http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.

pt

microsoft power point
sobre o programa ........................................................................................................................................................ pag. 2 ........................................................................................................................................................ pag. iniciar o programa ....................................................................................................................................................... pag. 3 ....................................................................................................................................................... pag. ecrã do power point .................................................................................................................................................... pag. 4 .................................................................................................................................................... pag. ícones mais importantes ............................................................................................................................................. pag. 5 ............................................................................................................................................. pag. barra de desenho ......................................................................................................................................................... pag. 6 ......................................................................................................................................................... pag. modelo de slide – abrir ............................................................................................................................................... pag. 7 ............................................................................................................................................... pag. modelo de slide – cor de fundo ............................................................................................................................. pag. 8 e 9 ............................................................................................................................. pag. modelo de slide – inserir texto .................................................................................................................................. pag. 10 .................................................................................................................................. pag. modelo de slide – inserir imagens ..................................................................................................................... pag. 11 e 12 ..................................................................................................................... pag. construir o primeiro slide .................................................................................................................................. pag. 13 e 14 .................................................................................................................................. pag. construir o segundo slide .......................................................................................................................................... pag. 15 .......................................................................................................................................... pag. efeitos de transição entre slides ................................................................................................................................ pag. 16 ................................................................................................................................ pag. animação de objectos ............................................................................................................................................... pag. 17 ............................................................................................................................................... pag. apresentações – algumas sugestões .................................................................................................................. pag. 18 e 19 .................................................................................................................. pag. gráficos .................................................................................................................................................................... pag. 20 .................................................................................................................................................................... pag. sobre a cor ........................................................................................................................................................ pag. 21 e 22 ........................................................................................................................................................ pag. acetatos .................................................................................................................................................................... pag. 23 .................................................................................................................................................................... pag. publicar a apresentação na web ........................................................................................................................ pag. 24 e 25 ........................................................................................................................ pag.

1

POWER POINT
SOBRE O PROGRAMA

2

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

O POWERPOINT 2000 é um programa para criar apresentações electrónicas, proporcionando todo o tipo de ferramentas tanto para o tratamento do texto e dos projectos como para a criação de gráficos e desenhos e que permite ainda o próprio controle da apresentação através da temporização e efeitos de transição... Encontra-se disponível no pacote Office, comercializado pela Microsoft, as escolas podem obter este software, através de um fornecimento especial derivado de acordos já estabelecidos. Os documentos criados com o POWERPOINT tem uma finalidade muito específica: a apresentação de um produto, projectos e ideias a terceiros. As apresentações clássicas, baseiam-se em material gráfico (diapositivos, transparências, etc., que são projectadas durante a apresentação) e texto baseado num guião. O POWERPOINT permite criar ambos os tipos de material para o “apresentador”. Em volta do POWERPOINT fazem-se referências a diapositivos (slides) por analogia com as apresentações clássicas de slides ou acetatos, e a notas para referir-se ao texto ou guião que utiliza o “apresentador” durante a sua exposição. Mas este programa tem ainda uma funcionalidade que aumenta o nosso interesse pela sua utilização... Podemos converter todos os nossos diapositivos em páginas Web e posteriormente colocar as apresentações online. Ícone de programa e ecrã inicial do “PowerPoint 2000”

POWER POINT
INICIAR O PROGRAMA

3

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Ao carregar o POWERPOINT a primeira caixa de diálogo que aparece, questiona o utilizador sobre qual o tipo de apresentação que deseja… Em “Assistente de conteúdo automático/AutoContent Wizard”, poderá utilizar uma das muitas apresentações padrão, só terá de mudar os textos e as imagens. Já no “Modelo de apresentação/Design Template”, pode optar por um dos muitos fundos que o Power Point oferece “Apresentação em branco/Blank presentation” será um

diapositivo sem cor e predefinições, mas ainda se pode escolher o tipo de guião a utilizar. Aparece a caixa de Novo Slide/New Slide Escolha de Esquema Automático/Choose an AutoLayout. Depois de escolhido o tipo de slide (neste caso tudo em branco) ficamos aptos a “desenhar” o nosso slide…

POWER POINT
ECRÃ DO POWER POINT

4

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Barra de Menus

Barra de Edição e Formatação

Diapositivo ou slide

Slide visível (nº) Barra de Desenho Ícones de visualização dos slides

POWER POINT
ÍCONES MAIS IMPORTANTES…

5

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Novo ficheiro do Power Point – Abre uma nova apresentação Guardar/Save – Grava a apresentação Imprimir Cortar/Cut – Corta um objecto ou texto colocando-o na memória Copiar/Copy – Copia um objecto ou texto colocando-o na memória Colar/Paste – Insere o objecto copiado ou cortado no slide Aumentar ou diminuir a letra (desde que esteja seleccionado)

Sombreado da letra (desde que esteja seleccionado) Aumentar ou diminuir o nível da posição hierárquica do texto Inserir uma imagem no slide Inserir um novo slide Efeitos de animação “padrão” de texto ou imagem Alinhar texto à esquerda, centro ou direita

Visualização normal ou de entrada Visualizar os destaques ou títulos da apresentação

Visualizar a organização dos slides

Visualizar slide

Visualizar a apresentação em todo o ecrã – modo de apresentação

POWER POINT
BARRA DE DESENHO

6

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Inserir linhas

Cor de fundo de uma caixa de texto ou objecto de desenho Cor de linha de uma caixa de texto ou objecto de desenho

Inserir setas

Desenhar quadriláteros

Cor do texto

Desenhar círculos e elipses

Tipo de linha

Abrir caixa de texto

Aplicar uma sombra a uma caixa de texto ou objecto desenho

Inserir imagens do ClipArt

POWER POINT
MODELO DE SLIDE - ABRIR

7

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

1. 2.

Abra o menu “Ver/View” Escolha “Modelos Globais/Master” e “Modelo global de Diapositivo/Slide Master”

3.

Aparece o respectivo modelo,,,, todos os elementos que colocar neste slide repetir-se-ão em todos os slides.

4.

Abra o menu “Editar/Edit” e escolha “Seleccionar Tudo/Select All”

5.

Pressione a tecla “Delete”. Limpou tudo o que estava no modelo do Slide. Esta operação destina-se a quem quer criar o seu próprio modelo...

POWER POINT
MODELO DE SLIDE – COR DE FUNDO - 1

8

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

1. 2. 3.

Abra o menu “Formatar/Format” Escolha “Fundo/Background” Na janela que se abre clique sobre a seta que se encontra na parte de baixo da janela

4.

Abre-se uma nova janela sobre a anterior. Escolha “Efeitos de Preenchimento/Fill Effects”

5.

Marque o botão “Duas cores/Two colors” e escolha as respectivas cores

6.

Na parte de baixo da janela escolha “Diagonal” e marque o sentido do efeito nos pequenos modelos (quatro) do lado direito

POWER POINT
MODELO DE SLIDE – COR DE FUNDO - 2

9

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

1.

Depois de feita a escolha clique no botão “OK”

2.

Aparece novamente a janela inicial, mas agora tendo por fundo as cores que escolhemos... Clique sobre o botão “Aplicar a Todos/Apply to All”

3.

Esta opção permite que as cores do fundo sejam aplicadas a todos os slides da apresentação

E eis o resultado...

POWER POINT
MODELO DE SLIDE – INSERIR TEXTO

10

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Vamos agora colocar os elementos que queremos no nosso modelo de slide... 1. Clique sobre o ícone de caixa de texto e abra uma caixa de texto na parte superior do modelo de slide e digite o seguinte texto: “A minha primeira apresentação”

2.

Altere a cor do texto para branco

3.

Utilize a sombra

4.

Realçe o texto com o Negrito ou Bold

5.

Escolha Arial para tipo de letra e tamanho 18

POWER POINT
MODELO DE SLIDE – INSERIR IMAGENS - 1

11

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Pode-se inserir imagens de diversas formas: • Abrindo o menu “Inserir/Insert” e escolhendo “Imagem/Picture” ou • Utilizando o Copiar e Colar – (vamos utilizar este por ser mais fácil...)

1.

Abra o Internet Explorer e digite o endereço da uARTE: http://www.uarte.mct.pt

2.

Clique sobre o logotipo da uARTE com o botão direito e escolha “Copiar/Copy”

POWER POINT
MODELO DE SLIDE – INSERIR IMAGENS - 2

12

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

3.

Abra a apresentação que está a realizar e escolha “Colar/Paste”

4.

Para isso clique com o botão direito do rato sobre o slide e escolha “Colar/Paste”

5.

Puxe a imagem para o canto superior esquerdo do slide

6.

Diminua o tamanho da imagem

Eis o resultado...

7.

Dê um clique sobre a pequena janela que está sobre o slide em “Fechar/Close”

8.

Voltou ao primeiro slide da sua apresentação – agora podemos começar a digitar ou inserir os conteúdos nos slides

POWER POINT
CONSTRUIR O PRIMEIRO SLIDE

13

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

1.

Abra o menu “Formatar/Format” e escolha “Esquema do diapositivo

2. 3.

Escolha o segundo esquema Pode agora escrever o título deste slide assim como o texto de conteúdo... Para isso basta clicar com o rato sobre as caixas de texto que foram adiccionadas quando escolheu a opção anterior

POWER POINT
CONSTRUIR O PRIMEIRO SLIDE

14

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

1.

Na caixa de título escreva o seguinte texto: “O meu primeiro slide”

2.

Na caixa de texto seguinte, adiccione algum texto

3. 4. 5.

Escolha as cores, as dimensões , etc, Pode adicionar imagens ou não aos slides Pode dividir a área do slide em duas partes colocando texto e imagem

Etc, etc Todos os slides, com pequenas diferenças, podem ser realizados desta forma simples... Para obter um novo slide em branco, clique sobre o respectivo ícone, qyue se encontra na Barra de Ferramentas

POWER POINT
CONSTRUIR O SEGUNDO SLIDE

15

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

1.

Escolha o nono esquema na janela que se abre quando escolhe um novo diapositivo

2.

Pode agora escrever o título deste slide, o texto de conteúdo e adicionar uma imagem do clipart... Para isso basta clicar com o rato sobre as caixas de texto ou um duplo clique na caixa de imagem que foram adiccionadas quando escolheu a opção anterior

POWER POINT
EFEITOS DE TRANSIÇÃO ENTRE SLIDES

16

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Pode fazer que os slides transitem no modo de apresentação só com um clique do rato, mas se quiser que entre a passagem de um slide para o outro exista um qualquer efeito, siga os próximos passos: 1. Abra o menu Apresentações ou Slide Show 2. Escolha Transição entre diapositivos ou Slide Show 3. Aparece uma pequena janela onde podemos escolher qual o efeito que desejamos... 4. Escolha o efeito de transição que deseja... Na pequena imagem por cima pode visualizar o tipo de efeito 5. Pode optar por passar os slides através do clique do rato sobre o slide ou então colocar o espaço de tempo que pretende

POWER POINT
ANIMAÇÃO DE OBJECTOS

17

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Pode animar os objectos que se encontram no slide, como caixas de texto e imagens, siga os próximos passos: 1. Abra o menu Apresentações ou Slide Show 2. Escolha Animação Predefinida ou Preset Animation 3. Aparece uma série de opções prédefinidas 4. 5. Escolha a animação que deseja... Se optar por personalizar as suas animações escolha Animação Personalizada ou Custom Animation 6. Aparece uma janela onde pode escolher os efeitos que quer aplicar aos seus objectos 7. Para visualizar a sua apresentação clique sobre o respectivo ícone na parte inferior esquerda da janela do Power Point

POWER POINT
APRESENTAÇÕES – ALGUMAS SUGESTÕES… - 1

18

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

As

apresentações

devem

ser

muito

“leves”

para

não

O restante texto deve ser escrito de acordo com a pirâmide invertida, isto é, arrumar o texto por ordem decrescente de importância e tendo cuidado com a precisão do conteúdo, não esquecendo o espaço entre linhas, pois se estas estiverem pouco espaçadas, ou forem muitos compridas, podem dificultar a leitura. A mistura de atributos de texto (bold, itálico, sublinhado, etc.) também dificultam a leitura, isto não significa que não devem ser utilizados atributos de texto, deve-se é limitar a sua quantidade e frequência. Deve ser usado para realçar palavraschave, pontos principais ou frases importantes… Mais de 6/8 linhas no conjunto do texto, dispersa as pessoas, sendo preferível hierarquizar melhor os pontos, ou passar para outro “slide”. Deve evitar mais de seis palavras por linha. Todos os “slides” que compõem uma apresentação devem ter um “Layout” ou formato idêntico, com o logotipo sempre no mesmo local.

sobrecarregar os ouvintes, pois estes não devem ser impelidos a uma leitura demorada, mas sim, a ouvir o utilizador das transparências O texto deve utilizar fontes fáceis de ler, evitando as fontes “decorativas” de leitura mais difícil. O uso de letras de tamanhos grandes 16/18 pontos ou maior é uma necessidade óbvia tendo em conta a necessidade de obter o máximo de comunicação… o contrário também é verdade, letras maiores que 40/42 pontos dificultam a comunicação, pois o ouvinte fica mais atraído pelo caracter do que pelo conteúdo. Não se deve utilizar mais de dois tipos de letras na apresentação, para evitar uma certa “cacofonia” de tipos de letras que podem dificultar a comunicação. Se quisermos obter resultados interessantes, podemos utilizar o texto em inverso, mantendo assim o mesmo tipo de letra. Deve-se utilizar o mesmo tipo de letra para os títulos e sempre com o mesmo estilo. Estes devem ser cuidadosamente redigidos, evitando a repetição de palavras, não esquecendo que é o topo da hierarquia do “slide”.

POWER POINT
APRESENTAÇÕES - ALGUMAS SUGESTÕES… - 2

19

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

O Power Point não é um programa de gráficos, ainda que permita criá-los e manipulá-los para as suas funções específicas nas apresentações. O uso de ilustrações, nomeadamente gráficos e diagramas, favorecem uma apresentação agradável. Uma regra é o equilíbrio entre o texto e os grafismos ou ilustrações… Mas será que as apresentações gráficas valem o tempo e a maçada que dão a preparar, ou servem apenas para embelezar a informação que queremos transmitir? A resposta é que vale a pena. A maneira mais eficaz de comunicar informação a uma audiência é fazer uma apresentação que descreva com frases curtas ou palavras o essencial do que se pretende transmitir, e que ao mesmo tempo tire partido dos grafismos e o outros meios visuais. Estudos realizados confirmam que a persuasão do apresentador aumenta significativamente quando utiliza gráficos, não só estará a contribuir para uma melhor compreensão da parte de quem assiste, como as audiências consideram os apresentadores que usam meios visuais melhor preparados, mais profissionais, mais claros, mais interessantes e mais concisos do que aqueles que não usam estes meios. Dentro do anteriormente dito, são considerados melhores os que usam a cor de forma cuidada. As imagens e a cor aumentam a compreensão da audiência e a retenção da informação apresentada.

Quando se procura realizar uma apresentação devemos certificarmo-nos de algumas coisas: o tamanho da sala onde se projecta, se do fundo da sala se vê nitidamente o acetato, a iluminação, etc. Lembre-se a regra principal é a simplicidade… Para verificar se a sua apresentação está legível, coloque-se a cerca de 1.80 m do seu monitor, ou do seu acetato, se não conseguir ler, então a audiência também é provável que tenha dificuldades…

POWER POINT
GRÁFICOS

20

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Colunas – são excelentes para fazer comparações entre diversos grupos ou para mostrar dados descontínuos. São usadas para visualizar mudanças ocorridas por período de tempo ou por grupo, mostram a escala do lado esquerdo (eixo y) e podem mostrar proporções dentro de uma mesma coluna. Imagens ou grafismos também podem ser utilizadas umas sobre as outras ou apenas através do seu tamanho, para se produzir uma variante do gráfico de colunas. Barras – como se apresentam horizontalmente são excelentes para comparar resultados de vários grupos. Estes mostram a escala na parte inferior do gráfico (eixo x) e as barras estendemse através do gráfico (da esquerda para direita). Pode-se também mostrar proporções dentro de uma mesma barra. Circular ou sectograma - usam-se para comparar as partes relativas entre si e com o todo, são bons para mostrar proporção, isto é, como as várias partes formam um todo. Colocando dois gráficos circulares juntos, pode-se comparar um grupo com o outro. Neste tipo de gráfico use no máximo cinco ou seis partes, quando um sector é pequeno, use a técnica da explosão para afastar esse segmento do resto do gráfico.

Linha – servem para indicar tendências de um item ao longo de um período (variável). As flutuações da linha em relação ao eixo horizontal, indicam as quantidades, as fracções da variável são indicadas por pontos. São úteis para fazer comparações, acompanhamento de números por determinado período de tempo e compreender tendências. A menos que se utilize a cor, limite o número de linhas a cinco (grupos) por gráfico, se as linhas estiverem muito próximas limite-as a três. Área – utilizam-se para comparar um conjunto de volumes ou quantidades que flutuam ao longo de um período.

POWER POINT
SOBRE A COR… - 1

21

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Se trabalhar com cor, use apenas algumas de cada vez, se quiser utilizar mais cores, utilize-as ao longo da passagem dos “slides”. Use padrões sólidos e evite os riscados ou axadrezados. Use cores suaves para o fundo ou informações gerais e cores mais fortes para chamar a atenção. Examine sempre o “slide” à distância de forma a poder verificar as cores utilizadas e o respectivo contraste entre elas. Evite mais de três cores ou então utilize a gradação das mesmas… A luz torna visíveis os objectos, fornecendo-lhes a cor, e determina a impressão que recebemos do mundo envolvente. A palavra "cor" é utilizada para descrever a sensação recebida pelo cérebro quando a retina do olho é estimulada pela acção da luz. A cor é, sem dúvida, um dos elementos visuais mais atractivos na Natureza e na obra do homem. As cores também nos podem transmitir sensações de calor ou de frio, consoante são mais ou menos luminosas. Assim as cores dividem-se em cores quentes e cores frias.

As cores quentes que são o vermelho, o amarelo e o laranja, identificam-se com o fogo e a luz (dão uma sensação de calor), parecem ter luz própria, aproximam-se de nós pois "avançam" para nós e são mais luminosas. Por seu lado, as cores frias que são o verde, o azul e o violeta, identificam-se com a água e a sombra (dão uma sensação de frescura e de calma de tranquilidade), são menos luminosas, não parecem ter luz própria e "afastam-se de nós". Quando a luz varia, a cor também varia e logo a sensação de maior frio ou maior calor influenciando o estado de espírito das pessoas. O vermelho, o amarelo e o azul são, portanto, cores fundamentais ou primárias. A partir da sua junção, podem-se obter mediante várias combinações, todas as outras cores. São as chamadas cores secundárias. Tudo aquilo que nos rodeia é de tal modo colorido que podemos afirmar que a cor é uma característica importante do nosso envolvimento. Ela ajuda-nos a percepcionar o espaço. a caracterizar as formas, as texturas e torna o mundo em que vivemos mais belo e colorido. A cor é, sem dúvida, um dos elementos visuais mais atractivos e talvez mais valorizados por nós. Se vivêssemos num mundo sem cor, só a preto e branco ou numa atmosfera cinzenta e chuvosa, seríamos mais tristes e a vida seria mais aborrecida.

POWER POINT
SOBRE A COR… - 2

22

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

A cor é um veículo de comunicação e por isso utilizamos as cores consoante o contexto. A cor também é luz e calor. Sem luz não existe cor, sendo esta alterada em função da maior ou menor luminosidade, ao meio-dia as cores são mais intensas que ao anoitecer, transmitindo também uma sensação de maior calor ao meio-dia e de menos calor ao anoitecer. Em resumo, a luz é um elemento essencial na caracterização e definição da cor. A cor têm influência no nosso comportamento, transmitindo-nos vários tipos de sensações: frio (verde, azul); calor (vermelho, laranja, amarelo), desagrado (vermelho); agrado (azul); mais luz (amarelo, laranja); menos luz (verde, azul); mais pequeno (vermelho, laranja, amarelo); maior (verde, azul); mais perto (vermelho); mais longe (verde, azul); tranquilidade (azul); agressividade (vermelho); esperança (verde), etc. Assim as cores são utilizadas para transmitir sentimentos, sensações, simbologias (sinais de trânsito), significados, etc. Pode-se no entanto falar de uma linguagem simbólica da cor ou linguagem da cor. Este simbolismo varia de cultura para cultura. Vejamos: na sociedade judaico-cristã o preto é a cor do luto e nas culturas árabes o luto é normalmente associado ao branco. O vermelho é considerada uma cor violenta, agressiva, de paixão e sentimento. O amarelo é uma cor considerada alegre, luminosa e descontraída. O azul é suavidade e lealdade.

Quando utilizamos a cor a par de outros elementos na comunicação, associamos sempre a cor à mensagem que queremos transmitir. A luz é o elemento essencial que permite apercebermo-nos do espaço à nossa volta e de todos os elementos nele contidos. Sem luz, tudo seria escuro, não podíamos ver tudo o que nos envolve. Conforme a intensidade da luz, assim distinguimos melhor ou pior os objectos contidos num espaço, bem como este próprio. Sem luz não podíamos ver as formas nem as posições que ocupam no espaço. A luz também nos possibilita a visualização das texturas, originando contrastes e ilusões texturais. Se olharmos para uma mesa da sala de aula, onde incida o sol, facilmente vemos que a sua cor não está uniforme. No entanto, não há uma mudança de cor. Há sim sítios mais claros e sítios mais escuros. Estas variações da cor têm o nome de tons. O preto e o branco são designados por cores neutras, pois não permitem obter cores diferentes quando misturadas com as outras cores, mas sim a sua tonalidade.

POWER POINT
ACETATOS
Todos usamos transparências “acetatos” para destacar ou

23

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

reforçar uma ideia ou pontos numa apresentação de um seminário ou aula. Hoje com as tecnologias ao nosso dispor já aparecem muitos professores a utilizar programas de apresentação electrónica, com a finalidade de obterem uma melhor qualidade… mas como a maior parte das escolas ainda não possui equipamentos informáticos que se possam deslocar para a sala de aula a pedido do professor, como já acontece com o vídeo e a TV, estes professores optam pela impressão das suas apresentações em acetatos. Neste caso os conselhos anteriormente descritos para a apresentação são inteiramente válidos para a opção de impressão de acetatos. Se optar pela impressão de acetatos a partir da sua apresentação em PowerPoint, certifique-se de que possui acetatos compatíveis com a sua impressora e na altura da impressão configure a sua impressora, para imprimir transparências. Para isso, na janela de impressão escolha Propriedades/Properties e na janela seguinte tipo de papel... Caso o deseje, pode ainda imprimir “folhas de distribuição ou Folhetos” da sua apresentação (um ou mais slides por página) ou uma lista dos slides, caso tenha usado o delineador para introduzir texto Bom trabalho!

POWER POINT
PUBLICAR UMA APRESENTAÇÃO NA WEB

24

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

Publicar uma apresentação na Web tem imensas vantagens, pois esta fica sempre disponível (on-line), independentemente do local onde se encontra o apresentador. Assim podemos, visualizar a nossa apresentação do local onde nos encontramos, desde que exista uma ligação à Internet. A facilidade de transformar o ficheiro “.PPT” (ficheiro padrão do Power Point) em ficheiro www (html), torna a operação muito fácil, construindo páginas Web com os trabalhos dos nossos alunos, apresentações da escola ou de projectos educativos, apresentação de clubes, etc, sem necessidade de utilizar o papel. Uma das desvantagens a ter em conta será o “peso” (quantidade de informação) que a apresentação terá... sendo normalmente muito lenta a visualização desta no nosso computador. Para obviar devemos realizá-la sem o recurso a muitas animações, fundos complicados, imagens pesadas, etc. Em suma, “muito escorreita”... Consulte o guião do “Photo Editor” para saber mais sobre como fazer o tratamento das imagens.

1.

Abra o menu “Ficheiro ou File” e escolha “Guardar como página web”

2.

Na janela seguinte dê um nome à sua apresentação e escolha “Guardar”

3.

Não se esqueça de dar um título à sua apresentação em “Adicionar Título/Change Title”. Não confundir com o nome de ficheiro... O título atribuído tem a vantagem de aparecer na barra azul (que se encontra na parte superior da janela; pode usar para o título a escrita portuguesa sem restrições de acentos e cedilhas).

POWER POINT
PUBLICAR UMA APRESENTAÇÃO NA WEB

25

http://www.uarte.rcts.pt http://www.uarte.rcts.pt

3.

Abre-se uma nova janela onde vai colocar a o endereço (dentro do seu computador) da pasta onde vai publicar a sua apresentação

4. 5.

Escolha o botão “Publicar” Finalmente poderá visualizar a sua apresentação como páginas da Web... Para isso vá à pasta onde colocou a sua apresentação para a Web e dê um duplo clique sobre o ficheiro “nome.htm”

6.

Pode visualizar que a pasta onde publicou a sua apresentação, tem uma pasta e um ficheiro de internet com o mesmo nome. Para publicar na Internet terá de fazer a transferência do ficheiro e da pasta para o seu sítio na Web...