You are on page 1of 7

1

PROFESSOR
WILSON SALVALAGIO
Graduado em Ciências Econômicas e 
Pós‐graduado em Economia Empresarial
ECONOMIA
Aula 1
Introdução à economia 
e macroeconomia
OBJETIVO DA ECONOMIA
Formular propostas a fim de resolver ou minimizar 
os problemas econômicos;
Atender as necessidades humanas;
Promover o bem estar 
de cada um.
FATORES DE PRODUÇÃO
Capital;
Terra (recursos naturais);
Trabalho (mão‐de‐obra).
DIVISÃO DA ECONOMIA
Microeconomia.
Macroeconomia.
2
ESTUDO DA MACROECONOMIA
Objetivos de política econômica:
Crescimento da produção e do emprego;
Controle da inflação;
Equilíbrio nas contas externas;
Melhor distribuição da renda gerada 
no país.
CRESCIMENTO DA                         
PRODUÇÃO E DO EMPREGO
Expansão da produção do país;
Aumento da Produção Geração de Emprego;
Mais emprego = mais renda = mais consumo.
VARIAÇÃO DO PIB DO BRASIL
VÍDEO
“Cotidiano – A volta da Inflação”
INFLAÇÃO
Reduz o poder de compra;
Provoca má distribuição de renda;
Inibe planejamento de longo prazo.
Redução de recursos para investimentos;
3
INFLAÇÃO
Deflação queda nos preços.
Hiperinflação aumento exacerbado
nos preços.
CONCEITOS RELATIVOS 
À INFLAÇÃO
INFLAÇÃO NO BRASIL
NOS ÚLTIMOS 30 ANOS
‐10
0
10
20
30
40
50
60
70
80
90
1
9
8
4
/
0
1
1
9
8
5
/
0
6
1
9
8
6
/
1
2
1
9
8
8
/
0
6
1
9
8
9
/
1
2
1
9
9
0
/
1
2
1
9
9
2
/
0
6
1
9
9
3
/
1
2
1
9
9
5
/
0
6
1
9
9
6
/
1
2
1
9
9
8
/
0
6
1
9
9
9
/
1
2
2
0
0
1
/
0
6
2
0
0
2
/
1
2
2
0
0
4
/
0
6
2
0
0
5
/
1
2
2
0
0
7
/
0
6
2
0
0
8
/
1
2
2
0
1
0
/
0
6
2
0
1
1
/
1
2
2
0
1
3
/
0
3
2
0
1
3
/
1
2
PERGUNTAS
EQUILÍBRIO NAS                            
CONTAS EXTERNAS
Balanço de pagamentos: 
– Déficit   Reduz  nível de reservas cambiais;
4
EQUILÍBRIO NAS                            
CONTAS EXTERNAS
COMPOSIÇÃO DO BALANÇO DE PAGAMENTOS
1) BALANÇA COMERCIAL
– Exportações;
– Importações.
2) BALANÇA DE SERVIÇOS
– Juros;
– Lucros e dividendos;
– Viagens internacionais (turismo);
– Outros serviços.
3) TRANSFERÊNCIAS UNILATERAIS
– Entradas e saídas
4) BALANÇA DE TRANSAÇÕES CORRENTES
(1) + (2) + (3)
5) BALANÇA DE CAPITAIS
– Investimentos;
– Empréstimos e amortizações.
6) ERROS E OMISSÕES
– Conta de ajustes.
7) SUPERÁVIT OU DÉFICIT
– Saldo.
SALDOS BALANÇO 
DE PAGAMENTOS
2013: US$ (5,9) bilhões
2012: US$ 18,9 bilhões
2011: US$ 58,6 bilhões
2010: US$ 49,1 bilhões
5
DISTRIBUIÇÃO DA RENDA
Oportunidade de renda a todos;
Melhoria da qualidade de vida;
Maior circulação de recursos.
INSTRUMENTOS DE                                 
POLÍTICA ECONÔMICA
Política fiscal;
Política monetária;
Política cambial e de comércio exterior;
Política de rendas.
INSTRUMENTOS DE                                
POLÍTICA ECONÔMICA
Política Tributária
Política de
Gastos Públicos
Política Fiscal
POLÍTICA TRIBUTÁRIA
Ação do governo sobre Impostos;
Transferência de recursos do Setor 
Privado para o Setor Público.
CARGA TRIBUTÁRIA – BRICS 2013
BRASIL = 36,4 % 
RÚSSIA = 23 %
INDIA = 13 %
CHINA = 20 %
ÁFRICA DO SUL = 18 %
POLÍTICA DE GASTOS PÚBLICOS
Expansionista 

Contracionista
Gastos Correntes
Investimentos
6
DÍVIDA
SETOR PÚBLICO X PIB
0
10
20
30
40
50
60
PERGUNTAS
POLÍTICA MONETÁRIA
Política de juros;
Meios circulantes;
Política de crédito.
JUROS SELIC – TAXA ANUAL
POLÍTICA CAMBIAL E DE
COMÉRCIO EXTERIOR
Cambial:
– Ação do Governo sobre o mercado de divisas;
– Estabelecer sistemas de fixação do Dólar: Taxas 
fixas, Taxas Flutuantes, Sistema de Bandas;
– Comprar e vender 
moeda estrangeira. 
7
POLÍTICA CAMBIAL E DE
COMÉRCIO EXTERIOR
Comércio exterior:
– Ação do Governo sobre as exportações
e importações;
– Estímulos à exportação; 
– Restrição ou estímulo
à importação.
POLÍTICA DE RENDAS
Via preço planos econômicos;
Via políticas salariais salário mínimo, períodos 
de reajuste;
Via assistência Programas governamentais
PERGUNTAS
VÍDEO
“Monstrinhos da Crise”
© 2014 – Todos os direitos reservados. Uso exclusivo 
no Sistema de Ensino Presencial Conectado.