You are on page 1of 15

Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal Escola Superior de Ciências da Saúde / ESCES Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde

FEPECS

VESTIBULAR
2001
INSTRUÇÕES

Verifique se este caderno de prova contém um total de 60 questões, assim distribuídas:
Língua Portuguesa e Literatura Brasileira - questões de nos 1 a 20 Inglês/Francês - questões de nos 21 a 30 Matemática - questões de nos 31 a 45 Física - questões de nos 46 a 60 Redação

Caso contrário, reclame ao fiscal da sala um outro caderno completo.
Não serão aceitas reclamações posteriores.
Para cada questão existe apenas UMA resposta certa.
Você deve ler cuidadosamente cada uma das questões e escolher a resposta certa.
Essa resposta deve ser marcada na FOLHA DE RESPOSTAS que você recebeu.
ATENÇÃO

Marque as respostas primeiro a lápis e depois cubra com caneta esferográfica de tinta preta.
Marque apenas uma letra para cada questão, mais de uma letra assinalada implicará anulação dessa questão.
Responda a todas as questões.
Não será permitida qualquer espécie de consulta, nem o uso de máquina calculadora.
Você terá 4 horas para responder a todas as questões, fazer a Redação e preencher a Folha de Respostas.
Devolva este caderno de prova ao aplicador, juntamente com suas Folhas de Respostas e de Redação.
"Direitos autorais reservados. Proibida a reprodução, ainda que parcial, sem autorização prévia." FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS
Julho, 2001

Quanto ao que tem sido feito. Quando elas são levadas para o pulmão é que é problema. – As infecções hospitalares são a quarta causa de óbito no mundo. estabelecer conexões entre vários relacionados à infecção hospitalar. Cerca de 5 a 10% das pessoas que adquirem uma infecção no hospital morrem. necessário se o doente está com dificuldade de respirar. A colocação de sondas. (A) ao uso indiscriminado de antibióticos. aos procedimentos invasivos. Em outra passagem da entrevista. Em relação ao texto. o infectologista (que acaba de publicar o livro Infecção hospitalar e suas interfaces na área da Saúde ) ressalvou o desafio que representam tais ocorrências.30/07/01 . as razões da infecção hospitalar devem-se. quando em maior número que as células humanas. As células bacterianas. Fernandes lembrou que desde 1997 existe uma lei que obriga hospitais públicos e particulares a instituírem uma comissão de controle de infecção hospitalar (CCIH). mas que isso não vem sendo feito: mais da metade dos hospitais sequer chegaram a formar suas comissões. no Brasil. II. E é preciso não esquecer que o uso indiscriminado de antibióticos muito potentes acaba por agravar o quadro: mais resistentes serão as bactérias que escaparem à sua ação. abre portas para a contaminação. O infectologista entrevistado manifestou sua posição contrária a que se empreguem procedimentos invasivos nos casos de pacientes debilitados. depois das doenças cardiovasculares. (Adaptado de Articulos de Salutia. _________________________________________________________ 2. Pode-se considerar que os pacientes mais susceptíveis são os que apresentam o organismo mais debilitado – e talvez. E isso pode acontecer durante um processo de entubação. sobretudo. II. todo procedimento invasivo tem de ser bem feito e indicado.O corpo tem dez vezes mais células bacterianas do que humanas. por exemplo. depois das doenças cardíacas. até defendem a boca contra outros invasores. FEPDF-01-P (D) (E) 2 . do câncer e da violência. III. por exemplo. do câncer e dos procedimentos violentos. a infecção apenas abrevie a morte. Mas tudo está em equilíbrio. para diminuir esse alto índice. precisamente. Considere as seguintes afirmações: I. levam à morte cerca de 5 a 10% dos pacientes internados. Numa recente entrevista à revista Salutia.com) (E) aos procedimentos invasivos. _________________________________________________________ O título do livro publicado pelo Dr. está correto SOMENTE o que se afirma em I. em (A) analisar os processos infecciosos considerados em sua dinâmica interna. (B) (C) (D) (E) 3. indispensável em tantos casos. II e III. pelos quais as células bacterianas ingressam em órgãos que lhes são pouco resistentes. I e II. caracterizar cada um dos procedimentos invasivos que levam os pacientes à morte. (B) A doença que vem do hospital Um dos maiores riscos de estar internado é contrair uma infecção hospitalar. Fernandes indica que o infectologista está interessado. As bactérias que vivem na mucosa bucal. o infectologista Antonio Tadeu Fernandes respondeu: . ao fato de constituírem a quarta causa de óbito no mundo. o Dr.10:03 1. perguntado sobre as razões dessa ocorrência. LÍNGUA PORTUGUESA De acordo com o infectologista entrevistado. (D) ao fato de que os organismos mais debilitados reagem com violência à ação dos mais potentes antibióticos. por eliminarem as bactérias que ofereceriam mais resistência aos procedimentos invasivos. Por isso. Atenção: As questões de números 1 a 8 referem-se ao texto que segue. mas de qualquer forma a questão precisa ser mais controlada. (C) fatores distinguir e eliminar a causa essencial das infecções hospitalares. nesses casos. responsabilizar a área da Saúde pelo alto índice de internos em estado terminal. O procedimento da entubação. é um fator de alto risco nas infecções hospitalares. que estimulam a multiplicação das células humanas e rompem o equilíbrio das células bacterianas. III.

. em função _________________________________________________________ 7.. A grafia de todas as palavras está correta na frase: É imprescindível a ativação de comissões de controle que implementem medidas eficazes de combate à mortalidade devida às infecções hospitalares. Urgem providências sérias para diminuir os índices de infecção hospitalar. Por volta de 5 a 10% das pessoas que contraem infecção no hospital são um alto índice que tais casos representam de mortalidade. É oportuno lembrar que. (folhaonline..30/07/01 . Considerado o contexto. está corretamente traduzido o sentido do elemento sublinhado na seguinte frase do texto: (A) (B) (C) Quando elas são levadas para o pulmão é que é problema. (. no início deste ano. Espera-se que o livro do Dr. o especialista em fertilidade italiano. (.  a menos que. Um dos maiores riscos a que um interno se expõe é o da infecção hospitalar. O Dr. Fernandes obtem uma repercução positiva entre todos os profissionais ligados à área da Saúde. do câncer e da violência sobressaindo como quarta causa de óbito mundial. os ministros querem estabelecer um instrumento legal.br/folha/reuters) FEPDF-01-P 3 . (. anunciou sua intenção de se tornar o primeiro cientista a clonar um ser humano. 8. (D) (E) O paciente mais susceptível às infecções é aquele em cujo organismo se apresenta mais debilitado. A existência de uma lei que obriga à criação de comissões de controle não acarretou modificação sensível no índice de mortalidade por infecção hospitalar. a Grã-Bretanha e a Austrália estão (C) considerando a possibilidade de consolidar em forma de lei a interdição da clonagem humana.com.) até defendem a boca contra outros invasores  ainda não. no Brasil. Tem sido feito poucos esforços. Com a iniciativa.. Devem-se aos antibióticos muito potentes um número expressivo de casos de infecção hospitalar. promoveu um intenso debate nos últimos meses acerca dos limites que a sociedade deve estabelecer para os casos em que uma intervenção científica implique alteração nas leis da natureza. após meses de discussão sobre os perigos e os benefícios do avanço científico. Por vezes são administrados sem criterio potentes antibióticos em pacientes cuja condição orgânica está fragilisada.10:03 4.. Está correto o emprego da forma verbal sublinhada na frase: (A) (B) (C) (D) Constam nas estatísticas que as infecções hospitalares são a quarta causa de óbito no mundo. A Alemanha. Os ministros das Relações Exteriores da Alemanha e da França anunciaram que vão apresentar uma proposta conjunta à ONU para proibir a clonagem humana. para diminuir esse índice. Severino Antinori.. Fernandes está em vigor no Brasil desde 1997. (E) (. só perde nas estatísticas das doenças cardiovasculares.) de qualquer forma a questão precisa ser controlada  caso contrário. (B) dos experimentos nazistas de criação de uma raça superior. (E) Ainda que a morte seja apenas abreviada. não haverá reverção do atual índice de mortalidade por infecção hospitalar. (B) A menos que medidas emergênciais sejam tomadas. os Estados Unidos. Fernandes publicou um livro ao qual se dedica a analisar o quadro das infecções hospitalares. A França já acolheu um projeto para proibir a clonagem humana em pesquisas médicas. 22/06/01 – www. A lei na qual se refere o Dr. (E) _________________________________________________________ Atenção: As questões de números 9 a 15 referem-se ao texto que segue. mesmo assim deveria-se cuidar melhor da questão que representa os óbitos motivados pelo índice de infecção hospitalar.. França e Alemanha querem proibição da clonagem humana _________________________________________________________ 6. especialmente cautelosa com o assunto. Caberiam às comissões de controle de infecção hospitalar reduzir esse alto índice.) mais da metade dos hospitais sequer chegaram a formar suas comissões  ainda assim. Está inteiramente clara e correta a redação da frase: (A) A infecção hospitalar. Na esteira das posições da Alemanha e da França. (C) _________________________________________________________ (D) 5. que afirme que a clonagem reprodutiva de seres humanos é inaceitável e incompatível com a dignidade humana.uol.. Está correto o emprego da expressão sublinhada na frase: (A) (B) É preciso reconhecer de que está havendo descaso no controle da infeção hospitalar. válido em todo o mundo. Os efeitos pernisciosos de uma internação poderiam ser amenisados caso viessem a funcionar as comissões de controle de infeção hospitalar. Nem mesmo sequer chegou-se a constituir comissões em mais da metade dos hospitais visando a diminuição desse alto índice.) necessário se o doente está com dificuldade de respirar  no caso de.

(D) (E) __________________________________________________________________________________________________________________ A França já acolheu um projeto para proibir a clonagem humana.) estão considerando a possibilidade (.... que se deve estabelecer. Se as posições de outros países...... após meses de discussão e intensos debates. (C) (D) (E) 11.. na Alemanha... A avaliação dos perigos e benefícios das clonagens humanas .. (acolher) sua iniciativa. no que diz respeito à clonagem humana.. somente. somente.. Os ministros (. O verbo indicado entre parênteses deverá assumir uma forma do plural para preencher corretamente a lacuna da frase: (A) A França e a Alemanha esperam que a ONU . O tema da clonagem humana reaviva.) anunciaram que vão apresentar uma proposta conjunta. Está inteiramente correta a pontuação da frase: (A) Pelo que se leu vários países planejam criar. indica que a posição da Alemanha e da França é contraditada pela posição dos países mencionados a seguir..... adotaram uma proposta conjunta. Restrições à clonagem humana fazem parte de um projeto recolhido na França. na França.) a clonagem reprodutiva de seres humanos é inaceitável. 14.. Os ministros querem estabelecer um instrumento legal válido em todo o mundo. III. II e III. que nenhuma relação mantêm entre si.. (D) A intenção do especialista italiano. Considere as seguintes afirmações: (E) I. Sempre . revelam uma divergência quanto à metodologia científica da clonagem humana. A frase acima encontra perfeita equivalência de sentido nesta outra frase: (A) A proibição da clonagem humana é um projeto em vias de ser apresentado na França. 12. II. com vistas à proibição da clonagem humana. um estatuto legal. ele próprio. somente. (constituir) a única forma de se garantir a proibição da clonagem humana. incômodas lembranças dos nazistas que se empenhavam cientificamente na criação de uma raça superior. a França e a Alemanha. Os argumentos a serem utilizados pelos ministros da França e da Alemanha junto à ONU tomam por base razões de ordem ética e moral. muito provavelmente.30/07/01 . (B) (B) (C) (D) _________________________________________________________ 10. II e III. Em relação ao texto está correto o que se afirma em (A) II. representam uma divergência apenas quanto à forma de legalização da clonagem. (. que abre o último parágrafo.. a revelou no início deste ano. Não há acordo claro. (E) A decisão final quanto aos limites da ação da ciência sobre a natureza ... é projetar-se como pioneiro na clonagem humana: tal como. para toda e qualquer ação da ciência. tema que aliás envolve muita polêmica. (haver) profundas divergências quando houver confronto entre ciência e natureza... e não propriamente científicas. um projeto que regulamenta a clonagem humana. A expressão “Na esteira”.10:03 9. FEPDF-01-P (B) (B) (C) (C) (E) 4 A França projeta acolher a tese de que se deve proibir a clonagem humana.. (dever) levar em conta princípios éticos e morais. I e III.) de interdição da clonagem humana. (B) (. a polêmica se intensificará no plano internacional. I. (C) I e II.. A manifestação do médico italiano Severino Antinori e a iniciativa dos ministros das Relações Exteriores da França e da Alemanha (A) constituem fatos paralelos. Severino Antinori. A França já acolheu um projeto para proibir a clonagem humana. (estar) em andamento. _________________________________________________________ 13. quanto ao limite... .. que signifique intervenção nas leis da natureza. Dispositivos legais . revelam pontos de vista semelhantes em relação a uma mesma questão científica.. Um projeto que interdita a clonagem humana já foi bem aceito pela França... A função sintática exercida pelo termo sublinhado na frase acima é a mesma que exerce o termo sublinhado nesta outra frase: A Alemanha promoveu um intenso debate nos últimos meses. representam uma divergência quanto ao limite da ação da ciência sobre a natureza. forem contrárias às da França e às da Alemanha. somente. O fato é que. Está em fase de estudos.

Érico Veríssimo e. somente. do Rio de Janeiro do fim do século XIX. somente. e conseguintemente que saí quite com a vida. os valores burgueses e os valores do homem interiorano. nas décadas de 30 e 40 do século passado.30/07/01 .10:03 15. somente. II. _________________________________________________________ III. feita por um poeta modernista. explorando recursos do estilo barroco. assim também esta correta a construção sublinhada em (A) (B) (C) (D) medida desestimulante com o progresso científico. que poluía as fontes da vida familiar e social no Brasil Império. A prosa de ficção encaminhada para o “realismo bruto” de Jorge Amado. e só aqui fracassou o Simbolismo. portanto. medida incongruente com o progresso científico. (C) A estréia desses autores coincide com a crise do Brasil puramente rural e. por isso. Deodoro todo nos trinques bate na porta de Dão Pedro Segundo. que é a derradeira negativa deste capítulo de negativas: . nossa natureza e nossa vida urbana. beneficiou-se da “descida” à linguagem oral. Está correto o que se afirma em (A) (B) (D) (E) 19. II.Seu imperador. medida inassimilável com o progresso científico. aqui. Confrontando-se poemas da Lira dos vinte anos. da sociedade baiana do século XVIII. qualquer pessoa imaginará que não houve míngua nem sobra. tanto em verso quanto em prosa. O Ateneu. A figura do índio foi apresentada. uma vez que em seu projeto de escritor ele desejou expressar nosso passado e nosso presente. não transmiti a nenhuma criatura o legado de nossa miséria. Atenção: As questões de números 16 a 20 referem-se à Literatura Brasileira. achei-me com um pequeno saldo. os contos de Valdomiro Silveira ou de Simões Lopes Neto. dê o fora que nós queremos tomar conta desta bugiganga. 18. desvinculados das vanguardas e de seu esquema de sustentação ideológica. (D) (E) projeção irônica de um desejo nacional. explorando recursos da poética neoclássica. redirecionou os rumos do Modernismo de 22: (A) Escrevendo em um período de drástica negação do discurso metafórico e musical. reconstituição irreverente de um momento histórico. sátira que um poeta arcádico utilizou desmoralizar um mandatário português. para _________________________________________________________ 17. somente. (B) da Vila Rica do século XVIII. com poemas de Os escravos. Considere as seguintes afirmações sobre a literatura romântica no Brasil: I. José Lins do Rego. Assim como está correta a construção sublinhada em “medida incompatível com a dignidade humana”. explorando recursos da retórica parnasiana. _________________________________________________________ 20. 5 FEPDF-01-P . _________________________________________________________ (C) (D) (E) Somadas umas cousas e outras. I. As sátiras de Gregório de Matos apresentam recursos do estilo de sua época e têm como alvo personagens que lhe são próximas. “. de Graciliano Ramos. O seguinte trecho de um crítico está-se referindo à produção literária que. aos brasileirismo e regionalismos léxicos e sintáticos. do Rio de Janeiro do início do século XIX. O Neoparnasianismo é fenômeno particular da literatura brasileira. I e II. Memórias sentimentais de João Miramar. quando já estava extinto em toda parte do mundo. Memórias póstumas de Brás Cubas. Memórias de um sargento de milícias. E imaginará mal: porque ao chegar a este outro lado do mistério. esses poetas resistiram às modas criadas pelo desenvolvimento tecnicista. Os versos acima exemplificam a (A) rebeldia de um poeta romântico nos anos de consolidação da nossa Independência. os tempos e os espaços ficcionais representados na obra de José de Alencar. explorando recursos da linguagem romântica. medida inaceitável com o progresso cientifico. percebe-se que nossos poetas românticos exploraram tons e temas inteiramente diversos. 16. com o realismo histórico e com o rigor científico que marcam as obras de intenção puramente documental. Isto significa que o poeta se volta contra personagens da sociedade baiana do século XVII. o movimento poético precedente sobreviveu. explorando recursos da retórica arcádica. de Álvares de Azevedo. São variados os temas. Apesar do prestígio acadêmico de Coelho Neto e de Afrânio Peixoto.Não tive filhos. em parte. medida desfavorável com o progresso científico. com o despontar de uma repulsa pela moral do senhor-e-servo. II e III. feita por um poeta romântico. I e III. O trecho acima encerra o romance em cuja abertura o narrador já se dispusera a escrever com a pena da galhofa e a tinta da melancolia: (A) (B) (C) (D) Triste fim de Policarpo Quaresma. nem toda literatura regionalista perdeu-se nos extremos do precioso ou do banal: vejam-se. de Castro Alves. II e III. (C) (D) (E) sátira bem-humorada que um poeta barroco dirigiu contra o poder do colonizador. por exemplo. e.

I became quite . (C) usou o Diflucan durante três semanas. fluconazole). In December 1998 and January 1999. De acordo com o texto. não estava amparado pela seguridade social. gastou o salário de três semanas para pagar a medicação necessária para o seu tratamento. I also have HIV.. 21. (B) pode morrer. I was not on medical aid. healthy (B) pagou o equivalente a US$76 pelo Diflucan por ser um medicamento patenteado. (D) (D) recuperou-se sem qualquer ajuda médica. poderia ter morrido. _________________________________________________________ 24. I am in good health. No texto. Later I learned that a generic equivalent of the same medicine cost less than 450 rand (about (A) $76 at the time) in Thailand. (B) safe (E) ill tem de morrer. INGLÊS No texto.. could have died significa que o autor está fadado a morrer... _________________________________________________________ I was not on medical aid significa que o autor do texto (A) não conseguiu se tratar sistematicamente. Assinale. (D) teria de ser substituída por by para dar coerência ao texto. (E) 22. I recovered and realized that unless the financial assistance of my friends I could have died. deveria ser substituída por without para tornar o texto coerente. o autor teve ajuda financeira dos amigos para se tratar. FEPDF-01-I arcou com todas as despesas de seu tratamento. na folha de respostas.. At the time. (A) well (C) teria morrido. _________________________________________________________ (D) badly 25.30/07/01 . 2001) poderia ser substituída por with ou within sem alterar a coerência do texto. where fluconazole is not patented.10:03 23. (B) não estava em tratamento médico especializado.. My (C) doctors diagnosed systemic thrush – a condition associated with HIV/AIDS progression. a letra correspondente à alternativa que preenche corretamente a lacuna do texto. a preposição unless (A) poderia ser substituída tanto por in spite of quanto por despite sem alterar a coerência do texto. Currently. sem obter melhora significativa. Over a period of three weeks I paid more than a month's salary for a medicine known as Diflucan (generic name. (E) poderia ser eliminada sem alterar a coerência do texto. (E) (E) 6 recusou-se a consultar um médico. . (Newsweek April 30. and my friends assisted me with the costs of medication. Atenção: As questões de números 21 a 25 referem-se ao texto abaixo.

(E) enjoy. Assinale. rice and toast. 7 (D) evitar bebidas gaseificadas. and eat local starchy foods. (A) If you get traveler's diarrhea. FEPDF-01-I . M. A subsequent investigation revealed that cholera struck only those who had drunk the noncarbonated bottled water.". says David Sack.. (A) noncarbonated bottled water carbonated bottled water (C) unbottled water (D) To illustrate: Dr.10:03 Atenção: As questões de números 26 a 30 referem-se ao texto abaixo. (Jean Carper. (C) tomar muito líquido. Stay away from milk. Food Your Miracle Medicine. fatty foods and any form of roughage.. rice and lentil soups. bananas. na folha de respostas. That's . reduce. (C) a maioria das águas engarrafadas contêm microrganismos que podem causar diarréia. a letra que corresponde à alternativa que preenche corretamente a lacuna do texto. associate professor of medicine at Johns Hopkins University. Also okay are salted crackers. caffeine. _________________________________________________________ Em caso de diarréia durante uma viagem. Sack. 27.. The 29. means (A) (B) (C) continue. says Dr.... Stay away from. Sack. Chicken-noodle soup. avoid. uma engarrafadora foi a responsável pelo surto de cólera em Portugal. (A) (B) (C) (D) still because until while why 30. Sack tells of an outbreak of cholera in the mid-1970s in Portugal that was traced to a bottling plant. Drink liquids such as caffeine-free sugar-free carbonated drinks.30/07/01 . increase. (E) bottled water potable water _________________________________________________________ De acordo com o texto. if it's not too salty.D. such as potato. (B) milhares de pessoas morreram em Portugal na década de setenta por causa de um surto de cólera. carbonation apparently protected the others. Carbonation makes water acidic enough to kill most microorganisms. p. is a good choice. 28... do the same as you would for any other diarrhea: Keep eating. choose carbonated bottled water over plain bottled water. carbonated water can help save you from infectious diarrhea. An adequate title for the above text would be "Saved by . in the text. _________________________________________________________ (B) ingerir apenas alimentos secos. o texto aconselha a ingerir alimentos à base de carboidratos. The plant bottled both noncarbonated and carbonated water... When traveling in foreign countries. (E) evitar alimentos à base de sal.. including those that cause diarrhea. 26. (D) o surto de cólera em Portugal foi detido graças à ação do Dr. 126) o surto de cólera em Portugal foi causado por uma planta.

05 Após fazer o pagamento usando a maior quantidade possível dessas moedas. 90 80 70 60 50 40 30 20 10 No gráfico abaixo tem-se dados sobre a evolução da febre amarela no Brasil. o número de casos confirmados em 1994 foi igual ao dobro do de 1995.50 – 15 moedas de R$ 0.05 duas eram de R$ 0. nesse período. FEPDF-01-M (E) 8 .25 uma era de R$ 0. então z2 é igual a – 8i – 4i 8 4 – 4i –8 8i (B) (C) (D) (E) _________________________________________________________ 33.30/07/01 .25 – 15 moedas de R$ 0. Se 1 i é uma das raízes cúbicas de um número complexo z. foi menor que em 1991. das que sobraram. caso s confirm ado s m o rte s 0 199 0 199 1 199 2 199 3 199 4 199 5 199 6 199 7 199 8 199 9 (Funasa/ Ministério da Saúde) A partir desse gráfico é correto concluir que. nos anos indicados. Em uma farmácia. (D) a diferença positiva entre o número de casos confirmados e o de mortes.10 – 20 moedas de R$ 0.10 duas eram de R$ 0.00 – 25 moedas de R$ 0.60 por um medicamento e tem em mãos: – 10 moedas de R$ 1.10:03 MATEMÁTICA 31.10 _________________________________________________________ 32. (A) (B) (C) (D) três eram de R$ 0. o maior número de casos confirmados ocorreu em 1999. em 1994. o menor número de mortes ocorreu em 1990. uma pessoa deve pagar R$ 25. (A) (B) a febre amarela foi erradicada no Brasil.05 uma era de R$ 0.

De acordo com uma pesquisa. Se x  y. então (sen x cos x)2 é FEPDF-01-M 9 .30/07/01 . quantas doses receberá cada um? (A) (B) (C) (D) 4 220 4 300 4 330 4 415 4 500 _________________________________________________________ 35. de números inteiros.y). 5 400 doses deixariam de ser distribuídas. faltariam 27 000 doses. na data inicial (t  0). quantos anos serão necessários. Pretende-se dividir um lote de vacinas entre os Postos de Saúde de certa cidade. na qual t é dado em anos. Se. Nessas condições. Inicialmente. pensou-se em enviar 6 000 doses a cada Posto.2 t 5 .y  12 18 satisfazem o sistema x2 @ 7 . o número de casos de pneumonia em uma população tem diminuído ano a ano. que x. Se cos 4 x  igual a (A) (B) (C) 1 4 3 4 5 4 3 2 (E) 7 2 1 e 0 2 x 5 8 . foram anotados 4 096 casos. nesse caso. então o y menor valor de yx é (A) – – (C) (D) (E) – 1 64 1 12 11 4 1 64 1 12 _________________________________________________________ 36. no mínimo. em seguida. Considere todos os pares (x. para isso. segundo os valores da função definida por f(t)  m. para que o número de casos se torne número inicial? (A) (B) (C) (D) 16 17 18 19 20 1 do 16 _________________________________________________________ 37. se o total de doses do lote for dividido igualmente entre todos os Postos de Saúde.10:03 34. mas observou-se que. mas. pensou-se em enviar 4 200 doses a cada um.

Colocou 2 comprimidos no primeiro. B e C. foram encontrados aparelhos calibrados. são colocadas etiquetas nos medicamentos. ela colocou um total de 55 comprimidos nos 5 primeiros recipientes.30/07/01 . 14% 16% 20% 25% 28% _________________________________________________________ Em uma pesquisa com manômetros aneróides em hospitais públicos e privados de certa cidade. 12 no terceiro e assim por diante. (A) o número de comprimidos colocados no 7o recipiente foi 35.10:03 38. o número de comprimidos colocados no 15o recipiente foi 70. Nessas condições. colocando em cada um 5 comprimidos a mais do que havia colocado no recipiente anterior. Sabe-se que 40% do total das caixas é do tipo A e que a razão entre os números de caixas de A e de C. ela colocou um total de 354 comprimidos nos 12 primeiros recipientes. O número de aparelhos calibrados excede o sêxtuplo do número de aparelhos fora de uso em 44 unidades. o número de aparelhos calibrados é (A) (B) (C) (D) 118 102 95 83 80 FEPDF-01-M 10 . nessa ordem. Em uma prateleira há várias caixas de três tipos de medicamentos: A. Nessas condições. 7 no segundo. (C) o número de comprimidos colocados no 10o recipiente foi 49. Uma pessoa enfileirou vários recipientes. a probabilidade de que ela seja do tipo B é (A) (B) (C) (E) 41. é 8 . O total de etiquetas desse tipo que podem ser emitidas é (A) (B) (D) (E) 4 608 5 184 6 561 8 100 9 000 _________________________________________________________ 40. Em cada uma delas é assinalado um número de 4 algarismos que não tem algarismos adjacentes iguais. Subtraindo-se o número de aparelhos calibrados do número de descalibrados obtém-se 38. (D) (E) _________________________________________________________ 39. Para controlar o estoque da farmácia de certo hospital. aparelhos descalibrados e aparelhos momentaneamente fora de uso por falta de peças. A soma do número de aparelhos descalibrados com o número dos fora de uso era 124. Retirando-se ao 7 acaso uma caixa da prateleira.

pr  250 _________________________________________________________ O perímetro C.30/07/01 . de um octógono regular inscrito em uma circunferência de raio 5 m. em metros. Se a água nela contida nesse momento ocupa 2 de sua capacidade.10:03 42. O número r de crises renais que Fernanda teve em sua vida é igual à raiz inteira da equação 5x2 – 13x – 6  0.5 m e sua altura é de 4 m. o número de litros de água 3 que falta para enchê-la é 9 300 (B) (C) (D) (E) 45.1) _________________________________________________________ São dadas a reta r e a circunferência . então p r8 (B) p–r1 p . A equação da reta perpendicular a r e que contém o centro de é (A) (B) x – 2y x x (D) (E) x x 40 2y – 4  0 2y 40 4y – 2  0 4y 20 11 FEPDF-01-M . é tal que (A) 25 m 28 m (C) (D) (E) 32 m 35 m 38 m C C C C C 28 m 32 m 35 m 38 m 40 m _________________________________________________________ 44. A caixa d'água de um hospital tem o formato de um cilindro circular reto. de equações 2x – y 1  0 e x2 y2 4y  0. O raio de sua base mede 1. Se o número p de seus partos é igual a maior raiz da equação x3 – 5x2 – x 5  0.3 (Use 5  3. r  10 (C) (D) p 2 r (E) 43. 1 860 930 279 9.

8. Considerando a densidade do mercúrio 13. em N.0 4. igual a (A) (B) (C) 600 400 300 200 (E) 48. 6.0 4. que passa por uma roldana ideal e se prende a um corpo de 12 kg na sua extremidade. presa a um fio ideal. pesa 600 N. Uma partícula de massa 20 g.0 rad/s. de massa 2. (B) (C) (D) (E) densidade.0 10 FEPDF-01-F O corpo perde contato com o solo se o macaco tiver aceleração.8.103 (B) (C) (D) (E) 47. pressão.20 0.0 6.102 6.6 g/cm3 e a aceleração gravitacional 10 m/s2.30/07/01 .0 m _________________________________________________________ Certa peça.0 kg. _________________________________________________________ Um macaco de massa 10 kg sobe acelerado por uma corda.0 (C) (D) (E) 12 3. com velocidade angular constante de 5. cujo centro de gravidade CG é posicionado de acordo com o esquema abaixo.0 5. (A) CG A 2m 1m B 16 12 8. O módulo de impulso da força resultante sobre a partícula.0 m/s. ao completar meia volta. em newtons. calor específico. esta diferença de pressão é.10 0. uma força de intensidade. é liberado do repouso no ponto A de uma pista cujo perfil é um quadrante de circunferência de raio R  1. o trabalho realizado pelo atrito no percurso do arco AB vale. ligeiramente superior a (A) 1. viscosidade.102 2.0 m. 100 _________________________________________________________ 50.62.s.0 (B) (C) (D) Nessas condições.8. o cavalete A exerceu na peça. FÍSICA 46. graças à propriedade da água denominada tensão superficial. Adote g  10 m/s2. _________________________________________________________ 51. descreve uma circunferência de raio 2. vale (A) (B) 0.103 6. B Adotando g  10 m/s2.0 (E) . A diferença da pressão na sístole e diástole de uma pessoa equivale a 5 cm de mercúrio. em N/m2. chegando ao ponto B com velocidade de 4. Ela é equilibrada sobre os cavaletes A e B. A R R = 1 .10 Um pequeno corpo.10:03 49. Um pequeno inseto pode caminhar sobre a água de uma lagoa.40 (D) 1. 2. em m/s2. sem se molhar.62.0 2. sobre uma superfície horizontal lisa.0 m. Ele desliza para baixo. em joules.

102 3. a pressão é (B) 1. vale (A) 2.0. cuja velocidade de propagação no ar é 330 m/s.00 cal/goC Calor latente de vaporização da água  540 cal/g Temperatura de ebulição  100°C Ondas sonoras de alta freqüência são utilizadas para obter diagnósticos por imagem. a proporcional à temperatura absoluta.5 m.3 MHz.0 . em milímetros. Na transformação isobárica. cuja convergência. Em um laboratório de Física foram feitas várias medidas de temperaturas. 103 (E) 10 13 FEPDF-01-F .0.30/07/01 . em dioptrias. Na transformação isocórica.40 (C) (D) (E) I e IV (E) 1.08 .102 oC (B) 5. Deseja-se vaporizar completamente 200 g de água.010 (B) 1.0. transformação adiabática. a volume é 56. Uma onda de 3. 104 (D) 1. 105 Dados: Calor específico da água  1. o proporcional à temperatura absoluta.102 K (C) –3.0 II e III II e IV _________________________________________________________ 57. A máxima distância que uma pessoa míope consegue ver nitidamente é 2.102 (C) 5. em calorias por segundo. transformação isotérmica. retira 5.10 (C) 9.0.0010 (B) 0. é igual a (A) 2.102 oF 4.102 _________________________________________________________ Considere as afirmações abaixo acerca de transformações de uma certa massa de gás perfeito.0. em calorias.10:03 52.5.0 (D) 1.102 oC (D) 3.5 II. proporcional ao volume. operando entre duas fontes cujas temperaturas são 27oC e 327oC.2 . inicialmente à temperatura de 20oC. é 1. Esta pessoa deve usar uma lente corretiva. 105 0.24 .6 .102 (E) 53.102 (A) 5. proporcional ao volume.102 oF 2. A quantidade mínima de calor necessária para isso. Na pressão é III.102 calorias por segundo da fonte quente. igual a (A) 0. _________________________________________________________ 54. tem comprimento de onda.0.0. Um valor que NÃO pode ter sido encontrado é 55.0. a potência útil que ela fornece.0. –3. (E) _________________________________________________________ I. Na pressão é São corretas SOMENTE (A) (C) 0. Uma máquina térmica.5.40 I e II I e III 0.0 IV. Sabendo que a máquina opera segundo o ciclo de Carnot. 104 (E) 8.

valem.10 19 C O “médico da TEMA família” é uma personagem praticamente em extinção. Admitindo como modelo simplificado. 60. A dissertação deve ter no mínimo 20 e no máximo 30 linhas. representados no esquema. em volts. do clínico geral. nulo na região interna da célula e na externa não.30/07/01 . O esquema representa uma célula humana. (A) (B) (C) (D) 100 120 160 200 220 V (m V ) I .0 K 105 íons com uma única carga elementar penetrarem na célula pelas seis faces do cubo em 1. mostrando o seu interior e exterior. R2 e 60 . (D) nulo na membrana que envolve a célula. respectivamente. em ampères.m em brana III . no gráfico. a diferença de potencial entre os pontos X e Y.4 K 10 9 1.0 K 1. vale. Escreva uma dissertação. mais intenso na região externa da célula. atencioso e conhecedor do histórico de saúde de cada um. comparada com as dimensões da própria célula e. a membrana que a envolve e um eixo X que servirá de referência para indicar posições. as distâncias ao longo do eixo X. 40 elétrica em R1 é 2.regiã o interna I II III X (m m ) _________________________________________________________ REDAÇÃO De acordo com as informações. corretamente que o campo elétrico é (A) (B) pode-se concluir 1.0 3 s. Será que a ultraespecialização e os planos de saúde atuais representam uma vantagem objetiva no atendimento e no tratamento dos pacientes? 14 . 2. A corrente m em brana X exterior interior X R3 R1 Y O gráfico representa o potencial elétrico de repouso da célula ao longo do eixo X.0 K10 5 m.5 K 10 8 2. Os resistores R1. é o paciente que agora se desloca para os ambulatórios impessoais. dedicado. Em vez da visita. (C) nulo na região externa da célula e na interna não. 59. não estão em escala. 3.5 K 10 11 2. 20 . R2 e R3. A membrana que envolve a célula é muito fina.0 A. Quando uma célula nervosa é excitada.4 K 10 11 2. na qual você defenda seu ponto de vista acerca das idéias contidas no TEMA. que o volume da célula seja um cubo de aresta 1. considerando-se letra de tamanho regular.10:03 58. Leia com atenção o TEMA apresentado abaixo.4 K 10 15 FEPDF-01-F Dado: Carga elétrica elementar   1.regiã o externa II . é igual a (A) (B) (C) (D) (E) 1. em casa. por isso. a intensidade de corrente elétrica através de uma das faces. se 9. aguardando o especialista que o atenderá – quase sempre um desconhecido.6. Nessas condições. _________________________________________________________ nulo nas regiões interna e externa da célula. íons penetram na célula atravessando a membrana que a envolve.

30/07/01 .10:03 FEPDF-01 15 .