You are on page 1of 6

1.

São exemplos de instituições financeiras não bancárias as relacionadas abaixo, exceto:
a) ( ) Bancos de Inestimento
b) ( ) Bancos!staduais de "esenolimento.
c) ( ) #ompan$ias%ipotecárias.
d) ( X ) BancosCooperativos.
&. Banco #entral do Brasil ' uma entidade autár(uica inculada ao )inist'rio da *a+enda
(ue funciona como ,banco dos bancos-.
a) ( X ) Banco Central do Brasil.
b) ( ) Banco do Brasil.
c) ( ) #aixa !con.mica *ederal.
d) ( ) /ossa #aixa.
0. #omissão de 1alores )obiliários ' uma autar(uia federal, responsáel pela
normati+ação e fiscali+ação do mercado de alores mobiliários emitidos por sociedades
an.nimas (ue ne2ociem seus t3tulos com o p4blico.
a) ( ) #omissão de 1alores Imobiliários.
b) ( X ) Comissão de Valores Mobiliários.
c) ( ) Banco #entral doBrasil.
d) ( ) #onsel$o /acional de Se2uros5riados
6. "e acordo com a 7ei n.8 6.9:9, de 01;1&;1:<6 (Sistema *inanceiro /acional), o
#onsel$o )onetário /acional terá como presidente:
a) ( X ) o Ministro de Estado da Fazenda.
b) ( ) o 5residente do Banco do Brasil S.=..
c) ( ) o 5residente do Banco /acional do "esenolimento !con.mico.
d) ( ) um dos membros nomeados pelo 5residente da >ep4blica.
e) ( ) o)inistro da !conomia.
9. "e acordo com a 7ei n8 6.?&@;<9 ("isciplina o mercado de capitais e estabelece medidas
para o seu desenolimento), assinale a alternatia correta.
a) ( X ) Compete ao Banco Central registrar títlos e valores mobiliários para e!eito
de sa negocia"ão nas Bolsas de Valores.
b) ( ) As mercados financeiro e de capitais serão disciplinados pelo Banco #entral da
>ep4blica do Brasil e fiscali+ados pelo #onsel$o )onetário /acional.
c) ( ) #ompete ao #onsel$o )onetário /acional re2istrar as emissões de t3tulos ou
alores mobiliários a serem distribu3dos no mercado de capitais.
d) ( ) #ompete ao Banco do Brasil S.=. e B #aixa !con.mica *ederal, autori+ar a
constituição e fiscali+ar o funcionamento das Bolsas de 1alores.
e) ( ) =s Bolsas de 1alores operam sob superisão do Banco do Brasil S.=. e mediante
re2ulamentação da #aixa !con.mica *ederal.
<. "e acordo com a 7ei n.8 <.0@9;?< ()ercado de 1alores )obiliários), acerca das
caracter3sticas da #omissão de 1alores )obiliários, assinale a alternatia correta.
a) ( ) C um Dr2ão administratio inculado ao Banco #entral.
b) ( ) /ão possui personalidade Eur3dica.
c) ( ) C subordinada $ierar(uicamente ao Banco #entral.
d) ( ) /ão ' dotada de autonomia financeira e orçamentária.
e) ( X ) # ma entidade atár$ica em regime especial% vinclada ao Minist&rio da
Fazenda.
?. A S*/ tem como obEetio a intermediação de recursos entre os a2entes econ.micos
(pessoas, empresas e 2oerno). #ompõem esse sistema instituições, Dr2ãos e entidades
em uma complexa rede de relacionamentos (ue enolem a normati+ação, a superisão
e a operacionali+ação. #om referFnciaaesseassunto, Eul2ueositensse2uintes.
a) Sempre (ue for necessário, competirá ao #)/ limitar as taxas de Euros, de maneira a
asse2urar taxas faorecidas aos financiamentos (ue se destinem a promoer, entre
outros, inestimentos indispensáeis Bs atiidades a2ropecuárias.
( X ) Certo
( ) !rrado
b) A #)/ ' autar(uia superisora máxima do S*/ e tem por finalidade formular a
pol3tica da moeda e do cr'dito, com o obEetio de estabili+ar a moeda e o
desenolimento econ.mico e social do pa3s.
( ) #erto
( X ) Errado
@. =s reformas de 1:<6 introdu+idas no S*/, cuEo modelo foi inspirado pelo sistema norteG
americano, priori+aam a especiali+ação das instituições. /o entanto, ao lon2o do
tempo, sur2iram os 2randes con2lomerados financeiros, incorporando atiidades antes
restritas aos a2entes especiali+ados. = respeito desse assunto, Eul2ue o item (ue se
se2ue.
a) = #aixa !con.mica *ederal e as cooperatias de cr'dito inte2ram o Sistema Brasileiro
de 5oupança e !mpr'stimo e o Sistema *inanceiro da %abitação.
( ) #erto
( X ) Errado
:. =s instituições financeiras tFm ofertado produtos e seriços para atender noas
demandas conEunturais e sociais, os (uais deem isar ao e(uil3brio entre o retorno e o
risco. #om relação aos produtos e seriços financeiros, Eul2ue o item (ue se se2ue.
) a As depDsitos a pra+o (#"B e >"B) e as letras de cHmbio são produtos t3picos dos
bancos de inestimentos e das sociedades de cr'dito, financiamento e inestimento,
respectiamente.
( X ) Certo
( ) !rrado
1I. =ssinale a alternatia incorreta. =s normas consubstanciadas no #ASI* tFm por
obEetio:
a. ( ) uniformi+ar os re2istros contábeis dos atos e fatos administratios.
b. ( X ) provocar a red"ão das ta'as de (ros praticadas pelas institi")es
!inanceiras.
c. ( ) racionali+ar a utili+ação de contas.
d. ( ) possibilitar o acompan$amento do sistema financeiro, bem como a análise, a
aaliação do desempen$o e o controle, de modo (ue as demonstrações financeiras
elaboradas expressem, com fidedi2nidade e clare+a, a real situação econ.micoG
financeira da instituição e con2lomerados financeiros.
e. ( ) estabelecer re2ras, crit'rios e procedimentos necessários B obtenção e
diul2ação de dados.
11. =s normas e procedimentos, bem como as demonstrações financeiras padroni+adas
preistas no #ASI*, não são de uso obri2atDrio para:
a. ( ) bancos m4ltiplos
b. ( X ) sociedades de factoring
c. ( ) sociedades de arrendamento mercantil
d. ( ) sociedades corretoras de t3tulos e alores mobiliários e cHmbio
e. ( ) bancos comerciais
1&. Indi(ue a assertia incorreta.
a. ( ) As procedimentos e crit'rios de escrituração contábil de forma 2en'rica, as
diretri+es consubstanciadas no #ASI*, bem como a existFncia de t3tulos contábeis,
não pressupõem permissão para prática de operações ou seriços edados por lei,
re2ulamento ou ato administratio, ou dependentes de pr'ia autori+ação do Banco
#entral.
b. ( ) /o caso de d4idas de interpretação entre /ormas Básicas e !lenco de
#ontas do #ASI*, prealecem as /ormas Básicas.
c. ( ) C competFncia do #onsel$o )onetário /acional expedir normas 2erais de
contabilidade e estat3stica a serem obseradas pelas instituições financeiras. Jal
competFncia foi dele2ada ao Banco #entral do Brasil.
d. ( X ) Cabe e'clsivamente ao Banco Central do Brasil a e'pedi"ão de normas
para avalia"ão dos valores mobiliários registrados nos ativos das sociedades
corretoras e distribidoras de títlos e valores mobiliários.
e. ( ) = escrituração dee ser completa, mantendoGse em re2istros permanentes
todos os atos e fatos administratios (ue modifi(uem ou en$am a modificar,
imediatamente ou não, sua composição patrimonial.
10. !m relação Bs instituições financeiras, indi(ue a alternatia correta.
a. ( ) A simples re2istro contábil constitui elemento suficientemente comprobatDrio.
5ara a perfeita alidade dos atos e fatos administratios, não ' necessário (ue a
escrituração seEa fundamentada em comproantes.
b. ( ) =s instituições financeiras deem adotar m'todos e crit'rios uniformes no
tempo, sendo edadas as modificações de m'todos ou crit'rios (ue proo(uem
efeitos releantes nas demonstrações financeiras.
c. ( ) =s instituições financeiras deem re2istrar as receitas (uando do seu efetio
in2resso, obserando o re2ime de caixa, e despesas, no per3odo em (ue elas
ocorrem, em respeito ao re2ime de competFncia.
d. ( X ) *s institi")es !inanceiras devem !azer a apropria"ão mensal das rendas%
inclsive mora% receitas% gan+os% lcros% despesas% perdas e pre(ízos%
independentemente da apra"ão de resltado a cada seis meses.
e. ( ) =s instituições financeiras deem apurar os resultados em per3odos fixos de
tempo, obserando na apuração do resultado o per3odo de 18 de Eaneiro a 01 de
de+embro.
16. Indi(ue a assertia incorreta.
a. ( X ) *s institi")es !inanceiras são obrigadas a proceder ,s devidas
concilia")es dos títlos contábeis com os respectivos controles analíticos e
mant-.las atalizadas% con!orme determinado nas se")es pr/prias do C012F%
devendo a respectiva docmenta"ão ser ar$ivada por% pelo menos% cinco
anos.
b. ( ) = forma de classificação contábil de (uais(uer bens, direitos e obri2ações
não altera as suas caracter3sticas para efeitos fiscais e tributários, (ue se re2em por
re2ulamentação prDpria.
c. ( ) A fornecimento de informações inexatas, a falta ou atraso de conciliações
contábeis e a escrituração mantida em atraso por per3odo superior a 19 ((uin+e)
dias, subse(uentes ao encerramento de cada mFs, ou processados em desacordo
com as normas consubstanciadas no #ASI*, suEeitam a instituição, seus
administradores, 2erentes, membros do consel$o de administração, fiscal e
semel$antes Bs penalidades cab3eis, nos termos da lei.
d. ( ) A profissional $abilitado, responsáel pela contabilidade, dee condu+ir a
escrituração dentro dos padrões exi2idos, com obserHncia dos princ3pios
fundamentais de contabilidade.
e. ( ) A profissional $abilitado dee obserar a 'tica profissional e o si2ilo
bancário.
19. Indi(ue a assertia correta.
a. ( ) !entuais consultas (uanto B interpretação de normas e procedimentos
preistos no #ASI*, assim como a sua ade(uação a situações espec3ficas, deem
ser diri2idas ao Banco #entral obri2atoriamente firmadas pelos membros do
consel$o de administração e pelo profissional $abilitado responsáel pela
contabilidade.
b. ( ) = existFncia de consultas sobre a interpretação de normas re2ulamentares
i2entes exime a instituição interessada do seu cumprimento.
c. ( X ) E'ercício social das institi")es !inanceiras tem dra"ão de 3 ano e a
data de se t&rmino% necessariamente coincide com o ano civil% deve ser !i'ada
no estatto o contrato social.
d. ( ) =s associações de poupança e empr'stimo deem utili+ar o elenco de contas
das sociedades de arrendamento mercantil.
e. ( ) #ada instituição pode utili+ar t3tulos contábeis prDprios não preistos no
#ASI*.
1<. >esponda as (uestões a se2uir:
a) Kual a atiidade ou o seriço (ue, nos termos da le2islação, ' exclusio(a) da #aixa
!con.mica *ederalL
* atividade o servi"o e'clsivo da cai'a & a concessão de empr&stimos e
!inanciamentos a programas e pro(etos nas áreas de assist-ncia social% sa4de%
edca"ão% trabal+o% transporte rbano e esporte% al&m de ter o monop/lio da
venda de bil+etes da loteria !ederal.
b) Mma cooperatia de cr'dito está autori+ada a praticar todas as operações t3picas de um
banco comercialL !xpli(ue.
1im% mas com a ressalva de s/ poder prestar essas opera")es aos ses associados.
c) Kual a função clássica do Banco #entralL ! do #)/L
* !n"ão clássica do Banco central & a de5 emissão de papel.moeda e de moeda
metálica e e'ec"ão dos servi"os do meio circlante. 6á a !n"ão clássica do
CM7% & ser responsável pela a política monetária do país% e tamb&m ser
responsável pelo balanceamento da nidade monetária nacional (din+eiro)% de tal
modo $e não +a(a mais nem menos meio circlante a disposi"ão do mercado
!inanceiro nacional.
d) !m (ue per3odos deem ser encerrados os resultados das I*sL ! para
publicaçãoL
0s resltados devem ser aprados semestralmente% apesar do e'ercício ser
anal. Com rela"ão a pblica"ão% deve.se pblicar os balancetes
mensalmente e o balan"o semestralmente. 7o entanto% deve.se ter em mente
$e a demonstra"ão de 83 de dezembro al&m de ser semestral deverá
tamb&m evidenciar o resltado do e'ercício.
e) 5or terem um plano de contas padroni+ado, as I*s estariam dispensadas de
obserar os 5rinc3pios da #ontabilidadeL
7ão% tanto & $e a C012F !oi baseado nos 9rincípios Fndamentais de
Contabilidade. 9or&m% +á algns crit&rios adotados $e divergem dos
princípios !ndamentais% (á $e se alin+am com regras preconizadas
internacionalmente.
f) !m (ue periodicidade m3nima dee ser feita a apropriação de rendas, receitas,
2an$os, lucros, despesas, perdas e preEu3+osL
* periodicidade mínima deve ser mensal% con!orme preconizado nas
normas básicas.
2) A (ue são e para (ue serem as contas de compensaçãoL
0 sistema de compensa"ão & m controle , parte do sistema patrimonial%
o se(a% en$anto este 4ltimo engloba as contas $e comp)em o
patrim:nio da empresa como m todo (ativo% passivo e patrim:nio
lí$ido)% a$ele abrange contas $e servem e'clsivamente para
controle% sem !azer parte do patrim:nio% o então contas $e poderão%
ainda% no !tro% integrar o patrim:nio. ;esta !orma% as contas de
compensa"ão nada t-m a ver com o sistema de contas patrimoniais%
tratando.se de m con(nto de contas de so optativo e destinado a
!inalidades internas da empresa% podendo servir como !onte de dados
para transmitir determinadas in!orma")es a terceiros. 0 so das
contas de compensa"ão & recomendável% para as !inalidades de controle
interno% para registro de possíveis altera")es patrimoniais !tras e como
!onte de dados para a elabora"ão de notas e'plicativas.
$) Kual a se2re2ação de pra+o obserada nos balancetes trimestraisL
7os balancetes trimestrais devem.se separar os direitos realizáveis e
obriga")es e'igíveis at& tr-s meses e ap/s tr-s meses. <al segrega"ão poderá
ser realizada e'tracontabilmente ao !inal de cada trimestre civil.