You are on page 1of 2

Drogas: O cigarro e seus malefícios

Drogas são substâncias naturais ou sintéticas que, ao serem introduzidas no organismo, atuam sobre um ou mais de seus sistemas, produzindo alterações em seu funcionamento. A Lei nº 11.343, de 23 de agosto 2006, acrescenta, ainda, que drogas são substâncias ou produtos capazes de causar dependência. Os cigarros são drogas, embora seu uso não seja proibido por lei – mesmo podendo provocar muitos danos ao organismo e também à sociedade, sendo um dos produtos de consumo mais lucrativos e mais vendidos no mundo, com ampla expansão de mercado, é atualmente o maior problema de saúde pública mundial. Até setecentos aditivos químicos talvez entrem nos ingredientes utilizados na fabricação de cigarros, mas a lei permite que os fabricantes guardem a lista em segredo. No entanto, constam entre os ingredientes matais pesados, pesticidas e inseticidas. Alguns são tão tóxicos que é ilegal despejá-los em aterros. Aquela atraente espiral de fumaça está repleta de umas 4.000 substâncias, entre as quais acetona, arsênico, butano, monóxido de carbono e cianido. Os não fumantes também correm risco quando estão pertos de uma pessoa quando está fumando, pois ficam expostos a pelo menos 43 substâncias comprovadamente cancerígenas.
Os efeitos provocados pelo cigarro são sintomas psicológicos e físicos responsáveis pela dependência, tais como clareza de pensamentos, maior atenção, capacidade de concentração e aumento da memória, além de diminuir o apetite, deficiência auditiva, irritabilidade, depressão, deficiência na musculatura. O cigarro pode causar doenças do coração e distúrbios circulares, hemorragias cerebrais, doença pulmonar crônica e câncer de pulmão. Pode-se acrescentar ainda o perigo de incêndios, já que o fumo é a principal causa de incêndios em residências, hotéis e hospitais.

Concluindo, o fumo e seus derivados fazem parte do grupo de drogas consideradas de alta periculosidade a saúde humana. Vidas são tragadas pelos malefícios do fumo a cada minuto. Entretanto o lucro gerado pelo fumo movimenta bilhões de dólares todos os anos. Milhares de horas de propaganda a favor do fumo são veiculadas nos meios de comunicação de massa toda semana buscando novos mercados consumidores. Se o fumo é um mal para uns, faz muito bem a outros tantos que usufruem do lucro gerado pelo fumo e seus derivados. A grande maioria, entretanto, morre e adoece todos os dias. O fumo traz inúmeras despesas à nossa sociedade, principalmente as relacionadas com a saúde pública.

Fonte de consulta: - http://freimarcelo-venhasuperarlimites.blogspot.com.br/2010/08/fumo-cigarro-e-suasconsequencias.html, acessado em 12./09/2013. - http://www.mundoeducacao.com/drogas/cigarro.htm, acessado em 12./09/2013.