Física 3 – Eletricidade e Magnetismo

Semana 14 – Equações de Maxwell e Ondas Eletromagnéticas

Corrente de Deslocamento de Maxwell Lei de Ampère: ∫ C r r r r B ⋅ dl = µ 0 I S = µ 0 ∫ J ⋅ dA S Placas do capacitor A lei de Ampère só depende da escolha de C Capacitor de placas planas paralelas: Corrente por S1 é a corrente I B pode ser calculado pela lei de Ampère: µI B= 0 2π r A corrente por S2 é igual a zero ⇒ B = 0 Há uma inconsistência na lei de Ampère Curva C r .

o fluxo de E varia dφe 1 dQ = dt ε 0 dt dφe dQ ⇒ ε0 = dt dt dφe dt (numericamente igual a I) Placas do capacitor r Maxwell: I d = ε 0 (corrente de deslocamento) r r dφe    Lei de Ampère – Maxwell: ∫ B ⋅ dl = µ 0 (I S + I d ) = µ 0  I S + ε 0 C dt   .Corrente de Deslocamento de Maxwell Entre as placas do capacitor há um campo elétrico σ Q E= = Curva C ε0 Aε 0 Há um fluxo de E pela superfície S2 r r Q φe = ∫ E ⋅ dA = E A = S2 ε0 Se o capacitor está sendo carregado.

(a) Qual é a corrente de deslocamento entre as placas? (b) Qual é dE/dt entre as placas para esta corrente? (c) Qual é a integral de linha de B.Corrente de Deslocamento de Maxwell Uma corrente de 10 A flui para um capacitor que dispõe de placas com áreas de 0.5 m2. µ0 = 4π × 10-7 N/A2) .dl em torno de um círculo de raio 10 cm que se encontra dentro das placas e é paralelo a elas? (ε0 = 8.m2. Há vácuo entre as placas.85 × 10-12 C2/N.

Equações de Maxwell Lei de Gauss: Lei de Gauss para o magnetismo: Lei de Faraday: Lei de Ampère-Maxwell: ∫ S r r Qint E ⋅ dA = ε0 r r ∫ B ⋅ dA = 0 S r r d r r ∫C E ⋅ dl = − dt ∫SB ⋅ dA r r d r r ∫C B ⋅ dl = µ0 I + µ0ε 0 dt ∫SE ⋅ dA Força de Lorentz: r r r r F = qE + qv × B .

Equações de Maxwell Teorema da divergência: r r ∫ F ⋅ dA = S ∫( V r ∇ ⋅ F dV ) Teorema de Stokes: r r r r ∫ F ⋅ dl =∫ ∇ × F ⋅ dA C S ( ) Forma diferencial das Equações de Maxwell: r ρ ∇⋅E = r ∇⋅B = 0 ε0 (Lei de Gauss) (Lei de Gauss para o magnetismo) r r ∂B ∇× E = − ∂t r r r ∂E ∇ × B = µ 0 J + µ 0ε 0 ∂t (Lei de Faraday) (Lei de AmpèreMaxwell) .

por unidade de volume. é igual à diminuição da densidade de carga neste volume. Equação de continuidade: r ∂ρ ∇⋅ J = − ∂t Conservação da carga: a densidade de corrente saindo de um volume ∆V.Conservação da Carga – Equação de Continuidade Identidade vetorial: r ∇⋅ ∇× F = 0 ( ) Aplique o divergente à lei de Ampère-Maxwell Use a lei de Gauss para substituir o divergente de E. .

Equações de Onda r r 2 Definição do Laplaciano: ∇ ⋅ ∇F = ∇ F r r r 2 Identidade vetorial: ∇ × ∇ × F = ∇ ∇ ⋅ F − ∇ F ( ) r ∇⋅E = 0 r ∇⋅B = 0 Numa região livre de cargas e correntes r (Lei de Gauss) (Lei de Gauss para o magnetismo) r ∂B ∇× E = − ∂t r r ∂E ∇ × B = µ 0ε 0 ∂t (Lei de Faraday) (Lei de AmpèreMaxwell) Aplique o rotacional às leis de Faraday e Ampère-Maxwell Use novamente as equações de Maxwell para substituir os divergentes e rotacionais .

t ) = 2 ∂x 2 v ∂t 2 v = velocidade de propagação da onda. µ0 = 4π × 10-7 N/A2) .m2. Calcule a velocidade de propagação das ondas eletromagnéticas. (ε0 = 8.85 × 10-12 C2/N. t ) 1 ∂ 2 y ( x.Equações de Onda r 2 r ∂ E ∇ 2 E = µ 0ε 0 2 ∂t r 2 r ∂ B 2 ∇ B = µ 0ε 0 2 ∂t (Equações de Onda) Em uma dimensão: r r 2 2 ∂ E ∂ E = µ ε 0 0 ∂x 2 ∂t 2 r r 2 2 ∂ B ∂ B = µ ε 0 0 ∂x 2 ∂t 2 Forma geral das equações de onda: ∂ 2 y ( x.

Solução da Equação de Onda A função que descreve uma onda se propagando no sentido positivo de x é: y ( x. . t ) = E0 sen(kx − ωt ) r ) Se E0 = E0 y j use a lei de Faraday para encontrar o campo magnético. t ) = y0 sen(kx − ωt ) k= 2π λ ω = 2π f Mostre que a seguinte função é solução da equação de onda para o campo elétrico: r r E ( x.

Escreva expressões para as componentes do campo magnético da onda.0 cos[π × 1015(t-x/c)]. O campo elétrico de uma onda plana é dado por Ex=0. . A relação entre as amplitudes é E = cB. A onda se propaga na direção de E × B. Ey=0.Propriedades das ondas eletromagnéticas E e B são ortogonais entre si. Ez=2.

Espectro eletromagnético f = c λ .

Energia transportada pela onda 1 2 = ε u E Densidade de energia no campo elétrico: e 0 2 1 2 u = B Densidade de energia no campo magnético: m 2µ0 1 1 2 B2 Densidade de energia total: u = ue + um = ε 0 E + 2 2µ0 Para a onda a eletromagnética: E = cB e c= 1 1 u= EB µ0c Média: µ0ε 0 u = ε 0c EB u = 1 2µ0c E0 B0 .

Energia transportada pela onda Intensidade da onda: Energia E 0 B0 I= = u c= Área × tempo 2µ0 Vetor de Poynting: r = S med r 1 r r S= E×B µ0 Momento da onda se propagando na direção x: dp dU F= =− dt dx dp dp dx ⇒ dx = − dU ⇒ dx = −dU dt dx dt U p= c .

.Pressão de radiação dp 1 dU Força: F= = dt c dt 1 1 dU Pressão: Pr = A c dt I Pr = = c r S med c E0 B0 E02 B02 Pr = = = 2 2µ0c 2µ0c 2µ0 (pressão de radiação) O campo elétrico de uma onda eletromagnética oscila na direção y. e o vetor de Poynting é dado por r ) 2 2 9 S ( x . t ) = (100 W / m ) cos [ 10 x − ( 3 × 10 ) t ]i Encontre os campos elétrico e magnético e a pressão de radiação desta onda.