You are on page 1of 6

ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA SANTA TEREZINHA

DICIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA
PROFESSOR TIAGO
2ª SÉIRE IV






BRUNO TEIXEIRA ALBINO





O TORNEIO DA CORRUPÇÃO:
“COPA DO MUNDO 2014 NO BRASIL”













BRUSQUE SC
2014

O TORNEIO DA CORRUPÇÃO


A Copa do Mundo FIFA 2014 será sediada no Brasil, o país do futebol.
Renascendo a alegria e o orgulho de ser brasileiro, povo sorridente que leva uma
grande história no futebol como um dos melhores jogadores do mundo, o rei Pelé
(Edson Arantes do Nascimento). Mas será que essa é a real definição de nosso
povo? Será que existem coisas que parecem estar sendo deixadas de lado, para
que a imagem do Brasil seja apenas lembrada como um povo que faz festas de
carnaval e vive com saúde, educação e alegria?
Sabe-se muito bem que a real condição do Brasil são de escolas
inadequadas ao ensino público infantil, afetando na qualidade de ensino assim
diminuindo índices educacionais comparado com outros países; formando uma
população que sofrerá no mercado de trabalho diante de outros que puderam ter
uma educação digna. Rodovias em péssimo estado, problemas de gestão político-
econômico, postos de saúde e hospitais incapazes de suprir as necessidades da
população, formando filas de esperas tão grandes que muitos não suportam e vem a
falecer. Essa não seria a melhor hora de se comemorar e, já que o governo não
possui suporte para as necessidades básicas à população, quem dirá iniciar um
evento desse suporte sem as mínimas condições?
Pois já se falam em 40 bilhões de reais tirados dos cofres públicos, para
todas as obras e toda organização do evento. Sendo que as últimas três copas
juntas deram em média 25 bilhões. Isso mostra que o Brasil possui grande potencial
para resolver seus problemas de infraestrutura em rodovias, transporte, saúde e na
educação. Tanto dinheiro assim é de se imaginar que algo não está certo, é evidente
que muitos “espertinhos” superfaturaram obras, compram coisas que não foram
pedidas e assim tiraram uma “fatia de pizza” para seus bolsos.
Dinheiro que pagamos com serviço e com impostos, prova da corrupção,
é a declaração dada pelo presidente da CBF, em uma entrevista para a imprensa no
início do planejamento da como de 2014 ainda em 2007 disse em resumo “O
superfaturamento dessa copa, é impossível, é incontrolável, se amanhã alguém
roubar por favor não me culpem”. Pois então é tudo um balcão de negócios, onde
não existe mais jornalismo sério em que tudo é negociado e comprado. A quem diga
que esta copa está programada para o Brasil ser o hexacampeão e levar a taça da
copa.
A copa também é motivo de prosperidade, já que o governo está
aguardando entrar muito dinheiro no Brasil, aumentar o número de empregos por
mais que sejam temporários e muitos estrangeiros virão com os bolsos cheios. Mas
será que vale a pena levando em consideração as fraudes e esses gastos absurdos
tirados de nosso bolço? sabendo que ainda existem problemas primordiais a serem
resolvidos.
Os únicos que ganharão com a copa são os políticos, empresários e a
organizadora do evento FIFA, empresa privada que como todas buscam lucro acima
de tudo. Pois aqui ela terá “sombra e água fresca” já que a maior parte dos lucros
será remetida à mesma e não pagará impostos, onde chegariam até dois bilhões de
reais. As empreiteiras também ganharão com as construções de estádios e com
obras superfaturadas. A mídia televisiva que é o meio de alienação hoje em dia,
também ganhará com a cobertura o evento, criando sempre a imagem da copa
como uma grande festa. O telespectador assiste o jogo em sua TV sem perceber
que tudo se fez graças aos seus impostos e que muita coisa foi roubada.
Pesquisas mostram que as Copas das Confederações não trazem
melhorias economias nem infraestruturas aos países-sedes, segundo o site de
notícias UOL. Como se viu na África do Sul os estádios pós copa só trouxeram
prejuízos de manutenção, assim também será com os aeroportos novos das cidades
que posteriormente não trarão tantos turistas. Apenas um ano depois da Copa, o
governo sul-africano amarga prejuízo com o Green Point (Estádio da Cidade do
Cabo sede da Copa do Mundo de 2010). Estes são os chamados “Elefantes
Brancos”, que ocupam lugar, são modernos e incríveis mas não possuem serventia,
apenas teremos que trabalhar para limpar as fezes que fizeram.
O desalojamento da população pobre, que não possui voz é um outro
problema a ser ressaltado. Em muitos locais onde estão moradores de classe baixa,
estão sendo mandados em bora de suas casas onde moram a mais de 30 anos,
sem garantia de alojamento, além disso muitos mendigos já foram assassinados.
Será que não há muita coincidência pelo fato destes estarem localizados muito
próximo aos estádios da copa?
A Bola da copa, foi escolhida como nome, Brazuca, em uma votação
entre Bossa Nova e Carnavalesca. O nome escolhido, está ligado a algo negativo,
como por exemplo, mixuruca, muvuca, maluca e caduca. O mascote Fuleco remete
a fuleiro de má qualidade, e também é apelido para "ânus" em muitas regiões. Essas
informações dão a intender que além de estarem lucrando e enriquecendo com a
copa, estão zombando do povo brasileiro que não passam de um gado; uma
população que é guiada a pensar e fazer o que seus donos mandarem.
Conforme a revista Carta Capital, que trouxe em detalhes na denúncia de
capa, conforme jornalistas da Suíça já informaram e deram entrevista para a ESPN
Brasil, o Sr. Joseph Blatter presidente da FIFA é um gângster e corrupto, possuindo
uma imensa gama de processos na Suíça, em que principalmente a TV do Brasil
ignora. Tendo um escândalo atrás do outro envolvendo o presidente em propinas de
grandes negociações. A FIFA tem em seus cofres todo ano o movimento de
US$ 500 bilhões de dólares. Pode-se citar João Havelange como o maior corrupto
da história do futebol brasileiro, que do nada tornou-se bilionário em 5 anos como
presidente da FIFA, antes como presidente da CBD (Confederação Brasileira de
Desportes).
Fatos como esses comprovam que o torneio e todo meio esportivo, não
passam de uma negociação, onde está tudo armado para o Brasil ganhar a copa de
2014, ou irão deixar que aconteça um segundo “maracanaço” (termo usado em
referência à partida que decidiu a Copa de 1950 a favor da Seleção Uruguaia,
deixando desolados os brasileiros.
É essa gente que comanda os negócios brasileiros. Como o Sr. Carlos
Arthur Nuzman (Presidente do Comitê Organizador Brasileiro das Olimpíadas Rio
2016), que é tão corrupto quanto Ricardo Teixeira (acusado de esquemas mafiosos
de fraudes e conchavos), basta ver o que a justiça disse das contas do dinheiro
público injetados nos jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, não houve
aprovação dos gastos nos jogos, e poucos da imprensa abordaram e investigaram o
ocorrido. Mais um motivo para os brasileiros se revoltarem e protestarem por um
Brasil mais correto.
Muito de tudo o que acontece se tem pelo fato de aceitarmos o que nos
mandam, a maioria dos brasileiros não estão interessados pelos assuntos políticos e
econômicos do país. Somos distraídos assim como foi a política de “pão e circo” em
Roma, que durante os espetáculos do Coliseu faziam com que as pessoas
esquecem os problemas e as coisas mais importantes. Muitos perdem e outros
ganham milhões e, nós nos contentamos com o carnaval, o futebol, a cerveja e as
bolças do governo.
A FIFA está preparada para os protestos que virão durante os jogos. Por
ordem da mesma foi proibido qualquer tipo de propaganda política ou econômica;
então cartazes, bandeiras de partidos, placas, e até camisetas, calçados e bebidas
que não forem patrocinadores do evento. O mínimo a ser feito é reivindicar e acordar
o máximo de pessoas que estão vidradas na frente da TV. Não podemos deixar
mais uma geração adiante sofrer pelo relaxamento do povo brasileiro.
Contudo, essa parece ser a copa do circo da corrupção, em que os
palhaços são a plateia que assiste. O povo brasileiro tem que acordar para o que
está acontecendo e exercer seu papel de cidadão na sociedade. Reivindicando e
protestando melhorias em planejamentos de projetos e, em muitos problemas que
assolam esse país há séculos. Antes do circo vem o pão a saúde e a educação.

























REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


uol.com.br
youtube.com.br
globoesporte.globo.com
veja.abril.com.br
pt.wikipedia.org