You are on page 1of 4

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos que a


Desafios. Acções
Domínio Literatura identifica Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
a implementar
O professor Mudar a
bibliotecário tem que - Demasiado mentalidade do
O professor
ser capaz de fazer um tempo perdido em professor
bibliotecário - O professor
bom diagnóstico da tarefas bibliotecário de
encontra-se numa bibliotecário
situação da BE em que burocráticas (falta forma a basear a
posição que, se preocupa-se Auxiliar os
trabalha e desenvolver de tempo). sua prática nas
Competências bem aproveitada, demasiadamente com alunos a
estratégias no sentido evidências, na
do professor pode ter um a colecção. transformarem
de fazer a diferença na - Imagem construção do
bibliotecário impacto profundo informação em
aprendizagem dos retrógrada do conhecimento e
no - Professores conhecimento.
alunos (todos as outras Professor na compreensão
desenvolvimento bibliotecários sem
dimensões da BE Bibliotecário humana.
da aprendizagem formação específica.
servem este propósito e (aquele que
dos alunos.
não podem sobrepor-se- guarda os livros). Formação
lhe). contínua.
- Alguma dificuldade
em reunir um conjunto
Com a entrada
de títulos que
Apesar de ser na RBE Abril de Avaliar a
satisfaçam as
importante a BE ter 2009) a utilização dos
necessidades da Diminuição da
uma boa colecção e um biblioteca teve espaços da BE e
Apoio da RBE na comunidade educativa frequência da BE
espaço convidativo é oportunidade de verificar quais os
Organização e modernização das (pouca disponibilidade (principalmente
necessário haver modernizar o seu que necessitam de
Gestão da BE bibliotecas por parte de alguns por parte dos
cuidado, por parte do espaço e fazer a ampliação/
escolares. departamentos para alunos) por falta
professor bibliotecário, actualização do melhoramento em
colaborarem nessa de espaço.
para não ficar refém seu fundo detrimento de
escolha).
destes aspectos. documental (a outros.
- Falta de espaço (as
decorrer).
áreas da nossa BE são
reduzidas).
Fernanda Rocha Novembro de 2009
Conhecimento na área Biblioteca escolar

A gestão da colecção é
A importância - Criação de um
um factor importante, Tirar partido das
Gestão da dada à gestão da catálogo comum
mas não pode ser parcerias com e
Colecção Falta de formação. colecção é, por com a Biblioteca
entendida como factor Biblioteca
vezes, Municipal.
central no trabalho do Municipal.
avassaladora. Formação.
professor bibliotecário.

A articulação entre BE
A BE como
e professores é Falta de hábito,
espaço de
essencial, no entanto é Demonstrar aos por parte dos
conhecimento e A BE é um Propor sessões de
preciso ter cuidado para Falta de compreensão, docentes que a docentes, de
aprendizagem. espaço sensibilização,
não se cair no erro de se por parte da BE pode centrarem a
Trabalho privilegiado de direccionada a
fornecer ao aluno comunidade escolar, colaborar de aprendizagem dos
colaborativo e recursos para professores,
aquilo que o professor da natureza e forma eficaz seus alunos na
articulado com transformar a acerca das
bibliotecário e o dimensão do papel da com o trabalho pesquisa como
Departamentos informação em potencialidades
professor da disciplina BE. realizado na sala forma
e docentes. conhecimento. da BE.
preferem, mas sim de aula. fundamental de os
aquilo que o aluno envolver.
necessita.
O professor - Procurar
bibliotecário tem que adequar as
Pouco
ser capaz de actividades da BE
envolvimento,
desenvolver acções que com os Planos de
Formação para Pouca valorização dos Projectos, verbas nos projectos da
levem os educadores a Actividades dos
a leitura e para hábitos de leitura, por e concursos BE, por parte dos
compreender a Departamentos e
as literacias parte dos propostos pelo professores e
importância da leitura com os currículos
encarregados de Plano Nacional encarregados de
na formação da criança das disciplinas.
educação. de leitura. educação (cuja
e do jovem. - Dar visibilidade
colaboração é
às acções de
fundamenta).
A BE tem que ser vista sensibilização
como um pólo de para a leitura

Fernanda Rocha Novembro de 2009


Conhecimento na área Biblioteca escolar

recursos adequados ao propostas pela


desenvolvimento de um RBE e PNL.
conjunto de práticas de - Dinamização de
leitura e como uma clubes de leitura;
estrutura com - Dinamização de
equipamentos que blogues de
facultam novas divulgação de
literacias na sociedade trabalhos
da informação. realizados pelos
alunos na área de
a leitura.

Preparar os alunos para


o século XXI tem,
- A informação
necessariamente, que
As novas - Falta de formação, “online” pode - Tirar partido do
incluir literacia na área
tecnologias na área das novas Cativar os ameaçar o interesse dos mais
das tecnologias da
permitem aos tecnologias, por parte alunos para a interesse pelo jovens pelas
informação. O
utilizadores da de alguns professores aprendizagem de livro escrito. novas
professor bibliotecário
BE aceder a bibliotecários. uma forma tecnologias.
tem que se adaptar ao
BE e os novos informação/ inovadora. - As novas
ambiente de mudança e
ambientes conhecimento - Dificuldades, por tecnologias estão - Auxiliar os
tornar-se um
digitais. muito para além parte dos alunos, em Renovação e em constante alunos na
especialista na literacia
do seu espaço seleccionar aquisição de mudança, resolução de
da informação, de
físico. informação pertinente algum material exigindo, por problemas
forma a ser capaz de
na Web e conduzir informático com parte do professor relacionados com
apoiar os alunos na
A BE está pesquisas de forma o apoio do PTE. bibliotecário, a literacia da
pesquisa daquilo que
incluída no PTE. eficaz. constante informação.
necessitam (e não
actualização.
impor aquilo que ele
considera importante).
Gestão de A prática baseada na Orientar a acção Tempo reduzido para O uso das novas A veracidade das Criar
evidências/ recolha de evidências é futura de forma a aplicar questionários e tecnologias informações (em instrumentos que

Fernanda Rocha Novembro de 2009


Conhecimento na área Biblioteca escolar

avaliação. fundamental pois não nos fazer estatísticas. facilita a recolha caso de facilitem a auto-
garante que o esforço distrairmos do de dados. questionários) regulação da BE.
diário é colocado na essencial. pode
avaliação da eficácia comprometer os
das acções resultados.
desenvolvidas no
sentido de melhorar/
apoiar o processo de
ensino aprendizagem.

Gestão da
mudança
Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias
SÍNTESE

- Fazer um bom diagnóstico acerca do


funcionamento da BE;
- Fazer com que a comunidade educativa
compreenda as potencialidades da BE e as - Mudar mentalidades relativamente ao
aproveite; papel do professor bibliotecário.
- Centrar o trabalho desenvolvido na
- Formação do Professor bibliotecário
transformação de informação em - Fazer compreender a importância da
nas áreas mais carenciadas;
conhecimento; Biblioteca Escolar no processo de ensino
- Aproveitar as potencialidades da era – aprendizagem (baseado na pesquisa);
- Mudar mentalidades relativamente
digital;
ao papel da BE (através de acções de
- Investir na formação contínua; - Conseguir focar a acção do professor
sensibilização).
- Fazer uma boa auto-avaliação da acção bibliotecário na construção do
desenvolvida de forma a perspectivar conhecimento e compreensão humana.
actuações futuras;
- Recente estruturação da carreira do - Orçamento reduzido.
professor bibliotecário (mais tempo para
dedicar à BE).

Fernanda Rocha Novembro de 2009