Boletim de Divulgação do Núcleo de Caridade Espírita Irmão Joé - Nº 30 – 16/04/2014

v

O Painel
b próximas semanas

Páscoa
A Páscoa se aproxima, com seus significados e símbolos, relembrados nos círculos religiosos que a comemoram. Por exemplo, para a comunidade judaica é a lembrança da passagem da escravidão para a libertação do povo hebreu, sob a liderança de Moisés; entre os católicos representa a ressurreição de Jesus e a renovação. E para nós espíritas? Embora a comemoração ritualizada não faça parte do referencial espírita, compreendemos o momento como de profunda reflexão. O significado de “passagem” continua presente, mas numa dimensão essencialmente do espírito, no templo do coração, onde o amor cristão deve ser a chama libertadora em nossa travessia, nas ações diárias. A Páscoa portanto é um convite à nossa renovação, que se faz gradativa, na senda do progresso, mas que precisa ter atenção permanente, no exercício das virtudes, da caridade, do amor ao próximo. E ficamos com a exortação de S. Vicente de Paulo (O Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. XIII, 12): “Homens de bem, de boa e firme vontade, uni-vos para continuar amplamente a obra de propagação da caridade; no exercício mesmo dessa virtude, encontrareis a vossa recompensa; não há alegria espiritual que ela não proporcione já na vida presente. Sede unidos, amai-vos uns aos outros, segundo os preceitos do Cristo”.

Jovens idealizam novo formato para atendimento nas ruas: Doadores de Afeto!

Imagem: Internet

A ideia partiu dos jovens de nossa casa espírita e está prestes a se concretizar, mais exatamente no sábado dia 19 de abril. Trata-se do grupo Doadores de Afeto, que fará atendimento a moradores de rua no 3º sábado de cada mês, com a proposta de levar um lanche e, principalmente, uma palavra amiga e afetuosa a pessoas que vivem nas ruas.

É uma nova frente de trabalho voluntário, em total sintonia com o perfil do Núcleo, que começou exatamente com a entrega de lanches e sopa, para depois se consolidar como uma casa de estudo, oração e atendimento, hoje com cerca de duas décadas de atividade contínua. Mas o que muda então? O que há de novo além de um nome e uma imagem para os definir?

AFETO ANTES DE TUDO O objetivo dos Doadores de Afeto é proporcionar a cada pessoa atendida a possibilidade de conversar mais, de contar a sua história, de dividir seus pensamentos e seus sentimentos, para que a ajuda se consolide mais e se amplie em ações diversas, desde singelos mimos, até providências como ajudar a emitir um documento de identidade,

Veja também nesta edição:
 Vem aí o II Encontro de Mediunidade e Cura  Abertas as inscrições para o Grupo de Arteterapia

Pág. 2

O Painel - Boletim de Divulgação do Núcleo de Caridade Espírita Irmão Joé – Nº 30 – 16/04/2014 /2013

Com início no sábado 19 de abril, Doadores de Afeto marcam uma nova etapa de trabalho voluntário junto aos assistidos de rua
... favorecer o retorno ao lar
e à família, oferecer a possibilidade de um banho, enfim, tornar mais frequentes ações que já aconteceram junto a assistidos pelo NCEIJ. Embora nossos jovens mais velhos tenham a idade da nossa casa espírita e não guardem a lembrança do que foi o início do Núcleo, eles estão na verdade trazendo de volta uma característica que marcou a atividade assistencial especialmente naqueles outros tempos. Essa característica diluiu-se em atendimentos com quantitativo maior, que exigiu um ritmo mais acelerado na entrega do alimento. Então, os jovens questionaram a razão pela qual a conversa perdeu espaço junto aos moradores de rua e propuseram a criação dessa nova frente de trabalho voluntário, organizada por eles, com o apoio da Equipe de Assistência Social, para priorizar maior contato com os assistidos, maior doação de afeto, sem deixar de levar também o alimento material. Além disso, passa a haver novamente uma atividade mensal da Casa para atendimento nas ruas. COMO ACONTECERÁ Os Doadores de Afeto optaram por maior praticidade no modo de desenvolver o trabalho. Para começar, os lanches serão de acordo com a época do ano, variando assim entre sucos gelados ou um chocolate quente, acompanhado de algo comestível e saudável. O preparo será das 18h às 19h, demandando uma equipe pequena, com revezamento dos jovens a cada mês. O grupo sairá às 19h para a entrega, em local que em princípio será o mesmo ao longo dos meses. Haverá sempre a participação de componentes da Equipe de Assistência Social do Núcleo, em parceria fraterna com os da Equipe dos Jovens. E, nas ruas, será o encontro para o qual a proposta foi criada, será o momento de olhar nos olhos, de ouvir, de dialogar, de envolver os irmãos em prova, de doar o afeto.

AFETO A DOAR, LIÇÕES A RECEBER...
Não é raro em nossas atividades de atendimento nas ruas ouvirmos dos voluntários comentários como “pensei que seria eu a doar e no entanto muito recebi como lição e sentimento de alegria durante o trabalho”. Assim, então, manifesta-se uma proveitosa troca de energia, de aprendizado, de amor fraterno. É a caridade material e espiritual no dizer doutrinário, pela qual, mesmo em reduzida proporção, vamos procurando vibrar a mensagem de amor deixada pelo Cristo e recebendo a alegria gerada pelo trabalho fraterno.

UM NOME, UMA IMAGEM A denominação do grupo surgiu de modo bem singular. A presidente do Núcleo, Cláudia Linhares, estava em um enorme congestionamento no trânsito e ouviu no rádio alguém falando de afeto. Ela conta que de repente os sons se confundiram e ela não sabia diferenciar o que era som do rádio ou percepção da espiritualidade e prontamente lhe veio o nome. À noite, em reunião com os jovens, quando seriam apresentadas as propostas de todos, Claudia contou o que havia acontecido no congestionamento e eles logo aderiram à proposta: Doadores de Afeto, que por si só já expressa o objetivo do trabalho voluntário. A criação da imagem teve uma história interessante também. De início, algumas pessoas envolvidas no planejamento do trabalho tiveram a mesma ideia em momentos diferentes: uma imagem de mãos ofertando um coração, para simbolizar a doação do afeto. A partir dessa coincidência, a presidente da Casa propôs que as crianças que

E COMO FICARÁ A SOPA?
O Núcleo vinha realizando o preparo e a entrega de sopa no quinto sábado (somente alguns meses do ano têm cinco sábados). Com a criação do grupo Doadores de Afeto, os trabalhadores voluntários no Núcleo analisaram e concluíram pela mudança do sábado da sopa. Ficará assim: no mês com 5 sábados haverá sopa, mas acontecerá no terceiro sábado do mês, como atividade dos Doadores de Afeto, sendo mantido o preparo às 16h e a entrega às 19h30. Desde março de 2014, são entregues 120 sopas, o dobro da quantidade anterior, o que requer um número maior de voluntários, tanto no preparo quanto na entrega. Fica a dica para quem quiser se unir à equipe e se solidarizar com os irmãos atendidos.

frequentam as aulas de divulgação infantil (evangelização) e que em breve serão os novos jovens do Núcleo, também fossem envolvidas na criação dos Doadores de Afeto. Então as Equipes de Divulgação Infanto-Juvenil e do Espaço Literário entraram no circuito para promover o concurso cultural de desenho, com as diretrizes sobre haver coração e mãos no desenho. Os trabalhos ficaram em exposição por uma semana e receberam votos dos frequentadores da casa. O resultado revelou como vencedor Paulo Vitor Caldeira Barboza, 10 anos, da Juventude 2. Na sequência foram produzidas camisas na cor azul marinho com branco na estampa, que identificarão o grupo durante a realização dos trabalhos, embora não sejam de uso obrigatório.

Sua presença é muito bem-vinda!

PARTICIPE!

O Painel - Boletim de Divulgação do Núcleo de Caridade Espírita Irmão Joé – Nº 30 – 16/04/2014

Pág. 3

Novidade: Arteterapia em encontros semanais
Um espaço para se expressar criativamente e, por meio das produções, conhecer um pouco mais de si mesmo, visando a conquistar um viver mais feliz. Que tal algo assim no ambiente do Núcleo? O que uma perspectiva como essa inspira em você? O texto em destaque é exatamente a proposta do Projeto do Grupo de Arteterapia em nossa casa espírita, que terá início em 14 de maio, inaugurando uma nova atividade no Núcleo. O projeto tem a coordenação da estudante de Arteterapia Sônia Cristina, com a supervisão da arteterapeuta Marise Piloto, e consiste em organizar um grupo de pessoas para encontros semanais, às quartasfeiras, das 14 às 16h. A participação é gratuita e os interessados devem fazer suas inscrições com a Sônia. Lembramos apenas que as vagas são limitadas. AGORA, TODA SEMANA As experiências de Arteterapia já vividas no ambiente do Núcleo foram nos dois Encontros realizados em 2013. No evento de Mediunidade e Cura, tivemos a vivência “Tecendo corações”, ministrada pela Marise Piloto. No Encontro sobre Jesus e Espiritismo, produzimos as caixinhas das “Escolhas para viver melhor” (foto), atividade dinamizada por Sônia Cristina. Em ambos os momentos a receptividade e a participação de todos foram significativos. Agora, o que se objetiva com os encontros semanais é desenvolver temáticas diversas por meio de atividades expressivas variadas, com tecidos, linhas, papel, tinta e os mais variados materiais, para que o grupo desvende o seu próprio crescimento, de maneira espontânea e agradável. VENHA E DEIXE-SE EXPRESSAR! ACREDITAMOS QUE ISSO LHE FARÁ FELIZ!

Este ano o tema será sobre o passe de cura

Começaram os preparativos para o II Encontro de Mediunidade e Cura, a ser realizado na tarde do sábado dia 7 de junho, das 14 às 17h. Reserve desde já essa data em sua agenda, convide os familiares e amigos para esse momento de reflexão. Este ano será desenvolvido o tema “Passe de cura: uma combinação de fé, conhecimento e vontade”. Espera-se possibilitar a todos, especialmente aos frequentadores das reuniões de quartafeira no Núcleo, maior compreensão sobre os mecanismos que regem tão relevante atividade no contexto da casa espírita. Enquanto a Equipe do Espaço Literário se organiza, com o apoio de todas as demais equipes do NCEIJ, prepare-se você também, anotando desde já as suas dúvidas para serem apresentadas no evento. Em breve teremos outras informações sobre o Encontro. Acompanhe!

Pág. 4

O Painel - Boletim de Divulgação do Núcleo de Caridade Espírita Irmão Joé – Nº 30 – 16/04/2014

Quando o legado é um acervo de luz!
Quem lê sobre as vidas de Joanna de Ângelis, que com esse nome assina diversas obras psicografadas pelo médium baiano, Divaldo Pereira Franco, sabe do amor que ela sempre teve pelo saber e pelos livros, mesmo tendo encarnado em épocas em que a mulher não tinha acesso ao conhecimento. Outro espírito, que escreve também pelas vias mediúnicas de Divaldo, Amélia Rodrigues, nos informa do manancial de luz das bibliotecas no plano espiritual, onde buscou referências importantes para escrever “Primícias do Reino” e “Luz do Mundo”, que apresentam nuances delicadas sobre o viver de Jesus entre os homens. O livro existe aqui e lá, propiciando a quem o busca, a riqueza do conhecimento. O Livro dos Espíritos, por exemplo, obra base da Doutrina Espírita, é estudado entre nós encarnados, como também no plano em que vivem os espíritos desencarnados, conforme nos deram ciência os benfeitores espirituais que dirigem a nossa casa espírita. O livro... Ah, o livro... Com imenso respeito e amor, queremos agradecer por tantos livros... Agradecer a quem? Ao espírito da nossa irmã e companheira de tarefa, Sônia Regina. Todo o acervo de sua biblioteca, acompanhado ainda de uma bela estante, foi doado e transferido ao Núcleo de Caridade Espírita Irmão Joé. Um legado precioso para todos nós, um convite amoroso ao estudo, um incentivo permanente a nos instruirmos, no dizer de Kardec. Perto de completar um ano que nossa irmã voltou à pátria de origem - em 1º de maio -, fica registrado o profundo agradecimento de todos nós, com imenso carinho... E podemos dizer que os livros estão de novo em sua casa, Sônia, na verdade em sua antiga nova casa de trabalho. Que dos dois lados da vida esse tesouro de luz enriqueça a todos quantos se interessem por seu brilho!

Prece
Cristo de luz! Irmãos maiores, trabalhadores do bem, centelhas do caminho, forças de ideal, Ajudai-nos a vencer a nós mesmos, a trabalhar e a trabalhar... Alimentar a nossa vida cuidando de quem precisa A distribuir abraços e sorrisos por onde quer que passemos. Cristo nos envolva na luz da determinação. Que a sua sabedoria seja conosco e que os condutores dos nossos passos, que sequer alcançamos com os nossos olhos, possam fazer de nós criaturas detentoras da potencialidade divina para chegar alto e longe, trabalhando sem olhar as impossibilidades; fazendo da vida uma tarefa e fazendo dessa tarefa a nossa luz. Deus abençoe todos que trabalham com amor nesse planeta em chama, que necessita da misericórdia, que necessita do amor para se renovar a cada dia. Que o amor cubra a multidão de pecados, mas que faça de nós, principalmente, espíritos libertos, espíritos melhores. Com todo meu amor, com todo meu amor, pra sempre o meu amor... Deus nos abençoe!

Sonia Regina
(Prece proferida em reunião de avaliação das atividades de 2013, através da médium Cláudia Linhares)

O Núcleo na Internet:
O Painel
Boletim Mensal de Divulgação do Núcleo de Caridade Espírita Irmão Joé Rua Caldas Barbosa, 170 Piedade – Rio de Janeiro - RJ Presidente: Cláudia Linhares Produção: Equipe do Espaço Literário Espírita Pascoal Jornalista: Sônia Cristina Reg.Nº 15024 JR – DRT/RJ

   

Blog  www.nceij.blogspot.com – mensagens, fotos, registros dos eventos. Facebook  Grupo: NCEIJ ou pelo endereço http://bit.ly/facebooknucleo Scribd  www.scribd.com/nceij95 - todas as edições de O Painel E-mail  nceij95@gmail.com

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA