NOÇÕES

DE

EMPREENDEDORISMO

amplos. aprender sempre. E amanhã será um novo dia. Poucas são as ocupações e profissões capazes de oferecer respostas tão imediatas à iniciativa. tantas vezes demonstrada e que acreditamos possuam a maioria dos alunos deste curso. definimos quais são e como atingir os objetivos da empresa. . à comunidade. aos empregados. Sem planejamento. de cujo maior ou menor conhecimento dependerá o sucesso dos negócios. em interação com o mercado. como também pode contribuir bastante a influência e o apoio dos amigos. Ao produzir. A busca de um objetivo único pode. sem duvida. e mais claros se tornarão os critérios para se medir e avaliar o desempenho da organização. quais são nossos objetivos?”. CAPACIDADE E DETERMINAÇÃO Estaremos estudando a atividade empresarial com um objetivo muito claro: levantar aspectos relevantes na vida das microempresas e empresas de pequeno porte que possam favorecer ou não a decisão de criar a empresa e obter crédito atualmente disponível no âmbito de programas governamentais. É preciso ter objetivos cujo alcance seja possível de ser avaliado periodicamente. No dinamismo do mercado. de forma flexível e fundamentada nos conhecimentos. É como atirar no escuro. determinados no tempo e detalhados a ponto de se tornarem operacionais. Sem buscar conhecimento. é claro. portanto. Os nossos primeiros estudos serão. revela-se o lado mais fascinante da vida empresarial. a empresa deve também definir metas específicos. “Aonde iremos. pois as mudanças acontecem cada vez mais rápidas. próprias do verdadeiro espírito empreendedor. portanto. é necessário mais que dinheiro e sorte para concretizar os sonhos de sucesso. Quanto mais especifico um objetivo.COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR No mundo dos negócios. sobre as características e as possibilidades de realização do empreendedor. com a maior precisão possível. É na garra. é muito difícil (e até perigoso) ser muito especifico. o talento e a determinação do empreendedor brasileiro. nenhum sentimento de realização será capaz de acomodar vocações empresariais. No entanto. Para quem decide tocar uma atividade empresarial. Com o planejamento. mais fácil de compreende-lo. ser frustrante para uma organização. mais adiante. comprar. dificilmente nos moveremos na direção certa. qual o nosso negocio. A limitação desses objetivos gerais pode desviar do foco de atenção da empresa tanto impedimentos e ameaças como também oportunidades de lucro. quando e quem deve fazer. a empresa deve trabalhar não só em função de objetivos globais. informações. realizar algo que tenha algum significado para os seus negócios. Ao lado de objetivos gerais. de que maneira fazer. enfim. mais fácil comunica-lo às pessoas comprometidas com o sucesso da empresa. nas estimativas e finalidades. Uma empresa que acredita ter como único objetivo o lucro descobrirá. o dinheiro é importante. Sem sua força orientadora. que possibilitem ajustes às mudanças no ambiente (a evolução da sociedade e do mercado). além de compromisso com o seu próprio desempenho. na determinação. vender. sequer existem parâmetros para medir e avaliar o próprio desempenho da empresa. As decisões de ontem poderão não servir para o dia de hoje. a sorte ajuda muito. não há como ter segurança de estar percorrendo o caminho certo. mas também é preciso ter em foco objetivos específicos. É a grande lição que os maiores empreendedores nos deixam: estar sempre bem informado. Em resumo. Sem as respostas adequadas.INTRODUÇÃO TALENTO. à independência e à criatividade. ESTABELEÇA METAS E SEJA OBJETIVO As metas funcionam como a força que é capaz de impulsionar a empresa e as pessoas que nela trabalham. PLANEJE E REDUZA RISCOS Planejar pe decidir antecipadamente o que fazer. Você está se preparado para as novas decisões? 1. que também possui responsabilidade em relação aos sócios. e sem planejamento. o empreendedor tem em mente atingir determinados objetivos. na disposição de aprender e na vontade de vencer que se revelam as condições fundamentais do sucesso. Estamos também considerando a capacidade. a empresa não poderá planejar seu futuro. Quando se consideram os objetivos gerais da empresa.

Estabelecer metas . Em todo planejamento é imprescindível: . Elaborar um cronograma de atividades . ele consegue estabelecer objetivos em bases reais. É importante querer aprender. Antigamente. É importante conhecer bem o seu mercado fornecedor por vários motivos: será que seu fornecedor de matéria-prima tem a melhor qualidade com o melhor preço? Será que não existe outra empresa com um prazo de pagamento maior? Será que o produto que o seu fornecedor entrega é o que o cliente final mais gosta? Em anexo. seus clientes. Bem utilizada. Na verdade. roupas e todo tipo de produtos. são seus fornecedores o vendedor de couro. este produto é seu concorrente. se você possui uma fábrica de sapatos. identificar e tirar o melhor proveito das oportunidades com que se depara constantemente. na mesma área de atuação. fornecedores. a partir da análise de informações relevantes. planejar e desenvolver melhor o seu negócio. o mercado passou a ser subdividido. mesmo que tenha a mesma marca que a sua. concorrentes e funcionários. Determinar o grau de responsabilidade das pessoas incumbidas de realizar as atividades INFORME-SE MAIS E MELHOR A quantidade e a qualidade das informações de que o empresário dispõe permanentemente sobre o seu negócio determinam a possibilidade de sua empresa estar à frente da concorrência e obter sucesso. Um bom exemplo é o caso do proprietário de um posto de gasolina que enxerga a outra distribuidora como sua concorrente. para tomar decisões acerca da escolha dos seus fornecedores. clientes e fornecedores. pois sempre existirão coisas a descobrir e entender. informação é poder. o de borracha (para fazer a sola dos sapatos) e até seu fornecedor de cadarços. ou seja. e como direcionar o fluxo dessas informações externas para dentro da empresa. Prever as atividades a serem realizadas para atingir essas metas . bem como projetadas. você encontrará uma ficha para informações sobre o seu mercado fornecedor. É preciso identificar. parceiros. que informações são importantes. após preenchida. o de cola. Enfim. A incessante busca de novas informações ajuda o empresário a manter a competitividade necessária no mercado onde atua. mercado era o local da cidade onde se comercializavam alimentos. portanto. onde e de que forma obtêlas. O ato de planejar representa seriedade e profissionalismo. Utilize-a. atuais e passadas. de maneira que possam auxiliar o empresário na tomada de decisões. É importantíssima a capacidade do empreendedor de aprender permanentemente mais e mais coisas relacionadas à organização. é interessante desenvolver um relacionamento próximo com ele – bons fornecedores podem ser excelentes parceiros para a sua empresa. determina metas e a maneira de alcançá-las. O planejamento desvenda possibilidades de desenvolvimento no futuro. É planejando que o empreendedor consegue organizar o seu negócio.O planejamento seleciona alternativas para a empresa. Se os seus consumidores deixarem de comprar o seu produto para comprar um outro qualquer. Assim. Assim. Aqui. E saber quem são seus concorrentes e o que eles estão . todos os que fornecem algum produto (ou serviço) importante para o trabalho da sua empresa são seus fornecedores. O primeiro tipo de mercado – o mercado fornecedor – é composto pelas empresas e pessoas que fornecem algum produto ou serviço para que sua empresa possa fabricar e vender seus produtos ou serviços. vamos estudar três tipos diferentes de mercado: fornecedor. Trata-se de uma proposta de ação que torne possível à empresa atingir seus objetivos. o posto de gasolina da rua de cima é o seu principal concorrente. concorrente e consumidor. É fundamental o dialogo permanente com os empregados. TRANSFORME FORNECEDORES EM PARCEIROS Uma vez escolhido um bom fornecedor. SEMPRE EM DIA COM A CONCORRÊNCIA Formam o mercado concorrente todas as empresas que atendem ou possam atender às necessidades dos mesmos clientes atendidos por sua empresa. O planejamento traça o caminho para o empreendedor alcançar seus objetivos. Essa definição vale até hoje. mas à medida que o tempo passou e o comercio entre pessoas e empresa cresceu.

Mas. se tornarem clientes. Por isso. descobrir a rádio que eles preferem ouvir. no concorrente”. Portanto. por exemplo. o mercado consumidor é o mais importante: trata-se da fonte de receita de qualquer empresa. ele acredita que qualquer pessoa possa ser seu consumidor. COMUNIQUE-SE MELHOR COM O CLIENTE Para conhecer bem os seus consumidores e acertar na maneira de se comunicar com eles. é importante agora pensar no produto mais adequando. não há negocio. nem todas as pessoas (empresas) são seus consumidores potenciais (ou seja. O composto de marketing nada mais é do que um conjunto de itens a serem analisados antes de se definir o funcionamento da sua empresa – para fazer com que ela funcione de acordo com o que o seu cliente quer. que consome muito mais seus produtos do que. Em anexo você encontrará uma outra ficha para preencher sobre o seu mercado concorrente. aqueles que podem comprar os produtos que você vende). mas existe um grupo de clientes. DE OLHO NO MAIS IMPORTANTE: OS CLIENTES O terceiro tipo de mercado e. o mais importante. . formam o mercado consumidor. o dono da lanchonete deve concentrar sua atenção nestes estudantes e mantê-los satisfeitos quando estiverem na loja. Se a razão principal for o preço. o que tornará o ambiente da empresa ainda mais agradável (mesmo que isso signifique aumentar um pouco os preços). O problema é que. e é formado pela análise do produto. É sempre importante lembrar que a análise dos “4 pês” é feita em função do tipo do consumidor que sua empresa irá atender. por exemplo. Mantenha-a sempre atualizada: você precisa estar em dia com o que acontece com os seus concorrentes. Ele pode. UM BOM PRODUTO: CONDIÇÃO PARA O SUCESSO – ( 1 P ) Definido o cliente a ser atendido. formado por jovens estudantes do bairro. como conhecer bem o seu consumidor? Para começar. Por esse motivo. Um ditado antigo que diz que o empresário deve manter “um olho no cliente e o outro. Saber o que seus concorrentes estão fazendo e a forma como estão trabalhando é essencial para definir melhor a atuação de sua empresa. portanto. Como todas as pessoas precisam de se alimentar. Todas as pessoas ou empresas que possam se interessar por seu produto ou serviço e.fazendo é importante para que você esteja sempre à frente deles no atendimento que dá a seus consumidores. portanto. Sem clientes. E mesmo que sua empresa tenha vários tipos de consumidores. contribuir para que ele compre mais. Se a razão principal para comprarem de sua empresa for o conforto. quem sabe um convênio com administradoras de cartão de crédito contribuirá para que o consumidor se sinta ainda mais à vontade para gastar. por exemplo. há sempre um grupo principal. Você poderá melhorar seu produto a partir da opinião de seus clientes. o que pode ser melhorado no produto. Apresente o produto aos clientes e pergunte (sinta) se estão satisfeitos ou não (e por quê). é fundamental definir o publico que você quer atender antes mesmo de começar esta análise. é preciso conhecê-lo bem e saber exatamente o que ele quer. é preciso tomar muito cuidado na hora de criar o seu “composto de marketing”. que outras características ele poderia ter assim por diante. a competitividade aumenta dia a dia: cada vez mais empresas querem vender seus produtos para os mesmos consumidores. para deixar o aparelho de som da loja sempre sintonizado nela. Por isso. Isso é verdade. do ponto de venda e da promoção. É preciso saber também o motivo pelo qual os clientes compram os seus produtos. para garantir que o cliente escolha a sua empresa. valerá a pena talvez investir em um aparelho de ar-condicionado. é o mercado consumidor. Dar ao cliente o produto que ele deseja é o melhor meio de garantir que as vendas aumentem e que sua empresa continue crescendo. Saber quem é o seu cliente é importante porque ajuda a fazer o produto e até a propaganda do jeito que ele gosta – e. Esse conjunto de itens recebe o nome de 4 “pês” do marketing. nos tempos de hoje. do preço. Veja o caso de um empresário dono de lanchonete. os empregados do banco que funciona na esquina. perguntando aos clientes se a comida está boa e que tipo de prato eles gostariam para o dia seguinte. Um hábito interessante é o dono de restaurante que sempre circula entre as mesas na hora do almoço.

Uma estratégia de preço mal desenvolvida pode fazer com que o consumidor. mesmo depois de ter escolhido um bom produto. condizentes com o tipo de consumidor do produto (em shopping centers. Normalmente. preferindo ir até o consumidor através de vendedores que visitam todos os domicílios de uma determinada região (estratégia de algumas empresas de cosméticos. Para isso. Mais ainda: conhecer o tamanho do mercado permite que você saiba com segurança se vale a pena investir mais nesse mercado ou não. por exemplo). De nada adianta um bom produto a um preço justo se o consumidor não sabe onde encontra-lo. 2 – A percepção dos consumidores: Não adianta ter um produto muito bom. se o produto for considerado caro por estes mesmo clientes potenciais. se os concorrentes estiverem vendendo produto semelhantes por um preço inferior. mais caros. o preço. saber qual é o potencial de lucro que ela realmente tem. devem ser colocados em locais confortáveis. por exemplo. portanto.. COMO DIMENSIONAR O TAMANHO DO SEU MERCADO O TAMANHO DO MERCADO Saber o tamanho do mercado permite uma idéia clara do volume de vendas que a sua empresa poderá atingir e. Alguns tipos de promoção são mais caros. Cuidado! Um preço fora da realidade do mercado costuma ser um dos maiores responsáveis por afugentar os clientes da empresa. mesmo interessado no produto. por exemplo). uns trazem resultado imediato. O importante é que ele se sinta à vontade com o método e o ponto de venda escolhidos. 3 – A concorrência: Não adianta ter um preço considerado justo pelos clientes. Define-se o preço do produto em função de três de suas características: 1. anúncios em jornais e revistas. Produtos diferenciados. SEJA CRIATIVO NAS PROMOÇÕES – ( 4 P ) Finalmente. o conforto do seu ponto de venda e os preços baixos que sua empresa oferece. etc. O mais importante é que a sua empresa escolha a promoção que irá fazer de acordo com as características do seu cliente: naquele exemplo da lanchonete. distribuição de panfletos. por exemplo). suficiente para cobrir os custos de produção e ainda gerar lucro. como. Existem empresas que optam até mesmo por não vender o produto em lojas. acabe não comprando. mala direta. entra em cena o quarto P: a promoção A promoção é a ferramenta com a qual a sua empresa comunicará aos consumidores as vantagens que oferece. ESTABELEÇA PREÇOS ADEQUADOS ( 2 P ) O produto é sem duvida muito importante para a decisão de compra do cliente. PONTO DE VENDA: ONDE ENCONTRAR SEU PRODUTO – ( 3 P ) Não se pode esquecer da escolha de um bom ponto de venda para os produtos. Existem diversos tipos de promoção: propagandas no rádio e na TV. feito especialmente em função dos desejos de seus consumidores.Os custos: Conhecer bem os custos é importante para que sua empresa não acabe vendendo com prejuízo. uma boa estratégia de preço e um bom ponto de venda para sua empresa. .. propaganda na internet. out-doors. telemarketing. outros a longo prazo. outros mais baratos. porém não se deve ignorar os outros aspectos da escolha. o proprietário terá mais resultado colocando uma faixa na frente de cada escola do bairro do que anunciando no jornal da cidade (e ainda vai gastar menos). não se esqueça de que o ambiente competitivo de hoje não permite que nenhuma empresa “descanse”: você deve comunicar aos seus clientes as vantagens de adquirir os seus produtos. os produtos baratos e de grande aceitação são vendidos em pontos de grande movimento e em locais onde estejam bem visíveis para o consumidor (como uma loja no centro da cidade.E no seu caso? Você sabe qual é a razão principal para os clientes comprarem de sua empresa? Seu produto deverá ser criado e trabalhado em função da resposta a esta pergunta.

o tíquete médio da empresa será igual ao total de vendas sobre o total de compradores (R$ 10. serão necessárias três informações: a primeira é número de consumidores da sua área de atuação. Para saber então qual é o numero de consumidores do seu mercado potencial (ou seja. e são 4 ruas na sua área de atuação.00). A segunda informação relevante é o numero de concorrentes na sua área de atuação.Uma coisa é conhecer o seu cliente e saber a melhor forma de atende-lo. você devera contar o numero de residências e estabelecimentos comerciais da região. então alguma coisa está acontecendo com seu negocio. ainda mais as vendas. Para fazer isso. Não deixe de mantê-la sempre atualizada: ela poderá ajuda-lo a compreender melhor a realidade do seu negocio.. Se você estiver vendendo menos do que deveria. Se você multiplicar o seu tíquete médio pelo mercado potencial (o numero de clientes da sua região de influencia dividido pelo numero de concorrentes) e o resultado for maior que o volume de vendas da sua empresa no mês. o tamanho do investimento que deverá realizar. O mais interessante é que essas informações permitem a você tomar uma serie de decisões importantes. e sua empresa estiver trabalhando na capacidade máxima. porque é a partir do tamanho do mercado que você irá definir o porte necessário para a sua empresa e. Uma vez que a área de atuação da sua empresa tenha sido definida. Viu como algumas contas simples podem ajudar você a tomar melhores decisões? Em anexo. você encontrará mais uma ficha para preencher com informações sobre o seu mercado consumidor. Todas as empresas que vendam produtos semelhantes ou substitutos aos seus dentro da área de atuação que você definiu são suas concorrentes. Um bom exemplo é o caso da loja de roupas que funciona em um bairro da cidade. Mas como se manter atualizado sobre o que acontece no seu mercado? .. então o seu mercado potencial é de cinqüenta domicílios (200 residências divididas por 4 concorrentes). Se você tiver duvidas sobre como delimitar essa área. Este é um conceito muito simples: o tíquete médio corresponde ao valor que você vende para cada consumidor que compra na sua empresa. aqueles que provavelmente comprarão na sua empresa). Se você estiver vendendo menos do que deveria. É melhor examinar os seus “4 os” e mudar o que estiver errado. não importando o valor real comprado por cada um deles. Assim. conte algumas das ruas principais. PESQUISE E SAIBA O QUE ACONTECE NO SEU MERCADO Você já sabe o que fazer para manter o seu consumidor sempre interessado nos produtos de sua empresa e aumentar. a ultima informação a levantar é o tíquete médio das suas vendas. assim. de onde as pessoas possam se deslocar facilmente para a loja. para depois multiplicar o resultado pelo numero de ruas do bairro. basta multiplicar os dois números para saber quantos domicílios existem em sua região (4 x 50 = 200 domicílios). basta conversar com seus clientes: as ruas e bairros de onde eles vêm para comprar na sua empresa estão na sua área de atuação. conseqüentemente.00. Para exemplificar: supondo que uma empresa venda para apenas dois consumidores um total de R$ 10. TICKET MÉDIO DE VENDAS Agora que você já sabe o tamanho do seu mercado potencial.00 / 2 = R$ 5. O resultado é o tíquete médio. se existem em média 50 residências por rua no bairro. Para saber qual é o tíquete médio basta dividir o total das suas vendas no mês pelo numero de clientes que comprou na loja (ou pelo numero de notas fiscais ou recibos que você emitiu). Mas como fazer isso? Dimensionar o tamanho do seu mercado é mais simples do que parece. porque existe um mercado potencial. Vamos supor que a empresa do exemplo acima tenha três concorrentes na área de atuação. Sua área de atuação será formada por todas as residências e prédios comerciais da região próxima à empresa. e sua empresa ainda tiver capacidade de vender mais. basta dividir o numero de clientes na sua área de atuação pelo numero de concorrentes no mercado (não se esqueça de colocar a sua empresa também). em media. Se for uma área muito grande. Outra coisa é dimensionar o seu potencial de vendas. então é hora de investir no crescimento da empresa. isso significa que você esta vendendo menos do que deveria.

garantia. Faça isto periodicamente.DESCUBRA O QUE ESTÁ ACONTECENDO NO SEU MERCADO Descubra agora. assistência técnica. É muito importante estar “sempre ligado”. Se possível. levantando sempre as seguintes informações: o o o Motivos que o levam a freqüentar sua empresa Escolha ou rejeição de determinados produtos ou serviços O nível de satisfação dele. tabule estas pesquisas numa planilha eletrônica e avalie os resultados. Clientes que perguntam sobre características do produto. Outra forma de pesquisar é observar o comportamento do cliente dentro da sua empresa. vida útil. Se não compram. Observe a fisionomia do cliente. é o contacto com o consumidor. seus preços são competitivos. você estará fazendo uma boa pesquisa de mercado. . como se manter atualizado sobre o que acontece no mercado. sem tornar-se inconveniente. demonstram que estão preocupados com qualidade. Procure conversar com seu cliente. Anote as respostas. Quando não compram. ambiente e qualidade Converse com o Maximo de clientes que seja possível. atendimento. Assim. sinalizam que algum concorrente tem preço melhor. é sinal de insatisfação com a qualidade dos seus produtos. com os preços. Observe clientes que perguntam muito sobre preço. A melhor forma de levantar informações sobre seu mercado. Quando esses clientes compram.

Liste os principais fornecedores de quem você compra cada serviço ou produto acima citados: PRODUTO 1 FORNECEDORES a b c 2 a b c a b c 3 3. Cite agora outros fornecedores que você conhece para os produtos ou serviços acima dos quais você ainda não compra PRODUTO 1 FORNECEDORES a b c 2 a b c a b c 3 .ANÁLISE DO MERCADO FORNECEDOR 1.Cite os três principais produtos ou serviços que sua empresa consome no seu processo de produção ou comércio: 1__________________________________________________________________________ 2__________________________________________________________________________ 3__________________________________________________________________________ 2.

4. 2 = (R) Regular 1 = ( I ) Insuficiente ITEM Facilidade de acesso Localização Atendimento Pontualidade na entrega Capacidade de entrega Condições de pagamento Garantia do produto Relacionamento FORNECEDOR ATUAL OUTRO FORNECEDOR Você pode colocar outras informações que ache necessário como promoções e políticas de preços do fornecedor. . Faça a cpmparação entre seus fornecedores atribuindo os graus conforme a escala abaixo: 5 = (E ) Excelente 4 = (MB) Muito Bom 3 = (B) Bom. Sempre mantenha-se informado sobre o soeu mercado fornecedor para que possa escolher as melhores alternativas para a sua empresa e ter elementos para negociar com seus fornecedores atuais.

Liste os principais pontos fracos do concorrente em relação a sua empresa CONCORRENTE 1: PONTOS FRACOS A B C 2: A B C 3: A B C .ANÁLISE DO MERCADO CONCORRENTE 1.Liste os principais pontos fortes deles em relação a sua empresa: CONCORRENTE 1: PONTOS FORTES A B C 2: A B C 3: A B C 3. Cite os três principais concorrentes da sua empresa: 1:_______________________________________________________________________ 2:_______________________________________________________________________ 3:_______________________________________________________________________ 2.

suas atividades atuais. ITEM Localização Conceito mercado Atendimento Preços Qualidade dos produtos Tempo no mercado Garantias que oferece Atendimento pósvenda no SUA EMPRESA CONCORRENTE A CONCORRENTE B CONCORRENTE C 2 = (R) Regular 1 = ( I ) Insuficiente Saber o comportamento do concorrente. . como cuida do cliente é importante para não ser surpreendido e poder competir.4 – estudo do concorrente versus sua empresa atribuindo os graus conforme a escala abaixo: 5 = (E ) Excelente 4 = (MB) Muito Bom 3 = (B) Bom.

Onde mais ele costuma comprar este tipo de produto ou serviço? ______________________________________________________________________ 4. Como ele avalia o prazo de entrega dos seus produtos ou serviços? _______________________________________________________________________ 7. Qual é o principal produto ou serviço que a sua empresa vende ? 2 .ANÁLISE DO SEU MERCADO CONSUMIDOR 1. Como ele avalia a qualidade do seu atendimento? _______________________________________________________________________ 8. Por que esse cliente compra os produtos ou serviços da sua empresa? _______________________________________________________________________ 3. Como ele avalia a qualidade do seu produto ou serviço? _______________________________________________________________________ 5. Que pontos o cliente acha que sua empresa pode melhorar? _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ . Como ela avalia as formas de pagamento da sua empresa? _______________________________________________________________________ 6. Liste as características do consumidor do seu serviço ou produto: ATRIBUTO DO CLIENTE Sexo Idade Bairro onde mora Mora junto com a família Quantas pessoas moram juntas Qual a posição do cliente na família Local de trabalho Bairro onde trabalha Renda mensal Estuda Bairro onde estuda Escolaridade Que mais gosta de fazer Possui televisão Lê que jornal Lê que revista Que faz nas horas de lazer RESPOSTA 2.

Esses recursos (capital de giro) são compostos por estoque e caixa mínimo. Geralmente é mais fácil demonstrar os processos por meio de fluxogramas. segurança e liquidez. Há duas formas de projetar as receitas: 1) multiplicando o ticket médio pela quantidade clientes potenciais 2) multiplicando a quantidade de unidades de produtos vendidos pelo preço unitário de cada unidade ( Receita = Quant. equipamentos e veículos. INVESTIMENTO FIXO DESCRIÇÃO Máquinas e equipamentos Móveis e utensílios Obras civis Veículos Instalações Terrenos Outros INVESTIMENTOS RINANCEIROS Capital de giro FONTES Recursos próprios Empréstimos e financiamentos TOTAIS ATUAL PROJETADO TOTAL PROJETO DA RECEITA DO NEGÓCIO Agora torna-se necessário projetar as receitas operacionais do negócio em função do potencial do mercado que você projetou anteriormente. PLANILHA DE INVESTIMENTOS PROGRAMADOS Investimentos são todos os valores necessários para tornar realidade o empreendimento e assegurar o desempenho de suas atividades.O PLANEJAMENTO FINANCEIRO DA EMPRESA Após levantar todos os processos que o empreendimento envolverá. Se o seu investimento for na área de comércio ou serviço é necessário conhecer todos os procedimentos necessários ao atendimento e à venda das mercadorias e serviços. O levantamento desses processos é relevante para o estabelecimento do layout do negócio. após haver estudado o mercado e o nicho que a empresa irá explorar. Se o seu empreendimento for uma indústria. poderemos fazer o planejamento financeiro. O empreendedor somente deverá partir para a realização de investimentos. bem como os detalhes dos processos. Investimentos financeiros São os recursos necessários para custear o funcionamento da empresa e que asseguram o desempenho das atividades operacionais. retorno satisfatório. até porque. CLASSIFICAÇÃO DE INVESTIMENTOS: Investimentos fixos: Investimentos fixos são os que não são consumidos no processo de produção da empresa e tem vida útil mais longa como máquinas. Vendida X Preço unitário da mercadoria) . torna também mais fácil a visualização de todo o seu desenvolvimento lógico. instalações. Todo investimento deve satisfazer requisitos de rentabilidade. os processos envolvem todas as etapas necessárias à transformação da matéria prima em produto acabado.

CUSTOS FIXOS As máquinas.2% 1.00 VALOR PROJETADO TOTAL Obs: Os valores são em termos anuais e as quantidades projetadas são as desejadas.0% 0. Isto também gera custos de manutenção.0% 1. FIXO DEPRECIAÇÃO ANUAL Taxa Valor 4% 10% 10% 10% 20% MANUTENÇÃO ANUAL Taxa Valor 0.5% 0. os equipamentos e as instalações desgastam-se com o tempo. CUSTOS Os custos são todos os gastos que a empresa realiza para funcionar e produzir.RECEITAS PRODUTO/SERVIÇO QUANT. depreciação.5% 10% SEGURO MENSAL Taxa 0. É necessários mantê-las em ordem e em funcionamento.5% 1. DEPRECIAÇÃO/CONSERVAÇÃO / SEGURO DESCRIÇÃO INVEST. Toda empresa gera custos em suas atividades.. SOMA Encargos sociais % TOTAL Agora vamos completar a estimativa dos custos .0% Obras Civis Maquinas e equipamentos Móveis e utensílios Instalações Veículos TOTAL CUSTO DE MÃO DE ORA DIRETA Mão-de-obra direta é o pessoal diretamente envolvido na atividade fim do empreendimento MÃO-DE-OBRA DIRETA FUNÇÃO QUANTIDADE VALOR ATUAL QUANTIDADE VALOR PROJET. Os custos são classificados em CUSTOS FIXOS e CUSTOS VARIÁVEIS. Conhecer estes custos e minimiza-los é indispensável para uma boa gestão financeira. conservação etc.2% 1. ATUAL PROJETADA PREÇO DE VENDA PROJETADO EM R$1. ATUAL PREÇO VENDA ATUAL VALOR QUANT.5% 1.

social 7-Lucro líquido final 1) Margem de contribuição é a diferença entre a receita e os custos variáveis.1Produtos 1. Material de limpeza 4.2 Serviços 2-Custos variáveis 3-Margem de contribuição (a) 4-Custos fixos 5-Lucro operacional 6-Imposto de renda/contib. Consumo de material direto 6. PROJETADO Reserva técnica é uma reserva de capital que se faz para enfrentar contingências. SUBTOTAL 11. É importante que a empresa tenha algum recurso para aplicar no próprio negócio. SUBTOTAL 8. Mão-de-obra com encargos sociais 2. O lucro deverá ser a principal fonte de financiamento da empresa. Frete 7. Material de expediente 6.00 VALORES PROJETADOS DESCRIÇÃO VALORES ATUAIS 1-Receita 1. Honorários do contador 5. Margem de contribuição = receita operacional – custos variáveis CAPACIDADE DE PAGAMENTO Se você tomou dinheiro emprestado para o seu empreendimento. Encargos sociais 3. Depreciação 8. Pró-labore com encargos sociais 3. Reserva técnica (3% sobre os itens acima) TOTAL DOS CUSTOS FIXOS 1. Mão-de-obra 2. Impostos e contribuições 4. seguro 10. Comissão sobre vendas ( %sobre vendas) 5. Manutenção e conservação 9. terá a necessidade de calcular a capacidade de pagamento do seu negócio. Água-luz-telefone 7.PLANILHA DE CUSTOS DESCRIÇÃO 1. Reserva técnica (3% sobre a soma dos custos variáveis) TOTAL DOS CUSTOS VARIÁVEIS CUSTOS TOTAIS (FIXOS + VARIÁVEIS) VALOR ATUAL VL. DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO ESPERADO R$1. .

1 Amortização de financiamento 4.DEMONSTRATIVO DA CAPACIDADE DE PAGAMENTO DESCRIÇÃO 1 – Lucro líquido 2 – Depreciação 3 – Disponibilidade ( 1 + 2 ) 4 – Exigibilidade 4.2 Outras amortizações 5 – Saldo (3 – 4 ) ATUAL PROJETADO .