You are on page 1of 3

LEI N.º 636, de 1.º de julho de 2008.

Autoriza o Poder Executivo a contratar
01 (um) Engenheiro em caráter
emergencial e dá outras providências.


Paulo Nardeli Grassel, Prefeito Municipal de Herveiras, Estado do
Rio Grande do Sul.
Faço saber, que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu
sanciono e promulgo a seguinte LEI :

Art. 1.º - Fica o Poder Executivo autorizado a contratar 01 (um)
Engenheiro em caráter emergencial.

Art. 2.º - O contrato previsto no artigo anterior terá vigência de 06
(seis) meses a contar da data da promulgação da presente Lei, podendo ser
prorrogado por mais 06 (seis) meses.

Art. 3.º - A carga horária de trabalho, para a contratação
emergencial, será de 30 (trinta) horas semanais, e as atribuições da função de
acordo com o anexo único, que é parte integrante da presente Lei.

Art. 4.º - O salário a ser pago é o fixado para o Padrão 20, classe A,
do quadro dos cargos de provimento efetivo do Município, correspondendo a R$
2.970,00 (dois mil e novecentos e setenta reais) mensais.

Art. 5.º - O contrato de que trata a presente Lei será de natureza
administrativa, ficando assegurado ao contratado os direitos previstos no artigo
196, da Lei Complementar n.º 001, de 19 de novembro de 2001 – Regime Jurídico
dos Servidores Municipais.

Art. 6.º - Quando houver necessidade de deslocamentos para fora
da sede do Município, serão pagas diárias de acordo com o artigo 1.º, alínea d) da
Lei Municipal N.º 077, de 28 de abril de 1998.






Art. 7.º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.


Gabinete do Prefeito, 1.º de julho de 2008.

Paulo Nardeli Grassel
Prefeito Municipal
Registre-se, publique-se e cumpra-se

Canísio Gaspar Backes
Secretário Municipal da Administração e Turismo



























LEI N.º 636, de 1.º de julho de 2008.

ANEXO ÚNICO

Categoria Funcional : Engenheiro
Padrão de Vencimento : 20 (vinte)

Atribuições :
a) Descrição Sintética : executar e supervisionar trabalhos técnicos de construção
e conservação em geral, de obras e iluminação pública.

b) Descrição Analítica : projetar, dirigir ou fiscalizar a construção e conservação
de estradas de rodagem, vias públicas de iluminação pública, bem como obras de
captação, abastecimento de água, drenagem, irrigação e saneamento urbano e rural;
executar ou supervisionar trabalhos topográficos; estudar projetos; dirigir ou
fiscalizar a construção e conservação de edifícios públicos e obras
complementares; projetar, fiscalizar e dirigir trabalhos relativos a máquinas,
oficinas, serviços de urbanização em geral, realizar perícias, avaliações, laudos e
arbitramentos; estudar, projetar, dirigir e executar as instalações de forçamotriz,
mecânicas, eletromecânicas, de usinas e respectivas redes de distribuição;
examinar projetos e proceder vistorias de construções e iluminação pública;
exercer atribuições relativas à engenharia de trânsito e técnicas de materiais,
efetuar cálculos de estruturas de concreto armado, aço e madeira; expedir
notificações de autos de infração referentes a irregularidade por infringência e
normas de posturas municipais, contadas na sua área de atuação; responsabilizar-se
por equipes auxiliares; executar tarefas afins, inclusive as editadas no respectivo
regulamento da profissão.

Condições de Trabalho :
a) Geral : carga horária semanal de 30 (trinta) horas.
b) Especial : sujeito ao uso de uniforme e equipamentos de proteção individual.

Requisitos para o Provimento :
a) Idade : mínima de 18 anos.
b) Instrução : nível superior.
c) Habilitação Funcional: habilitação legal para o exercício da profissão de
engenheiro.