You are on page 1of 10

Comentário Prova da OAB 2012.

1 (Ética) PARTE 3
Autor: Carlos Barbosa
Data: 29/5/2012
Ética da OAB
Comentários: Carlos Barbosa
Professor do Curso Praetorium
Questão 6
O escritório Alpha, Beta e Gama Advogados Associados, especializado em
advocacia criminal, foi alvo de medidacautelar de busca em apreensão,
determinada por juiz criminal, no âmbito de ação penal em que diversos
clientes doescritório figuravam como acusados. O magistrado fundamentou a
decisão de deferimento da medida de busca eapreensão apontando a
gravidade dos crimes atribuídos pelo Ministério Público aos acusados, clientes
do escritório em questão, bem como a impossibilidade de obtenção, por
outros meios, de prova dos crimes por eles praticados. Considerando o que
dispõem as normas aplicáveis à hipótese, assinale a alternativa correta:
A) A inviolabilidade de escritórios de advocacia é absoluta, sendo ilegal e
inconstitucional, em qualquer hipótese, arealização de medida de busca e
apreensão em seu interior.
B) A inviolabilidade de escritórios de advocacia é relativa, podendo-se determinar
medida de busca e apreensão em seu interior quando houver certeza de que
serão encontradas provas do crime praticado pelo cliente do advogado que ali
trabalhe.
C) A inviolabilidade de escritórios de advocacia é relativa, podendo-se determinar
medida de busca e apreensão em seu interior quando houver indícios de autoria
e materialidade da prática de crime por parte de advogado que ali trabalhe, sendo,
no entanto vedada a utilização de documentos pertencentes a clientes do
advogado investigado, quando os mesmos não estejam, por sua vez, sob formal
investigação.
D) A inviolabilidade de escritórios de advocacia é relativa, podendo-se determinar
medida de busca e apreensão em seu interior quando houver indícios de
autoria e materialidade da prática de crime por parte de advogado que ali
trabalhe. Neste caso, a garantia da inviolabilidade resta absolutamente
afastada, não havendo limites para a realização da medida.
Comentário:
A imunidade do escritório é relativa, pois presentes indícios de autoria e
materialidade da prática de crime por parte de advogado, a autoridade judiciária
competente poderá decretar a quebra da inviolabilidade de que trata o inciso II do
caput deste artigo, em decisão motivada, expedindo mandado de busca e
apreensão, específico e pormenorizado, a ser cumprido na presença de
representante da OAB, sendo, em qualquer hipótese, vedada a utilização dos
documentos, das mídias e dos objetos pertencentes a clientes do advogado
averiguado, bem como dos demais instrumentos de trabalho que contenham
informações sobre clientes (art.6 , 6 do EOAB).
Questão 7
Tício é advogado prestando serviços à Junta Comercial do Estado Y. Exerce a
atividade concomitantemente em escritório próprio, onde atua em causas civis
e empresariais. Um dos seus clientes postula o seu visto em atos constitutivos
de pessoa jurídica que pretende criar. Diante do narrado, à luz das normas do
Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB, assinale a alternativa
correta:
A) Sendo um cliente do escritório, é inerente à atividade da advocacia o visto em
atos constitutivos de pessoajurídica.
B) Ao prestar serviços para Junta Comercial, surge impedimento previsto no
Regulamento Geral.
C) A análise do conteúdo dos atos constitutivos pode ser realizada pelo advogado
tanto no escritório quanto na Junta Comercial.
D) A atuação na Junta Comercial gera impedimento para ações judiciais, mas não
para vistos em atos constitutivos.
Comentário:
Estão impedidos de exercer o ato de advocacia referido neste artigo os advogados
que prestem serviços a órgãos ou entidades da Administração Pública direta ou
indireta, da unidade federativa a que se vincule a Junta Comercial, ou a quaisquer
repartições administrativas competentes para o mencionado registro (art.2 ,
Parágrafo Único do Regulamento Geral da OAB).
Questão 8
Esculápio, advogado, deseja comprovar o exercício da atividade advocatícia, pois
inscreveu-se em processo seletivopara contratação por empresa de grande
porte, sendo esse um dos documentos essenciais para o certame. Diante
donarrado, à luz das normas do Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia
e da OAB, o efetivo exercício da advocacia é comprovado pela participação
anual mínima em
A) seis petições iniciais civis.
B) três participações em audiências.
C) quatro peças defensivas gerais.
D) cinco atos privativos de advogado.
Comentário:
Nos termos do art.5 do Regulamento Geral da OAB, considera-se efetivo exercício
da atividade de advocacia a participação anual mínima em cinco atos privativos
previstos no artigo 1 do Estatuto, em causas ou questões distintas.
Questão 9
A multiplicidade de opções para atuação do advogado desenvolveu o ramo da
Advocacia Pública. Assim, à luz dasnormas do Regulamento Geral do Estatuto
da Advocacia e da OAB, nela podem ser integrados o(a), exceto:
A) Advogado-Geral da União.
B) Defensor Público
C) Advogado (Procurador) de Autarquia.
D) Advogado de Sociedade de Economia Mista.

Comentário: De acordo com o art.9 do Regulamento Geral da OAB, exercem a
advocacia pública os integrantes da Advocacia-Geral
Créditos: Praetorium

Questão 10
Tício, advogado militante há longos anos, tem entrevero com o Juiz da Comarca W que,
em altos brados, afirma que ocausídico é praticante de chicanas e atos de má-fé
processual, sendo conhecido como exímio procrastinador da atividade processual,
obstando o bom desenvolvimento da Justiça. À luz das normas do Regulamento Geral do
Estatuto da Advocacia e da OAB, é correto afirmar:
A) Tais atos permitem o agravo do advogado se houver requerimento pessoal ao
Presidente da Seccional.
B) Havendo requerimento de qualquer pessoa poderá ocorrer o desagravo após decisão
do Relator do processo.
C) O desagravo é público e promovido pelo Conselho competente podendo ocorrer de
ofício.
D) Caso constatado que a ofensa é decorrente do exercício da profissão poderá ocorrer o
arquivamento sumário.
Comentário:
O fato garante ao advogado esta prerrogativa, pois nos termos do Regulamento geral
do Estatuto da OAB, o inscrito na OAB, quando ofendido comprovadamente em razão
do exercício profissional ou de cargo ou função da OAB, tem direito ao desagravo
público promovido pelo Conselho competente, de ofício, a seu pedido ou de qualquer
pessoa.
Questão 11
Nos termos das normas do Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB, o
Estágio Profissional de Advocacia é requisito para inscrição no quadro de estagiários da
OAB, sendo correto afirmar:
A) É ministrado pela Seccional da OAB sem intervenção de entidade de ensino superior.
B) Pode ser ofertado por instituição de ensino superior em convênio com a OAB.
C) Deve ter carga horária mínima de 360 horas distribuídas em dois anos de atividade.
D) Pode ocorrer a complementação de carga horária em escritórios sem credenciamento
junto à OAB.
Comentário:
Nos termos do art.27, 1 do Regulamento Geral do Estatuto da OAB, o estágio
profissional de advocacia pode ser oferecido pela instituição de ensino superior
autorizada e credenciada, em convênio com a OAB, complementando-se a carga
horária do estágio curricular supervisionado com atividades práticas típicas de
advogado e de estudo do Estatuto e do Código de Ética e Disciplina, observado o
tempo conjunto mínimo de 300 (trezentas) horas, distribuído em dois ou mais anos.

Questão 12
Nos termos do Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB quanto à aquisição
de patrimônio pela Ordem dos Advogados do Brasil, revela-se correto afirmar que
A) a alienação de bens é ato privativo do Presidente da Seccional da OAB.
B) a aquisição de bens depende de aprovação da Diretoria da OAB.
C) a oneração de bens é ato do Presidente do Conselho Federal.
D) a disposição sobre os bens móveis é atribuição do Presidente da Seccional.
Comentário:
Diante das regras do Regulamento Geral do Estatuto da OAB, a alienação ou oneração
de bens imóveis depende de aprovação do Conselho Federal ou do Conselho
Seccional, competindo à Diretoria do órgão decidir pela aquisição de qualquer bem e
dispor sobre os bens móveis.



Questões referentes
Regulamento Geral, Código de
Ética e Estatuto da OAB.
Exame 2009.3 da OAB/SP.
Por | Paula Camila de Lima - Quarta Feira, 18 de Agosto de 2010


 Indique

 |
 Comente (1)

 |
 Envie seu artigo

 |



QUESTÃO 01. Compete ao presidente do Conselho Federal da
OAB:

A - alienar ou onerar bens móveis.

B - presidir o Órgão Especial, com direito a voto de qualidade, no
caso de empate.

C - definir os critérios para despesas com transporte e hospedagem
dos conselheiros, membros das comissões e convidados.

D - aplicar penas disciplinares, no caso de infração cometida no
âmbito do Conselho Federal.



QUESTÃO 02. Célio, advogado regularmente inscrito na
OAB/SC, tem escritório próprio de advocacia em Florianópolis,
onde atua na área trabalhista e na do direito do consumidor.
No ano de 2006, atuou excepcionalmente como advogado em
quatro ações de indenização perante o TJDFT. Em 2007,
ajuizou quinze ações em face da mesma empresa perante o
TRT, em Brasília - DF, e, em 2008, atuou como advogado
constituído em mais de dez causas. Na situação hipotética
apresentada, Célio, de acordo com o Regulamento Geral do
Estatuto da OAB:

A - está obrigado, desde 2007, à inscrição suplementar na Seccional
da OAB/DF.

B - está dispensado de comunicar à OAB o exercício da advocacia
perante o TRT.

C - está impedido de requerer a inscrição suplementar na OAB/DF,
dada a regular inscrição na OAB/SC.

D - cometeu infração disciplinar por ter exercido, em 2006, a
advocacia fora de seu domicílio de inscrição.



QUESTÃO 03. Assinale a opção correta acerca das caixas de
assistência dos advogados:

A - O estatuto da Caixa de Assistência dos Advogados deve ser
aprovado pela diretoria dessa entidade e registrado pelo presidente
na secretaria estadual da fazenda.

B - A coordenação nacional das caixas de assistência é o órgão de
assessoramento do Conselho Federal da OAB para a política nacional
de assistência e seguridade dos advogados.

C - A Caixa de Assistência dos Advogados tem caráter nacional e é
administrada pelo presidente do Conselho Federal da OAB.

D - As caixas de assistência dos advogados, no âmbito dos estados,
têm personalidade jurídica própria, não podendo sofrer intervenção
dos respectivos conselhos seccionais.



QUESTÃO 04. No que se refere às eleições na OAB, assinale a
opção correta:

A - Estagiários inscritos na OAB poderão integrar chapas que tenham
em seus programas a Comissão OAB Jovem.

B - Os advogados que compõem a comissão eleitoral poderão
integrar as chapas concorrentes, estando apenas o presidente da
comissão impedido de integrá-las.

C - Para integrar uma chapa, o advogado deverá exercer
efetivamente advocacia há mais de cinco anos, excluído o período de
estagiário.

D - São permitidas candidaturas isoladas ou que integrem mais de
uma chapa.



QUESTÃO 05. A punição disciplinar dos advogados compete
ao:

A - conselho seccional do estado onde o advogado tenha inscrição
principal ou onde tenha inscrição suplementar, indistintamente.

B - conselho seccional do estado onde o advogado tenha sua
inscrição principal.

C - conselho seccional do estado onde se tome, primeiramente,
conhecimento da infração.

D - conselho seccional do estado onde a infração for cometida, ainda
que não seja o local onde o advogado tenha a inscrição principal ou
suplementar, desde que a infração não seja praticada perante o
Conselho Federal.



QUESTÃO 06. Assinale a opção correta acerca do processo
disciplinar a que se sujeitam os advogados inscritos na OAB:

A - De acordo com o Estatuto da OAB, o processo disciplinar contra
advogado deve tramitar, de regra, com a publicidade devida a
qualquer feito.

B - É possível a revisão do processo disciplinar caso haja erro de
julgamento ou condenação baseada em falsa prova.

C - Apenas o Conselho Federal pode punir disciplinarmente o
advogado inscrito na OAB.

D - No processo disciplinar, a pena de suspensão só pode ser imposta
após decisão irrecorrível, não se mostrando lícita qualquer espécie de
suspensão preventiva.



QUESTÃO 07. Considerando o disposto no Estatuto da
Advocacia e da OAB e no Código de Ética e Disciplina da OAB,
assinale a opção correta:

A - De acordo com o Código de Ética, o advogado deve recusar-se a
depor como testemunha em processo no qual tenha atuado, salvo
quando autorizado pelo cliente.

B - Os prazos recursais no processo disciplinar seguem as disposições
do CPP.

C - Em nenhuma hipótese, o Código de Ética permite a participação
de advogado em bens particulares de clientes comprovadamente sem
condições pecuniárias.

D - A lei prevê, expressamente, o termo prescricional para a ação de
prestação de contas pelas quantias que o advogado recebe de seu
cliente ou de terceiros por conta deste.



QUESTÃO 08. Considere que Salvador, advogado regularmente
inscrito na OAB, tenha sido eleito deputado estadual e tomado
posse. Considere, ainda, que, durante o mandato parlamentar,
Salvador tenha sido constituído por Manoel e ingressado em
juízo com uma ação trabalhista contra a empresa privada XYZ.
Nessa situação, de acordo com o Estatuto da Advocacia e da
OAB, o ato processual praticado por Salvador é considerado:

A - nulo, visto que o advogado está no exercício de atividade
incompatível com a advocacia.

B - anulável, devendo o advogado ser punido pela OAB.

C - plenamente válido.

D - anulável, pois qualquer parlamentar está impedido de advogar.



QUESTÃO 09. Assinale a opção correta de acordo com o
Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB:

A - Considera-se efetivo exercício da atividade de advocacia a
participação anual mínima em cinco atos privativos da profissão de
advogado, em causas ou questões distintas.

B - Procurador de Estado está desobrigado de inscrever-se na OAB,
visto que sua capacidade postulatória já deriva da própria assunção
desse cargo público.

C - Os honorários de sucumbência a que o advogado empregado faça
jus, como regra, devem integrar o salário ou remuneração e, por
isso, devem ser considerados para efeitos trabalhistas ou
previdenciários.

D - As funções de diretoria e de gerência jurídicas em qualquer
empresa pública, privada ou paraestatal, inclusive em instituições
financeiras, são privativas de advogado, permitindo-se, entretanto,
seu exercício por quem não esteja inscrito regularmente na OAB.



QUESTÃO 10. Assinale a opção correta de acordo com o
Estatuto da Advocacia e da OAB:

A - Falecendo o advogado durante o curso de um processo, os
honorários de sucumbência serão integralmente recebidos pelo
profissional que o suceder na causa.

B - Na situação em que advogados se reúnam em sociedade civil,
devem as procurações ser outorgadas individualmente a cada
causídico, com a indicação da sociedade de que façam parte.

C - É proibido que a sociedade de advogados ostente, na razão social,
o nome de sócio falecido. Assim, em caso de falecimento de algum
sócio, deve-se, obrigatoriamente, providenciar a alteração do registro
da sociedade.

D - O sócio de sociedade de advogados que cause danos a clientes
deve responder por seu ato comissivo ou omissivo, sendo tal
responsabilidade pessoal, não havendo implicações para a pessoa
jurídica.



GABARITO:

(01) - D
(02) - A
(03) - B
(04) - C
(05) - D
(06) - B
(07) - D
(08) - C
(09) - A
(10) - B