You are on page 1of 7

DTA 021 FORNECEDORES PRESTADORES DE SERVIÇO REV.

33
DATA:30/04/2014
1/7
ANÁLISE
MICROBIOLÓGICA e
FÍSICO QUÍMICA (Água e
Alimentos)
Gerente da Unidade
• Alvará ou licença de funcionamento
• Contrato de Prestação de Serviço
• Indicar os valores máximos permitidos (Relatar o padrão de referência).
No caso dos produtos coletados no restaurante (alimentos), os resultados das análises microbiológicas deverão ser
comparadas a RESOLUÇÃO-RDC Nº 12, de 2 de janeiro de 2001, considerando:
• Resultado “satisfatório”: quando o resultado da análise for igual ou inferior ao padrão estabelecido.
• Resultado “insatisfatório – (discriminar qual; ex: coliformes fecais) - estabelecido”: quando o resultado for
superior ao padrão estabelecido.

• No caso de dietas enterais, os resultados das análises microbiológicas deverão ser comparados à Resolução RCD
12 de 02/01/01 de junho de 2000.
• No caso de análises microbiológicas solicitadas pelo Responsável por Aquisição, realizada em amostras de
produtos de fornecedores, os resultados deverão ser comparados às mesmas normas citadas nos itens anteriores e sua
interpretação conforme o estabelecido por esta referida legislação.
Análise de Potabilidade da água:
• Rede Pública: devem ser analisados os seguintes parâmetros com base na Portaria 2914 de 12/12/11:
- Microbiológico: Coliformes Totais, Escherichia Coli, Contagem Padrão em Placas
(Heterotróficos).Caso E.Coli resulte acima do limite realizar o art. 31, parágrafo 1,
conforme POP 02.01 - Controle de Patabilidade da Agua.
- Físico Químico: Cor, odor, amônia, cloretos, cloro livre, dureza, nitrato e nitrito, sólidos
totais, ferro e sódio.
•Capatção em manacial subterraneo ou superficial com posterior tratamento (solução alternativa de
abastecimento): os parâmetros a serem avaliados são aqueles definidos pelo cliente em conjunto com a Vigilância
Sanitária, com base na Portaria 2914 de 12/12/11, por meio do cadastro desta solução alternativa junto a este órgão.
Caso o cadastro da solução alternativa de abastecimento não esteja disponível, deve considerar os parâmetros da
rede pública.
A água mineral deve basear-se nos parâmetros da RDC 275, de 22/09/05.
ANÁLISE PARA
CONTROLE AMBIENTAL
Gerente da Unidade
• Cópia do registro no CRQ do técnico responsável pelas análises.
• Indicar a metodologia utilizada para realização das análises.
• Emitir relatório indicando os resultados encontrados.
• Indicar os valores máximos permitidos, quando aplicáveis (relatar o padrão
de referência)
• Indicar a incerteza dos métodos utilizados.
• O laboratório utlizado para análises de controle ambiental, a serem enviadas para órgãos ambientais, deverá ser
credenciado pelo INMETRO.
• O laboratório do estado do Rio de Janeiro, utilizado para análises de efluentes para envio a órgão ambiental do
estado, deverá possuir o Certificado de Capacitação do Laboratório (CCL).
ASSESSORIA DE
IMPRENSA
Área Comunicação
• CNPJ
• Contrato de prestação de serviços
Comentários e observações Responsável
Produto e/ou serviço
fornecido
Requisito de seleção
Elaboração
Estela Pulicci
Coordenadora HSEQ
Aprovação
Estela Pulicci
Coordenadora HSEQ
DTA 021 FORNECEDORES PRESTADORES DE SERVIÇO REV.33
DATA:30/04/2014
2/7
Comentários e observações Responsável
Produto e/ou serviço
fornecido
Requisito de seleção
AUDITORIA TÉCNICA NO
RESTAURANTE E
FORNECEDORES
Área de HSEQ
• Contrato de prestação de serviço.
• Deverá fornecer o check list que será utilizado durante a auditoria, para
aprovação prévia ou utilizar os check lists já desenvolvidos pela GRSA.
• A empresa prestadora do serviço deverá enviar o currículo do auditor ou
uma declaração, relatando a experiência dos auditores em auditorias técnicas
e/ou atividades desenvolvidas para a produção e fornecimento de refeições.
Deverá ter formação específica ou complementar em área relacionada com
alimentos e/ou experiências correlatas.
• Na auditoria do restaurante ou do fornecedor deverá ser feita a verificação das atividades desenvolvidas para a
produção e fornecimento de refeições ou produtos, envolvendo todo o ciclo produtivo.
• Os relatórios de auditoria em restaurantes deverão ser emitidos após o término da visita e entregue ao Gerente da
Unidade.Os relatórios de auditoria em fornecedores deverão ser enviados ao solicitante da Área de HSEQ
responsável por Gestão de Fornecedores.
AUDITORIA PARA ISO 9000
E 14000 e OHSAS 18000
Área de HSEQ
• A empresa prestadora do serviço deverá enviar uma declaração, relatando
os cursos realizados pelo auditor, vinculados a ASQC, RAB, IQA / IRCA ou
outro equivalente relacionado a uma entidade que atue nesta área, além da
evidência de qualificação em versão atualizada da norma aplicável.
• Independência em relação à GRSA (GQ, GMA e GSSO).
• A empresa deverá enviar notificação / agenda de auditoria, que deve conter os horários, áreas e itens normativos a
serem auditados.Após auditoria deverá emitir relatórios de não conformidades reais e potenciais, que deve
identificar a área, item normativo e responsável auditado.
CALIBRAÇÃO DE
BALANÇAS
Gerente da Unidade
• A empresa deverá calibrar balanças com padrões rastreáveis (informar
certificado de calibração dos pesos utilizados no serviço)
• Emitir certificado de calibração para a faixa de utilização da balança e
indicar a respectiva faixa de incerteza do equipamento.
CALIBRAÇÃO DE
TERMÔMETROS E
SENSORES
Gerente da Unidade
• A empresa deverá calibrar o conjunto (termômetros e sensores) com
padrões rastreáveis (informar o nome do fabricante e certificado de
calibração dos equipamentos utilizados no serviço).
• Emitir certificado de calibração do conjunto para a faixa de temperaturas de
-20°C; 0 ºC; +90 ºC e indicar a respectiva incerteza do equipamento.
CALIBRAÇÃO DO
HIDRÔMETRO
Gerente da Unidade
• A empresa deverá calibrar hidrômetros com padrões rastreáveis;
• Emitir certificado de calibração com a faixa de utiliização do equipamento
e indicar a respectiva faixa de incerteza que deverá estar entre 5 e 10%
(Critério de aceitação estabelecido).
COLETA SELETIVA DO
LIXO
Gerente da Unidade
• Cópia da Licença de Funcionamento concedida pelo organismo ambiental
local ou dispensa do coletor/transportador do resíduo;
• Cópia da Licença de Funcionamento concedida pelo organismo ambiental
local ou dispensa do receptor do resíduo;
• Carta declarando a utilização do produto coletado;
• Recibo de coleta e entrega do resíduos.
Para o Estado de São Paulo, a Licença de Operação para transporte de produto perigoso não é aplicável, conforme
Decreto 8468 (08/09/76).
DTA 021 FORNECEDORES PRESTADORES DE SERVIÇO REV.33
DATA:30/04/2014
3/7
Comentários e observações Responsável
Produto e/ou serviço
fornecido
Requisito de seleção
COLETOR DE ÓLEO
QUEIMADO
Gerente da Unidade
• Cópia da Licença de Funcionamento concedida pelo organismo ambiental
local ou dispensa do coletor/transportador do resíduo;
• Cópia da Licença de Funcionamento concedida pelo organismo ambiental
local ou dispensa do receptor do resíduo;
• Carta declarando a utilização do produto coletado;
• Recibo de coleta e entrega do resíduos.
Para o Estado de São Paulo, a Licença de Operação para transporte de produto perigoso não é aplicável, conforme
Decreto 8468 (08/09/76).
COLETA DE ÓLEO
LUBRIFICANTE
Área Solicitante
• Declaração contendo o destino final do óleo e das embalagens de óleo;
• Cópia da Licença de Funcionamento concedida pelo organismo ambiental
local ou dispensa do coletor/transportador do resíduo;
• Cópia da Licença de Funcionamento concedida pelo organismo ambiental
local ou dispensa do receptor do resíduo;
• Autorização da ANP para a atividade de coleta e de refino do óleo
lubrificante;
• Contrato de prestação de serviço;
• Recibo de coleta, entrega e refino dos resíduos.
Para o Estado de São Paulo, a Licença de Operação para transporte de produto perigoso não é aplicável, conforme
Decreto 8468 (08/09/76).
CONSULTORIA EM
INFORMÁTICA
Área Solicitante
• Contrato de Prestação de Serviços que descreva os parâmetros de qualidade
no atendimento e desempenho operacional: nível de serviços, horário de
atendimento e serviços prestados.
• CNPJ
• Emissão mensal de relatórios com índices de atendimento.
Alguns documentos não sofrem atualização, como por exemplo, o CNPJ que é solicitado somente no início do
processo e não são atualizados.
CONSULTORIA PARA
IDENTIFICAÇÃO E
ATUALIZAÇÃO DE
LEGISLAÇÕES
APLICÁVEIS
Área de HSEQ
• Experiência da empresa na matéria em questão
• Contrato específico com a empresa ou carta de intenções
• N. º do registro apropriado do profissional responsável.
CONSULTORIA PARA ISO
9000, 14000 e OHSAS 18000
Área de HSEQ
• Proposta / Contrato de prestação de serviço.
• Emitir relatórios.
A empresa contratada deverá dar diretrizes para confecção e implantação de procedimentos / documentos e orientar
quanto assuntos técnicos pertinentes.
CONSULTORIAS PARA
SEGURANÇA
OCUPACIONAL
Área de HSEQ
• Qualificação dos profissionais (registro profissional junto ao órgão
profissional – MTb, CREA, CRM)
• Contrato de serviço
DESRATIZAÇÃO E
DESINSETIZAÇÃO
Gerente da Unidade
• Enviar ficha técnica dos produtos utilizados
• Indicar os métodos utilizados
• Emitir relatório com mapeamento e monitoração das iscas.
• Emitir certificado do serviço realizado constando à validade do serviço.
• Cópia do ASO´s atualizados.
• Informar as recomendações quanto aos cuidados que devem ser tomados.
• O fornecedor deverá trabalhar com equipamentos específicos para execução do serviço e com EPI´s adequados e
respectiva indicação do número do CA (Certificado de Aprovação).
• Para prestadores de serviço do estado do Rio de Janeiro, é restrita a aplicação do produto Endosulfan (inseticida).
DTA 021 FORNECEDORES PRESTADORES DE SERVIÇO REV.33
DATA:30/04/2014
4/7
Comentários e observações Responsável
Produto e/ou serviço
fornecido
Requisito de seleção
EVENTOS COM
ALIMENTOS
Gerente da Unidade
• CNPJ
• Cópia de ASO´s atualizados.
• Documento Informativo preenchido DTA023
• Check List de verificação DTA022
LAVANDERIA Gerente da Unidade
• CNPJ
• Procedimentos de Limpeza
• Listagem dos produtos utilizados (produtos de acordo com a ANVISA)
• Enviar ficha técnica dos produtos utilizados
• Enviar ficha de segurança dos produtos utilizados
LIMPEZA DO
RESTAURANTE
Gerente da Unidade
• Procedimentos de Limpeza
• Listagem dos produtos utilizados (produtos de acordo com a ANVISA)
• Enviar ficha técnica dos produtos utilizados
• Enviar ficha de segurança dos produtos utilizados
• Cópia dos ASO´s atualizados.
O fornecedor deverá trabalhar com equipamentos específicos para execução do serviço e com EPI´s adequados e
respectiva indicação do número do CA (Certificado de Aprovação).
LIMPEZA DA CAIXA
D’ÁGUA
Gerente da Unidade
• Deverá apresentar metodologia utilizada para limpeza da caixa d’água,
estando esta sujeita a avaliação da Gerência da Qualidade;
• Verificar a eficácia da limpeza através de análise microbiológica realizada
pelo restaurante conforme descrito no POP02.01.
• Cópia dos ASO´s atualizados.
• DSS014 (Permissão para Trabalhos - PT) devidamente preenchido e
assinado: campo de Trabalho em Altura e Substâncias Perigosas ou
conforme necessidade e assinar.
O fornecedor deverá trabalhar com equipamentos específicos para execução do serviço e com EPI´s adequados e
respectiva indicação do número do CA (Certificado de Aprovação).
LIMPEZA DE FACHADA Área Solicitante
• Cópia dos ASO´s atualizados.
• DSS014 (Permissão para Trabalhos - PT) devidamente preenchido e
assinado: campo de Trabalho em Altura e Substâncias Perigosas ou
conforme necessidade e assinar.
Exame específico para atividade em altura
O fornecedor deverá trabalhar com equipamentos específicos para execução do serviço em altura (cadeira suspensa
ou andaimes) e com EPI´s adequados com a respectiva indicação do número do CA (Certificado de Aprovação).
LIMPEZA DA CAIXA DE
GORDURA E FOSSA,
TRANSPORTE E
DISPOSIÇÃO DO RESÍDUO
Gerente da Unidade
• Cópia da Licença de funcionamento concedida pelo organismo ambiental
local ou dispensa do coletor do resíduo retirado;
• Cópia da Licença de funcionamento concedida pelo organismo ambiental
local ou dispensa do receptor do resíduo retirado;
• Cópia da Autorização ou da dispensa do organismo ambiental local para o
transporte dos resíduos, de acordo com legislação local;
• Carta declarando a utilização do produto coletado;
• Indicar a empresa coletora e transportadora do material (se necessário)
O fornecedor deverá trabalhar com EPI´s adequados e que possuem CA (Certificado de Aprovação).
DTA 021 FORNECEDORES PRESTADORES DE SERVIÇO REV.33
DATA:30/04/2014
5/7
Comentários e observações Responsável
Produto e/ou serviço
fornecido
Requisito de seleção
LIMPEZA DA TUBULACAO
DA COIFA
Gerente da Unidade
• Cópia dos ASO´s atualizados.
• Quando aplicável, preencher o DSS014 (Permissão para Trabalhos - PT),
campo Espaços Confinados ou onforme necessidade e assinar;
• Cópia da Licença de funcionamento concedida pelo organismo ambiental
local ou dispensa do coletor do resíduo retirado;
• Cópia da Licença de funcionamento concedida pelo organismo ambiental
local ou dispensa do receptor do resíduo retirado;
• Carta declarando a utilização do produto coletado;
• Cópia da Autorização ou da dispensa do organismo ambiental local para o
transporte dos resíduos, de acordo com legislação local;
• Emissão do relatório do serviço prestado
O fornecedor deverá trabalhar com EPI´s(com CA) indicados para serviços em espaços confinados.
LOCAÇÃO DE VEÍCULOS Gerente da Unidade
• CNPJ
• Contrato de Prestação de Serviço
• Laudo de Manutenção Preventiva (veículos movidos a diesel)
• Laudo de verificação da fumaça preta (veículos movidos a diesel)
Para o estado do RJ, os veículos de transporte coletivo deverão possuir o Selo de Vistoria afixado no interior do pára-
brisa dianteiro, no lado do motorista, com sua face voltada para o exterior do veículo.
MANUTENÇÃO DOS
EQUIPAMENTOS
Área Solicitante
• Contrato de Serviço (quando não se tratar do próprio fabricante ou seu
representante).
• Relatório de execução do serviço.
• Cópia dos ASO´s atualizados.
• DSS014 (Permissão para Trabalhos - PT) devidamente preenchido e
assinado: campos de Bloqueio e Manutenção Geral de Equipamentos,
Manutenção em Eletricidade e Trabalho a Quente ou conforme necessidade e
assinar.
• Em se tratando de equipamentos dentro do prazo de garantia ou em comodato, o serviço somente poderá ser
realizado pelo próprio fabricante ou pelo fornecedor do equipamento.
• O fornecedor deverá trabalhar com EPI´s adequados e que possuem CA (Certificado de Aprovação);
• O fornecedor deverá utilizar lubrificantes e graxas atóxicas
• Os profissionais da área eletrica devem ter o curso específico de segurança em instalações e serviços com
eletricidade com certificado conforme NR 10 , com carga horária de 40 hs para novo colaborador e com carga
horária de 16 hs para reciclagem , sendo o certificado com validade de 2 anos.
Contratação de empresas para realização de manutenção de Ar Condicionado conforme PMOC (Portaria MS 3.523
de 28/08/1998) deve prever a utilização do anexo I desta referida Portaria e NBR 13.971/97.
MANUTENÇÃO DOS
EQUIPAMENTOS - CFC
Área Solicitante
Cadastro técnico federal junto ao IBAMA;
Utilização de recipientes apropriados para coleta do gás CFC (que não seja
descartável).
• No caso de equipamentos de refrigeração, que ainda utilizem CFC, armazená-los em recipientes próprios, caso
seja necessário, durante as manutenções. Utilizá-lo novamente ao finalizar a manutenção.
MANUTENCAO E
RECARGA DE
EXTINTORES E
MANUTENÇÃO DE
MANGUEIRAS
Gerente da Unidade
• Certificado de Capacitação Técnica
• Indicar a utilização do extintor
• Indicar a validade do serviço realizado
• Indicar a validade do extintor (selo do Inmetro)
• Emitir relatório dos serviços realizados
Na manutenção períodica, caso haja a retirada do equipamento, o mesmo deverá ser substituído.
DTA 021 FORNECEDORES PRESTADORES DE SERVIÇO REV.33
DATA:30/04/2014
6/7
Comentários e observações Responsável
Produto e/ou serviço
fornecido
Requisito de seleção
MANUTENÇÕES E
REFORMAS DE
INSTALAÇÕES
Gerente da Unidade
• Contrato de prestação de serviço
• Relatório da manutenção ou reforma realizada
• Cópia dos ASO´s atualizados.
• Cópia do PPRA ou PCMAT, PCMSO atualizados, quando o fornecedor for
residente.
• DSS014 (Permissão para Trabalhos - PT) devidamente preenchido e
assinado: campos de Bloqueio e Manutenção Geral de Equipamentos,
Trabalho em Altura, Manutenção em Eletricidade e Trabalho a Quente(se
houver necessidade de solda).
Nas manutenções e/ou reformas de instalações, deve-se considerar o levantamento de aspectos e impactos
ambientais e identificação de perigos e riscos. A partir desta análise, o restaurante deve considerar a melhor opção
para tais atividades, orientando-se pelas seguintes diretrizes, quando aplicáveis:
• O fornecedor deverá trabalhar com EPI´s adequados e que possuem CA (Certificado de Aprovação);
• Disposição final dos entulhos e sobras de material de construção;
• Conscientização dos prestadores de serviços quanto a procedimentos e outras diretrizes aplicáveis ao GMA e
GSSO;
• Utilização de materiais em conformidade com eventuais leis, regulamentos ou normas aplicáveis relacionadas ao
GMA e/ou GSSO;
• Obedecer ao horário de trabalho quanto à emissão de sons e ruídos (poluição sonora);
• Observar regras para emissão de efluentes líquidos para a rede de esgotos
• Obedecer as orientações e controles operacionais para SSO definidos na unidade e no respectivo cliente.
MANUTENÇÃO DE
VEÍCULOS
Gerente da Unidade
• CNPJ
• Contrato de Prestação de Serviço
• Laudo de Manutenção Preventiva (veículos movidos a diesel)
• Laudo de verificação da fumaça preta (veículos movidos a diesel)
MOTO-FRETE Área Solicitante
• Termo de credenciamento e /ou licença junto ao órgão municipal
(Secretaria de Meio de Transporte ou Prefeitura);
• Documentação do veículo;
• Utilização de equipamentos de proteção individual do condutor: capacete e
colete com o selo ou certificado de identificação de conformidade do
INMETRO;
• Laudo de vistoria do veículo (somente município de São Paulo).
• Para empresas localizadas no RS, é necessária a Autorização de Circulação de Motofrete, contendo os dados de
identificação do veículo.
TABULAÇÃO DE
PESQUISAS
Área de HSEQ
• CNPJ
• Contrato de prestação de serviços
• Descritivo dos métodos utilizados
TRANSPORTE E
COMERCIALIZAÇÃO DE
ÁGUA POTÁVEL ATRAVÉS
DE CAMINHÕES-PIPA
Gerente da Unidade
• Cadastro junto à autoridade sanitária competente, conforme legislação local
• Certificado de vistoria expedido pela autoridade sanitária competente,
conforme legislação local
• Análises laboratoriais da potabilidade da água (vide requisitos para
"ANÁLISE MICROBIOLÓGICA e FÍSICO QUÍMICA (Água e Alimentos)"
nesta planilha.
• Análise de Cloro Residual a cada carga (limite mínimo de cloro residual
livre de 0,5 mg/L)
• Para o Estado da Paraíba, estes forneceodres devem estar cadastrados junto à Secretaria de Recursos Hídricos do
Estado ou órgão por ela designado.
• Comprovar a origem e destino final da água transportada.
• O veículo utilizado para o fornecimento de água, deverá conter, de forma visível, a inscrição "ÁGUA POTÁVEL"
e os dados de endereço e telefone para contato
DTA 021 FORNECEDORES PRESTADORES DE SERVIÇO REV.33
DATA:30/04/2014
7/7
Comentários e observações Responsável
Produto e/ou serviço
fornecido
Requisito de seleção
TRANSPORTE DE
PRODUTO PERIGOSO
(GLP) ADQUIRIDO PELA
GRSA
Gerente da Unidade
Contrato
Declaração e Compromisso de Conformidade legal (Suprimentos
Corporativo)
Lista de verificação do transporte de produto perigoso para todas as entregas
TREINAMENTO / CURSOS Área Solicitante
• A empresa prestadora do serviço deverá enviar evidência da formação do
palestrante.
• Fornecer certificados de conclusão dos cursos aos participantes.
Deverão ser enviados o conteúdo e programação do treinamento / curso solicitado, para prévia avaliação da área
solicitante, onde deverá constar carga horária, população a quem se destina, etc.
Aprovação
Estela Pulicci - Responsável Aquisição
Elaboração
Estela Pulicci - Responsável Aquisição