You are on page 1of 3

CONTAGEM MANUAL DE PLAQUETAS PELO MÉTODO DE MASPES & JAMRA

Trata-se de um procedimento de contagem de plaquetas manual e direto descrito em 1955 e modificado posteriormente por Oliveira & Barreto em 2003. No processo de separação dos eritrócitos do plasma, tanto por sedimentação espontânea, quanto por baixa força centrifuga, as plaquetas se arranjam de uma maneira uniforme distribuídas no plasma e mantém em valores constantes, embora boa parte de plasma livre de plaquetas fique retida entre os eritrócitos sedimentados, o que torna o plasma sobrenadante superconcentrado de plaquetas (3). Alternativamente, o valor de plaquetas no plasma pode ser corrigido empregando a tabela (anexo 1) com índices calculados através da fórmula: plaq/mm sangue = plaq/mm plasma x {[100 – (Ht + Ht/2)]/100}
3 3

AMOSTRA
 Sangue total com EDTA

MATERIAIS E EQUIPAMENTOS
       Material para determinação de hematócrito (manual ou automatizado) Centrífuga Câmara de Neubauer Microscópio Placa de Petri 100 mm com algodão umedecido Tubos de ensaio 12x75 mm (tubos de hemólise) Pipetadores automáticos

Solução diluidora (formalina 1%) Formol 40% NaCl 0,85% q.s.p. 1,0 mL 100 mL

QUADRANTES DE CONTAGEM
Os quadrantes no retículo de Neubauer destinados à contagem são os mesmos recomendados para eritrócitos e estão indicados na figura 1 como H1, H2, H3, H4 e H5:

Document1

Criado por Rubens de Oliveira Santos

pagina 1

Document1 Criado por Rubens de Oliveira Santos pagina 2 .000 rpm por um minuto.0 mL) a 1. 4. B e C. 2. 2. Contar todo o quadrante central. Obtenção de plasma rico em plaquetas (PRP) 1. Protocolo B – PARA AMOSTRAS PLAQUETOPÊNICAS  Proceder como protocolo A. Aspirar 20 µL de PRP e diluir no tubo com solução diluidora (1:50). Encher o retículo de Neubauer. Determinar o hematócrito do paciente por centrifugação ou automação.Figura 1: quadrantes de contagem para protocolos A. diluições alternativas devem ser empregadas. Pipetar 980 µL de solução diluente em um tubo 12x75 mm. Contar as plaquetas nos cinco quadrantes de contagem de hemácias (H1+H2+H3+H4+H5) em aumento de 400x (objetiva de 40x e ocular de 10x). Protocolo C – PARA AMOSTRAS PLAQUETOPÊNICAS  Empregar diluição de 1:10:  20 µL PRP + 180 µL solução diluente.5 a 4. Alternativamente pode deixar a amostra em repouso por 30 min Protocolo A – PARA AMOSTRAS NÃO-PLAQUETOPÊNICAS 1. Em amostras plaquetopênicas. sendo então sugeridos quatro protocolos de contagem conforme o grau de trombocitopenia. Figura 2: quadrantes de contagem para protocolo D. indicado pela região circundada na figura 2. PROCEDIMENTO Um critério que assegura a exatidão e reprodutibilidade dos resultados é que a soma nos cinco quadrantes de contagem (H1+H2+H3+H4+H5) seja entre 150 a 200 plaquetas. Protocolo D – PARA AMOSTRAS SEVERAMENTE PLAQUETOPÊNICAS   Proceder como no protocolo C. Centrifugar o sangue total do paciente (2. 5. Colocar em câmara úmida e deixar em repouso por 20 min em posição horizontal. empregando diluição de 1:20:  20 µL PRP + 380 µL solução diluente. 3. mas quando a contagem nos cinco quadrantes de hemácias (H1+H2+H3+H4+H5) for inferior a 150 plaquetas.

279 0.236 0.724 0.523 0.408 Hematócrito 36% 37% 38% 39% 40% 41% 42% 43% 44% 45% 46% 47% 48% 49% 50% 51% 52% 53% 54% 55% 56% 57% 58% 59% 60% 61% FC 0.351 0.394 0.250 0.710 0.509 0.322 0.767 0.380 0. A tabela no anexo 1 apresenta os valores de acordo com o hematócrito.609 0.s.179 0.494 0.638 0.207 0.085 Document1 Criado por Rubens de Oliveira Santos pagina 3 .652 0.336 0.451 0.595 0.265 0.CÁLCULOS Os resultados da contagem em câmara representam o valor de plaquetas no plasma.193 0. Protocolo A (H1+H2+H3+H4+H5) x 2500 x FC* Protocolo B (H1+H2+H3+H4+H5) x 1000 x FC* Protocolo C (H1+H2+H3+H4+H5) x 500 x FC* Protocolo D (Quadrante central) x 100 x FC* LÍQUIDO DE DACIE Formol 40% Citrato trissódico 3% 1 mL 99 mL LÍQUIDO DE TURK Ácido acético glacial Violeta de genciana 1% Água destilada q.365 0.466 0.293 0.380 0.408 0.624 0. FC = {[100 – (Ht + Ht/2)]/100} Deve-se considerar também o fator de diluição empregado. 3 Com os cálculos abaixo se obtém a contagem de plaquetas por plaq/mm sangue.308 0.480 0.695 0.135 0.p.150 0.121 0. Esta fator tem um valor fixo para cada valor de hematócrito.394 0.738 0.566 0.365 0.164 0. 3 1 mL 1 mL 100 mL 3 FATOR DE CORREÇÃO (FC) PARA CONVERSÃO DE PLAQ/MM PLASMA PARA PLAQ/MM SANGUE PELA FÓRMULA MATEMÁTICA FC = {[100 – (HT + HT/2)] /100} Hematócrito 10% 11% 12% 13% 14% 15% 16% 17% 18% 19% 20% 21% 22% 23% 24% 25% 26% 27% 28% 29% 30% 31% 32% 33% 34% 35% FC 0.667 0. devendo utilizar o 3 3 fator de correção (FC) para conversão de plaq/mm plasma para plaq/mm sangue através da formula abaixo.552 0.681 0.423 0.222 0.537 0.351 0.581 0.437 0.753 0. já considerando a diluição empregada (protocolo) e o fator de correção pelo hematócrito (FC).