You are on page 1of 2

Daniel - O Profeta do Reino

Daniel era adolescente quando Nabucodonosor invadiu a sua terra natal e o levou para a
Babilônia. Esse era só o começo do cativeiro babilônico e da devastação da nação judaica.
Poucos anos depois, mais uma leva de cativos foi levada embora, estando Eequiel entre ela.
!o"o após isso, o #ltimo ataque se deu, e a destruição do templo e de $erusal%m ficou quase
completa.
Na Babilônia, pela provid&ncia de Deus, Daniel rapidamente "an'ou fama e poder por causa
de sua conduta impec(vel e de sua sabedoria )veja Eequiel *+,*+, -./ -0,12. Ele recebeu das
autoridades babilônicas car"os de responsabilidade durante os 3. anos de dom4nio da nação,
tendo recebido car"os tamb%m dos persas, que se se"uiram aos babilônios.
Daniel sabia de que forma funcionavam os reinados da terra, e como eram fr("eis e
passa"eiros. 5 próprio 6srael, sua nação, j( tin'a sido importante e próspera sob o dom4nio de
Davi e de 7alomão. 8"ora ac'ava9se em ru4nas. 8o lon"o da vida de Daniel, caiu a 8ss4ria,
levantou9se a Babilônia e depois veio tamb%m a cair. Então, parece adequado que Deus o
ten'a escol'ido para profetiar com respeito ao :reino que não será jamais destruído: )Daniel
-,++2.
Daniel relata dois son'os importantes pertinentes ao reino de Deus. 5 primeiro foi o son'o de
Nabucodonosor durante o se"undo ano de seu reinado )Daniel -2. 5 se"undo foi o son'o de
Daniel no primeiro ano do reinado de Belsaar )cerca de ;. anos após o son'o de
Nabucodonosor2.
No son'o de Nabucodonosor, ele tin'a visto uma "rande fi"ura com cabeça de ouro, peito e
braços de brone e pernas de ferro e barro. Depois que os s(bios do reino j( não conse"uiam
contar o son'o do rei e interpret(9lo, Daniel, pela revelação divina, assim fe.
8 cabeça de ouro representava o 6mp%rio Babilônico );.;9<1; a.=., 2. 8 parte de prata
representava o reino se"uinte > Babilônia, o 6mp%rio ?edo9Persa )<1;911. a.=.2 7 um reino
inferior > Babilônia. 8 parte de brone representava o reino se"uinte, o qual reinaria sobre toda
a terra 7 o 6mp%rio @re"o )11.9*+; a.=.2. 5 quarto reino era o 6mp%rio Aomano )*+; a.=.9+3;
d.=.2. 7eria nos dias desses reis, os romanos, que o Deus do c%u estabeleceria um reino que
jamais 'averia de ser destru4do )Daniel -,++2.
No son'o de Daniel, uns ;. anos mais tarde, ele viu quatro feras que se levantavam do mar.
Bma como um leão, outra como um urso, outra como um leopardo e a quarta com de c'ifres,
descrita como :animal, terrível, espantoso e sobremodo forte:. Essas feras representavam as
mesmas quatro pot&ncias mundiais representadas pela ima"em que Nabucodonosor viu
)Daniel 3,*<9-32, sendo a quarta o 6mp%rio Aomano que foi por fim dividido, conforme a
representação dos de c'ifres. Depois Daniel v& :um como o Filho do Homem:, que :dirigiu-se
ao Ancião de dias: para receber :domínio, e glória, e o reino, para que os povos, na!es, e
homens de todas as línguas o servissem" o seu domínio # domínio eterno, que não passará, e
o seu reino jamais será destruído: )Daniel 3,*19*+2.
$esus nasceu no reinado do imperador romano =%sar 8u"usto )!ucas -,*2. 8pós ser
crucificado pelas autoridades romanas e após ressur"ir dos mortos, imediatamente antes de
subir ao c%u, ele afirmou que toda autoridade l'e tin'a sido dada no c%u e na terra )?ateus
-0,*02. 5 escritor de Cebreus declara que, como cristãos, recebemos um reino que não pode
ser abalado nem mudado )Cebreus *-,-02. Paulo afirma que os que receberam a redenção e o
perdão em =risto foram transportados :para o reino do Filho do seu amor: )=olossenses *,*19
*+2.
Não resta d#vida sobre quando se estabeleceu o reino da profecia de Daniel. Doi quando
$esus ressur"iu dos mortos, subiu ao c%u e sentou9se > direita do Pai, sendo feito assim =risto
e 7en'or )8tos -,1.91;2. 5 que se viu e ouviu no Dia de Pentecostes deram provas de que
isso realmente aconteceu )8tos -,112. =omo disse Pedro, =risto estava assentado > direita de
Deus, tendo recebido :domínio, e glória, e o reino:. Embora Pedro afirme que $esus
ressuscitou de entre os mortos para subir at% a direita de Deus e se sentar no trono de Davi
)recebendo, assim, um reino2, Paulo di que ele ressur"iu para subir at% a direita de Deus para
ser o cabeça da i"reja e de todas as coisas, :$ qual e%erceu ele em &risto, ressuscitando-o
dentre os mortos e fa'endo-o sentar ( sua direita nos lugares celestiais, acima de todo
principado, e potestade, e poder, e domínio, e de todo nome que se possa referir não só no
presente s#culo, mas tamb#m no vindouro) * p+s todas as cousas debai%o dos p#s e, para ser
o cabea sobre todas as cousas, o deu ( ,greja, a qual # o seu corpo, a plenitude daquele que
a tudo enche em todas as cousas: )Ef%sios *,-.9-12.
8ssim, o Deus do c%u de fato estabeleceu seu reino nos dias do quarto reino 7 eEatamente
como Daniel o predisse. Esse reino )pedra cortada sem auE4lio de mãos2 enc'eu toda a terra
)veja =olossenses *,-1 2 e ainda permanece 7 muito depois de :o vento os levou Fas quatro
pot&ncias mundiaisG e deles não se viram mais vestígios: )Daniel -,1<2.
=omo Daniel sabia que tudo isso ia acontecerH DeiEe que ele fale por si mesmo, :-as há um
.eus no c#u, o qual revela mist#rios: )Daniel -,-02. Na verdade, Daniel era o profeta de Deus
que tratou do reino