Rede de Crianças e Juvenis

Videira

2009 – O Ano da Virada Kids

Lição39 25 a 31/out

A VERDADE SOBRE HALLOWEEN

T !A" A VERDADE SOBRE HALLOWEEN #R$%C$#$O &A L$'(O" Não existe comunhão entre as trevas e a luz. )A* )+)L$CA" !or"ntios #.$% T ,TO C-AV " &Se 'issermos (ue mantemos comunhão com Ele e an'armos nas trevas) mentimos e não *raticamos a ver'a'e+. ,oão $.# O)J T$VO* &.CAT$VO*" Ensinar a crian-a (ue. / A 0alavra 'e Deus 1 a 2nica ver'a'e. / Não 'evemos ter comunhão com as trevas. / Devemos ter cui'a'o com as mentiras 'o 'ia3o. /. )RA01 LO" !ateria2 – Leve u3a 4i5uteria dourada6 0er4unte a eles. Al4u1m a(ui 4ostaria 'e 4anhar esse...53rinco) cor'ão) anel6 'e ouro. 7ale 3astante so3re o 4ran'e seu valor) ouro $8 (uilates) 9oi muito caro) 1 uma *e-a valios"ssima) custou R: ;.<<<)<<5tr=s mil reais6. >uem (uer 4anhar? 7a-a uma *er4unta so3re a c1lula 'a semana *assa'a e '= *ara (uem acertar a res*osta. Antes 'e entre4ar) 'i4a (ue não 1 'o ouro e sim uma 3i@uteria...e (ue nem tu'o (ue reluz 1 ouro. >ue 'evemos ter cui'a'o com a a*ar=ncia 'as coisas) *ois as vezes) 9acilmente somos en4ana'os. AV$*O*" Lem3ram semana *assa'a? >uem trouxer um visitante na *rAxima c1lula 4anharB 5um 3om3om) *irulito) 3ala6 >uem são os nossos visitantes? >uem trouxe? CB valen'o *ra semana (ue vem...OD? A#ROV $T *T !O! %TO #ARA 7A8 R A O7 RTA9 %(O */. 'A & ORAR6 C:%T$CO" Samuel) consa4ra'o ao Senhor E ,eremias) eu te escolhi E saias) minha 3oca 'eve ser santa 5Ra'icais Fi's 6 ORA'(O" Ore com as crian-as) *ara (ue Deus tra4a revela-ão 'a 0alavra ao cora-ão. CO! %T;R$O &O T ,TO 1<= $ntrodução" Al4u1m a(ui @B 9oi en4ana'o) ou @B se sentiu en4ana'o? G uma sensa-ão terr"vel) não 1? Voc= com*rou sorvete 'e chocolate e

C É L U L A

(uan'o che4ou em casa) a3riu o *ote era 'e moran4oHHH !om*rou uma 3icicleta ultra) me4a) su*er mo'erna to'a 'e alum"nio) $< marchas) com sus*ensão... e (uan'o entre4am na sua casa) ela não 1 'e alum"nio e *inta'a 'e tinta *ratea'a) não tem $< marchas sA %) a sus*ensão 1 sA en9eite) e a" como voc= 9ica? muito chatea'o) não 1 ver'a'e? ,B aconteceu isso com al4u1m a(ui? 0ois 1) a histAria 'e ho@e tem haver com ser en4ana'o. 0ensei (ue era ver'a'e) (ue 1 'e Deus) mas 1 mentira 'o 'ia3o...
2<= Contar >ue" O Halloween tem origem no calendário da bruxaria, é a Grande Deusa, representada pela Lua que nunca morre, com seu filho, o Deus Chifrudo representado pelo ol e que a cada ano nasce no dia !! de de"embro e morre no dia #$ de outubro% &a bruxaria moderna o dia #$ de outubro é o grande sabá 'festa( de amhain% O que é amhain) * uma pala+ra de origem celta po+o da ,rlanda, para designar -O enhor da .orte-% Os celtas dedica+am esse /ltimo dia de outubro para celebrar a -0esta dos .ortos-% 1nt2o, as pessoas falam -Happ3 Halloween4-, est2o, na +erdade, dese5ando um -feli"- amhain) Ou se5a, uma -feli"- festa dos mortos) 6m -feli"- ano no+o da bruxaria) 6m -feli"- dia da morte do -Deus Chifrudo-) O que ho5e chamamos de Halloween era o festi+al celta de amhain, o -Deus dos .ortos-% O ano no+o deles come7a+a no dia $8 de no+embro% O festi+al iniciado na noite anterior homenagea+a amhain, -O enhor da .orte-% 1ssa era a /nica noite do ano onde a a5uda do - enhor da .orte- era in+ocada% 6m dos rituais era para des+endar o futuro, consistia da obser+a72o dos restos mortais dos animais e das pessoas sacrificadas% O formato do f9gado do morto, em especial, era estudado para se fa"er progn:sticos acerca do no+o ano que se inicia+a% 1ssa prática ocultista aparece no ;ntigo <estamento sendo reali"ada pelo rei da =abil>nia? -@orque o rei da =abil>nia pára na encru"ilhada, na entrada dos dois caminhos, para consultar os oráculos? sacode as flechas, interroga os 9dolos do lar, examina o f9gado- '1"equiel !$%!$(% @ara a ,gre5a Cat:lica, a noite de -HalloweAen-, o -Dia de <odos os antos- e o -Dia de 0inados- s2o uma s: seqBCncia e celebram coisas parecidas D a honra a alma dos mortos4 Sa3e) (ue *elo menos tr=s coisas a*ren'emos com essa histAria.

1< 0 A #ALAVRA & & .* ? A @%$CA V R&A& – G isso mesmoH 0essoas *o'em 9alar muitas coisas) nos mostrar muitas coisas) tentar nos en4anar) mas a ver'a'e 1 sA uma) e 1 nela (ue 'evemos con9iar) *ois ela 1 a 2nica ver'a'e) a 0alavra 'e Deus. !8 E %(O & V !O* T R CO!.%-(O CO! A* TR VA* – sso si4ni9ica) (ue não 'evemos 9azer coisas (ue a 0alavra 'e Deus re*rova) *ois se an'armos se4un'o a B"3lia) estaremos an'an'o na luz) e se temos comunhão com Deus (ue 1 luz) como *o'eremos ter comunhão com as trevas? 3< 0 & V !O* T R C.$&A&O CO! A* ! %T$RA* &O &$A)O0 >uan'o conhecemos a ver'a'e (ue estB na 0alavra 'e Deus ela nos li3erta 'e to'o en4ano) 'e to'a mentira 'o 'ia3o. FConhecereis a +erdade, e a +erdade +os libertaráG% 'Ho2o I%#!(
CO!#ART$L-AR –

. Voc= *erce3eu (ue o 'ia3o tenta *assar uma ima4em 'e 3onzinho *ra nos en4anar? . Voc= @B se viu numa situa-ão) (ue voc= *ensava (ue era 'e Deus e no 9inal 'esco3riu (ue tinha si'o en4ana'o? !onteInos. . Al4u1m a(ui @B *artici*ou 'e al4uma 7esta 'e HalloJeen? !omo 9oi? !omo era a 'ecora-ão? . Se voc= tivesse (ue aconselhar um5a6 ami4o5a6 so3re 7esta 'e HalloJeen) o (ue voc= 'iria?  !$%$*TRA'(O " K!olo(ue o louvor5Deus tem o melhor *ra mim L 7ernan'inhoI novo6. 7ale com eles) (ue não 'evemos ter comunhão com as trevas e 'evemos viver se4un'o a 0alavra 'e Deus (ue 1 a ver'a'e) 7esta 'e HalloJeen 1 trevas) Deus nos criou *ara ter comunhão com Ele e an'armos na luz com Ele. 7a-a um a*elo *ara a(ueles (ue @B *artici*aram 'esse ti*o 'e 9esta renuncian'o e (ue3ran'o to'a le4ali'a'e. 7a-a um se4un'o a*elo *ara os (ue 'eci'em não *artici*arem no *rAximo 'ia ;$ 'e 7esta 'e HalloJeen) (uer se@a em casa 'e ami4os ou na escola) e *rinci*almente nos cursos 'e n4l=s. No 9inal re*ita *elo menos ; vezes o Cexto !have e o 0rinc"*io B"3lico.
)R$%CA& $RA" 16 %O! " T %TA%&O AC RTAR L !artolinas) caneta e ven'a *ara os olhos. 7ormar M e(ui*es ou mais) 'e*en'en'o 'o n2mero 'e crian-as. Em ca'a cartolina5$ *ara ca'a e(ui*e6 serB 9eito um (ua'ra'o. Escolha $ *essoa 'e ca'a e(ui*e *ara se4urar a cartolina) 9icarão uma 'o la'o 'a outra se4uran'o a cartolina) e em 9rente a 9ila 'e sua res*ectiva e(ui*e. Ven'ar os olhos 'o *rimeiro 'e ca'a 9ila) ele terB (ue an'ar at1 a cartolina ro'ar ; vezes e 9azer um N com a caneta na cartolina) to'os 'a 9ila 9arão a mesma coisa...4anha a e(ui*e (ue conse4uir 9azer mais N 'entro 'o (ua'ra'o. Oinistrar (ue) (uan'o não estamos enxer4an'o 'i9icilmente 9azemos a coisa certa) mas Deus nos 9ez enxer4ar atrav1s 'a Sua 0alavra e (uem a se4ue nunca erra. LA%C- L A*roveite esse momento *ara a4en'ar visitas P casa 'as crian-as @unto com sua 'isci*ula'ora *ara 9azer uma ora-ão. 6se também esse tempo para concluir as fichas de cadastro, caso ainda falte alguma informa72o, ou foto%
Líder – Fazer a célula não começa no dia da sua célula . A célula começa no dia que você recebe o suprimento e começa a orar para Deus te usar. Como estamos falando de oração, vamos também conversar mais com Deus! ue Deus abençoe sua célula.

ReAado Bara as LCderes" SEM BÍBLIA E ORAÇÃO, NÃO TEM REFEIÇÃO!

Reuniões e Culto na igre a ! n"o es#ue$a %e usar &a'iseta %o (ro eto! .