You are on page 1of 5

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS

ITEM 120295-2_M.PDF

ESPECIFICAÇÃO TECNICA DO CONJUNTO DE COMBATE A INCÊNDIO PADRÃO NFPA: 1. INTRODUÇÃO 1.1. Esta especificação fixa as condições mínimas exigíveis para a aquisição de roupa de proteção para combate a incêndio estrutural. Detalha critérios de desenho e de materiais para proporcionar proteção às partes superiores e inferiores do corpo, excluindo cabeça, mãos e pés, contra efeitos ambientais adversos durante o combate a incêndio estrutural e em algumas operações de emergência onde exista uma ameaça de incêndio ou onde determinados riscos físicos são prováveis de serem encontrados, tal como durante operações de salvamento não relacionadas a incêndio, operações de emergências médicas e desencarceramento de vítimas. 1.2. A roupa de proteção divide-se em japona de proteção e calça de proteção. Para fins desta especificação e da compatibilidade entre japona e calça, estes componentes deverão ser do mesmo fabricante. 1.3. Os fabricantes deverão ater-se a todos os detalhes desta especificação quando forem confeccionar suas roupas de proteção e deverão observar também para que elas tenham características de conforto, leveza e resistência aos ambientes adversos citados no item 1.1. 2. DEFINIÇÕES 2.1. Composição 2.1.1. 1ª Camada (estrutura externa) 2.1.1.1. Camada externa tecida no sistema Rip Stop, na cor PRETA, composta de 60% fibra paraaramida e 40% fibra meta-aramida, admitida à variação de ± 5%, conforme norma ASTM D629, com gramatura até 265 g/m², conforme norma ASTM D 3776. Deverá ter tratamento contra raios ultravioleta (UV) e tratamento hidrorepelente incolor, conforme norma NBR 13000. Deverá ter resistência à tração, (força e alongamento à ruptura), força de ruptura com média superior a 198 kgf no urdume e 190 Kgf na trama; e no alongamento a ruptura média inferior a 15% no urdume e na trama, conforme NBR 11912. Deverá ter resistência a carga de rasgamento de 25 Kgf no mínimo para trama e urdume, conforme norma ASTM D 2261. Deverá ter resistência a abrasão de 1300 ciclos no mínimo conforme norma ASTM D 3886. Deverá ter solidez da cor a lavagem, com alteração e transferência 5, conforme norma NBR ISO 105 C06 B1M. Deverá ter solidez da cor à fricção: trama à seco 4/5 (úmido 4) e urdume à seco 4/5 (úmido 4), conforme norma ABNT NBR ISO 105-X12:2007). Deverá ter resistência a formação de pilling de no mínimo 4/5 na tabela de índice/avaliação, conforme norma JIS L 1076 método A. 2.1.2. 2ª camada (barreira de umidade) 2.1.2.1. Camada intermediária com peso mínimo de 130g/m², formada por filme de PTFE ignífugo. Esse filme de PTFE (politetrafluoretileno) deverá ser fixado a uma barreira térmica de não tecido formado por uma mistura de fibras aramidas. Deverá ter resistência à tração com força de ruptura não inferior a 30kgf em média no sentido do urdume (longitudinal) e 18kgf em média no sentido da trama (transversal). 2.1.3. 3ª e 4ª Camadas (barreira térmica) 2.1.3.1. Camada interna dupla que atua como forro interno para contato com o corpo do bombeiro, seu peso total não deverá ser inferior a 260g/m², a 3ª camada é formada por feltro de manta agulhada de fibras 100% meta-aramida e Rayon FR ou aramida de dois mm de espessura no mínimo ou feltro agulhado não-tecido de aramida e Rayon FR. Deverá ser unida a 4ª camada que é um tecido de forro para contato com o corpo do bombeiro; este forro deverá ser plano e composto de 100% fibras meta-aramida ou 50% meta-aramida e 50% modacrílico, as costuras da união da 3ª e 4ª camadas deverá ser na forma senoidal ou trapezoidal.

2. composta de camada externa e barreira de umidade. Esta gola deve ser confeccionada em apenas duas camadas (1ª e 2ª camadas). Blusão 2. Bolsos 2. Será fixada a camada externa à gola uma barreira de umidade (PTFE) para seu isolamento total. Deverá possuir na lateral esquerda frontal interna. No lado direito da gola haverá uma lapela de 220 mmx100 mm. com capacidade de expansão o suficiente para que quando em trabalho não levante o blusão mais que 60mm.3.5 cm entre a gola e a lapela. este punho deverá ser de no mínimo 100mm(admita a variação de ±5%). o mesmo deverá ser feito com a mesmo material da 2ª. em material da primeira camada. no meio da parte interior da gola e para fechamento da gola do blusão deverá ser colocado um fecho de argolas e ganchos (tipo velcro) resistente ao fogo de 25mm e 06 botões de pressão não oxidáveis ao redor de toda extensão da base da gola. Para o ajuste da lapela a gola haverá duas peças iguais de fecho argola (tipo velcro) resistente ao fogo. de 50 mm x 90 mm e uma peça de fecho gancho (tipo velcro) resistente ao fogo.2. Deverá possuir fecho gancho (tipo velcro) ou fita prendedora de ganchos e argolas resistentes ao fogo. a este fole também é fixado através de dois botões de pressão de metal não oxidável a barreira de calor e de umidade. que atuará como fechamento para proteção do zíper. O fechamento do blusão deverá ser através de zíper não metálico. de 3 cm x 5 cm na lapela e 2 tiras de fecho gancho (tipo velcro) resistente ao fogo. neste zíper. na parte inferior do blusão um bolso chapado com 200mm de largura por 200mm de altura. Com altura entre 70 e 100 mm e largura entre 510 e 550 mm e comprimento entre 560 e 600 mm total conforme o tamanho do blusão. protegendo duplamente contra penetração de líquidos. e em sua parte interna deverá possuir fecho de argolas e ganchos (tipo velcro) resistente ao fogo de 50mm de largura na cor preta.2. medindo entre 50 e 70 mm por 50 mm. no punho será fixado um engate para polegar com forma de delimitar a posição do punho. somente na parte inferior.2.4. A parte interna da gola será aberta juntamente com a base do pescoço para que a barreira de calor e umidade seja fixada com fecho de argolas e ganchos (tipo velcro) ou fita prendedora de ganchos e argolas resistentes ao fogo. Fechamento 2.2. Punhos 2.3. que deverá resistir a produtos químicos. costurada do lado direito. . Deverá ter o corpo confeccionado em três peças e as mangas deverão ser tipo social em duas peças alongadas e retraídas. costurada de forma que haja 2.5. A lapela será fixada a gola por meio de fita plana de 20mm de largura.1. 3ª e 4ª camadas do blusão.2.2. As expansões deverão ser contempladas em todas as camadas de proteção da vestimenta.2. fixado na vertical. de 20 mm x 70mm na gola.2. Deverão ser em malha dupla de fibra 100% meta-aramida com gramatura total de no mínimo 300g/m² costurado a um fole de tecido ignífugo interno. percorrendo até a altura do quadril com 25mm de expansão e fechado até o término da faixa refletiva da barra. 2.5.1. Confecção do Blusão 2.2.SIAD Catálogo de Materiais e Serviços . 2.PDF 2.2mm na base das costuras de expansão da manga e de no mínimo de 30mm de expansão no seu prolongamento lateral em cada lado desta expansão.1. formando uma bolsa de proteção para não entrada de água com no mínimo 50mm de bolsa interna sem costuras.2. deverá possuir um cadarço de couro hidrofugado para facilitar a abertura/fechamento do mesmo. fixado a camada externa. 2.1. a lapela deverá ter no mínimo 110mm de largura. fixo no lado esquerdo da gola. 2.CATMAS ITEM 120295-2_M.1. Nas costas expansão na altura dos ombros com sobreposição de pelo menos 27mm. Gola 2.2. Deverá possuir lapela de fechamento fixada na vertical em toda a extensão do blusão. esta expansão deverá começar com no mínimo 0.2.1.4.1.GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços .

5.2. e no bolso fecho gancho resistente ao fogo de 50mm de largura por 70mm de altura.3.2.1.2. com a face de PTFE voltada para fora.2. Uma tira de 19mm (3/4pol) de largura da porção das argolas da fita prendedora de ganchos e argolas (tipo velcro) ou fita prendedora de ganchos e . Deverá ter forro removível. no mínimo. com dois ilhoses de metal não oxidáveis na parte do fundo para escoamento de líquidos com 70mm de largura por 70mm de profundidade e 150mm de altura. Costuras 2. na região torácica. aprovado pela Resolução 271/2007CBMMG. do lado esquerdo. deverá possuir os dizeres “BOMBEIROS” em cima.7.2.1. Dois botões de pressão machos deverão ser posicionados em cada bainha do prolongamento da manga para alinhar as mangas. Forro 2. TEX 70.8.2. Os botões devem ser igualmente espaçados ao longo das bordas guias dos painéis direito e esquerdo do corpo mais externo. Deverá ser fixado em todo barramento do blusão. Nas costas. peito.CATMAS ITEM 120295-2_M. passando pelo bolso porta rádio. Deverá possuir uma tira do mesmo material da camada externa medindo 80mm por 20mm para fixação do microfone do rádio.2.8. sendo que este bolso deverá ser protegido pela lapela com vão para passagem da antena do rádio dos dois lados. esta lapela deverá possuir fecho de argolas resistente ao fogo de 50mm de largura por 70mm de altura. 2. com dois ilhoses de metal não oxidável em cada um dos cantos inferiores para drenagem de líquidos. na altura dos bíceps e nos punhos a 60mm do início da manga. sendo suas dimensões de 200mm de largura por 200mm de altura.2. 2. As costuras internas da barreira contra líquidos e vapores deverão ser seladas com fita termo fixável através de roletes de pressão. Deverá ter faixa refletiva antichamas em tecido 100% meta-aramida na cor amarela com uma tarja no centro na cor prata com largura de 50mm com micros esferas de vidro e deverá possuir 500candelas/m² de reflexibilidade. Deverá ter reforço em couro hidrofugado na cor PRETA nos cotovelos em formato oval ao centro e no final das mangas como arremate. Faixa Reflexiva 2.4.6. 2. feito do mesmo material da 1ª camada. Deverá possuir dois bolsos feitos da mesma camada externa do blusão.SIAD Catálogo de Materiais e Serviços .5.2. sendo que todas as costuras principais deverão ser duplas e em todos os pontos de tensão deverão possuir travetes de reforço com no mínimo quatro pontos por centímetro linear.2.2. 2.2. 2.PDF 2. essa fita deverá ser em 100% PTFE ignífugo com largura mínima de 20mm e em uma de suas faces deverá possuir o adesivo para a selagem das costuras.5. 2. e nas laterais a fixação se dá através de oito botões de pressão de metal não oxidável fixado a camada externa e ao forro. 2.9. nas costas.2.7. 2.3.6. As costuras deverão ser feitas em linha 100% meta-aramida de no mínimo quatro cabos torcidos entre si.2. A posição da porção macho do botão de pressão no forro deverá ser exatamente na mesma localização de tamanhos de forros similares e a porção fêmea da bota de pressão na estrutura externa deverá estar posicionada exatamente na mesma localização de tamanhos de estruturas externas similares. Deverá possuir um bolso porta rádio.1.9.2. O fechamento dos bolsos deverá ser através de lapela protetora de 110mm de altura por 200mm de largura com fechamento de dois fechos de argola e ganchos (tipo velcro) resistente ao fogo de 50mm por 50mm nos bolsos e 50mm por 70mm posicionado na extremidade da lapela.9. constituído de micro esferas de vidro com grande angularidade. deverão ser sanfonados com largura não inferior a 45mm. fixado a estrutura externa através de botões de pressão de metal não oxidáveis e fecho argolas (tipo velcro) resistente ao fogo de 25mm na parte superior da gola. conforme previsto na pagina 28 do Manual de Identificação Visual do CBMMG. Reforço 2.GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços . iniciando na parte inferior da faixa refletiva em cada lateral do blusão. no meio MINAS GERAIS e abaixo 193. posicionados na parte inferior frontal.9.1.

4. A calça é confeccionada em quatro peças e com braguilha frontal de 200mm.5.1. criando uma grande alça.4. MEDIDAS BLUSÃO Comprimento Tórax Costas Cava da manga Mangas (PP) 820 mm 570 mm 570 mm 310 mm 790 mm (P) 830 mm 600 mm 600 mm 320 mm 800 mm (M) 840 mm 630 mm 630 mm 320 mm 810 mm (G) 850 mm 660 mm 660 mm 340 mm 820 mm (GG) 860 mm 690 mm 690 mm 340 mm 830 mm (XG) 870 mm 720 mm 720 mm 360 mm 840 mm 2. Uma aba de material da estrutura externa e atavio refletivo devem ser costurados sobre a parte externa da alça e sobre as aberturas das fendas. 2. 2.etc. e deverá corresponder com a porção de ganchos. na barra da calça. faceando o corpo do usuário.2. stedshield. Dispositivo de Salvamento por Arrasto 2.5. 2. Deverá ter faixa refletiva anti-chama em material 100% meta aramida na cor amarela com uma tarja no centro na cor prata com largura de 50mm.GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços .3.4.2.2.: arashield. Deverá ter reforço em couro hidrofugado na cor PRETA medindo 200mm x 330mm nos dois joelhos.1. Faixa Reflexiva 2. garantindo assim a não abertura do fecho frontal. 2. Deve ser fabricado com uma tira construída com fio inerentemente antichama. A área ao redor da(s) fenda(s) deve ser reforçada com uma camada de material da estrutura externa ou com tecido de para-aramida com revestimento de polímero (ex. 2. 2.PDF argolas resistentes ao fogo deverá ser costurada ao topo do forro.10.10.1. 2. costurado para cobrir a barreira de calor e umidade.10. Composição das calças de proteção: as mesmas do blusão. .4. fechamento através de fechos de argolas e ganchos (tipo velcro) resistente ao fogo de 50mm de largura x 220 mm de altura.SIAD Catálogo de Materiais e Serviços .4. 2.6. Deve ser localizado entre o forro e a estrutura externa de cada jaqueta. Confecção da calça 2. com micro esferas de vidro e deverá possuir 500 candelas/m² de reflexibilidade no mínimo. sendo confeccionada conforme norma NFPA 1971/2007.2. 2.1.2. reforço de 25mm em couro hidrofugado na cor PRETA e também duas tiras em couro para a fixação do forro removível através de dois botões de metal não oxidável.2.10. Deverá ter.4.2. do lado direito da calça. Deverá ter expansão longitudinal com no mínimo 16mm na parte inferior e superior do joelho em todas as camadas.4.). A aba deve também apresentar uma lingüeta para facilmente acessar o dispositivo de salvamento por arrasto com uma mão enluvada.2.4.4. Reforço 2. Deverá ter quatro engates fixos à cintura da calça na parte interna para receber o suspensório.4. sendo que a primeira expansão está a pelo menos 320mm da barra e a segunda expansão a 200mm da primeira expansão. Deverá ser fixada em todo o barramento de cada perna da calça com 90mm acima do término da mesma. possuindo um botão de pressão de metal não oxidável na parte superior da braguilha para servir como guia para o fechamento da mesma.6. A estrutura externa e a aba terão fechamentos de ganchos e argolas correspondentes para prender a aba. cintura com costura dupla e com acabamento de um revel de 70mm.CATMAS ITEM 120295-2_M.3. 2.4. A tira de para-aramida deve então ser enfiada através da fenda e costurada com fio de paraaramida de alta resistência. 2. Devem ser cortadas uma ou duas fendas de aproximadamente uma polegada cortada horizontalmente no painel traseiro superior da estrutura externa do blusão na base da gola. Cós traseiro com elástico embutido de 50mm fixadas através de duas costuras duplas.5.10.3. Deverá ter um cinto de Nylon com engate na parte frontal recoberto.4.

imediatamente. seu fechamento se da através de dois botões de pressão de metal não oxidáveis no cadarço de algodão ou de engate rápido macho fêmea. sendo fixado à calça através de cadarço em 100% algodão ou em tecido misto de algodão e elastômero. podendo fazer inspeção total da barreira de umidade. data de fabricação e tamanho do blusão. Bolsos 2.7. Forro removível.8.8. confeccionado com a barreira de umidade e a barreira de calor unida totalmente com fecho de argolas e ganchos de 25 mm na parte superior da calça e na parte inferior das duas pernas e com 13 botões de pressão de metal não oxidável espaçados na cintura e na barra. Na parte interna do blusão e da calça deverá conter uma etiqueta com as seguintes informações do fabricante do blusão: número do CNPJ. Os bolsos deverão estar posicionados. sendo estas duas barreiras fixadas à calça na parte superior por meio de nove botões de pressão de metal não oxidáveis e na parte inferior por meio de dois botões de pressão de metal não oxidável em cada barra. essa fita é em 100% PTFE ignífugo com largura mínima de 20mm e em uma de suas faces deverá possuir o adesivo para a selagem das costuras. instrução de lavagem. possuindo também todas as costuras vedadas e seladas.1. ETIQUETAS 3. Deverá ter dois bolsos expansíveis laterais medindo 250mm de largura por 250mm de altura. Haja vista que a mesma pode se danificar devido às agressões nas ações de trabalho no combate a incêndios. 2. 2. Deverá ter um cadarço de material impermeabilizado em ambas as camadas.4.4. lateralmente com largura não inferior a 45mm com dois ilhoses de metal não oxidável em cada fundo de bolso para a drenagem. Suspensório 2. não metálico de 50 mm de largura.1.4. 2. Suspensório em H.4.1.CATMAS ITEM 120295-2_M.7.9. As costuras deverão ser feitas com linha de 100% fibra de aramida de no mínimo quatro cabos torcidos entre si.4.4. As costuras internas da barreira contra líquidos e vapores deverão ser seladas com fitas termo fixável através de roletes de pressão.3.4.1.4.1. sendo que todas as costuras principais deverão ser duplas e em todos os pontos de tensão deverão possuir travetes de reforço. MEDIDAS CALÇA Comprimento Cintura dobrada Entre pernas Boca perna dobrada (PP) 1040 mm 460 mm 740 mm 290 mm (P) 1050 mm 490 mm 750 mm 290 mm (M) 1060 mm 520 mm 760 mm 290 mm (G) 1070 mm 550 mm 770 mm 290 mm (GG) 1080 mm 580 mm 780 mm 290 mm (XG) 1090 mm 610 mm 790 mm 290 mm 3.8. tudo em língua portuguesa brasileira. número de lote. em cima das proteções dos joelhos.GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços .4. 2.10. 2. identificação da composição das camadas protetoras do blusão.8.4. Forro 2.9. TEX 70. Costuras 2.SIAD Catálogo de Materiais e Serviços . com fechamento de dois fechos de argolas e ganchos (tipo velcro) ou fita prendedora de ganchos e argolas resistente ao fogo de 50mm por 50mm nos bolsos e 50mm por 70mm posicionados na extremidade da lapela.2. O fechamento dos bolsos deverão ser através de lapela protetora de 100mm de altura por 250mm de largura.10.PDF 2. .