de ter um câncer de ovário.diferenciada. Ela descobriu por conta de um exame de sequenciamento genético. tem sua razão de ser. onde a busca pelo prazer e satisfação dos sentidos podemos ver estampados em mídias de todos os tipos. O universo humano inclui o subjetivo. mobilizou principalmente as mulheres no mundo todo. função sensação auxiliar. muito valorizadas pela sociedade civilizada. o simbólico e o imponderável. pode ser a questão inconsciente. Essa é uma questão pessoal. cito Jung: “O medo de um tumor. eliminaríamos o problema? Estaríamos seguros? Pode ser verdadeiro em sistemas objetivos e fechados. Os avanços científicos e a orientação pelos dados objetivos são características da função pensamento. caracteriza atitude extrovertida sendo evidenciada pela informação massificada valorizando o objeto. a relação de Angelina com a cirurgia. que promete nos salvar do patológico e retardar a morte. mas pode dizer aos filhos que não perderiam a mãe para a doença. Porém. explicado pela valorização do racional e busca por comprovação científica e da função auxiliar sensação. as chamadas compras por impulso. É uma questão complexa que nos leva a uma reflexão importante diante do inexorável. apoiando a decisão da atriz e lamentando o fato do exame de alto custo. não é imaginação. A declaração da atriz Angelina Jolie com 37 anos. sentido pelo neurótico. ter um gene mutante identificando 87% de chances de desenvolver um câncer de mama. Qual seria o lugar da função sentimento? E o lugar da alma para a expressão dos afetos? Podemos atribuir outro exemplo dessas funções e dos tipos psicológicos predominantes no mundo virtual ao sucesso dos sedutores sites de compra coletiva. não estar disponível a todos no Brasil pelo Sistema Único de Saúde. é provável que seja outra que não o favorecimento estatístico na diminuição dos riscos. É interessante observar como nesses casos de projeção pública. A opinião pública se manifestou em especial nas redes sociais. Outra notícia recente que ganhou espaço na mídia tem foco central no câncer. Eliminando a maior parte das variáveis indesejáveis partindo de dados objetivos. grande parte das pessoas são tomadas pelo inconsciente e parece que se instaura uma espécie de “neurose momentânea”. Angelina se declarou feliz com a decisão que foi difícil. O apelo da satisfação do consumo direcionado para a importância do aqui e agora determinam a opção pela compra.

e que significa que podemos observar com olhos mais otimistas esta questão. A doença é a relação íntima entre o corpo e a psique. a função pensamento. medo. merecem mais atenção. os alimentos modificados. que sempre foi mais valorizada no nosso contexto histórico e cultural. o que na verdade é uma tentativa de homeostase. aceitá-lo também significa acolher os sentimentos de sinal negativo: a decepção. talvez pudesse perceber o que diz essa voz interior.vontade nem pela inteligência. levando em conta a educação do coletivo e questionando qual nossa responsabilidade diante da origem psicológica e social de uma doença.197) A exposição desta notícia. que busca o acúmulo e que olha para fora. Esclarece Von Franz : “ Tendo o sentimento tanto um sinal positivo como um sinal negativo. em tratamentos ambulatoriais. uma vez que a maior parte dos riscos podem ser evitados com a nossa mudança de atitude. o uso de aparelhos eletrônicos. os estilos de vida sedentário. O Instituto Nacional do Câncer divulga em seu site que. insalubre. pois clamam uma mudança de consciência da sociedade massificada.” Desenvolvendo e educando a função sentimento Penso que desenvolver e educar a função sentimento faz parte da prevenção da saúde psíquica devido ao exercício compensatório da sua contraparte. o desgosto. a exposição à radiação em exames diagnósticos. ocupacional. um padrão psíquico comum. A herança familiar parece não determinar e não predomina na maioria dos casos. Se ele fosse sozinho para o deserto e na solidão se pusesse a escutar a voz íntima. e quando a doença predomina em uma família. não está descartado que a causa seja os hábitos comuns e porque também não dizer. a pureza do ar que respiramos e da água que bebemos. estressantes ou eliminar hábitos de vida como tabagismo e ingestão de álcool. Von Franz chama atenção que o desenvolvimento da função sentimento por meio da psicoterapia não seria tão necessário se a nossa educação . Significa que a qualidade da terra que são retirados os alimentos. Penso que esses fatores são de importância fundamental para a integração da sombra do coletivo. os afetos. a frieza. seria uma excelente oportunidade para se divulgar que a maior probabilidade de câncer está nos fatores de risco de natureza ambiental e não genética. a tristeza.196. p. estagnada. de consumo e sócio cultural. as dores da alma que evitamos viver.” (JUNG. culpa e angústia que não acolhemos. A negação dos conflitos internos. o ódio. vergonha. a ingestão de fármacos. podemos vivenciar no corpo com o que chamamos doença. Os sentimentos negativos e suas expressões pertencem igualmente à função. 80% a 90% dos casos de câncer estão relacionados: ao ambiente em geral.

A autora esclarece que o retorno à fase da adolescência no sonho de adultos. consciência. excesso de sanidade. Como fisioterapeuta. podendo ser muito assustador para alguns e por isso evitado a todo custo de forma inflexível.. A educação se inicia quando começamos a confiar em nossos próprios sentimentos espontâneos. (VON FRANZ. mais integrados na vida. medo e angústia que se traduziu num alívio quando ela despertou.no mundo do inconsciente. No palco. A atriz disse que não podemos definir loucura. tanto o outro mundo quanto o outro ser. “não sinto coisa alguma”. também nos dá a noção de humanidade. O contato com a função indiferenciada. Também em relação a psique.. mas podemos simbolicamente transitar em todos os mundos se não nos identificarmos fortemente com eles de modo unilateral excluindo o outro. O vivência dos afetos e da função inferior. O nosso processo de escolarização tende desenvolver mais as funções do pensamento e da sensação e pouco nos capacita a lidar com alegrias e tristezas. acolher sem importar se esses primeiros sentimentos são aceitáveis e admissíveis pelo sistema coletivo de valores. também parece loucura. Não somos seres das trevas nem deuses. ou função inferior e os afetos nos trazem um pouco desta dimensão do pesadelo. aquele corpo que é flexível. digo. a atriz numa cena interativa. mas seria como estar num sonho ou pesadelo sem nunca despertar e permanecer lá. e por que não dizer.habitual incluísse o sentimento entre os seus objetivos. . não somos deuses inabaláveis. Nise da Silveira – Senhora das Imagens. Nesta concepção. 1990) Considerações finais Um dos espetáculos teatrais mais significativos que assisti foi no ano passado. pergunta apontando para a plateia: “ Você sonha?” Pode nos compartilhar um sonho seu?” Então uma moça contou um sonho de perseguição. e sim. levando de volta ao ponto em que ocorreram falhas. por exemplo: “não gosto deste rosto”. sei que um corpo funcional não é aquele que é forte. “sinto-me confuso”. a flexibilidade nos mantém mais seguros e adaptados. costuma indicar lacunas de sentimentos esquecidos. que nos dá a dimensão de nós mesmos.

J. Carl Gustav. Metro.net/drstan19/shame. São Paulo: Paulus.L & HILLMAN. Petrópolis. SP.J. Dicionário Junguiano. Rio de Janeiro. M. Tipos psicológicos. Tradução de Frei Valdemar do Amaral. p.Shame Disponível em: http://web2. 12. 2002. 2012. Obra Completa.br/conteudo view. VON FRANZ. 2004. Acessoem 17 set. 5. THE OPINION PAGES. 1990.inca. 29 maio 2013. Vozes. revisão técnica de Dora Ferreira da Silva. Tradução de Lúcia Mathilde Endlich Orth. http:// www.html/r=0 Acesso em 30 de maio de 2013. Ed. PIERI. Esporte. O desenvolvimento da personalidade. Ed. Vozes. Petrópolis.gov. A tipologia de Jung. .Biliografia ARAUJO. Choro de Neymar. JUNG. Cultrix.20.airmail. JUNG. http://www.asp?id=13 SHULTZ.nytimes.htm>. PREVENÇÃO E FATORES DE RISCO. 2012. Carl Gustav. José Carlos. Paolo Francesco. Obra Completa.com/2013/05/14/opinion/mymedical-choice.