You are on page 1of 6

CANCER DE MAMA Classificação clinica TUMOR T1 – tumor até 2 cm T2 – tumor de 2,1 a 5 cm T3 – Tumor maior que 5 cm T4A – parece costal - pega

musculo intercostal não pega peitoral – TRÁS T4B – pegou a pele – peau d’orange – ulcerou - FRENTE T4C – T4a + T4b – os dois T4D – característica peculiar carcinoma inflamatório LINFONODO N0 – nada N1 – 1 linfonodo axilar comprometido N2 – axila com monte de linfonodo coalescido e amolecidos - MASSAROCA N3 – metástase nos linfonodos da cadeia mamaria – mamaria interna do mesmo lado do câncer – não axilar METASTASE M0 – não possui M1 possui metástase MX – não sabe / não localizou ESTADIAMENTO CLINICO I – SEM LINFONODO COMPROMETIDO II – SE HOUVER PELO MENOS 1 LINFONODO COMPROMETIDO III – VARIOS LINFONODOS COMPROMETIDO - MASSAROCA IV – PRESENÇA DE METASTASE I E II – CANCER INICIAL – NÃO SE ESPALHOU – CHANCES DE CURA – INICIAL COM TRATAMENTO CIRURGICO III E IV – CANCER AVANÇADO SEM CHANCE DE CURA – INICIA-SE COM QUIMIOTERAPIA – TRATA 1º O ORGANISMO DEPOIS PENSA-SE EM RETIRAR O TUMOR PACIENTE de alto risco para câncer mama – já teve mãe, irmã – parente do primeiro grau com câncer de mama antes da menopausa; se já fez biopsia com atipia na mama; história –

Halsted Depois – iniciou-se a quadrantectomia – com esvaziamento do linfonodo – com radioterapia Haslted X quadrantectomia – mesmo prognóstico Mastectomia X cirurg. .Hormonioterapia .cura de 30-40% Com metástase – cura de quase 0% TEREAPEUTICA Loco-regional . CONCEITO Iniciais sem comprometimento linfonodal possuem grandes chances de cura. se estádio II já há comprometimento linfonodal e a cura é menor Estadio II 0. paciente que já teve câncer de mama tem grande risco de ter novamente.diamentro < 3cm – mama pequena um tumor de 3 cm pode acabar sendo necessário arrancar toda mama.radioterapia Sistêmico .Quimioterapia .Imunoterapia CIRURGIA DA MAMA – CONSERVADORA Inicialmente era feita a retirada da mama inteira . se for grande a mama – pode se usar em tumores ainda maiores.Carcinoma in situ Lobular Ductal Paget . como os a seguir: .suscetibilidade genética comprovada (mutação BRCA 1 e 2). o ideal seria localizar em estádio I e in situ. Conservadora e radio – mesma incidência de metástase. Requisitos da quadrantectomia .Carcinoma invasivo T1 (<2cm) T2 (<3cm) N0 INCIDÊNCIA – MAIORIA DIAGNÓSTICO EM Estadio II.cirurgia .

RESULTADOS ESTETICOS .. Quando fazer linfonodo sentinela (1º linfonodo que recebe a drenagem da mama.QT previa não indicada . ou ligar veia. às vezes as veias colaterais mantem a função da veia lesada. até arrancar toda área alterada Drenagem linfática Classificação do nível dos linfonodos – relevante para a cirurgia – quanto maior o nível mais difícil é o alcance cirúrgico: Nível I Lateral peitoral maior Nível II Anterior peitoral maior Nível III Medial peitoral maior Dissecção da axila – preservar veia axilar. Se lesão – suturar veia.seguimento  dependendo do que o patologista acha durante a cirurgia pode ser necessário arrancar um fragmento maior da mama. plexo e nervo torácico longo – não lesar. nesse caso) – se o sentinela não tiver tumor os outros também não tem – e não precisa ser retirados – cirurgia mais fácil e menos edema de MMII Linfonodo a partir de 2 cm chances de 44% de câncer – já há indicação CA INVASIVO < 10 LINFONODO PROGNÓSTICO LINFONODO SENTINELA – Como encontrar linfonodo sentinela – azul patente aplicado nos 4 quadrantes massagear e depois procura linfonodo corado Radioisotopo – injeta radiofarmo – ele impregna no linfonodo – faz-se linfocitografia e identifica com o probe – instrumento que apita ao localizar CARCINOMA DE MAMA – RADIOTERAPIA 4500 cGY 1000 cGY Rt introperatória – quadrantectomia – entra o radio e irradia a mama fazendo toda dose de uma vez só no intra-operatório – paciente sai da mesa de cirurgia com cirurgia e radioterapia já feita.radioterapia .MARGENS CIRURGICAS .volume mamário – precisa ser relevante . .

Grau histológico .Recidiva Local Pos-tumorectomia Pós-mastectomia Se tumor volta – prognóstico piora muito Fatores prognóstico do Ca de mama .Receptores hormonais MAMA – positividade para receptores de estrogênio Carcinoma ductal invasivo – maior comum 90% Carcinoma lobular invasivo Tipo especiais – mucinoso / tubular / apócrino / inflamatório – metástase de vasos da pele – sobrevida de 6 meses na maioria dos casos Células podem ser mais diferenciadas –imitam melhor o tecido original da mama Menos diferenciada – imitam pior o tecido original da mama Células do câncer imitam célula do tecido original – estrógeno e progesterona leva ea multiplicação das células Presença de receptores de estrógeno e progesterona nas células cancerosas – na presença deles multiplicação de essas células cancerosas – assim: não dar pílula para essas mulheres que podem ter receptores. Tentar preservar nervo Intercostobraquial – se lesão sente parestesia em face medial do baço Reconstrução – imediata (expansor).Tumores são diagnosticados mais tardiamente em paciente com próteses.Tipo histológico . retalhos TRAM – paciente com barriga – retira barriga e joga para a mama. Mastectomia subcutânea – retira toda glândula – preserva toda pele e mamilo – Cirurgia de simetrização – coloca próteses maior de um lado e menor de outro. ou pode-se retirar mama do lado não operado deixando ambas iguais. . Retalho com revascularização da veia epigástrica.diâmetro do tumor . não pode se dar reposição hormonal que também leva ao crescimento do tumor .Linfonodos axilares (principal fator prognóstico) – mais importante .

tumor com receptor de estrogenos positivo. HER2 negativo. e não gordura – androstediona  estrona. Se tiver linfonodo comprometido vai fazer quimioterapia – ela que trata o corpo todo e célula cancerígena que tenha se espalhado. progesterona positivo. Outros casos especiais apenas acima de 3 cm.tumor com receptor de estrogenos positivo.5%). HER2 positivo. se estrog/prog induzem crescimento – pode-se inibir a produção dele. e depois da menopausa na conversão periférica da gordura (AROMATASE) INIBIÇÃO DA aromatase diminuiu a conversão periférica que produz o hormônio Antes da menopausa – tamoxifeno Depois da menopausa – tamoxifeno (20mg/dia – 5 anos) e inibidor da aromatase (mais caro e melhor na pós-menopausa FULVESTRANTO .5cm com linfonodo positivo – para esse tipo de tumor – anticorpo monoclonal que se encaixa no recptor impedindo que ele aja – impedindo o crescimento – Trastuzumabe (Herceptin). progesterona positivo. Porem ele aumenta o risco de câncer de endométrio (percentual bem menor de apenas 0. Luminal C – tumor com receptores de estrog/ prog negativo e HER2 positivo Tumor basal/ ou triplo negativo . HER2 Receptor de membrana epitelial – na membrana de células – quando superexpresso (+++/+++) – altamente agressivo – tumor de 0.Vai no tumor e destrói os receptores de estrógenos e progesterona no tumor – R$3000.Método imuno-histoquimico . ou medicamentos que ocupem esses receptores – tamoxifeno – agonista seletivo do receptor de estrógeno e progesterona isso na mama. Tamoxifeno – hormonio terapia – anti-hormonioterapia na realidade. HER2 negativo Luminal B . Luminal A e B – hormônioterapia e quimioterapia – melhor progn´sotico HER2 positivo – trastuzumabe Basal – pior prognostico só quimioterapia Quimioterapia – tumores acima de 1 cm ductal e lobular invasivo.biópsia da biópsia – 1º paciente faz biópsia que indica câncer ou não – depois necessita-se de uma imunohistoquimica-se para se saber o tipo de câncer com coloração – receptor de estrogênio positivo ou negativo? Se receptor positivo e eu der hormônio – ele cresce – assim deve diminuir a quantidade de estrógeno e progesterona do organismo – produzidos pelos ovários. pré e pos menopausa – porem apenas se receptor positivo Tumores de mama Luminal A – tumor com receptor de estrogenos positivo. mais usado. no útero ele é antagonista. progesterona positivo. . Ooforectomia – em raros casos – própria quimioterapia pode fazer ovário para de funcionar – se tumor receptor positivo – com cirurgia ou análogos de GnRh Tamoxifeno – barato.00 por mês. Ovario produtor de estradiol.

PET-scan. .. Intervalo entre ciclos – 21 dias Leucopenia impede de receber próximo ciclo Quimio mata células que se multiplica no organismo – a do câncer e outras por isso queda de cabelo e dentes.Quimio da mama de 6 a 8 ciclos – soro de 2 a 4h para receber e volta para casa em cada ciclo.. TOMO.6meses 5-10 anos – 1 ano A partir de 10 anos – alta Exame clinico. depois pulmão ou pleura. ressonancia Abdome . depois cérebro. depois fígado. tratamento local da radioterapia diferente da quimio que é sistêmico SEGUIMENTO – MESTASTASE – osso em 1º lugar (coluna e quadril). Tumores mais agressivos e avançados amplia-se a quimio – Quimio na mama agressiva – cai cabelo. ressonância Até 2 anos – 4/4 meses 2-5 anos .antraciclicos Indicações de radioterapia: quando se faz cirurgia conservadora. astenia. Mamografia – periodicidade anual. tumor maior que 4 cm. Osso – cintilografia óssea Pulmão – rx. Ressonância Cérebro – Tomografia. acima de 4 linfonodos comprometidos. 2 tipos: Amarela – taxanos Vermelha .USG.