INSTITUTO CHIAVENATO de Educação

www.chiavenato.com

Ensinar para administrar. Administrar para ensinar.

COMO INCREMENTAR O CONHECIMENTO NA EMPRESA
Idalberto Chiavenato
Múltipla

O que é o conhecimento?

A maior riqueza do século 21! É a base do Capital Intelectual!

Qual a relação entre: • Conhecimento, • Aprendizagem e • Cultura de aprendizagem?

Aprendizagem

• Memória • Retenção • Esquecimento

• Estudo • Leitura • Observação • Audição • Diálogos • Treinamento • Habilidades • Julgamento Competências • Atitudes

Conhecimento:
• Tático • Explícito

A empresa que monta um eixo competitivo baseado no conhecimento tem melhores condições de manter sua liderança sobre seus concorrentes.

Uma organização que sabe como aprender, com pessoas que compartilham o que sabem e querem mudar estão mais aptas para o sucesso a partir do compartilhamento do conhecimento.

Somente uma cultura de aprendizagem pode incrementar o conhecimento na empresa.

Como construir uma cultura de aprendizagem

5. Foco na aprendizagem, não no treinamento.

Foco na aprendizagem, não no treinamento
Um dos muitos processos que facilitam a aprendizagem.

Treinamento

Uma experiência externa que nos permite utilizar uma abordagem estruturada chamada instrução.

Aprendizagem

Um processo interno através do qual nos tomamos uma informação ou experiência e os translatamos em conhecimento ou habilidades (novas capacidades)

Aprendizagem é um fenômeno muito mais complicado e que não pode ser limitado a uma classe ou sala de aula. Nos esforços de aprendizagem organizacional a confusão entre aprendizagem e treinamento pode ser fatal. (Peter Senge).

Foco na aprendizagem, não no treinamento

Quando o treinamento é mais apropriado:
• O desempenho é automático. • Para desenvolver habilidades. • A competência (tempo) é crítica

Quando a aprendizagem é mais apropriada:
• Há mais mudança no conteúdo do que no desempenho. • Quando as habilidades precisam ser aplicadas. • O conhecimento deve ser referenciado.

Foco na aprendizagem, não no treinamento

Nível 1: Reação do aprendiz: mudança de atitude.

Nível 2: Aprendizagem: novas habilidades e conhecimentos.

Nível 3: Aplicação: mudança de comportamento.

Nível 4: Impacto nos negócios.

Como construir uma cultura de aprendizagem

• •

Foco na aprendizagem, não no treinamento. Ser um paladino da aprendizagem.

Ser um paladino da aprendizagem

De:

Para:

Foco

Treinamento

Aprendizagem

Conhecimento

Ser um paladino da aprendizagem

De:

Para:

Foco

Treinamento

Aprendizagem

Conhecimento

Escopo

Tático

Estratégico

Transformacional

Ser um paladino da aprendizagem

De:

Para:

Foco

Treinamento

Aprendizagem

Conhecimento

Escopo

Tático

Estratégico

Transformacional

Função

Gerenciar treinamento

Desenvolver pessoas

Promover mudanças fundamentais

Ser um paladino da aprendizagem

De:

Para:

Foco

Treinamento

Aprendizagem

Conhecimento

Escopo

Tático

Estratégico

Transformacional

Função

Gerenciar treinamento

Desenvolver pessoas

Promover mudanças fundamentais

Objetivo

Força de Trabalho treinada

Aprendizagem Organizacional

Velocidade da inovação

Ser um paladino da aprendizagem

Onde buscar apoio e suporte? Quem pode ajudar?

Ser um paladino da aprendizagem
Buscar o patrocinador adequado:

Tipos de patrocinador

Atitude

Expectador

Jogador

Peso morto

Obstrucionista

Energia

Ser um paladino da aprendizagem
Buscar o patrocinador adequado:

Tipos de patrocinador

Atitude

Expectador

Jogador

Peso morto
Absolutamente não apóia nada. Pois: • Fica fora da jogada. • Perda de tempo e esforço. Eu não conheço! Eu não sei!

Obstrucionista

Energia

Abordagem:

Evitar se possível. Exige muito esforço e alto risco.

Ser um paladino da aprendizagem
Buscar o patrocinador adequado:

Tipos de patrocinador

Atitude

Expectador

Jogador

Peso morto
Absolutamente não apóia nada. Pois: • Fica fora da jogada. • Perda de tempo e esforço. Eu não conheço! Eu não sei!

Obstrucionista

Abordagem:

Pode colaborar, mas com suas condições. Ou: Energia • Pode no momento não desejar ajudar, mas quer mostrar ação. Vamos pra frente, •Pode ajudar mas impõe barreiras. Mas...

Evitar se possível. Exige muito esforço e alto risco.

Abordagem:

Usa aliados para remover barreiras. Usa histórias de sucesso para convencer/educar as pessoas.

Ser um paladino da aprendizagem
Buscar o patrocinador adequado:
Entusiasta – deseja sucesso! Mas... • Fica de lado e espera as coisas acontecerem. • Sem compromisso pessoal. Nós podemos fazer isso!

Tipos de patrocinador

Abordagem:

Atitude

Pode comprometer-se após ver o sucesso dos outros. Usa histórias de sucesso alheio.

Expectador

Jogador

Peso morto
Absolutamente não apóia nada. Pois: • Fica fora da jogada. • Perda de tempo e esforço. Eu não conheço! Eu não sei!

Obstrucionista

Abordagem:

Pode colaborar, mas com suas condições. Ou: Energia • Pode no momento não desejar ajudar, mas quer mostrar ação. Vamos pra frente, •Pode ajudar mas impõe barreiras. Mas...

Evitar se possível. Exige muito esforço e alto risco.

Abordagem:

Usa aliados para remover barreiras. Usa histórias de sucesso para convencer/educar as pessoas.

Ser um paladino da aprendizagem
Buscar o patrocinador adequado:
Entusiasta – deseja sucesso! Mas... • Fica de lado e espera as coisas acontecerem. • Sem compromisso pessoal. Nós podemos fazer isso! Estou na Jogada!

Tipos de patrocinador

Proporciona patrocínio e apoio. Pois: • Percebe a ligação com o negócio. • Quer investir recursos. • Envolvido pessoalmente. • Preferência pelo progresso.

Abordagem:

Abordagem: Expectador Jogador

Atitude

Pode comprometer-se após ver o sucesso dos outros. Usa histórias de sucesso alheio.

Gosta de trabalhar com equipes, Mesmo pequenas, para Construir histórias de sucesso.

Peso morto
Absolutamente não apóia nada. Pois: • Fica fora da jogada. • Perda de tempo e esforço. Eu não conheço! Eu não sei!

Obstrucionista

Abordagem:

Pode colaborar, mas com suas condições. Ou: Energia • Pode no momento não desejar ajudar, mas quer mostrar ação. Vamos pra frente, •Pode ajudar mas impõe barreiras. Mas...

Evitar se possível. Exige muito esforço e alto risco.

Abordagem:

Usa aliados para remover barreiras. Usa histórias de sucesso para convencer/educar as pessoas.

Como construir uma cultura de aprendizagem

• • •

Foco na aprendizagem, não no treinamento. Ser um paladino da aprendizagem. Criar um ambiente positivo de reforço.

Criar um ambiente de desempenho

Não basta ensinar: É preciso aprender a desempenhar.

Criar um ambiente de desempenho

Melhoria do desempenho:
• Capacidades individuais • Adequação organizacional • Qualidade da força de trabalho

Gestão de Talentos

Aprendizagem

Criar um ambiente de desempenho

Melhoria do desempenho:
• Capacidades individuais • Adequação organizacional • Qualidade da força de trabalho

Gestão de Talentos

Aprendizagem

Motivação e incentivos

• Incentivos positivos para reforço • Incentivos baseados no desempenho • Recompensa do bom desempenho

Criar um ambiente de desempenho

Melhoria do desempenho:
• Capacidades individuais • Adequação organizacional • Qualidade da força de trabalho

Gestão de Talentos

Aprendizagem

Motivação e incentivos

• Incentivos positivos para reforço • Incentivos baseados no desempenho • Recompensa do bom desempenho

Ambiente e recursos

• Suficiência de pessoas, recursos e tempo • Assuntos organizacionais • Assuntos relacionados com o trabalho

Criar um ambiente de desempenho

Melhoria do desempenho:
• Capacidades individuais • Adequação organizacional • Qualidade da força de trabalho

Gestão de Talentos

Aprendizagem

Motivação e incentivos

• Incentivos positivos para reforço • Incentivos baseados no desempenho • Recompensa do bom desempenho

Ambiente e recursos

• Suficiência de pessoas, recursos e tempo • Assuntos organizacionais • Assuntos relacionados com o trabalho

Habilidades, conhecimento e informação

• O que, quem, como, quando, onde, por que • Padrões de desempenho • Retroação (feedback) intensa

Criar incentivos para aprender
O que pode encorajar as pessoas a aprender?
• • • • • • • Recompensando a aprendizagem. Certificação profissional. Oportunidade de avanço na carreira. Reconhecimento. Fácil acesso, pontes para o futuro e alta relevância. Modelos de papéis. Apoio gerencial no local de trabalho.

O que pode encorajar as pessoas a contribuir com seu conhecimento?
• Recompensando as contribuições baseadas no conhecimento. • Tornar o processo de contribuição mais fácil. • Fazer com que o ensino e o coaching sejam papéis valorizados.

Como construir uma cultura de aprendizagem

• • • •

Foco na aprendizagem, não no treinamento. Ser um paladino da aprendizagem. Criar um ambiente positivo de reforço. Comunicar... Comunicar... Comunicar...

Comunicar... Comunicar... Comunicar...
Exemplos de elementos de um plano de comunicação •Temas de marketing, marca e produtos •Eventos •Newsletters •Reuniões informais •Políticas •Website •Questões freqüentemente formuladas •Treinamento, demonstrações •Cases e histórias de sucesso •Apresentações de líderes •Envolvimento de líderes •Apresentações de gerentes •Coaching •Testemunhos Atenção Atenção Compreensão Compreensão Compreensão Compreensão Compreensão Preferência Preferência Preferência Preferência Preferência Preferência Preferência

Como construir uma cultura de aprendizagem

• • • • •

Foco na aprendizagem, não no treinamento. Ser um paladino da aprendizagem. Criar um ambiente positivo de reforço. Comunicar... Comunicar... Comunicar... Utilizar adequadamente a tecnologia disponível.

A tecnologia ajuda a construir a cultura de aprendizagem através de:
• Tornar cada pessoa informada e envolvida. • Habilitando a pessoa a aprender melhor e mais rápido. • Reforçando a personalização. • Apoiando o compartilhamento do conhecimento. • Criando memória institucional.

Utilizar adequadamente a tecnologia

Mas a tecnologia somente não é suficiente:
• Ela é uma ferramenta e não uma estratégia. • Ela não pode, por sí, construir uma cultura de aprendizagem. • Se utilizada inadequadamente, ela pode prejudicar uma cultura de aprendizagem.

Utilizar adequadamente a tecnologia

O uso das tecnologias baseadas na internet proporciona um amplo leque de soluções que aumentam o conhecimento e o desempenho.

Utilizar adequadamente a tecnologia

Qualidade

Acesso

Liderança

•Use a tecnologia para definir estágios pessoais de aprendizagem. •Determine a necessidade de instrução versus informação. •Verifique o que é prioritário e relevante.

• Faça o aprendizado ajudar o trabalho • Crie uma experiência positiva e agradável para o aprendiz. • Acessibilidade.

• Identifique e apóie os paladinos. • Foco nos benefícios. • Parceria com TI. • Mostre que as novas abordagens são as melhores alternativas.

Como construir uma cultura de aprendizagem

• • • • • •

Foco na aprendizagem, não no treinamento. Ser um paladino da aprendizagem. Criar um ambiente positivo de reforço. Comunicar... Comunicar... Comunicar... Utilizar adequadamente a tecnologia disponível. Ir além do curso através da ação.

Ir além dos cursos e da sala de aula
Uma cultura de aprendizagem não pode ser sustentada sem proporcionar aprendizagem no local de trabalho.

• Muitos aprendizados acontecem no local de trabalho.

• Muitos aprendizados são informais.

• Nós aprendemos de diferentes maneiras. • Através da instrução escolar. • Lendo e ouvindo. • Fazendo e observando. • Tentando, errando, ajustado e adaptando. • Com orientação ou sem orientação.

Ir além dos cursos e da sala de aula

Nós aprendemos de diferentes fontes.
• Através de cursos e aulas. • Com expertos e especialistas. • Em Web sites. • Através de livros e documentos. • Com os colegas. •Trabalhando. •Fazendo.

Ir além dos cursos e da sala de aula
Velho paradigma:
• O instrutor é visto como o centro de todo conhecimento • A sala de aula é vista como o local onde o conhecimento dissemina. • O curso é visto como o formato preferido para aprendizagem.

Ir além dos cursos e da sala de aula
Velho paradigma:
• O instrutor é visto como o centro de todo conhecimento • A sala de aula é vista como o local onde o conhecimento dissemina. • O curso é visto como o formato preferido para aprendizagem.

Novo paradigma:
• A pessoa/aprendiz é vista como um buscador de conhecimento, • Com constantes mudanças de necessidades de conhecimento • E disposição de tempo. • Serviços online e offline permitem maior acesso ao conjunto total de conhecimentos e recursos de desempenho.

Ir além dos cursos e da sala de aula

• Treinamento presencial

Treinamento Formal

• Treinamento online

Aprendiz

Ir além dos cursos e da sala de aula

• Treinamento presencial

Treinamento Formal

• Treinamento online

Aprendiz

• Repositórios de conhecimento

Aprendizado Informal

• Universidade corporativa • Comunidades de prática • Coaching • Mentoring

Ir além dos cursos e da sala de aula

• Treinamento presencial
• Treinamento online • Quais os ingredientes a dosar? • Quando e como adicionar? • Como servi-los? • Como serão utilizados?

Aprendiz

• Repositórios de conhecimento • Universidade corporativa • Comunidades de prática • Coaching • Mentoring

Como construir uma cultura de aprendizagem

• • • • • • •

Foco na aprendizagem, não no treinamento. Ser um paladino da aprendizagem. Criar um ambiente positivo de reforço. Comunicar... Comunicar... Comunicar... Utilizar adequadamente a tecnologia disponível. Ir além do curso através da ação. Foco na qualidade.

Foco na Qualidade

• Alinhamento com o negócio da empresa: • Autenticidade:

refletir o contexto.

o programa deve refletir o mundo real.

• Substância acima da forma: o programa deve oferecer o suficiente • Interatividade entre aprendizes:
envolver os aprendizes.

• Utilização de longo prazo: o programa deve adicionar valor. • Aceitação:
o programa deve refletir a cultura de trabalho. o programa funciona?

• Desempenho:

• Ensinar a pescar: ensina habilidades para aprender continuamente? • Facilidade de uso:
o programa oferece experiência ao aprendiz?

Como construir uma cultura de aprendizagem

• • • • • • • •

Foco na aprendizagem, não no treinamento. Ser um paladino da aprendizagem. Criar um ambiente positivo de reforço. Comunicar... Comunicar... Comunicar... Utilizar adequadamente a tecnologia disponível. Ir além do curso através da ação. Foco na qualidade. Não esquecer a gestão da mudança.

Marc Rosenberg

Não esquecer a Gestão da Mudança

A Gestã o da Mudança f alha q ua ndo : A Gest ão da M udança ocorre quando: •Isso é quente! •Está na hora certa! •Quando estaremos prontos? •Isso pode realmente me ajudar. •Vamos tentar novamente. •Posso ajudar? •Vamos trabalhar juntos. •O que eu posso fazer para ajudar •Isso ajudará nosso sucesso.

Isto não é para mim.

Eu não acredito nisso.

Quem deu permissão para isso?

O que eu tenho a ver com isso?

Quem mais está fazendo?

Isso não var dar certo.

Vou pensar.

O que vou ganhar com isso?

Não esquecer a Gestão da Mudança

Qualidade

Paladino
Mudança

Competência

Incentivos

Comunicação

Não esquecer a Gestão da Mudança

No ve f ator es que as seguram o suces so da Gestã o da Mudança:
4. 6. 8. Balancear mudança, comunicação e marketing. Construir expectativas e incentivos. Dar apoio a todos os níveis e à linha de frente.

10. Implementar a gestão da mudança antes da mudança. 12. Comprometer a sustentar a mudança a longo prazo. 14. Os primeiros adotantes não podem ser a audiência principal. 16. Compreender a diferença entre resistir à mudança e não saber mudar. 18. Reconhecer que a implementação não é comportamento de mudança. 20. Pensar grande, começar pequeno e escalar rapidamente.

Não esquecer a Gestão da Mudança

Preparar o Ambiente

Capacitar para Alto desempenho

Resultados do Negócio

Sustentar o compromisso

Como construir uma cultura de aprendizagem

• • • • • • • • •

Foco na aprendizagem, não no treinamento. Ser um campeão em aprendizagem. Criar um ambiente positivo de reforço. Comunicar... Comunicar... Comunicar... Utilizar adequadamente a tecnologia disponível. Ir além do curso através da ação. Foco na qualidade. Não esquecer a gestão da mudança. Transformar pessoas em campeões.

Transformar pessoas em verdadeiros talentos.

“Se planejarmos para um ano, deveremos plantar cereais. Se planejarmos para uma década, deveremos plantar árvores. Se planejarmos para toda vida, devemos treinar e educar o homem”. Kwantsu, Séc. III A. C.

INSTITUTO CHIAVENATO de Educação
www.chiavenato.com

Ensinar para administrar. Administrar para ensinar.