Campo Elétrico 1 - Introdução

Prof: RENNAN 01. CONCEITO de CAMPO ELÉTRICO Região do espaço em torno de uma carga ou superfície carregada (Q), onde qualquer corpo eletrizado fica sujeito à ação de uma força de origem elétrica. Cada ponto desse campo é caracterizado por um vetor E, denominado Vetor Campo Elétrico. Uma carga de prova q, colocada num ponto desse campo, sofrerá a ação de uma força elétrica F de tal forma que: É importante observar que o campo elétrico é uma propriedade dos pontos da região influenciada pela presença da carga E = F/[q] elétrica Q, não dependendo da presença da carga de prova q nesses pontos para a sua existência. A carga de prova q é utilizada somente para a verificação da existência do campo elétrico num determinado ponto da região. A direção do campo elétrico é a mesma da força elétrica; seu sentido depende do sinal da carga de prova q: a. Se q>0, o sentido do campo é o mesmo da força; b. Se q<0, o sentido do campo é contrario ao da força. 1.1. Campo Elétrico de uma Carga Puntiforme Considere uma carga puntiforme Q, fixa, criadora de um campo elétrico. Uma carga de prova q colocada num certo ponto desse campo fica sujeita a uma força elétrica cuja intensidade, pela lei de Coulomb, é: E = k. [Q]/d² Pode-se concluir, através da figura, que: a. Se Q>0, o vetor campo elétrico afastamento. b. Se Q<0, o vetor campo elétrico aproximação. 1.2. Campo Elét. de Várias Cargas Puntiformes Sejam n cargas puntiformes fixas Q1, Q2, ..., Qn e um P do espaço. O vetor campo elétrico resultante E das diversas cargas é a soma vetorial dos vetores campo elétrico E1, E2, ...,En, que cada carga, individualmente, gera em P. E = E1 + E2 +...+ En Frente: 04 Aula: 04
GE130307

1.3. Linhas de Força As linhas de força (ou de campo) são linhas imaginárias, tangentes aos vetores campo elétrico em cada ponto do espaço sob influência elétrica e no mesmo sentido dos vetores campo elétrico. Por um ponto de um campo elétrico não podem passar duas linhas de força. Portanto, duas linhas de força não podem se cruzar.

Denomina-se espectro do campo a representação gráfica de um campo elétrico, ou seja, das suas linhas de força. As linhas de força nascem em cargas positivas e morrem em cargas negativas, como mostram as figuras. Pela configuração das linhas de força, podemos visualizar o campo elétrico de uma maneira simplificada: onde as linhas de força estão mais próximas, sabemos que o campo elétrico é mais intenso; onde as linhas de força estão mais afastadas, o campo elétrico é mais fraco. Observe que as linhas de força também representam uma boa imagem de como E varia numa dada região.

é é

de de

02. RIGIDEZ DIELÉTRICA Você sabe que nas substâncias dielétricas (isolantes) os elétrons estão fortemente ligados ao núcleo de seus átomos. Mas, o que acontece quando um dielétrico é colocado num campo elétrico? Nesta circunstância aparece sobre os elétrons do isolante uma força tal que poderá ou não arrancá-los de seus átomos. Se o valor do campo for pouco elevado, os elétrons não serão arrancados de seus átomos e a substância permanece dielétrica. Aumentando a intensidade do campo, os elétrons do isolante se transformam em elétrons livres, pois são arrancados de seus átomos; ai a substância passa a ser condutora de eletricidade. O maior valor do campo que um dielétrico suporta sem torna-se condutor é chamado rigidez dielétrica. A rigidez dielétrica varia de material para material. A do ar em condições normais, por exemplo, é de aproximadamente 3. 106 N/C, situação em que ele se comporta como isolante. Acima desse valor, o ar passa a conduzir eletricidade. Você achou o fenômeno parecido com o surgimento de raios, relâmpagos e trovões? Pois, de fato, é mais ou menos isso o que acontece entre as nuvens e entre as nuvens e a terra.

Fale conosco www.portalimpacto.com.br

04. 103 N/C. sentido e o valor do ângulo com a reta AB) para: a) A carga em A da fig. c) 36. 02. (Vunesp–SP) Na figura.1. d) a 1m de +q e à sua esquerda. As cargas elétricas da figura são iguais e de sinais opostos. 0. b) entre as cargas e a 0.EXECICIOS: 01. Q2 = .6m da vertical pelo ponto de suspensão. também. o ponto onde o vetor campo elétrico resultante é nulo fica: 1m q a) entre as cargas e no centro. e) a 4m de +q e à sua esquerda.6. como indica a figura. (Dado: k0 = 9. Considerando Q1 = Q3 = Q4 = 1µC. Uma partícula de massa 3. (Unicamp-SP) Considere as cargas puntiformes colocadas nos vértices do quadrado (fig.1. (UFRN) Na distribuição de cargas elétricas puntiformes representadas na figura. devido a essas cargas? C a) A D B b) B -Q c) C A E d) D P e) E +Q Fale conosco www. qual o seu sinal? -4q 08. Determine a carga q em micro-Coulomb (mC). P e) 18. 103 N/C. Determine as características do vetor campo elétrico resultante no outro vértice.) Q Q 09. o ponto P está eqüidistante das cargas fixas +Q e –Q. O campo elétrico é mais intenso no ponto: 1 a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5 + 2 + 4 3 5 _ 03. Calcule a intensidade do campo eletrostática que mantém a 30º esfera em equilíbrio.2). 10 N/C.portalimpacto. com um ângulo de E 30º com o horizonte. No sistema agem a gravidade (g = 10m/s²) e um campo elétrico horizontal de 7.5.br . As linhas de força dão idéia do campo elétrico criado por essas cargas. 109 N. Q2. 109N. 10-19C.3m de +q. Q3 e Q4. Dado: carga elétrica elementar = 1.3m encontram-se duas cargas positivas Q = 4µC. a esfera suspensa tem massa de 10g e carga q incógnita. O pêndulo estaciona com a esfera à distância de 0. Q3 Q4 07. 105 N/C. 05. Qual das cargas tem maior intensidade e. o modulo do vetor campo elétrico resultante no ponto P (centro do quadrado) é: Q1 Q2 a) 0 3 b) 27. Desenhe o campo elétrico resultante (direção. eletrizada com carga 2µC. Sabe-se que. (Fei-SP) Uma pequena esfera de massa igual a 0. d) 9.m2/C2. no ponto onde a partícula se encontra. Em dois vértices de um triangulo eqüilátero de lado 0. (UFMT) As cargas e os pontos ilustrados da figura estão representados no plano da folha.1) e nos vértices do triangulo eqüilátero (fig. Duas cargas elétricas estão situadas nos pontos A e B de um plano. c) a 2m de -4q e à sua direita. 103 N/C. 10. a intensidade do campo elétrico é 1. está apoiada numa placa plana isolante. Qual dos vetores indica a direção e o sentido do campo elétrico resultante em P. Um pêndulo elétrico tem comprimento de 1m.9. Determine o numero de elétrons em excesso na partícula. (ITA–SP) Representa-se na figura um quadrado de lado √2m possuindo nos seus vértices as cargas Q1. inclinada.com.1µC e k = 9. 10-15Kg está em equilíbrio sob ação das forças peso e elétrica.2.6m q 06. 103 N/C. b) A carga em A da fig.m2/C2.04Kg.