Taxa de maus pagadores cai 16% e anima

lojistas
SPC vê números positivos para o varejo e que devem ajudar nas vendas
para o Dia das Mães.
Jornal da Paraíba
TavaresKleide Teixeira
De janeiro a abril foi menor a quantidade de pessoas que conseguiram tirar
o nome dos órgãos de proteção ao crédito
A inadimplência no mês de abril caiu em João Pessoa, o que traz melhores
expectativas para as vendas do Dia das Mães nas compras a prazo. Esse
incremento é almejado há alguns meses pelo varejo que desde janeiro não
comemora taxas mais expressiva de crescimento.
No mês passado, 1.919 consumidores estavam com o nome sujo na praça, o
que equivale a uma queda de 16,09% comparado ao mesmo período do ano
passado, que registrou a inclusão de 2.287 pessoas no Serviço de Proteção
ao Crédito (SPC) de João Pessoa.
Segundo o diretor do SPC na capital paraibana, Lindenbergh Vieira, os
números podem ajudar nas vendas para o Dia das Mães, já que trata-se de
uma data forte para o comércio.
“O varejo no país não está com superávit e se espera um aumento nas
vendas com o Dia das Mães. A data é forte e naturalmente há um
incremento no comércio. Com menos pessoas endividadas este acréscimo
pode ser maior”, destacou Lindenbergh Vieira.
Já as pessoas que reabilitaram o crédito caiu 12,10% em abril na capital
paraibana. No mês passado 1.293 devedores conseguiram limpar o nome
sujo na praça e no mesmo período do ano passado este número foi de
1.471.
No acumulado dos primeiros 4 meses de 2014, a lista de devedores
apresentou redução de 3,10% com relação ao ano anterior. Foram 8.368
pessoas em 2014 contra os 8.636 de abril de 2013.
De janeiro a abril também foi menor a quantidade de pessoas que
conseguiram tirar o nome dos órgãos de proteção ao crédito em João
Pessoa. Este ano foram 5.477 pessoas que reabilitaram o crédito e no
mesmo período de 2013 foram 6.080.
QUEDA ATINGE 15% EM CAMPINA
Em Campina Grande, o número de devedores em abril apresentou queda de
15% comparado ao mesmo período do ano passado. Este ano foram
registrados 1.214 consumidores e em abril de 2013 foram 1.424. Segundo o
presidente da Câmara de Dirigentes Logistas de Campina Grande (CDL-CG),
Tito Motta, os números são positivos para a data em que são esperados
uma alta de 5% a 10% em relação a 2013.
“Esta estimativa de aumento para o Dia das Mães é bastante satisfatória
levando em conta a economia nacional que mostra alta da inflação e juros
elevados. Este fim de semana já observamos um fluxo maior de pessoas no
comércio em Campina Grande”, frisou Tito Motta.
De janeiro a abril, a queda o número de inadimplentes foi de 4.230
consumidores contra os 5.913 registros feitos no mesmo período do ano
passado, o que representa uma baixa de 28,46%
Em abril, houve queda de 4% no número de pessoas que conseguiram
reabilitar o crédito em Campina Grande e região, registrando 606
consumidores contra os 629 do ano passado.
No acumulado dos quatro meses, a redução chegou a 3,6%. Foram
registradas 2.698 pessoas com o nome sujo na praça no mês passado e em
abril de 2013 foram 2.799.

Related Interests