32

Traduzido e produzido Em Angola pela
Federação das Famílias para a Paz Mundial e Unificação / Angola
Rua o!a Mandume "E#$ E%A&' &A (AMARA)* %umero + 32$
,airro oper-rio .ona /0* Marçal$ 1uanda 2 Angola$
($P 2333 1uanda 2 Angola
Tel / Fa#4 5266 222 667727
(ell 5266 8/2 3967::
;mpressão e aca!amen<os4 =oão Macuala Mu<o
/> Edição4 20/3
Tiragem4 2000 e#emplares
(op?rig@< AAFUPM* 20/6
Es<a pu!licação* no seu <odo ou em par<e* não pode ser reproduzida
por forma ou processo* mecBnico ou fo<ogr-fico* incluindo fo<ocopia*
sem au<orização preCia da FFPMU /Angola
32
Prefácio
A Nação da Paz e Unidade Cósmica (doravante “Cheon Il Guk” ! o
mundo onde toda a humanidade" tanto no mundo #$sico como no
mundo es%iritual" vive servindo &eus como seu %ai" so' o ideal de
32
“Uma (am$lia so' &eus”) &eus %reviu a Cheon Il Guk *uando criou o
homem" a mulher e todas as coisas no começo dos tem%os" mas o
+eu sonho #oi dei,ado incom%leto devido - .ueda dos %rimeiros
ante%assados) Por isso" a%esar da dor e so#rimento do +eu coração"
/le tem 0uiado a %rovid1ncia da restauração)
&e%ois de %assar atrav!s de uma %rolon0ada história %rovidencial de
restauração" &eus enviou o 2everendo +un 34un0 3oon e a &ra) 5ak
6a 5an 3oon - terra como o +alvador" o 3essias" o +enhor da
+e0unda 7inda e os 7erdadeiros Pais do C!u" 8erra e 5umanidade)
9 2everendo +un 34un0 3oon e a &ra) 5ak 6a 5an 3oon" os
7erdadeiros Pais" desco'riram a %erdida Palavra de &eus e
%roclamaram:na ao mundo inteiro) /les cum%riram o ideal de todas as
reli0i;es e le0aram:nos o verdadeiro amor" verdadeira vida e
verdadeira linha0em de &eus de%ois de as elevarem ao n$vel do
esta'elecimento cósmico) 9 curso dos 7erdadeiros Pais tem sido um
tesouro de vitórias alcançadas no c!u e na terra atrav!s de
incom%reens$vel indeminização sacri#icial e devoção< como tal" ! o
modelo de vida *ue todas as %essoas devem se0uir)
9s 7erdadeiros Pais conse0uiram com%leta e #inal(de#initiva< a'soluta<
inte0ral unidade" i0ualdade de %osição e i0ual autoridade)
A%er#eiçoaram" com%letaram e conclu$ram a sua missão e atin0iram o
estatuto de eternos 2ei e 2ainha da Paz da Cheon Il Guk" no d!cimo
terceiro dia do %rimeiro m1s %elo calend=rio celestial no ano da
#undação da Cheon Il Guk" %roclamando o &ia da (undação" o
começo da Cheon Il Guk em su'st>ncia)
/sta Constituição ! decretada %ara esta'elecer as leis" %rinc$%ios e
diretrizes *ue servirão e 0uiarão todas as %essoas da Cheon Il Guk
%ara *ue %ossam incor%orar a Palavra" *ue os 7erdadeiros Pais t1m
revelado atrav!s da sua vida e esta'elecer (criar a estrutura de vida"
de #am$lia" de i0re?as nacionais e das i0re?as 0lo'ais" de modo a
realizar um #irme esta'elecimento e consumação da Cheon Il Guk)
Ao servir &eus e os 7erdadeiros Pais" 'uscamos um mundo %ac$#ico
atrav!s de #am$lias ideais atrav!s do desa'rochar da cultura de
coração 'aseada no verdadeiro amor *ue vai %ara al!m dos muros da
32
reli0ião" 'arreiras nacionais" se,o e raça e %retendendo o consenso
em harmonia entre todos os %ovos)
+o' a '1nção dos 7erdadeiros Pais" a Cheon Il Guk declara %or este
meio a %resente Constituição da Cheon Il Guk %erante toda a
humanidade e cosmos neste dia @A do %rimeiro m1s do se0undo ano
da Cheon Il Guk se0undo o calend=rio celestial)
32
A Promessa da Família
@) A nossa (am$lia" senhora da Cheon Il Guk " %romete %rocurar a
nossa terra ori0inal e construir o 2eino de &eus na 8erra e no
C!u" o ideal ori0inal da criação" centrando:se no verdadeiro
amor)
B) A nossa (am$lia" senhora da Cheon Il Guk" %romete re%resentar
e tornar:se central %ara o C!u e %ara a 8erra ao servir o Pai
Celestial e os 7erdadeiros Pais< %rometemos a%er#eiçoar o
caminho de o'edi1ncia na #am$lia" de #ilhos e #ilhas de %iedade
#ilial na nossa #am$lia" %atriotas na nossa nação" santos no
mundo e #ilhos e #ilhas divinos no Ceu e na 8erra" centrando:se
no verdadeiro amor)
A) A nossa (am$lia" senhora da Cheon I l Guk" %romete a%er#eiçoar
as .uatro Grandes /s#eras no Coração" as 8r1s Grandes
2ealezas e o 2eino da (am$lia 2eal" centrando:se no verdadeiro
amor)
C) A nossa (am$lia" senhora da Cheon Il Guk" %romete construir a
#am$lia universal *ue a'raça o C!u e a 8erra" *ue ! o ideal da
criação do Pai Celestial e a%er#eiçoar o mundo de li'erdade" %az"
unidade e #elicidade" centrando:se no verdadeiro amor)
D) A nossa (am$lia" senhora da Cheon Il Guk" %romete la'utar
diariamente %ara o avanço da uni#icação do mundo es%iritual e
do mundo #$sico" como %arceiros su?eito e o'?eto" centrando:se
no verdadeiro amor)
32
E) A nossa (am$lia" senhora da Cheon Il Guk" %romete tornar:se
uma #am$lia *ue transmite a #ortuna celestial ao encarnar o Pai
Celestial e os 7erdadeiros Pais e a%er#eiçoar uma #am$lia *ue
transmite a '1nção do C!u - nossa comunidade" centrando:se
no verdadeiro amor)
F) A nossa (am$lia" senhora da Cheon Il Guk" %romete" ao viver
%ela causa do 'em dos outros" a%er#eiçoar o mundo com 'ase na
cultura de coração" *ue tem a raiz na linha0em ori0inal"
centrando:se no verdadeiro amor)
G) A nossa (am$lia" senhora da Cheon Il Guk" %romete" tendo
entrado na /ra da Cheon Il Guk" atin0ir o ideal de &eus e dos
seres humanos unidos em amor atrav!s da #! a'soluta" amor
a'soluto e o'edi1ncia a'soluta e a%er#eiçoar a es#era da
li'ertação e %lena li'erdade no 2eino de &eus na 8erra e no
C!u" centrando:se no verdadeiro amor)
32
CAPITULO 1
DISPOSIÇÕES GERAIS
Sec!o 1" De#s
Ar$i%o 1" De#s
@) &eus ! o Criador do Cosmos (os reinos celestial e terrestre)
B) &eus" como Pai Celestial" ! a ess1ncia ori0inal do coração)
A) &eus ! o +enhor do c!u e da terra" *ue atrav!s do verdadeiro
amor e da +ua Palavra %reside e realiza a +ua %rovid1ncia no
mundo da criação)
Ar$i%o &" De#s e a '#ma(idade
@) &eus ! o 7erdadeiro Pai incor%óreo e encontra:se numa relação
de %ai:#ilho com a humanidade)
B) &eus dese?a *ue os seres humanos com%letem as 8r1s Grandes
H1nçãosI a %er#eição do car=ter como indiv$duos" a %er#eição da
#am$lia e a %er#eição do dom$nio)
A) &eus dese?a *ue todas as %essoas herdem o verdadeiro amor" a
verdadeira vida e a verdadeira linha0em de &eus e se unam
numa relação de amor com /le" tornando:se +eus o'?etos
%arceiros em su'st>ncia)
C) &eus realizou a %rovid1ncia de restauração" a #im de salvar a
humanidade" *ue %erdeu o seu valor ori0inal %revisto no
momento da criação)
Ar$i%o )" De#s e a C*eo( Il G#+
&eus esta'eleceu a Cheon Il Guk atrav!s dos 7erdadeiros Pais e dos
cidadãos da Cheon Il Guk)
32
Sec!o &" Os ,erdadeiros Pais
Ar$i%o -" Os ,erdadeiros Pais
@) 9s 7erdadeiros Pais são os ante%assados ori0inais da
humanidade como a %er#eita %ersoni#icação de &eus *ue
atin0iram a unidade de coração" a unidade de cor%o" a unidade
de %ensamento e a unidade no seu >ma0o)
B) 9s 7erdadeiros Pais t1m valor e dimensão cósmica *ue !
a'soluta" Jnica" imut=vel e eterna)
A) 9s 7erdadeiros Pais realizaram em todo o c!u e terra" o tra'alho
es%iritual %ara o renascimento" ressurreição e vida eterna de
todas as %essoas" atrav!s do verdadeiro amor)
Ar$i%o ." Os ,erdadeiros Pais e a C*eo( Il G#+
9s 7erdadeiros Pais são os eternos 2ei e 2ainha da Paz da Cheon Il
Guk *ue a%er#eiçoaram" com%letaram e conclu$ram todos os as%etos
da sua missão)
Ar$i%o /" Poderes relacio(ados com a Admi(is$ra!o da C*eo( Il
G#+
@) 9s 7erdadeiros Pais t1m autoridade na decisão #inal so're a
administração da Cheon Il Guk)
B) 9s 7erdadeiros Pais %odem" *uando necess=rio" dele0ar a sua
autoridade em assuntos de administração" %ara um o'?etivo
limitado)
Ar$i%o 0" Poderes relacio(ados com a 12(!o do Casame($o
@) 9s 7erdadeiros Pais t1m autoridade e,clusiva na H1nção do
Casamento)
32
B) 9s 7erdadeiros Pais %odem" *uando necess=rio" dele0ar a sua
autoridade so're a H1nção do Casamento" %ara um conte,to
limitado)
Sec!o )" C*eo( Il G#+
Ar$i%o 3" C*eo( Il G#+
@) Cheon Il Guk ! uma %alavra *ue su'stancia o mundo ideal
%ac$#ico de &eus" de li'erdade" %az" unidade e #elicidade com
&eus e com os 7erdadeiros Pais no seu centro)
B) A Cheon Il Guk ! constitu$da %or so'erania" %essoas e território"
os elementos '=sicos uma nação ideal %ac$#ica)
A) A Cheon Il Guk ! realizada %ela %er#eição do ideal das #am$lias
a'ençoadas)
Ar$i%o 4" Pri(cí5ios F#(dame($ais
A Cheon Il Guk 'aseia:se nos %rinc$%ios de interde%end1ncia" de
%ros%eridade mJtua e de valores universalmente %artilhados)
Ar$i%o 16" So7era(ia da C*eo( Il G#+
@) A so'erania da Cheon Il Guk %ara o mundo ideal %ac$#ico vem de
&eus e dos 7erdadeiros Pais)
B) A so'erania da Cheon Il Guk %ara o mundo ideal %ac$#ico !
su'stanciada %elos Cidadãos da Cheon Il Guk)
Ar$i%o 11" Terri$8rio
9 território da Cheon Il Guk ! o cosmos" *ue en0lo'a o mundo #$sico e
o mundo es%iritual" onde o mundo ideal %ac$#ico de &eus ! realizado)
Ar$i%o 1&" De9eres
A Cheon Il Guk deve esta'elecer e e,ecutar %ol$ticas %ara o avanço
do 'em:estar e dos direitos dos Cidadãos da Cheon Il Guk)
32
Ar$i%o 1)" A Fo($e :#rídica
9 7erdadeiro Amor de &eus e as %alavras dos 7erdadeiros Pais
%rovidenciam a #undação %ara as leis da Cheon Il Guk)
Ar$i%o 1-" Escri$#ras Pri(ci5ais
As escrituras %rinci%ais da Cheon Il Guk são a Cheon +eon0 G4eon0"
Cham Humo G4eon0 e a P4eon0 5Ka G4eon0)
Ar$i%o 1/" 1e(s P;7licos
@) 9s cidadãos da Cheon Il Guk #azem doaç;es ou o#ertas
volunt=rias %ara a %rovid1ncia da Cheon Il Guk)
B) 9s 'ens %J'licos da Cheon Il Guk são os 'ens materiais e
imateriais (tan0$veis e intan0$veis realizados %ela %rovid1ncia de
&eus e dos 7erdadeiros Pais" e os 'ens materiais e imateriais
o#erecidos %elos cidadãos de Cheon Il Guk)
A) .uais*uer mudanças em assuntos relativos aos 'ens %J'licos da
Cheon IL Guk devem estar de acordo com as leis do %a$s em *ue
o ativo em *uestão est= localizado e e,i0em a a%rovação %r!via
dos 7erdadeiros Pais e do l$der nacional dessa nação)
Ar$i%o 1/" Lí(%#a Oficial
A l$n0ua o#icial da Cheon Il Guk ! o Coreano o *ual ! a l$n0ua da terra
natal de &eus)
Ar$i%o 10" 1a(deira <acio(al= 'i(o <acio(al e Flores <acio(ais
A 'andeira nacional da Cheon Il Guk ! a Handeira da Cheon Il Guk" o
seu hino nacional ! a Canção da Cheon Il Guk" o %=ssaro nacional ! o
Grou e as #lores nacionais são a 2osa e o L$rio)
Ar$i%o 13" A Sede >#(dial
9 local da +ede 3undial da Cheon Il Guk ser= Cheon 6eon0 Gun0 na
2e%J'lica da Coreia" a *ual ! a %=tria e terra natal de &eus)
32
CAPITULO &"
OS CIDAD?OS DA C'EO< IL GU@
Sec!o 1" Os Cidad!os da C*eo( Il G#+
Ar$i%o 14" Os Cidad!os da C*eo( Il G#+
@) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk são de#inidos como a*ueles *ue
servem &eus e os 7erdadeiros Pais e se0uem os ensinamentos
dos 7erdadeiros Pais)
B) Assuntos relativos -s *uali#icaç;es dos cidadãos da Cheon Il Guk
devem ser de#inidos %or lei)
Ar$i%o &6" Direi$os
@) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk são i0uais %erante a lei" e não
haver= nenhuma discriminação em relação ao se,o" idade"
estrato social" %ro%riedade ou raça)
B) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk t1m o direito de ele0er ou ser
eleitos de acordo com os termos descritos %ela lei)
A) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk t1m o direito de a%resentar
%etiç;es a *ual*uer or0anismo relacionado com a Cheon Il Guk
de acordo com as condiç;es de#inidas %or lei)
C) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk t1m o direito de solicitar audi1ncias
de acordo com a lei" %erante os ?u$zes *uali#icados so're a
Constituição e a lei) ha'ilitados
D) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk t1m o direito - educação %ara o
a%er#eiçoamento das 8r1s Grandes H1nçãos)
E) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk t1m o direito de se tornarem
autoridades %J'licas)
32
F) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk t1m o direito de se tornarem
L$deres de I0re?as Lar de 5oon &ok 5ae e 3essias 8ri'ais)
G) A li'erdade e os direitos '=sicos dos cidadãos da Cheon Il Guk
não devem ser ne0li0enciados a%enas com o #undamento de *ue
estes não estão enumerados na Constituição)
M) /m casos necess=rios" os direitos dos cidadãos da Cheon Il Guk
%odem ser restrin0idos %or lei %ela causa do #irme
esta'elecimento e consumação da Cheon Il Guk)
Ar$i%o &1" De9eres
@) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk devem manter a linha0em %ura do
c!u)
B) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk devem res%eitar o coração e os
direitos humanos uns dos outros)
A) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk devem #azer 'om uso dos #undos
%J'licos)
C) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk devem ler" %raticar" divul0ar e
educar atrav!s das %alavras dos 7erdadeiros Pais)
D) 9s Cidadãos da Cheon Il Guk devem servir como l$deres de
#am$lia 5oon &ok 5ae e 3essias 8ri'ais %ela causa do
esta'elecimento su'stancial e consumação da Cheon Il Guk)
Ar$i%o &&" A#$oridades P;7licas
@) As autoridades %J'licas da Cheon Il Guk devem manter um
%adrão de #!" car=cter e %ro#issionalismo no e,erc$cio
(desem%enho dos deveres %J'licos %ela causa do
esta'elecimento su'stancial e consumação da Cheon Il Guk)
B) Uma autoridade %J'lica da Cheon Il Guk deve ser des*uali#icada
no caso de ele ou ela #alhar em demonstrar um car=cter
condizente com uma autoridade %J'lica" ou dei,ar de realizar os
seus deveres %J'licos)
32
A) Assuntos relativos - *uali#icação ou des*uali#icação das
autoridades %J'licas devem estar de#inidos na lei)
Ar$i%o &)" Cad#cidade e Rec#5era!o dos Direi$os
@) Al0uns ou todos os direitos de um cidadão da Cheon Il Guk
%odem ser invalidados no caso de ele ou ela terem cometido um
dos se0uintes actosI
a Um ato de ne0ação (renJncia a &eus ou aos 7erdadeiros
Pais)
' Um ato de ne0ação da identidade e ideolo0ia da Cheon Il
Guk)
c Um ato de renJncia - Constituição da Cheon Il Guk)
d Um ato *ue di#iculta o esta'elecimento su'stancial e
consumação da Cheon Il Guk)
B) Assuntos relacionados com a invalidação ou recu%eração dos
direitos dos cidadãos da Cheon Il Guk devem estar de#inidos na
lei)
Sec!o &" A Família dos ,erdadeiros Pais e as Famílias
A7e(oadas
Ar$i%o &-" A Família dos ,erdadeiros Pais
@) A (am$lia dos 7erdadeiros Pais ! de#inida %elos descendentes
diretos dos 7erdadeiros Pais e dos seus es%osos)
B) 9 valor dos mem'ros da #am$lia dos 7erdadeiros Pais !
le0itimado atrav!s da relação de #! a'soluta" amor a'soluto e
o'edi1ncia a'soluta com os 7erdadeiros Pais)
Ar$i%o &." De9eres dos >em7ros da Família dos ,erdadeiros Pais
32
@) Para herdar a tradição dos 7erdadeiros Pais" os mem'ros da
#am$lia dos 7erdadeiros Pais devem manter uma vida de
serviço aos 7erdadeiros Pais)
B) 9s mem'ros da #am$lia dos 7erdadeiros Pais devem manter
um car=ter e,em%lar e adotar uma vida de acordo com os
ensinamentos dos 7erdadeiros Pais)
Ar$i%o &/" Famílias A7e(oadas
@) Uma #am$lia a'ençoada ! com%osta %or marido e mulher e
%elos seus descendentes diretos *ue" atrav!s da H1nção do
Casamento concedida a este marido e mulher %elo +alvador"
3essias e 7erdadeiros Pais da 5umanidade" tiveram o seu
%ecado ori0inal %uri#icado e renasceram)
B) As #am$lias a'ençoadas são todos os mem'ros constituintes
da 0rande #am$lia cósmica centrada em &eus e nos
7erdadeiros Pais)
A) Assuntos relativos -s *uali#icaç;es da #am$lia a'ençoada" -
%erca ou restauração dessas *uali#icaç;es" devem estar
de#inidos na lei)
Ar$i%o &0" De9eres das Famílias A7e(oadas
@) As #am$lias a'ençoadas herdam a linha0em dos 7erdadeiros
Pais e" de modo a mant1:la" devem viver uma vida de serviço)
B) As #am$lias a'ençoadas devem ter um car=ter e,em%lar e
se0uir uma vida de #! a'soluta" amor a'soluta e o'edi1ncia
a'soluta de acordo com os ensinamentos dos 7erdadeiros
Pais)
A) As #am$lias a'ençoadas devem res%eitar e %rote0er a #am$lia
dos 7erdadeiros Pais)
CAPITULO )
O CO<SEL'O SUPRE>O DA C'EO< IL GU@
32
Ar$i%o &3" O Ar%!o S#5remo de Decis!o
9 ór0ão su%remo de decisão da Cheon Il Guk ser= o Conselho
+u%remo da Cheon Il Guk)
Ar$i%o &4" Com5osi!o do Co(sel*o S#5remo da C*eo( Il G#+
@) 9 Conselho +u%remo da Cheon Il Guk ser= com%osto %or
treze (@A mem'ros)
B) /stes mem'ros devem incluir um (@ Presidente" um (@ 7ice
Presidente e onze (@@ e,:o#icioNN mem'ros vo0aisNN (%or
iner1ncia de car0oNN desi0nados ou eleitos)
Ar$i%o )6" Preside($e e ,iceB5reside($e
@) 9 Presidente ser= nomeado %elos 7erdadeiros Pais de entre
os mem'ros da #am$lia dos 7erdadeiros Pais e dever=
simultaneamente ser o Presidente 3undial da Cheon 6eon0
Oon (Governo da Cheon Il Guk)
B) 9 7ice:%residente ser= nomeado %elos 7erdadeiros Pais e
e,ercer= os deveres do Presidente *uando este não os %uder
realizar %or motivos de #orça maior ou *uando o Presidente
dele0ar a sua autoridade no 7ice:%residente)
A) 9 Presidente e o 7ice:%residente %odem ser destitu$dos %or
*uem os nomeou" como est= de#inido na lei)
C) 9 Presidente e o 7ice:%residente devem o#erecer os seus
serviços sem com%ensaç;es #inanceiras)
Ar$i%o )1" >em7ros
@) 9s mem'ros e,:o#icioN (vo0aisNN (%or iner1ncia de car0o
devem incluir o Porta 7oz da Cheon Oi Oon (Assem'leia
Nacional da Cheon Il Guk" o Presidente do +u%remo 8ri'unal
do Cheon Heo' Oon (8ri'unal da Cheon Il Guk" o Presidente
da Cheon 6ae Oon ((undação da Cheon Il Guk e o 7ice
32
Presidente da Cheon Gon0 Oon (Comit! dos 3edia da Cheon
Il Guk )
B) 9s 7erdadeiros Pais nomearão os mem'ros)
A) 9s 7erdadeiros Pais #arão estas nomeaç;es de entre os
candidatos eleitos %elo Cheon Oi Oon)
C) 9s mem'ros do Conselho +u%remo da Cheon Il Guk não
serão e,onerados durante o seu mandato salvo se e,onerados
%or *uem os nomeou" con#orme de#inido %or lei)
D) 9s mem'ros do Conselho +u%remo da Cheon Il Guk
o#erecerão os seus serviços sem *ual*uer com%ensação
#inanceira)
Ar$i%o )&" >a(da$o
@) 9 mandato do Presidente ser= de sete (F anos %odendo ser
renovado)
B) 9 mandato do 7ice:%residente e dos mem'ros ser= de *uatro
(C anos %odendo ser renovado) Contudo" no total" não devem
%ermanecer no car0o mais de doze (@B anos)
Ar$i%o ))" Ass#($os 5ara Deli7era!o e Resol#!o
9 Conselho +u%remo da Cheon Il Guk deli'erar= e decidir= so're
assuntos relacionados com os se0uintes %ontosI
@ Assuntos relacionados com a realização de instruç;es dos
7erdadeiros Pais)
B Assuntos relacionados com a identidade e %rinc$%ios '=sicos da
Cheon Il Guk
A Assuntos relacionados com os direitos" deveres e #! dos
cidadãos da Cheon Il Guk
C 9s assuntos %ro%ostos %or cada or0anização)
32
D Assuntos relacionados com a alteração da Constituição da
Cheon Il Guk)
E Assuntos de *ual*uer #orma %rescritos de#inidos %ela
Constituição e Leis
Ar$i%o )-" Resol#!o
@ 8odos os assuntos %ro%ostos ao Conselho +u%remo da Cheon Il
Guk deverão" em %rinc$%io" ser resolvidos %or decisão unanime"
%elos mem'ros em e,erc$cio incluindo o Presidente e o 7ice:
Presidente)
B +e não #or conse0uida uma decisão unanime" %or motivos de
#orça maior" o assunto %ode ser resolvido com a a%rovação de
tr1s *uartos dos mem'ros em e,erc$cio incluindo o Presidente e
o 7ice:Presidente)
A 9utros assuntos relacionados com o m!todo utilizado %ara
deli'eração deverão estar de#inidos na lei)
Ar$i%o )." Im5leme($a!o e Ges$!o de Deli7eraCes
@ 9s assuntos decididos %or voto %elo Conselho +u%remo da
Cheon Il Guk deverão ser im%lementados somente de%ois de
terem sido a%rovados %elos 7erdadeiros Pais)
B .uest;es detalhadas re#erentes a outras aç;es do Conselho
+u%remo da Cheon Il Guk deverão estar de#inidas %or lei)
Ar$i%o )/" EDercício I(dire$o de Poderes
Centrado no Presidente" o Conselho +u%remo da Cheon Il Guk
e,ercer= vicariamente (su'stituir= a autoridade dos 7erdadeiros Pais"
no caso de morte" com%leta inca%acidade ou trans#er1ncia de
autoridade dos 7erdadeiros Pais" como de#inido %ela Constituição e
leis)
CAPETULO -
32
C'EO< :EO<G FO<
GO GO,ER<O DA C'EO< IL GU@H
Sec!o 1" O C*eo( :eo(% Fo( Go Go9er(o da C*eo( Il G#+H
Ar$i%o )0" Poderes EDec#$i9os
9s %oderes e,ecutivos do Cheon 6eon0 Oon serão investidos no
Cheon 6eon0 Oon (o Governo da Cheon Il Guk
Ar$i%o )3I Ar%!os Admi(is$ra$i9os
@) 9 Cheon 6eon0 Oon (o Governo da Cheon Il Guk instalar= e
#uncionar= com os ór0ãos administrativos necess=rios %ara a
e,ecução sistem=tica e e#iciente dos assuntos administrativos
2$ 8odos os assuntos relacionados com a instalação e
#uncionamento dos ór0ãos administrativos serão re0ulados %or
lei)
Ar$i%o )4" Or%a(iJaCes de Assessoria
@) 9 Cheon 6eon0 Oon (o Governo da Cheon Il Guk %oder= criar
or0anizaç;es de assessoria so' a sua autoridade se necess=rio
%ara e,ecutar as suas #unç;es)
2$ .uest;es relativas - instalação e 0estão das or0anizaç;es de
assessoria serão re0uladas %or lei)
Ar$i%o -6" Km7i$o das A$i9idades
@) 9 Cheon 6eon0 Oon (o Governo da Cheon Il Guk dever= criar e
e,ecutar %ol$ticas %ara o #irme esta'elecimento e conclusão da
Cheon Il Guk)
2$ 9 Cheon 6eon0 Oon (o Governo da Cheon Il Guk tomar=
res%onsa'ilidade %or todo o tra'alho relativo -s miss;es e
%ro?etos de 'em:estar)
32
Sec!o &" O Preside($e >#(dial e o ,iceBPreside($e >#(dial
Ar$i%o -1" O Preside($e >#(dial
/$ 9 Presidente 3undial como diretor da Cheon 6eon0 Oon (o
Governo da Cheon Il Guk" deve diri0ir e su%ervisionar todas as
or0anizaç;es %rovidenciais" ór0ãos administrativos e
or0anizaç;es de assessoria con#orme re0ulado %or lei
B) 9 Presidente 3undial ser= nomeado ou e,onerado %elos
7erdadeiros Pais de acordo com a Constituição e con#orme
re0ulado %or lei)
Ar$i%o -&" O ,iceBPreside($e >#(dial
@) 9 7ice:Presidente 3undial como se0undo na ordem de direção
do Cheon 6eon0 Oon (o Governo da Cheon Il Guk dever=
e,ecutar as tare#as do Presidente 3undial *uando o Presidente
3undial não o %ossa #azer %or raz;es inevit=veis" ou *uando o
Presidente 3undial con#iar ao 7ice:Presidente 3undial a sua
autoridade)
2$ 9 7ice:Presidente 3undial ser= nomeado ou e,onerado
(demitido %elos 7erdadeiros Pais de acordo com a Constituição
con#orme re0ulado %or lei)
3$ 9s deveres e autoridade do 7ice:Presidente 3undial serão
de#inidos %or lei)
Ar$i%o -)" >a(da$o
@) 9 mandato do Presidente 3undial ser= de sete (F anos %odendo
ser renovado)
B) 9 mandato do 7ice:Presidente ser= de *uatro (C anos %odendo
ser renomeado) Contudo" no total" não devem %ermanecer no
car0o mais de doze (@B anos)
32
Sec!o )" Or%a(iJaCes Pro9ide(ciais
Ar$i%o --" Or%a(iJaCes Pro9ide(ciais
@) 9 Cheon 6eon0 Oon (9 Governo da Cheon Il Guk o%eraN
(0ereN as or0anizaç;es %rovidenciais necess=rias %ara o
#irme desenvolvimento e consumação su'stancial da Cheon Il
Guk)
B) 8odos os assuntos relacionados com o desenvolvimento"
%ro%ósito" #uncionamento" or0anização e e,ecução das
or0anizaç;es %rovidenciais deverão estar re0ulados na lei)
Ar$i%o -." Os Líderes das Or%a(iJaCes Pro9ide(ciais
@) 9s l$deres das or0anizaç;es %rovidenciais serão nomeados
%elos 7erdadeiros Pais %or recomendação do Conselho
+u%remo da Cheon Il Guk)
B) 9s l$deres das or0anizaç;es %rovidenciais %oderão ser
e,onerados %or *uem os nomearam" como de#inido na lei)
Ar$i%o -/" >a(da$o 5ara os Líderes das Or%a(iJaCes
Pro9ide(ciais
9 mandato %ara os l$deres de or0anizaç;es %rovidenciais ser= de
*uatro (C anos e %odendo ser renovado) Contudo" no total" não
devem %ermanecer no car0o mais de doze (@B anos)
CAPETULO .
A C'EO< FI FO<
A ASSE>1LEIA <ACIO<AL DA C'EO< IL GU@
Ar$i%o -0" Poderes Le%isla$i9os
9s %oderes le0islativos da Cheon Il Guk serão investidos na Cheon Oi
Oon (a Assem'leia Nacional da Cheon Il Guk
32
Ar$i%o -3" Com5osi!o
@) A Cheon Oi Oon ser= com%osta %or um Presidente" um 7ice:
Presidente" mem'ros e, : o#icioNN (%or iner1ncia de car0oNN"
mem'ros eleitos e mem'ros messias tri'ais)
B) 9 nJmero de mem'ros da Cheon Oi Oon ser= de#inido %or lei"
mas não deverão ser mais de B@P" incluindo o Presidente e o
7ice:Presidente)
Ar$i%o -4" O Preside($e e o ,iceBPreside($e
@) 5aver= um (@ Presidente e dois (B 7ice:Presidentes) 9s 7ice:
Presidentes serão um homem e uma mulher)
B) 9 Presidente e os 7ice:Presidentes satis#arão as condiç;es
de#inidas %or lei)
A) 9s 7erdadeiros Pais nomearão o Presidente de entre os
candidatos *uali#icados" con#orme re0ulado %or lei)
C) 9s 7ice:Presidentes serão nomeados %elo Presidente de entre
os candidatos indicados %or" %elo menos" um *uarto dos
mem'ros no ativo)
9 Presidente e os 7ice:Presidentes não serão e,onerados durante os
seus mandatos salvo se e,onerados %or *uem os nomeou" con#orme
de#inido %or lei)
Ar$i%o .6" >em7ros
@) 9s mem'ros e, o#$cioNN (%or iner1nciaNN incluirão os messias
tri'ais de cada nação e re%resentantes dos lideres nacionais)
B) 9 m!todo de eleição e a *uali#icação dos mem'ros %or iner1ncia
e dos mem'ros eleitos ser= con#orme de#inido %or lei)
3$ 9s mem'ros messias tri'ais serão a*ueles *ue satis#açam as
*uali#icaç;es de#inidas %or lei
Ar$i%o .1" >a(da$o
32
@) 9 mandato do Presidente e dos 7ice:Presidentes ser= de *uatro
(C anos" %odendo ser renovado) Contudo" no total" não devem
%ermanecer no car0o mais de doze (@B anos)
B) 9 mandato dos mem'ros ser= de *uatro (C anos" %odendo ser
renovado)
Ar$i%o .&" SessCes Re%#lares e sessCes Pro9is8rias
@) 9 Presidente da Cheon Oi Oon convocar= as sess;es re0ulares
da Assem'leia Nacional e as sess;es %rovisórias *uando
re*ueridas)
B) A sessão re0ular da Assem'leia Nacional reunir= duas vezes %or
anoI no &ia da (undação e no &ia de Anivers=rio da Ascensão
do 7erdadeiro Pai)
A) Aa sess;es %rovisórias da Assem'leia Nacional reunir= nos
se0uintes casos (circunst>nciasI
a A %edido do 7erdadeiro Pai
!) A %edido do Conselho +u%remo da Cheon Il Guk
c A %edido de %elo menos cin*uenta %or cento dos mem'ros da
Cheon Oi Oon
Ar$i%o .)" L#8r#m
As sess;es da Cheon Oi Oon (a Assem'leia Nacional da Cheon Il
Guk e,i0em %elo menos a %resença de cin*uenta %or cento do total
de mem'ros e as decis;es vinculativas da Assem'leia Nacional
e,i0em a a%rovação de %elo menos dois terços ou mais dos mem'ros
%resentes
Ar$i%o .-" S#7miss!o e Co(cl#s!o de ProMe$os de Lei
@) 9s mem'ros da Cheon Oi Oon (a Assem'leia Nacional da
Cheon Il Guk e o Cheon 6eon0 Oon (o Governo da Cheon Il
Guk %odem su'meter %ro?etos de lei)
32
2$ 9s %ro?etos de lei *ue %assem na Cheon Oi Oon (a Assem'leia
Nacional da Cheon Il Guk carecem de a%rovação %elos
7erdadeiros Pais)
Ar$i%o .." Deli7era!o e Co(cl#s!o do ProMe$o de Lei Orame($al
@) A Cheon Oi Oon (a Assem'leia Nacional da Cheon Il Guk deve
deli'erar e a%rovar o orçamento da Cheon Il Guk e os %ro?etos
%ro%ostos)
2$ 9s %lanos de orçamento e de ne0ócios *ue %assem na Cheon Oi
Oon (a Assem'leia Nacional da Cheon Il Guk entrarão em vi0or
a%ós a%rovação %elos 7erdadeiros Pais)
Ar$i%o ./" Poderes de I(s5e!o
@) A Cheon Oi Oon (a Assem'leia Nacional da Cheon Il Guk %ode
investi0ar mat!rias es%ec$#icas relativas ao Cheon 6eon0 Oon (o
Governo da Cheon Il Guk" ao Cheon Heo' Oon (o 8ri'unal da
Cheon Il Guk - Cheon 6ae Oon (a (undação Cheon Il Guk e ao
Cheon Gon0 Oon (o Comit! %ara os 3!dia da Cheon Il Guk e
%ode e,i0ir a a%resentação de documentos diretamente
relacionados com os mesmos" a %resença de testemunhas ou o
#ornecimento de declaraç;es
B) 9s %rocessos (%rocedimentos e outras mat!rias relacionadas
com a investi0ação ser= re0ulada %or lei
Ar$i%o .0" Re9is!o das L#alificaCes e ACes Disci5li(ares
@) A Cheon Oi Oon (a Assem'leia Nacional da Cheon Il Guk %ode
rever as *uali#icaç;es e %roceder a aç;es disci%linares aos seus
mem'ros)
2$ Assuntos relacionados com a revisão das *uali#icaç;es e aç;es
disci%linares dos seus mem'ros devem ser de#inidos %or lei)
Ar$i%o .3" Direi$o de Im5#%(a!o
@) No caso de um #uncion=rio %J'lico violar a Constituição ou outras
leis no desem%enho das suas #unç;es o#iciais" a Cheon Oi Oon
32
(a Assem'leia Nacional da Cheon Il Guk %ode a%rovar uma
moção %ara a sua im%u0nação)
2$ 9 m!todo e os %rocedimentos %ara a moção de im%u0nação
devem ser de#inidos %or lei)
CAPETULO /
O C'EO< 1EO1 FO<
GO TRI1U<AL DE C'EO< IL GU@H
Ar$i%o .4" Poderes :#diciais
9s %oderes ?udiciais de Cheon Il Guk serão investidos no Cheon Heo'
Oon (o tri'unal Cheon Il Guk
Ar$i%o /6" Com5osi!o
9 Cheon Heo' Oon ser= constitu$do %or um (@ 9#icial de 6ustiça e
oito (G ?u$zes
Ar$i%o /1" O Oficial de :#s$ia e os :#íJes
@) 9 9#icial de 6ustiça e os ?u$zes do Cheon Heo' Oon devem
satis#azer as condiç;es de#inidas %ela lei
B) 9s 7erdadeiros Pais nomearão o 9#icial de 6ustiça de entre os
candidatos *uali#icados con#orme de#inido %or lei
A) 9s 6u$zes serão nomeados %elos 7erdadeiros Pais so'
recomendação do Conselho +u%remo da Cheon Il Guk
6$ 9 9#icial de 6ustiça e os 6u$zes não serão e,onerados durante o
seu mandato" e,ceto se e,onerados %or *uem os nomeou"
con#orme de#inido %or lei)
Ar$i%o /&" >a(da$o
9 mandato do 9#icial de 6ustiça e dos ?u$zes ser= de *uatro (C anos"
%odendo ser renovado) Contudo" no total" não devem %ermanecer no
car0o mais de doze (@B anos)
32
Ar$i%o /)" Km7i$o das Ac$i9idades
@) A Cheon Heo' Oon decidir= so're lit$0ios relativos - Constituição
e Leis da Cheon Il Guk
B) 9s 6u$zes decidirão de #orma inde%endente" de acordo com as
suas consci1ncias e em con#ormidade com o verdadeiro amor de
&eus" os ensinamentos dos 7erdadeiros Pais" a Constituição e a
lei
A) 9utras *uest;es e %rocessos (%rocedimentos ?udiciais serão
re0ulados %or Lei
CAPETULO 0
T'E C'EO< :AE FO<
GA FU<DAÇ?O DE C'EO< IL GU@H
Ar$i%o /-" Poderes Fi(a(ceiros
9s %oderes #inanceiros da Cheon Il Guk serão investidos na Cheon
Heo' Oon ((undação Cheon Il Guk
Ar$i%o /." Com5osi!o
A Cheon 6ae Oon ((undação Cheon Il Guk ser= constitu$da %or nove
(M mem'rosI um (@ Presidente e oito (G mem'ros do comit!
(vo0aisNN)
Ar$i%o //" Preside($e e >em7ros da Comiss!o
@) 9 %residente da Cheon 6ae Oon e os mem'ros da comissão
deverão %ossuir determinadas *uali#icaç;es" con#orme de#inidas
%or lei
B) 9s 7erdadeiros %ais nomearão o Presidente de entre os
candidatos *uali#icados" con#orme de#inido %or lei
32
A) 9s 7erdadeiros Pais nomearão os mem'ros do Comit! da Cheon
6ae Oon so' recomendação do Conselho +u%remo da Cheon Il
Guk
C) 9 Presidente e os mem'ros do Comit! não serão e,onerados
durante os seus mandatos salvo se e,onerados %or *uem os
nomeou" con#orme de#inido %or lei
Ar$i%o /0" >a(da$o
9 mandato do Presidente e dos mem'ros do comit! (vo0aisNN ser=
de *uatro (C anos" %odendo ser renovado) Contudo" no total" não
devem %ermanecer no car0o mais de doze (@B anos
Ar$i%o /3" Km7i$o de A$i9idades
@) A Cheon 6ae Oon deve su%ortar #inanceiramente as o%eraç;es
de todas as or0anizaç;es so' a direção da Cheon Il Guk
2$ A Cheon 6ae Oon deve incluir atividades em%resariais lucrativas
e não lucrativas utilizando os 'ens de %ro%riedade da (undação
A) A Cheon 6ae Oon deve 0erir os 'ens %J'licos da Cheon Il Guk
6$ A Cheon 6ae Oon dever= rece'er a a%rovação dos 7erdadeiros
Pais %ara dis%or dos 'ens %J'licos da Cheon Il Guk
CAPETULO 3
A C'EO< GO<G FO<
GO CO>ITN PARA OS >NDIA DA C'EO< IL GU@H
Ar$i%o /4" Poderes rela$i9os aos >Odia
As autorizaç;es %ara a a*uisição de o%ini;es das %essoas (de
entrevistas" relatórios de m!dia" relaç;es %J'licas %ara em%resas e o
esta'elecimento su'stancial e consumação da Cheon Il Guk são
concedidas no Cheon Gon0 Oon
Ar$i%o 06" Com5osi!o
32
A Cheon Gon0 Oon ser= constitu$da %or um (@ Presidente e oito (G
mem'ros do comit! (vo0aisNN
Ar$i%o 01" Preside($e e >em7ros do Comi$O G,o%aisPPH
@) 9 Presidente e mem'ros do comit! (vo0aisNN do Cheon Gon0
Oon deverão %ossuir as *uali#icaç;es con#orme de#inidas %or lei
B) 9s 7erdadeiros Pais nomearão o Presidente de entre os
candidatos *uali#icados con#orme de#inido %or lei
A) 9s 7erdadeiros Pais nomearão os mem'ros do comit!
(vo0aisNN do Cheon Gon0 Oon so' recomendação do Conselho
+u%remo da Cheon Il Guk
6$ 9 Presidente e os mem'ros do comit! (vo0aisNN não serão
e,onerados dos seus car0os" salvo se e,onerados %or *uem os
nomeou" con#orme %rescrito %or lei)
Ar$i%o 0&" >a(da$o
9 mandato do Presidente e dos mem'ros do comit! (vo0aisNN ser=
de *uatro (C anos" %odendo ser renovado) Contudo" no total" não
devem %ermanecer no car0o mais de doze (@B anos)
Ar$i%o 0)" Km7i$o de A$i9idades
@) 9 Cheon Gon0 Oon ser= res%ons=vel %elas atividades
relacionadas com not$cias" in#ormação %J'lica e educação dos
cidadãos da Cheon Il Guk)
B) 9 Cheon Gon0 Oon deve avaliar a o%inião %J'lica e transmiti:la"
atrav!s dos meios de comunicação da Cheon Il Guk" ao Cheon
6eon0 Oon (o Governo da Cheon Il Guk" ao Cheon Oi Oon (a
Assem'leia Nacional da Cheon Il Guk" ao Cheon Heo' Oon (o
8ri'unal da Cheon Il Guk" ao Cheon 6ae Oon (a (undação
Cheon Il Guk e aos cidadãos da Cheon Il Guk)
3$ 9 Cheon Gon0 Oon %ode recolher a o%inião %J'lica e criar uma
a0enda a ser a%resentada ao Cheon 6eon0 Oon ( o Governo da
Cheon Il Guk" ao Cheon Oi Oon (a Assem'leia Nacional da
32
Cheon Il Guk" ao Cheon Heo' Oon (o 8ri'unal da Cheon Il Guk
ou ao Cheon 6ae Oon ( a (undação Cheon Il Guk)
CAPETULO 4
GO,ER<O REGIO<AL DA IGRE:A
Sec!o 1" Go9er(o Co($i(e($al da I%reMa
Ar$i%o 0-" Líderes Co($i(e($ais
@) 9s 7erdadeiros Pais nomearão os L$deres Continentais so'
recomendação do Presidente 3undial
B) 9s L$deres Continentais não serão e,onerados durante o seu
mandato" e,ceto se e,onerados %or *uem os nomeou" con#orme
de#inido %or lei)
Ar$i%o 0." >a(da$o
9 mandato dos L$deres Continentais ser= de *uatro (C anos" %odendo
ser renovado) Contudo" no total" não devem %ermanecer no car0o
mais de doze (@B anos)
Ar$i%o 0/" Poderes dos Líderes Co($i(e($ais
9s L$deres Continentais devem coordenar e coo%erar com as
atividades das i0re?as das naç;es do seu continente %ara o #irme
esta'elecimento e consumação da Cheon Il Guk)
Ar$i%o 00" Com5osi!o e Ges$!o das Or%a(iJaCes
Assuntos relacionados com a constituição e #uncionamento das
or0anizaç;es necess=rios %ara o 0overno da i0re?a continental deve
ser de#inido %or lei)
32
Sec!o &" Go9er(o <acio(al da I%reMa
Ar$i%o 03" >essias <acio(al
@) 9s 7erdadeiros Pais nomearão os messias nacionais de entre os
candidatos *uali#icados con#orme de#inido %or lei)
2$ 9s messias nacionais %odem ser e,onerados %elas %essoas com
autoridade %ara nomear" con#orme de#inido %or lei)
A) 9s messias nacionais serão conselheiros dos l$deres nacionais"
dando su0est;es e res%ondendo a *uest;es dos l$deres
nacionais no *ue res%eite ao 0overno da i0re?a da nação)
Ar$i%o 04" Líderes <acio(ais
A autoridade %ara nomear e e,onerar os l$deres nacionais reside em
cada nação" com decis;es de#initivas a%ós a a%rovação dos
7erdadeiros Pais
Ar$i%o 36" >a(da$o dos Líderes <acio(ais
9 mandato dos l$deres nacionais ser= de *uatro (C anos" salvo
decisão di#erente na nação" %odendo ser renovado) Contudo" no total"
não devem %ermanecer no car0o mais de doze (@B anos)
Ar$i%o 31" Sede
@) A +ede da i0re?a de cada nação ser= res%ons=vel %or todo o
tra'alho na nação %ara o #orte esta'elecimento e consumação da
Cheon Il Guk)
2$ A +ede de cada nação deve %rover e 0erir o 0a'inete %ara as
atividades dos messias tri'ais)
Ar$i%o 3&" Or%a(iJa!o e O5eraCes
@) A or0anização e #uncionamento %ara o 0overno da i0re?a nacional
deve estar em con#ormidade com a or0anização e #uncionamento
da Cheon Il Guk)
32
B) Assuntos relacionados com a or0anização e #uncionamento
necess=rios %ara a 0overno da i0re?a nacional deve ser de#inido
%or lei)
CAPETULO 16
ELEIÇÕES
Ar$i%o 3)" EleiCes
@) Como re0ra 0eral" todas as eleiç;es na Cheon Il Guk serão
realizadas %or meio de su#r=0io universal" i0ual" direto e secreto"
e tam'!m %or sorteio" com 'ase nas recomendaç;es)
2$ .uais*uer eleiç;es em *ue menos de um terço do total de votos
ele0$veis se?a emitido serão inv=lidas
3$ 8odas as *uest;es relacionadas com as eleiç;es devem ser
de#inidas %or lei)
Ar$i%o 3-" A Comiss!o <acio(al de EleiCes
/$ &eve ser criada uma Comissão /leitoral com a #inalidade da ?usta
0estão das eleiç;es de tal #orma *ue elas mani#estem a vontade
de &eus e a dos cidadãos da Cheon Il Guk)
2$ 8odas as *uest;es relacionadas com a com%osição da Comissão
Nacional de /leiç;es e sua ?urisdição devem ser de#inidas %or lei)
CAPETULO 11
ALTERAÇÕES Q CO<STITUIÇ?O
Ar$i%o 3." Pro5os$as de Al$eraCes
32
Uma %ro%osta de alteração da Constituição %ode ser a%resentada %elo
Conselho +u%remo da Cheon Il Guk ou %elo menos %or cin*uenta %or
cento dos mem'ros *ue com%;em a Cheon Oi Oon)
Ar$i%o 3/" A9iso de Pro5os$a de Al$era!o
9 Conselho +u%remo da Cheon Il Guk deve a%resentar as %ro%ostas
de alteração - Constituição %erante o %J'lico durante um %er$odo de
%elo menos trinta (AP dias)
Ar$i%o 30" Decis!o e Co(cl#s!o das Al$eraCes Pro5os$as
@) A Cheon Oi Oon (Assem'leia Nacional da Cheon Il Guk deve
decidir so're as alteraç;es %ro%ostas dentro de sessenta (EP
dias a%ós o anJncio %J'lico)
2$ A transição das alteraç;es %ro%ostas - Constituição re*uer a
a%rovação de dois:terços ou mais do total de mem'ros da Cheon
Oi Oon (Asse'leia Nacional da Cheon Il Guk e a decisão" %or
voto" do Conselho +u%remo da Cheon Il Guk)
A) Uma %ro%osta de alteração - Constituição su'metida a resolução
%ela Cheon Oi Oon e %elo Conselho +u%remo da Cheon Il Guk
só ser= conclu$da com a a%rovação dos 7erdadeiros Pais)
ADE<DA
Ar$i%o 1" Da$a de E($ada em ,i%or
/sta Constituição deve ser %roclamada no @A dia do %rimeiro m1s do
se0undo ano da Cheon Il Guk e deve entrar em vi0or a%ós EP dias)
Ar$i%o &" Re%#lame($os A($eriorme($e em ,i%or
2e0ulamentos" v=rios arti0os dos /statutos da Associação e normas
(leis em vi0or no momento em *ue esta Constituição entrar em vi0or
32
mant1m:se v=lidos desde *ue não contrariem esta Constituição)
vi0orar ordenar
Ar$i%o )" >edidas Pro9is8rias Rela$i9as GRelacio(adas comH R
Or%a(iJa!o
9s sistemas em vi0or no momento em *ue esta Constituição entrar
em vi0or" devem ser aumentados com 'ase nos se0uintes %rinc$%iosI
/$ 9s sistemas centrados nos %astores devem ser com%lementares
e %elo #ortalecimento do sistema de messias tri'al devem
contri'uir %ara a criação de CIG com 'ase no movimento de
i0re?a:lar
2$ A +ede re0ional e as i0re?as servirão e #uncionarão
simultaneamente como locais de culto e como centros de cultura
do coração %ara as comunidades locais)
Ar$i%o -" >edidas Pro9is8rias Relacio(adas com A%2(cias e
Or%a(iJaCes Gor%a(ismosH
/$ +e as a01ncias e or0anizaç;es da CIG #orem inca%azes de
realizar as suas tare#as %or raz;es im%revistas (de #orça maior
no momento em *ue esta Constituição entrar em vi0or" outras
or0anizaç;es ou divis;es (de%artamentos a%rovados
(autorizados %elos 7erdadeiros Pais realizarão essas tare#as
2$ A realização das tare#as" con#orme descrito no arti0o C (@
terminar= *uando as or0anizaç;es da Cheon Il Guk #orem
ca%azes de realizar as re#eridas tare#as)
Ar$i%o ." ,ers!o Ori%i(al
A versão ori0inal desta Constituição ! a versão Coreana) .uais*uer
*uest;es decorrentes da sua inter%retação devem ser resolvidas
atrav!s de re#er1ncia estrita - versão ori0inal coreana)
32
32
(op?rig@< AAFUPM* 20/6