You are on page 1of 227

LÍNGUA PORTUGUESA

PARA CONCURSOS

Módulo 15 SINTAXE 2
ü Estudo do Período

SINTAXE DO PERÍODO
Frase, Oração e Período
1. FRASE − É todo enunciado de sentido completo capaz de estabelecer comunicação. Ex.: O aparelho de som está tocando. Esta é a casa de Maria? Que comida saborosa!

A classificação da frase, por sua vez, pode ser feita segundo alguns critérios: ü De acordo com o sentido expresso a) Declarativa Ex.: Você tem um grande potencial. (afirmativa) Você ainda não está estudando o suficiente. (negativa) b) Imperativa Ex.: Preocupe-se em estudar mais.

c) Interrogativa Ex.: Você já estudou tudo? d) Exclamativa Ex.: Estou adorando o EVP! e) Optativa Ex.: Deus te abençoe!

: Choveu muito ontem. .ü De acordo com a sua construção a) Nominal (sem verbo) Ex. b) Verbal (com verbo) Ex.: Fogo! Atenção! Um estudo digno de ‘concurseiro’. O sol surge radiante e anuncia um novo dia.

cumprimentou todos e saiu. . Chegou.: Consegui! Os alunos conhecem os assuntos. Ex. Rodrigo está estudando muito.2. ORAÇÃO − É o enunciado que se estrutura em torno de um verbo ou locução verbal.

: A comunidade precisa de mais apoio. Conseguiu-se a doação de alimentos. Para tanto. Ex.: Que dia lindo! } Esse enunciado é frase porque tem sentido completo. . Ex. R Observações: 1) Nem toda frase é oração. mas não é oração porque não tem verbo. além de sentido completo. porque há frases que não têm verbo.Uma frase verbal pode ser também uma oração. é necessário que o enunciado tenha um verbo.

mas não têm sentido completo. Existem aquelas orações que têm verbo.” Vale ressaltar que cada oração isoladamente não tem sentido e que. Cada verbo representa uma oração: 1a oração ð “Queremos” 2a oração ð “que a justiça impere no Brasil. foram necessárias as duas orações.R Observações: 2) Nem toda oração é frase. Ex.: Queremos que a justiça impere no Brasil. para formar frase. } Esse enunciado é formado por dois verbos. .

: As garotas conversavam no trem.” Ex. ou seja.: Estudou com muito empenho.” (oração absoluta) Ex. portanto passou nas provas. A) Período Simples ð “Possui uma só oração. B) Período Composto ð “Possui duas ou mais orações. PERÍODO − É a frase organizada com uma ou várias orações. é um conjunto de orações. .3. Pode ser Simples ou Composto.

a fim de conseguir boa performance ao realizar as provas. Ex.I ATENÇÃO! A maneira prática de saber quantas orações existem em um período é contar os verbos (ou as locuções verbais): 1 verbo ð 1 oração.1: É importante estudar todo o assunto. 2 verbos ð 2 orações.. (3 verbos ð 3 orações) ..

onde canta o sabiá. cuidado com os verbos elípticos! Ex.I ATENÇÃO! Mas.” .” } 5 verbos ð 5 orações “Minha terra tem palmeiras. onde canta o sabiá. as aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá.2: “Minha terra tem palmeiras. as aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como (gorjeiam) lá.

É importante exercitar. é que ele: a) apresenta quatro orações b) apresenta três orações c) apresenta duas orações d) é composto por coordenação e subordinação e) é composto por orações que se caracterizam. todas. por não possuírem sujeito determinado .. ? 01. A única alternativa correta a respeito do período “Jantamos num restaurante próximo de casa. depois fomos ao cinema.”..

todas.”. é que ele: a) apresenta quatro orações b) apresenta três orações C) apresenta duas orações d) é composto por coordenação e subordinação e) é composto por orações que se caracterizam. por não possuírem sujeito determinado . A única alternativa correta a respeito do período “Jantamos num restaurante próximo de casa.RESPOSTA 01. depois fomos ao cinema.

. pois tem verbo. mas não tem sentido completo. por Deus. Assinale a alternativa correta: a) "Sozinha aqui em cima!" É uma frase e uma oração. perdão!" É uma frase.É importante exercitar. c) "Que tarde azul!" É uma oração. d) "A tarde era tão bonita!" É uma frase e uma oração. . e) “Silêncio!” Não pode ser considerada frase. ? 02. b) "Perdão..

D) "A tarde era tão bonita!" É uma frase e uma oração.RESPOSTA 02. . pois tem verbo. b) "Perdão. mas não tem sentido completo. perdão!" É uma frase. e) “Silêncio!” Não pode ser considerada frase. por Deus. c) "Que tarde azul!" É uma oração. Assinale a alternativa correta: a) "Sozinha aqui em cima!" É uma frase e uma oração.

(interrogativa) d) O professor aplicou a prova? (exclamativa) e) Conheci muitos voluntários... (declarativa) b) Que criança inteligente! (interrogativa) c) Não sei por que você se foi. ? 03.É importante exercitar. Assinale a alternativa classificação das frases. (optativa) . correta quanto à a) Conheça nossa loja.

Assinale a alternativa classificação das frases. (declarativa) (imperativa) b) Que criança inteligente! (interrogativa) (exclamativa) C) Não sei por que você se foi. (interrogativa) d) O professor aplicou a prova? (exclamativa) (interrogativa) e) Conheci muitos voluntários.RESPOSTA 03. correta quanto à a) Conheça nossa loja. (optativa) (declarativa) .

PERÍODO SIMPLES − É aquele formado de uma só oração (oração absoluta). dependendo de sua estrutura.SINTAXE DO PERÍODO Período Simples e Período Composto As orações podem constituir períodos simples ou compostos. I.: As estrelas pareciam cardumes prateados. Romero estava estudando muito. Ex. Pedro admitiu a derrota. .

como é o caso do período composto “Pedro admitiu que foi derrotado. No exemplo 3 (“Romero estava estudando muito.”). e não por uma oração. os dois verbos formam uma locução verbal. portanto constituem uma só oração.R Observação: Na frase 2 (“Pedro admitiu a derrota. o período é simples e a função de objeto direto é exercida por um termo (‘a derrota’).”). .”.

II. teremos período composto por coordenação. Num período composto. período composto por subordinação ou ainda um período misto (composto por coordenação e subordinação). . PERÍODO COMPOSTO − É aquele formado por duas ou mais orações. dependendo das relações que se estabelecem entre duas ou mais orações que formam o tipo de período.

(período composto por coordenação) Ex. (período composto por subordinação) Ex. mas chegou atrasado. (período misto) .Ex.2: Enquanto todos dormiam. eu estudava.3: Eram homens que falavam.1: Ele correu muito. mas nada faziam.

: Vamos logo. (período composto por coordenação) .1. Ex. Uma oração chama-se coordenada quando não funciona como termo de outra e nem tem outra que funcione como termo dela. São sintaticamente independentes entre si. Cada oração tem todos os termos necessários para estar completa. pois já é tarde. PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO Orações Coordenadas Um período composto por coordenação é constituído por orações coordenadas.

venci. Chegou. logo passará nas provas.: Estudou muito. vim. ficou para sempre.: Vi. Ex.Dividem-se em: } COORDENADAS ASSINDÉTICAS ð Ligadas às outras sem conectivo (conjunção). gostou. } COORDENADAS SINDÉTICAS ð Ligadas às outras através de um conectivo (conjunção). Ex. (conjunção conclusiva) .

R ENTENDENDO O NOME DAS ORAÇÕES Ex.’ ð oração coordenada sindética conclusiva (oração independente com conjunção conclusiva) .1: Ela é muito solidária. ü1ª oração: ‘Ela é muito solidária’ ð oração coordenada assindética (oração independente sem conjunção) ü2ª oração: ‘portanto tem um bom coração. portanto tem um bom coração.

porém era generoso.’ ð oração coordenada sindética adversativa (oração independente com conjunção adversativa) .Ex.2: Era muito impaciente. ü1ª oração: ‘Era muito impaciente’ ð oração coordenada assindética (oração independente sem conjunção) ü2ª oração: ‘porém era generoso.

ü1ª oração: ‘Estudava muito’ ð oração coordenada assindética (oração independente sem conjunção) ü2ª oração: ‘e trabalhava sem parar.3: Estudava muito e trabalhava sem parar.Ex.’ ð oração coordenada sindética aditiva (oração independente com conjunção aditiva) .

conhecemos com detalhes os planos industriais do primo Basílio”.É importante exercitar. Em: “Apenas na manhã seguinte. temos do ponto de vista sintático: a) um período simples. com o verbo subentendido. d)um período composto por coordenação e subordinação. c) um período composto por subordinação cuja oração principal é: “Apenas na manhã seguinte conhecemos com detalhes os planos industriais do primo Basílio”.. ? 01.. e) um período composto por subordinação cuja oração principal é: “Conhecemos com detalhes os planos industriais do primo Basílio”. . b) um período composto por subordinação cuja oração principal é: “Apenas na manhã seguinte”.

b) um período composto por subordinação cuja oração principal é: “Apenas na manhã seguinte”. temos do ponto de vista sintático: A) um período simples. . conhecemos com detalhes os planos industriais do primo Basílio”.RESPOSTA 01. d)um período composto por coordenação e subordinação. c) um período composto por subordinação cuja oração principal é: “Apenas na manhã seguinte conhecemos com detalhes os planos industriais do primo Basílio”. com o verbo subentendido. e) um período composto por subordinação cuja oração principal é: “Conhecemos com detalhes os planos industriais do primo Basílio”. Em: “Apenas na manhã seguinte.

? 02..”. é correto afirmar que: a) há uma oração subordinada adverbial b) a primeira oração é coordenada assindética c) uma das orações é reduzida de infinitivo d) trata-se de um período composto por coordenação e subordinação e) há apenas uma oração coordenada sindética .É importante exercitar.. Em relação ao trecho: “Durante a cerimônia. abraçou-se ao irmão. aflita. levaram-na para casa.

é correto afirmar que: a) há uma oração subordinada adverbial B) a primeira oração é coordenada assindética c) uma das orações é reduzida de infinitivo d) trata-se de um período composto por coordenação e subordinação e) há apenas uma oração coordenada sindética .”. levaram-na para casa.RESPOSTA 02. abraçou-se ao irmão. aflita. Em relação ao trecho: “Durante a cerimônia.

b) Ele tem necessidade de que o ajudem. Há oração coordenada em: a) A paisagem perdeu o encanto da frescura. e) Vesti-me rapidamente. ? 03. d) Estudamos toda a matéria para o vestibular. mas ainda cheguei atrasado. tomei um táxi. c) Não vejo flores nesta primavera.. .É importante exercitar..

b) Ele tem necessidade de que o ajudem. tomei um táxi. E) Vesti-me rapidamente. c) Não vejo flores nesta primavera. d) Estudamos toda a matéria para o vestibular.RESPOSTA 03. Há oração coordenada em: a) A paisagem perdeu o encanto da frescura. . mas ainda cheguei atrasado.

. E) Vesti-me rapidamente.RESPOSTA 03. tomei um táxi. mas ainda cheguei atrasado. Há oração coordenada em: a) A paisagem perdeu o encanto da frescura. b) Ele tem necessidade de que o ajudem. d) Estudamos toda a matéria para o vestibular. c) Não vejo flores nesta primavera.

: Chegou. ficou para sempre. gostou. PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO Orações Coordenadas (Sintaticamente Independentes) R Dividem-se em: } COORDENADAS ASSINDÉTICAS ð “NÃO têm conjunção!” Ex. Aditivas. Adversativas.1. } COORDENADAS SINDÉTICAS ð “Têm conjunção!” São cinco: “CAAAE” ð Conclusivas. . Alternativas e Explicativas.

(oração coord. Ex. pois (posposto ao verbo). ð Conjunções: logo.. então. destarte. por isso. sindética conclusiva) . portanto passaremos no concurso. finalização . por conseguinte. fechamento. portanto. dessarte etc.: Estudamos muito..A ideia expressa nas orações coordenadas sindéticas depende da conjunção coordenativa que as une! A) CONCLUSIVAS ð Valores semânticos: conclusão.

ð Conjunções: e. ademais. como também.B) ADITIVAS ð Valores semânticos: adição. mas ainda..: Estudaram muito e passaram no concurso. (oração coordenada sindética aditiva) . não só. mas também.. etc. outrossim. acréscimo . soma. Ex. nem (e não)...

C) ADVERSATIVAS ð Valores semânticos: oposição, contraste, adversidade, ressalva ... ð Conjunções: mas, porém, entretanto, todavia, contudo, no entanto, não obstante, inobstante, senão (= mas sim) etc. Ex.: Não estudou muito, mas passou nas provas. (oração coordenada sindética adversativa)

D) ALTERNATIVAS ð Valores semânticos: alternância, escolha ou exclusão ð Conjunções: ou...ou; ora...ora; já...já; seja... seja; quer... quer, não ... nem etc. Ex.: Ora estudava, ora trabalhava. (oração coordenada sindética alternativa)

E) EXPLICATIVAS ð Valores semânticos: explicação, justificativa, motivo, razão ... ð Conjunções: porque, pois (antes do verbo), que, porquanto etc. Ex.: Vamos indo, que já é tarde. (oração coordenada sindética explicativa)

R Observações: 1. A conjunção ‘pois’ pode aparecer com valor explicativo ou conclusivo. Ex.1: Estudamos muito, pois queremos passar! (= porque ð explicação) Ex.2: Erramos. Precisamos, pois, corrigir a falha! (≠ porque ð conclusão)

Ex.R Observações: 2. A conjunção ‘e’ (aditiva) pode aparecer com valor adversativo. . A conjunção ‘mas’ (adversativa) pode aparecer com valor aditivo.: Era um homem trabalhador.: “É ferida que dói e não se sente”. (Camões) (= mas). 3. mas principalmente honesto. Ex.

? 01. os candidatos entregaram a prova.É importante exercitar.O fiscal deu o sinal. III. II e III e) III apenas c) II apenas ..O filho chegou. mas a mãe nem notou. a filha saiu. oração coordenada que seja desprovida de conectivo é denominada assindética. Por definição. Observando os períodos seguintes: I. II.. Nota-se que existe coordenação assindética em: a) I apenas d) nenhum deles b) I.Não caía um galho. não balançava uma folha. Acabara o exame.

Acabara o exame. os candidatos entregaram a prova. oração coordenada que seja desprovida de conectivo é denominada assindética. Por definição.Não caía um galho. Nota-se que existe coordenação assindética em: a) I apenas d) nenhum deles B) I. II. não balançava uma folha. a filha saiu.RESPOSTA 01.O fiscal deu o sinal. mas a mãe nem notou.O filho chegou. III. Observando os períodos seguintes: I. II e III e) III apenas c) II apenas .

a oração em destaque é: a) coordenada sindética conclusiva b) coordenada sindética aditiva c) coordenada sindética alternativa d) coordenada sindética adversativa e) n. logo existo”.. No período “Penso.É importante exercitar.a..d. . ? 02.

No período “Penso.RESPOSTA 02.a.d. . a oração em destaque é: A) coordenada sindética conclusiva b) coordenada sindética aditiva c) coordenada sindética alternativa d) coordenada sindética adversativa e) n. logo existo”.

“oração coordenada que se prende à anterior por conectivo é denominada sindética e é classificada pelo nome da conjunção que a encabeça”. Assinale a alternativa onde aparece uma coordenada sindética explicativa.. que lágrimas lavam a dor. d) Chora.. e) Não só estudava.É importante exercitar. b) Ambos se amavam. conforme a definição: a) A casaca dele estava remendada. c) Todo mundo trabalhando: ou varrendo o chão ou lavando as vidraças. . Por definição. ? 03. mas estava limpa. mas também trabalhava muito. portanto casaram-se logo.

mas estava limpa. c) Todo mundo trabalhando: ou varrendo o chão ou lavando as vidraças. b) Ambos se amavam. Por definição. D) Chora. Assinale a alternativa onde aparece uma coordenada sindética explicativa. . que lágrimas lavam a dor. “oração coordenada que se prende à anterior por conectivo é denominada sindética e é classificada pelo nome da conjunção que a encabeça”. portanto casaram-se logo. conforme a definição: a) A casaca dele estava remendada. mas também trabalhava muito.RESPOSTA 03. e) Não só estudava.

Assinale a alternativa que contém o elemento adequado ao novo período. . outras partes da frase sofrerão alterações. iniciando-o conforme se sugere.As questões 04 a 06 apresentam um período que você deverá modificar. mas sem alterar a ideia contida no primeiro. Em consequência.

É importante exercitar. Comece com: Breve estarei. “Breve estarei de volta.. “Não se preocupe... logo não se preocupe. a) para que b) senão c) logo d) porém e) logo que RESPOSTA LETRA “C”. que breve estarei de volta”.. ? 04.” .

. “Insiste em sair sozinho. “Mal conhece a cidade..” . conquanto mal conheça a cidade”. ? 05.É importante exercitar. a) por isso b) no entanto c) então d) logo e) em consequência RESPOSTA LETRA “B”. Comece com: Mal conhece a cidade. no entanto insiste em sair sozinho...

“Não posso atendê-lo. porque não é lícito o que requereu”.. portanto não posso atendê-lo . “Requereu o que não é lícito... Comece com: Requereu o que não é lícito. a) depois b) portanto c) em que c) visto que e) porém RESPOSTA LETRA “B”.” . ? 06..É importante exercitar.

Devemos aproveitá-lo.É importante exercitar.Ele era o artilheiro do time.. . ocorrem duas frases isoladas. Nas questões que seguem.Vá na frente. II. ? 07. I.. Irei depois. III. Estabeleça entre elas uma relação de coordenação e indique o tipo de relação estabelecida. Ele não marcou nenhum gol no último campeonato.O dia está agradável.

(oposição) II. Irei depois. mas não marcou nenhum gol no último campeonato. I.Ele era o artilheiro do time. (explicação) III. ð Ele era o artilheiro do time. Devemos aproveitá-lo. pois irei depois. ð Vá na frente.Vá na frente. (conclusão) . Nas questões que seguem. Ele não marcou nenhum gol no último campeonato.RESPOSTA 07. ocorrem duas frases isoladas.O dia está agradável. portanto devemos aproveitá-lo. Estabeleça entre elas uma relação de coordenação e indique o tipo de relação estabelecida. ð O dia está agradável.

. não enferruja.. ? 08. voltei às dez e meia. Classifique as orações em destaque: a) Não só estudou. c) Saí às dez. pois.É importante exercitar. mas também trabalhou. . b) O relógio é de ouro.

ð Oração coordenada assindética . pois. mas também trabalhou. ð Oração coordenada sindética conclusiva (indica conclusão. fechamento) c) Saí às dez. ð Oração coordenada sindética aditiva (indica adição. Classifique as orações em destaque: a) Não só estudou.RESPOSTA 08. acréscimo) b) O relógio é de ouro. voltei às dez e meia. soma. não enferruja.

É importante exercitar. mas nós estávamos alerta. entrava na boca do rio Canumã e despertava as sardinhas meioadormecidas entre duas águas.. .. as vozes noturnas da floresta haviam-se calado. Divida o período abaixo em orações e classifiqueas: “A canoa deslizava brandamente. nenhum pássaro cantava. ? 09.

R 6 verbos ð 6 orações .RESPOSTA 09. | mas nós estávamos alerta. Divida o período abaixo em orações e classifiqueas: “A canoa deslizava brandamente. | entrava na boca do rio Canumã | e despertava as sardinhas meioadormecidas entre duas águas. | nenhum pássaro cantava. | as vozes noturnas da floresta haviam-se calado.

” (oração coordenada sindética aditiva) (indica adição. Divida o período abaixo em orações e classifiqueas: 1ª) “A canoa deslizava brandamente. acréscimo) .” (oração coordenada assindética) 2ª) “entrava na boca do rio Canumã” (oração coordenada assindética) 3ª) “e despertava as sardinhas meio-adormecidas entre duas águas.RESPOSTA 09.

” (oração coordenada sindética adversativa) (indica adversidade.” (oração coordenada assindética) 5ª) “as vozes noturnas da floresta haviam-se calado.” (oração coordenada assindética) 6ª) “mas nós estávamos alerta. Divida o período abaixo em orações e classifiqueas: 4ª) “nenhum pássaro cantava. contraste) .RESPOSTA 09. oposição.

mas gastou tudo. portanto não deve mais nada. e) Saíram cedo e ainda não chegaram ao destino. depois retornaram felizes. . ? 10. c) Pagou a dívida. pois estou precisando dele. ora faz calor. b) Ora faz frio. Classifique as orações abaixo: a) Recebeu o dinheiro da pensão.. d) Devolva-me o livro.. f) Partiram tristes.É importante exercitar.

oposição. ð Oração coordenada sindética adversativa (indica adversidade.RESPOSTA 10. portanto não deve mais nada. contraste) b) Ora faz frio. Classifique as orações abaixo: a) Recebeu o dinheiro da pensão. mas gastou tudo. ora faz calor. ð Oração coordenada sindética conclusiva (indica conclusão) . ð Oração coordenada sindética alternativa (indica alternância) c) Pagou a dívida.

ð Oração coordenada sindética aditiva (indica adição. acréscimo) f) Partiram tristes. justificativa) e) Saíram cedo e ainda não chegaram ao destino. pois estou precisando dele.RESPOSTA d) Devolva-me o livro. ð Oração coordenada sindética explicativa (indica explicação. depois retornaram felizes. ð Oração coordenada assindética .

Podem ser: } adjetivas } substantivas } adverbiais . Contêm oração principal.1. com uma ou mais orações subordinadas associadas a ela. que funcionam como termo de outra oração. SINTAXE DO PERÍODO Orações Subordinadas São sintaticamente dependentes.

(oração coordenada = independente) 2ª) chegou atrasado.1: Ele correu muito. | mas chegou atrasado. 1ª) Ele correu muito.R Oração Coordenada x Oração Subordinada Ex. (oração coordenada = independente) .

1ª) Enquanto todos dormiam . (?) (oração subordinada = dependente) 2ª) eu estudava.2: Enquanto todos dormiam...R Oração Coordenada x Oração Subordinada Ex. (oração principal) . eu estudava.

cujo (e variações). as orações subordinadas adjetivas podem ser: A) EXPLICATIVAS B) RESTRITIVAS . R Em relação ao termo que modificam.2. São iniciadas por pronomes relativos: que. PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Orações Subordinadas Adjetivas Têm o valor e a função próprios do adjetivo. o qual (e variações). onde. quem.

que são modernos. à semelhança de um aposto.A) EXPLICATIVAS a “São isoladas por pontuação”.(todos os reis foram tiranos e todos maltrataram o povo) .2: Os reis − que foram tiranos − maltrataram o povo. Ex. custam caro. (todos os micros são modernos e todos custam caro) Ex. destacando sua característica principal ou esclarecendo melhor sua significação. Tomam o termo a que se referem no seu sentido amplo.1: Os micros.

mas continuam destacando a característica principal do seu referente ou esclarecendo melhor a sua significação. não deixam de ser explicativas! Ex.R OBSERVAÇÃO: Há orações adjetivas explicativas que.: Castro Alves − que foi um grande poeta − merece a nossa admiração. à semelhança de um aposto. não indicam com clareza a ideia de sentido amplo. mesmo isoladas por pontuação. O livro. é excelente! . que eu li. Portanto.

(somente os micros modernos custam caro) Ex.2: Os reis que foram tiranos maltrataram o povo.B) RESTRITIVAS a “Não são isoladas por pontuação”. Restringem o sentido do termo a que se referem.1: Os micros que são modernos custam caro. (somente os reis tiranos maltrataram o povo) . Ex.

(em que. .Outros exemplos: A cidade onde Rafael mora é maravilhosa. (as quais) Há problemas cujas soluções são simples. na qual) São situações que não desejamos nunca.

: Este é o autor de que eu mais gosto. o pronome relativo pode aparecer precedido de preposição. desde que o verbo ou o nome da oração em que ele se encontra assim o exija. Ex. (com as quais) .R OBSERVAÇÃO: Nas orações subordinadas adjetivas. (do qual) As pessoas com quem trabalho são ótimas.

É importante exercitar.. c) É esta a rua em que moro. b) Desejo que todos voltem rapidamente. ? 01. d) Percebeu que não havia outra solução. . e) Soube-se que ele não viria.. que já é tarde. Aponte a alternativa em que ocorre oração subordinada adjetiva: a) Faça silêncio.

(onde. . Aponte a alternativa em que ocorre oração subordinada adjetiva: a) Faça silêncio. que já é tarde. C) É esta a rua em que moro. b) Desejo que todos voltem rapidamente. e) Soube-se que ele não viria.RESPOSTA 01. na qual) d) Percebeu que não havia outra solução.

? 02..É importante exercitar. que era velho. a oração destacada classifica-se como: a) adjetiva restritiva b) adjetiva explicativa c) substantiva apositiva d) substantiva predicativa e) coordenada sindética explicativa . sentou-se no sofá”. No período: “Ele..

que era velho.RESPOSTA 02. No período: “Ele. sentou-se no sofá”. a oração destacada classifica-se como: a) adjetiva restritiva B) adjetiva explicativa c) substantiva apositiva d) substantiva predicativa e) coordenada sindética explicativa .

a oração em destaque é: a) substantiva completiva nominal b) substantiva predicativa c) coordenada assindética d) coordenada sindética explicativa e) adjetiva restritiva . No período: “Feliz o pai cujos filhos são ajuizados”. ? 03...É importante exercitar.

a oração em destaque é: a) substantiva completiva nominal b) substantiva predicativa c) coordenada assindética d) coordenada sindética explicativa E) adjetiva restritiva .RESPOSTA 03. No período: “Feliz o pai cujos filhos são ajuizados”.

O aluno estudioso aprende. ? 04.O homem sorridente revela despreocupação. II. .É importante exercitar.O homem trabalhador vence na vida. Converta o adjetivo destacado em oração subordinada adjetiva: I. IV. III.O aluno preocupado sente-se inseguro...

O homem trabalhador vence na vida. ð O homem que sorri revela despreocupação. em oração .O homem sorridente revela despreocupação.RESPOSTA 04. ð O homem que trabalha vence na vida. ð O aluno que se preocupa sente-se inseguro. II. ð O aluno que estuda aprende. III. IV. Converta o adjetivo destacado subordinada adjetiva: I.O aluno estudioso aprende.O aluno preocupado sente-se inseguro.

É importante exercitar.. ? 05.. Substitua as expressões destacadas por um adjetivo. c) A caneta solta tinta que não se pode apagar. a) Formavam-se gotículas que quase não se podiam perceber. f) É uma grandeza que não pode ser medida. b) O saber é um bem que não pode destruir. e) Foi uma cena que não se podia imaginar. d) Tem uma letra que não se consegue entender. .

. que não se consegue entender.. a) ..RESPOSTA 05. (inapagável / indelével) d) ... (imperceptível) b) . (ininteligível) e) . que não se podia imaginar. que não pode ser medida. (indestrutível) c) . (imensurável) .. que não se pode apagar.. Substitua as expressões destacadas por um adjetivo. (inimaginável) f) .... não se podiam perceber.. que não pode destruir..

É importante exercitar.. c) Vamos embora. Há no período uma oração subordinada adjetiva: a) Ele falou que compraria a casa. . e) Parece que a prova não está difícil. b) Não fale alto. d) Em time que ganha não se mexe. que o dia está amanhecendo.. ? 06. que ela pode ouvir.

que ela pode ouvir. . que o dia está amanhecendo. D) Em time que ganha não se mexe.RESPOSTA 06. Há no período uma oração subordinada adjetiva: a) Ele falou que compraria a casa. e) Parece que a prova não está difícil. c) Vamos embora. b) Não fale alto.

. ? 07.” A oração em destaque é: a) subordinada adjetiva restritiva b) subordinada adjetiva explicativa c) subordinada adverbial causal d) substantiva objetiva indireta e) substantiva completiva nominal . “Não compreendíamos a razão por que o ladrão não montava a cavalo.É importante exercitar..

RESPOSTA 07. “Não compreendíamos a razão por que o ladrão não montava a cavalo.” A oração em destaque é: A) subordinada adjetiva restritiva b) subordinada adjetiva explicativa c) subordinada adverbial causal d) substantiva objetiva indireta e) substantiva completiva nominal .

É importante exercitar. há: a) oração subordinada adverbial de lugar b) oração subordinada adverbial temporal c) oração subordinada adjetiva explicativa d) oração coordenada assindética e) nenhuma das soluções acima está correta ... ? 08. No período: “Tento esquecer a terra onde tanto sofri”.

há: a) oração subordinada adverbial de lugar b) oração subordinada adverbial temporal c) oração subordinada adjetiva explicativa d) oração coordenada assindética E) nenhuma das soluções acima está correta .RESPOSTA 08. No período: “Tento esquecer a terra onde tanto sofri”.

Explique a diferença semântica entre as orações subordinadas abaixo e classifique-as. ? 09. b) Os homens que têm seu preço são fáceis de corromper. que têm seu preço. são fáceis de corromper. ...É importante exercitar. a) Os homens.

) ð Oração subordinada adjetiva restritiva . são fáceis de corromper.RESPOSTA 09.) ð Oração subordinada adjetiva explicativa b) Os homens que têm seu preço são fáceis de corromper. Explique a diferença semântica entre as orações subordinadas abaixo e classifique-as. (somente os homens que têm seu preço são fáceis de corromper. (todos os homens têm seu preço e todos são fáceis de corromper. a) Os homens. que têm seu preço.

É importante exercitar. No período: “Falei o que querias”. ? 10.. a oração em destaque classifica-se como: a) adjetiva restritiva b) adjetiva explicativa c) substantiva completiva nominal d) substantiva objetiva direta e) coordenada assindética ..

RESPOSTA 10..” (.. No período: “Falei o que querias”. a oração em destaque classifica-se como: ð “Falei aquilo que querias. aquilo o qual...) A) adjetiva restritiva b) adjetiva explicativa c) substantiva completiva nominal d) substantiva objetiva direta e) coordenada assindética .

. ? 11.. A segunda oração do período “Não sei no que pensa” é classificada como: a) substantiva objetiva direta b) substantiva completiva nominal c) adjetiva restritiva d) coordenada explicativa e) substantiva objetiva indireta .É importante exercitar.

.” Não sei aquilo em que pensa. aquilo no qual.) a) substantiva objetiva direta b) substantiva completiva nominal c) adjetiva restritiva d) coordenada explicativa e) substantiva objetiva indireta ... (.RESPOSTA 11” é classificada como: ð “Não sei no que pensa..

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Orações Subordinadas Substantivas Têm as funções sintáticas próprias do substantivo (complementos verbais.. complemento nominal..2. ) e são introduzidas por conjunções subordinativas integrantes (geralmente ‘QUE’ e ‘SE’). sujeito. Podem ser: } Objetiva direta } Objetiva indireta } Completiva nominal } Predicativa } Apositiva } Subjetiva . .

2. (= Perguntou isso) .2: Perguntou se tudo estava bem. são introduzidas por conjunções subordinativas integrantes (geralmente ‘QUE’ e ‘SE’). QUE / SE ð ≠ o qual (e flexões) | = isso / esse(a)(s) Ex.1: Necessito de que me ajudem. PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Orações Subordinadas Substantivas Como vimos. (= Necessito disso) Ex.

As orações subordinadas substantivas classificam-se em: A) OBJETIVAS DIRETAS } Funcionam como objeto direto do verbo da oração principal.1: Todos querem que você ingresse no serviço público. } Esquema prático: VTD + QUE / SE Ex.”) ð Oração subordinada substantiva objetiva direta . (“Todos querem isso.

”) ð Oração subordinada substantiva objetiva direta . (“Eles entenderam isso.2: Perguntou se todos entenderam o assunto.”) ð Oração subordinada substantiva objetiva direta Ex. (“Perguntou isso.Ex.3: Eles entenderam que a paz é o caminho.

2: Necessito de que todos me compreendam. (“Necessito disso. (“Duvido disso.1: Duvido de que o pior ocorra.B) OBJETIVAS INDIRETAS } Funcionam como objeto indireto do verbo da oração principal. } Esquema prático: VTI + preposição + QUE Ex.”) ð Oração subordinada substantiva objetiva indireta .”) ð Oração subordinada substantiva objetiva indireta Ex.

subordinada substantiva completiva nominal .2: Ele está certo de que será aprovado.C) COMPLETIVAS NOMINAIS } Funcionam como complemento nominal de um termo da oração principal. } Esquema prático: NOME + preposição + QUE Ex. (“Ele está certo disso.1: Tenho necessidade de que ela volte.”) ð Or. subordinada substantiva completiva nominal Ex. (“Tenho necessidade disso.”) ð Or.

.2: Ainda há um mistério: se ele agiu sabiamente..”) ð Oração subordinada substantiva apositiva .”) ð Oração subordinada substantiva apositiva Ex... um mistério: esse. } Esquema prático: “:” + QUE / SE Ex. (“.1: Só me resta uma saída: que tudo dê certo. (“. uma saída: essa.D) APOSITIVAS } Funcionam como aposto de um termo da oração principal.

. Na frase: “Maria do Carmo tinha a certeza de que estava para ser mãe”. ? 01.É importante exercitar. a oração em destaque é: a) subordinada substantiva objetiva indireta b) subordinada substantiva completiva nominal c) subordinada substantiva predicativa d) coordenada sindética conclusiva e) coordenada sindética explicativa ..

RESPOSTA 01. Na frase: “Maria do Carmo tinha a certeza de que estava para ser mãe”. a oração em destaque é: a) subordinada substantiva objetiva indireta B) subordinada substantiva completiva nominal c) subordinada substantiva predicativa d) coordenada sindética conclusiva e) coordenada sindética explicativa .

? 02. e) Não sei se o vinho está bom.. b) A Federação arroga-se o direito de cancelar o jogo. A palavra se é conjunção subordinada integrante (por introduzir oração subordinada substantiva objetiva direta) em qual das orações seguintes? a) Ele se morria de ciúmes pelo patrão. d) Precisa-se de pedreiros. . c) O aluno fez-se passar por doutor.É importante exercitar..

(“Não sei isso.”) . d) Precisa-se de pedreiros. b) A Federação arroga-se o direito de cancelar o jogo. E) Não sei se o vinho está bom. A palavra se é conjunção subordinada integrante (por introduzir oração subordinada substantiva objetiva direta) em qual das orações seguintes? a) Ele se morria de ciúmes pelo patrão.RESPOSTA 02. c) O aluno fez-se passar por doutor.

É importante exercitar.” A oração destaque é: a) substantiva completiva nominal b) substantiva objetiva indireta c) substantiva predicativa d) substantiva objetiva direta e) substantiva subjetiva .. “Os homens sempre se esquecem de que somos todos mortais.. ? 03.

RESPOSTA 03. “Os homens sempre se esquecem de que somos todos mortais.” A oração destaque é: a) substantiva completiva nominal B) substantiva objetiva indireta c) substantiva predicativa d) substantiva objetiva direta e) substantiva subjetiva .

2.. QUE / SE ð ≠ o qual (e flexões) | = isso / esse(a)(s) .. PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Orações Subordinadas Substantivas R RELEMBRANDO. São introduzidas por conjunções subordinativas integrantes (geralmente ‘QUE’ e ‘SE’).

(“. era isso/essa.1: Minha esperança era que ele voltasse.”) ð Oração subordinada substantiva predicativa . (“.2: A verdade é que tudo na vida passa.E) PREDICATIVAS } Funcionam como predicativo do sujeito da oração principal. } Esquema prático: VLig + QUE / SE Ex..”) ð Oração subordinada substantiva predicativa Ex.... é isso/essa.

F) SUBJETIVAS (sujeito oracional) } Funcionam como sujeito do verbo da oração principal. } Neste caso, o verbo da oração principal sempre fica na terceira pessoa do singular. Os principais casos de oração principal são: ü 1º caso: Verbo de ligação + predicativo + QUE (É preciso..., É bom..., É melhor..., Está comprovado..., Parece certo..., Fica evidente..., etc.) Ex.1: É importante que você estude muito. (“É importante isso.” ð “Isso é importante.”) ð Oração subordinada substantiva subjetiva

Ex.2: Está claro que você passará nas provas. (“Está claro isso.” ð “Isso está claro.”) ð Oração subordinada substantiva subjetiva Ex.3: Ficou evidente que o Bem prevalece. (“Ficou evidente isso.” ð “Isso ficou evidente.”) ð Oração subordinada substantiva subjetiva

F) SUBJETIVAS (sujeito oracional) ü 2º caso: verbo na voz passiva sintética ou analítica + QUE / SE (Sabe-se..., Comenta-se..., Dir-se-ia.., Foi anunciado..., Foi dito..., etc.) Ex.1: Sabe-se que a solidariedade transforma o homem. (“Sabe-se isso.” ð “Isso é sabido.”) ð Oração subordinada substantiva subjetiva Ex.2: Foi dito que o presidente resolveria tudo. (“Foi dito isso.” ð “Isso foi dito.”) ð Oração subordinada substantiva subjetiva

F) SUBJETIVAS (sujeito oracional) ü 3º caso: verbos unipessoais + QUE (convir, parecer, constar, acontecer, cumprir, importar, ocorrer, suceder, urgir...) } Verbos unipessoais são aqueles conjugados sempre na terceira pessoa. Ex.1: Convém que você estude sempre mais. (“Convém isso.” ð “Isso convém.”) ð Oração subordinada substantiva subjetiva Ex.2: Consta que muitos foram premiados. (“Consta isso.” ð “Isso consta.”) ð Oração subordinada substantiva subjetiva

. nas frases interrogativas indiretas. como a máquina funciona.: Ninguém sabe. VTD onde fica o teatro.. quando entra em vigor a nova lei. a oração subordinada substantiva pode ser introduzida por pronomes indefinidos ou advérbios interrogativos. quem é o culpado. qual é o assunto da palestra. quanto custa o remédio. Ex..R OBSERVAÇÃO: Além das conjunções integrantes QUE (nas afirmações certas) e SE (nas afirmações incertas). Sobretudo.

Você entendeu como me senti? . Não sei quando voltarei.R Outros exemplos: Ex.: Você sabe quem fez isto? Gostaria de saber qual de vocês me traiu. Ignora-se quantos são os responsáveis. Perguntaram-lhe onde esteve.

. O político estava rodeado de quem admirava sua honestidade.: A aula será dada por quem a preparou. podem ser incluídas como orações subordinadas substantivas aquelas que funcionam como agente da passiva iniciadas por de ou por e pronome indefinido.R OBSERVAÇÃO: Apesar de a NGB não fazer referência. Ex.

. No período: “É necessário que todos se esforcem”.É importante exercitar. ? 01.. a oração destacada é: a) substantiva objetiva direta b) substantiva objetiva indireta c) substantiva completiva nominal d) substantiva subjetiva e) substantiva predicativa .

a oração destacada é: a) substantiva objetiva direta b) substantiva objetiva indireta c) substantiva completiva nominal D) substantiva subjetiva e) substantiva predicativa . No período: “É necessário que todos se esforcem”.RESPOSTA 01.

É importante exercitar. e) Meu desejo é que você passe em um concurso. d) Lembre-se de que tudo passa neste mundo. ? 02.. c) O aluno que estuda consegue superar as dificuldades do concurso. . Qual o período em que há oração subordinada substantiva predicativa? a) Sou favorável a que o aprovem.. b) Desejo-te isto: que sejas feliz.

d) Lembre-se de que tudo passa neste mundo. E) Meu desejo é que você passe em um concurso. .RESPOSTA 02. c) O aluno que estuda consegue superar as dificuldades do concurso. Qual o período em que há oração subordinada substantiva predicativa? a) Sou favorável a que o aprovem. b) Desejo-te isto: que sejas feliz.

É importante exercitar.” a) objeto indireto do verbo da oração principal b) complemento nominal de um termo da oração principal c) objeto direto do verbo da oração principal d) sujeito do verbo da oração principal e) aposto de um termo da oração principal ... Qual a classificação sintática da oração destacada em “Pergunta-se qual seria o destino do povo. ? 03.

” a) objeto indireto do verbo da oração principal b) complemento nominal de um termo da oração principal c) objeto direto do verbo da oração principal D) sujeito do verbo da oração principal e) aposto de um termo da oração principal . Qual a classificação sintática da oração destacada em “Pergunta-se qual seria o destino do povo.RESPOSTA 03.

II..Percebeu a aproximação dos homens. IV.Minha esperança é a tua felicidade.Seu casamento é urgente.Tínhamos necessidade de ajuda.ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS Exercícios Complementares É importante exercitar. ? 01. III. Converta os trechos destacados em oração subordinada substantiva: I.. .

ð É urgente que você se case. Converta os trechos destacados em oração subordinada substantiva: I.Percebeu a aproximação dos homens. ð Minha esperança é que sejas feliz.RESPOSTA 01.Minha esperança é a tua felicidade. . ð Tínhamos necessidade de que nos ajudassem. III.Tínhamos necessidade de ajuda.Seu casamento é urgente. IV. II. ð Percebeu que os homens se aproximavam.

( ) Contam que naquela torre habita uma bruxa.. ( ) Urge que você retorne ao país. Classifique as orações subordinadas substantivas de acordo com: a) subjetiva b) objetiva direta ( ) Ele afirmou categoricamente que o fato não era verdadeiro. . ? 02. ( ) Conta-se que naquela torre habita uma bruxa. ( ) Acontece que ainda te amo.É importante exercitar.. ( ) Convém que você fuja imediatamente.

(a) Convém que você fuja imediatamente. Classifique as orações subordinadas substanti-vas de acordo com: a) subjetiva b) objetiva direta (b) Ele afirmou categoricamente que o fato não era verdadeiro. (b) Contam que naquela torre habita uma bruxa.RESPOSTA 02. (a) Acontece que ainda te amo. (a) Conta-se que naquela torre habita uma bruxa. (a) Urge que você retorne ao país. .

.. ( ) Adolfo tinha certeza de que havia cometido um engano. ? 03. Classifique as orações subordinadas substantivas de acordo com: a) objetiva indireta b) completiva nominal ( ) Fulano tinha medo de que revelassem seus segredos. . ( ) Não se esqueçam de que os convidados deverão chegar ao meio-dia.É importante exercitar. ( ) Não duvide de que ele seja capaz de matá-lo.

(a) Não se esqueçam de que os convidados deverão chegar ao meio-dia.RESPOSTA 03. (b) Adolfo tinha certeza de que havia cometido um engano. . Classifique as orações subordinadas substantivas de acordo com: a) objetiva indireta b) completiva nominal (b) Fulano tinha medo de que revelassem seus segredos. (a) Não duvide de que ele seja capaz de matá-lo.

Necessitávamos de que os amigos nos auxiliassem.Esperavam uma atitude: que o diretor intercedesse.A massa esperava que o time reagisse. I..Era urgente que o diretor chegasse. . V.Exigiram do aluno que comparecesse às aulas.. IV. VI.Não convinha que o assunto fosse divulgado. ? 04. II. III.É importante exercitar. Classifique as orações subordinadas destacadas abaixo.

Necessitávamos de que os amigos nos auxiliassem. I. ð substantiva subjetiva II. Classifique as orações subordinadas destacadas abaixo.Era urgente que o diretor chegasse. ð substantiva objetiva direta III. ð substantiva objetiva indireta .RESPOSTA 04.A massa esperava que o time reagisse.

ð substantiva subjetiva VI.Não convinha que o assunto fosse divulgado.Exigiram do aluno que comparecesse às aulas.RESPOSTA IV. ð substantiva objetiva direta V. ð substantiva apositiva .Esperavam uma atitude: que o diretor intercedesse.

. ? 05. e) Sempre desejava a mesma coisa: que a sua presença fosse notada. eu tinha fama e era valsista emérito: não admira que ela me preferisse.. Há oração subordinada substantiva apositiva em: a) Na rua pergunto-lhe em tom misterioso: onde poderemos falar à vontade? b) Ninguém reparou em Olívia: todos andavam como pasmados..É importante exercitar. c) As estrelas que vemos parecem grandes olhos curiosos. d) Em verdade.

c) As estrelas que vemos parecem grandes olhos curiosos. eu tinha fama e era valsista emérito: não admira que ela me preferisse. E) Sempre desejava a mesma coisa: que a sua presença fosse notada. .RESPOSTA 05. d) Em verdade. Há oração subordinada substantiva apositiva em: a) Na rua pergunto-lhe em tom misterioso: onde poderemos falar à vontade? b) Ninguém reparou em Olívia: todos andavam como pasmados.

subjetiva − sub. subst. subjetiva d) sub.. a palavras “que” está introduzindo. direta c) sub.É importante exercitar. Nos trechos: “. subst.. subst. direta b) sub. e um ou dois minutos de prazer” e “Digo-vos que as lágrimas eram verdadeiras”. subst. subst.. subst.. obj. subst. subjetiva − sub. adjet. obj. ? 06. predicativa . compl. direta − sub. respectivamente. nominal − sub. adjet. explicativa − sub. explicativa e) sub. obj. orações: a) sub. alívio. não é possível que a notícia da morte me deixasse alguma tranquilidade. subst.

obj. subst. subst.RESPOSTA 06. subjetiva − sub. direta b) sub. predicativa . subjetiva d) sub. subst. alívio. subst. não é possível que a notícia da morte me deixasse alguma tranquilidade. respectivamente. obj.. explicativa e) sub. subjetiva − sub. obj. adjet. orações: A) sub. direta c) sub. a palavras “que” está introduzindo. explicativa − sub. subst. direta − sub. e um ou dois minutos de prazer” e “Digo-vos que as lágrimas eram verdadeiras”. subst.. compl. Nos trechos: “. adjet. subst. nominal − sub. subst.

É importante exercitar... ?
07. Em “A verdade é que a gente não sabia nada...”, classifica-se a segunda oração como: a) subordinada substantiva objetiva direta b) subordinada adverbial conformativa c) subordinada substantiva objetiva indireta d) subordinada substantiva predicativa e) subordinada substantiva apositiva

RESPOSTA
07. Em “A verdade é que a gente não sabia nada...”, classifica-se a segunda oração como: a) subordinada substantiva objetiva direta b) subordinada adverbial conformativa c) subordinada substantiva objetiva indireta D) subordinada substantiva predicativa e) subordinada substantiva apositiva

É importante exercitar... ?
08. Estou seguro de que o aluno EVP estará bem preparado para as provas. A oração em destaque é substantiva: a) objetiva indireta b) completiva nominal c) objetiva direta d) subjetiva e) apositiva

RESPOSTA
08. Estou seguro de que o aluno EVP estará bem preparado para as provas. A oração em destaque é substantiva: a) objetiva indireta B) completiva nominal c) objetiva direta d) subjetiva e) apositiva

proporcionais. consecutivas. comparativas e concessivas. conformativas. . PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Orações Subordinadas Adverbiais Funcionam como adjuntos adverbiais da oração principal. condicionais. Sua classificação é feita segundo o sentido da circunstância adverbial que expressam. Podem ser: temporais. finais.2. causais. Aparecem introduzidas por conjunções subordinativas não integrantes (adverbiais).

logo que. depois que.As orações subordinadas adverbiais classificam-se em: A) TEMPORAIS } Exprimem ideia do tempo em que ocorre o fato expresso na oração principal } Conjunções: quando. Enquanto todos dormiam. ð Oração subordinada adverbial temporal . Ex. desde que. enquanto. antes que.: Ficou lendo até que o sono chegasse. eu estudava. até que. sempre que etc. assim que.

À medida que chovia. quanto mais (ou menos).B) PROPORCIONAIS } Exprimem ideia de proporção ou fato simultâneo ao expresso na oração principal } Conjunções: à medida que. a população deixava suas casas. à proporção que. Ex. mais se aprende. tanto mais (ou menos) etc.: Quanto mais se estuda. ao passo que. ð Oração subordinada adverbial proporcional .

C) FINAIS } Exprimem ideia de finalidade. Ex. ð Oração subordinada adverbial final . intenção em relação ao fato expresso na oração principal } Conjunções: a fim de que. Suportou tudo para que fosse feliz.: Cumpriu todos os requisitos a fim de que fosse o escolhido. para que. que e porque (=para que) etc.

visto que. já que. como etc.D) CAUSAIS } Exprimem ideia de causa do fato expresso na oração principal } Conjunções: porque. ð Oração subordinada adverbial causal . uma vez que. porquanto. faltou à escola. suas chances são enormes.: Já que você estudou muito. Ex. Como estava doente.

de forma que. ð Oração subordinada adverbial consecutiva . Ex.E) CONSECUTIVAS } Exprimem consequência do fato expresso na oração principal } Conjunções: que (precedido de ‘tal’. ‘tanto’. ‘tamanho’).: Falou tanto que ficou rouco. de modo que. Estava tão disposto que corri dez quilômetros. de sorte que etc. ‘tão’.

1: Falou tanto | que ficou muito rouco. causa consequência ð Oração subordinada adverbial consecutiva. . pois a conjunção acompanha a causa do fato expresso na oração principal.2: Já que falou tanto | ficou muito rouco. causa consequência ð Oração subordinada adverbial causal. pois a conjunção acompanha a consequência do fato expresso na oração principal.R ADVERBIAL CAUSAL X ADVERBIAL CONSECUTIVA Ex. Ex.

consequência causa .R RELAÇÃO DE CAUSA-CONSEQUÊNCIA É de natureza sintático-semântica e independe da classificação sintática do período.1: Falou tanto | que ficou muito rouco. | pois já é muito tarde. causa consequência Ex.3: Estudou muito. consequência causa Ex. | devido às notas baixas.2: Vamos logo. Ex.

? 01.É importante exercitar. precisarei do resultado das provas. c) Já que possuo pouco dinheiro tomarei apenas um lanche. Qual das orações subordinadas pode ser considerada adverbial causal? a) Mesmo que parta antes.. d) O público aplaudia euforicamente para que o circense bisasse o número. b) Chegamos tão cedo. e) Realizou os exercícios de acordo com as instruções do mestre. que o portão da faculdade ainda estava fechado. ..

C) Já que possuo pouco dinheiro tomarei apenas um lanche. d) O público aplaudia euforicamente para que o circense bisasse o número. precisarei do resultado das provas. .RESPOSTA 01. Qual das orações subordinadas pode ser considerada adverbial causal? a) Mesmo que parta antes. e) Realizou os exercícios de acordo com as instruções do mestre. que o portão da faculdade ainda estava fechado. b) Chegamos tão cedo.

” A oração em destaque é: a) subordinada adverbial causal b) coordenada sindética explicativa c) subordinada adverbial consecutiva d) subordinada adverbial concessiva e) subordinada adjetiva explicativa .É importante exercitar... “A reação do adversário foi tamanha que assustou o campeão. ? 02.

“A reação do adversário foi tamanha que assustou o campeão.” A oração em destaque é: a) subordinada adverbial causal b) coordenada sindética explicativa C) subordinada adverbial consecutiva d) subordinada adverbial concessiva e) subordinada adjetiva explicativa .RESPOSTA 02.

.É importante exercitar. ? 03. não contém oração adverbial causal: a) Cheguei tarde. porque choveu muito.. pois fui despedido. b) Como estava doente. que não saí de casa. . c) Estava com tanto frio. e) Devo ir bem na prova. não fui à escola. Assinale a alternativa que. embora tenha valor de causa-consequência. já que estudei bastante. d) Fiquei chateado.

C) Estava com tanto frio. . já que estudei bastante. que não saí de casa. porque choveu muito. b) Como estava doente. embora tenha valor de causa-consequência. Assinale a alternativa que. e) Devo ir bem na prova.RESPOSTA 03. não contém oração adverbial causal: a) Cheguei tarde. pois fui despedido. não fui à escola. d) Fiquei chateado.

2. Aparecem introduzidas por conjunções subordinativas nãointegrantes (adverbiais). Sua classificação é feita segundo o sentido da circunstância adverbial que expressam. condicionais. consecutivas. Podem ser: temporais. proporcionais. finais. conformativas. PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Orações Subordinadas Adverbiais Como vimos. causais. . elas funcionam como adjuntos adverbiais da oração principal. comparativas e concessivas.

F) CONFORMATIVAS } Exprimem ideia de conformidade pensamento expresso na oração principal com o } Conjunções: conforme.: Tudo saiu conforme combinamos. ð Oração subordinada adverbial conformativa . “beleza não põe mesa”. segundo. como. Ex. Como diz o ditado. consoante [todas com o mesmo valor de conforme].

contanto que. exceto se. Participarei dos encontros. desde que. Ex.: Se você for. ð Oração subordinada adverbial condicional . Caso ela venha cedo.G) CONDICIONAIS } Exprimem o que deve ou não ocorrer para ser realizado o fato expresso na oração principal } Conjunções: Se. iremos ao teatro. etc. caso. eu vou. desde que respeitem a minha opinião.

.. mais...H) COMPARATIVAS } Representam o segundo termo da comparação. (do) que. Ele dorme como um urso. menos.: Amou sua mulher como se fosse a última... (dorme) O ciclista era tão rápido quanto o pensamento.. (sofreu) ð Oração subordinada adverbial comparativa . Ex. o primeiro está na oração principal } Conjunções: como. (é) Ninguém sofreu tanto como aquele homem desempregado.como (quanto). tão.. (do) que.

mesmo que. Não desisto de meus ideais. ð Oração subordinada adverbial concessiva .I) CONCESSIVAS } Exprimem ideia contrária ao fato expresso na oração principal. } Conjunções: embora. de quebra de expectativa. mesmo quando. conquanto. ainda que haja dificuldades. a concessão está diretamente ligada à ideia de contraste. apesar de que. malgrado etc. se bem que. Ex. aceitei as condições impostas pela direção. ainda que.: Embora discordasse.

alguns gramáticos utilizam as terminologias ‘oração subordinada adverbial modal’ e ‘oração subordinada adverbial locativa’. . Para as orações que indicam tais circunstâncias.I ATENÇÃO Existem outras duas circunstâncias expressas pelas orações subordinadas adverbiais às quais a NGB (Nomenclatura Gramatical Brasileira) não faz referência: modo e lugar. respectiva-mente.

cada vez mais comovido. “Caminhou [sem fazer qualquer ruído]”. de fato. subordinada adverbial Modal “Rosnava [mostrando os dentes]”. A vida é.Veja alguns exemplos: } Or. “A heroína da minha história triste entrava no palco [a sorrir]. alegre. Abreu 2003:151) . Eu é que estava.” (cf. “Saiu [pulando de alegria]”. estupidamente.

ou [estudando]. subordinada adverbial Modal “A disciplina militar prestante / Não se aprende. / Senão [vendo]. . Senhor. [imaginando]. [tratando] e [pelejando]. / [Sonhando].” (cf.} Or. Rocha Lima 1998:283) Miguel divertia-se pregando peças nos primos. na fantasia.

.} Or. subordinada adverbial Locativa Não pode haver reflexão onde tudo é distração. Permanecemos onde achamos mais adequado. Moro onde ninguém mora.

tanto que se recolheram logo. que em pouco tempo foi promovido.É importante exercitar. b) Quanto mais estuda.. Assinale o período em que ocorre a mesma relação significativa indicada pelos termos destacados em: “A atividade científica é tão natural quanto qualquer outra atividade econômica”: a) Ele era tão aplicado. ? 01.. . menos aprende. e) Todos estavam exausto. c) Tenho tudo quanto quero. d) Sabia a lição tão bem como eu.

RESPOSTA 01. que em pouco tempo foi promovido. D) Sabia a lição tão bem como eu. tanto que se recolheram logo. c) Tenho tudo quanto quero. e) Todos estavam exausto. . Assinale o período em que ocorre a mesma relação significativa indicada pelos termos destacados em: “A atividade científica é tão natural quanto qualquer outra atividade econômica”: a) Ele era tão aplicado. menos aprende. b) Quanto mais estuda.

“Outrora viajei países imaginários...” A locução destacada exprime ideia de: a) condição b) dúvida c) causa d) concessão e) modo . ? 02. não obstante exaustivas e convidando ao suicídio. Ilhas sem problemas. fáceis de habitar.É importante exercitar.

RESPOSTA 02. não obstante exaustivas e convidando ao suicídio.” A locução destacada exprime ideia de: a) condição b) dúvida c) causa D) concessão e) modo . “Outrora viajei países imaginários. fáceis de habitar. Ilhas sem problemas.

É importante exercitar.. justificavam-lhe a essência”. podemos afirmar que ocorre uma oração: a) coordenada explicativa b) coordenada adversativa c) subordinada adverbial conformativa d) subordinada adverbial concessiva e) subordinada integrante . No período “Embora lhe desaprovassem a forma. ? 03..

RESPOSTA 03. No período “Embora lhe desaprovassem a forma. podemos afirmar que ocorre uma oração: a) coordenada explicativa b) coordenada adversativa c) subordinada adverbial conformativa D) subordinada adverbial concessiva e) subordinada integrante . justificavam-lhe a essência”.

Ex.1: Chovendo amanhã. .2.2: Via um rapaz entregar folhetos na rua. (sem conjunção / com verbo no gerúndio) Ex. dizemos que ela está sob a forma de oração reduzida. começaremos a plantação. PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Orações Reduzidas Quando uma oração subordinada se apresenta sem conectivo e com verbo em uma forma nominal.

rdes. rem) • Gerúndio (ndo) • Particípio (regular ou irregular) 2) Não contém conjunção ou pronome relativo 3) É sempre uma oração subordinada (substantiva. rmos.[ Características: 1) Apresenta verbo na forma nominal: • Infinitivo (r. res. adjetiva ou adverbial) .

[ Retomando o exemplo 1: Chovendo amanhã... você deve introduzir no período a conjunção adequada. é conveniente desenvolvê-la. (sem conjunção / com verbo no gerúndio) [ Nomeando a oração reduzida: Oração subordinada . reduzida de gerúndio .Para facilitar a classificação de uma oração reduzida. começaremos a plantação. Para isso.

começaremos a plantação. começaremos a plantação. (condição) Oração subordinada adverbial condicional reduzida de gerúndio .[ Desenvolvendo e nomeando a oração reduzida: Chovendo amanhã. Se chover amanhã.

(sem conjunção / com verbo no infinitivo) [ Nomeando a oração reduzida: Oração subordinada . reduzida de infinitivo ..[ Retomando o exemplo 2: Via um rapaz entregar folhetos na rua..

(que = o qual ð pronome relativo) Oração subordinada adjetiva restritiva reduzida de infinitivo .[Desenvolvendo e nomeando a oração reduzida: Via um rapaz que entregava folhetos na rua.

reduzida de particípio . Principal) [ Nomeando a oração reduzida: Oração subordinada ... (sem conjunção/verbo no particípio) (or.[ Novo exemplo: Terminada a sessão . Juliana foi descansar.

.. Assim que / quando terminou a sessão. . Juliana foi descansar.[Desenvolvendo e nomeando a oração reduzida: Terminada a sessão . (tempo) Oração subordinada adverbial temporal reduzida de particípio .

. classifique-as: I. II. .Penso estar na sala.. nada conseguirás.É importante exercitar. a seguir. Desenvolva as seguintes orações reduzidas e.Não dizendo a verdade. ? 01.

Penso “isso”. a seguir. classifique-as: I.Penso estar na sala.RESPOSTA 01. } oração subordinada substantiva objetiva direta reduzida de infinitivo . ð Penso | QUE ESTOU na sala. Desenvolva as seguintes orações reduzidas e.

RESPOSTA 01. (condição) } oração subordinada adverbial condicional reduzida de gerúndio . nada conseguirás.Não dizendo a verdade. Desenvolva as seguintes orações reduzidas e. nada conseguirás. classifique-as: II. a seguir. ð Se não disseres a verdade.

uma adverbial .duas adverbiais e) uma adverbial . C .Sua palavra foi a primeira a perder o significado naquele agitado contexto.uma substantiva c) três adverbiais d) uma adjetiva . ? 02.. Analisando os períodos A.Tenho necessidade de me apoiares nesta complicada situação. respectivamente: a) uma adjetiva . B e C..uma substantiva .É importante exercitar.Antes de repelir seus mestres. procure compreendê-los. B . obteremos.duas adjetivas . concluímos que as frases neles destacadas são três orações reduzidas.uma adverbial b) uma adjetiva . desdobrando-as. A .

A .uma adverbial b) uma adjetiva . obteremos. Analisando os períodos A.Tenho necessidade de me apoiares nesta complicada situação. C . respectivamente: A) uma adjetiva . concluímos que as frases neles destacadas são três orações reduzidas.uma substantiva c) três adverbiais d) uma adjetiva .Sua palavra foi a primeira a perder o significado naquele agitado contexto. B e C.uma substantiva .RESPOSTA 02. B .duas adjetivas . desdobrando-as. procure compreendê-los.duas adverbiais e) uma adverbial .uma adverbial .Antes de repelir seus mestres.

rdes. PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Orações Reduzidas (casos especiais) [ Características: 1) Apresenta verbo na forma nominal: • Infinitivo (r. rem) • Gerúndio (ndo) • Particípio (regular ou irregular) 2) Não contém conjunção ou pronome relativo 3) É sempre uma oração subordinada (substantiva. rmos. res. adjetiva ou adverbial) .3.

mandar.ORAÇÕES REDUZIDAS Æ Caso Particular Com os verbos deixar. (Deixe que eu repouse. ouvir. perceber (chamados auxiliares sensitivos) ocorre um tipo interessante de oração subordinada: Ex.) Deixe “isso”.1: Deixe-me repousar. sentir. (VTD + QUE) } Oração subordinada substantiva objetiva direta reduzida de infinitivo . fazer (chamados auxiliares causativos) e ver.

2: Mandei-os sair.) Mandei “isso”. (Mandei que eles saíssem. (VTD + QUE) } Oração subordinada substantiva direta reduzida de infinitivo objetiva .Ex.

(Ouvi que ele gritava.3: Ouvi-o gritar.Ex. (VTD + QUE) } Oração subordinada substantiva objetiva direta reduzida de infinitivo .) Ouvi “isso”.

RORAÇÕES INTERCALADAS OU INTERFERENTES São intercaladas ou interferentes orações que. . Ex. interpõem-se a outras a título de esclarecimento.1: Albert Sabin (foi ele quem descobriu a vacina contra a poliomielite) acusou o governo brasileiro de mentir sobre as nossas condições de saúde. advertência. ressalva etc. sintaticamente independentes.

o que significou um grande acontecimento. pela primeira vez na história da República. Ex.RORAÇÕES INTERCALADAS OU INTERFERENTES Ex. uma mulher entrou para o Senado – seu nome era Eunice Michilis –.3: Em 1979. .2: A senhora – disse o delegado – tem toda a razão de estar aborrecida.

. classifique-as: I. a seguir.É importante exercitar. Desenvolva as seguintes orações reduzidas e. IV. V. III. ? 01. retiraram-se todos os convidados. II.O remédio era ficarmos em casa. disponha.Foram repreendidas por se queixarem.É necessário chegares a tempo.Precisando..Terminada a festa..

O remédio era ficarmos em casa. ð O remédio era que ficássemos em casa. (O remédio era ‘isso’ / ’esse’) } Oração subordinada substantiva predicativa reduzida de infinitivo . Desenvolva as seguintes orações reduzidas e. classifique-as: I.RESPOSTA 01. a seguir.

a seguir.Terminada a festa. classifique-as: II. retiraram-se todos os convidados. retiraram-se todos os convidados. ðQuando terminou a festa. Desenvolva as seguintes orações reduzidas e.RESPOSTA 01. } Oração subordinada adverbial temporal reduzida de particípio . (tempo).

disponha. Desenvolva as seguintes orações reduzidas e. (condição / tempo) } Oração subordinada adverbial condicional (ou temporal) reduzida de gerúndio .RESPOSTA 01. classifique-as: III. disponha.Precisando. ð Se (ou Quando) precisar. a seguir.

RESPOSTA 01. Desenvolva as seguintes orações reduzidas e. ð É necessário que chegues a tempo.É necessário chegares a tempo. classifique-as: IV. a seguir. (É necessário ‘isso’ ð ‘Isso’ é necessário) } Oração subordinada substantiva subjetiva reduzida de infinitivo .

Desenvolva as seguintes orações reduzidas e. a seguir. (causa) } Oração subordinada adverbial causal reduzida de infinitivo .Foram repreendidas por se queixarem. ð Foram repreendidas porque se queixaram.RESPOSTA 01. classifique-as: V.

.. você não será aprovado”. ? 02. a oração destacada indica ideia de: a) concessão b) condição c) modo d) tempo e) causa . Na frase: “Sem estudar.É importante exercitar.

você não será aprovado”. a oração destacada indica idéia de: a) concessão B) condição c) modo d) tempo e) causa .RESPOSTA 02. Na frase: “Sem estudar.

. a ideia contida na oração em destaque é de: a) conformidade b) tempo c) modo d) concessão e) condição . ainda assim saiu à rua”. Na frase: “Sabendo que seria preso.. ? 03.É importante exercitar.

RESPOSTA
03. Na frase: “Sabendo que seria preso, ainda assim saiu à rua”, a ideia contida na oração em destaque é de: a) conformidade b) tempo c) modo D) concessão e) condição

SINTAXE DO PERÍODO Exercícios Complementares

É importante exercitar... ?
01. Nos trechos: “... não é possível que a notícia da morte me deixasse alguma tranquilidade, alívio, e um ou dois minutos de prazer” e “Digo-vos que as lágrimas eram verdadeiras”, a palavra “que” está introduzindo, respectivamente, orações: a) subord. subst. subjetiva – subord. subst. OD b) subord. subst. OD – subord. subst. OD c) subord. subst. subjetiva – subord. subst. subjetiva d) subord. subst. CN – subord. adjet. explicativa e) subord. adjet.explicativa – subord. subst. predicativa

RESPOSTA
01. Nos trechos: “... não é possível que a notícia da morte me deixasse alguma tranquilidade, alívio, e um ou dois minutos de prazer” e “Digo-vos que as lágrimas eram verdadeiras”, a palavras “que” está introduzindo, respectivamente, orações: A) subord. subst. subjetiva – subord. subst. OD b) subord. subst. OD – subord. subst. OD c) subord. subst. subjetiva – subord. subst. subjetiva d) subord. subst. CN – subord. adjet. explicativa e) subord. adjet.explicativa – subord. subst. predicativa

É importante exercitar... ?
02. “As cunhãs tinham ensinado pra ele que o sagui-açu não era saguim não, chamava elevador e era uma máquina.” Em relação à oração não destacada, as orações em destaque são, respectivamente: a) subord. subst. OD – coord. assindética – coord. sind. aditiva b) subordinada adjetiva restritiva – coord. assindética – coord. sind. aditiva c) subord. subst. OD – subord. subst. OD – coord. sind. aditiva d) subord. subst. OD – subord. subst. OD – subord. subst. OD e) subordinada substantiva subjetiva – coord. assindética – coord. sind. aditiva

OD – coord. aditiva c) subord. sind. assindética – coord. respectivamente: A) subord. subst. as orações em destaque são. subst. “As cunhãs tinham ensinado pra ele que o sagui-açu não era saguim não. subst. subst. OD e) subordinada substantiva subjetiva – coord. OD – subord. aditiva . chamava elevador e era uma máquina. OD – subord. subst. sind.” Em relação à oração não destacada. subst. assindética – coord. sind. sind.RESPOSTA 02. OD – subord. assindética – coord. OD – coord. aditiva d) subord. aditiva b) subordinada adjetiva restritiva – coord.

que havia colhido em sua rocinha.É importante exercitar.” c) “Para encurtar a história. eu dei a volta e entrei pela porta do fundo para agarrar o Barqueiro pelas costas.” d) “Quando chegamos. patrãozinho.” b) “Era preciso que ninguém desconfiasse do nosso conluio para prendermos o Pedro Barqueiro.” .. o quarto dele e a cozinha.” e) “Pascoal me fez um sinalzinho. ali perto.. ? 03. achamos Pedro Barqueiro no rancho que só tinha três divisões: a sala. Marque a opção que contém oração subordinada substantiva completiva nominal: a) “Tanto eu como Pascoal tínhamos medo de que o patrão topasse Pedro Barqueiro nas ruas da cidade. Pedro estava no terreiro debulhando milho.

” d) “Quando chegamos.” . Pedro estava no terreiro debulhando milho. que havia colhido em sua rocinha. patrãozinho. Marque a opção que contém oração subordinada substantiva completiva nominal: A) “Tanto eu como Pascoal tínhamos medo de que o patrão topasse Pedro Barqueiro nas ruas da cidade. ali perto.” c) “Para encurtar a história. achamos Pedro Barqueiro no rancho que só tinha três divisões: a sala.” b) “Era preciso que ninguém desconfiasse do nosso conluio para prendermos o Pedro Barqueiro.RESPOSTA 03.” e) “Pascoal me fez um sinalzinho. o quarto dele e a cozinha. eu dei a volta e entrei pela porta do fundo para agarrar o Barqueiro pelas costas.

em toda a parte confesso que sou volúvel. Assinale a alternativa que apresenta um período composto onde uma das orações é subordinada adjetiva: a) “..É importante exercitar... a nenhuma pedi ainda que me desse fé: pelo contrário.. exclamaram os três.” c) “..” e) “_ Está romântico! .” b) “Todavia.” . ? 04. digo a todos o como sou... vós enganais e eu desengano. está romântico......” d) “Mas entre nós há sempre uma grande diferença. inconstante e incapaz de amar três dias um mesmo objeto. eu a ninguém escondo os sentimentos que ainda há pouco mostrei.

..RESPOSTA 04. exclamaram os três.” d) “Mas entre nós há sempre uma grande diferença.” c) “. vós enganais e eu desengano.” ...” B) “Todavia... em toda a parte confesso que sou volúvel..” e) “_ Está romântico! . está romântico.. digo a todos o como sou. a nenhuma pedi ainda que me desse fé: pelo contrário. inconstante e incapaz de amar três dias um mesmo objeto.. Assinale a alternativa que apresenta um período composto onde uma das orações é subordinada adjetiva: a) “.. eu a ninguém escondo os sentimentos que ainda há pouco mostrei.

b) a primeira marca o início de uma oração subordinada adjetiva e a segunda. ganância. uma adjetiva.” Com relação às palavras em destaque nos dois períodos acima. .É importante exercitar. d) Ambas iniciam orações subordinadas adjetivas.. e) ambas introduzem orações subordinadas substantivas..” “Não peço à vida que me dê fortuna. a uma adverbial. pode-se afirmar que: a) a primeira dá origem a uma oração subordinada adjetiva e a segunda. nem valores superficiais. de uma substantiva. ? 05. c) a primeira principia uma oração subordinada substantiva e a segunda. “Este apartamento é o sítio em que as potências da fé e da vontade marcaram um encontro profundo.

“Este apartamento é o sítio em que as potências da fé e da vontade marcaram um encontro profundo. .” “Não peço à vida que me dê fortuna.” Com relação às palavras em destaque nos dois períodos acima. ganância. B) a primeira marca o início de uma oração subordinada adjetiva e a segunda. uma adjetiva. nem valores superficiais. a uma adverbial. de uma substantiva.RESPOSTA 05. pode-se afirmar que: a) a primeira dá origem a uma oração subordinada adjetiva e a segunda. e) ambas introduzem orações subordinadas substantivas. d) Ambas iniciam orações subordinadas adjetivas. c) a primeira principia uma oração subordinada substantiva e a segunda.

. uma adjetiva e uma principal. uma adjetiva e uma principal. b) quatro orações: duas substantivas. constitui-se de: a) cinco orações: duas adjetivas.É importante exercitar. . haverá espaço para esse tipo de curso que vê na completa diversidade do público uma prova de que não só a falência universitária empurra multidões para as novas salas de aula. c) cinco orações: uma adverbial. “Enquanto a universidade não se refizer da reforma universitária. duas substantivas. que deixou de lado a formação humanística.” O período acima. duas substantivas e uma principal.. ? 06. composto por subordinação.

É importante exercitar. duas adjetivas. uma substantiva e uma principal.. RESPOSTA E) cinco orações: uma adverbial. .. e) cinco orações: uma adverbial. uma substantiva e uma principal. ? d) quatro orações: uma adverbial. duas adjetivas. uma substantiva. uma adjetiva e uma principal.

d) Falava mais que os outros. e) Riu.. c) Fiz-lhe um sinal que se calasse. que se esbugalhou. b) Não mexia uma palha que não obtivesse algum lucro com isso. .É importante exercitar. atirou-se ao trabalho com grande ímpeto. Indique a circunstância estabelecida pela palavra que nas orações que seguem: a) Jovem que era.. ? 07.

(causa) b) Não mexia uma palha que não obtivesse algum lucro com isso. (comparação) e) Riu. (condição) c) Fiz-lhe um sinal que se calasse. (finalidade) d) Falava mais que os outros.RESPOSTA 07. Indique a circunstância estabelecida pela palavra que nas orações que seguem: a) Jovem que era. que se esbugalhou. atirou-se ao trabalho com grande ímpeto. (consequência) .

consecutiva – subord. adv. OD – subord. adv. adv. adjetiva b) subord. logo que possa sair” estão classificadas corretamente: a) subord. subst. Assinale a alternativa em que as orações destacadas no texto “Vou agradecer-lhe a esmola que me fez. adv. adjetiva – subord. temporal c) subord. temporal . ? 01.. concessiva d) subord.SINTAXE DO PERÍODO Exercícios Complementares É importante exercitar. concessiva – subord. adv.. adv. concessiva e) subord. adjetiva – subord.

Assinale a alternativa em que as orações destacadas no texto “Vou agradecer-lhe a esmola que me fez. logo que possa sair” estão classificadas corretamente: a) subord. adjetiva – subord. adv. adjetiva b) subord. subst. adjetiva – subord. OD – subord. adv. temporal . concessiva d) subord. adv. concessiva – subord. adv. temporal c) subord. consecutiva – subord. adv. adv.RESPOSTA 01. concessiva E) subord.

. sem o perdão de sua presença a todas as aflições do dia. “. e eu ficava só..” A oração em destaque no período acima classifica-se como: a) subordinada substantiva objetiva direta b) subordinada adverbial causal c) subordinada adverbial comparativa d) subordinada adverbial conformativa e) coordenada sindética explicativa . ? 02.É importante exercitar. como a última luz na varanda...

RESPOSTA 02.” A oração em destaque no período acima classifica-se como: a) subordinada substantiva objetiva direta b) subordinada adverbial causal C) subordinada adverbial comparativa d) subordinada adverbial conformativa e) coordenada sindética explicativa . “.. e eu ficava só. sem o perdão de sua presença a todas as aflições do dia. como a última luz na varanda..

colidiu com ele”. ? 03..É importante exercitar. a oração destacada encerra ideia de: a) concessão b) modo c) causa d) finalidade e) condição . Na frase: “Não vendo o poste..

Na frase: “Não vendo o poste. colidiu com ele”.RESPOSTA 03. a oração destacada encerra ideia de: a) concessão b) modo C) causa d) finalidade e) condição .

? 04.É importante exercitar.. a oração em destaque pode indicar ideia de: a) concessão b) lugar c) Oposição d) consequência e) condição .. Na frase: “Entrando na faculdade. procurarei emprego”.

Na frase: “Entrando na faculdade.RESPOSTA 04. procurarei emprego”. a oração em destaque pode indicar ideia de: a) concessão b) lugar c) Oposição d) consequência E) condição .

c) Nada me impede de ir agora. Marque a alternativa onde se encontra a oração reduzida de infinitivo. .É importante exercitar. b) Ao chegar... substantiva objetiva direta: a) Tenho esperança de seres aprovado. ? 05. d) Recomendo-te seres paciente. o candidato foi ovacionado. e) n.a.d.

o candidato foi ovacionado. c) Nada me impede de ir agora. Marque a alternativa onde se encontra a oração reduzida de infinitivo. substantiva objetiva direta: a) Tenho esperança de seres aprovado. .d.RESPOSTA 05. b) Ao chegar. e) n.a. D) Recomendo-te seres paciente.

d) Faça das entranhas coração para obter. e) Moleques de carrinho dirigiam-se a várias direções.. um dia. o menino foi chamar o guarda. a rara felicidade dos humanos. a) O ônibus parou na rua transversal para assustar passageiros. Assinale o período que contenha uma oração reduzida com valor de adjetivo. c) Os garotos vestindo camisetas velhas reclamavam apenas uma penca de bananas meio amassadas.É importante exercitar.. b) Correndo assustado. . ? 06. atropelando-se uns aos outros.

e) Moleques de carrinho dirigiam-se a várias direções. a rara felicidade dos humanos. um dia. b) Correndo assustado. C) Os garotos vestindo camisetas velhas reclamavam apenas uma penca de bananas meio amassadas. Assinale o período que contenha uma oração reduzida com valor de adjetivo. o menino foi chamar o guarda. atropelando-se uns aos outros. a) O ônibus parou na rua transversal para assustar passageiros. d) Faça das entranhas coração para obter. .RESPOSTA 06.

não comparecerei”. concordou em prosseguir”. d) subordinativa final – “saiu sem que ninguém percebesse”.. Numa das frases abaixo. b) subordinativa condicional – “Digam o que quiserem contanto que não me ofendam”. Assinale-a: a) subordinativa concessiva – “Conquanto estivesse cansado.É importante exercitar. e) subordinativa causal – “como estou doente. . não se encontra exemplo da conjunção anunciada. iniciou-se a festa com grande entusiasmo” .. c) subordinativa temporal – “mal anoiteceu. ? 07.

iniciou-se a festa com grande entusiasmo” . Numa das frases abaixo. . não comparecerei”. D) subordinativa final – “saiu sem que ninguém percebesse”. Assinale-a: a) subordinativa concessiva – “Conquanto estivesse cansado. e) subordinativa causal – “como estou doente. concordou em prosseguir”. b) subordinativa condicional – “Digam o que quiserem contanto que não me ofendam”.RESPOSTA 07. c) subordinativa temporal – “mal anoiteceu. não se encontra exemplo da conjunção anunciada.

procuro uma vela. ? 08. EXCETO em: a) “se Madalena me visse assim.É importante exercitar. (oração coordenada sindética explicativa) c) “de longe em longe sento-me fatigado e escrevo uma linha”.. que a luz vai apagar-se”..” (oração subordinada substantiva predicativa) . com certeza me achava extraordinariamente feio. (oração subordinada substantiva objetiva direta) e) “foi este o modo de vida que me inutilizou. (oração coordenada sindética aditiva) d) “e falando assim.” (oração subordinada adverbial condicional) b) “levanto-me. A oração sublinhada está corretamente classificada. compreendo que perco o tempo”.

que a luz vai apagar-se”. (oração subordinada substantiva objetiva direta) E) “foi este o modo de vida que me inutilizou. procuro uma vela. com certeza me achava extraordinariamente feio. A oração sublinhada está corretamente classificada. (oração coordenada sindética explicativa) c) “de longe em longe sento-me fatigado e escrevo uma linha”.” (oração subordinada adverbial condicional) b) “levanto-me. (oração coordenada sindética aditiva) d) “e falando assim. compreendo que perco o tempo”. EXCETO em: a) “se Madalena me visse assim.RESPOSTA 08.” (oração subordinada substantiva predicativa) .

LEMBRE-SE: "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena. " Fernando Pessoa .