GLOSSÁRIO DE RADIOJORNALISMO

All News: Emissora de rádio que transmite notícias 24 horas, sem outros tipos de
programas que não os jornalísticos.
Amplitude Modulada (AM): Sistema de transmissão de sinais eletromagnéticos baseado
no comprimento das ondas em freq!ncias que "ariam de ##$ a %&$$ '(). *or ser
capa+ de captar "aria,-es de amplitude, o receptor .' responde da mesma maneira aos
ruídos produ+idos naturalmente/ raios, igni,ão de autom0"el, interfer!ncias pro"ocadas
pelo homem etc. .s transmiss-es em .' podem ser feitas por meio de ondas curtas,
médias e longas.
BG (Bac G!ou"d): 1rilha musical utili+ada em reportagem e2ou programa radiof3nico. 4
usado de duas formas/ em "olume mais bai5o, ao fundo da fala do jornalista6 e em "olume
mais alto, mas por um curto espa,o de tempo, para marcar as mudan,as de fala2tema.
1ambém chamado 7undo 'usical.
B!ea (I"te!#alo): Espa,o de tempo entre duas partes ou segmentos de um programa,
interrompido para a transmissão de mensagens comerciais, institucionais, chamadas de
outros programas da emissora.
$o!ti"a: 8re"e trecho musical que assinala a separa,ão entre duas se,-es de um
programa, duas notícias de um radiojornal ou determinada cena de um radioteatro.
Espel%o: 9 espelho é o :esqueleto; de um programa de rádio. Ele é elaborado na reunião
de pauta e é di"idido de acordo com os blocos dos programas. 1ra+ todo o conte<do
jornalístico apresentado na produ,ão, identificados atra"és de suas retrancas. =omo as
matérias e sua ordem podem ser alteradas no decorrer da elabora,ão do programa, o
espelho também se altera. >er modelo no ane5o
&ade I"'Out: Efeito de fade in coordenado com efeito correspondente de fade out, com
ele"a,ão ou redu,ão de "olume de um determinado áudio ?trilha, entre"ista ou ruído@.
&!e()*"cia Modulada (&M): Sistema de transmissão de sinais eletromagnéticos
baseado na modula,ão da freq!ncia das ondas. Atili+a receptores especiais e permite
uma recep,ão de altaBfidelidade, inclusi"e estereof3nica, li"re de ruídos e de quaisquer
interfer!ncias atmosféricas e locais. Seu alcance é bastante limitado em rela,ão C .'.
G!ade de +!o,!ama-.o: 9rgani+a,ão dos programas e de seu encadeamento na
transmissão da emissora. 1rabalha com as informa,-es referentes ao jornalismo, aos
programas musicais e de entretenimento.
/a!d News: Doticiário de fatos rele"antes, densos e comple5os. 4 mais apresentado, no
rádio, em debates, documentários e noticiosos.
Ma"c%ete: =hamadas das principais notas, reportagens ou notícias transmitidas no
programa jornalístico. =omposta por frases curtas e diretas, "isa apresentar um panorama
da produ,ão ao ou"inte, além de atraíBlo para que não mude de esta,ão.
O00: 1e5to do rep0rter que, em reportagens de rádio, acompanha a fala das fontes. 9
te5to é composto a partir de informa,-es obtidas em pesquisa e apura,ão junto Cs fontes.
1odas as informa,-es de"em ser "erificadas com anteced!ncia.
+assa,em de 1!ea: >inheta apresentada no início e no fim de cada inter"alo de um
programa.
+odcast: Sistema de transmissão automática de arqui"os de áudio pela Enternet para
receptores m0"eis.
+!o 2ools: *rograma de edi,ão de áudio utili+ado em publicidade e jornalismo. *ermite
uma edi,ão mais sofisticada. Edeal, em jornalismo, para radiodocumentários.
R3dio4Escuta: *essoa encarregada de acompanhar transmiss-es de rádio, para registrar
as informa,-es importantes.
Radio"o#ela: Do"ela radiof3nica. Fadioteatro, gra"ado ou ao "i"o, que transmite esse
g!nero de literatura de massa geralmente em capítulos diários, em determinados
horários.
R3dio +oste: Sistema de transmissão em autoBfalantes colocados nos postes,
normalmente utili+ado em rádios comunitárias.
R3dio 5e1: Fadiojornalismo para Enternet. Guando migra para a Heb, a informa,ão
radiof3nica passa a não depender apenas do som, ela agora pode se "aler de recursos
como te5to e imagem, uma "e+ que o seu suporte passa a ser multimidiático, embora o
áudio de"a continuar a ser o recurso principal, caso contrário não se trataria de rádio. Esto
implica numa no"a maneira de se pensar, produ+ir e "eicular o conte<do radiof3nico, que
agora, rompe de forma definiti"a as barreiras geográficas.
Ret!a"ca: *ala"ra ou e5pressão que identifica uma pauta2reportagem. . retranca, que
"em apresentada no início do script de rádio, é definida quando a pauta é elaborada e não
se altera até o momento em que a reportagem ou entre"ista "ai ao ar.
Sc!ipt: =onjunto de laudas que comp-em o programa. =ada lauda de"e conter no
cabe,alho os dados básicos da informa,ão, como/ Fetranca6 Fedator6 Editor6 *rograma6
1empo de Iauda e D<mero da Iauda. .lém disso, é composta de dois quadros que
tra+em do lado esquerdo as indica,-es técnicas e do lado direito as indica,-es editoriais
e te5to a ser lido pelo apresentador ou rep0rter. 4 organi+ado a partir do espelho do
programa. >er modelo no ane5o
So"o!a: Judio da fala do entre"istado. Das reportagens o rep0rter de"e usar as sonoras
editadas de acordo com os offs que elaborou.
Sou"d &o!,e: *rograma de edi,ão de áudio utili+ado em jornalismo. Edeal para edi,-es
mais simples e de diaBaBdia.
6i"%eta: Edentifica,ão bre"e da esta,ão, do programa, do patrocinador, do apresentador
ou do quadro, na abertura e no encerramento de um programa ou no início e no final de
cada inter"alo, entre dois an<ncios etc.Em rádio, pode ser uma frase musical ou qualquer
outro efeito sonoro, com ou sem te5to.
Re0e!*"cias Bi1lio,!30icas:
.I>ES, Faquel *orto .legre. O Radio7o!"alismo "as !edes di,itais8 Kisserta,ão de
'estrado apresentada ao *rograma de *0sBLradua,ão em =omunica,ão e =ulturas
=ontemporMneas. 7.=9'2A78.. Sal"ador, 2$$4.
8.F8EEF9, (er0doto, IE'., *aulo F. Ma"ual de !adio7o!"alismo/ *rodu,ão, ética e
internet. Fio de Naneiro/ =ampus, 2$$%.
7EFF.FE119, Iui+ .rtur. R3dio/ o "eículo, a hist0ria e a técnica. 2O ed. *orto .legre/
Ed. Sagra Iu++atto, 2$$%.
F.8.P., =arlos .lberto6 8.F89S., Lusta"o Luimarães. Dicio"3!io de $omu"ica-.o.
2O ed. Fio de Naneiro/ =ampus, 2$$%.
Modelo de Rotei!o ' Espel%o
8I9=9 %
(9F. =EF1.
B .bertura Q >hR$S
Q '<sica #T
B =hamadas 2T
Q 7ique Sabendo ?notícia@ RT
Q =onte Sua (ist0ria &T
(9F. =EF1.
8I9=9 2
(9F. =EF1.
Q 7ique Sabendo ?notícia@ RT
Q Feportagem sobre =Mncer de 'ama &T
Q 7ale com o especialista Q Entre"ista com nutricionista ao "i"o ...participa,ão de ou"intes
#T
Q .9 >E>9 Q reportagem na feira li"re 4T
(9F. =EF1.
8I9=9 R
(9F. =EF1.
Q 7ique sabendo ?notícia@ RT
Q 7eli+ .ni"ersário B *r!mio para ani"ersariante do dia. RT
Q '<sica ani"ersariante 4T
B Lra"ide+ Q Feportagem sobre .borto UT
B Kicas de empregos e ofertas de ou"intes requerendo oportunidade ?gra"a,ão@ RT
(9F. =EF1.
8I9=9 4
(9F. =EF1.
B 7ique Sabendo ?Dotícia@ RT
B .o >i"o Q Enqu!te RT
B *articipa,ão de ou"inte B pr!mio ?tratamento de bele+a@. 2T
B Kicas de bele+a Q Entre"ista com massoterapeuta #T
B m<sica #T
B Encerramento