You are on page 1of 2

PROBLEMA DE TRANSPORTES (Pesquisa Operacional) 1. Introdução.  Temos uma quantidade definida de origens (linhas — m) e destinos (colunas — n).

 Sistema de transporte equilibrado: somatória da demanda = somatória da oferta. 2. Modelagem.  Função Objetivo:  Objetivo: determinar o número de unidades do produto, que devem ser transportados de cada origem i para cada destino j, de forma a minimizar o custo total de transporte.  Três considerações importantes:  É possível embarcar de qualquer uma das origens para qualquer um dos destinos;  Deve-se satisfazer a demanda dos destinos (colunas) e a oferta das origens (linhas).  O custo independe da quantidade transportada.  Portanto, a FO será: ∑∑  Ou seja, a função objetivo é a soma de todos os produtos entre o custo de uma origem (i) para um destino (j) específico e a respectiva quantidade transportada .  Restrições:  A mais óbvia de todas é a que as quantidades transportadas devem ser positivas:  A segunda é a restrição em relação à oferta:  A soma das quantidades transportadas em cada linha deve ser igual à quantidade ofertada por aquela origem (linha). Exemplo: ∑  A terceira é a restrição é em relação à demanda:  A soma das quantidades transportadas em cada coluna deve ser igual à quantidade demandada por aquele destino (coluna). Exemplo: ∑  E por último, deve-se verificar se a quantidade total ofertada é igual a quantidade total demandada: ∑ 3. Quadro Modelo: Destinos 1 O R I G E N S 1 2 2 n Oferta ∑

m Demanda

4.    

Algoritmo do Problema de Transporte. Método iterativo que compreende os seguintes passos: Encontrar uma solução básica inicial; Verificar se a solução é ótima. Caso não seja, ir para o próximo passo. Determinar uma nova solução básica compatível e testar a otimalidade.

 Exatamente uma adição e uma subtração devem aparecer em cada linha e coluna do caminho traçado. devem ser calculados.4. Obtenção da Solução Básica Inicial.  Em outras palavras. onde m é o número de linhas e n corresponde ao número de colunas.  Se  Se  Caso haja alguma quantidade positiva em uma origem fictícia.  Antes de iniciar a solução do problema. deve-se determinar para cada variável não-básica (aquelas cuja quantidade é igual a zero) um “caminho fechado” (closed-loop) para obter a eventual contribuição específica a função objetivo (acréscimo ou decréscimo do custo de transporte).  Etapa 1: calcular os resíduos (ou penalidades) de cada uma das linhas e colunas.  Caso o sistema esteja desequilibrado.  A partir da solução básica inicial encontrada. subtraindo o menor valor do segundo menor valor de naquela linha ou coluna.  Existem vários métodos para se encontrar soluções iniciais.2.  Etapa 3: eliminar a linha ou coluna já completamente atendida e retornar à etapa 1. escolher qualquer um) e alocar o máximo possível de unidades à célula de MENOR daquela linha ou coluna.  SOLUÇÃO ÓTIMA: para verificar se a solução obtida é ótima. assim como um caminho pode conter “cruzamentos”.  Se houver alguma quantidade positiva em um destino fictício. os valores das contribuições das variáveis não básicas.  Variável que entra: aquela que contribui com a MENOR redução no valor da função objetivo. a saber:  Adote um sentido (horário ou anti-horário). cria-se uma origem ou destino fictício para balancear. isso indica o excesso de uma origem.  Definido quem entra e quem sai. deve-se realocar o valor da variável que sai pelo “caminho fechado” da variável que entra. 4. produz a solução ótima.  Para se determinar esse caminho. Método de Vogel.  Na prática.1. isso indica que aquele destino deixará de receber aquela quantidade.  Há somente um caminho fechado para cada célula vazia. O melhor é o Método de Vogel. para que esta última não assuma valores negativos. a partir de novos caminhos fechados.  Variável que sai: aquela com sinal negativo no caminho fechado e com alocação inicial de menor valor absoluto.  Os extremos do caminho (a menos da variável não-básica) devem ser células ocupadas. esse método pesquisa se alguma solução melhor pode ser obtida. a solução ótima foi encontrada. devem ser respeitados alguns critérios.  O número de variáveis básicas definidas deverá ser: . de tal forma que nenhuma célula do caminho fechado fique com valores negativos. balanceando-a.  Freqüentemente.  Etapa 2: escolher a linha ou coluna com o MAIOR valor de resíduo (se empatar. Se todas essas contribuições forem POSITIVAS. . calculada a partir do método de Vogel.1. o valor da variável que entra vai ser igual ao da variável que sai.  Células ocupadas podem ser “puladas”. recalculando valores de resíduos. verificar o equilíbrio oferta-demanda. 4. Algoritmo Stepping-Stone  Consiste em uma seqüência de passos para alcançar a solução ótima a partir de uma solução inicial.  Etapa 4: terminar quando restar apenas uma linha ou coluna.1. O valor a ser alocado a esta célula deverá ser o MÁXIMO.