You are on page 1of 2

SINUS PENTA

INVERSOR DE FREQUÊNCIA
FAIXA DE POTÊNCIA FAIXA DE TENSÃO ( ALIM.)

1,5 - 3.000 kW 220 - 690 Vac trif. Controle escalar V/F Controle de torque vetorial (com ou sem realimentação) Controle de campo orientado (FOC) Motores síncronos (Brushless) Regenerativo Protocolo MODBUS Standard Software em Português

PRINCIPAIS CARACTERÍSCAS - Grau de Proteção: IP00, IP20, IP54 - 5 funções em um só equipamento: IFD, VTC, FOC, SYN, RGN - Dimensões reduzidas - Sistema de ventilação inteligente - Módulo de frenagem integrado até 175 KW - Plataforma modular de potência - Entrada para sonda térmica de motor (PTC) - Filtros RFI (EMC) incorporados conforme EN61800-3/EN55011 - Função PID integrada - Funções especiais para HVAC e Water - 3 Entradas analógicas 0-10Vdc, 0(4)-20mA - 2 saídas configuráveis com relé (REVERSÍVEIS) - Variáveis em unidade de engenharia - Comunicação serial RS485 - Protocolo MODBUS RTU incorporados - Display destacável - Cartões e circuitos envernizados (proteção adicional) - Interface de programação amigável - Menu de programação rápida (quick menu) - Sistema de controle multi-bombas - Multifunções de lógica programável (funçãoPLC) - Teclas automático/manual - 12 leds indicativos (alta visibilidade) - Algoritmos especiais (elevadores/pontes rolantes) GARANTIA DE 3 ANOS OPÇÕES ESPECIAIS - Configuração 12 pulsos - Sistema regenerativo

CONEXÕES

PARA MAIORES INFORMAÇÕES ACESSE: SANTERNO.COM
CONTATO

S.A.C 0800 7747997 Tel / Fax + 55 114422.4540 vendas@santerno.com.br

Serviços 24 horas service@santerno.com.br

sendo 3 fixos de start. corrente. Até 200% Cn por 120 seg. programavéis: +/. RS485 multidrop 247 pontos/Protocolo de comunicação MODBUS RTU Profibus DP. referência de frequência/velocidade/torque depois) da rampa. sobrecorrente na busca de velocidade. histórico dos últimos 5 alarmes. proteção térmica do motor. saída PID. pré-carga OK. motor em limite. motor não conectado. sobretensão. multivelocidade 1-2-3-4. referência PID. 24Vdc 5%.000 seg. estado das entradas digitais. enable. realimentação PID em unidade de engenharia Saídas Analógicas Alarmes Sinalizações Informações de Funcionamento Fieldbus Bus de Campo Imunidade a Distúrbios Segurança Integrada de série. torque. função local/remoto 15 Ajustes de velocidade. rampa terminada. torque aplicado. mestre/escravo de torque. potência absorvida pelo motor. CAN open Bus. parada. EN61800-3 edição 2 EN61800-5-1. realimentação PID) 1push-pull 20 48Vdc. velocidade do motor. caracterizados pela elevada precisão de torque unida a elevado rendimento energético RGN: Alimentador AC/DC regenerativo senoidal para alimentação direta de uma série de acionamentos Referência digital: 0.01 RPM (Controle FOC) 4+4 rampas de aceleração/desaceleração. frequência/velocidade saída do motor. marcha frente-reverso. realimentação PID) Proteção térmica de inversor.. frenagem em DC. sonda PTC para motor. 200mA Torque de Partida Reforço de Torque Entradas Analógicas (de referência/auxiliar) Entradas Digitais (isoladas galvanicamente) Multivelocidades Rampas Saídas Digitais Tensão Auxiliar Tensão para Potenciômetro +/.01 rpm (Controle FOC) Referência analógica até 12bit: 4096 pontos em relação a faixa de velocidade Open loop: 0.Método de Controle Resolução de Referência de Velocidade Precisão de Velocidade Capacidade de Sobrecarga IFD: Modulação vetorial para aplicações genéricas (curva V/f) VTC: Vetorial sensorless para aplicações com torque elevado (controle direto de torque) FOC: Vetorial com encoder para aplicações de elevada precisão de torque e ampla faixa de velocidade SYN: Vetorial para aplicação com motores síncronos brushless de imã permanente. Ethernet. das quais: 1 single end. tensão de rede. desbloqueio de freio na função LIFT e LIFT 1). falha no circuito de pré-carga. reset e 5 configuráveis: frente. subtensão. up-down potenciômetro digital. falha na placa de comando. resolução 9/11 bit (referência de frequência/velocidade/torque. resolução máxima 12bit 2 diferenciais. PID OK. configurável: (alarme ON. resolução máxima 12bit Sinal analógico nos conectores. frequência de saída. tensão do motor.1 Hz (Controle IFD). EN60204-1 . METASYS N2 Segundo a normativa EN50082-1-2.realimentação PID. falta de rede. alarme externo. tempo de funcinamento. interface serial. referência depois da rampa. frequência-velocidade atingida.000 RPM. alarme externo de entrada digital. EN61800-5-2. reverso. 0. alarme in RUN. torque solicitado. inversor em alarme. 1rpm (Controle VTC). de 0 à 65. variação % 1-2-3. nível de frequência. corrente/torque de saída. 2ª curva V/f.0.01% da velocidade máxima Até 2 vezes a corrente nominal por 120seg. automático/manual. falha da eeprom. multirampa 1-2. 50mA máx. bloco de parâmetros. e 240% Cn por um tempo breve Ajustável para um aumento do torque nominal 3 entradas analógica. referência PID. corrente do motor. com ajuste de curva personalizada 4 saídas digitais configuráveis com ajustes de tempos internos de retardo na ativação e desativação. inversão.5% da velocidade máxima Close Loop (com utilização de encoder):<0. inversor em limite. sobrecarga prolongada do inversor. +/. proteção térmica do motor. Device Net. saída do regulador PID. sobrecorrente em aceleração. falha de encoder. sobre velocidade. tensão de saída. 10mA 3 saídas analógicas configuráveis 0-10Vdc e 0(4)-20mA. valor da entrada analógica auxiliar. velocidade. sobrecorrente em velocidade constante e falha contra terra. potência de saída. valor do erro PID. teclado. histórico dos alarmes Inversor ok. limite de regeneração. alarme OFF. bus de campo 8 sinais digitais NPN/PNP . 50mA máx. 30Vdc. das quais: 2 a relé com contato reversíveis 250Vac. 3A 1 open collector NPN/PNP 5 48Vdc.32.10Vdc. sobrecorrente em desaceleração.8%. das quais as 3 primeiras com resolução 0. comunicação serial interrompida. tensão do BUS em CC. limitação em aceleração-desaceleração-regime estacionário Referência de frequência/torque/velocidade.