You are on page 1of 6

CATÁLOGO TÉCNICO

10. DIMENSIONAMENTO DE APARELHOS DE APOIO CONFORME A EURONORMA EN 1337
Os aparelhos padronizados das tabelas dos itens 7 e 8 podem conter aberturas simétricas em relação ao centro e aos eixos de simetria dos aparelhos, desde que a soma das áreas dessas aberturas não exceda 5% da área total da superfície do aparelho. Além disso, cada furo individual não deve apresentar diâmetro superior a 80 mm. Aparelhos de apoio de elastômero, devem ser projetados conforme as prescrições da EN 1337 apresentadas a seguir.

10.1 Notações
Por simplicidade, esforços e deslocamentos tangenciais foram particularizados como esforços e deslocamentos horizontais. Quando incluídos índices g e q nas expressões deste catálogo, referem-se a ações de longa e curta duração respectivamente.

SIMB.
G fy µ k

CARACTERÍSTICAS MECÂNICAS E COEFICIENTES
Módulo de elasticidade transversal Limite de elasticidade à tração das chapas de aço de fretagem Coeficiente de Atrito Coeficiente de majoração das cargas acidentais vivas

SIMB.
n aeb a' e b' A Ar T te ti trec Tb Tt S ts D

CARACTERÍSTICAS GEOMÉTRICAS
Número de camadas de elastômero Largura e comprimento de um aparelho de elastômero simples ou largura e comprimento da chapa de aço de um aparelho de elastômero fretado (notação diversa da EN 1337) Largura e comprimento de um aparelho de elastômero fretado (notação diversa da EN 1337) Área em planta de uma aparelho simples, ou área em planta das chapas de aço de um aparelho fretado Área reduzida = (a - ua) (b - ub) Espessura de um aparelho de elastômero não fretado ou espessura total de elastômero de um aparelho de apoio fretado, incluindo recobrimentos Espessura efetiva do elastômero em compressão Espessura de uma camada individual de um aparelho fretado Espessura das camadas de recobrimento dos aparelhos Altura nominal total do aparelho de apoio Espessura efetiva total do elastômero à flambagem Fator de forma de uma camada (aparelho fretado) ou de um aparelho simples. Espessura de chapa de aço de fretagem Diâmetro total de um aparelho circular simples ou diâmetro das chapas de aço de um aparelho de elastômero fretado.

NEOPREX INDÚSTRIA E COMÉRCIO Rua Icó, 50 07232-070 - Guarulhos - SP

Tel.: (011) 6412-7400 Fax: (011) 6412-2145

29

As chapas de aço de fretagem devem ser quimicamente aderidas de modo a evitar o deslocamento relativo no contato entre o aço e o elastômero. "laminated bearings".: (011) 6412-7400 Fax: (011) 6412-2145 . cuja deflexão sob compressão é influenciada pela forma do aparelho. F H Ha Hb AÇÕES Esforço normal aplicado ao aparelho de apoio Esforço horizontal resultante Esforço horizontal paralelo ao lado a do aparelho de apoio Esforço paralelo ao lado b do aparelho de apoio 10. O projeto é baseado na hipótese do elastômero ser um material elástico. são calculados no estado limite de utilização.ROTAÇÕES Deflexão de uma camada elementar sob compressão Deflexão total de um aparelho de apoio Ângulo de distorção (deformação devida ao cisalhamento) Deslocamento na direção paralela ao lado a do aparelho Deslocamento na direção paralela ao lado b do aparelho Ângulo de rotação do aparelho de apoio Ângulo de rotação de uma camada elementar Σνi γ ua ub α αi νi SIMB. σ σm σs τ τc e εc τh e εh τα e εα TENSÕES E DEFORMAÇÕES Tensão de compressão Tensão média de compressão Tensão no aço Tensão de cisalhamento Tensão e deformação de cisalhamento devida a esforço de compressão Tensão e deformação de cisalhamento devida a esforço horizontal Tensão e deformação de cisalhamento devida a rotação SIMB. Seção transversal típica de um aparelho de elastômero fretado 30 NEOPREX INDÚSTRIA E COMÉRCIO Rua Icó.DESLOCAMENTOS .CATÁLOGO TÉCNICO SIMB. 50 07232-070 .2 Dimensionamento de Aparelhos Retangulares de Elastômero Fretado Devido à grande reserva em relação à ruptura.Guarulhos .SP Tel. DEFLEXÕES . aparelhos de apoio de elastômero fretado.

CATÁLOGO TÉCNICO 10. quando sob a ação total das solicitações originadas pelos esforços normais.2.3 Definição das espessuras das chapas de aço As tensões de cisalhamento no contato elastômero .2. não se trata de exigência explícita da Euronorma.2. 10.2 Limitação da deformação de cisalhamento no elastômero Define-se em função de resultados experimentais sob fadiga.2. horizontais e rotacionais.Guarulhos . Para resistir a essas tensões de tração.chapa de aço devidas principalmente às tensões de compressão no aparelho induzem tensões de tração na chapa de aço que tendem a ser máximas na região central do aparelho.: (011) 6412-7400 Fax: (011) 6412-2145 31 . Em qualquer caso entretanto. a rigor.6.1. Logo.SP Tel. a deformação por cisalhamento fica limitada a 5.2. (10.1) NEOPREX INDÚSTRIA E COMÉRCIO Rua Icó. 50 07232-070 .3. o valor 5 como o limite das deformações de cisalhamento no elastômero. apesar de que. a espessura das chapas de aço deve ser: (10. com o objetivo da deformação por cisalhamento ficar restrita a 5.2.1 Limitação da tensão de compressão A Euronorma limita as tensões de compressão para os aparelhos padrão. 10. Para os aparelhos não padronizados também julga-se recomendável manter essas limitações para as tensões normais.1) onde Para aparelhos de apoio de peças pré-fabricadas de concreto ou metálicas deve-se considerar uma rotação residual permanente no sentido mais desfavorável conforme 14.

para superfície de contato elastômero .2) Σν é a deflexão total do aparelho. As espessuras mínimas em função das espessuras das camadas são: (ts mín) das chapas de aço.2.: (011) 6412-7400 Fax: (011) 6412-2145 .Guarulhos .2.4. 10.1) para aparelhos circulares: onde (10.concreto com sm em kgf/cm 2 (10.4 Verificação da estabilidade do aparelho à rotação A estabilidade à rotação estará garantida quando para aparelhos retangulares: (10.5.2) onde H é a resultante das forças horizontais.4.2. (10.5 Verificação da estabilidade do aparelho ao deslizamento A estabilidade ao deslizamento estará garantida quando forem satisfeitas as duas expressões simultaneamente: H ≤ µe . F e (10. Deve-se manter todas as chapas com a mesma espessura.5. 50 07232-070 .1 t1 e t2 são as espessuras das camadas de elastômero em contato com a chapa de aço fk é a tensão de escoamento para o aço e γ é igual a 1 para aparelhos sem furos e γ é igual a 2 para aparelhos com furos cuja soma das áreas é superior a 5% da área em planta do aparelho e para aparelhos com furos superiores a 80 mm de diâmetro.2. 10. coexistente com força normal (deve-se pesquisar a relação mais desfavorável para H e F inclusive verificando-se também apenas com solicitações permanentes). calculada conforme (5.2.CATÁLOGO TÉCNICO onde F e Ar são definidos no item 10.SP Tel. Espessura das camadas de elastômero 5 mm 6 a 10 mm 11 a 14 mm 15 a 20 mm Espessura mínima das chapas de aço 2 mm 3 mm 4 mm 5 mm Não é usual diminuir-se as espessuras das chapas de aço externas.3) 32 NEOPREX INDÚSTRIA E COMÉRCIO Rua Icó.2. sob as condições de carregamento que produzem as rotações e αa e αb.5.2.1) σm ≥ 30 kgf/cm2 para cargas permanentes.2.5).

2.4) com sm em kgf/cm 2 incluindo-se superfícies de contato elastômero . etc. 50 07232-070 .CATÁLOGO TÉCNICO Nesse caso.7 Forças e momentos exercidos pelo aparelho de apoio na estrutura Como exposto no item 5. a altura mínima de elastômero que evita o deslizamento é: unidades: kgf e cm e para todas as demais superfícies.5.2. e os demais valores como já definidos anteriormente.7.2. ou quando sujeitos a esforços externos como frenagem. as tensões normais transmitidas pelo aparelho à estrutura não são uniformes.1. vento.1) Σt i + 2.2. aparelhos de apoio de elastômero ao acomodarem deslocamentos impostos. Se o aparelho apresentar camadas de diferentes espessuras. 10.6 Verificação da estabilidade do aparelho de apoio à flambagem onde Tt = A estabilidade à flambagem estará garantida quando: (10.2) NEOPREX INDÚSTRIA E COMÉRCIO Rua Icó. Por outro lado.1) para aparelhos circulares. Para aparelhos circulares. (10. Nesse caso a altura mínima de elastômero que evita o deslizamento é: unidades: kgf e cm 10.7. (10. transmitem forças horizontais como exposto no item 5. O momento transmitido por um aparelho de apoio com n camadas de elastômero quando sob rotação é: para aparelhos retangulares sob rotação αa com excentricidade na direção do lado a (se houver rotação na direção b.2. trecob.6.Guarulhos . os momentos Ma e Mb devem ser somados vetorialmente). Portanto.2.2. (10.8 .: (011) 6412-7400 Fax: (011) 6412-2145 33 . S deve ser calculado para a camada com o menor fator de forma. deve ser verificado no projeto estrutural se são admissíveis os esforços localizados transmitidos pelos aparelhos.SP Tel. considera-se de forma simplificada D no lugar de a.argamassa à base de resinas.

2 1. 11.1.2.4 2. sem chapas de aço como reforço. 50 07232-070 . A espessura mínima recomendada de elastômero é 8 mm.6 74.6 Limitação da deformação de cisalhamento no elastômero É aplicável a mesma expressão 10.2 1. 34 NEOPREX INDÚSTRIA E COMÉRCIO Rua Icó.8 1.3 Verificação da estabilidade do aparelho à rotação A estabilidade à rotação estará garantida quando: Esta verificação deve ser feita para todas as condições de carregamento.5 68.5 75.2 80. DIMENSIONAMENTO DE APARELHOS ELASTÔMERO SIMPLES DE APOIO DE Os aparelhos de elastômero simples (plain pad bearings) são compostos de um bloco único de elastômero.75 100 1.2. inclusive para cargas permanentes. ou seja: (11.2.8 72.25 79.9 1. Em edificações são comuns aparelhos "strip bearings" de elastômero simples cujo comprimento é maior que 10 vezes sua largura.Guarulhos .CATÁLOGO TÉCNICO O valor de Ks deve ser obtido da tabela apresentada a seguir: b/a Ks b/a Ks 0. Entretanto comercialmente no Brasil a espessura usual é de 10 mm.1 0.4 Verificação da estabilidade do aparelho à flambagem O aparelho deve ter altura inferior a 0.1 Limitação da tensão de compressão A tensão média de compressão de um aparelho de elastômero σc ≤ 2 • G • S e σc ≤ 5 • G simples não deve exceder a 2GS nem a 5G.5 1. 11.5 137 1. para evitar fragilidade no comportamento à rotação e imperfeições das superfícies de contato.25 da menor dimensão em planta do aparelho.2 Limitação da movimentação horizontal Para cargas totais a deformação horizontal é limitada a tgγ = 0.1) 11.7 10 61.9 71.5 são aplicáveis.4 76. exceto que a tensão mínima atuante para cargas permanentes não deve ser inferior a: 11.1.4 1.7 11.3 1.SP Tel.7 73. 11.5 Verificação da estabilidade do aparelho ao deslizamento As expressões constantes em 10.: (011) 6412-7400 Fax: (011) 6412-2145 .1 1 86.3 1000 60 11.3 78.3 2 70.