Devido a concorrência entre as empresas, o papel do Analista de Sistemas está

sendo repassado para o Analista de Negócios, além de conhecer o sistema empregado
vem a conhecer o modelo de business e suas estratégias obtendo assim melhor resultado
as empresas.
O Analista de Sistemas que, como se sabe tinha a função de realizar as
exigências tecnológicas referentes aos softwares por ele criados. A preocupação com o
'negócio' ficava para os gestores do negócio, que na maioria das vezes, não possuíam o
conhecimento da Tecnologia da Informação.
Na década de 90, área de negócios era obrigação quase que exclusiva dos
gestores de negócio, profissionais sem nenhum conhecimento ou experiência em
Tecnologia da Informação. O analista de negócios veio unir o conhecimento e a
experiência entre as áreas de negócios e Tecnologia da Informação.
Essa união em uma única profissão é resultado da evolução das organizações
que sentiram a necessidade de se adaptarem a um mercado cada vez mais competitivo,
numa constante busca de equilíbrio com o macro ambiente socioeconômico.
Com a globalização, às concorrências e parcerias de mercado, principalmente no
fim do século XX, fez com que a presença deste profissional nas empresas se tornou
muito importante, numa necessidade de toda a empresa, de enxergar e produzir valores
por meio de análises e execuções em nível tecnológico e mercadológico.
Para gerir é necessário conhecer a empresa e o mercado no qual ela atua, para ter
novas ideias e gerar novos produtos é necessário produto e uma justificativa de projeto
realizável proveniente de pesquisas, análises e projeções. Todas essas etapas exigem
informação, organização das informações e análises.
A partir daí podemos entender a real demanda por esse profissional nas
empresas. O gestor de negócios precisa estar capacitado a atuar e saber interpretar sobre
as informações geradas pelo TI.

A diferença entre analista de sistemas e de negócios
O Analista de negócios é um intermediador entre organização e o mercado. É
responsável pela automação dos processos das organizações e pelo o uso estratégico das
informações. Analisa tendências e descobre novas oportunidades de negócios, promove
a análise das tendências, a criação de novos bens e serviços ou a recriação dos já
existentes, e está sempre preocupado em encontrar novos caminhos para a empresa.
Enquanto o Analista de Sistemas é voltado ao processamento e controle do fluxo de
informações em uma empresa. Ele planeja e orienta o processamento, o armazenamento
e a recuperação de informações, administra o banco de dados e a rede de computadores,
instala e cria programas, agiliza o processo de comunicação, criando e instalando
aplicativos. Na síntese, o Analista de Negócios e o Analista de Sistemas precisam está
em perfeito acordo para juntos acompanharem as novidades tecnológicas para poderem
avaliar o que é relevante ou não para a empresa e se poderá atender às necessidades de
toda corporação.

Áreas de conhecimento
- Planejamento e Monitoramento Da Análise De Negócios:
 Identificar atividades;
 Selecionar técnicas de análise;
 Definir as partes interessadas e;
 Avaliar o andamento do projeto.
 Levantar e detalhar requisitos.
- Gerenciamento e Comunicação de Requisitos:
 Comunicar resultados;
 Identificar e;
 Gerenciar mudanças.
- Análise Corporativa:
 Entender a necessidade e;
 Definir a solução.
- Análise de Requisitos e Validação da Solução:
 Analisar as necessidades;
 Assegurar uma solução.
O Analista de Negócios é um novo profissional emergente neste final do século
XX. Ele tem que aprender sobre o negócio do seu cliente para lhe fornecer a melhor
solução a ser contratada. Assim podemos concluir que a presença deste profissional na
corporação é de extrema importância, sendo necessária a constante atualização
profissional, no mercado de tão rápida evolução.






Bibliografia
Analista de negócios. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Analista_de_
neg%C3%B3cios Acesso em: 15 Mar. 2014.
Analista de negócios. Disponivel em: http://www.recriandoonline.com.br/
analistas/index.html Acesso em: 15 Mar. 2014.
Analista de Negócios é desejado pelo mercado de TI. Disponível em:
http://www.catho.com.br/jcs/inputer_view.phtml?id=4782#ixzz1N7koVHy3 Acesso
em: 15 Mar. 2014.
CHIYOSHI, Ricardo Kazuro. Cargos de TI: Analista de Negócios Júnior, Pleno
e Sênior – TI. ProfissionaisTI Pra quem respira Informação. Disponível em:
http://www.profissionaisti.com.br/2010/03/cargos-de-ti-analista-de-negocios-junior-
pleno-e-senior-ti/ Acesso em: 15 Mar. 2014.
Profissionais indispensáveis no time. Disponível em: http://www.anapolisnanet
.com.br/novoguia/article/detail.php?id=64 Acesso em: 15 Mar. 2014.
WAILGUM, Thomas. Analistas de negócio valem ouro. Disponível em: http://
cio.uol.com.br/gestao/2008/05/19/analistas-de-negocio-valem-ouro/ Acesso em: 15
Mar. 2014.