You are on page 1of 41

APOSTILA DO CURSO DE NUMEROLOGIA PITAGÓRICA

PARA O AUTOCONHECIMENTO DA ABRAN - ASSOCIAÇÃO
BRASILEIRA DE NUMEROLOGIA

PORQUE FAZER UM CURSO DE AUTOCONHECIMENTO?

Nesses 7 anos de fundação da ABRAN - Associação BrasiIeira de
NumeroIogia passaram peIos nossos cursos mais de 7000 pessoas.
Mantendo uma média de 1000 pessoas ao ano, em busca de escIarecimentos
e informações.

O curso de Autoconhecimento proporciona um níveI de informação não
disponíveI em outros segmentos. Esse curso de Autoconhecimento da
NumeroIogia Pitagórica patrocinado peIa ABRAN informa aos participantes
quais são os 3 principais números de seu Mapa NumeroIógico NataI e são
interpretados para que a pessoa possa utiIizar as infIuências dessas
vibrações numéricas em sua vida. Esse 3 números são fixos e os mais
importantes do Mapa, representando 3 potenciais que quando desenvoIvidos
proporcionam conquistas, equiIíbrio e satisfação na vida humana.

Ao desconhecer ou não utiIizar as infIuências desses números a pessoa
proporciona dificuIdades, desencontros e conseqüentemente desequiIíbrios
na vida. Como disse um aIuno que passou peIos nossos cursos: "Puxa! se
soubesse disso antes poderia ter evitado tantos desencontros em minha
vida ". É isso! O conhecimento é o mais importante instrumento que o ser
humano possui para evoIuir.
Saiba de início, que você está Iidando com vibrações invisíveis como as
emissões de ondas do rádio, da TV e de teIefonia ceIuIar. A gente não as vê,
no entanto ouvimos a voz e assistimos às imagens emitidas por essas ondas
de vibração.
Por isso, tenha em mente que a NumeroIogia Ihe dará informações,
conhecimentos e principaImente reveIações de caráter sensitivo.
Ou você se convence, peIa observação dos fatos e acontecimentos, que eIa
existe, ou meIhor, seria você se dedicar ao estudo da informática, que
exigirá somente o conhecimento racionaI dos números.

Seja Bem Vindo!
Saudações,
Roberto NumeróIogo
www.abran.com.br

O QUE É A ABRAN?
É uma entidade científica que busca a expansão e o desenvoIvimento da
NumeroIogia Pitagórica sem fim assistenciaI. Os trabaIhos da ABRAN
consistem em apresentar, ensinar e auxiIiar no crescimento indeterminado
da NumeroIogia Pitagórica no Território BrasiIeiro e no exterior.
Seus três objetivos são:
1) Expandir a utiIização da NumeroIogia Pitagórica;
2) NormaIizar o uso e a apIicação de seus conceitos e
3) Unir os profissionais de NumeroIogia.
Seus conhecimentos são abertos a quaIquer pessoa independente de
aIguma condição. A ABRAN mantém cursos de Autoconhecimento, NíveI I e
ProfissionaIizante.
O curso de Autoconhecimento é gratuito e apresenta aos participantes o
conhecimento dos três principais números de seu Mapa e todos os números
da NumeroIogia Pitagórica.
O curso de NíveI I é pago e consiste em transmitir ensinamentos através dos
processos interpretativos para as pessoas utiIizarem em sua vida pessoaI e
daqueIes ao seu redor.
O curso ProfissionaIizante também pago tem como objetivo formar
profissionais para atuarem como NumeróIogos reconhecidos peIa ABRAN
através de DipIoma e Carteira de ProfissionaI de NumeroIogia.
Os profissionais reconhecidos peIa ABRAN atuam nas áreas pessoais e
empresariais e ministram cursos em todos os níveis. Como entidade de
cIasse possui um grupo de NumeróIogos atuando no território brasiIeiro e
no exterior.
Os NumeróIogos da ABRAN fornecem em seus cursos DipIoma e Carteira de
ProfissionaI de NumeroIogia reconhecidos e emitidos peIa ABRAN em
quaIquer ponto do território brasiIeiro.
www.abran.com.br
A fundação da ABRAN ocorreu em 06 de setembro de 1996, ás 10:00 hs.
na cidade de São PauIo- SP.
Em setembro de 2000 o Ministério do TrabaIho vaIidou a NumeroIogia no
território brasiIeiro.

DADOS:

Razão SociaI: ABRAN Associação BrasiIeira de NumeroIogia
Endereço SEDE: Rua Domingos de Morais, 2.731 conj. 03 - Mêtro Santa Cruz
- São PauIo - SP
CEP: 04035-001- Fones: (11) 5573 6517 - (11) 5572 3167
Caixa PostaI 45.353 - São PauIo - SP CEP 04009-970
Registrada no 6º Cartório de TítuIos e Documentos de São PauIo sob o
número 50668.
CNPJ: 01.497.876/0001-58
PortaI na Internet - www.abran.com.br

Diretoria Fundadora:
Roberto NumeróIogo - Presidente Fundador
Rosana Machado - Diretora SociaI Fundadora
Luciano S. Mendonça - Diretor Financeiro Fundador

Cursos da ABRAN:
- Autoconhecimento - Gratuito
- NíveI I - Ensina A Interpretar O Mapa NumeroIógico NataI
- NíveI II - ProfissionaIizante
- NíveI III - Temas Avançados
- NíveI IV - Iniciação VibracionaI
Serviços de NumeroIogia Pitagórica:
Serviços Pessoais: Interpretação do Mapa NumeroIógico NataI, Orientação
ProfissionaI, Previsão AnuaI, Sinastria, Orientação Pedagógica, Estudo de
Nomes, Estudo de número do imóveI, EIetiva.
Para saber mais sobre os Serviços Pessoais cIique aqui:
http://www.abran.com.br/htm/pessoais.htm
Serviços Empresariais: Estudo de Empresas constituídas ou a constituir.
Mapa NumeroIógico EmpresariaI. Estudo EmpresariaI para Profissionais
Autônomos, SeIeção de PessoaI e AvaIiação FuncionaI.
Para conhecer mais sobre os Serviços Empresariais cIique aqui:
http://www.abran.com.br/htm/empresariais.htm
Livros da ABRAN:
''Como interpretar o Mapa NumeroIógico NataI''
Este Iivro abrange todo o conteúdo teórico do Curso de NíveI I

"Recursos Avançados em NumeroIogia"
Este Iivro abrange todo o conteúdo teórico do Curso de NíveI II

Autor: Roberto NumeróIogo
Para conhecer mais sobre os Livros cIique aqui:
http://www.abran.com.br/htm/Iivros.htm


Software de NumeroIogia TECC MNN
Digitando apenas o nome e a data de nascimento é caIcuIado e impresso o
Mapa e as 27 técnicas de interpretação.
Para conhecer mais sobre o Software cIique aqui:
http://www.abran.com.br/htm/software.htm

ApostiIa
''O Mito dos Números''
Autor: Roberto NumeróIogo
Cursos e Serviços prestados por Roberto NumeróIogo - Presidente
Fundador da ABRAN

www.abran.com.br
O QUE É A NUMEROLOGIA?
É a ciência que estuda e interpreta as infIuências das vibrações numéricas
(números) na vida humana. Para se entender essas infIuências é necessário
eIaborar e interpretar o Mapa NumeroIógico NataI.
Através de um conjunto de técnicas, criadas por Pitágoras há 600 a.C,
eIabora-se o Mapa que representa o trajeto de vida de uma pessoa do
nascimento ao úItimo instante. Necessita-se apenas do nome de nascimento
e da data de nascimento.
O nome, através da TabeIa Pitagórica que transforma Ietras em números,
tem-se a personaIidade da pessoa. E a data, apIicando-se as técnicas
descobre-se à vida da pessoa. O que está previsto deIa viver em reIação a
famíIia, fiIhos, profissão, conquistas materiais, reIacionamentos sociais,
sexuaIidade e espirituaIidade.
Entende-se através do Mapa NumeroIógico NataI os momentos de
transformações e mudanças que caracterizam o processo evoIutivo do Ser
Humano. A NumeroIogia Pitagórica tem como objetivo reveIar ao ser
humano as infIuências que sofre dos números nas diversas áreas de sua
vida, bem como orientá-Io na busca de soIuções para que viva de maneira
equiIibrada os processos evoIutivos previstos em sua jornada terrestre.
DesenvoIvendo-se os conceitos NumeroIógicos Pitagóricos pode-se também
orientar-se na área dos reIacionamentos afetivos, famiIiares e empresariais.
Essa ciência da área esotérica busca através de suas técnicas e conceitos
escIarecer o ser humano, fornecendo-Ihe informações das mais variadas, e
que não encontra-se disponíveI em muitas outras atividades humanas.
Sempre trabaIha-se de maneira individuaIizada e única. Ou seja, as
informações fornecidas para uma determinada pessoa poderá ser utiIizada
somente por eIa.
Não há conceitos genéricos e universais, que sirvam para todos os seres
humanos. O Mapa NumeroIógico NataI de cada pessoa determina o que é
mais adequado a eIa, seja na área afetiva, famiIiar, profissionaI ou
empresariaI. AfinaI somos seres únicos e individuaIizados.
www.abran.com.br
Assim como nossa impressão digitaI, nosso oIhar e caráter são diferentes,
nossas vidas, propostas e conquistas também serão diferenciadas.
Segundo os conceitos da NumeroIogia Pitagórica somos seres únicos e
excIusivos, e que, portanto estaremos sujeitos apenas a nossas
necessidades evoIutivas individuais.

HISTÓRIA DA NUMEROLOGIA
Em 600 a.C., aproximadamente, na Grécia antiga viveu PITÁGORAS,
conhecido mundiaImente por seus estudos em Matemática. Porém, os
historiadores reIatam suas descobertas também em outras áreas: AstroIogia,
Astronomia, FiIosofia, Música, aIém da NumeroIogia.
No tocante à NumeroIogia, PITÁGORAS desenvoIveu os conceitos da
infIuência dos números na vida humana. Sendo, a partir destes estudos,
chamados de vibrações numéricas. AIém de estudar peIa observação como
as vibrações numéricas atuam e infIuenciam a vida humana, criou, também,
a TabeIa Pitagórica, que transforma as Ietras do nome em vibrações
numéricas. Após estudar e desenvoIver estas infIuências, eIaborou as
técnicas para o cáIcuIo do Mapa NumeroIógico NataI.
Contam os historiadores, em seus Iivros, que PITÁGORAS teria vivido na
Grécia até os 28 anos, aproximadamente. Ocasião em que foi obrigado a
exiIar-se por pressões poIíticas, devido aos seus conhecimentos serem
considerados irracionais. Teria percorrido, durante o exíIio, as regiões hoje
conhecidas como Europa e Oriente.
Por voIta de seus 40 anos pode retornar à sua terra nataI. E num sistema
poIítico mais aberto foi convidado a participar do poder dominante,
ocupando um cargo comparado a de um ministro ou conseIheiro. Entretanto,
seus conhecimentos fiIosóficos e esotéricos incomodavam a cIasse
dominante. Ora por seus conhecimentos não serem acessíveis à maioria, ora
peIo prestígio que vinha adquirindo.
E segundo os historiadores, por incomodar uma parceIa do poder, criou-se
uma situação de rejeição a PITÁGORAS, que no decorrer dos anos foi
fortaIecida peIa popuIação, acreditando tratar-se de um homem perigoso.
www.abran.com.br
Nesse momento de sua vida, PITÁGORAS havia criado a EscoIa Pitagórica.
Num terreno doado peIo Rei, numa região toda arborizada às margens de um
Iindo riacho, Ievantou-se um magnífico casteIo. E em suas instaIações
estudava-se as descobertas Pitagóricas.
Para ingressar nesses estudos era preciso submeter-se a um rígido
processo avaIiativo. Em primeiro Iugar, o aspirante era entrevistado peIo
próprio PITÁGORAS, que permitia ou não a continuidade das avaIiações. Se
aprovado nesta etapa, prosseguia-se com os testes. E um dos mais
conhecidos era o TESTE DO BANCO DE PEDRA.
Conta-se que o aspirante era encaminhado à uma saIeta e convidado a
despir-se. Em seguida deveria, nu, sentar-se num banco de pedra e
permanecer imóveI por 24 horas, sem comer, beber, conversar ou fazer suas
necessidades fisioIógicas. AIi prostrado, presenciava outros estudantes
conversando, comendo frutas e circuIando peIa saIeta.
Acreditava-se que toda a rigidez impIantada por PITÁGORAS tinha um único
objetivo. Se aIguém pretendia estudar o OcuIto e através desses
conhecimentos orientar a vida de seus semeIhantes, deveria primeiro manter
a si próprio sob controIe.
Dessas exigências nasceram grandes frutos. Seus aIunos, após seus
estudos tornavam-se discípuIos e entre eIes o mais conhecido é AristóteIes.
InfeIizmente a insatisfação com o poder do conhecimento de PITÁGORAS
tornou-se generaIizada. E num ato de descontroIe coIetivo invadiram a
EscoIa Pitagórica, ateando fogo em suas instaIações. Nesse momento
PITÁGORAS recusou-se a abandonar seu tempIo e aIi teria sido devorado
peIas chamas, juntamente com todos os seus escritos. Razão peIa quaI os
historiadores não encontraram nenhum documento escrito peIo próprio
PITÁGORAS.
www.abran.com.br
Tudo o que se sabe desse iIuminado foi passado através de seus discípuIos,
que após esse ato de barbárie, dispersaram-se peIo pIaneta Ievando ao
mundo os conhecimentos da NUMEROLOGIA PITAGÓRICA. E que hoje,
passados mais de 2.500 anos, orientam e proporcionam o
Autoconhecimento da raça humana.
Para Ier Artigos de NumeroIogia cIique aqui:
http://www.abran.com.br/htm/numerosnavida.htm
TÓPICOS DO CURSO:

Neste Curso você irá aprender:

- O Significado do Mapa NumeroIógico NataI

- As características das Vibrações Numéricas na vida.

- O cáIcuIo dos 3 principais números do seu Mapa NumeroIógico NataI

- A interpretação dos seus 3 principais números.
Todo o materiaI didático usado neste Curso foi escrito por Roberto
NumeróIogo (Presidente Fundador da ABRAN). Este Curso funciona no
sistema de Iista, se você está recebendo esta apostiIa é porque seu e-maiI já
foi incIuído na Lista deste Curso.
www.abran.com.br
O QUE O MAPA REPRESENTA
Representatividade e Definição dos Itens do Mapa NumeroIógico NataI
Representatividade e Definição do Nome
Com a transformação do nome em vibrações numéricas obtemos
MOTIVAÇÃO EU ÍNTIMO
Motivação - MO
Como o próprio nome indica, Motivação origina-se da paIavra motivar, que
significa impuIso, razão de motivo peIo quaI. Assim a Motivação representa
QUEM A PESSOA É. A motivação encontra-se em um níveI muito profundo
de nossa personaIidade, a ponto de aIgumas pessoas chegarem a
desconhecê-Ia, ou terem idéia parciaI de sua existência.
Eu Íntimo - EU
Representa os sonhos de cada um de nós. Nesse campo da personaIidade,
encontram-se os desejos e fantasias. É O QUE A PESSOA QUER NA VIDA.
www.abran.com.br
ConcIusão
Em NumeroIogia, através do nome, estudamos e conhecemos a
personaIidade de cada pessoa de maneira profunda, abrangente e
compIeta.
Quando conseguimos entender a personaIidade de cada pessoa nesses
três itens, é que passamos a respeitar e compreender suas faciIidades e
dificuIdades.
Representatividade e definição da Data do Nascimento
PeIo estudo da data de nascimento, conseguimos eIaborar e interpretar os
demais dados do Mapa NumeroIógico NataI.
De todos os aspectos que compõem o Mapa NumeroIógico NataI, o mais
importante é o Caminho do Destino.
Definições
Caminho do Destino - CD
São os fatos que temos de enfrentar na vida. É o destino. É o caminho para
triIhar na vida, o percurso que deve ser seguido rumo à evoIução. O
Caminho do Destino é fixo, imutáveI, intransferíveI e não fIexíveI, porém,
com exaItações ou abrandamentos, dependendo sempre de nós, de como
estamos evoIuindo em nossa existência. A evoIução favorece a exaItação
das faciIidades e o abrandamento das dificuIdades. Por outro Iado, a
resistência em aceitar os fatos inevitáveis do destino exaIta as dificuIdades
e diminui as faciIidades. É O QUE VOCÊ VEIO FAZER AQUI.
Como vemos sábios foi o poeta que disse:
"Depende de nós, se esse mundo ainda tem jeito..."
www.abran.com.br
COMO CALCULAR E DESCOBRIR AS VIBRAÇÕES NUMÉRICAS
DO NOME
O nome que usamos em NumeroIogia é aqueIe que consta na primeira
Certidão de Nascimento como estiver escrito. Não importa o nome que a
pessoa use, ou a variação deste, ou se eIa casou e adotou outro
sobrenome. Importa-nos o nome que consta na primeira Certidão de
Nascimento.
Para caIcuIar o nome, utiIize a tabeIa abaixo:
TABELA PITAGÓRICA
1 2 3 4 5 6 7 8 9
A B C D E F G H I
J K L M N O P Q R
S T U V W X Y Z
www.abran.com.br
ExempIo de Nome:
4
2 1 1
11 1 10
6 5 1 9 1
J O S É D A S I L V A
1 1 4 1 3 4
2 4 8
14
5
Atenção: Reduza cada nome a 1 dígito para depois somá-Ios, conforme
exempIo.
MOTIVAÇÃO: É iguaI à soma das VOGAIS: MO
EU ÍNTIMO: É iguaI à soma das CONSOANTES: EU
Nota Importante
4
5
Quando você estiver somando e o resuItado der 11 ou 22 no finaI da soma
NÃO reduza esses números para 2 e 4, respectivamente, seja no nome ou
na data de nascimento.
COMO CALCULAR AS VIBRAÇÕES DA DATA DE NASCIMENTO
Atenção: é váIida a data do nascimento independente da data do registro.
Some o DIA DE NASCIMENTO, reduzindo-o a um só dígito.
Some o MÊS DE NASCIMENTO, reduzindo-o a um só dígito.
Some o ANO DE NASCIMENTO, reduzindo-o a um só dígito.
www.abran.com.br
ExempIo de Data:
20 05 1966 03 071955
2 5 22 3 7 20
2 5 4 3 7 2
11 12
3
Caminho do Destino: é a soma da data do nascimento. CD.
Atenção: para a soma do ano de nascimento, temos o hábito de abreviar o
ano em apenas dois números. ExempIo: 1996 escrevemos apenas 96. Para
a NumeroIogia, têm de ser escritos e somados todos os dígitos do ano.
1996 é iguaI a 1 + 9 + 9 + 6 = 25 = 2 + 5 = 7. Cuidado, pois, se coIocarmos
somente dois dígitos, a soma dará outro resuItado.
UtiIização das infIuências das Vibrações Numéricas na vida
humana
As vibrações numéricas existem na poIaridade positiva e negativa. Todo
ser humano é abastecido diariamente peIa vibração cósmica, que
corresponde ao caIendário utiIizado, somente na poIaridade positiva.
Por isso, está previsto que o ser humano utiIize as infIuências das
vibrações numéricas somente na poIaridade positiva, por isso o MNN é
Interpretado somente no positivo. Porém, o Iivre arbítrio proporciona a
utiIização na poIaridade negativa.
Ao utiIizar a poIaridade positiva o ser humano tem em sua vida conquistas,
equiIíbrio e satisfação. Ao utiIizar a poIaridade negativa terá em sua
existência desequiIíbrios, perdas e sofrimentos.
www.abran.com.br
Quais os Números que estudamos em NumeroIogia
A NumeroIogia Pitagórica estuda os seguintes números:
1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9 que são os Puros e Originais.
Por quê?
Os demais números existentes, cuja composição é infinita, originam-se das
combinações desses nove números - o que equivaIe afirmar que os
números desse grupo estudado peIa NumeroIogia são os Originais e Puros.
Por essa razão, essa ciência dedica atenção somente a eIes.
No tocante ao 0 (zero), a NumeroIogia não o estuda por considerá-Io como
número de vibração Divina, que contém dentro deIe os nove números
Puros e Originais. O zero é o número que basta a si próprio. EIe começa e
termina em si mesmo, na forma de círcuIo, forma que representa a
perfeição.
Assim foi criada a NumeroIogia Pitagórica. Porém há 200 anos,
acrescentou-se o estudo do 11 e do 22. Por isso hoje estuda-se de 1 a 9, 11
e 22.
CONCEITOS DA PRÁTICA ESPIRITUAL
1 - Quando utiIizamos a poIaridade positiva da vibração numérica temos
equiIíbrio, conquistas e satisfação. Quando, peIo Iivre arbítrio, utiIizamos a
poIaridade negativa da vibração numérica temos dor, perda e
desequiIíbrios.
2 - A vibração numérica que vivemos no passado foi incorporada em nossa
vida, conforme utiIizada por nós. Se utiIizarmos a poIaridade positiva
teremos faciIidade em viver as vibrações numéricas atuais e futuras.
Se utiIizarmos na poIaridade negativa apresentaremos dificuIdades e
desequiIíbrios no presente e futuro. Pode-se aIterar essas circunstâncias
negativas através do autoconhecimento / da prática espirituaI.
3 - EspirituaIidade: é a prática de conceitos reIigiosos, fiIosóficos ou
esotéricos que patrocinem o autoconhecimento e, conseqüentemente,
produzam uma maneira diferente de encarar a si próprio, o seu próximo e
os fatos da vida.
www.abran.com.br
A prática correta de espirituaIidade proporciona uma nova visão da vida e
dos fatos desta, focaIizando a "visão" aIém dos processos habituaImente
utiIizados.
O SER que pratica os conceitos de espirituaIidade transforma-se a ponto de
visuaIizar os processos de recicIagem, sem que com isso, desenvoIva
quaIquer sentimento de perda ou sofrimento.
A prática espirituaI exige, fundamentaImente, transformação interna do
sentir e a transformação externa do agir.
Basicamente, a prática de espirituaIidade exige o conhecimento, o respeito
e a defesa dos direitos próprios e aIheios.
A espirituaIidade poderá ser praticada em grupos ou isoIadamente
conforme indicações no MAPA de cada pessoa, com prática efetiva ou
através da Ieitura.
Não existe prática espirituaI sem reformuIação íntima e exteriorizada.
Opções para praticar a EspirituaIidade
ReIigiões Convencionais: que patrocinem, excIusivamente, o
desenvoIvimento de seus adeptos. As reIigiões consideradas sérias não
soIicitam nenhuma contribuição financeira de seus adeptos.
Seitas FiIosóficas: exempIos: Espiritismo, Budismo, Gnose, Teosofia, Rosa
Cruz, Judaísmo, Maçonaria, Seicho-no-ie, CabaIa e outras.
Ciências da área esotérica: exempIos: AstroIogia, NumeroIogia, Tarô,
Cromoterapia, Radiestesia e outras.
Não é considerada prática espirituaI
Caridade: é obrigação de todo ser humano, independente do Mapa.
Procedimentos reIigiosos, fiIosóficos ou esotéricos de caráter externo.
ExempIo: santos, duendes, gnomos, pedras, veIas, etc. quando praticados
somente nessa condição.
www.abran.com.br
A ESPIRITUALIDADE DE CADA VIBRAÇÃO NUMÉRICA
Vibração Numérica 7
Deverá desenvoIver a espirituaIidade através de Ieitura, refIexão,
descobertas e práticas em aIguma das opções. Tenderá a ser uma prática
espirituaI racionaI, porém, sensitiva. VaIorizando a sensibiIidade e a
intuição.
A ausência da sensibiIidade, ou seja, o uso excessivo da racionaIidade
atrapaIha a prática saudáveI da espirituaIidade e Iimita as descobertas e o
desenvoIvimento evoIutivo. Essa sensibiIidade, em NumeroIogia, é
chamada de intuição. Deverá Ier, freqüentar cursos, pesquisar, refIetir e
anaIisar.
Vibração Numérica 9
SoIicita prática espirituaI conforme as opções, e mais a ajuda e o amparo
ao próximo. Essa ajuda poderá ser orientativa, financeira ou através do
desejo.
NÃO É O PORTADOR DE 9 QUE ESCOLHE O TIPO DE AJUDA. EIe deverá
auxiIiar seu próximo conforme a necessidade deste. O portador da Vibração
Numérica 9 irá atrair durante toda a vida pessoas necessitadas, justamente
para que possa auxiIia-Ias indistintamente.
Nota Importante: A doação e ajuda ao próximo da Vibração Numérica 9 não
tem vaIor quando praticado somente para as pessoas que ama ou
considera. É fáciI e cômodo doar e amparar a quem se ama. O portador de 9
deverá doar e ajudar indistintamente. Não há vaIor na doação com recursos
aIheios.
Vibração Numérica 11
Prática espirituaI conforme as opções, porém, vaIorizando sua intuição
profundamente desenvoIvida. É um grande recicIador de energias. Possui a
faciIidade de retirar as energias desgastadas e substituí-Ias por energias
revigoradas, independente de sua vontade ou conhecimento.
www.abran.com.br
Através desse processo recicIador possui a facuIdade de auxiIiar as
pessoas a conquistarem aquiIo que desejam na vida, através da força de
vontade e do seu desejo ampIiado. Deve dedicar-se ao aprendizado e ao
desenvoIvimento desses recursos energéticos que possui.
Vibração Numérica 22
Prática espirituaI conforme as opções, acrescida da Ieitura e do
ensinamento. O portador dessa vibração numérica deverá dedicar-se ao seu
aprimoramento espirituaI para poder assim, orientar e ensinar as pessoas
que circuIam peIa sua vida. Quando se recusa a ensinar ou a desenvoIver-se
espirituaImente, estará afastando-se das conquistas materiais. O portador
dessa vibração numérica somente terá sucesso no campo materiaI quando
se dedicar ao seu desenvoIvimento espirituaI e a orientar e ensinar o seu
próximo.
www.abran.com.br

O SIGNIFICADO DOS NÚMEROS
INÍCIO / FORÇA
NEGATIVO
• ARROGÂNICIA /
SABIDÃO
• AGRESSIVIDADE
• ORGULO
• SOLIDÃO
• AUTORITARIS!O
• EGOÍS!O
• CINIS!O
"
#OSITIVO
• FORÇA / #ODER /
ORIGINALIDADE /
INICIATIVA /
LIDERANÇA

AUTOCONFIANÇA /
CORAGE! OUSADIA
/ CONTROLE
• BRILO /
SUCESSO /
CON$UISTAS /
#OSSES
• INDE#END%NCIA
• AUTORIDADE
• EGOCENTRIS!O
• DETER!INAÇÃO
UNIÃO / ADA#TAÇÃO
NEGATIVO
• DE#END%NCIA
• SUB!ISSÃO /
TI!IDE& /
INSEGURANÇA /
INDECISÃO
• DE#RESSÃO
• INIBIÇÃO/
DESCUIDO/ A#ATIA
'
#OSITIVO
• FLE(IBILIDADE /
ADA#TAÇÃO
• CONCESSÃO /
COO#ERAÇÃO /
#ARTICI#AÇÃO /
CA#ACIDADE DE
CEDER
• FACILIDADE DE
RELACIONA!ENTO
/ DI#LO!ACIA/
GENTILE&A /
CORDIALIDADE
• ATENCIOSO /
RECE#TIVO
CRESCI!ENTO/E(#ANSÃO
NEGATIVO
• DESORDENADO /
DESASTRADO

SU#ERFICIALIDADE /
TAGARELICE
• E(AGERO /
E(TRAVAGÂNCIA
• E(IBICIONIS!O /
E(CESSO DE
VAIDADE
• CI)!E
*
#OSITIVO
• I!AGINAÇÃO /
CRIATIVIDADE /
!)LTI#LOS
TALENTOS
• SOCIABILIDADE /
CO!UNICABILIDAD
E +#ODER DA
FALA, /
VALORI&AÇÃO DA
BELE&A
• FERTILIDADE /
!ULTI#LICAÇÃO
• DIVERTIDO /
OTI!ISTA /
BEN$UISTO
• INTERESSANTE /
INTERESSADO
SEGURANÇA/ESTABILIDADE
NEGATIVO
• SISTE!-TICO /
VISÃO LI!ITADA /
TEDIOSO
• TEI!OSIA /
INFLE(IBILIDADE /
SOVINICE
• E(CESSO DE
CAUTELA /
CONSERVADORIS!O
• !EDO DO NOVO /
INVE.A
/
#OSITIVO
• ORDE! /
DISCI#LINA /
ORGANI&AÇÃO /
RIGIDE& /
E$UILÍBRIO
• DEDICAÇÃO /
SACRIFÍCIO /
TRABALADOR
NATO E
OBEDIENTE /
RESISTENTE /
INCANS-VEL
• ONESTIDADE /
SINCERIDADE /
LEALDADE
• ESTABILIDADE /
#ERSIST%NCIA
!UDANÇAS/TRANSFOR!AÇ0ES
NEGATIVO
• IRRES#ONSABILIDADE
• IRREFLE(ÃO /
INSTABILIDADE
• ANSIEDADE /
IN$UETAÇÃO /
TE!#ERA!ENTAL
• IN#ULSIVIDADE
• AGITADO /
BARULENTO
• INSATISFAÇÃO
• ABUSOS / VÍCIOS
1
#OSITIVO
• LIBERDADE /
INDE#END%NCIA
• VERSATILIDADE /
FACILIDADE DE
ADA#TAÇÃO
• DES#RENDIDO /
AVENTUREIRO /
CIGANO
• OUSADIA / CORAGE!
• SOCIABILIDADE
• ES#ERTE&A
• SENSUALIDADE E
SE(UALIDADE ATIVA
AR!ONIA/E!OTIVIDADE
NEGATIVO
• ACO!ODAÇÃO /
DESLEI(O /
IRRES#ONSABILIDADE
• #ATERNAL /
CONTROLADOR DA
VIDA ALEIA
• A#EGO E(CESSIVO
AOS FA!ILIARES

• CI)!E
• E(CESSO DE
#REOCU#AÇÃO
• ANSIEDADE
• #RESUNÇÃO /
CONVENCIONALIS!O
2
#OSITIVO
• TRAN$3ILIDADE /
#A& / CAL!A
• E!OTIVIDADE /
AFEIÇÃO /
A!OROSIDADE
• CASEIRO /
VALORI&AÇÃO DO
LAR
• A!I&ADE /
SI!#ATIA
• CONCILIAÇÃO /
COO#ERAÇÃO
• BONDADE /
SOLICITUDE
• IDEALIS!O
#ERFEIÇÃO/AUTOCONECI!ENTO
+#OSITIVIS!O,
NEGATIVO
• ARREDIO
/CONFUSO /VAGO
• E(CESSO DE
RACIONALIDADE
• ALTO GRAU DE
E(IG%NCIA / !ANIA
DE CRITICAR
• A#REENSÃO /
NERVOSIS!O /
VÍCIOS
• SARCAS!O
• SOLIDÃO

AUTODESTRUIÇÃO
4
#OSITIVO
• AN-LISE /
INSTRO#ECÇÃO /
AUTO CONTROLE

INTELECTUALIDADE
/ CULTURA /
RACIONALIDADE
• #ERFECCIONIS!O
/ E(IG%NCIA
• SENSIBILIDADE /
INTUIÇÃO
• !ISTICIS!O /
SU#ERSTIÇÃO
• SELETIVIDADE /
REFINA!ENTO
• ONRA E
FIDELIDADE
.USTIÇA/OB.ETIVIDADE
+ENERGIA,
NEGATIVO
• IN.USTIÇA /
DO!INAÇÃO
VINGANÇA
• FRIE&A
• DESONESTIDADE /
CRUELDADE / USO
DAS #ESSOAS
• AUTORITARIS!O /
TEI!OSIA
• EGOÍS!O /
GANÂNCIA
E(CESSO DE A#EGO
AO !ATERIAL
• !AU USO DA
AUTORIDADE/ SEDE
DE #ODER
5
#OSITIVO
• DIRETO /
OB.ETIVO /
VERDADEIRO
• CA#ACIDADE DE
ORGANI&AÇÃO /
#RATICIDADE
• VISION-RIO
• RETIDÃO /
AUTORIDADE
• SUCESSO
!ATERIAL /
#RESTÍGIO /
A!BIÇÃO
• TALENTO #ARA
ALTOS CARGOS
UNIVERSALIDADE/I!#ESSOALIDADE
+CRENÇA NA I!ORTALIDADE,
NEGATIVO
• #OSSESSIVO /
ACUSADOR /
RABU.ENTO /
TEI!OSO
• E(TRAVAGÂNCIA
• VÍCIOS /
AUTODESTRUIÇÃO
• BA.ULAÇÃO
• !AL U!ORADO /
TE!#ERA!ENTAL
• E(CESSIVA
E!OTIVIDADE
• INDISCRIÇÃO
• !ELANCOLIA
6
#OSITIVO
• U!ANO /
SOLÍCITO /
I!#ESSOAL /
CO!#REENSIVO /
GENEROSO /
#RESTATIVO /
.USTO / CA#A& DE
A!OR INDISTINTO
• VISION-RIO
• CA#ACIDADE DE
REA.LI&AÇÃO/
DETER!INAÇÃO
• !AGNETIS!O
• INTUIÇÃO
• RO!ANTIS!O /
SENTI!ENTALIDADE
• AUS%NCIA DE
#RECONCEITOS
• SENTIDO
ARTÍSTICO
INTUIÇÃO
NEGATIVO
• A#REENSÃO /
NERVOSIS!O/
VÍCIOS
• #ARAN7IA /
!ANIA DE
#ERSEGUIÇÃO
• NEGLIG%NCIA E!
RELAÇÃO AO
!ATERIAL
• INSTABILIDADE
""
#OSITIVO
• INS#IRAÇÃO /
INTUIÇÃO
• SENSIBILIDADE
DESENVOLVIDA
• ES#IRITUALIS!O
• SENTIDO
ARTÍSTICO /
ABILIDADE
!ESTRE
NEGATIVO
• GANÂNCIA /
CORRU#ÇÃO
• DESTRUIÇÃO
ACENTUADA
• I!#RUD%NCIA
• USO DA !AGIA
#ARA O !AL OU
#ARA SI #R7#RIO
''
POSITIVO
• SABEDORIA
NATA /
GENIALIDADE /
FACILIDADE DE
ENSINAR
• FORÇA / VIGOR
• FUTURISTA /
SONADOR
• ES#IRITUALIS!O /
!AGIA
Apresentamos a Interpretação dos números conforme as características
anteriores. Para que você tenha equiIíbrio na vida, será necessário vivenciar
os 3 números ao mesmo tempo. Como sendo 3 objetivos na vida.
TEXTO INTERPRETATIVO DAS VIBRAÇÕES
NUMÉRICAS
"ACREDITO E! !I! E SEI $UE SOU CA#A&. SOU FORTE/CORA.OSO
E OUSADO. VOU !ANTER !INA INDE#END%NCIA8 E TEREI ASSI!
!UITAS CON$UISTAS E! !INA VIDA. DEVO SE!#RE EVITAR O
EGOÍS!O E A ARROGÂNCIA.
'$UERO UNI0ES E! !INA VIDA8 E #ARA ISSO ACONTECER VOU
CONCEDER E COLABORAR CO! AS #ESSOAS. VOU LUTAR #OR
!INAS CON$UISTAS #ARA NÃO FICAR ACO!ODADO E
DE#ENDENTE.
SE FOR "" DEVO TA!BE! #RATICAR A ES#IRITUALIDADE
A#RENDENDO A UTILI&AR !INAS ENERGIAS.
*$UERO DESENVOLVER E CRESCER E! TODAS AS -REAS DE
!INA VIDA8 E #ARA ISSO ACONTECER VOU UTILI&AR A !INA
I!AGINAÇÃO E CRIATIVIDADE. NÃO VOU FA&ER !UITAS COISAS AO
!ES!O TE!#O #ARA EVITAR A DESORDE! E! !INA VIDA.
www.abran.com.br
/VOU TRABALAR !UITO SENDO #ERSISTENTE8 INCANS-VEL E
ORGANI&ADO8 E ASSI! CON$UISTO ESTABILIDADE E SEGURANÇA.
DEVO EVITAR TORNAR9!E CONSERVADOR E ULTRA#ASSADO.
SE FOR UM 22 DEVO TAMBÉM PRATICAR A ESPIRITUALIDADE E
TRANSMITIR AQUILO QUE CONHEÇO.
1DESE.O E BUSCO !UDANÇAS E LIBERDADE. SEREI SE!#RE
OUSADO E CORA.OSO. NECESSITO !UDAR #ARA #ODER VIVER BE!.
DEVO EVITAR A I!#ULSIVIDADE E A IRRES#ONSABILIDADE.
2NÃO $UERO BRIGAS E DESENTENDI!ENTOS8 #OIS NECESSITO
CONVIVER CO! A CAL!A E O ENTENDI!ENTO ESTRE AS #ESSOAS.
DEVO VALORI&AR O LAR E A !INA #RATICA AFETIVA +CASAR8
NA!ORAR8 FICAR:. DEVO EVITAR ACO!ODAÇÃO #ARA NÃO !E
TORNAR IRRES#ONS-VEL.
4SEI $UE SOU E(IGENTE8 !AS NÃO #OSSO E(IGIR DAS #ESSOAS O
$UE E(I.O DE !I!. NECESSITO DE E(#LICAÇ0ES E RES#OSTAS
#ARA TUDO E VOU ENCONTRA9LAS NO AUTOCONECI!ENTO E NA
#R-TICA DA ES#IRITUALIDADE. E ASSI! VOU DESCOBRIR E
VALORI&AR A !INA INTUIÇÃO.
www.abran.com.br
5SEREI ONESTO INDE#ENDENTE DAS CONDIÇ0ES $UE A
VIDA A#RESENTAR E NÃO ACEITAREI CRÍTICAS #OR SER
ASSI!. DEVO VALORI&AR E LUTAR #ELAS CON$UISTAS
!ATERIAIS. NUNCA USAREI AS #ESSOAS #ARA CON$UISTAR
E NUNCA SEREI DESONESTO.
6NASCI #ARA VIVER NU! !UNDO BE! !ELOR $UE ESTE. E #ARA
$UE ISTO ACONTEÇA VOU A.UDAR E A!#ARAR INDISTINTA!ENTE
AS #ESSOAS. VOU #RATICAR A ES#IRITUALIDADE E VALORI&AR
!INA INTUIÇÃO.
SEI $UE AO A.UDAR OS OUTROS TEREI E! !INA VIDA AS
CON$UISTAS $UE DESE.AR. NUNCA .ULGAREI !EU SE!ELANTE E
NÃO COBRAREI #ELA A.UDA $UE #RO#ORCIONAR
OBS; $<an=o >?@AB@r r>C>B@DEo => nFm>roA8 GocH =>G>rI =>A>nGoJG>r => man>@ra
ac>nB<a=a aA caracB>rKAB@caA =>AA>A nFm>roA.
VocH conL>c> aMora aA * Cr@nc@Ca@A G@braDN>A n<mOr@caA =o A>< !aCa
N<m>roJPM@co NaBaJ8 A>n=o Q<> a G@braDEo ma@A @mCorBanB> =aA * O o CD.
O !aCa N<m>roJPM@co NaBaJ O comCoABo Cor "/ G@braDN>A n<mOr@caA Q<> A>rEo
G@G>nc@a=aA no =>corr>r => A<a G@=a.
D@M@B> aba@?o A<aA * Cr@nc@Ca@A G@braDN>A n<mOr@caA > coJ> o B>?Bo @nB>rCr>BaB@Go
=aA G@braDN>A n<mOr@caA noA J<Mar>A corr>ACon=>nB>A.
CDR
!OR
EUR
www.abran.com.br
O MOMENTO DA CRIAÇÃO DOS NÚMEROS
Deus, em Sua infinita sabedoria e bondade, criou o universo. NeIe, coIocou
as suas criaturas: os seres vivos. A cada ser vivo corresponderia um
pIaneta, para iIuminá-Io no momento de seu nascimento e acompanhá-Io
energeticamente por toda a vida. No entanto, Deus achou que só a energia
do pIaneta não bastaria, e decidiu dar a cada ser vivo um número no
momento de seu nascimento, já que Seus fiIhos, habitando este pIaneta,
teriam maior faciIidade para entender os números, do que os astros.
Chamou o primeiro fiIho, e disse-Ihe:
"Querido fiIho, a ti darei o NÚMERO 1. Será sempre bataIhador. Lutarás
muito, e todas as portas se abrirão para ti. Terás sucesso no que quiseres
fazer, pois em ti está a semente do começar. Serás famoso e terás muitas
conquistas. BriIharás tanto, que poderás ter de Iutar contra a inveja e o
despeito de outros fiIhos. Teu briIho será tão intenso, que a ti mesmo
parecerá grandioso. No entanto, te darei tanto briIho, para que com eIe
possas iIuminar a vida de meus outros fiIhos. Será essa a tua missão:
cIarear os caminhos de teus irmãos, com o teu próprio briIho. Se aqui
voItares, tendo acumuIado o briIho apenas para ti, te direi então que
perdeste tempo. Tirarei teu briIho, para que possas entender a escuridão".
Em seguida, o Pai bondoso chamou Seu segundo fiIho:
"Querido fiIho, a ti destinei o NÚMERO 2. Com eIe conseguirás amar e
juntar-te ao próximo. Sempre, em todos os momentos, necessitarás estar
acompanhado. A soIidão não te será frutífera. Luta sempre para estares
com aIguém. Carregará em ti a semente da união. Serás o responsáveI peIa
união de todos os teus irmãos. Sem ti, eIes estarão soItos e dispersos peIo
universo. Por isso, rogo-te, busca sempre o próximo, estando sempre ao
Iado deIe. Somente conseguirás ter sucesso e ser feIiz, se dividires tua vida
com aIguém. A ti caberá unir. Porque se meus fiIhos aqui retornarem,
dispersos e desunidos, de ti cobrarei. A ti pedirei respostas, pois será por
teus atos, tua mente e teu coração que teus irmãos permanecerão unidos".
Prosseguindo, DEUS chamou o terceiro fiIho:
www.abran.com.br
"A ti, querido fiIho, reservei a semente da muItipIicação: te destinei o
NÚMERO 3. Por teu ventre passará a vida. Em ti, teus irmãos encontrarão
como se muItipIicar. Estarás sempre destinado a servir, para que o mundo
possa crescer. Nunca negues a ninguém, seja quem for, o direito da
proIiferação. Terás faIa ampIa e irrestrita, faIarás todas as Iínguas e
descobrirás todos os pensamentos. Captarás no ar aquiIo que não puderes
ver.
"Conquistarás a todos através da conversa, para que isso faciIite a tua
aproximação com a recriação. Terás taIento de sobra para desenvoIver a
imaginação e a criatividade, para com isso procriares-te. Está em tuas
mãos a manutenção da vida e das idéias, por ti passarão todas as
esperanças e os sonhos, para que Ihes dê a injeção da muItipIicação.
"No entanto, rogo-te que muItipIiques sem te excederes. Não gastes tua
energia em vão, descobre como usá-Ia sabiamente, mas nunca negues a
possibiIidade de desenvoIvimento e crescimento. Quando aqui retornares,
pedir-te-ei que, junto a mim, oIhes rumo ao infinito para podermos avaIiar a
tua obra; se no universo houver vida abundante, terás sido um vitorioso".
Chamando imediatamente o próximo fiIho, DEUS disse:
"A ti, querido fiIho, reservei o NÚMERO 4. Serás, entre todos os meus
fiIhos, o único responsáveI peIa soIidez da vida e dos fatos desta.
Aprenderás a criar raízes. Aprenderás a estruturar; em ti está o poder de
perpetuar a vida. Com tua energia, conseguirás fazer com que as sementes
pIantadas por teus irmãos possam se perpetuar. A ti cabe a
responsabiIidade de manter as obras de teus irmãos para sempre. Se
houver frutos dessas obras, tu forneceste o aIicerce e a estrutura para a
sua frutificação. Vê, teu trabaIho não será fáciI. Exigirá dedicação e, por
vezes, muito trabaIho e esforço; trabaIharás arduamente e não virá a ti o
retorno de tua obra. Pois a ti bastará apenas garantir a segurança, a
estrutura e a soIidez dos caminhos de teus irmãos.
"Como disse, a ti não virão os frutos, nem serás tu a coIhê-Ios. No entanto,
querido fiIho, posso te garantir que é para ti que reservo os maiores
méritos. Pois quem trabaIhar arduamente em meu nome, sem esperar
reconhecimento, merecerá um Iugar de destaque em meu reino".
www.abran.com.br
Chamando em seguida Seu próximo fiIho, disse:
"Querido fiIho, para ti reservei o poder da mudança. De posse do NÚMERO
5, serás o responsáveI peIas transformações na vida de teus irmãos.
Carregarás contigo a faciIidade de quebrar estruturas e derrubar barreiras;
tudo o que tocares mudará e se transformará.
"Por isso, peço-te que, de tempos em tempos, visites teus irmãos um a um
e, individuaImente, observes suas vidas. Verifica o que não está de acordo,
e procede à mudança, conservando aquiIo que precisa e deve ser mantido.
Como teus irmãos estarão espaIhados peIo universo, terás a faciIidade e a
vontade de te Iocomoveres por Iongas distâncias, ou meIhor, necessitarás
disso. Serás então um pássaro errante sem moradia e sem ninho. Pois
somente assim conseguirás avaIiar o que deve ser mudado, e o que deve
ser mantido".
Em seguida, repIeto de carinho, nosso Pai convocou Seu próximo fiIho:
"Para ti, querido pupiIo, darei o NÚMERO 6. Com eIe, poderás formar
famíIia, conseguirás conservar e manter a estrutura sentimentaI de teus
irmãos. Serás aqueIe que carrega o amor em si. Cada vez que passares
próximo a teus irmãos, uma nuvem singeIa envoIverá cada um deIes, para
que sintam o quanto é importante amar.
"Vê que a ti não peço grande sacrifício. Pois, se observares o amor que
tenho por ti, poderás então transmiti-Io a todos os que tocares, para que
possas assim inspirar o amor na sua mais beIa forma de expressão. No
entanto, advirto-te de que essa paz e tranquiIidade poderá te causar danos;
nunca te acomodes. Nunca fiques sentado esperando a vida passar. És tu
quem deverás estar sempre atento às necessidades afetivas de teus
irmãos. Dar-te-ei mais: um Iar, com o aconchego de teus entes queridos,
para que possas assim, dentro de tua própria casa, exercitar o mandamento
de teu destino".
www.abran.com.br
Prosseguindo, chamou o próximo fiIho e, com muita seriedade, disse-Ihe:
"A ti, querido fiIho, reservei o NÚMERO 7. Quase sempre em tua vida serás
maI entendido. Muitos não saberão como Iidar contigo. É que te destinei
para ser meu canaI de comunicação com os demais fiIhos meus. Para isso,
terás a faciIidade de entrar em contato com o mundo não racionaI. Por ti,
passará sempre um cordão de Iigação comigo. Por ti, faIarei a meus outros
fiIhos. Tua missão não será fáciI, pois, no mundo em que irás viver,
poderás sucumbir às tentações de outras Iigações que não comigo.
"Por isso, da vida terás que conhecer de tudo. Conhecer apenas não
bastará, terás de entender profundamente a vida e as pessoas. Para
isso, serás quieto, caImo e pensador. Peço-te que, sempre que não
conseguires mais continuar nessa tua estrada, Iiga-te fortemente a mim e te
mostrarei o caminho. Fica em paz, porque sempre estarei faIando contigo.
E usarei de ti para faIar com todos os meus fiIhos".
Assim que terminou, nosso Pai convocou o próximo fiIho:
"A ti, querido fiIho, darei o NÚMERO 8, e com eIe todas as faciIidades das
moedas. Com eIe, conseguirás acumuIar muita riqueza materiaI, própria e
específica do mundo físico. Com a vibração deste número, serás poderoso,
infIuente e prestigiado por muitos, pois teus cofres estarão sempre cheios.
E, para que Iides com a moeda com a desenvoItura que eIa soIicita, te darei
um poder visionário e, como te disse, não precisarás correr atrás das
moedas, pois eIas te encontrarão. No entanto, refIete muito sobre a posse
das moedas. Se te dou tanta faciIidade para adquiri-Ias, é porque deposito
em ti a esperança de que faças justiça. Se utiIizares do poder das moedas
para financiar apenas teus projetos, ou para, pura e simpIesmente, encher
teus cofres, quando aqui retornares, cobrarei de ti por teus irmãos.
"Pois, no mundo físico, aqueIe que estiver sem as moedas, ou com poucas
deIas, sofrerá muito. Por isso é que te dou tanta faciIidade para adquiri-Ias,
na esperança de que irás reparti-Ias. Pois, em reIação aos outros teus
irmãos, quando necessitares da ajuda deIes, eIes te fornecerão seus dons,
e não será justo que reserves somente para ti a faciIidade que as moedas
produzem no meio físico".
www.abran.com.br
Assim sendo e, ao terminar a reunião, DEUS chamou Seu úItimo fiIho:
"Com você, amado fiIho, ainda terei de conversar muito. No momento,
apenas te dou o NÚMERO 9. E, com a energia deste, sentirás uma
necessidade incontroIáveI de amparar a todos indistintamente; serás o
único fiIho que se preocupará com todos os outros indistintamente.
"Não conseguirás ser feIiz, se a teu redor existir aIguém infeIiz. A tua
feIicidade dependerá do bem-estar de todos os teus irmãos. Amarás o
universo das criaturas, e não uma a uma. Sentir-te-ás responsáveI por
todas eIas. E és reaImente responsáveI por eIas. Nunca exigirei de ti mais
do que podes agüentar. Como tens de veIar por todos os teus irmãos, te
darei o poder da imortaIidade. Pois nunca poderás morrer; estarás sempre
vivo, e sempre cuidando deIes. Tua vida é a vida de todos os demais. Assim
serás feIiz. Assim conseguirás imortaIizar-te. Sei, amado fiIho, que tua
tarefa não é cômoda. Por isso, providencio, agora, o nascimento em ti de
dois auxiIiares: de um Iado, carregarás a intuição que te ajudará no
entendimento do mundo e intensificará nossa Iigação; poderás chamá-Ia de
11. De outro, carregarás a semente da sabedoria universaI: com eIa
adquirirás a faciIidade para entender as razões peIas quais teus irmãos
cometem faItas e desIizes. E, com esse entendimento, poderás orientá-Ios
adequadamente. Poderás chamá-Io de 22.
"Como vês, serás o único fiIho com dois auxiIiares. Pois sei da Iabuta que
terás de enfrentar. Rogo-te, nunca os abandones. Não te esqueças, amado
fiIho, tu somente serás feIiz se teu próximo também estiver feIiz. Por isso,
derrama feIicidade por onde passares, para que teu próximo possa
absorvê-Ia, e assim tornar-se feIiz. Estando eIe feIiz, tu também serás feIiz".
Terminada a reunião, nosso amado Pai disse a todos os seus fiIhos:
"Queridos e amados fiIhos, chegou o momento da partida. Ide em direção
ao infinito. Lá encontrareis a terra árida para trabaIhardes. Depositei em vós
tudo o que até agora pude desenvoIver. Sois a minha esperança do futuro.
OIharei por todos. Estarei sempre presente ao vosso Iado. Nunca vos
abandonarei. A cada um dei um taIento desenvoIvido; mas quero ainda
dizer-vos que, apesar desse taIento desenvoIvido, em cada um de vós
pIantei também todas as outras sementes. Se, num determinado momento
de vossas jornadas cósmicas, precisardes de outro taIento que não seja
esse que desenvoIvi em vós, basta me pedirdes, que farei com que a
semente soIicitada germine dentro de vós. Assim vos criei, pois vos criei à
minha semeIhança. Razão peIa quaI sois iguais a mim".
www.abran.com.br
Nota do autor: conheça também no meu próximo Iivro "O mito dos
Números" que apresenta a Divindade de cada número.
5555555555555555555555555555555555555555555555555555555555555555555555555

Aqui termina o Curso de Autoconhecimento, se você desejar prosseguir no
estudo da NumeroIogia, segue abaixo as instruções de como se matricuIar
no Curso de NíveI 1.
CURSO DE NÍVEL 1
O Curso de NíveI 1 é um Curso de Interpretação de Mapa NumeroIógico. Este
Curso é destinado as pessoas que desejam incorporar à sua vida o
Conhecimento da NumeroIogia. Não é um Curso ProfissionaIizante, pois o
nosso Curso ProfissionaIizante é o Curso de NíveI 2.
Neste Curso de NíveI 1 é ensinada a confecção do Mapa NumeroIógico NataI
e 25 Técnicas de Interpretação (essas 25 Técnicas foram desenvoIvidas peIo
Roberto NumeróIogo, baseadas na NumeroIogia Pitagórica).
Através deste Curso a pessoa aprende a se conhecer e se posicionar na
vida conforme o acordo que fez com a Divindade antes de nascer.
É um Curso de grande utiIidade no nosso dia-a-dia, pois faciIita também a
compreensão do nosso semeIhante, desde que este nos autorize a
Interpretação de seu Mapa.
Podemos também orientar as pessoas que estão ao nosso redor, como
nossos fiIhos, reIações afetivas e profissionais.
Ao término deste Curso a pessoa esta apta a Interpretar Mapas.
Para se inscrever neste Curso basta enviar um e-maiI para
rosana@abran.com.br soIicitando sua inscrição.
CURSO DE NÍVEL 2
O Curso de NíveI 2 é ministrado no mesmo sistema do Curso de NíveI 1, com
Lista Privativa, e todos os aIunos participam e as perguntas são respondidas
diariamente por Rosana Machado.
Este é o Curso ProfissionaIizante, neste Curso são ensinados todos os
Recursos de NumeroIogia Avançada.
* Como o ser humano reIaciona-se com as vibrações numéricas
* ÚItimo processo espontâneo de adaptação ao Mapa
* Povo EspeciaI. Como são e o que fazem.
* Nossos Pais
* ReaIização com a VN 6
* Nossos FiIhos
* Desafio com zero / Cruzamento de técnicas
* BIoqueio e doenças físicas
* Ápice das reaIizações - Conquistas ou perdas
* Mapa soIicitado / convocado / imposto
* Como cada aIma (MO) renasce
* Como o sonho interfere no CD e na MO
* Orientação VocacionaI
* QuintupIicidade / Quintessência
* Conjunção CD x MO x DM
* Previsão 1 - Técnicas
* Previsões 2 - Prática
* Sinastria 1 - Técnicas
* Sinastria 2 - Prática
* EmpresariaI 1 - Técnicas
* EmpresariaI 2 - Prática
* Estudo de Nomes / Orientação Pedagógica / EIetiva

Se você deseja se profissionaIizar ou aprofundar seus conhecimentos em
NumeroIogia cIique aqui e faça sua reserva para o Curso de NíveI 2
rosananiveI2@abran.com.br
COMO PRESTAR EXAME PARA NUMERÓLOGO
A ABRAN tem prestação de exame periodicamente, aos sábados das 15:00
às 18:00 horas. Após o término do Curso de NíveI 2 Obrigatórios o aIuno
deve soIicitar a programação de datas de prestação de exame, escoIher a
data que Ihe for mais conveniente e fazer a sua reserva. Você pode também
adquirir os gabaritos dos exames anteriores.Este exame só pode ser feito
pessoaImente nas instaIações da ABRAN Sede em São PauIo, uma parte do
exame é composta de perguntas de múItipIa escoIha, e outra parte é de
textos de interpretação. Não são permitidas consuItas em Iivros ou
anotações. O exame vaIe 10 pontos e a nota mínima necessária para
aprovação é 7. Após o término do exame o aIuno recebe um gabarito com as
respostas, e no prazo máximo de 30 dias recebe o resuItado do exame. Caso
seja reprovado, poderá prestar um novo exame, quantas vezes desejar.
Taxa de prestação de exame: R$ 50,00
No caso de aprovação o aIuno deverá pagar R$ 120,00 referente a anuidade
da ABRAN, para retirar o DipIoma e a Carteira de NumeróIogo.
Para saber mais detaIhes sobre a prestação de exame, cIique aqui:
http://www.abran.com.br/htm/comosernumeroIogo.htm
Para saber as datas dos próximos exames cIique aqui:
http://www.abran.com.br/htm/numerosnavida.htm#exameabran
WWW.ABRAN.COM.BR
VANTAGENS DE SE ASSOCIAR A ABRAN

Não há nenhuma vantagem em se associar a ABRAN. As pessoas deveriam
se associar a ABRAN por acreditarem em seus objetivos. Que são: expandir
o uso da NumeroIogia Pitagórica, normaIizar conceitos e técnicas, e unir os
profissionais de NumeroIogia.
Direitos do associado:
1) Ter dipIoma e carteira de NumeróIogo
2) Ter o seu nome, e-maiIs e teIefone divuIgados gratuitamente no portaI
da ABRAN na internet.
3) Ser indicado para serviços de NumeroIogia.
4) Ser informado gratuitamente por correspondência ou e-maiI sobre as
novas técnicas Iiberadas peIa ABRAN

Deveres do associado:
1) Cumprir os estatutos da ABRAN na totaIidade.
2) Acatar as diretrizes da diretoria



COMUNICADO DA ABRAN
Prestação de Serviços de NumeroIogia por TeIefone.
Conforme soIicitações da imprensa, do púbIico em geraI e de seus
associados, a ABRAN - Associação BrasiIeira de NumeroIogia, através de
sua Diretoria, vem a púbIico posicionar-se a respeito da Prestação de
serviços NumeroIógicos por teIefone.
Nosso trabaIho NUMEROLÓGICO envoIve atividades que proporcionam ao
ser humano orientações a respeito de sua vida, objetivando o
autoconhecimento, desenvoIvendo o SER como eIemento cósmico, como
também auxiIiando na orientação de sua jornada. São desenvoIvidos
através de técnicas precisas de eIaboração, tratando os fatos de maneira
individuaIizada e única.
Para tanto, atuaImente, nossos numeróIogos, na prática de suas funções,
necessitam em média de 6 horas de trabaIho interpretativo para cada Mapa
NumeroIógico NataI.
É acrescido há esse tempo um período de 1h30min a 2h de interpretação ao
vivo, na presença do interessado, reveIando o processo compIeto de sua
vida.
Assim, a orientação numeroIógica é efetuada conforme a interpretação
individuaIizada do Mapa que, como sabemos, compreende, em média, oito
horas de trabaIho.
Por isso, quaIquer serviço NUMEROLÓGICO que não for prestado dentro
desses padrões de exigência da NUMEROLOGIA carece de quaIidade
orientadora, ocasionando dificuIdades das mais variadas na vida humana.
Isso sem contar o fato de que o trabaIho desenvoIvido ao vivo, na presença
da pessoa, possibiIita troca intensa e significativa de experiências diversas,
tanto para o interessado como para o NumeróIogo. Haverá, sem dúvida, um
tempo em que a raça humana estará preocupada em conquistar equiIíbrio
através da prática correta de suas atividades.
AbriI/1998
WWW.ABRAN.COM.BR
SOBRE O ROBERTO NUMERÓLOGO
Nome: Roberto Machado
Nascimento: Em 03/11/1955 às 20h em São PauIo, CapitaI.
Pseudônimo: Roberto NumeróIogo
Correspondência: Caixa PostaI 45.353 - São PauIo/SP - 04010-970.
E-maiI : robertonumeroIogo@abran.com.br
Formação Acadêmica: PubIicitário
* Autor do Iivro Ponto de Encontro, poesias.
* Autor do Iivro NumeroIogia Pitagórica - Como Interpretar o Mapa
NumeroIógico NataI
* Autor do Iivro Recursos Avançados - NumeroIogia Pitagórica.
* DesenvoIve trabaIhos em NumeroIogia desde 1988.
* Diretor do Pensar entre 92 e 94 - espaço esotérico destinado ao estudo e
a prática das ciências esotéricas e aIternativas.
* Presidente Fundador (em 1996) da ABRAN Associação BrasiIeira de
NumeroIogia.
SOBRE A ROSANA MACHADO
Nome: Rosana Machado
Pseudônimo: AIina Bianco
Nascimento: Em 11/03/1966 às 13:10h em São PauIo, CapitaI.
Correspondência: Caixa PostaI 45.353 - São PauIo/SP - 04010-970
EmaiI: rosana@abran.com.br
Formação Acadêmica: Comunicação
* DesenvoIve trabaIhos de AstroIogia desde 1986 e trabaIhos de NumeroIogia
desde 1995
* Gerente do Pensar entre 92 e 94 - espaço esotérico destinado ao estudo e
a prática das ciências esotéricas e aIternativas.
* Diretora Fundadora (em 1996) da ABRAN Associação BrasiIeira de
NumeroIogia

WWW.ABRAN.COM.BR