REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO
Art. 1º As Atividades Complementares (AC) atendem ao Parecer n° 776/97 da CES, que trata das Diretrizes Curriculares dos Cursos de Graduação, aprovado em 03/12/97.

Art. 2º As Atividades Complementares devem ser cumpridas pelo aluno regularmente matriculado e são de natureza científica, social, cultural, acadêmica e profissional.

Art. 3º A carga horária total das AC está definida nas matrizes curriculares dos cursos de graduação, aos quais se aplica, e deve ser cumprida no período de integralização.

CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS
Art. 4º As AC têm como objetivo ampliar a formação e a vivência acadêmica dos alunos, favorecendo práticas de autoaprendizagem e autoestudo. Elas privilegiam:

I. Sua progressiva autonomia profissional e intelectual. II. Conhecimentos teórico-práticos por meio de atividades de pesquisa e extensão. III. Conhecimentos, habilidades e competências adquiridas fora do ambiente escolar, bem como experiências profissionalizantes julgadas relevantes para a área de formação.

CAPÍTULO III DAS ATIVIDADES E DA CARGA HORÁRIA
Art. 5º São consideradas Atividades Complementares, com as respectivas cargas horárias e documentação comprobatória necessária, conforme descrição na Tabela 1.

20h 20h 20h Relatório aprovado pelo supervisor.Tabela 1 – Atividades. Seminário e palestra nacional. cargas horárias e documentos comprobatórios para convalidação de AC Categoria Atividade presencial ou a distância Disciplina de outro curso ou instituição. Evento científico: congresso. Comprovação pelo coordenador do curso que a obra foi divulgada nos murais relacionados. com nota e freqüência. workshop. Curso de extensão. entre outros. Certificado do evento em nome do aluno comprovando a apresentação e cópia da publicação. Publicação de artigo em revista científica. 10h do responsável pela visita. Certificado de participação. se for o caso. jornada. aprofundamento. Resenha de obra recente na área do curso. aperfeiçoamento e complementação de estudos – presenciais ou a distância. Pesquisa bibliográfica supervisionada. 40h Relatório final ou produto. estudo dirigido ou de caso. fórum. OFICINA DE APRENDIZAGEM . com nota e freqüência. 40h Certificado de participação. Cópia da publicação com timbre dos anais. Apresentação de trabalho em evento científico sem publicação. Certificado do evento em nome do aluno comprovando a apresentação. o que excetua os cursos de licenciatura. Publicação de resumo em anais. Certificado de participação. debate. . Disciplina de LIBRAS – apenas quando for optativa na matriz curricular do curso. 10h Certificado de participação. Relatório com assinatura e carimbo 10h 20h Visita técnica. oficina. com aprovação e assinatura do responsável – professor orientador.OBRIGATÓRIA 40h 20h 20h 40h 40h Comprovante de aprovação na disciplina. Certificado de participação. ciclo de conferências. Cópia da publicação com timbre/identificação da revista. CH* 40h Documento Comprobatório Exigido Certificado de participação. Seminário e palestra internacional. Apresentação de trabalho em evento científico com publicação. Atividades científicoacadêmicas Pesquisa de iniciação científica. simpósio.

por exemplo. Relatório das atividades desenvolvidas aprovado e assinado pelo professor responsável. Art. ou seja. Relatório das atividades desenvolvidas aprovado e assinado pelo professor responsável. para o aluno. mostra. II. ação social. peça teatral. exposição. Relatório das atividades desenvolvidas aprovado e assinado pelo professor responsável. Certificado em nome do aluno com descrição da atividade.7º É obrigatório. recital. . Outras atividades a critério/especificadas no Projeto Pedagógico do Curso. IV. entre outros. o aluno não poderá cumprir. 3ª série: duas oficinas de aprendizagem de livre escolha. Parágrafo Único. Resenha de obra literária. apresentação musical. Instrutor em palestrante. As Oficinas de Aprendizagem são gratuitas e serão convalidadas de acordo com a Tabela 1.Vídeo. Art. workshop. filme. Cópia da resenha publicada em jornal ou comprovação pelo coordenador do curso que a obra foi divulgada nos murais relacionados.6º A carga horária total das Atividades Complementares deve ser cumprida em pelo menos duas categorias. feira. toda a carga horária apenas em atividades de prática profissional. 1ª série: duas oficinas de aprendizagem de revisão do ensino médio. 40h Plano de intervenção. proposta para a solução de um problema identificado. mini-curso. III. 2ª série: duas oficinas de aprendizagem de livre escolha. oficina ou como 40h 20h *Carga horária máxima atribuída à atividade ou conjunto de atividades da mesma natureza. 40h Relatório das atividades desenvolvidas com aprovação e assinatura do professor responsável. 40h Atividades de prática profissional Estágio não-curricular realizado num semestre. Atividades sócioculturais Campanha e/ou trabalho de comunitária ou extensionista. 20h Monitoria (voluntária ou não). 4ª série: duas oficinas de aprendizagem de livre escolha. cursar e ser aprovado em duas Oficinas de Aprendizagem por série. conforme segue: I. 02h Ingresso do evento com data.

IV. Receber orientação. quando for o caso. Manter atitude ético-profissional no cumprimento e comprovação das AC. quando necessária. Cumprir o regulamento das Atividades Complementares. III. 10º As atividades previstas podem ser cumpridas individualmente e/ou por grupos de alunos. Encaminhar. . os alunos às respectivas atividades presenciais ou a distância. conforme indicado na Tabela 1. Cumprir as oficinas de aprendizagem obrigatórias. 11º Para convalidar as AC previstas em determinado semestre da matriz curricular é necessário que: I. Emitir os resultados finais das AC. 9º Ao estudante compete: I. III. V.CAPÍTULO IV DA ORGANIZAÇÃO E DO FUNCIONAMENTO Art. Cumprir os prazos estabelecidos para a comprovação das AC. Informar ao aluno a não convalidação de horas e devolver-lhe os documentos não aceitos. a quem cabe: I. 8º O acompanhamento e o controle das AC são da responsabilidade de um professor. Manter atualizados e organizados os registros dos comprovantes das atividades desenvolvidos pelos estudantes sob sua supervisão. VI. Art. II. V. Art. II. IV. sempre que possível. o estudante esteja regularmente matriculado no curso no referido semestre. II. Assinar a ficha de controle de entrega das AC e a ata oficial emitida pelo órgão acadêmico competente. desde que seja assegurada a participação efetiva de cada integrante e desde que as mesmas não estejam especificadas como individuais. O estudante desenvolva as atividades no semestre em que as AC a serem convalidadas estão definidas. Elaborar e publicar o cronograma de entrega das atividades. Art. por meio de ata emitida pelo órgão acadêmico competente.

15º No processo de avaliação do desempenho do estudante deve ser considerado: I. 16º Os documentos são entregues pelo aluno ao docente responsável. ouvidos os membros envolvidos no processo para eliminar qualquer dúvida que possa existir. em ata própria encaminhada ao Departamento de Controle Acadêmico (DCA) ou ao órgão acadêmico competente. nos campos específicos. no semestre a que se referem. Entregar os documentos necessários para comprovar a realização das atividades com a carga horária exigida. Para cada AC não cumprida da matriz curricular do curso o estudante deverá: I. às AC. O seu compromisso na execução das AC. que procede a avaliação dos pedidos de convalidação. 14º A avaliação das AC é feita pelo docente responsável e. desse regulamento. o aluno poderá entregar todas as atividades cumpridas no último semestre do curso. III. é atribuído o conceito SUFICIENTE ou INSUFICIENTE. CAPÍTULO V DA AVALIAÇÃO E DA CONVALIDAÇÃO DAS AC Art. Art. II. Art. 13º Excepcionalmente. expressando seu parecer e definindo o total de horas convalidadas em formulário adequado. A apresentação comprobatórios.Art. II. . quando for o caso. Art. 12º A entrega da documentação das atividades cumpridas deve ocorrer nos períodos especificados pelo professor responsável. 17º Ao final do semestre letivo. inciso I. Os comprovantes apresentados para a convalidação das AC. Arcar com os ônus dos custos decorrentes da solicitação de convalidação fora de prazo. III. dos relatórios que acompanham os documentos Art. Cumprir com o disposto no artigo 11º.

19º Os casos omissos são resolvidos pelo docente responsável. ouvidos o coordenador do curso e o diretor da unidade. Art.Art. DÊ-SE CIÊNCIA E PUBLIQUE-SE. é responsável pela publicação do resultado no sistema acadêmico. Valinhos. 03 de fevereiro de 2014. . 20º O presente regulamento entra em vigor nesta data. ou o órgão acadêmico equivalente. CAPÍTULO VI DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Art.18º O DCA.