You are on page 1of 13

.Guia Básico de fotografias Digital E-fotos 1.

Introdução Todos os dias, nos deparamos com novos avanços e tecnologias que surgem para facilitar e melhorar nossas vidas. Telefones celulares cada vez menores, computadores mais velozes, internet, etc. Na fotografia não poderia ser diferente. A fotografia digital, que surgiu para o grande público há 5 anos no Japão e nos Estados Unidos, está se tornando cada vez mais popular. Calcula-se que 8 milhões de pessoas já tenham enviado imagens digitais para a web, e que 28 milhões já as tenham visto. Tudo isso graças às imagens digitais. Essa nova tecnologia, que alia fotografia e computadores, chega agora ao Brasil, tanto no mundo virtual quanto no mundo real. A e-fotos oferece a mais completa gama de serviços relacionados à fotografia digital: escaneamento de fotografias, cromos, slides e filmes, gravações de medias, impressos em papel fotográfico de arquivos digitais e filmes analógicos, artigos personalizados, assim como um site-albúm totalmente voltado para a fotografia digital. Este caderno, elaborado pela equipe da e-fotos, serve como guia básico para esse novo ramo da fotografia. Qualquer pessoa pode manipular uma câmera fotográfica digital e ter suas fotos ampliadas em papel fotográfico. Porém, para aqueles que pretendem se aprofundar um pouco mais neste novo e divertido universo, incluímos nesta brochura noções básicas de computação e informática. A união da fotografia e da computação permite que o usuário aproveite para gravar suas fotos em CDs, Zips, manipulá-las e até enviá-las pela internet. Explicaremos o que é a fotografia digital, como uma imagem digital é formada, como são os “filmes” das câmeras digitais, o que são pixels, sensors CCD, enfim, as principais característica da fotografia digital. Traçamos também um comparativo entre a fotografia digital e a convencional, citando algumas vantagens e desvantagens dos dois sitemas. Assim, em qualquer assunto que envolve tecnologia, a fotografia digital possui palavras e expressões próprias, o que fez com que incluíssemos igualmente neste caderno um dicionário básico da Fotografia Digital. Este caderno é apenas uma introdução à fotografia digital, seus termos e palavras, suas vantagens e utilidades. Porém, não tem nem a finalidade, nem a pretensão de ensinar seus segredos; para isso existem cursos, extensa literatura e até faculdades que tratam do assunto. Aconselhamos a visita ao nosso site: www.e-fotos.com.br, na área de conteúdo. Lá existem dezenas de links e dicas sobre onde conseguir mais informações.

com isso a informação nela armazenada desaparece com a queda de energia. Existem vários tipos de computadores pessoais. uma miríade de coisas podem ser feitas . incluindo sistema operacional. computadores com processamento Pentium são mais velozes do que os 486. etc. eletromecânica do computador. monitor. Para o armazenamento de volumes maiores de informacões. mouse. de lá . enfim. que se divide em dois tipos: RAM (random acces memory) e ROM (read only memory). 2. O computador é um sistema composto basicamente de dois elementos: hardware e software. que possui capacidade de armazenamento que vai de 700 Mb (Megabytes) até 70 Gb (Gigabytes). Conceitos de computação e informática Um dos segredos atrativos da fotografia digital é. através de som e imagens dinâmicas. MEMÓRIA RAM : Quanto maior a disponibilidade deste tipo de memória. criação de álbuns virtuais. como programas computacionais. como um disquete ou um CD Rom) e impressora. que além de transmitir FAX. A união de bytes e pixels permite que as fotos sejam passadas para o computador e. utiliza-se o disco rígido. e os Apple-Macintosh. Alguns de seus componentes habituais são: teclado. justamente. MEMÓRIA ROM: Utilizada no armazenamento definitivo de dados e informações em disquetes. que possuem outra arquitetura e outro sitema operacional. placa mãe (coração do computador). Software: são os programas contidos nos computadores que realizam ordens enviadas pelo usuário através do processamento de dados. outros podem também ser adicionados ao computador para a execução de tarefas específicas. brilho e contraste. os principais são os PCs (personal computers) líderes de mercado. ou um kit multimedia. Equipe e-fotos. o usuário necessitará de alguns conhecimentos em informática. ainda permite o acesso discado (dial-up) à internet.Manipulação de cores. Os computadores também variam quanto à sua capacidade de processamento de dados. drive (unidade de leitura/gravação de meios de armazenamento de dados. como por exemplo uma placa de FAX-Modem. disco rígido (hard-disk. Essa memória é volátil e desaparece quando desligamos o computador. composta de dispositivos de entrada e saída de dados da CPU – Unidade Central de Processamento. maior e mais rápido será o processamento de dados.Uma ótima leitura e bem-vindos à era da FOTOGRAFIA DIGITAL!! Atenciosamente. discos rígidos. O processamento de sons e imagens depende da capacidade do processador e da memória do computador. quase tudo o que a imaginação quiser e o computador permitir! Para isso. adição de textos. envios pela internet. CD Roms. . responsável pelo armazenamento de informações). assim como alguns softwares e hardwares. fusão de imagens. seu estreito relacionamento com a computação. Além desses componentes. que permite a interação usuário e computador. Hardware é a parte física.

porém. quando se falava em fotografia. Quais são os softwares mais indicados para a manipulação gráfica? Muitos dos softwares de manipulução estão na internet à disposição de todos. Ela pode ser entendida como a concentração de pixels da imagem. Macromedia Fireworks.Entendendo as fotos digitais Até pouco tempo. e posterirmente. Após a exposição.Então. As unidades para se medir o tamanho de uma foto digital são: pontos por polegadas (Dots Per Inch) ou a quantidade de pixels total (Ex. Quanto maior o número de pixels de uma imagem. Já o byte é composto por 8 bits. AnimatedScren. binary digit) é a menor unidade (pedaço) de informação que um computador pode armazenar e processar. era preciso submeter o filme a um processo químico chamado revelação. O que são bits e bytes? A expressão bit foi inventada em 1948 por um engenheiro belga chamado Caude Shannon. A resolução é afetada pelo tamanho dos arquivos? . o que vinha na mente das pessoas era o ato de expor um filme fotosensível à luz. O que significa resolução? Um conceito importante quando se fala em foto digital é a resolução da imagem. o negativo era ampliado para o papel fotográfico. picture element) é a menor parte de uma imagem digital. Para se entender e aproveitar o máximo a fotografia digital. ACDSee. A qualidade de uma fotografia produzida por uma câmera digital está diretamente associada à quantidade de pixels disponível. que oferecem um novo método de se gravar imagens e momentos especiais: a fotografia digital. qual o tipo de computador ideal para se trabalhar com arquivos digitais? Para que um computador possa trabalhar com fotografia digital é recomendado máquinas robustas.1 mega pixel). Consiste sempre de um único dado representado por zero e 1. 3. ou seja. O que é um pixel? Um pixel (abreviacão de elemento de figura em inglês. Um bit (abreviação de dígito binário em inglês. As imagens digitais são formadas por milhões de pixels. Os mais indicados e popularizados são: Adobe PhotoShop. quanto maior o tamanho da foto obtida. Com os avanços conseguidos na área de engenharia eletrônica temos hoje as câmeras digitais. Um Pentium III de 550 MHz com 128 MB de memória RAM e Placa de vídeo com 16 MB é uma exelente máquina. sendo cada um com cor e tonalidade específica. 3D Gif Desingner. Os computadores antigos (386-486-Pentim) podem trabalhar com fotos digitais também. certifique-se de ter no mínimo 16 MB de RAM e 1 GB de disco rígido.: 2. maior será a sua qualidade fotográfica. Paint Shop Pro. é necessário saber que vários elementos influenciam diretamente no resultado final da imagem. Toda essa tecnologia utilizada nas câmeras digitais as transformam em verdadeiros computadores que dispõem de vários recursos.

pois os pixels não mantêm a fidelidade das cores que possuíam no início. O que é compressão? Compressão é um algorítmo de compactação de arquivos que permite economizar memória/espaço em disco. fotos etc. porém os únicos pixels fiéis em cores da imagem serão os originais e não os decorrentes de interpolação. transmitidas através da internet. Posteriormente. maior será a resolução. Quais as vantagens da fotografia digital? As fotos estão disponíveis para uso imediato sem que haja necessidade de revelação ou ampliação. CompactFlash. stantard e basic (muita compressão. Memory Stick ou disquetes. As fotos perdem um pouco da qualidade ao serem comprimidas. Por exemplo. esses impulsos são decodificados pelos circuitos internos do equipamento e gravados na memória da câmera fotográfica. porém. Essas células capturam a cor vermelha. Como funciona a fotografia digital? As câmeras digitais não possuem filmes. etc. Porém. SmartMedia. menor a qualidade da imagem e menor o tamanho também. depois a azul e depois a verde. Posso aumentar a resolução de minhas fotos no computador? Não. as fotos digitais podem ser manipuladas. As fotos digitais podem ser comprimidas? Sim. Finalmente as imagens serão digitalizadas pelo que se chama de “Shift register” e armazenadas em um disquete ou em placas de memória tipo Smart Cards. Mas o que é “Digital?” Digital refere-se à representação binária de um arquivo dividido em bits e bytes. Existem softwares que aumentam a quantidade de pixels por interpolação. quando gravadas com a opção de máxima qualidade a diferença não é percebida. Comprimir as fotos reduz a qualidade das mesmas. então é feita a sobreposição dessas três para montar uma imagem. As imagens são captadas analogicamente por células foto-sensíveis chamadas CCD (Charged Coupled Device). manipular e arquivar informações como músicas. Como funciona: pixels vizinhos que possuem cores semelhantes são arquivados como um só pixel de uma única cor (economia de espaço). O algarítmo do formato JPEG possui diferentes níveis de compressão. a resolução permanecerá a mesma. brilho. Essas células estão atrás da lente da câmera e transformam as informações visuais em impulsos elétricos. Uma vez dentro do computador. quando se utiliza o formato de gravação JPEG.Quanto maior o arquivo. texto. alguns padrões de compressão de imagens como o JPEG produzem fotos com boa resolução e arquivos relativamente pequenos. Nas câmeras digitais o nível de compressão é confirmado pelos recursos: superfine (pouca compressão). adicionar imagens. enquanto uma foto de alta resolução com 540 kb é convertida para 75 kb. contraste. Apesar de ser possível alterar uma fotografia digital quanto à cor. A representação binária de um arquivo é basicamente a linguagem usada nos computadores para criar. menor qualidade). armazenadas em uma grande . uma foto de 220kb é comprimida para enxutos 50 kb. fine.

• Modificar as fotos a seu bel prazer. • Imprimir as fotos com papel de alta resolução em impressoras de jato de tintas. geralmente. O que pode ser feito com fotos digitais? Qualquer coisa que sua imaginação quiser e que seu software permitir! • Enriquecer textos e planilhas com imagens e fotos. e ainda personalizar artigos tais como camisetas. contraste e brilho das imagens. é convidar as pessoas através de seus e-mails. • Adicionar textos às imagens. As impressões feitas com jato de cera. bem mais simples e econômica. dependendo da qualidade do papel podem simplesmente desaparecer. Quer dizer então que posso enviar minhas fotos digitais pela internet? Sim. Como imprimir minhas fotos digitais? A e-fotos é especializada justamente na impressão em papel fotográfico de fotos. Essa é uma das grandes vantagens da fotografia digital. Por que as fotos impressas têm uma coloração diferente das visualizadas na tela do computador? A tela de um computador tem.br. a única coisa a ser feita é “up-lodear” as fotos. Nele. devido à incidência de luz. pois não há perda de informações em cópias digitais. após o cadastro (gratuito). Obs. é utilizar o site www. maior deve ser a resolução da foto capturada (em pixel). • Eliminar o efeito red-eye (olhos vermelhos) das fotografias.efotos. • Enviar suas fotos pela internet. canecas de porcelana e até bolos. Como fazer para criar um álbum virtual e para compartilhá-lo pela internet? Existem duas soluções. outro problema é que a imagem pode borrar se passarmos o dedo nela.br. Existe alguma diferença entre uma impressão feita em impressora térmica (cera) e uma feita em papel fotográfico? Sim. • Imprimir as fotos na e-fotos em papel fotográfico com a mesma qualidade de uma foto convencional. elas são facilmente enviadas pela internet.variedade de mídias tais como disquetes e CD ROM e não perdem a qualidade com o tempo. inserir as fotos e enviá-las. • Montar seu álbum no site www. • Alterar as cores. • Montar até um show com as fotos.: quanto maior a impressão desejada (em cm). . capacidade de exibir muito mais cores que uma impressora a jato de tinta quando da impressão. A segunda solução. A primeira seria comprar um software que faça um slide show (Microsoft Powerpoint ou Adobe Persuasion por exemplo). uma vez que as fotografias digitais são um alograma de bits e bytes. Existe alguma diferença entre uma impressão e suas respectivas cópias? As cópias são exatamente iguais as de origem.e-fotos. utilizando um software de manipulação gráfica. arquivos e imagens digitais.com. podendo assim compartilhar com qualquer computador conectado à internet do planeta.com.

formato e memória. que facilita o manuseio das imagens e sua transferência para o micro. o que se gasta com filmes e revelação encarece o processo Equipamentos limitados somente para uso fotográfico Preços estáveis Podem ser afetadas por raios X Com o tempo. da Sony. e sua gravação em disquetes ou CD ROM 4. Quantas fotos cabem numa câmera digital? As imagens são armazenadas nas câmeras digitais de várias maneiras. de slides. Existem várias maneiras de passar suas fotos em papel para mídias digitais. Além das diferenças físicas. agora que suas fotos foram tiradas. Esse fato. Fotos capturadas em filme 35mm ou slides podem se tornar arquivos digitais? Sim. utilizando-se de scanner de fotos. Cada fabricante de câmeras digitais produz seus equipamentos com diferentes cartões de memória. As fotos tiradas em filme 35mm (analógicas) são frequentemente passadas para computadorres. Armazenando as imagens Bem. as ruins podem ser deletadas na hora • A ausência de filme e revelação ajudam a compensar o custo inicial da câmera • • • • • Muitas câmeras permitem a gravação de filmes em vídeo O preço das câmeras estão baixando Não são afetadas por raios X Imagens e arquivos digitais não perdem qualidade com o tempo Fotos digitais podem ser carregadas a um computador. desde que a mídia na qual estão gravadas não seja danificada. filmes.Fotografia digital x convencional Sistema digital • Não requer filme nem revelação • Pode-se visualizar a foto imediatamente • Só são guardadas as boas imagens. o importante é armazená-las. que podem ser de vários tipos. Os outros modelos gravam as imagens em cartões de memória e outras mídias. e daí Sistema convencional Filme e revelação necessários Tem que esperar pela ampliação para ver o resultado Paga-se pelas fotos boas e ruins Com o tempo. APS e cromos. de negativos ou para filmes APS. As mais simples possuem uma memória interna onde são gravadas as fotos.44MB. fez da Mavica a líder absoluta do mercado de digitais amadoras. A e-fotos oferece um serviço completo de scanneamento de fotos. grava as imagens em disquetes comuns de 1. slides. A câmera digital Mavica.Quanto tempo duram as fotografias digitais? Por elas serem arquivos digitais compostos por bits e bytes que não se deterioram com o tempo. as fotos digitais serão eternas e com a mesma qualidade do dia da captura. Esses cartões variam em tamanho. Comparativo. 5. por exemplo. os negativos/slides e as fotos perdem cor e qualidade Qualquer manipulação ou envio das imagens pela internet requer a • • • • • • • • • . esses cartões variam também em formatos de gravação.

tiff. .No mundo da fotografia digital essa sigla representa a fonte de energia mais encontrada: as pilhas tamanho AA. Um pixel com 8 bits por cor pode produzir uma imagem de 24 bits. (8 bits X 3 cores são 24 bits). AC Power – Quando a fonte de energia utilizada é uma tomada. tif. pcx. Bitmap –é um método de armazenamento de informação que mapeia um pixel de uma imagem. gif. a não ser para o flash Existem inúmeras. 5x .ALT=gradient line”} 3x. AF. AA. e não pilhas. B&W.ALT=Steve’s Digicams”} {PRIVATE “TYPE=PICT. Dicionário Básico da Fotografia Digital {Private “TYPE=PICT.Quando o foco da lente é feito automaticamente.Termo utilizado quando se fala de fotos Preto e Branco – nosso “PB”. Artifact (ing) – Informação mal interpretada (falta de cor) de um arquivo em JPEG ou de uma imagem comprimida . Uma resolução de 24 bits pode ter até 16. Ir para “Digital zoom” nesta sessão.7 milhões de cores.ruídos de informação. bit por bit. de marcas cores e tamanhos diferentes. etc.Auto Focus .• • • • • • • • manipuladas ou enviadas pela internet sem a necessidade de scanner As câmeras são mais silenciosas e tendem a diminuir o tamanho Conhecimentos básicos de internet são necessários Um computador se faz necessário para usufruir totalmente das vantagens desse sistema A durabilidade das pilhas ainda é um problema Não existem câmeras digitais descartáveis Apenas as câmeras com maior resolução oferecem ótima qualidade na hora da impressão Poucos laboratórios oferecem impressão a partir de arquivos digitais Tecnologia ainda em evolução utilização de um scanner • • • • • • • • Componentes mecânicos mais barulhentos e tamanho e peso estáticos A grande maioria das pessoas está apta a operar este sistema Não requer computador A maioria das câmeras não requer nenhuma fonte de energia. Exemplos desse método são: bmp. Trata-se de um zoom óptico e não digital. pict.10x – Denomina a potência do zoom de uma lente. à prova d`àgua ou não Qualquer câmera oferece boa qualidadde na hora da impressão As impressões podem ser requisitadas em qualquer esquina Tecnologia já instalada 6. Bit Depth – Se refere à cor ou à escalada de cinzas de um único pixel.

Verde e Azul) para arquivos CMYK. Esse é um formato de arquivo não compactado. como por exemplo o TIFF. Esse conversor transforma os sinais analógicos em arquivos ou em sinais digitais. Estas são as cores utilizadas pelas impressoras coloridas: Ink-Jet. Os computadores modernos apresentam imagens com 16 milhões de cores. Para criar as cores. Dye-Sublimation. ou bit depth (profundidade dos bits).A maioria dos arquivos de imagem são no formato de bitmaps. Magenta. Os pixels do CCD agrupam a cor da luz e repassam para um “registro de troca “ para armazenamento. causa alteração de cores. É removível. ao converter-se arquivos RGB (do inglês Vermelho. Em condições normais são capturados diferentes tons de cinza. pixel-depth ( profundidade dos pixels). é um método de armazenamento de imagem utilizado por muitos fabricantes de câmeras digitais. quando observados de perto. bit por bit. Esse é um dos problemas no gerenciamento das cores nos computadores. Magenta. Verde e Azul) é colocada diante dos sensores de pixels. independentemente da informação enviada. BMP. Yellow. CD – CompactDisc – Mídia com capacidade para 650 MB de armazenamento de informação digital. CCD – Charges Coupled Devic é um chip sensível à luz utilizada para a captura das imagens. Esse método não é tão difundido quanto o CCD. mas podem ser lidos indefinidamente. CMYK – Cyan. pois o método CMOS consome menos energia do que o CCD. CCDs são sensores analógicos. Ciam. compatível com o sistema windows. Amarelo e Preto. CompactFlash – Esse é o cartão de armazenamento mais encontrado nas câmeras digitais. CIFF – Câmera Image File Format. Térmica e Crayon. a digitalização só se dá quando os electrons atravessam o conversor A/D. Card Reader – Um aparelho onde se coloca os cartões de memória do tipo “ flash memory cards” para a transferência das informações para o computador. Color Balance – a proximidade com a qual as cores capturadas refletem as da cena original. pequeno e com capacidade de 4 a 192 MB. uma máscara RGB (do inglês: Vermelho. aproximadamente a mesma quantidade que um olho humano consegue distinguir. produzem os famosos “jaggies”. CDRW – CompactDisc ReWriteable – são novos tipos que podem ser gravados e desgravados muitas vezes. . isso deve mudar. Estes podem ser queimados (gravados) uma única vez. serrilhados. Laser. porém. Black. Esses tipos de arquivos. Sua capacidade de armazenamento é de 450MB de informação. Color Depth – Imagens digitais podem se aproximar das cores reais: o método pelo qual isso ocorre é dito “color depth” (profundidade das cores). CMOS – Complementary Metal Oxide Semiconductor – Outro método de captura de imagem utilizado por algumas câmeras digitais.Um método de armazenamento de informação que mapeia um pixel de uma imagem.

FDD – Floppy disk drive – O mesmo disquete de 31/2 dos computadores atuais. como por exemplo o JPEG. Em computador. Um tipo de memória volátil e onde a informação é perdida quando a energia é desligada. Essa quantidade é regulada pelo tempo de abertura das lentes. pelo centro da imagem. onde se utiliza um cabo ou a porta serial (lento) ou a porta USB (mais rápido) DPI – Dots per Inch. Algumas câmeras têm um DRAM Buffer que chega a ter uma memória de 32MB. Uma unidade de medida usada para descrever a concentração de pixels de um monitor ou de uma impressora. EPP – Enhanced Parallet Port – porta de transfêrencia de informações para o computador. Para reduzir tais arquivos a grande maioria das câmeras digitais utiliza um método de compreenssão. Esse é o tipo de interface mais usado na transferência de informações entre câmeras digitais e computadores. COM port – Os computadores possuem portas seriais que comportam o tipo de comunicação RS –232. DRAM Buffer – Todas as câmeras digitais dispõem de um espaço de memória onde as informações são armazenadas antes de serem gravadas no cartão de memória.CF TYpe I com 5 mm de espessura CF Type II com 9 mm de espessura. Digital zoom – esse tipo de zoom aumenta. um hd em miniatura. por interpolação. Isso acontece para facilitar o processamento da imagem. Exposure – A quantidade de luz que chega até o sensor de imagem das câmeras. usado por alguns scanners. impressoras e câmeras digitais. uma imagem tirada na baixa resolução de 640X480 tem 307. Se cada pixel utiliza 24 bits (3 bits) para dar cor. . Digital Film – Termo também utilizado quando se refere aos flash memory cards. DPOF – Digital Print Order Format. Para se ter uma idéia. 200 pixels. DC – Ou DigiCam. Ele é bidirecional e mais veloz que seus semelhantes. a quantidade e o tamanho das fotos a serem impressas. Dye Sub. DRAM – Dynamic Random Acess Memory. Apesar do preço. cuja memória é de 1. Compression – A fotografia digital produz imagens cujos arquivos são enormes.44 MB. não deixa a desejar quando comparada às fotografias reveladas pelo método de banhos químicos. uma única imagem ocupa um MB de espaço de memória. CRW – O formato original de arquivos utilizado pelas câmeras digitais da Canon. Permite com que o usuário “ informe” a seu cartão de memória quais. uma forma de abreviação para câmera digital.Dye Sublimation é um processo de impressão na qual a tinta é passada termicamente da impressora para a mídia. Os do tipo II contêm o novo IBM Microdrive.

ASA etc. portanto. Esse formato não é recomendado para fotos.Hard Drive é a grande unidade fixa de armazenamento de dados existentes nos PCs de hoje. JPEG – Mesmo que “ JPG”. maior o número de pixels. Esse formato sempre perderá um pouco da informação do arquivo original ao . ISO – Nível de “foto sensibilidade” de um filme fotográfico. As imagens que não são corretamente corrigidas tendem a ficar claras ou obscuras demais. câmeras digitais utilizam um sensor eletrônico. SmartMedia and Memory Stick. para capturar as informações.Flash memory – Conhecido como o “filme” das câmeras digitais. Interpolated – Existem softwares capazes de aumentar a resolução de imagens adicionando pixels extras ao arquivo por intermédio de complicadas equações matemáticas. Image Sensor – Câmeras tradicionais expõem um filme foto sensível para captar as imagens. Os números ISO são 100. Ele oferece uma maior compreensão. HD. IR – Método de transferir informações de uma câmera digital para um computador utilizando feixes de raios infra vermelhos.Um equipamento semelhante a um disquete 31/2. um tipo específico de arquivo em formato JPEG. Gamma Correction – Quando se transporta uma imagem para a tela de um computador. Floppy Disk Adapter . Esse equipamento é reutilizável e a informação permanece armazenada mesmo quando não há mais energia. aliado a uma menor perda de qualidade das imagens. Os mais conhecidos são: CompactFlash. 400. que vão do branco total ao preto. (“Interpolação” ou imagem interpolada”). a “Gamma Correction” controla e corrige a claridade/obscuridade da mesma. Quanto maior a resolução do arquivo. escala como ASA 100. Quando se olha uma imagem digital e se vê quadrados formando a mesma. Gray Scale – Uma escala de cores com 256 tons. JPG2000. “Jaggies” – Termo popular para pixelização. menor seu tamanho e. melhor a qualidade da imagem. Tal método dispensa o uso de cabos e fios. CCD ou CMOS.O novo JPG que está sendo utilizado nas câmeras e nos softwares a partir deste ano. uma vez que só oferece 256 cores indexadas. JPG – O formato de arquivo de imagem mais encontrado hoje em dia em câmeras digitais. JFIF – Ou EXIF. GIF – Um formato de arquivo de gráficos utilizado principalmente para imagens na internet. que possibilita a leitura das medias Smartmedia ou Sony memory Stik em leitores de disquete padrões. podendo as mesmas serem animadas ou não.

num fundo cinza/verde. ex. LCD – Liquid Crystal. logo 256Mb = 32 MB).Display (visor de crystal liquído).5Mpixel. além dos SmartMedia. Tamanhos de memória de diversas medias são especificados dessa forma: 4MB. 2011 megapixel e 3034 megapixel. algo como uma mini TV. Optical Zoom – Zoom real obtido através de lentes multifocais. 1. 512MB e 1GB. em baixo). . encontrado nas suas semelhantes do tipo Nicad. Tal sistema escolhe automaticamente qualquer ponto da imagem para fazer o autofoco (meio. É a única media. são mais velozmente recarregáveis. As pilhas de lithium são mais leves e mais caras que as pilhas NiMH ou NiCD. utilizadas em algumas das novas câmeras digitais. Microdrive. 8MB etc. Pode ser encontrado em algumas câmeras digitais vendidas no Japão e na Europa. O usuário não precisa mais se certificar que um determinado ponto da imagem a ser fotografada se encontra no meio do visor para ser perfeitamente focada.Tipo de pilhas recarregáveis.Media digital regravável semelhante a um pequeno floppy disk. com capacidade de armazenamento que vai de 4MB a 128MB.Metal Hydride. pois existem 8 bits e um byte. em cima . direita. Existem dois tipos: (1) um visor colorido de alta resolução. Isso geralmente ocorre quando se fotografa usando uma abertura superior a 1/2 segundo ou quando se usa um número ISO 400 ou maior.Cartão de memória da Sony.Nova miniatura de disco rígido produzido pela IBM . MP – Abreviação para MegaPixel. MB –Mega Byte é um termo que define uma capacidade de memória de 1024 KiloBytes. que. acoplável aos CompactFlash Type II. (não confundir MB {megabyte} com Mb {megabit}. esquerda. Lithium.5MP ou 1.Novo sistema de foco encontrado nas câmeras Nikon D1 e Coolpix 990. não tem efeito de memória.São quando os pixel da câmera digital são mal interpretados. tipo de pilhas recarregáveis. difere do zoom digital que amplia a partir do centro da imagem. MD MiniDisk. Noise .3 Megapixel. 340MB. ou (2) um visor monocromático com caracteres alfanuméricos pretos. com capacidades de memória de 170MB. NiMH – Nickel .minimizar o tamanho da imagem mesmo quando esta estiver em sua resolução máxima. que pode ser lida por um adptador floppy disk. Multi Zone Focusing . aparentemente. MPEG – Arquivo de vídeo em formato JPG. As pilhas NiMH são também denominadas NiHy por alguns. Megapixel – Câmeras digitais com capacidade de resolução de: 1. Memory Stik.

esses números melhoram a possibilidade de se gravar arquivos com maior/melhor resolução. utilizando complexos alogarítmicos para determinar a cor dos mesmos. RGB . pois o que se vê na tela é o mesmo que está armazenado. onde todas as cores são perdidas. VGA( 640X480).Personal Computer Pixel – um elemento individual de uma imagem digital tirada por uma câmera com sensor eletrônico de CCD ou outro. É importante salientar que a interpolação NÃO adiciona mais informação à imagem. SVGA (800X600). com menor intensidade. Pixelization – O mesmo que “jaggies” acima PNG – Um formato de arquivo de imagem similar ao JPG . Resolution – É a quantidade de qualquer imagem digital. Quanto maior o número de pixels e menor o seu tamanho. quando o que o visor vê não corresponde ao que a lente capta. Quando as câmeras com sensor anunciam que têm resolução de 640X480. Green and Blue . utilizada em vídeos. Red-Eye . . maiores as chances desse efeito ocorrer. melhor a qualidade da imagem. XGA (1024X768) e UXGA (1600X1200).Quando a imagem aparece clara demais. • Opitical Resolution é o número absoluto que o sensor de uma câmera pode fisicamente registrar. de sua resolução. o que diminui o efeito “red-eye”. PC.Vermelho.Overexposure. Prallax – um efeito encontrado em fotografias tiradas de muito perto.Eye Reduction Mode – Quando o flash dispara algumas vezes. QVGA – Uma resolução de 320X240. apenas a torna maior com pontos calculados matematicamente. quer dizer Portable Network Graphics. Red. • • Os fabricantes de câmeras especificam: QVGA (320X240) . Seja ela ampliada em papel fotográfico ou visualizada na tela do computador. as cores básicas de onde todas as outras resultam. devido à distancia existente entre um e outro. em parte.Aquele efeito que deixa os olhos vermelhos nas fotografias. Quanto menor a distância entre o flash e a lente. as pupilas se contraem. Assim. Isso ocorre quando o flash eletrônico reflete na retina no fundo dos olhos humanos. irrecuperáveis mesmo com a ajuda de software. Interpolated Resolutin adiciona pixels a uma imagem.Do inglês Red. Verde e Amarelo. Câmeras digitais dotadas de visores LCD ou SLR não apresentam tal efeito. A qualidade depende. antes da fotografia ser tirada.

mesma coisa que “RS 232” acima. que não perde informação nem provoca “ruídos” nas imagens nele armazenadas. UXGA. Underexposure. USB – Universal Serial Bus – Porta de transferência de dados. encontrada em modernas câmeras digitais e novos computadores Pentium e Mac.RS-232. porém. originária dos computadores da marca Macintosh. é o contrário de overexposure. . VGA – Uma imagem com resolução de 640X480 pixels. que imita fotos antigas graças à sua coloração em tons de marron.Tipo de conexão de alta velocidade de transferência de dados.Quando uma imagem aparece escura demais. Refere-se a um tipo de visor LCD de alta resolução utilizado em algumas câmeras digitais. Muitas vezes mais veloz que suas primas “seriais” e paralelas. Sepia – Efeito especial encontrado em algumas câmeras digitais. TFT – Thin Film Transitor. XGA – Uma imagem com resolução de 1024X768 pixels. TIFF – Tagged Film TRANSITOR.É a porta serial standard nos PCs. presente também nos PCs de última geração. SCSI. por falta de luz. quando da gravação do arquivo. Serial Port.Uma imagem com resolução de 1600X1200 pixels. Refere-se a um tipo de arquivo de imagem não comprimido. por onde se pode transferir informação de uma câmera digital a um computador. É também a mais lenta.