You are on page 1of 2

ORUNMILÁ (ÒRÚNMÌLÀ) Orunmilá é na tradição de Ifé o primeiro companheiro e “Chefe Conselheiro” de Odùduà quando de sua chegada a Ifé.

Outras fontes di em que ele esta!a instalado em um lugar chamado "#$ Ig$ti antes de !ir fi%ar&se em "#$ Itase. 'ma colina em Ifé onde mora (rà)à* a mais outoridade em matéria de adi!inhação* pelo sistema chamado Ifá. Orunmilá é tam)ém chamado (g)+nm,rég-n ou .là. / o testemunho do destino das pessoas e* por esta ra ão* é chamado 0lé$r, 1p2n. 3pesar de suas altas posiç4es* Orunmilá e Olodumaré* o deus supremo* consultam Ifá em certas cerim5nias* para sa)erem o que lhes reser!a o destino. Os )a)ala5s* “ pais do segredo” * são os porta&!o es de Orunmilá* que não é ori%á nem e)ora. 3 iniciação de um )a)ala5 não comporta a perda moment6nea de consci7ncia que acompanha a dos Ori%ás. 8ão se trata de ressuscitar no inconsciente do )a)ala5 o “ eu perdido” * correspondente à personalidade do ancestral di!ini ado. / uma iniciação totalmente intelectual. 0le de!e passar por um longo per2odo de aprendi agem de conhecimentos precisos em que a mem+ria* principalmente* entra em 9ogo. :recisa aprender uma quantidade enorme de hist+rias e de lendas antigas* classificadas nos du entos e cinq;enta e seis odù ou signos de Ifá* cu9o con9unto forma uma espécie de enciclopédia oral dos conhecimentos tradicionais do po!o de l2ngua ioru)á. <odo indi!2duo nasceu ligado a um desses du entos e cinq;enta e seis odù. 8o momento do nascimento de uma criança* os pais pedem ao )a)ala5 para indicar a que odù a criança está ligada. O odù dá a conhecer a identidade profunda de cada pessoa* ser!e&lhe de guia na !ida* re!ela&lhe o ori%á particular* ao qual ela de!e e!entualmente ser dedicada* além do da fam2lia* e dá&lhe outras indicaç4es que a a9udarão a comportar&se com segurança e sucesso na !ida. Orunmilá é consultado em caso de d-!ida* quando as pessoas tem uma decisão importante a tomar a respeito de uma !iagem* de um casamento* de uma compra ou !enda*ou ainda por aquelas que procuram determinar a causa de uma doença. =ois sistemas permitem ao )a)ala5 encontrar o signo de Ifá que está sendo procurado* cha!e do pro)lema que lhe apresenta o consulente. 'm deles é )astante ela)orado* manipula&se de acordo com certas regras* de esseis caroços dos frutos do dende eiro* os i#in Ifá> o outro é mais simples e consiste em utili ar um opele Ifá* uma corrente onde estão enfiadas oito metades de caroço de certa fruta. 'ma !e determinado o odù desses processos* a resposta a ser dada ao consulente é encontrada pelo )a)ala5 interpretando o conte%to das hist+rias tradicionais* correspondentes a esse odù. Orunmilá* em)ora não sendo um ori%á* participa muitas !e es de Ifá* da !ida* e das a!enturas dos deuses ioru)ás. Conta&se que ele te!e relaç4es amorosas com um certo n-mero de di!indades* como Ieman9á* 39é a rique a* filha de Ol+#un* O%um e muitas outras mulheres* entre as quais podemos citar? Os-milé@A e 3p$t$),* que é o titulo usado pela mulher fa er a adi!inhação. Bá ainda sua mulher Odù* cu9o s2m)olo é Ig)àd-* a ca)aça de Odù* da qual falamos em outra pu)licação.

. 0m um deles* 'tili am&se de esseis ).Bá outros sistemas de adi!inhação deri!ado do sistema de Ifá* porém sem ligação com Orunmilá.ios e é 0%u quem dá as respostas> num outros são usados as quatro partes de uma no de cola e é ori%á que responde diretamente às perguntas do consulente.