UNIVERSIDADE DE UBERABA – UNIUBE Disciplina de Fenômenos de Transporte Prof. eonardo da Sil!

a Almeida ista de E"erc#cios$ %Entre&ar na pr'"ima a(la) 1) Dispõe-se de dois recipientes cilíndricos, um de diâmetro D1= 0,60m e outro D2=0,40m, ambos com altura suficiente para conter 150 litros de leo! "omo o fundo do recipiente # fr$%il, o leo de&e ser arma'enado no cilindro (ue oferecer a menor press)o *idrost$tica no fundo! a)+ual dos recipientes de&e ser usado, -or (u., b) +ual a menor press)o possí&el no fundo do recipiente, sabendo (ue d leo=0,/0 %0cm1, "onsidere %=2,/m0s2!

Gabarito: a) o de diâmetro maior b) aproximadamente 4246,3 N/m² A pressão exercida por um f uido ! dada por

portanto, como a massa de " eo ser# i$ua nos dois tan%ues, a%ue e de maior #rea da base ter# menor a tura e, portanto menor pressão& A menor pressão ser# então no ci indro de diâmetro maior&

'oc( tamb!m pode obter a pressão di'idindo o peso do " eo pe a #rea da base:

)atores de con'ersão uti i*ados

02) 3 press)o (ue um mer%ul*ador pode suportar # 10 &e'es a press)o atmosf#rica! "alcule (ual a profundidade m$4ima (ue um mer%ul*ador pode descer abai4o da superfície de um la%o! "onsidere %=2,/m0s2 e p0=1,04105 50m2! 01) 3 fi%ura mostra um recipiente contendo $lcool 6d=0,/ %0cm 1) e os pontos 3 e 7, cu8a diferen9a de cotas # 1: cm! ;endo a press)o no ponto 7 i%ual a :/0 mm<%,

80 x 170 = 13.. em -a e mm<%.. X X = 0.6 = 10 mm de Hg ou seja~~~> 17 cm de álcool equivalem á pressão de 10 mm de Hg . a pressão no ponto A é: ~~~~> e) 790 mmHg ======================================... Pb = 780 (mm de Hg) Pa = 780 (mm de Hg) + (10 (mm de Hg) Pa = 780 + 10 Pa = 790 (mm de Hg) resposta ======================================.. Vamos calcular (pela lei de Stevin) a altura equivalente de uma coluna de álcool (em mm) de uma em coluna (X) (mm)de mercúrio .neo e em e(uilíbrio..6 %0cm1! Lei de Stevin .g. a press)o e4ercida pelo %$s! .determine a press)o no ponto 3! "onsidere %=2. 04) 3 press)o no interior de um fluido *omo%.. P= 0...../m0s 2 e densidade do merc=rio de 11.6..sendo (d.. e4posto ao ar.. &aria com a profundidade conforme o %r$fico! Determine> a) a press)o atmosf#rica local! b) a densidade do lí(uido! c) a press)o na profundidade de 115 m! 05) ? man@metro de merc=rio da fi%ura # utili'ado para medir a press)o de um %$s! 3 press)o atmosf#rica local &ale :50 mm<%! "alcule...80 x 170 /13.g) o peso específico do fluido ..(lei fundamental da hidrostática) ~~~> P =d.h .

e o desní&el entre as superfícies li&res do lí(uido # 10 cm! 3 e4tremidade A direita # aberta! 3 press)o do %$s e4cede a press)o atmosf#rica em (uanto.06) ? man@metro da fi%ura contem $%ua.cm do outro /%uido 01.6 %0cm1). o -$ ! 1.cm de -$ e%ui ibram . portanto de'e ter uma densidade de 1. 'e*es mais pesado %ue o outro /%uido %ue.cm232cm²)& 4o$o.0 cm! "alcule a densidade do lí(uido descon*ecido! Gan+ando tempo numa pro'a: .. 3 densidade da $%ua # 1 %0cm1 e considere %=10m0s2! 0:) "olocam-se 100 cm1 de <% 6d=11.0 cm2. num tubo em B de sec9)o trans&ersal constante e i%ual a 2.. a se%uir colocam-se num dos ramos 100cm1 de um lí(uido de densidade descon*ecida e obser&a-se (ue o desní&el do <% entre os dois ramos # 5.36$/cm2& )orma mente: 0/) Os reservatórios A e B contêm água sob pressão de 276 kPa e 13 kPa! respectivamente" #etermine a de$%e&ão do merc'rio no man(metro di$erencia%" .