You are on page 1of 12

LIÇÃO Nº 12 – A CONSAGRAÇÃO DOS SACERDOTES A cerimônia da consagração dos sacerdotes é uma belíssima lição sobre o sacerdócio do cristão.

INTRODUÇÃO - Na continuidade do estudo do livro de Êxodo, estudaremos o capítulo 29, onde o Senhor descreve a Moisés o ritual da consagração dos sacerdotes. - A cerimônia da consagração dos sacerdotes é uma belíssima lição sobre o sacerdócio do cristão. I – A LAVAGEM, O VESTIR E A UNÇÃO DOS SACERDOTES - Na continuidade do estudo do livro de Êxodo, estudaremos hoje o capítulo 29, quando o Senhor descreveu a Moisés a cerimônia da consagração dos sacerdotes, sendo esta, praticamente, a última lição a respeito do livro de Êxodo, já que a lição 13 tratará do legado de Moisés, que envolve substancialmente toda a vida do legislador, que vai além do livro de Êxodo. - Como tudo que se refere à lei a cerimônia de consagração dos sacerdotes também aponta para a realidade espiritual da dispensação da graça, onde cada salvo na pessoa de Cristo Jesus é um sacerdote (I Pe.2:9; Ap.1:6). - O Senhor determina a Moisés que houvesse um ritual para a consagração dos sacerdotes que o próprio Deus havia escolhido, Arão e seus filhos. Nesta cerimônia, como tudo que diz respeito à lei, estão preciosas lições a respeito do sacerdócio de cada cristão. - A primeira lição é que a cerimônia de consagração tinha como objetivo “santificar para me administrarem o sacerdócio” (Ex.29:1), ou seja, deixar bem claro e explícito para todo o povo de Israel que o sacerdote era separado dos outros israelitas para exercer o sacerdócio, tanto que toda a congregação foi ajuntada para assistir à cerimônia (Lv.8:3). - Com sacerdotes da nova aliança, nós, também, devemos estar separados do mundo, não podendo participar do pecado e do maligno, como as demais pessoas que vivem no mundo. Devemos viver para Deus, estando prontos, sempre, a realizar a Sua vontade. Como disse o apóstolo Paulo: ―Já estou crucificado com Cristo e vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, O qual me amou e Se entregou a Si mesmo por mim‖ (Gl.2:20). Temos esta consciência de que a nossa vida agora não mais nos pertence, mas sim ao Senhor? Pensemos nisto! - Isto também revela que a sagração sacerdotal é algo que tem de ser do conhecimento de todos, ou seja, todos devem perceber que somos sacerdotes de Cristo, que temos uma vida diferente, que temos comunhão com Deus, que temos acesso a Deus. Isto nos fala do necessário testemunho que temos de dar do Senhor diante dos homens. O Senhor nos constituiu Suas testemunhas em todos os lugares (At.1:8). Temos correspondido a este papel que nos deu o nosso Senhor e Salvador? - O cerimonial deveria ter os seguintes elementos: um novilho, dois carneiros sem mácula, pão asmo, bolos asmos amassados com azeite, coscorões asmos untados com azeite, tudo feito com flor de farinha de trigo, que 1º Trimestre de 2014 – UMA JORNADA DE FÉ: A formação do povo de Israel e sua herança espiritual

que damos início a nossa entrada no santuário celestial. papel que.Este ato do ritual mostra-nos que toda a consagração começa com a lavagem da água. não podiam. santificação esta não só posicional. Deus somente ouve àqueles que O temem e fazem a Sua vontade (Jo. ou seja. como o apóstolo Paulo deixa bem claro em I Tm. É isto que Deus requer de nós. . do Filho e do Espírito Santo. formada pelos sacerdotes da nova aliança.10:17). como era chamada a parte totalmente coberta do tabernáculo. .Este livre acesso que temos na atual dispensação é bem mais amplo que o que tinham os sacerdotes.20). até a entrada do lugar santo. diz ter sido um ato realizado pelo Senhor Jesus quando Se entregou a Si mesmo pela Igreja.9:11. . É indispensável que as pessoas tenham acesso à Palavra. . se eles podiam livremente entrar no primeiro véu.2).Uma vez à porta da tenda da congregação.5:1.É a Palavra de Deus que nos leva a fé até nossos corações (Rm.29:4). sejamos chamados santos.12). temos livre acesso ao santo dos santos. pois.A cerimônia iniciava-se com a condução dos sacerdotes até a porta da tenda da congregação.15:3). como também nas Suas últimas instruções. pelo sangue de Jesus (Hb. a santificação progressiva. quando afirmou que é necessário nascer da água e do Espírito para entrar no reino de Deus (Jo. fé esta pela qual damos entrada em nossa vida espiritual.11:6). que iniciamos o nosso sacerdócio cristão. . a fim de que eles sejam abençoados pelo Senhor. pela qual somos mantidos separados do pecado desde a nossa conversão até o dia da glorificação (Jo. pois.Por isso. bem como que lhes ensinasse a guardar tudo quanto o Senhor lhes havia mandado (Mt. Este gesto já demonstrava a todos os israelitas que os sacerdotes seriam separados do restante do povo para poder entrar no lugar santo. muitos salvos não têm consciência.A lavagem com água. o verdadeiro santuário e não a réplica apresentada a Moisés no monte Sinai. pelo perdão dos nossos pecados. quando afirmou que os Seus discípulos já estavam limpos pela Palavra que lhes tinha falado (Jo.2:1-4.22:11).29:2).Isto nos mostra que somente a Igreja. atravessar o segundo véu. onde ficava a pia de cobre (Ex. temos de entender que somos aqueles que podem interceder pelo mundo inteiro. representa a santificação operada pela Palavra de Deus. . .20). de sorte que é a nós que está incumbida a tarefa de interceder pelos homens.9:31).Por isso. que fazia a separação entre o povo e a tenda da congregação. portanto. Arão e seus filhos deveriam ser lavados com água na pia de cobre que estava entre o altar de sacrifícios e o primeiro véu (Ex. É mediante a santificação pela Palavra de Deus. mas haveremos de falar de cada um na medida do desenvolvimento do ritual da consagração. sem fé é impossível agradar a Deus (Hb. Nós.4:16. para a santificar.17:17. Ap.10:19. .2).deveriam ser postos num cesto (Ex. também.29:4).3:5). isto nos remete ao que disse o Senhor Jesus a Nicodemos. por invocarmos o nome do Senhor (I Co.5:26. Cada elemento tem um significado especial para nós da dispensação da graça. . infelizmente. batizando-as em nome do Pai. Temos feito isto? . deste verdadeiro ―nascimento da água‖. tem livre acesso a Deus dentre todos os demais seres humanos neste planeta. que é o céu. porém.16:29-34). rogando a Deus em favor dos homens.1:1. entretanto. na graça de Deus (Rm. como. o Senhor Jesus mandou à Sua Igreja que ensinasse as nações. o que podia ser feito tão somente pelo sumo sacerdote uma vez ao ano no dia da expiação (Lv. ao trono da graça. para atravessar o primeiro véu. pela Palavra. que faz com que. aprendam continuamente da Palavra para que possam exercer legítima e validamente o sacerdócio real de que são investidos pela sua condição de salvos na pessoa bendita de Cristo Jesus.28:19. . que o apóstolo Paulo em Ef. onde está o Senhor Jesus à direita do Pai (Hb. purificando-a com a lavagem da água. Somente os salvos em Cristo Jesus têm acesso ao santuário. que separava o lugar santo do lugar santíssimo.Ora.

. Arão deveria vestir-se primeiro e ser ungido antes dos demais.6). nem coisa semelhante. Com efeito. dizer precisamente o que é tipificado neste ato da cerimônia de consagração dos sacerdotes. Não há como podermos ingressar no sacerdócio cristão. escolhido para ser o sumo sacerdote. ou seja. . ou seja. passando. algo que é comum a todos os que são salvos na pessoa de Cristo Jesus. que.3:5). naquele que não mais pertence ao mundo. Somente é possível vestir-se dos vestidos santos depois que houver a lavagem da água. pôde Ele transmitir este Espírito para os Seus discípulos. porque é o resultado de terem recebido as ―vestes sacerdotais‖. sem que sejamos santificados. Lc.2:20). Hb. em nome de Deus.2). nascer do Espírito (Jo. muitos se dizem ―sacerdotes reais‖ em Cristo Jesus sem nunca terem sido lavados pela Palavra de Deus… . da Igreja. motivo pelo qual. O Messias devia ser ungido pelo Espírito do Senhor (Is. purificada pela água. o Ungido. quando diz que.Não foi por outro motivo que o Senhor Jesus. então. Este devia ser. De igual modo. por excelência. foi-lhes dito que passavam a ser sacerdotes. uma joia da noiva de Cristo. mas santa e irrepreensível (Ef. Aquele que foi escolhido para fazer a reconciliação entre Deus e os homens. que deveria usar toda a sua indumentária.Em seguida à lavagem da água..4:16-21).At.É interessante notar que a unção do sumo sacerdote era única. . após a lavagem da água. profeta e rei. algo que não ficou restrito aos apóstolos. o nosso Sumo Sacerdote (Cl. o caso do Messias.3:5).11:2). no exato instante em que receberam os discípulos o Espírito Santo.10:38). pois o Espírito Santo somente vem habitar naquele que foi santificado.3:7). ou seja. aqueles que Lhe eram consagrados para uma missão d'Ele dimanada. Ele é o Cristo.8:12) e. sendo os mediadores entre Deus e os homens. a posse das vestes sacerdotais. Só se torna nome próprio de Jesus porque Ele cumpre perfeitamente a missão divina que tal nome significa. em Israel eram ungidos.23).29:5. 6:13) mas também como profeta (Isa.1:39). dos profetas (IRs.19:16).12. Sobre Ele. deveria ser ungido com azeite sobre a sua cabeça (Ex. que Deus enviaria para estabelecer definitivamente o seu Reino (Sl. sim. morada de Deus. para entrar no reino de Deus.Jesus fala disso também com Nicodemos. Isto é uma figura da preeminência de Cristo. uma vez ungido para exercer o sumo sacerdócio. primeiramente. o ―vestimento do Espírito Santo‖. ou seja. pelo qual fez bem e curou a todos os oprimidos do diabo (At. .14:17). fazer parte da Igreja. Era o caso dos reis (I Sm.O primeiro a ser vestido deveria ser Arão.27). ele não mais seria ungido.4:26. IRs. o momento em que nos tornamos templo do Espírito Santo. o apóstolo João disse que todo salvo tem a unção do Santo e sabe tudo (I Jo. .61:1. Como sumo sacerdote. em raros casos. o princípio e o primogênito dentre os mortos. também. após ter vencido a morte. esteve o Espírito Santo. Lamentavelmente. a unção recebida . pois a santidade é um verdadeiro adorno.13. mas. nem ruga.2:2. sem mácula. Por isso. Jesus realizou a expectativa messiânica de Israel na sua tríplice função de sacerdote. OBS: ―Cristo vem da tradução grega do termo hebraico «Messias».Sem a lavagem da água. poder exercer o seu ofício. sem que tenhamos conhecimento da Palavra de Deus.‖ (§ 436 CIC). soprou sobre os Seus discípulos. que nos torna ―herdeiros segundo a esperança da vida eterna‖ (Tt. É o que o apóstolo Paulo denomina de ―lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo‖ (Tt. .1:18. querendo. que quer dizer «ungido». como ensina equivocadamente a Igreja Romana.Arão foi ungido com azeite. é preciso não só nascer da água. os discípulos a ter o poder de perdoar os pecados e de reter o perdão dos mesmos. os sacerdotes deveriam ser vestidos com seus vestidos sacerdotais (Ex.4:14. não há como o sacerdote ser consagrado e. mas. 16:1.8:1.9:16. que é a cabeça do corpo. Lv. pode se apresentar ao seu noivo como igreja gloriosa. com isto.20:22.Estas vestes sacerdotais também indicam a vinda do Espírito Santo para habitar em nós (Jo.29:7. na tarde do domingo da ressurreição. assim. em mais uma figura da necessária unção do Espírito Santo que deve pairar sobre todos os salvos na pessoa de Cristo Jesus. 10:1. a nos provar que a santificação é indispensável para que alguém seja vestido das vestes de salvação (Is.5:27).29:5-7). ao mesmo tempo como rei e sacerdote (Zc. mas foi lavado pela água da Palavra. dos sacerdotes (Ex.61:10). a fim de que recebessem o Espírito Santo (Jo. Após ele ter se vestido.

Aliás.Após a vestidura e a unção do sumo sacerdote. receber uma ―outra unção‖ da parte do Espírito de Deus. . o ritual da consagração determinava o sacrifício do novilho diante da tenda da congregação.133:1. II – O SACRIFÍCIO DA CONSAGRAÇÃO . Recebemos nossas vestes de salvação porque Jesus Cristo. ―a unção.Em seguida. e não é mentira. foi glorificado. é possível única e exclusivamente pela ação do Espírito Santo. foi desprezado. como diz o escritor aos hebreus. foi negligenciado pelo seu receptor. A unção que recebemos. Esta unidade do corpo de Cristo.12:27). que necessitam ―…oferecer cada dia sacrifícios. não se trata de receber um ―novo dom‖. como foi Arão (Ex. este único Espírito que opera na Igreja do Senhor (Ef.29:9). depois. como a Sua unção os ensina todas as coisas e é verdadeira.2). Recebemos o Espírito Santo por causa da obra de Cristo Jesus na cruz do Calvário. bem como nos fazer razão de glorificação do nome do Senhor enquanto aqui estivermos a peregrinar. como se houvesse necessidade de o crente. como ela vos ensinou.É por isso. amados irmãos.7:27). numa clara confissão deles que eram pecadores. . por isso.Os filhos de Arão receberam suas vestes sacerdotais depois que Arão foi vestido das suas e foi ungido com azeite. pois. Arão e seus filhos deveriam pôr as mãos sobre a cabeça do novilho e Moisés deveria degolar o novilho perante o Senhor.Não confundamos esta ―nova unção‖ que tem sido alardeada por estes falsos mestres com a renovação espiritual. por um motivo ou outro. como atesta o salmista no Salmo 133. Tomemos cuidado.4:14). . devem ser tidos por anátemas. à porta da tenda da congregação (Ex. pôde enviar o Espírito Santo para fazer de nós a Sua morada (Lc. que vós recebestes d‘Ele. a barba de Arão e que desce à orla dos seus vestidos (Sl.2:27). que diz que a união dos irmãos é como o óleo que desce sobre a barba. depois de se tornar morada do Espírito Santo. pois o Espírito Santo só pode ser dado porque Jesus foi glorificado (Jo.4:14). . primeiramente por seus próprios pecados. vencendo a morte e o pecado e abrindo para nós um vivo e novo caminho pela Sua carne e. Jesus soprou sobre os Seus discípulos o Espírito Santo. algo perfeitamente possível e que tem respaldo bíblico.11). nossa fé e nossa pregação seriam vãs (I Co. pelos do povo…‖ (Hb. .4:4). com este tipo de gente! . nosso Sumo Sacerdote. ou seja. no altar dos sacrifícios. os filhos de Arão também deveriam ser vestidos. é suficiente para nos fazer templo do Espírito Santo e nos levar a ser orientados. Nestes casos.7:39). . com o avivamento espiritual. Nosso sacerdócio só tem sentido por causa do sacrifício e ressurreição de Jesus Cristo.7:28). .29:10. quando somos reconciliados por Deus por Cristo. que nada mais é que a retomada da unção do Espírito Santo na vida do crente.pelo salvo em Cristo Jesus não precisa ser repetida. a história de Israel e a história da Igreja é permeada de momentos em que é necessária esta renovação. os que defendem uma ―nova unção‖ estão na verdade renegando o Espírito Santo que foi derramado sobre a Igreja. É por isso que o apóstolo Paulo diz que se Cristo não tivesse ressuscitado. mas. da Sua Igreja. retomar algo que já nos foi dado mas que. embora não houvesse qualquer menção de que deveriam ser ungidos com azeite.Este sacrifício era o sacrifício pelos pecados do sumo sacerdote e dos sacerdotes (Lv. e. por isso. pois não é possível termos ―um outro evangelho‖ (Gl. que andam pregando por aí. guiados pelo Espírito.A unção de Arão feita sobre a cabeça e que fazia com que todas as suas vestes fossem embebidas pelo azeite também é figura da unidade que existe no corpo de Cristo . como diz João. amados irmãos.15:14). uma ―nova unção‖. estão a querer que ―outro Espírito‖ advenha sobre o povo de Deus e. assim n‘Ele permanecereis‖ (I Jo. ―…homens fracos…‖ (Hb. mas de reavivar. que não podemos crer em invencionices como a ―nova unção‖.9).24:49). que é a Igreja (I Co.1:8. fica em vós e não tendes necessidade de que alguém vos ensine.Assim. visto que muitos desprezam o dom que lhes é dado pelo Senhor (I Tm.

não porque não sejam pecadoras. não há remissão (Hb. para que houvesse o legítimo exercício do sacerdócio.org/bibliaclerusonline/pt/index. finalmente. Era um sacerdócio incapaz de abrir um acesso livre a Deus. o sacerdócio pode ser exercido por pessoas que não têm pecado.29:12). como uma figura da santidade da Igreja.10). 2014) (tradução nossa de texto em espanhol). OBS: Este ato. porque Jesus é a propiciação não só dos nossos pecados. como diz o escritor aos hebreus. podemos entrar no lugar santíssimo (Hb. como fazia o sangue dos animais na antiga aliança.1:29). estando. mas fora do arraial.9:22). E. mas porque. O derramamento daquele sangue significava a cobertura dos pecados dos sacerdotes e era figura da eliminação do pecado por parte do Cordeiro de Deus (Jo. que a Igreja é santa por ser o corpo de Cristo. visto que.2:1. o redenho de sobre o fígado e ambos os rins sobre o altar. mas dos do mundo inteiro (I Jo. por sangue de animais. sangue que tira o pecado. ―porque é impossível que o sangue dos touros e dos bodes tire os pecados‖ (Hb. pois. a sua pele e o seu esterco deveriam ser queimados não no altar. o sangue deveria ser tomado e Moisés. neste sentido.Em seguida. podemos. seus pecados. mas por limitação do próprio homem. que nos purificou de todo o pecado.A colocação do sangue nas pontas do altar. precisamente porque eram pecadores e não tinham como eliminar o pecado. por quem é santificada e com cujo sangue continuamente se purifica…‖ (Catecismo Romano. inclusive. a ―propiciação pelos pecados de todo o mundo‖. ela coloca suas mãos no animal. após o novilho ter sido degolado à porta da tenda da congregação. não poderiam fazê-lo com relação ao segundo. OBS: ―…dentro do processo de pecar.Como se isto já fosse pouco.10:19-22). Diz o referido Catecismo: ―…É claro. Então. não apenas sangue que cobre os pecados. no entanto.29:14). perdão este que é concedido e não há apenas um adiamento da execução do castigo. n. sem pecado. motivo pelo qual. correspondendo aos pensamentos e desejos da pessoa que a levaram a pecar. equivocados os calvinistas que entendem que Jesus tenha morrido tão somente pelos salvos.O derramamento do sangue restante à base do altar é figura do derramamento do sangue de Cristo na cruz do Calvário. . fosse instituído.. porque se tratava de um sacrifício pelo pecado (Ex. Então. . 1090. podem eles recorrer ao Pai e pedir o perdão dos pecados. In: CHUMASH: o livro de Levítico. sua própria vida deveria ter sido tomada por causa do pecado. a pessoa utiliza pensamento. Sem derramamento de sangue. mas a carne do novilho. na realidade. I Jo. mas que D‘us. em Sua misericórdia. aliás. . . não por limitação da obra de Cristo. é entendido pelo Catecismo Romano. o sangue que nos remiu. apenas adiando a execução do juízo divino até que outro sacerdócio. Aleluia! . oficiar o nosso sacerdócio real. melhor e mais eficiente. por Cristo Jesus. já que as quatro pontas simbolizam os ―quatro cantos da Terra‖. Quando pedimos perdão pelos nossos pecados. quando temos nossos pecados perdoados pelo Pai por Cristo Jesus. A salvação proporcionada por Jesus é para todos os homens.htm Acesso em 23 jan. eram apenas cobertos. mas a eliminação mesma dos pecados. .Assim. Moisés deveria queimar toda a gordura que cobre as entranhas. mas a salvação só atinge aqueles que n‘Ele creem.No ritual da consagração. as entranhas do animal — a fonte do prazer físico — são queimadas. quando estes sacerdotes pecam.O sacerdócio aarônico ou levítico iniciava-se diante da constatação de que o pecado não tinha sido tirado. Seu sangue nos purifica de toda a injustiça. pois não há homem que não peque (I Rs. . É o que chamamos de ―expiação ilimitada‖. Jesus morreu por todos os homens. pp. uma ação de expiação. deveria pôr o sangue nas pontas do altar e o sangue restante deveria ser derramado à base do altar (Ex.Na nova aliança. com o seu dedo. que eram quatro. é uma figura da redenção de Cristo para toda a humanidade.1:8. estando nós em condição muito superior aos dos sacerdotes do tempo da lei.10:4).4-5). Ainda que os sacerdotes pudessem traspassar o primeiro véu.8:46. Citação de Ex.2). Primeiro. D‘us decretou que a expiação para seu pecado deva ter também três desdobramentos.29:1 -37. O sangue do animal também é derramado. ela confessa verbalmente.clerus. . é universal. Disponível em: http://www. aceitou a vida do animal como um substituto…( Ramban. sugerindo à pessoa que. fala e ação.

também.1:1-9). a assunção do serviço.Este ato que tipifica o sacrifício de Cristo fora de Jerusalém também tem um importante significado para os salvos. Moisés deveria tomar um carneiro.13:10.13:13). uma oferta de gratidão a Deus.10:38.23:42). resistindo até o sangue se necessário for. para a perdição (Hb. da qualidade de servo. sendo.Não há como sermos legítimos sacerdotes do Senhor Jesus se não estivermos prontos a realizar a Sua vontade. . fez a vontade do Pai. OBS: Agostinho afirma: ―…um sacrifício de vítimas. sim. nós. diante de tão somente ameaças de perseguição ou de afronta. pele e esterco do novilho fora do arraial simboliza toda a afronta que Jesus Cristo sofreria para nos salvar e que também devemos sofrer em nossa vida sobre a face da Terra. nos dias em que vivemos. O carneiro seria. não são poucos os que cristãos se dizem ser que. em outras palavras. Assim como o Senhor.. sempre fazem o que . teria lavadas as suas entranhas e as suas pernas. O ato da queima da carne. insulto. no monte Calvário. a necessidade que temos de também ―sair fora do arraial. Estes.29:15 18). Por isso. degolado. Por isso mesmo. acusação infamante. devendo Arão e seus filhos também pôr a mão sobre a cabeça do animal (Ex. ou seja. quero só pra Ti viver‖ (estrofe do hino 339 da Harpa Cristã). Temos de combater contra o pecado.Este ato de queima fora do arraial apontava para o sacrifício de Cristo. então.Jesus Cristo. o animal totalmente queimado no altar. n. acovardam-se. o escritor aos hebreus diz: ―temos um altar de que não têm direito de comer os que servem ao tabernáculo. . padeceu fora da porta‖ (Hb. sendo tomado o seu sangue e espalhado sobre o altar ao redor. à direita do Pai (Hb. . infelizmente.org/bibliaclerusonline/pt/index.4:39). então. Lc. Disponível em: http://www. Assim como Cristo. Assim.O vitupério de Cristo deve ser levado ―fora do arraial‖. mas.2217. à vista de todos.14:36. que não têm vontade própria. gerar-Lhe um ―espírito de satisfação‖. No entanto. qual seja. conformando-se aos ditames mundanos. Seu sacrifício começa com a entrega total de Sua vontade no Getsêmane (Mt. somos ensinados a orar ao Pai a fim de que a vontade d‘Ele seja feita assim na terra como no céu (Mt. levando o vitupério de Cristo‖(Hb. tanto que dizia que a Sua comida era fazer a vontade d‘Aquele que O enviou (Jo. .29:15). caminhando. atitude ou gesto que tem o poder de ofender a dignidade ou a honra de alguém. cujo sangue é pelo pecado.Em seguida à queima do novilho. Tomemos cuidado! . estão a negar o seu Senhor e Cristo. Citação de Ex. não estão a exercer o sacerdócio cristão. dá-me a Tua santidade.1:30). é agradável a Deus em virtude das coisas que ele simboliza. este sacrifício todo queimado do carneiro simbolizava a prontidão do sacerdote em atender à vontade do Senhor. já recuam. como o odor que Deus respira…‖ (Sobre o Heptat euco. a fim de que também possamos nos assentar no trono de Cristo. O carneiro seria. afronta. à mentalidade anticristã.12:2). mas. então. que seriam postas sobre as suas partes e a sua cabeça. quero de Ti mais poder. oferecido dentro de disposições sobrenaturais.Vitupério é palavra. se não nos comportarmos como verdadeiros servos.11).39).htm Acesso em 23 jan. trazido pelo sumo sacerdote para o santuário. injúria. desprezando a afronta pelo gozo que nos está proposto. . Mc.clerus. Diz o comentarista judeu Rashi (1040-1105) que o objetivo do sacrifício era tão somente agradar a Deus. sacrifício totalmente queimado (Ex. devemos suportar a cruz.Esta oferta não foi feita pelo pecado. o nosso Sumo Sacerdote. o cumprimento da vontade de Deus. porque os corpos dos animais. A significação dos sacrifícios é. então. veio a este mundo para isto.6:10). que se deu fora de Jerusalém. certamente.26:39. partido em suas partes. como uma oferta de cheiro suave ao Senhor. Mas que significa ―levar o vitupério de Cristo‖? . são queimados fora do arraial. um ato de adoração ao Senhor (Lv. para santificar o povo pelo Seu próprio sangue. o que se chama de ―holocausto‖. por serem propriedades de Cristo (I Co. espiritual. 2014) (tradução nossa de texto em francês). agindo de forma que o Senhor não Se agradará deles. Deus não tem como nós um sentido físico de olfato. Que possamos repetir as palavras do poeta sacro Francisco Nogueira de Queiroz (18911983): ―Pra fazer a Tua vontade. ou seja. E por isso mesmo também Jesus.29:1-37.

a cada instante.5:16). precisa.29:20).Este segundo carneiro.1:1). não segundo a carne (Rm. precisamos que nossas obras sejam purificadas.3:4).1:7. tendo uma vida sincera e não uma vida oculta aos olhos dos irmãos.15:14). devendo. Moisés deveria tomar o segundo carneiro. não podemos nos deter no caminho dos pecadores. depende da purificação do sangue para poder exercer o seu ofício. ao descrever o estado do crente.Mas. . como também o dedo polegar da mão direita e sobre o dedo polegar do pé direito. como fizeram os israelitas em Massá e Meribá. um estado em que o sangue de Jesus Cristo vai nos purificando a cada momento. ações. Não podemos andar segundo o conselho dos ímpios. era sacrificado para purificação do próprio exercício do ofício sacerdotal. devidamente purificadas. mesmo tendo tido seus pecados perdoados. chamado de “carneiro das consagrações” (Ex. a fim de que não venhamos a andar em caminhos perigosos e que nos levem à perdição. devendo ser sensível à voz do Senhor. na Bíblia. Se andamos com Jesus.Percebe-se. andando em santidade. ou seja. ou seja. mas. deveria tomar do sangue do carneiro e o pôr na ponta da orelha direita de Arão. .8:1). separados do pecado. precisava ter purificado o polegar do seu pé direito. com o único propósito de obedecer e de agradar a Deus. Moisés. também. Pé. obras que passarão pelo fogo do Senhor e que são reputadas como sendo de ouro. na Bíblia. Serão estas obras. este carneiro ser degolado à porta da tenda da congregação. O sangue deveria ser posto na orelha direta. Aqui vale o velho adágio popular: ―dize-me com quem andas. por isso mesmo. de modo a que não se deixe levar por tudo o que ouve. ou seja.Ele manda e. de direção. sobre a cabeça do qual Arão e seus filhos também poriam as mãos. . . no polegar da mão direita e no polegar do pé direito. que. Nossos passos precisam ser devidamente purificados. que promoverão a entrega de galardões no tribunal de Cristo (II Co. mesmo tendo se vestido de vestes santas. portanto. prata e pedras preciosas (I Co. fala de obras.29:20). . . são Seus amigos (Jo. . o lado que representa a própria personalidade do ser humano. teremos o mesmo destino de glorificação do Senhor. que te direi quem és‖. após a colocação do sangue sobre a orelha direita. então. Devemos andar na luz. um estado de comunhão de uns com os outros. mesmo tendo se disposto a fazer a vontade do Senhor. espalhando o restante do sangue sobre o altar ao redor (Ex. não pode endurecer o seu coração. perdendo a oportunidade de entrar na Terra Prometida (Nm. o seu âmago.É por isso mesmo que o apóstolo João.O sacerdote precisa ter o sangue na sua orelha direita.Nosso andar deve ser segundo o espírito. . pois somente assim teremos a companhia do Senhor Jesus e Ele acabará por nos levar até os céus (Ap.3:12-15). precisa ter uma audição purificada. O sacerdote precisa estar atento ao que Deus fala. . evidencia-se que o sacerdote precisa ter todas as suas ações devidamente purificadas. . também. Mão. fala de conduta. fala deste estado como um andar na luz.1:7). atitudes. o seu próprio ―eu‖. como Jesus está na luz (I Jo. como também sobre os seus filhos e os vestidos de seus filhos com ele. o polegar da mão direita e o polegar do pé direito. então. nem nos assentar na roda dos escarnecedores (Sl.Mas o sacerdote também precisava ter purificado o polegar da sua mão direita. que nossos atos sejam realizados sem más intenções.95:7-11) e como fizeram os próprios Moisés e Arão.Após o holocausto do primeiro carneiro. pois é este o sentido do verbo no original grego. em I Jo. fossem eles santificados. . neste ato da consagração do sacerdote. mas patente aos olhos de Deus.5:10).O sacerdote. perdendo a chance de receberem a promessa de Abraão (Sl. Isto tem um profundo significado espiritual. então. Moisés deveria tomar do sangue que estava sobre o altar e do azeite da unção e o espargir sobre Arão e sobre os seus vestidos. é importante considerar que a escolha do lado direito é consequência de se considerar este lado como o ―lado forte‖ da pessoa.20:7-13). para que. comportamento.Por primeiro. As pessoas precisam ver nossas boas obras e glorificar ao Senhor (Mt.

29:20).Não se pode exercer o sacerdócio cristão sem o sangue de Cristo.29:22-24).8:26. como também sem o Espírito Santo. em todo o ritual. a nos indicar que devemos viver em santificação para podermos ver o Senhor (Hb. para significar a sua santificação. a aspersão foi sobre ele e seus filhos. . a nos mostrar que o Espírito Santo precisa estar presente em todos os salvos.com/commentaries/gillsexposition-of-the-bible/exodus-29-24.14:17). assim como uma fogaça de pão. algo que deveria ser oferecido perante o Senhor com um movimento das mãos e dos braços. Com o perdão dos pecados. a partir do momento que recebemos a Cristo como Senhor e Salvador de nossas vidas. Notemos que Arão e seus filhos já portavam as vestes sacerdotais. Precisamos ter o perdão dos nossos pecados pelo sangue de Jesus e recebermos o Espírito Santo para podermos ser sacerdotes de Cristo Jesus nesta Terra. Ex.23:20). que aponta para o revestimento de poder para os discípulos. . e passamos a ser vestidos do Santo Espírito. para que haja o efetivo e eficaz exercício do sacerdócio de Cristo. o redenho do fígado e ambos os rins com a gordura que neles tivesse.23:12). Também é este o entendimento de John Gill em sua Exposição da Bíblia que diz que o estudioso judeu Jarchi diz que estes movimentos simbolizavam os ―quatro ventos do mundo‖ (Cf. Moisés teria de tomar deste segundo carneiro a gordura.Esta “oferta de movimento”. .biblestudytools. ou seja. O sangue de Cristo faz a reconciliação entre Deus e os homens e. ora conosco e nos leva. ao santuário celestial. ou seja. . a gordura que cobre as entranhas. juntamente com as partes já mencionadas do carneiro das consagrações. em Sua companhia. . podemos agora servir de sacerdotes entre Deus e os homens que ainda não foram purificados por este sangue. a sua separação para o exercício sacerdotal. como da oferta da festa das semanas. 2014) (texto em inglês). o que nos permite inferir daí a plenitude do Espírito Santo. com gemidos inexprimíveis.12:14). que nos dá entrada ao trono da graça. da festa de Pentecostes (Lv. . . Disponível em: http://www. que derruba a parede de separação que havia entre Deus e os homens (Ef. como também para cima e para baixo. além de habitar em nós (Jo.Percebamos que esta é a primeira vez.A aspersão do sangue e do azeite sobre Arão e seus filhos. é indispensável que tenhamos o batismo com o Espírito Santo.2:13-16). leste e oeste). deveriam ser postos nas mãos de Arão e de seus filhos. . devendo eles mover tudo isto perante o Senhor (Ex. . O pão asmo.6:19).como também suas vestes (Ex. ou seja. o Espírito Santo vem fazer em nós morada. pois as ―ofertas de movimento‖ são característica tanto da oferta da festa das primícias (Lv. o ombro direito do carneiro. como a mostrar que. que sejamos revestidos de poder. ser apresentado como ―oferta de movimento‖ perante o Senhor.22:17). Todos nós somos templos do Espírito Santo (I Co. Ap.Tratava-se de uma ―oferta de movimento‖. que Arão e seus filhos praticam algum ato. independentemente da unção especial que teve d‘Ele o Senhor Jesus a partir do início de Seu ministério terreno. que. o coscorão asmo e o bolo de pão asmo azeitado deveriam.29:24. que aponta para a ressurreição de Cristo. pois o Espírito está conosco. ensina-nos que não podemos ser sacerdotes se não formos ―nascidos da água e do Espírito‖.Após a aspersão do sangue e do azeite sobre as vestes e as pessoas de Arão e de seus filhos. não é necessário o batismo com o Espírito Santo para que se seja salvo. ou seja. sul.É bom notar que embora só Arão tenha sido ungido com azeite. a cauda. OBS: A Bíblia de Estudo de Genebra diz que o movimento era feito em todos os pontos cardeais (norte. um bolo de pão azeitado e um coscorão do cesto dos pães asmos. não só no momento da glorificação. simboliza o revestimento de poder. .É o sangue de Cristo que nos leva para perto de Deus.html Acesso em 23 jan. à presença do Senhor (Rm. Exposição da Bíblia. mas mesmo antes. atingindo a eles como a suas vestes. por isso.A aspersão dava-se em todo o corpo dos sacerdotes. tendo um dos elementos com azeite. mas é preciso termos esta ―oferta de movimento‖ para que a vida sacerdotal avance e alcance os objetivos preconizados pelo Senhor. Com.

que seremos revestidos de poder e tomaremos posse da ―segunda bênção‖.29:1-37. de se entregar ao Senhor. tão constante é o seu trabalho. pois o Senhor Se agrada de tantos quantos buscam o batismo com o Espírito Santo. . pão asmo. Ele ceou com eles e eles com Ele (Ap. pois eles tinham as ―mãos cheias‖. que o faça trasbordar na presença do Senhor. deve ser dado a eles de cima e receber de Sua plenitude (Jo. daquilo que vem do ―segundo carneiro‖. Necessariamente eles têm de oferecer algo e eles não podem achar isto em si mesmos. era algo sagrado. sendo também o reconhecimento da bênção de Deus sobre os sacerdotes. Ex. sendo esta a porção de Arão.Matthew Henry diz que é neste momento que houve a consagração propriamente dita dos sacerdotes. de Cristo é dito que Ele é perfeito e consagrado para sempre (Hb. que é. uma disponibilização para o Seu serviço. que não poderia ser comida por qualquer estranho (Ex. de uma entrega total ao Senhor. então. ―…A frase hebraica para consagração é ‗encher a mão‘ (Ex.Após a queima de tudo quanto estava nas mãos de Arão e de seus filhos. Esta refeição simbolizava a comunhão existente entre o Senhor e os sacerdotes. A comida das coisas santas por eles enquanto a reconciliação era feita significava o alcance da reconciliação. . seria cozida no lugar santo e seria consumida por Arão e seus filhos.html Acesso em 23 jan.15:15).29:26-28). do modo querido pelo próprio Senhor. tanto que somente os sacerdotes poderiam consumir aquela carne do carneiro. que é verdadeira continuação do sacrifício. algo proveniente de alguém que teve seu pecado perdoado. pois se tratava de coisa santa. mas como amigos (Jo. de uma ―oferta alçada‖.. como também a comunhão entre os próprios sacerdotes. movendo-o com movimento perante o Senhor. que era a verdadeira intenção e o significado de uma festa . .29:25).29:22. o ―carneiro das consagrações‖. tão grande. assim como o ombro da oferta alçada (Ex.1:16)…‖ (Comentário completo sobre a Bíblia toda. [2] que eles têm de ter suas mãos cheias. 2014) (tradução nossa de texto em inglês).Esta carne. . a graciosa aceitação do seu benefício e a sua alegre comunhão com Deus em razão dela. É através de uma ―oferta de movimento‖. Moisés deveria tomar o peito do carneiro. como se expressa Rm.biblestudytools. assim como o pão que está no cesto à porta da tenda da congregação.5:11.Como diz Matthew Henry: ―…Era para Arão e seus filhos comerem à porta do tabernáculo (Ex. como afirma o comentarista bíblico. Somente pode ser batizado com o Espírito Santo aquele que está em comunhão com Deus. É um passo a mais na intimidade com o Senhor Jesus. para ser movida perante o Senhor (Ex. É necessário estarmos ―cheios do Espírito‖ para podermos ter um sacerdócio conforme as próprias exigências feitas pelo Senhor. Moisés tomaria a ―oferta de movimento‖ das mãos de Arão e de seus filhos e a queimaria no altar como ―oferta queimada ao Senhor‖ (Ex.Esta ―oferta de movimento‖ mostra a necessidade que tem o sacerdote de Cristo de se oferecer. a consagração deles era o seu aperfeiçoamento. Disponível em: http://www.3:20). .Esta refeição. Mas isto nos mostra que: [1] ministros que têm suas mãos cheias não têm tempo para gastar em coisas inúteis. . Provavelmente a frase aqui é emprestada de se pôr do sacrifício nas mãos deles. sendo uma refeição peculiar aos sacerdotes.29:31-33) para significar que eles eram chamados não apenas como servos. . ou seja.29:31-33). deixando que o Espírito Santo lhe sobrevenha e lhe ―encha‖ o templo com a Sua presença. Tu deverás encher a mão de Arão e seus filhos e o carneiro das consagrações é o carneiro das mãos cheias (Ex.7:28). que querem ser revestidos de poder para fazer a obra de Deus eficazmente. .29:24). que já alcançou a salvação. Era uma nova oferta que agradava ao Senhor.26). de uma busca incessante do dom do Espírito Santo. então.com/commentaries/matthew-henrycomplete/exodus/29. uma necessidade para que possamos ter um serviço eficaz e eficiente diante do Senhor.Em seguida. que está em plena comunhão com o Senhor e que é grato a Deus pela sua redenção. Com.Tratava-se este sacrifício de um ―sacrifício pacífico‖.Estar com as mãos cheias na ―oferta do movimento‖ significa a ―plenitude do Espírito Santo‖. tão copioso.29:9).

6:10). podemos ter a certeza de que Ele usará do Seu poder para sustentar o nosso serviço. a nos ensinar que nossa comunhão com Deus é algo diário. que é a verdade (Jo. era a figura do Cordeiro de Deus que viria a tirar o pecado do mundo (Jo. a demonstrar o amor de Deus derramado em nossos corações pelo Espírito Santo. como também é figura do próprio Senhor Jesus. portanto. podemos nos fortalecer na força do Seu poder (Ef.biblestudytools.…‖ (Comentário completo sobre a Bíblia toda.2014) (tradução nossa de texto em inglês). . Este sacrifício. participando de Seu corpo e de Seu sangue.A porção de Arão e seus filhos era composta do peito do carneiro e de seu ombro direito. amados irmãos! . durante todo o período da lei.1:19). O tempo da comunhão é ―hoje‖. deveria ser queimado com fogo. tornando-se. É o amor de Deus. fala-nos do Senhor como sustento de todo o sacerdócio cristão. continuamente. do amor de Deus para conosco. Estes dois cordeiros de um ano relembravam o cordeiro pascal.29:1-37. os dois cordeiros de um ano que deveriam ser sempre sacrificados.A comunhão dos sacerdotes de Cristo entre si e com o Senhor dá-se pelo amor.13:8-13). Ex. pois é assim que se edifica o corpo de Cristo (Ef. bem como deveria ser ele ungido para santificá-lo. portanto.29:36. por isso a porção dos sacerdotes era o peito do carneiro. porque era santo (Ex.o sacrifício. deveria ser realizado o chamado “holocausto contínuo” (Ex. pois temos podido crer n‘Ele segundo a operação da força do Seu poder (Ef.17:17) e vivermos aquilo que pregarmos. o altar santíssimo (Ex.29:42).4:19). ou seja.Jesus leva o principado sobre os Seus ombros (Is. para o sacrifício de Cristo Jesus. Ao ingerir o ombro direito do carneiro das consagrações. como eram os fariseus (Mt.9:6). até porque o amor é a única virtude teologal que perdurará no santuário celestial (I Co. mas Ele está conosco. achando que a comunhão que gozava antes lhe servirá de compensação ou terá algum valor hoje. Qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus (I Jo.1:29) .29:34). Este pão.Somente poderemos ser legítimos e autênticos sacerdotes de Cristo Jesus se vivermos de acordo com a Palavra de Deus. .com/commentaries/matthew-henry-complete/exodus/29.37).A consagração duraria sete dias. que faz com que tenhamos comunhão com Ele e.O ombro direito.5:5). fazendo-se expiação sobre ele .Além do carneiro. visto que O amamos porque Ele nos amou primeiro (I Jo. . a santidade necessária para a vida espiritual. todos os dias. portanto.4:16). 2331). a partir de então. Somos menos do que nada. O peito fala-nos do coração e. . . Estando em comunhão com Ele. bem como ser purificado o altar.Sobre o altar. Disponível em: http://www. ser preparado um novilho para sacrifício pelo pecado. Deus nos guarde. algo que deve ser mantido dia após dia.15:12). como já tivemos ocasião de estudar na lição sobre a celebração da primeira Páscoa (lição 4). denominado de ―sacrifício contínuo‖ (Dn. Deus é amor e. O sacerdote de Cristo Jesus não pode viver do passado.8:12). .23:3. nada temos que temer. o sustento efetuado por alguém.html Acesso em 23 jan. o nosso trabalho que fizermos para Ele. assim. Seus sacerdotes precisam amar uns aos outros assim como Jesus os amou (Jo.5:8). . que também fazia parte da porção de Arão. derramado em nossos corações pelo Espírito Santo (Rm. era um sacrifício que apontava. em guardando Sua Palavra.O que sobejasse do alimento até à manhã. um pela manhã e outro. que eles tudo faziam em virtude dos méritos e da soberania do Senhor. que estava no cesto. . este é o tempo do sacerdote de Cristo Jesus. Com. já que Cristo é comparado como sendo os asmos da sinceridade e da verdade (I Co. formos sinceros e não hipócritas religiosos. também demonstremos amor por Ele. devendo. O ombro direito é aquele que simboliza a força. também deveria ser consumido o pão asmo. à tardinha. Arão e seus filhos davam testemunho de que era o Senhor quem os sustentava no seu ofício sacerdotal. simboliza a santificação. O senhorio é de Cristo e.4:8).

neste ato de amor. não é isto que nos mostra o tipo do sacrifício contínuo.Este sacrifício diário. e Este crucificado (I Co. que se encontrava no lugar santíssimo. Jesus.22).27:17. misturada com a quarta parte de um him de azeite batido.10:38). o Teu memorial celebrar. para libação. . 5:9.29:38 - . como também Aquele que proporciona a todos nós a alegria da salvação (Sl. se formos diligentes na tarefa de não propor saber entre os homens senão a Cristo. um valor que jamais vai cessar‖ (quarta estrofe do hino 482 da Harpa Cristã). mas obras que levam as pessoas a glorificar ao nosso Pai que está nos céus. o resultado desta tarefa diária dos sacerdotes era a glorificação do Senhor diante de Israel e a santificação do povo. seja através de pregação. a saber: a) a flor de farinha aponta-nos para Cristo como o pão da vida (Jo. . . assim. anonimamente muitas vezes. Da mesma maneira. O objetivo de todo sacerdote de Cristo deve ser o de mostrar Jesus aos homens. Por isso. que glorificarão ao Senhor pelo nosso porte sincero e conforme à vontade de Deus. bem como a sua santificação. . revela estar não só conosco. Com. têm a Cristo como centro de suas vidas. que é figura de Cristo Jesus. assim como a tenda da congregação.48).12:2). Ef.2:2). mas. cujas vidas são cristocêntricas. c) a quarta parte de um him e vinho aponta-nos para Cristo tanto como Aquele que derramou o Seu sangue para nos remir (Rm. para nós ele tem um infinito valor. que o véu se rasgou de alto a baixo e nos deu entrada no santuário celestial.1:7. que deveria ser feito pelos sacerdotes. No entanto. Que possam ser nossas as palavras do poeta sacro anônimo: ―Queremos.12:24). como o grão de trigo que morre para viver e produzir fruto (Jo.Este cordeiro de um ano. então.29:40). como o Cristo.‖ (Comentário completo sobre a Bíblia toda. também promoveremos a vinda da glória de Deus aos homens. aponta-nos para o serviço que deve ser feito diariamente pelos sacerdotes de Cristo.51:12.A consequência da oferta deste sacrifício contínuo era que o Senhor viria ali aos filhos de Israel para que por Sua glória fossem eles santificados. o altar e os sacerdotes. É mediante o sacrifício de Cristo Jesus que podemos ter acesso ao lugar santíssimo. e.3:25. ou seja. O sacerdote é aquele que faz a mediação entre Deus e os homens e os sacerdotes somente cumpririam este mister se efetuassem o sacrifício contínuo. que é o de nada se propor a saber entre os homens senão a Cristo. nem deixar de lhe dar o seu real valor. Todos estes elementos falamnos de Jesus. para todos quantos estão ao nosso redor.Quando desempenhamos corretamente o papel de sacerdotes de Cristo Jesus. . somos habitação de Deus e Deus. Teremos. mediante o qual o Senhor Se chegaria ao Seu povo e os santificaria.Era mediante o sacrifício contínuo que a glória de Deus.Ap. Ex. b) a quarta parte de um him de azeite batido aponta-nos para Cristo como Aquele que foi ungido pelo Espírito Santo para fazer bem e curar a todos os oprimidos do diabo (At. nas mínimas coisas. Até mesmo as pregações nas igrejas locais já não põem Cristo no centro. em nosso dia-a-dia.Como são poucos os que cristãos se dizem ser que têm como razão de suas vidas o anúncio de Cristo. seja através de suas ações. que dirá no dia-a-dia das pessoas. Ser uma bênção é praticar boas obras. estar em nós e a consequência disto é gloriosa não só para nós. chegava até o povo de Israel. temos o suficiente e não precisamos de mais nada para sermos felizes. Ser uma bênção é estar em comunhão com Deus e fazer-Lhe sempre a vontade.1:14. como também o Senhor viria habitar no meio dos filhos de Israel e lhes ser por Deus (Ex.29:43-46). Cl. a quarta parte de um him de vinho (Ex. jamais devemos nos esquecer do sacrifício de Cristo. também. o Ungido de Deus (Mt. deveria ser oferecido com a décima parte de flor de farinha.6:35. . e Este crucificado. chegado ao estágio último que o Senhor propôs a Abrão: o de sermos uma bênção (Gn. ou seja.1:5). 104:15).Ser uma bênção é levar a glória de Deus até as pessoas através de nosso serviço sincero e obediente ao Senhor. Como afirma Matthew Henry: ―…se temos isto.. não é isto que se exige de um verdadeiro e genuíno sacerdote de Cristo Jesus.

Temos sido sinceros.com/commentaries/matthew-henry-complete/exodus/29. 2014) (tradução nossa de texto em inglês). Disponível em: http://www.html Acesso em 23 jan.46.biblestudytools. genuínos e autênticos sacerdotes de Cristo? Pensemos nisto! .