Roteiro da Web aula1 Aula-tema 8 – Novas demandas e ambientes para o gestor contemporâneo

Web Aula 1: Novas demandas e ambientes para o gestor contemporâneo: meio ambiente

Nas duas últimas décadas, as organizações estão sendo pressionadas pelo mercado consumidor a assumir uma nova postura perante o mundo e em suas relações, sejam elas com o meio ambiente, funcionários, fornecedores ou clientes. Desde o fim da década de 1980 as organizações vêm prestando atenção a diferentes exigências: • ISO 9000 e depois ISO 14000; • Protocolo de Kyoto (Japão); • ética organizacional; • governança corporativa; • responsabilidade social; • novo mercado; • saúde do trabalhador. Essas demandas são determinantes e podem afetar tanto o 1

desempenho operacional como o financeiro, principalmente em relação às empresas exportadoras, para as quais as exigências dos clientes são maiores. Nesta aula-tema daremos atenção especial ao meio ambiente e falaremos sobre as noções de responsabilidade social, sustentabilidade e iniciativas mundiais de conservação do meio ambiente e sua importância para a governança corporativa. Segundo a Constituição Federal, o meio ambiente divide-se em: • natural: ambiente original, composto de solo, água, ar, flora e fauna; • artificial: aquele que foi criado ou alterado pelo ser humano;

© DIREITOS RESERVADOS Proibida a reprodução total ou parcial desta publicação sem o prévio consentimento, por escrito, da Anhanguera Educacional.

qualidade da água etc. • Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais 2 (Ibama) e Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema): responsáveis pelo licenciamento e fiscalização ambiental. instrumentos e meios de interação do ser humano nas atividades laborais. em relação aos fornecedores. . mas com todos os quatro citados.• cultural: aquele criado pelo ser humano e que detém valor histórico. Em atendimento a esses critérios. Em relação aos clientes. a preocupação não é somente com o meio ambiente natural. muitas organizações já aderiram às regras e regulamentações dos órgãos de controle ambiental. deve preocupar-se com os métodos de extração da borracha e de utilização da mão de obra dos seringueiros. ela ultrapassa todas as barreiras físicas e atinge a todos. artístico. Uma organização responsável socialmente é aquela que não polui. deve acompanhar o que está sendo feito sobre o descarte ou reaproveitamento dos pneus. gestão da fauna e flora. © DIREITOS RESERVADOS Proibida a reprodução total ou parcial desta publicação sem o prévio consentimento. • do trabalho: conjunto de bens. e estar atenta aos fatores contaminantes ou agressivos ao meio ambiente. Quando falamos de meio ambiente nas organizações. estético e paisagístico. A visão moderna da responsabilidade social não se limita aos muros da empresa. podem ser de natureza material ou imaterial. como: • Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama): publica resoluções sobre áreas de proteção ambiental. Por exemplo. gestão e recuperação de áreas degradadas. Isso quer dizer que a empresa é responsável não só pelos seus poluentes como também pela poluição gerada por seus fornecedores e clientes. • ISO 14000: tem como foco a proteção ao meio ambiente e a prevenção da poluição de forma equilibrada com as necessidades socioeconômicas do mundo atual. por escrito. biomas. cumpre a legislação e as normas ambientais pertinentes. pois todos têm relação com a imagem da empresa e com seus resultados financeiros. uma empresa produtora de pneus. da Anhanguera Educacional.

Apesar de a preocupação com o impacto de nossas atividades sobre a natureza ser recente. o impacto existe desde que o ser humano precisou desmatar para plantar e construir abrigos. vêm encaminhando propostas de redução de impacto ao meio ambiente e compensação de impacto. Falaremos também sobre a saúde do trabalhador nesse contexto. que vem afetando o clima em todo o planeta. o 3 Protocolo de Kyoto criou a possibilidade da redução certificada de emissões e do certificado crédito de carbono: as organizações. muitos países europeus impõem barreiras ambientais a produtos importados com o objetivo de preservar o meio ambiente. que é o conjunto de ações que envolvem todas as áreas da empresa. A questão do meio ambiente também é uma questão ética e por isso mesmo as empresas poluidoras ou agressoras ao meio ambiente não são consideradas empresas de boa governança corporativa. Por exemplo. por escrito. da Anhanguera Educacional. As convenções sobre o clima realizadas pela Organização das Nações Unidas (ONU). para continuar poluindo. alguns países não dão importância para essa preocupação. devem adquirir créditos de organizações ou países que © DIREITOS RESERVADOS Proibida a reprodução total ou parcial desta publicação sem o prévio consentimento. Já muitos países asiáticos não têm a mesma preocupação. preservam. Para que a natureza não seja totalmente destruída. Apesar de haver alguma discussão no âmbito das lideranças mundiais e das mídias. Caso o equilíbrio não seja mantido. Na próxima Web Aula detalharemos o que é governança corporativa e sua relação com as novas demandas para o gestor organizacional. os reflexos podem se estender do local para o global. é preciso existir equilíbrio entre sua utilização e sua conservação. Um exemplo é o desequilíbrio no uso dos recursos naturais. desde a Rio-92. em torno de 25 anos. . Por exemplo.