You are on page 1of 5

PSICOLOGIA

• 1879 – 1. LABORATÓRIO – WUNDT – ALEMANHA


• 1875 – 1. LABORATÓRIO – WILLIAN JAMES – EUA.

HOMEM – CORPO – MÁQUINA – CÉREBRO – MÁQUINA DE PENSAR

• 1846 – NEUROLOGIA – DOENÇA MENTAL – CÉLULAS CEREBRAIS


- NEUROANATOMIA - REFLEXOS – AÇÃO – REAÇÃO.
- PSICOFÍSICA – LEI DE FECHNER-WEBER.-PERCEPÇÃO.

PSICOLOGIA É TRANSFERIDA PARA OS LABORATÓRIOS.

PSICOLOGIA SEM ALMA – SÉC. XIX

• FILOSOFIA

• EMPIRISMO

• ASSOCIACIONISMO

• MATERIALISMO
• CRÍTICO

• RACIONALISMO

• MEDICINA

• QUANTIFICAÇÃO

• NEUTRALIDADE

• COMPROVAÇÃO

• FISIOLOGIA

EMPIRISMO CRÍTICO

• QUESTIONA AS TRADIÇÕES DA IDADE MÉDIA


• DO QUE O MUNDO É FEITO? –FÍSICA, BIOLOGIA
• COMO CONHECEMOS?
• CONHECEMOS ATRAVÉS DA EXPERIÊNCIA
• REPRESENTANTE – LOCKE – 1632 - 1704

ASSOCIACIONISMO

• O TODO É COMPOSTO POR ELEMENTOS LIGADOS UNS AOS OUTROS DE


FORMA ESPECÍFICA.
• AS IDÉIAS SE ASSOCIAM NO CÉREBRO – REPETIÇÃO E CONTIGUIDADE.
• REINTEGRAÇÃO – SE UM ELEMENTO É GUARDADO NA MEMÓRIA E
LEMBRADO, ESTE PODERÁ TRAZER A TONA TODA UMA EXPERIÊNCIA
PASSADA.
• AS IDÉIAS SOBRE EVENTOS QUE OCORREM AO MESMO TEMPO
TENDEM A SE ASSOCIAR. O TODO É A SOMA TOTAL DAS IDÉIAS OU
ELEMENTOS.

MATERIALISMO CIENTÍFICO

• TODOS OS FENÔMENOS MENTAIS E DE COMPORTAMENTO PODEM SER


DESCRITOS POR CONCEITOS DAS CIÊNCIAS FÍSICAS E MATEMÁTICAS.

• CONTRAPÕE-SE AO ANIMISMO – NÃO HÁ ESPÍRITO E NEM ÉLAN VITAL


– LÓGICA.

• COMPORTAMENTO HUMANO EXPLICADO MECANICAMENTE –


REFLEXOS.

• RACIONALISMO – DESCARTES.

Séc.XIX – 1838 – Esquirol


deficiente x doente

• 1866- Seguin – França rejeita noção de incurabilidade. – Prancha de Seguin.


• 1873 – Wundt – Diferença = erro.
• 1884 – Galton – Inglês – Hereditariedade
• 1890 - Cattell – EUA – Teste mental
• 1904 – Binet – França – Teste inteligência
• 1950 – Testes Projetivos.

PSICOLOGIA
 Materialismo vai se sobrepondo a uma visão Idealista
 Consciência Humana – manifestação da razão divina e resultado das sensações.
 Vida psíquica expressão de um mundo subjetivo – conhecido através da auto-
observação e impossível de ser conhecido pelos métodos científicos.

Mundo científico
 Laboratórios de fisiologia
 Visão atomista – física
 Buscada unidade primeira da consciência – sensação elemento básico dos processo
psíquicos.

PSICOLIGIA - RAÍZES FILOSÓFICAS E FISIOLÓGICAS

WUNDT -1832 - 1920

 1879 – 1. LABORATÓRIO DE PSICOLOGIA EXPERIMENTAL – ALEMANHA


– LEIPZIG.

PSICOLOGIA – Séc. XIX


 Fisiologia
 Positivismo
 Método Experimental
 Análise Quantitativa
 Estatística
 Empírica

ESTRUTURALISMO

 Objeto de Estudo – Experiência Imediata – experiência que acontece antes da


reflexão.
 Método de Estudo – Introspecção, análise e experimentação
 Problema – Analisar os processos conscientes em seus elementos básicos, como
estão interligados e suas leis de conexão.

Observador Treinado na introspecção – auto-observação

 Estar apto a determinar quando o processo deve começar.


 Encontrar-se em estado de prontidão ou atenção concentrada.
 Deve ser passível de repetir a observação várias vezes.
 Condições experimentais com condição de variar os estímulos.
ESTRUTURALISMO NOS EUA
TITCHENER – 1867-1927

 Aluno de Wundt
 Mente – Descrita através dos fatos observados.
 Fenômenos Mentais – Soma desses fenômenos recebe o nome de Mente.
 3 classes de fenômenos – Sensação/ Imagens/ Sentimentos : qualidades,intensidade,
duração e vivacidade.
 Ciência pura sem interesses utilitário ou aplicados, sem preocupação com patologia,
sistemas sociais ou culturais.

FUNCIONALISMO
WILLIAN JAMES 1842-1910

ANTECEDENTES
 Dewey – 1859-1952- Atividade Mental – funcionamento dos processos de
aquisição, fixação, retenção , organização e utilização das experiências.
 Stanley Hall – 1844-1924 - Evolução do funcionamento mental – criança,
adolescente e adulto e idoso
 Cattell – 1860-1944 – Aplicação prática da psicologia – testes e estudo das aptidões
humanas.

 Psicologia sai do laboratório


 Funcionamento da mente.
 Questões das diferenças individuais
 Entender a sociedade
 Mente – plástica e em constante evolução
 Função da mente – adaptação do homem ao meio
 Objeto de estudo – mente – funções – atividade mental
 Método – Introspecção natural e observação objetiva e subjetiva
 Problema – Como se dá o funcionamento da mente e sua relação com o ambiente -
adaptação

ASSOCIACIONISMO-Thorndike

 1. Teoria da Aprendizagem na Psicologia


 Utilidade prática – como o Funcionalismo - Qual a utilidade de determinado
conhecimento.
 A aprendizagem se dá por associação de idéias – das mais simples às mais
complexas.
 Teoria multimodal da Inteligência – Inteligência é constituída pela soma de ligações
nervosas e a soma das capacidades que atuam nos atos mentais. – Mais ligaçòes S-R.
 A aprendizagem ocorre mecanicamente, com a eliminaçào gradual das respostas
erradas. O comportamento inicial é casual.
 Aprendizagem se faz por ensaio e erro.A consequência correta será gravada – LEI
DO EFEITO.
 Todo comportamento tende a se manter se ele for recompensado e Todo
comportamento tende a se extinguir se ele for punido.
 Serve de passagem para o Behaviorismo – Ênfase na aprendizagem.