You are on page 1of 1

FOUCAULT, O PODER POLÍTICO E A ÉTICA

Anísia Gonçalves Dias Neta
1
Foucault dedicou grande parte de suas análises à analítica do poder, acreditando que assim, ele
teria a chance de entender a formaço do su!eito em nossa cultura ocidental, !á que compreende
os processos de construço do su!eito im"ricados por relaç#es de poder$ No entanto, no
pareceu viável fa%er o caminho !á percorrido por outros, como &ousseau ou 'ar(, por
e(emplo, pois, segundo Foucault, )os modos de pensar poder com "ase nos modelos
legais, isto *+ o que legitima o poder, -u ento, modos de pensar o poder de acordo
com uma instituiço, isto *+ o que * o .stado,/ no davam conta da análise que
pretendia$ 0ara Foucault, o poder * muito mais do que uma força e(terior que pode ser
cedida a outrem ou a uma instituiço1 nem mesmo uma que chegue para dominar uma
situaço ou indivíduos, e se materiali%a na figura de um grupo ou de uma instituiço$
.ra preciso estender, ampliar as dimens#es do conceito$ 2sso foi feito de forma
inovadora$ Assim, diante de um entendimento de poder que no * imposto por uma elite
ou governo, mas praticado nas micro3relaç#es, pretende3se analisar as implicaç#es dessa
concepço de poder para pro"lemati%ar e compreender as práticas de corrupço na
política$ A análise das relaç#es de poder demonstram mais do que a apar4ncia final do
poder1 demonstram as táticas, as t*cnicas, os engendramentos, as estrat*gias, os
mecanismos utili%ados no e(ercício do poder$ 5s ve%es, o )rosto/ do poder pode ter o
nome de uma instituiço ou de um grupo 6 que *, na realidade, a apar4ncia final das
relaç#es de poder no momento presente, dentro de algum conte(to$ No entanto, as
estrat*gias utili%adas no e(ercício do poder, essas sim, guardam o foco dos
tensionamentos de forças e revelam as relaç#es de poder$ Assim, mais do que entender
as verdades dos esc7ndalos políticos como aparecem para a opinio p8"lica, * viável, a
partir de Foucault, "uscar entender o acontecimento a partir dos m8ltiplos interesses e
estrat*gias utili%ados, como uma constante tenso de forças, que so intensificadas e
ampliadas com a apropriaço do sa"er pelo poder, produ%indo individualidades e
ditando condutas$ .ntendendo prática como uma questo *tica, que pode ter efeitos
políticos, Foucault a"re espaço para uma proposta de promover novas su"!etividades, a
partir do indivíduo, que se aplica tam"*m para o coletivo, so" a forma de práticas de
resist4ncia singulares, inovadoras, espont7neas e que se apresentem em constante
renovaço e avaliaço, ou se!a, práticas n9mades que no se fi(am a nenhum conceito
de resist4ncia, mas que se permitem a uma constante )investigaço antropofágica/$
Palavras-chave+ &elaç#es de poder1 esc7ndalos políticos1 *tica$
1
.speciali%anda em Filosofia :ontempor7nea pela ;niversidade .stadual de Feira de <antana 6 ;.F<$
0rofessora de Filosofia no 2nstituto Federal de .ducaço, :i4ncia e =ecnologia >aiano 6 2F>A2AN-$