You are on page 1of 5

Instrução Normativa SRF nº 459, de 18 de outubro de 2004

D ! de 29"10"2004 Dispõe sobre a retenção de tributos e contribuições nos pagamentos efetuados pelas pessoas jurídicas de direito privado a outras pessoas jurídicas pela prestação de serviços. Retificada no DOU de 10 1! !00"# $eção 1# p%g. !&. 'lterada a partir de 1( de jul)o de !00* pela +, R-. n( */&# de ! de agosto de !00*. 'lterada pela +, R-. n( *01# de 10 de de1embro de !00*. 'lterada pelo +, R-. n( 1.1&1# de 2 de maio de !011 .

O S#$R#%&RI D' R#$#I%' F#D#R'( # no uso da atribuição 3ue l)e confere o inciso +++ do art. !00 do Regimento +nterno da $ecretaria da Receita -ederal# aprovado pela4ortaria 5- n( !&0# de !" de agosto de !001 # e tendo em vista o disposto no art. /" da 6ei n( 0."20# de !* de de1embro de 100/ # nos arts. 20# 21# 2!# 2& e 2/ da 6ei n( 10.722# de !0 de de1embro de !002 # e nos arts. !1 e 20 da 6ei n( 10.7/&# de 20 de abril de !00" # resolve8 Dis)osiç*es +re,iminares 'rt" 1º Os pagamentos efetuados pelas pessoas jurídicas de direito privado a outras pessoas jurídicas de direito privado# pela prestação de serviços de limpe1a# conservação# manutenção# segurança# vigil9ncia# transporte de valores e locação de mão:de:obra# pela prestação de serviços de assessoria creditícia# mercadol;gica# gestão de cr<dito# seleção e riscos# administração de contas a pagar e a receber# bem como pela remuneração de serviços profissionais# estão sujeitos = retenção na fonte da >ontribuição $ocial sobre o 6ucro 6í3uido ?>$66@# da >ontribuição para o -inanciamento da $eguridade $ocial ?>ofins@ e da >ontribuição para o 4+$ 4asep. A 1( O disposto neste artigo aplica:se inclusive aos pagamentos efetuados por8 + : associações# inclusive entidades sindicais# federações# confederações# centrais sindicais e serviços sociais autBnomosC ++ : sociedades simples# inclusive sociedades cooperativasC +++ D fundações de direito privadoC +E : condomínios edilícios. A !( 4ara fins do disposto neste artigo# entende:se como serviços8 + : de limpe1a# conservação ou 1eladoria os serviços de varrição# lavagem# enceramento# desinfecção# )igieni1ação# desentupimento# dedeti1ação# desinseti1ação# imuni1ação# desrati1ação ou outros serviços destinados a manter a )igiene# o asseio ou a conservação de praias# jardins# rodovias# monumentos# edificações# instalações# dependFncias# logradouros# vias pGblicas# p%tios ou de %reas de uso comumC ++ : de manutenção todo e 3ual3uer serviço de manutenção ou conservação de edificações# instalações# m%3uinas# veículos automotores# embarcações# aeronaves# aparel)os# e3uipamentos# motores# elevadores ou de 3ual3uer bem# 3uando destinadas a mantF:los em condições eficientes de operação# eHceto se a manutenção for feita em car%ter isolado# como um mero conserto de um bem defeituosoC +++ : de segurança e ou vigil9ncia os serviços 3ue ten)am por finalidade a garantia da integridade física de pessoas ou a preservação de valores e de bens patrimoniais# inclusive escolta de veículos de transporte de pessoas ou cargasC

? Redação dada pela +. 2" da 6ei n( 10.1&1# de 2 de maio de !011 @ A 0( ' retenção sobre os serviços de assessoria creditícia# mercadol.gica# gestão de cr<dito# seleção e riscos# administração de contas a pagar e a receber# aplica:se# inclusive 3uando tais serviços forem prestados por empresa de factoring.rgãos# autar3uias e fundações dos Kstados# do Distrito -ederal e dos 5unicípiosC e ? +ncluído pela +. A 2( I dispensada a retenção para pagamento de valor igual ou inferior a RJ &. R-. A "( Ocorrendo mais de um pagamento no mesmo mFs = mesma pessoa jurídica# a cada pagamento dever% ser8 + : efetuada a soma de todos os valores pagos no mFsC ++ : calculado o valor a ser retido sobre o montante obtido na forma do inciso + deste par%grafo# desde 3ue este ultrapasse o limite de 3ue trata o A 2(# devendo ser dedu1idos os valores retidos anteriormente no mesmo mFsC A &( .000#00 ?cinco mil reais@. . R-. A 7( O disposto neste artigo não se aplica8 ? Redação dada pela +. 2" da 6ei n( 10.1&1# de 2 de maio de !011 @ ++ : aos pagamentos efetuados pelos fundos de investimento autori1ados pela >omissão de Ealores 5obili%rios. /"* do Decreto n( 2.722# de !0 de de1embro de !002 # bem como aos .1&1# de 2 de maio de !011 @ A *( 's retenções de 3ue trata o caput serão efetuadas8 + : sem prejuí1o da retenção do imposto de renda na fonte das pessoas jurídicas sujeitas a alí3uotas específicas previstas na legislaçãoC ++ : sobre 3ual3uer forma de pagamento# inclusive os pagamentos antecipados por conta de prestação de serviços para entrega futura.000# de !/ de março de 1000 : Regulamento do +mposto de Renda ?R+R 1000@# inclusive 3uando prestados por cooperativas ou associações profissionais# aplicando:se# para fins da retenção das contribuições# os mesmos crit<rios de interpretação adotados em atos normativos eHpedidos pela $ecretaria da Receita -ederal para a retenção do imposto de renda.ão estão obrigadas a efetuar a retenção a 3ue se refere o caput as pessoas jurídicas optantes pelo $istema +ntegrado de 4agamento de +mpostos e >ontribuições das 5icroempresas e das Kmpresas de 4e3ueno 4orte ?$imples@. ? +ncluído pela +. n( 1. R-. A 7( O disposto neste artigo não se aplica =s entidades da administração pGblica federal de 3ue trata o art. R-.tese do A "(# caso a retenção a ser efetuada seja superior ao valor a ser pago# a retenção ser% efetuada at< o limite deste.ão estão obrigadas a efetuar a retenção a 3ue se refere o caput# as pessoas jurídicas optantes pelo Regime Kspecial Unificado de 'rrecadação de Lributos e >ontribuições devidos pelas 5icroempresas e Kmpresas de 4e3ueno 4orte ?$imples . n( 1.722# de !0 de de1embro de !002# bem como aos .a )ip. n( 1. n( 1. A /( .acional@.+E : profissionais a3ueles relacionados no A 1( do art.1&1# de 2 de maio de !011 @ + : =s entidades da administração pGblica federal de 3ue trata o art.rgãos# autar3uias e fundações dos Kstados# do Distrito -ederal e dos 5unicípios. A /( .

@# instituído pela 6ei n( 0. 1! da 6ei >omplementar n( 1!2# de 1" de de1embro de !00/ # em relação =s suas receitas pr. n( */&# de ! de agosto de !00* @ 'rt" 4º ' retenção da >ofins e da >ontribuição para o 4+$ 4asep não ser% eHigida nos pagamentos8 + : a título de transporte internacional de valores efetuado por empresas nacionaisC ++ : aos estaleiros navais brasileiros nas atividades de conservação# moderni1ação# conversão e reparo de embarcações pr<:registradas ou registradas no Registro Kspecial . A !( . 4ara fins do disposto neste artigo# a empresa prestadora do serviço dever% informar no documento fiscal o valor correspondente = retenção das contribuições incidentes sobre a operação.tese de pagamentos efetuados a8 + : empresas estrangeiras de transporte de valoresC ++ : pessoas jurídicas optantes pelo $imples# em relação =s suas receitas pr.digo de arrecadação &0&!. . 10 desta +nstrução .prias."2!# de 7 de janeiro de 100*.digos específicos de 3ue trata o art. O disposto no caput deste artigo não se aplica =s sociedades cooperativas de consumo de 3ue trata o art.prias. 4ar%grafo Gnico. n( */&# de ! de agosto de !00* @ ? Eide art. ++ : pessoas jurídicas optantes pelo Regime Kspecial Unificado de 'rrecadação de Lributos e >ontribuições devidos pelas 5icroempresas e Kmpresas de 4e3ueno 4orte ?$imples .o caso de pessoa jurídica ou de receitas benefici%rias de isenção ou de alí3uota 1ero# de uma ou mais contribuições de 3ue trata este artigo# a retenção dar:se:% mediante a aplicação da alí3uota específica# referida no caput# correspondente =s contribuições não alcançadas pela isenção ou pela alí3uota 1ero# e o recol)imento ser% efetuado mediante os c. 1( não ser% eHigida na )ip.ase de >%lculo e 'lí3uotas 'rt" 2º O valor da retenção da >$66# da >ofins e da >ontribuição para o 4+$ 4asep ser% determinado mediante a aplicação# sobre o valor bruto da nota ou documento fiscal# do percentual total de "#/&M# ?3uatro inteiros e sessenta e cinco cent<simos por cento@# correspondente = soma das alí3uotas de 1M ?um por cento@# 2M ?trFs por cento@ e 0#/&M ?sessenta e cinco cent<simos por cento@# respectivamente# e recol)ido mediante o c.acional@# de 3ue trata o art.A 10.teses em /ue não -aver0 Retenção 'rt" 1º ' retenção de 3ue trata o art. -i). A 1( 's alí3uotas de 2#0M ?trFs por cento@ e 0#/&M ?sessenta e cinco cent<simos por cento@# relativas = >ofins e = >ontribuição para o 4+$ 4asep# aplicam:se inclusive na )ip.&2!# de 10 de de1embro de 100*. 'rt" 5º ' retenção da >$66 não ser% eHigida nos pagamentos efetuados =s cooperativas# em relação aos atos cooperados. R-. "( da +. R-. /0 da 6ei n( 0.ormativa. ?Redação dada pela +. A 2( 4ara fins do disposto no A !(# as pessoas jurídicas benefici%rias de isenção ou de alí3uota 1ero devem informar esta condição na nota ou documento fiscal# inclusive o en3uadramento legal# sob pena de# se não o fi1erem# sujeitarem:se = retenção das contribuições sobre o valor total da nota ou documento fiscal# no percentual total de "#/&M# ?3uatro inteiros e sessenta e cinco cent<simos por cento@.rasileiro ?RK.tese de as receitas da prestadora dos serviços estarem sujeitas ao regime de não:cumulatividade da >ofins e da >ontribuição para o 4+$ 4asep ou a regime de alí3uotas diferenciadas. .

acional pela pessoa jurídica 3ue efetuar a retenção ou# de forma centrali1ada# pelo estabelecimento matri1 da pessoa jurídica# at< o Gltimo dia Gtil da semana subse3Nente =3uela 3uin1ena em 3ue tiver ocorrido o pagamento = pessoa jurídica prestadora dos serviços. A !( O valor a ser dedu1ido# correspondente a cada esp<cie de contribuição# ser% determinado pelo pr.@# ou por sentença judicial transitada em julgado# determinando a suspensão do pagamento de 3ual3uer das contribuições referidas nesta +nstrução .prio contribuinte mediante a aplicação# sobre o valor bruto do documento fiscal# das alí3uotas respectivas =s retenções efetuadas.ormativa# a pessoa jurídica 3ue efetuar o pagamento dever% calcular# individualmente# os valores das contribuições considerados devidos# aplicando as alí3uotas correspondentes# e efetuar o recol)imento em Darf distintos para cada um deles# utili1ando os seguintes c. 'rt" 10" . 4ar%grafo Gnico.4imento 'rt" 5º Os valores retidos na forma desta +nstrução . . A 1( Os valores retidos na forma desta +nstrução .digo Lribut%rio . O disposto no caput não se aplica =s faturas de cartão de cr<dito. !( serão considerados como antecipação do 3ue for devido pelo contribuinte 3ue sofreu a retenção# em relação =s respectivas contribuições.digos de arrecadação8 + : &07*# no caso de >$66C ++ : &0/0# no caso de >ofinsC +++ : &0*0# no caso de >ontribuição para o 4+$ 4asep. 1&1 da 6ei n( &.s dedu1idos os valores das contribuições retidas# cabendo a responsabilidade pelo recol)imento destas = pessoa jurídica tomadora dos serviços. )eraç*es 3om $art*es de $r8dito ou D8bito 'rt" 8º . %ratamento dos 6a.teses a 3ue se referem os incisos ++# +E e E do art.di9o de :arras 'rt" 9º .1*!# de !& de outubro de 10// : >.digo de barras deverão ser informados o valor bruto do preço dos serviços e os valores de cada contribuição incidente sobre a operação# devendo o seu pagamento ser efetuado pelo valor lí3uido# ap.ormativa deverão ser recol)idos ao Lesouro .acional ?>L. Do3umentos de $obrança /ue $onten4am $.s dedu1idos os valores das contribuições retidas# cabendo a responsabilidade pelo recol)imento destas = pessoa jurídica tomadora dos serviços. +essoa .udi3ia.+ra2o de Re3o. 1( 3ue conten)am c.o caso de pessoa jurídica amparada pela suspensão# total ou parcial# da eHigibilidade do cr<dito tribut%rio nas )ip.ormativa poderão ser dedu1idos# pelo contribuinte# das contribuições devidas de mesma esp<cie# relativamente a fatos geradores ocorridos a partir do mFs da retenção.as notas fiscais# nas faturas# nos boletos banc%rios ou 3uais3uer outros documentos de cobrança dos serviços de 3ue trata o art.os pagamentos pela prestação de serviços efetuados por meio de cartões de cr<dito ou d<bito# a retenção ser% efetuada pela pessoa jurídica tomadora dos serviços sobre o total a ser pago = empresa prestadora dos serviços# devendo o pagamento com o cartão ser reali1ado pelo valor lí3uido# ap.ores Retidos 'rt" 7º Os valores retidos na forma do art.ur<di3a 'm)arada )or =edida .

A !( 'nualmente# at< o Gltimo dia Gtil de fevereiro do ano subse3Nente# as pessoas jurídicas 3ue efetuarem a retenção de 3ue trata esta +nstrução .1&1# de 2 de maio de !011 @ 4ar%grafo Gnico.ormativa $Rn( 271# de 20 de de1embro de !002 . 2(# a pessoa jurídica optante pelo $imples .ormativa deverão fornecer = pessoa jurídica benefici%ria do pagamento comprovante anual da retenção# at< o Gltimo dia Gtil de fevereiro do ano subse3Nente# conforme modelo constante no 'neHo ++ .rio dos valores pagos e o total retido# por contribuinte e por c. 'rt" 11" Ksta +nstrução . R-. ' pessoa jurídica tomadora dos serviços ar3uivar% a primeira via da declaração# 3ue ficar% = disposição da $ecretaria da Receita -ederal# devendo a segunda via ser devolvida ao interessado# como recibo. A 1( O comprovante anual de 3ue trata este artigo poder% ser disponibili1ado por meio da +nternet = pessoa jurídica benefici%ria do pagamento 3ue possua endereço eletrBnico. Dis)osiç*es >erais 'rt" 11" 4ara fins do disposto no inciso ++ do art. 2(# a pessoa jurídica optante pelo $imples dever% apresentar = pessoa jurídica tomadora dos serviços declaração# na forma do 'neHo + # em duas vias# assinadas pelo seu representante legal.ormativa entra em vigor na data de sua publicação.acional dever% apresentar = pessoa jurídica tomadora dos serviços declaração# na forma do 'neHo +# em ! ?duas@ vias# assinadas pelo seu representante legal. Ocorrendo 3ual3uer das situações previstas neste artigo# o benefici%rio do rendimento dever% apresentar = fonte pagadora# a cada pagamento# a comprovação de 3ue o direito a não retenção continua amparada por medida judicial.digo de recol)imento.4ar%grafo Gnico. R># 'N%?NI D#-#R R'$-ID 'ne@os . 'rt" 11" 4ara fins do disposto no inciso ++ do art. 'rt" 14" -ica formalmente revogada# sem interrupção de sua força normativa# a +nstrução . 'rt" 12" 's pessoas jurídicas 3ue efetuarem a retenção de 3ue trata esta +nstrução . n( 1.ormativa deverão apresentar Declaração de +mposto de Renda Retido na -onte ?Dirf@# nela discriminando# mensalmente# o somat. ? Redação dada pela +. .