You are on page 1of 136

Guia de Referencia

InteliLite
NT

InteliLite NT

AMF
Controlador Modular para Grupo Gerador
Controlador Compacto para Grupos Geradores em Stand-By
(IL-NT AMF20/25)
SW versão 2.1, J aneiro 2013

Copyright ©2012 ComAp s.r.o.
Written by Petr Novák
Prague, Czech Republic
Translated by Fabio Barão Almeida da Silva,
Servintel International Ltda.

ComAp, spol. s r.o.
Kundratka 2359/17, 180 00 Praha 8, Czech Republic
Tel: +420 246 012 111, Fax: +420 2 66316647
E-mail: info@comap.cz, www.comap.cz



Indice
Indice ....................................................................................................................................................... 2
Orientações Gerais .................................................................................................................................. 5
O que está no manual? ....................................................................................................................... 5
!! Avisos !! ............................................................................................................................................ 5
Símbolos ............................................................................................................................................. 5
Texto ................................................................................................................................................... 6
Tensão perigosa ................................................................................................................................. 6
Ajuste de parâmetros .......................................................................................................................... 6
Descrição Geral ....................................................................................................................................... 7
Descrição do sistema do controlador (com todas opções) ................................................................. 7
O IL-NT AMF25 e seus acessórios ..................................................................................................... 7
IL-NT RS232 – Placa de comunicação RS232 ................................................................................... 7
IL-NT-RS232-485 – Placa de comunicação RS232 e RS485 .......................................................... 11
IL-NT-S-USB – Placa de comunicação USB .................................................................................... 12
IB-Lite – Placa de comunicação Internet/Ethernet............................................................................ 13
IL-NT-GPRS – Placa de comunicação GPRS/GSM ......................................................................... 14
IL-NT AOUT8 – Placa de extensão de saídas analógicas ............................................................... 15
IL-NT BIO8 – Placa de extensão de I/O ........................................................................................... 16
IC-NT CT-BIO7.................................................................................................................................. 17
IL-NT RD – Software para display remoto ........................................................................................ 18
IGL-RA15 – Anunciador Remoto ...................................................................................................... 18
IG IOM/PTM module ......................................................................................................................... 19
IG-IB – módulo de comunicação via Internet .................................................................................... 20
Terminais do IL-NT ................................................................................................................................ 21
Terminais e face do IL-NT ................................................................................................................. 21
Instalação .............................................................................................................................................. 22
Montagem ......................................................................................................................................... 22
Ligação Recomendada .......................................................................................................................... 23
AMF – Diagrama de ligação .............................................................................................................. 23
Aplicações de stand-by ......................................................................................................................... 24
Contatores (parâmetro MCB Logic =“CLOSE-OFF”) ...................................................................... 24
ATS de duas posições (parâmetro MCB Logic =“CLOSE-ON”) ...................................................... 24
ATS com três posições (parâmetro MCB Logic =“CLOSE-OFF”) ................................................... 25
Aplicação Dual AMF .......................................................................................................................... 25
Colocando em Funcionamento ............................................................................................................. 28
Como instalar .................................................................................................................................... 28
Medição de corrente ......................................................................................................................... 32
Medição de fuga a terra (módulo) ..................................................................................................... 34
Medição de tensão e tipos de conexão do gerador .......................................................................... 35
Entradas analógicas .......................................................................................................................... 37
Entradas e saídas binárias ................................................................................................................ 43
Conexão CAN/RS485 recomendada ................................................................................................ 44
Conexão de módulos de extensão (CAN bus) .................................................................................. 46
Entradas e saídas .................................................................................................................................. 47
Entradas binárias IL-NT - padrão ..................................................................................................... 47
Entradas binárias – lista .................................................................................................................... 47
Saídas binárias IL-NT - padrão ........................................................................................................ 51
Saídas binárias - lista ........................................................................................................................ 51
Entradas analógicas .......................................................................................................................... 61
Saídas analógicas ............................................................................................................................. 62
Parâmetros ............................................................................................................................................ 63
Password ........................................................................................................................................... 63
Basic Settings.................................................................................................................................... 63
Comms Settings ................................................................................................................................ 67
Engine Params .................................................................................................................................. 70
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 2
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Engine Protect ................................................................................................................................... 74
Gener Protect .................................................................................................................................... 76
AMF Settings ..................................................................................................................................... 78
*Extension I/O ................................................................................................................................... 82
Date/Time .......................................................................................................................................... 82
Sensors Spec .................................................................................................................................... 84
SMS/E-Mail ....................................................................................................................................... 84
Alternate Cfg ..................................................................................................................................... 85
*EarthFaultProt .................................................................................................................................. 87
*ECU-suporte para motores eletrônicos ................................................................................................ 88
Identificação da ECU configurada .................................................................................................... 89
Valores lidos da ECU ........................................................................................................................ 89
Mensagens de diagnóstico da ECU .................................................................................................. 90
Entradas analógicas .......................................................................................................................... 90
Descrição da conexão ....................................................................................................................... 91
Especificação do sensor ........................................................................................................................ 94
Contexto da calibração do sensor..................................................................................................... 94
Curvas padrões ................................................................................................................................. 94
Descrição de funcionamento ................................................................................................................. 95
Modo OFF ......................................................................................................................................... 95
Modo MAN ........................................................................................................................................ 95
AUT Mode ......................................................................................................................................... 97
Modo TEST ....................................................................................................................................... 98
Tempo dos disjuntores ...................................................................................................................... 98
Gerenciamento de alarmes ................................................................................................................. 101
Falha do sensor (FLS) ................................................................................................................... 101
Warning (WRN) ............................................................................................................................... 101
Abre disjuntor e resfriamento (BOC) ............................................................................................... 101
Shut down (SD) ............................................................................................................................... 102
Falha da rede (MF) ......................................................................................................................... 102
Detecção de sequencia de fase ...................................................................................................... 102
Estados de operação do gerador ........................................................................................................ 104
Lista de possíveis eventos .............................................................................................................. 106
Arquivo do histórico ......................................................................................................................... 108
Telas iniciais ........................................................................................................................................ 110
Tela de logo do cliente .................................................................................................................... 110
Tela do firmware ............................................................................................................................. 110
Tela de linguagem ........................................................................................................................... 110
Tela de interface do usuário ............................................................................................................ 110
Controle remoto e registro de dados ................................................................................................... 111
Conexão direta ao PC ..................................................................................................................... 111
Software LiteEdit ............................................................................................................................. 112
Protocolo Modbus ........................................................................................................................... 112
Comunicação remota .......................................................................................................................... 119
Conexão via Internet ....................................................................................................................... 119
Conexão SNMP .............................................................................................................................. 119
Modem ISDN recomendado ............................................................................................................ 119
Modem GSM recomendado ............................................................................................................ 119
Configuração do cartão SIM ........................................................................................................... 120
Guia rápido de como usar a placa IL-NT-GPRS ............................................................................. 120
IL-NT-RD - Software de display remoto .............................................................................................. 123
Descrição geral ............................................................................................................................... 123
Aviso ! .............................................................................................................................................. 123
Instalação do software do IL-NT-RD ............................................................................................... 123
Ligação do IL-NT-RD ...................................................................................................................... 124
Descrição de funcionamento ........................................................................................................... 127
Compatibilidade de SW ................................................................................................................... 127
Manutenção ......................................................................................................................................... 128
Troca da bateria interna .................................................................................................................. 128
Dados técnicos .................................................................................................................................... 130
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 3
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Visõ geral de entradas e saídas ..................................................................................................... 130
Proteções do gerador ...................................................................................................................... 130
Suporte à linguagens ...................................................................................................................... 131
Alimentação..................................................................................................................................... 131
Condições de operação .................................................................................................................. 131
#
Modificação para baixa temperatura ............................................................................................. 131
Dimensões e peso .......................................................................................................................... 132
Gerador e rede ................................................................................................................................ 132
Entradas e saídas binárias .............................................................................................................. 132
Entradas analógicas ........................................................................................................................ 133
Entrada do pick-up de velocidade ................................................................................................... 133
Função D+....................................................................................................................................... 133
Interface CAN bus ........................................................................................................................... 133
Interface IL-NT RS232 (placa opcional) .......................................................................................... 134
Interface IL-NT RS232-485 (placa opcional) .................................................................................. 134
Interface IL-NT S-USB (placa opcional) .......................................................................................... 134
Interface IL-NT AOUT8 (placa opcional) ......................................................................................... 134
Interface IC-NT CT-BIO7 (placa opcional) ...................................................................................... 135
Interface IL-NT BIO8 (placa opcional) ............................................................................................ 135
IGS-PTM ......................................................................................................................................... 136
IGL-RA15 ........................................................................................................................................ 136
IG-IB ................................................................................................................................................ 136

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 4
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Orientações Gerais
O que está no manual?


INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA
LEMBRE-SE DESSAS INSTRUÇÕES - Este manual contém importantes instruções sobre
os controladores da família IL-NT que devem ser seguidas durante a instalação e manutenção dos
controladores InteliLite NT.
O uso desse manual é voltado para montadores de painel para grupos geradores e todos os
envolvidos na instalação, operação e manutenção do grupo gerador.

Este manual descreve o software “AMF 20/25“, que é utilizado para aplicação de geradores singelos
em stand-by.
O que este manual mostra?
Este manual fornece informações gerais sobre como instalar e operar o controlador InteliLite-NT
AMF20/25.
Este manual é dedicado para:
Operadores de grupos geradores
Montadores de painéis de grupos geradores
Todos os envolvidos com a instalação, operação e manutenção dos grupos geradores
!! Avisos !!
Controle Remoto
O controlador InteliLite pode ser controlado remotamente. Em caso de trabalho no gerador, certifique-
se que ninguém pode partir remotamente o motor.
Para segurança:
Desconecte o controle remote via RS232;
Desconecte a entrada REM START/STOP;
Ou
Desconecte as saídas STARTER, GCB CLOSE/OPEN e MCB CLOSE/OPEN

Por causa da larga variedade de parâmetros do InteliLite
NT
, não é possível descrever qualquer
combinação. Algumas funções do InteliLite estão sujeitas à mudanças dependendo da versão SW.
Os dados nesse manual somente descrevem o produto e não é garantia de desempenho ou
característica.
Compatibilidade entre versões de SW e HW do controlador InteliLite
O IL-NT SW versão 1.2.1 e anteriores não é compatível com o IL-NT HW versão 1.3 e mais novos!!!
Software IL-NT 1.3 é compatível com hardware IL-NT versão 1.3 e anteriores.
Símbolos
Símbolos usados nesse manual:





Símbolo de
ponto de
aterramento





Símbolo de
tensão CA





Símbolo de
tensão CC
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 5
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Texto

PAGE (letras maiúsculas em um quadro) botões do painel frontal
Break Return (Itálico) parâmetros
Generator protections (Negrito) grupo de parâmetros
REMOTE START/STOP (Letras maiúsculas) entradas e saídas binárias
*Something (Símbolo * antes do texto) válido somente para IL-NT AMF 25

Nota:
ComAp acredita que todas as informações contidas neste documento são corretas e confiáveis e
reserva-se ao direito de atualização a qualquer momento. A ComAp não assume qualquer
responsabilidade pela sua utilização, salvo se expressamente empreendidas.

Nota:
SW e HW devem ser compatíveis (IL-NT-AMF25 firmware e IL-NT AMF25 HW) caso contrário a
função será desabilitada. Se o software errado for carregado, a mensagem HARDWARE
INCOMPATIBLE aparecerá na tela do controlador. Nesse caso baixe o software correto e faça o boot
do controlador de acordo com as instruções do LiteEdit ou do vídeo “Boot Jumper Programming“
em http://www.comap.cz/support/training/training-videos/.

AVISO – MUITO IMPORTANTE !!!

Cada vez que você desconectar os seguintes terminais do controlador
InteliLite
NT
:

• Medição de tensão da rede e / ou
• Saída binária para controle do MCB e / ou
• MCB Feedback

Passe o InteliLite para modo MAN ou OFF ou desconecte as saídas binárias Starter
e Fuel para evitar partida automática inesperada do grupo gerador e fechamento do
GCB.




!!! CUIDADO !!!
Tensão perigosa
No caso de toque nos terminais de medição de tensão e corrente!
Sempre conecte terminais de aterramento!
Em qualquer caso não desconecte os terminais de TC do InteliLite
NT
!
Ajuste de parâmetros
Todos os parâmetros são pré-ajustados em valores típicos. Mas os parâmetros no grupo “Basic
settings” !!devem!! ser ajustados antes do primeiro start-up do gerador.
!!! O AJUSTE INCORRETO DE PARÂMETROS BÁSICOS
PODE DANIFICAR O GRUPO GERADOR !!!

As seguintes instruções são somente para pessoas qualificadas. Para evitar danos
pessoai s não real ize nenhuma ação não especifi cada nesse manual !!!
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 6
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Descrição Geral
Descrição do sistema do controlador (com todas opções)

O InteliLite
NT
AMF20/25 é um controlador completo para geradores singelos operando em stand-by.
IL-NT AMF25 apresenta suporte à motores eletrônicos e módulos de extensão.
Os controladores InteliLite
NT
são equipados com um poderoso display gráfico mostrando ícones,
símbolos e gráficos de barra para operação intuitiva, que junto com a alta funcionalidade estabelece
novos padrões em controles para grupos-geradores.
O InteliLite
NT
automaticamente realiza a partida do grupo gerador, fecha o GCB quando todas as
condições estiverem OK, então pára o motor por sinal externo ou pressionando os botões da IHM.
O InteliLite
NT
fornece suporte à motores à gás sem ventilação.
A principal característica do InteliLite
NT
é a sua fácil operação e instalação. Configurações pré-
definidas para aplicações típicas estão disponíveis assim como configuração definidas pelo usuário
para aplicações especiais.
O IL-NT AMF25 e seus acessórios

Acessórios Descrição Opcional / Obrigatório
IL-NT AMF Unidade central InteliLite
NT
Obrigatório
IL-NT-RS232 Placa de comunicação RS232 Opcional para AMF20/25
IL-NT-RS232-485 Placa de comunicação RS232 e RS485 Opcional para AMF20/25
IL-NT-S-USB Placa de comunicação USB Opcional para AMF20/25
IB-Lite Placa de comunicação Internet/Ethernet Opcional para AMF20/25
IL-NT-GPRS Placa de comunicação GSM/GPRS Opcional para AMF20/25
IL-NT-AOUT8 Placa de extensão de saídas analógicas Opcional para AMF20/25
IL-NT-BIO8 Placa de extensão de I/O Opcional para AMF20/25
IC-NT-CT-BIO7 Placa de I/O configurável com medição
de corrente de fuga a terra.
Opcional para AMF20/25
**IL-NT RD Software para display remoto Opcional para AMF20/25
IGL-RA15 Anunciador remoto Opcional para AMF25
IG-IOM/PTM Módulo de extensão de I/O Opcional para AMF25
IG-IB Módulo de comunicação via Internet Opcional para AMF20/25
AT-LINK-CONV Interface para programação via RS232 Opcional para AMF20/25
AT-LINK-CABLE Cabo de 1,8m para comunicação serial
RS232
Opcional para AMF20/25
** Display remoto para controladores IL-NT usa o controlador padrão IL-NT com o
software para display remoto.
Dica:
Para informações detalhadas sobre módulos de extensão dos controladores IL-NT, por favor veja o
manual IL-NT-Accessory Modules.
IL-NT RS232 – Placa de comunicação RS232

O IL-NT RS232 é uma placa opcional para habilitar a comunicação RS232 no InteliLite
NT
. Ela é
necessária para conexão ao computador ou Modbus. Insira a placa no slot atrás do controlador. Para
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 7
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

inserir a placa, você deve abrir a tampa do slot primeiro (use chave de fenda para abrir) e então insira
a placa no slot. A placa supostamente deve ficar instalada permanentemente. Caso precise removê-
la, a maneira mais segura é remover a parte traseira do controlador e remover a placa manualmente.

Como instalar a pl aca de comunicação RS232:

Dica:
O procedimento a seguir é análogo para outros módulos de comunicação.

1. Insira uma chave de fenda no slot da tampa.




2. Mova a chave de fenda para separar a tampa. Tenha cuidado!




3. Remova a tampa.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 8
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

4. Quebre a pequena tampa em duas partes. Não jogue fora a parte menor!






5. Pegue a placa de comunicação RS232.



InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 9
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

6. Encaixe a placa de comunicação RS232 no slot do controlador.
7. Coloque novamente a pequena tampa.



Dica:
Quando você inserir a placa de comunicação RS232, o jumper de boot está escondido. Por essa
razão, nós recomendamos usar a placa de comunicação RS232 com jumper de boot conectado como
nas figuras abaixo:



Placa de comunicação RS232 com jumper de boot.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 10
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Dica:
Boot – Caso haja uma interrupção da programação ou outra falha de software é possível usar o
jumper de boot para restaurar o controlador. Conecte o controlador ao PC, abra o LiteEdit e espere
até que a barra de conexão fique vermelha. Faça o processo de programação via menu Controller ->
Programming and cloning – Programming. Selecione o firmware correto e confirme. Siga as
instruções no LiteEdit.

Ou siga o vídeo “Boot Jumper Programming“ em http://www.comap.cz/support/training/training-
videos/.

- Veja o capítulo IL-NT RS232 interface (optional card) para detalhes técnicos.

IL-NT-RS232-485 – Placa de comunicação RS232 e RS485

O IL-NT RS232-485 é uma placa opcional para habilitar a comunicação RS232 e RS485 no
InteliLite
NT
. Ela é necessária para conexão ao computador ou Modbus. Insira a placa no slot atrás do
controlador. O IL-NT RS232-485 é uma placa de duas portas com interfaces RS232 e RS485 em
canais COM independentes. A RS232 é conectado à COM1 e a RS485 à COM2.

Para inserir a placa, por favor siga as instruções para placa IL-NT RS232, o procedimento é análogo.
Você deve abrir a tampa do slot primeiro (use chave de fenda para abrir) e então insira a placa no
slot. A placa supostamente deve ficar instalada permanentemente. Caso precise removê-la, a
maneira mais segura é remover a parte traseira do controlador e remover a placa manualmente.


RS485 RS232
J umper de boot
Terminação da RS485
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 11
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Dica:
- Resistores de equilíbrio devem ser fechados em somente um dispositivo em toda rede RS485.

Boot – Caso haja uma interrupção da programação ou outra falha de software é possível usar o
jumper de boot para restaurar o controlador. Conecte o controlador ao PC, abra o LiteEdit e espere
até que a barra de conexão fique vermelha. Faça o processo de programação via menu Controller ->
Programming and cloning – Programming. Selecione o firmware correto e confirme. Siga as
instruções no LiteEdit.

Ou siga o vídeo “Boot Jumper Programming“ em http://www.comap.cz/support/training/training-
videos/.

- Por favor veja o capítulo IL-NT RS232-485 interface (optional card) para detalhes técnicos.
IL-NT-S-USB – Placa de comunicação USB

IL-NT S-USB é uma placa opcional para habilitar comunicação via USB no InteliLite
NT
. Ela é
necessária para conexão ao computador ou Modbus. Insira a placa no slot atrás do controlador.
Para inserir a placa, por favor siga as instruções para placa IL-NT RS232, o procedimento é análogo.
Você deve abrir a tampa do slot primeiro (use chave de fenda para abrir) e então insira a placa no
slot. A placa supostamente deve ficar instalada permanentemente. Caso precise removê-la, a
maneira mais segura é remover a parte traseira do controlador e remover a placa manualmente.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 12
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf



Dica:
- Use o cabo blindado USB A-B com esta placa! Recomendamos o cabo ComAp – Código:
“USB-LINK CABLE 1.8M”.
- Por favor veja o capítulo IL-NT S-USB interface (optional card) para detalhes técnicos.

Dica:
Boot – Caso haja uma interrupção da programação ou outra falha de software é possível usar o
jumper de boot para restaurar o controlador. Conecte o controlador ao PC, abra o LiteEdit e espere
até que a barra de conexão fique vermelha. Faça o processo de programação via menu Controller ->
Programming and cloning – Programming. Selecione o firmware correto e confirme. Siga as
instruções no LiteEdit.

Ou siga o vídeo “Boot Jumper Programming“ em http://www.comap.cz/support/training/training-
videos/.
IB-Lite – Placa de comunicação Internet/Ethernet

IB-Lite é uma placa com interface Ethernet 10/100 Mbit em um conector RJ 45. A placa é
internamente conectada aos canais seriais COM1 e COM2 e fornece uma interface para conexão à
um PC com LiteEdit ou InteliMonitor através de rede ethernet/internet, para envio de e-mails e para
integração do controlador num sistema de gerenciamento (Protocolo Modbus TCP).
Esta placa também habilita a monitoração e controle de gerador via web browser de qualquer
localidade com acesso à internet usando as medidias de segurança apropiadas.
Insira a placa no slot atrás do controlador. Para inserir a placa, por favor siga as instruções para placa
IL-NT RS232, o procedimento é análogo.



InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 13
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Use o cabo Ethernet UTP com conector RJ 45 para conexão do módulo em uma rede ethernet. A
placa pode ser conectada diretamente a um PC usando cabo cross UTP.

Dica:
- O Protocolo Modbus TCP usando IB-Lite requer a configuração COM1 Mode =DIRECT e
COM2 Mode =MODBUS.
- A conexão ao LiteEdit via endereço IP não é possível se a função AirGate estiver habilitada.
Nesse caso use a conexão Airgate. Se voce quer conectar via endereço IP, desabilite o
parametro “Airgate [ENABLE, DISABLE]”.
- Para mais detalhes veja a versão mais recente do IB-Lite Reference Guide.
IL-NT-GPRS – Placa de comunicação GPRS/GSM

CUIDADO!:
Qualquer manipulação da placa deve ser feita com a alimentação desconectada da placa e do
controlador. A alimentação deve ser ligada ao mesmo tempo na placa e no controlador. Não seguir
essas instruções (alimentar somente o controlador ou a placa) pode causar a falha da placa ou do
controlador!



A placa IL-NT-GPRS suporta conexão internet GPRS e dial up. Essa placa suporta a tecnologia
AirGate para conexão plug and play via GPRS. A placa é geralmente usada para conexão ao sistema
de controle e monitoramento remoto WebSupervisor (http://websupervisor.comap.cz) ou ao LiteEdit. A
placa é capaz de enviar alarmes por SMS baseada nas configurações do grupo SMS/Email.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 14
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Dica:
Um guia rápido de como usar esse módulo está no capítulo Remote Communication - Short guide
how to start using IL-NT-GPRS module ou no site da ComAp http://www.comap.cz/products/detail/IL-
NT-GPRS.
IL-NT AOUT8 – Placa de extensão de saídas analógicas

IL-NT AOUT8 é uma placa opcional. Através desta placa o controlador pode controlar até 8
mostradores analógicos estilo VDO automotivo. Mostradores tipo 0-10V ou 0-20mA não são
suportados. O tipo e o valor do mostrador são configurados pelo software LiteEdit. Qualquer valor
analógico do controlador pode ser mostrado dessa forma.

Para inserir a placa, você deve abrir a tampa do slot primeiro (use chave de fenda para abrir) e então
insira a placa no slot. A placa supostamente deve ficar instalada permanentemente. Caso precise
removê-la, a maneira mais segura é remover a parte traseira do controlador e remover a placa
manualmente.
A instalação da placa IL-NT AOUT8 é similar à instalação da placa RS 232. A diferença é que esta
placa deve ser encaixada no slot “extension module” e depois da instalação do IL-NT AOUT8 não
coloque a tampa novamente.

PC Installation Suite consiste em um conjunto de curvas preparadas para uso básico das saídas
PWM com mostradores automotivos.

Módulo IL-NT AOUT8:


















InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 15
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Ligação típica

Dica:
Veja o capítulo IL-NT AOUT8 interface (optional card) para detalhes técnicos.
IL-NT BIO8 – Placa de extensão de I/O
IL-NT BIO8 é uma placa opcional. Através desta placa, o controlador pode acomodar até 8 entradas
ou saídas binárias. No LiteEdit é possível escolher facilmente se uma I/O particular será entrada
binária ou saída binária.

Para inserir a placa, você deve abrir a tampa do slot primeiro (use chave de fenda para abrir) e então
insira a placa no slot. A placa supostamente deve ficar instalada permanentemente. Caso precise
removê-la, a maneira mais segura é remover a parte traseira do controlador e remover a placa
manualmente.
A instalação da placa IL-NT BIO8 é similar à instalação da placa RS 232. A diferença é que esta
placa deve ser encaixada no slot “extension module” e depois da instalação do IL-NT BIO8 não
coloque a tampa novamente.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 16
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf




Dica:
Por favor veja o capítulo IL-NT BIO8 interface (optional card) para detalhes técnicos.
IC-NT CT-BIO7
Placa híbrida de entradas e saídas binárias e medição de corrente
IC-NT CT-BIO7 é uma placa opcional. Através dessa placa o controlador terá uma entrada de
medição de corrente CA a mais e até 7 entradas ou saídas binárias a mais. No LiteEdit (versão 4.4 e
superior) é possível escolher facilmente se uma I/O particular será entrada ou a saída binária.
Para inserir a placa, você deve abrir a tampa do slot primeiro (use chave de fenda para abrir) e então
insira a placa no slot. A placa supostamente deve ficar instalada permanentemente. Caso precise
removê-la, a maneira mais segura é remover a parte traseira do controlador e remover a placa
manualmente. A instalação da placa IC-NT CT-BIO7 é similar à instalação da placa RS 232. A
diferença é que esta placa deve ser encaixada no slot “extension module” e depois da instalação do
IC-NT CT-BIO7 não coloque a tampa novamente.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 17
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf



Dica:
Veja mais detalhes em Earth Fault measurement ou no capítulo IC-NT CT-BIO7 interface.
IL-NT RD – Software para display remoto

O IL-NT RD é um software para display remoto de um controlador. O display remoto fornece as
mesmas funções de controle e monitoração do controlador principal. O display remoto para
controladores IL-NT usa o controlador padrão IL-NT com o software de display remoto. Nenhuma
programação adicional do display é necessária – a unidade se auto configura através do controlador
principal. Ele é conectado ao controlador principal IL-NT-RS232 usando RS232. Para longas
distâncias (até 1200m) é possível usar o IL-NT-RS232-485 ou quando conversores RS232/RS485
são usados.

O hardware IL-NT RD deve ser compatível ao mestre IL-NT.

Dica:
Por favor veja o capítulo IL-NT-RD Remote display software para maiores detalhes.
IGL-RA15 – Anunciador Remoto

O anunciador remoto IGL-RA15 pode ser conectado ao IL-NT via CAN bus. Qualquer saída binária
pode ser configurada (usando o software LiteEdit) para cada LED no IGL-RA15. O módulo pode ser
também habilitado ou desabilitado usando o software LiteEdit.
Se o anunciador remoto IGL-RA15 não estiver comunicando com um controlador via CAN bus, ele
ativa um alarme de aviso (warning).

Dica:
Para detalhes da conexão por favor veja o capítulo Extension modules (CAN bus) connection.
Por favor veja a documentação do RA15 para descrição técnica e de funcionamento.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 18
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

165 (6,5”)
3
8

(
1
,
5

)
4
0

(
1
,
6

)
~
7
5

(
3
,
0

)
~
3
5

(
1
,
4

)
180 (7,1”)
185 (7,3”)
1
0
6

(
4
,
2

)
44 (1,7”)
54 (2,1”)
~
2
5

(
1
,
0

)
1
2
0

(
4
,
7

)
1
2
5

(
4
,
9

)
Cutout
for Remote Announciator
167 x 108 mm
(6,6 x 4,3 ) ”

IG IOM/PTM module

Os módulos IG-IOM e IGS-PTM são módulos de extensão de I/O equipados com 8 entradas binárias,
8 saídas binárias, 4 entradas analógicas e uma saída analógica. O módulo pode ser usado somente
para AMF25, MRS15, 16, 19.
 Entradas e saídas binárias são configuradas da mesma forma que o iL.
 Entradas analógicas são configuradas como no iL com a limitação que o modo binário e
tristate não podem ser usados no módulo PTM.
 A proteção das entradas analógicas do IOM/PTM é ativada ao ultrapassar os limites, somente
com o motor em funcionamento.
 As entradas analógicas do IG-IOM são resistivas (assim como no IL-NT) 0 Ω-2,4 kΩ. O
módulo IOM é projetado especialmente para sensores resistivos VDO.
 As entradas analógicas do IGS-PTM são configuráveis por jumpers 0-250Ω, 0-100mV, 0-
20mA. O módulo pode ser usado especialmente para sensores Pt100 e sensores de corrente.
O módulo PTM não é projetado para sensor de temperatura VDO.
Dica:
- Para detalhes de conexão por favor veja o capítulo Extension modules (CAN bus) connection.
- Para uma descrição do módulo IGS-PTM com sensores resistivos, de tensão e de corrente, por
favor veja o manual Extension modules.
- Quando o módulo não é configurado no LiteEdit, o controlador não mostra os parâmetros e os
valores relacionados.
- Se o IGS-PTM não está comunicando com o controlador, a proteção ShutDown é ativada no
controlador.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 19
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf






Veja a documentação do IGS-PTM para descrição técnica das funções.
IG-IB – módulo de comunicação via Internet

O IG-IB habilita a comunicação com InteliLite
NT
via Ethernet/Internet. Ele é conectado ao controlador
via RS232.

Veja o InteliCommuni cati on Guide para mais detal hes.


InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 20
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Terminais do IL-NT
Terminais e face do IL-NT




InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 21
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Instalação
Montagem
O controlador é para ser montado na porta do painel. O corte é 175x115mm. Use as presilhas
entregues com o controlador para fixá-lo na porta como descrito nas figuras abaixo.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 22
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Ligação Recomendada
AMF – Diagrama de ligação


Dica:
É recomendado que MCB e GCB sejam mecanicamente intertravados.
É possível a partida de motores Volvo e Scania via CAN bus. Veja Engines started via CAN bus.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 23
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Aplicações de stand-by
Contatores (parâmetro MCB Logic = “ CLOSE-OFF” )
F
E
E
D
B
A
C
K
+24V(12V)
MC GC
K3
G
C
B
C
L
O
S
E
/
O
P
E
N
GC
MC
M
C
B
G~
G
C
B
M
C
B
F
E
E
D
B
A
C
K
C
L
O
S
E
/
O
P
E
N
0V
MC
T
GC
K3
GC
LOAD
MC
K4
K4

ATS de duas posições (parâmetro MCB Logic = “ CLOSE-ON” )
F
E
E
D
B
A
C
K
+24V(12V)
ATS
K3
G
C
B
M
C
B
G~
G
C
B
T
C
L
O
S
E
/
O
P
E
N
ATS
0V
ATS
LOAD
F
E
E
D
B
A
C
K
C
L
O
S
E
/
O
P
E
N
M
C
B
K3

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 24
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

ATS com três posições
(parâmetro MCB Logic = “ CLOSE-OFF” )

M
C
B
F
E
E
D
B
A
C
K
ATS ll
G~
ATS l
C
L
O
S
E
/
O
P
E
N
K4 0V
K4
T
+24V(12V)
LOAD
G
C
B
F
E
E
D
B
A
C
K
K3
M
C
B
ATS
l 0 ll
C
L
O
S
E
/
O
P
E
N
G
C
B
K3
ATS


Aplicação Dual AMF

Dual AMF é o sistema de dois geradores mútuos em stand-by,que mudam no fornecimento de carga.
A operação usual é após a falha da rede, o primeiro gerador parte, pega a carga e trabalha por um
intervalo de tempo dedicado, ex. 6 horas. Então ele entrega a carga ao outro gerdaor, que funciona
por outras 6 horas. Esse sistema de operação continua enquanto a rede estiver com falha. A
transferencia de carga de um gerador para o outro é aberta.

O sistema funciona para dois geradores com controladores IL-NT-AMF25. Um controlador é o
mestre e o segundo é o escravo. Outro modelos de IL-NT não são suportados.

O sistema precisa de uma entrada binária e uma saída binária para cada controlador.

O sistema funciona somente em modo AUT

Para operação correta, ambos os controladores tem que ter tempos identicos para proteções
de rede, retorno da rede e outros tempos no grupo de parametros AMF Settings.

O intertravamento mecanico entre GCB de um gerador, GCB do segundo gerador e MCB é
necessário devido a motivos de segurança.

Descrição detalhada:

Existe uma interface básica de comunicação entre os controladores mestre e escravo realizada pela
interconexão de dois fios (DualAMFCtrlIn, DualAMFCtrlOut) em ambos.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 25
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

A entrada binária DualAMFCtrlIn e a saída binária DualAMFCtrlOut ajustam seus funcionamentos
automaticamente baseadas se estão sendo usadas no controlador mestre ou escravo.

O controlador mestre tem informação sobre o controlador escravo e quando o escravo falha ou não
pode trabalhar, o mestre o substituirá.

A partida em falha da rede do controlador escravo pode ser bloqueada pelo mestre mas quando o
mestre falhar ou não poder trabalhar, o mestre o substituirá.

Quando há ligação incorreta ou somente um controlador for configurado como mestre ou escravo, o
controlador irá mostrar "DAMF Discconect" na lista de alarmes.

No caso de configuração incorreta (dois mestres, dois escravos, ambos controladores não estão em
modo AUT) o controlador mostrará "DAMF ConfigError" na lista de alarme.

Quando há algum problema com o escravo, o mestre irá mostrar "DAMFSlaveDown" na lista de
alarmes.

Toda vez que qualquer alarme relacionado a função DAMF ocorre, ambos os controladores voltam a
operação AMF normal. Ou seja, pelo menos um dos controladores será capaz de suprir a carga.

Para decidir qual gerador deve partir em caso de falha da rede, existe uma regra: se a rede falhar
entre 00:00 – 11:59, então o mestre irá partir e assumir a carga. Se a rede falhar entre 12:00 – 23:59,
então o escravo irá partir e assumir a carga.

O controlador mestre irá prevenir desligamentos desnecessários quando é mais que 12:00 (período
do escravo), e o mestre já está suprindo a carga, mas não está em modo AUT com a função
DualAMF habilitada, e o modo é alterado para AUT. Ou se o mestre está suprindo a carga em AUT, e
vai para operação DualAMF após 12:00 (período do escravo).

O parametro “MCB Opens On” deve ficar em MAINSFAIL. Caso contrário não funcionaria
corretamente se o escravo partisse primeiro. O mestre não saberia quando abrir o MCB.

No caso de um gerador falhar durante a falha da rede, o outro gerador assume a carga. Quando o
gerador com falha se recupera, após 60s a carga é transferida de volta para esse gerador.

Os parametros relacionados a função Dual AMF estão no grupo "AMF Settings".

O parâmetro "DualAMFRole" [MASTER, SLAVE] determina se controlador funcionará como mestre ou
escravo no sistema Dual AMF. Um controlador deve ser configurado como MASTER e o segundo
como SLAVE, para funcionamento correto do sistema.

A entrada binária "DualAMFRole" pode ajudar a trocar as funções dos geradores. Os geradores
podem ser facilmente transformados de escravos para mestre e vice versa. Log1 =MASTER, Log 0 =
SLAVE. A entrada binária tem prioridade sobre o parâmetro manual. Se a entrada binária estiver
configurada, a mudança manual do parâmetro é desabilitada.

O parâmetro “DualAMFTime“ controla o período de troca dos geradores para suprir a carga. Os
parâmetros são [1..24], passo =1 hora. A configuração padrão é de 6 horas. Esse timer é reiniciado
quando a carga é transferida de volta para rede.

Exemplo de configuração da função Dual AMF:

1- Prepare dois controladores IL-NT-AMF25. Copie a configuração, de forma idêntica, nos dois.
2- Use inter travamento elétrico e mecânico em todos os disjuntores (GCB1, GCB2 e MCB)
3- Configure uma entrada binária em cada controlador como DualAMFCtrlIn.
4- Configure uma saída binária em cada controlador como DualAMFCtrlOut.
5- Interconecte DualAMFCtrlOut do primeiro controlador com DualAMFCtrlIn do segundo
controlador. Interconecte DualAMFCtrlOut do segundo controlador com DualAMFCtrlIn do
primeiro controlador. Então, você terá dois fios interligando os dois controladores.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 26
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

6- Coloque o parametro “MCB Opens On” em MAINSFAIL nos dois controladores.
7- Coloque “DualAMFTime“ o período que voce deseja que ocorra a troca dos geradores para
suprir a carga. Ex.: 6 horas. Faça essa configuração no controlador mestre. Somente o
controlador mestre controla esse tempo.
8- Coloque "Operation Mode" em MASTER no primeiro controlador e em SLAVE no segundo.
9- Troque o modo de ambos os controladores para AUT.
10- O sistema está pronto para função DualAMF.

Ligação do sistema com MASTER (Mestre) e SLAVE (Escravo) selecionáveis:


Dica:
GCB e MCB feedbacks são recomendados, mas não exigidos.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 27
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Colocando em Funcionamento
Como instalar
Durante a configuração do controlador ou mudança de parâmetro é necessária uma senha
para o controlador. A senha padrão da ComAp é “ 0” .
Geral
Para garantir o funcionamento adequado:
Use terminai s de aterramento.
A fi ação para entradas bi nárias e analógicas não devem estar próxi mas a cabos de
alimentação.
Entradas binarias e analógicas devem usar cabos blindados, especi almente quando o
comprimento > 3m.

Dica:
Cuidado com chi cotes pesados pendurados pelos terminai s do controlador. Os chicotes
devem ser presos a porta do painel ou lugar possível, o mais próximo possível do controlador.
Ligação
Torque de aperto, tamanho e tipo de fio permitido, por terminal:
Baseado no terminal tipo:
PA256:

Torque de aperto especifico de 0,5Nm (4,4 In-lb)
2EDGK:

Torque de aperto especifico de 0,4Nm (3,5 In-lb)

Para terminais:
Use somente condutores com diâmetro 2,0-0,5mm (12-26AWG), mínimo 75°C.
Para terminais de tensão da rede e do gerador:
Use somente condutores com diâmetro 2,0-0,5mm (12-26AWG), mínimo 90°C.

Use somente condutores de cobre.
Aterramento
O menor pedaço possível de fio deve ser usado para aterramento do controlador.
Use cabo min. 2,5mm
2

Parafuso metálico M4x10 com arruela dentada deve ser usados no terminal de aterramento.

O terminal negativo “-“ da bateria deve ser devidamente aterrado.
O painel e o motor tem que ser aterrados em um ponto comum. Use cabo o mais curto
possível para ponto de aterramento.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 28
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Alimentação
Para garantir o funcionamento adequado:
Use cabo de alimentação de no mínimo 1,5mm
2

A tensão de alimentação CC máxima é 36VCC. A tensão de alimentação máxima permitida é 39VCC.
Os terminais de alimentação do inteliLite são protegidos contra um largo pulso de distúrbios da
energia. Quando existe um risco potencial do controlador estar sujeito a condições fora de seus
limites, um dispositivo de proteção externa deve ser usado.

É necessário assegurar que a diferença de potenci al entre o terminal COM de leitura de
corrente do gerador e o terminal “ -” da bateri a é de no máxi mo ± 2V. Portanto é fortemente
recomendada a interconexão desses dois terminai s juntos.

Dica:
O controlador InteliLite
NT
deve ser aterrado adequadamente para proteção contra raios!!
A corrente máxima permitida através do terminal negativo do controlador é 4A (depende da carga nas
saídas binárias).

Para conexões com fonte de alimentação de 12VCC, o InteliLite
NT
inclui capacitores internos que
permitem que o controlador continue operando se a tensão da bateria cair. Se a tensão antes da
queda é de 10V e após 100ms a tensão vai a 7V, o controlador continua operando. Durante essa
queda de tensão a luz de fundo da tela do controlador pode desligar e ligar, mas o controlador
permanece operando.
É possível adicionar suporte ao controlador conectando um capacitor externo e um diodo de
separação ou o módulo I-LBA:


O tamanho do capacitor depende do tempo requerido. Ele deve ser aproximadamente milhares de
microfarads.
O tamanho do capacitor deve ser 5.000 microfarad para suportar 150ms de queda de tensão abaixo
das seguintes condições:
Tensão antes da queda é 12V, após 150ms a tensão se recupera a tensão min. permitida de 8V.

Dica:
Antes da bateria, descarregar a mensagem "Low BackupBatt" aparece.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 29
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Ou conectando o módulo especial I-LBA - Low Battery Adapter:

O I-LBA assegura mínimo 350ms de queda de tensão abaixo das seguintes condições:
RS232 e outra placa de extensão estão conectadas.
Tensão antes da queda de 12V e após 350ms a tensão volta a min. tensão permitida de 5V.
O I-LBA habilita a operação do controlador a 5VCC (de 10 a 30 seg).
A resistência da fiação até bateria deve ser de até 0,1Ohms para funcionamento correto do I-LBA.

Dica:
I-LBA pode não eliminar a queda de tensão quando usado em baixa temperatura (-40°C) e o
elemento de aquecimento do display estiver ligado (abaixo de 5°C). A corrente drenada pelo
elemento de aquecimento descarrega os capacitores do LBA muito rápido.
Fusível da alimentação
Um fusível de 01 ampere deve ser conectado em série com o terminal positivo da bateria ao
controlador e módulos.
O valor e tipo de fusível dependem do número de dispositivos conectados e comprimento do fio.
Tipo de fusível recomendado (não rápido) - T1A. Não rápido devido ao fato dos capacitores internos
se carregarem durante a alimentação.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 30
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Proteção das saídas binárias

Dica:
Não conecte as saídas binárias diretamente a reles CC sem diodos de proteção, mesmo se eles não
estiverem conectados diretamente a saída do controlador.


InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 31
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Pick up magnético
Para garantir o funcionamento adequado:
Use um cabo blindado


Saiba que pode ocorrer interferência no sinal do regulador de velocidade quando um pick-up é usado.
Se o motor não partir:
- Verifique do terra do pick-up para os controladores, eventualmente desconecte a conexão do
terra de um deles.
- Separe galvanicamente a entrada RPM do InteliLite usando o transformador de separação
ComAp RPM-ISO (1:1)
- Use pick-ups diferentes para o regulador de velocidade e o InteliLite
NT


Dica:
Em alguns casos o controlador irá medir o valor de RPM mesmo que o gerador não esteja em
funcionamento:
RPM é medido pela tensão (Gear Teeth =0)
IL-NT está medindo algum valor de tensão nos terminais de entrada devido a um fusível aberto.
Se RPM >0 o controlador será colocado em um estado Not ready não será permitida a partida do
motor.
Medição de corrente

O número de TC’s é automaticamente selecionado baseado no valor selecionado no parâmetro
ConnectionType [3Ph4Wire / 3Ph3Wire / Split Ph / Mono Ph].

Dica:
- Outras informações sobre os limites de medição estão na descrição do parametro CT Ratio
[/5A] no capítulo Setpoints - Basic Settings.
- A l eitura de corrente e potencia do gerador é supri mida se o nível de corrente for <1%
da faixa do TC.

Para garantir o funcionamento adequado:
Use cabos de 2,5mm
2
Use transformadores de 5A
Conecte TC de acordo com os seguintes desenhos:
Aplicação trifásica:

+
Battery
-
iL
GAC
Speed Control Unit
ESD 5500
MAGNETIC
PICK-UP
C D
a
b
Signal
Signal
+
+ -
-
Power
Supply
Power
Supply
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 32
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


É necessário assegurar que a diferença de potenci al entre o terminal COM de leitura de
corrente do gerador e o terminal “ -” da bateri a é de no máxi mo ± 2V. Portanto é fortemente
recomendada a interconexão desses dois terminai s juntos.
Aplicação monofásica:
Conecte o TC de acordo com os seguintes desenhos. Os terminais L2l e L3l são abertos.


Localização do TC

Existem duas opções de CT location (Localização do TC).
a) Load (Carga)
b) Gen-Set (Gerador)

O novo parametro CT Location para AMF20 e AMF25 está no grupo Basic Setting. De acordo com
sua conexão é possível configurar CT location: Load ou Gen-Set. Quando CT Location é configurado
como Load e MCB for fechado, o controlador irá mostrar na tela de valores da rede (Mains). As
estatísticas agora contém Mains kWh, Mains kVArh, Genset kWh, Genset kVArh.

Dica:
As proteções relacionadas a medição de corrente são ativadas somente quando o gerador está em
funcionamento.




InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 33
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Medição de fuga a terra (módulo)
A proteção de fuga a terra é feita pelo módulo de extensão IC-NT CT-BIO7.
Características técnicas
- Faixa de corrente de entrada de até 5 A (IC-NT CT-BIO7)
- Faixa de medição de 0,03 a 5A
- Frequencia de operação 50 ou 60 Hz
- Corrente de trip programável por software de 0,03 a 5 A ou DISABLED
- Tempo de trip programável por software de 0,03 e 5 segundos
- Inclui sete entradas ou saídas binárias (IL-NT-CT-BIO7)

Dica:
Para mais detalhes técnicos veja IC-NT CT-BIO7 interface.

Dica:
Para mais informações sobre os parametros da aplicação, veja o grupo de parametros EarthFaultProt
Princípio de operação
Quando a corrente medida excede o valor configurado, isso indica que parte da corrente foi
dispersada para terra e depois do tempo Earth Fault Del, a proteção Earth Fault Sd e a saída AL
EarthFault são ativadas. A proteção de fuga a terra não é ativada quando o gerador não está em
funcionamento e quando EF Protection: DISABLED.



Ligação do IC-NT CT-BIO7

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 34
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Medição de tensão e tipos de conexão do gerador
Existem 4 tipos de medição de tensão (parâmetro ConnectionType [3Ph4Wire / 3Ph3Wi re / Split
Ph / Mono Ph]) cada tipo corresponde a um tipo de conexão do gerador.

As proteções do gerador são avaliadas de diferentes tensões basedas em ConnectionType:
• 3W 4Ph – tensão fase-fase
• 3W 3Ph – tensão fase-fase
• Split Ph – tensão fase-neutro
• Mono Ph – tensão fase-neutro
ConnectionType: 3 Phase 4 Wires


3 Phase 4 Wires – Conexão estrela Medição trifásica “ wye” – 3PY


ConnectionType: 3 Phase 3 Wires










InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 35
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

3 Fases 3 Fios
– Conexão DELTA

– Conexão HI-LEG (WILD-LEG, RED-
LEG) DELTA


Dica:
Somente L1, L2 e L3 devem ser conectados. No caso da conexão HI-LEG (WILD-LEG, RED-LEG)
DELTA do neutro (entre T6 e T9) tem que ser desconectado.
N Não é necessário transformador de separação para conexão com três fios (sem N).

ConnectionType: Split Phase


Split Phase
– Conexão DOUBLE DELTA – Conexão ZIG ZAG (DOG LEG)


InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 36
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

ConnectionType: Mono Phase

Medição monofásica – 1PH

Dica:
Houve uma alteração na ligação monofásica nos terminais de tensão entre os firmwares IL-NT1.4 e
IL-NT1.5! A figura acima mostra a conexão para IL-NT 1.5. A ligação para firmwares antigos é
descrita em manuais antigos do IL-NT, o fio L1 era conectado em todos os três terminais L1,L2 e L3.

Monofase – Conexão MONOFASICA

Dica:
É esperada proteção contra raios no painel de acordo com regulamento padrão para todos os 4
tipos de conexão !!!

Dica:
A verificação da sequência de fase não é possível com uma tensão abaixo de 50V o que faz com que
o controlador não permita o fechamento do GCB, mesmo se o LED no painel frontal do IL-NT
acender, indicando que a tensão está dentro dos limites.
Entradas analógicas

Três entradas analógicas estão disponíveis no IL-NT. A primeira entrada analógica é fixa como
pressão do óleo do motor.
Configuração
Cada entrada analógica pode ser configurada pelo LiteEdit da seguinte forma (Primeira entrada
analógica é dedicada a pressão do óleo do motor).
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 37
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Item da entrada
analógica
LiteEdit Possibi lidade
Tipo Type Not used

Alarm
Entrada analógica não está
sendo usada

Nome da entrada
analógica
Name Até 14 caracteres ASCII
Configuração da
entrada
Config Analog

Binary (not supp. by PTM)
Tri-state (not supp. by PTM)



ECU
Medição analógica numa faixa
especificada
Binária: abre/fecha - limite 750
Ω.
Tri-state: abre/fecha - limite
750 Ω,
Falha <10 Ω ou >2400 Ω
Valores lidos da ECU
Dimensão física Dim bar,%,°C, … Até 4 caracteres ASCII (Válido
somente para entradas
analógicas)
Polaridade Contact type NC

NO
Válido somente para entradas
binárias e tri-state.
Válido somente para entradas
binárias e tri-state.
Direção da proteção Protection Over Acima. Falha do sensor não
ativa proteção.
Over+Fls Acima e falha do sensor
ativam proteção.
Under Abaixo. Falha do sensor não
ativa proteção.
Under+Fls Abaixo e falha do sensor
ativam proteção.
Característica do
sensor
Sensor Predefined user curves Configurável pelo usuário
Resolução Resolution 0 – 0,00001 Resolução do sensor
(Válido somente para entradas
analógicas)

Cada entrada analógica tem parâmetros separados para configuração de dois níveis de alarme. Os
níveis de alarme e ajuste do tempo estão nos grupos Extension I/O e Engine Protect.

Dica:
Descrição da falha de sensor pode ser encontrada no capítulo Alarm Management, artigo Sensor Fail
(FLS).
Conexão das entradas analógicas do IL-NT
A
I
1
A
I
2
3 x RESISTIVE
SENSOR
A
I
3
C
O
M
-
P
O
W
E
R


Conexão padrão de três sensores resistivos
às entradas analógicas.


InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 38
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


2x
470
C
O
M
-

P
O
W
E
R
A
I
1
A
I
2
A
I
3


Conexão mista das entradas analógicas do
InteliLite:

AI1 – entrada binária
AI2 – entrada tri-state
AI3 – entrada analógica resistiva

Dica:
Descrição das entradas analógicas com terminal COM e 4 pinos se refere às unidades com HW
versão 1.3. Versões antigas de HW não têm terminal “COM” e usam somente 3 pinos AI1, AI2 e AI3.
Ligação
Diagrama de ligação das entradas analógicas para IL-NT HW 1.3:

LIGAÇÃO DAS ENTRADAS ANALÓGICAS-SENSORES ATERRADOS

LIGAÇÕES DAS ENTRADAS ANALÓGICAS-SENSORES ISOLADAS
Diagrama de ligação das entradas analógicas do IL-NT HW 1.1 e anteriores:
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 39
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf



As entradas analógicas são projetadas para sensores resistivos com faixa de 0Ω a 2,4kΩ. Para
garantir o funcionamento adequado use cabos blindados, especialmente para comprimentos >3m.

O terminal COM é dedicado a medição da tensão de aterramento entre motor e controlador.
Como entrada binária
Estados aberto e fechado, nível de 750 Ω.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 40
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Como entrada tristate
Estados aberto, fechado e falha. Nível de 750 Ω, falha é detectada quando a resistência do circuito
<10 Ω ou >2400 Ω.

Dica:
As proteções como entradas binárias ou tristate são as seguintes:
IL-NT: AI1 Shutdown IG-IOM: AI1 Shutdown
AI2 Shutdown AI2 Shutdown
AI3 Warning AI3 Shutdown
AI4 Shutdown
Entrada analógica não usada
Configure Type =Not used
Exemplo de configuração de entrada analógica
Configure a entrada Engine Temp para medição em °C, VDO 40-120°C, faixa de -16 a 120 °C. Nível
para alarme de 90 °C, nível shutdown em 110 °C.
Inicie o LiteEdit e selecione – Controller - Configuration – Modify – Engine Temp.
Configure a entrada analógica Engine temp:

Type: Selecione entre Not used e Alarm
“Not used” – entrada analógica não usada
”Alarm” – entrada analógica está sendo usada como alarme
Configure como: Alarm

Name: Nome da entrada analógica. Máximo 14 letras.
Configure como: Engine Temp

Config: Selecione entre Analog, Binary Tri-state input.
“Analog” – sensor resistivo conectado à entrada analógica.
“Binary” – contato abre/fecha conectado entre a entrada analógica e o terminal COM das entradas
analógicas. A entrada analógica detecta somente os estados aberto/fechado.
“Tri-state” – contato abre/fecha conectado em paralelo a um de dois resistores em série entre a
entrada analógica e o terminal COM das entradas analógicas.
Configure como: Analog

Al arm Properties: Seleção entre diferentes direções de proteção – abaixo (Under Limit), acima (Over
Limit) ou combinação com falha de sensor.
“Engine running only” – verifique esse parâmetro se você deseja ativar a proteção da entrada
analógica somente enquanto o motor estiver em funcionamento, e não quando ele está parado.
Configure como: Over Limit

Contact type: Seleção da polaridade somente quando a entrada analógica é configurada como
Binary ou Tri-state. Quando a entrada analógica está configurada como analógica esse parâmetro
não tem sentido.
“NC“ – polaridade da entrada binária ou tristate
“NO“ – polaridade da entrada binária ou tristate

Sensor: seleção da característica do sensor
“Unused input“ - quando a entrada analógica não é utilizada. Na tela do InteliLite aparece “####“,
nenhum alarme é detectado.
Curvas padrões pré-definidas nas entradas AI1 – AI3:
“VDO 10 Bar“ – sensor de pressão VDO
“VDO 40-120 °C“ – sensor de temperatura VDO
“VDO level %“ – sensor de nível VDO
Configure como: VDO 40-120 °C
Quando você escolhe uma curva pré-definida ou configurada pelo usuário, o Sensor Name, Dim e
Resolution são configurados automaticamente de acordo com a curva, modificação do usuário é
possível.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 41
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Sensor Name: Nome do sensor usado, até 14 letras podem ser usadas.

Dim: Nome da unidade de medida (Bar, °C, %, …), até 4 letras podem ser usadas.

Resolution: configuração da resolução do valor medido.
“0“ - ex. 360 kPa, 100%, 50 °C
“1“ – ex. 360.0 kPa
“2“- ex. 360.00 kPa
“3“ - ex. 360.000 kPa
Configure como: 1

Quando a configuração da entrada analógica estiver terminada, configure os parâmetros AI1 Wrn, AI1
Sd, AI1 Del no grupo Engi ne Protect.
Cada entrada analógica tem três parâmetros separados: Wrn level, Sd level, AI del. Os nomes desses
parâmetros são fixos
Número de pontos decimais dos parâmetros Wrn level e Sd level é o mesmo configurado como
número de pontos decimais do valor medido.
Extensão da medição das entradas analógicas (0 - 70V, 4 - 20mA)
Em cada entrada analógica, exise a possibilidade de conectar a tensão ou corrente ao invés de
resistencia. A ligação recomendada para essas medições estão abaixo.

Sensor com saída de tensão - conexão


Sensor com saída de corrente – conexão


Tabela com valores recomendados

Entrada
Analógica R1 R2 Curva
0 - 10V 150Ω [1%,0,5W] 100Ω [1%,0,5W] AI 0-10V.CRV
0 - 30V 680Ω [5%,2W] 100Ω [1%,0,5W] AI 0-30V.CRV
0 - 65V 1500Ω [5%,3W] 100Ω [1%,0,5W] AI 0-65V.CRV
4 – 20mA R =160Ω [1%,0,5W] AI 4-20mA.CRV

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 42
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

+
Battery
-
iL
4k7 Ω
+ -
Power
Supply
Dica:
Note que a desconexão dos resistores externos, conexão errada dos resistores ou entrada de um
valor de tensão durante a operação pode danificar a entrada analógica.

Exemplo prático: Sensor de pressão VDO 0 – 6bar com saída de tensão linear 0 – 10V

Tabela de conversão
Vout [V] 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
P [bar] 0 0,6 1,2 1,8 2,4 3 3,6 4,2 4,8 5,4 6

Modifique uma entrada analógica no LiteEdit e use a curve AI 0-10V.CRV
Então voce pode mudar a resolução e nome do valor medido que por padrão é V (volts).

Por exemplo se voce conectou o sensor de pressão e sua tensão de saída é 5V para pressão de 3bar
voce pode mudar o valor ‘V’ na coluna “Dim:” para ‘Bar’ e pela especificação do sensor ajustar todos
os valores correspondentes nessa coluna. Nesse caso você pode mudar na linha 6, de 3 para 5.



Quando finalizar o ajuste, clique em OK e Write to controller.
Entradas e saídas binárias




InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 43
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf



Conexão CAN/RS485 recomendada
Conexão CAN bus
O barramento tem que ser terminado com resistores de120 Ohm em ambos os lados.
Unidades externas podem ser conectadas na CAN em qualquer ordem, mas é necessário manter o
arranjo em linha.
O comprimento máximo padrão é de 200m
Cabo blindado deve ser usado, a blindagem deve ser conectada à terra em um lado (lado do
controlador)..

A) Para pequenas di stâncias (todos os componentes da rede em uma sala) – figura 1
Interconecte A e B; conecte a blindagem à terra em um lado.
B) Para longas distâncias (conexão entre salas em um prédio) – figura 2
Interconecte A, B, COM; conecte a blindagem em um ponto de terra.
C) Em caso de risco de surto (conexão fora do prédio em uma tempestade, etc.) – figura 3

Nós recomendamos o uso das seguintes proteções:
- Phoenix Contact (http://www.phoenixcontact.com):
PT 5-HF-5DC-ST com PT2x2-BE (elemento base)
(ou MT-RS485-TTL)
- Saltek (http://www.saltek.cz):
DM-006/2 R DJ

Recomendamos cabos de dados: BELDEN (http://www.belden.com)
A) Para pequenas distâncias: 3105A Paired - EIA Industrial RS-485 PLTC/CM (1x2 condutores)
B) Para longas distâncias: 3106A Paired - EIA Industrial RS-485 PLTC/CM (1x2+1 condutores)
C) Em risco de surto: 3106A Paired - EIA Industrial RS-485 PLTC/CM (1x2+1 condutores)
RS485 connection
A linha tem que ser terminada por resistores de 120 Ohm em ambos os lados.
Unidades externas podem ser conectadas na CAN em qualquer ordem, mas é necessário manter o
arranjo em linha.
O comprimento máximo padrão é de 1000m.
Cabo blindado deve ser usado, a blindagem deve ser conectada à terra em um lado (lado do
controlador).

A) Para pequenas di stâncias (todos os componentes da rede em uma sala) – figura 1
+
Battery
-
iL
LOAD
+ -
Power
Supply
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 44
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Interconecte A e B; conecte a blindagem à terra em um lado.
B) Para longas distâncias (conexão entre salas em um prédio) – figura 2
Interconecte A, B, COM; conecte a blindagem em um ponto de terra.
C) Em caso de risco de surto (conexão fora do prédio em uma tempestade, etc.) – figura 3

Nós recomendamos o uso das seguintes proteções:
- Phoenix Contact (http://www.phoenixcontact.com):
PT 5-HF-5DC-ST com PT2x2-BE (elemento base)
(ou MT-RS485-TTL)
- Saltek (http://www.saltek.cz):
DM-006/2 R DJ

Recomendamos cabos de dados: BELDEN (http://www.belden.com)
A) Para pequenas distâncias: 3105A Paired - EIA Industrial RS-485 PLTC/CM (1x2 condutores)
B) Para longas distâncias: 3106A Paired - EIA Industrial RS-485 PLTC/CM (1x2+1 condutores)
C) Em risco de surto: 3106A Paired - EIA Industrial RS-485 PLTC/CM (1x2+1 condutores)

Figura 1 – pequenas distâncias (todos os componentes da rede em uma sala)

Figura 2 - longas distânci as (conexão entre salas em um prédio)

C
A
N
1
H
COM
L
C
A
N
2
120
1.i S-CU
Addr.: 1 Addr.: 1
C
A
N
1
C
A
N
1
8.i S-AIN
Addr.: 8
7.i S-BIN
Addr.: in13
out7
C
A
N
1
C
A
N
1
1.i S-AIN
Addr.: 1
1
2
0
1.i S-BIN
Addr.: in1
out1
C
A
N
1
C
A
N
2 2.i S-CU
120
H
COM
L
H
COM
L
H
COM
L
H
COM
L
H
COM
L
H
COM
L
H
COM
L



Figura 3 – em caso de surto (conexão fora do prédio em uma tempestade, etc.)

120 Ω 120 Ω
PT5-HF-12DC-ST (CAN)
PT5-HF-5DC-ST (RS485)









H/A
L/B
COM
H/A
L/B
COM
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 45
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Conexão de módulos de extensão (CAN bus)

CAN H
CAN L
IGL-RA15 (optional)
CAN H
CAN L
or
C
A
N
L
C
A
N
H
C
O
M
IGS-PTM (optional)
C
A
N
L
C
A
N
H
C
O
M
IG-IOM (optional)
5 9
C
A
N
L
C
A
N
H
120 ohm
EXTENSION
MODULES
H
L
1
2
0
o
h
m
10 ohm
15nF
COM
IL-NT


EXTENSION
MODULES
COM
CAN H
CAN L
IGL-RA15
(optional)
Engine
Electronic Control Unit
CAN H
CAN L
CAN H
CAN L
H
L
or
1
2
0
o
h
m
C
A
N
L
C
A
N
H
C
O
M
IGS-PTM (optional)
C
A
N
L
C
A
N
H
C
O
M
IG-IOM (optional)
5 9
C
A
N
L
C
A
N
H
120 ohm
CAN HI
CAN LO
1
2
0
o
h
m
10 ohm
15nF
COM
IL-NT

Connection rules
A linha CAN bus deve ser conectada em série, de uma unidade para a outra (sem estrela, sem
ramos) com ambas extremidades terminadas em um resistor de 120-ohms (interno ou externo). O
comprimento máximo da CAN bus é de até 200 metros.

Para detalhes dos cabos de dados CAN veja o capítulo Technical data – Communication interface.
Conecte a blindagem do cabo CAN no terminal COM do IL-NT.

O IL-NT contém um resistor interno fixo de 120-ohms e deve estar na fim da CAN bus. Novas
unidades com HW versão 1.3 têm jumper do resistor localizado no terminal CAN.

As novas unidades IG-IOM e IGS-PTM contém jumper interno removível do resistor de 120-ohm (em
versões mais antigas do IOM os resistores são fixos. Verifique a presença do resistor com o
ohmímetro. A unidade com o resistor interno deve ser conectada no fim da CAN bus.

As seguintes conexões são suportadas (A ordem do IOM, do PTM, da ECU não é importante).

IL- NT – IG-IOM
IL- NT – IGS-PTM
IL- NT – IGL-RA15
IL- NT – IG-IOM – IGL-RA15
IL- NT – IGS-PTM – IGL-RA15
É possível conectar somente um IG-IOM ou IGS-PTM e um IGL-RA15 ao IL-CU.

Use o botão na janela de configuração do LiteEdit para ativar a interface CAN (J 1939).
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 46
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Entradas e saídas
Para uma visão geral das entradas/saídas veja o capítulo Technical Data.

Dica:
Qualquer entrada ou saída binária pode ser configurada em qualquer terminal do IL-NT ou alterada
para uma função diferente pelo software LiteEdit. Existe um atraso de 1 seg quando qualquer entrada
é configurada como proteção.

Entradas binárias IL-NT - padrão
BI1 GCB Feedback
BI2 MCB Feedback
BI3 Emergency Stop
BI4 Access Lock
BI5 Remote OFF
BI6 Remote TEST
BI7 Sd Override
Entradas binárias – lista
Not Used
A entrada binária não tem função. Use esta configuração quando a entrada binária não está
conectada.
Alarm
Se a entrada é fechada (ou aberta) o alarme selecionado é ativado.
Itens de configuração de alarme pela entrada binária

Name 14 caracteres ASCII
Contact type NC Normalmente fechado
NO Normalmente aberto
Alarm type Warning
Shut down
Alarm active All the time Válido se “Engine running only”
não estiver selecionado
Engine running only Válido se “Engine running only”
estiver selecionado
GCB Feedback
Use essa entrada para indicação, se o contator do gerador está aberto ou fechado.

Dica:
O controlador IL-NT pode trabalhar sem os feedbacks, nesse caso não configure o feedback nas
entradas binárias.
Para mais detalhes veja os capítulos Circuit breakers timing e GCB, MCB fail detection.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 47
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

MCB Feedback
Use essa entrada para indicar se o MCB está aberto ou fechado.

Dica:
O controlador IL-NT pode trabalhar sem os feedbacks, nesse caso não configure o feedback nas
entradas binárias.
Para mais detalhes veja os capítulos Circuit breakers timing e GCB, MCB fail detection
Rem Start/Stop
Requisição externa para partida do motor. Somente modo AUT.

Dica:
Se a entrada binária Rem Start/Stop estiver ativa e a falha de rede ocorrer, o MCB abre, e após o
FwRet Brk, o GCB fecha. Uma vez recuperada a rede, conta-se o tempo RetTransf e o GCB abre.
Então após o FwRet Brk, o MCB fecha. O gerador permanece em funcionamento enquanto Rem
Start/Stop estiver ativo.
Emergency Stop
Se a entrada for desativada, um shutdown é imediatamente ativado. A entrada é invertida na
configuração padrão (normalmente fechada).

Dica:
Em caso de falha do hardware ou software, não tem como assegurar uma parada segura do motor.
Como back-up da função Emergency Stop é recomendado conectar um circuito separado para
desconexão dos sinais Fuel Solenoid e Starter.
Sd Override
Se a entrada for ativada, todos alarmes são desabilitados com exceção da entrada binária
EMERGENCY STOP e da "proteção de sobre velocidade do motor".

• Todos os alarmes do IL são detectados,
• O LED vermelho do gerador na IHM do IL pisca ou acende,
• O alarme é gravado na lista de alarmes do IL,
• MAS o gerador permanece em funcionamento.

Dica:
Warning Sd Override é indicado na lista de alarmes se o modo Sd Override estiver ativado para
informar o operador que o motor não está protegido.
Access Lock
Se a entrada for ativada, nenhum parâmetro pode ser ajustado pelo painel frontal do controlador e o
modo de gerador (OFF-MAN-AUT-TEST) não pode ser mudado.

Dica:
Access Lock não protege os parâmetros e a mudança de modo do LiteEdit. Para evitar mudanças
indevidas, os parâmetros selecionados podem ser protegidos por senha.
Os botões Fault reset e Horn reset não são bloqueados e os botões Start e Stop no modo MAN não
são bloqueados.
Remote OFF
Se ativada, o iL passa para o modo OFF (existem quatro modos OFF-MAN-AUT-TEST). Quando
desativada, o controlador vai para modo anterior.

Dica:
Esta entrada binária deve ser conectada ao timer para evitar a partida do motor.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 48
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Remote MAN
Se a entrada for ativada, o controlador vai para o modo MAN independente da posição do seletor de
MODO.
Remote AUT
Se a entrada for ativada, o controlador vai para o modo AUT independente da posição do seletor de
MODO. Se outra entrada “remote“ for ativada, então a entrada REMOTE AUT tem menor prioridade.
Remote TEST
Se ativada, o IL-NT passa para o modo TEST (existem quatro modos OFF-MAN-AUT-TEST). Quando
a entrada é desativada, o controlador volta ao modo anterior.
Rem TEST OnLd
Afeta o comportamento no modo TEST. Quando a entrada é ativada, o controlador automaticamente
transfere carga da rede para o gerador. . Parâmetro AMF Settings: ReturnFromTEST deve estar em
MANUAL. A carga é transferida automaticamente para a rede quando qualquer proteção de shut
down for ativada.
Caso AMF Settings: ReturnFromTEST estiver em AUTO, o gerador vai partir, mas o MCB não abrirá
e o GCB não fechará, exceto se houver falha da rede. Então o controlador se comporta como se
estivesse em modo TEST normal.
Para mais detalhes veja a descrição do parametro AMF Settings: ReturnFromTEST [MANUAL /
AUTO].

Dica:
A função Test Onload foi alterada para combinação Remote Test +Rem TEST OnLd.
RemControlLock
Se a entrada for ativada, a escrita de parâmetros ou envio de comandos de um terminal externo são
desativados.
Emergency MAN
Se a entrada for ativada, o controlador se comporta como se estivesse em modo OFF. Abre todas as
saídas binárias. Existe uma exceção – STOP SOLENOID não ativa nessa transição.
Detecção de motor "em funcionamento" e o alarme "Sd Stop Fail" são bloqueados.
O controlador mostra o estado “EmergMan” e o motor não pode partir.
A corrente do gerador e a medição de potência estão ativas nesse modo, independente do estado
atual do motor.
Após desativar a entrada, o controlador volta ao seu estado anterior e se comporta de acordo com a
situação atual.
A função pode ser ativada em qualquer modo.
Start Button
A entrada binária tem a mesma função do Start Button no painel frontal do InteliLite. Funciona
somente em modo MAN.
Stop Button
A entrada binária tem a mesma função do Stop Button no painel frontal do InteliLite. Funciona
somente em modo MAN.

Dica:
Alteração da função Stop Button. Após pressionar o botão pela primeira vez com o motor em
funcionamento, há um delay padrão e o controlador vai para o resfriamento (Cooling). Após segurar o
botão por 2 segundos o controlador vai para parada. O mesmo acontece para BI “Stop Button”.
FaultResButton
A entrada binária tem a mesma função do botão Fault Reset no painel frontal do InteliLite.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 49
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

HornResButton
A entrada binária tem a mesma função do botão Horn reset no painel frontal do InteliLite..
GCB Button
A entrada binária tem a mesma função do botão GCB no painel frontal do InteliLite. Funciona
somente em modo MAN.
MCB Button
A entrada binária tem a mesma função do botão MCB no painel frontal do InteliLite. Funciona
somente em modo MAN.
MainsFailBlock
Se a entrada for ativada, a partida automática do gerador em caso de falha da rede é bloqueada.
Caso o gerador esteja funcionando em modo AUT, após o tempo ReturnDel, o GCB será aberto, o
gerador vai para resfriamento e pára. Quando o GCB é aberto após TransferDel, o MCB é fechado.

Nota:
Essa entrada simula uma rede OK.
AMF StartBlock
Essa entrada binária pode permitir ou bloquear a partida na falta de rede (AMF). Quando a partida na
falta de rede é bloqueada e ocorre falta de rede no modo AUT então o MCB permanecerá fechado.
Dual AMFRole
Essa entrada binária pode ser usada para mudar o estado do controlador entre Mestre e Escravo na
aplicação Dual AMF.
Dual AMFCtrlIn
Entrada de controle para aplicação Dual AMF. Essa entrada binária do controlador 1 deve ser
configurada e interconectada com a saída binária DualAMFCtrlOut do controlador 2 para
funcionamento correto da função..

Dica:
Para mais informações sobre Dual mutual Standby veja o capítulo Stand-by Application.
Lang Selection
Não configurada
A seleção de linguagem é feita somente através do display do controlador. Pressionando os botões
ENTER e PAGE juntos e depois somente o botão PAGE separado.
Configurado em qualquer entrada binári a
Se a saída for desativada, a primeira linguagem (padrão) é ativada e se a entrada for ativada então a
segunda linguagem é ativada. No caso, existem mais linguagens disponíveis no controlador e não é
possível selecionar qualquer outra linguagem mesmo através do display.
AMF Function
Essa BI pode mudar a função do controlador entre AMF e MRS.

Dica:
A entrada binária “AMF function” tem prioridade sobre o parâmetro Operation Mode em AMF Settings.

Alt. Config.
Essa BI pode mudar entre a configuração básica do controlador e a configuração do Alternate Cfg.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 50
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Saídas binárias IL-NT - padrão
BO1 Starter
BO2 Fuel Solenoid
BO3 GCB Close/Open
BO4 MCB Close/Open
BO5 Prestart
BO6 Ready To Load
BO7 Alarm

Dica:
A descrição das saídas binárias de um controlador refere-se também aos módulos IOM/PTM.
Saídas binárias - lista
Not Used
A saída não tem função.
Starter
O rele de saída energiza o motor de partida.
O rele de saída abre se:
• A velocidade inicial for alcançada ou
• Tempo máximo de arranque for excedido ou
• Ocorrer uma requisição de parada
Fuel Solenoid
A saída abre a solenóide de funcionamento e habilita a partida do motor.
A saída abre se:
• Acionar o EMERGENCY STOP ou
• O motor estiver em parada após o resfriamento ou
• O controlador estiver na pausa entre tentativas de partida.
Stop Solenoid
A saída energiza a solenóide de parada para parar o motor. Essa saída é desativada 10s após as
condições de motor em funcionamento serem confirmadas.

Dica:
Para mais detalhes, veja o capítulo “Stop engine” conditions no capítulo Gen-set Operation States

Dica:
O motor pode partir a qualquer hora, se todos os sintomas dizerem que o motor está pronto
independentemente do fato do Stop Solenoid estar ativado (nesse caso ele é desativado antes do
arranque).
Stop Pulse
A saída é ativada por 1 segundo após a ativação da saída Stop Solenoid. Esse sinal é enviado para
ECU no caso de solicitação de parada do motor.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 51
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Ignition
A saída é ativada após o motor alcançar o valor fixo de 30RPM. Ela desativa após a parada do motor
ou durante as pausas entre partidas.
Prestart
A saída é ativada antes da partida do motor (Prestart) e é desativada quando a velocidade Starting
RPM é alcançada. Durante as tentativas de partida, a saída permanece ativada.
A saída pode ser usada para pré-aquecimento ou pre-lubrificação.
Cooling Pump
A saída é ativada quando o gerador parte e é desativada após a parada do motor.
Idle/Nominal
A saída Idle/Nominal é ativada após o tempo Idle Time. O Idle Time começa quando o Starting RPM é
alcançado. A proteção Underspeed (Sub velocidade) funciona 5 segundos após o motor alcançar o
Starting RPM. A proteção Start Fail ocorre se o RPM cair abaixo de 2RPM durante a marcha lenta.

Dica:
Conecte a saída binária Idle/Nominal ao regulador de velocidade para selecionar a velocidade: aberto
=IDLE, fechado=NOMINAL.
Air Valves
É ativada junto com Prestart. É desativada após o motor parar.
Condições de motor parado: RPM =0, Engine Params: Starting Oil P, D+ (quando habilitado).
Alarm
A saída é ativada se:
• qualquer alarme ocorra ou
• ocorrer mal funcionamento do gerador.
A saída é desativada se:
• FAULT RESET for pressionado
A saída é ativada novamente se uma nova falha ocorrer.
Horn
A saída é ativada se:
• qualquer alarme ocorra ou
• ocorrer mal funcionamento do gerador.
A saída é desativada se:
• FAULT RESET for pressionado ou
• HORN RESET for pressionado ou
• O tempo máximo de HORN for excedido (Horn Timeout)
A saída é ativada novamente se uma nova falha ocorrer.
GCB Close/Open
Controla o disjuntor do gerador.

Dica:
O tempo suposto para fechar o GCB (tempo de reação) é de 0,1 s.
O controlador IL-NT pode trabalhar sem feedback, nesse caso não configure feedback nas entradas
binárias.
Para mais detalhes veja os capítulos Circuit breakers timing e GCB, MCB fail detection.
GCB ON Coil
Ativa a bobina de fechamento do disjuntor do gerador.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 52
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

GCB Off Coil
Ativa a bobina de abertura do disjuntor do gerador.
GCB UV Coil
Controla a bobina de mínima tensão do disjuntor do gerador.
MCB Close/Open
Controla o disjuntor da rede.
Dica:
O controlador IL-NT pode trabalhar sem feedback, nesse caso não configure feedback nas entradas
binárias.
Para mais detalhes veja os capítulos Circuit breakers timing e GCB, MCB fail detection.
MCB On Coil
Ativa a bobina de fechamento do disjuntor da rede.
MCB Off Coil
Ativa a bobina de abertura do disjuntor da rede.
MCB UV Coil
Controla a bobina de mínima tensão do disjuntor da rede.
Ready
A saída é ativada se as seguintes condições são satisfeitas:
• Gerador não está em funcionamento e
• Nenhuma proteção de Shutdown está ativada
• Controlador não está em modo OFF.
Ready To AMF
A saída é ativada, se o controlador é capaz de partir o motor (a saída Ready está ativada) ou se o
motor já está em funcionamento e simultaneamente o controlador está em modo AUT.
Ready To Load
A saída é ativada se o gerador estiver em funcionamento, se todos valores elétricos estiverem dentro
dos limites e se nenhum alarme estiver ativado – é possível fechar o GCB ou ele já está fechado. A
saída é desativada durante o resfriamento.
Running
A saída é ativada se o motor estiver em funcionamento (Running).
Cooling
A saída é ativada quando o gerador está em resfriamento (Cooling).
Suppl ying Load
A saída é ativada quando a corrente do gerador é >0,5% da relação de TC.
Fórmulas exatas:
A saída é ativada quando a corrente em pelo menos uma fase estiver, por 1s, acima de CT
ratio/200+2
A saída é desativada quando a corrente nas três fases estiver, por 1s, abaixo de CT ratio/200+2
Dica:
Os valores são cortados após a divisão, não arredondados.
Fault Reset
Essa saída é uma cópia do botão Fault Reset e da entrada binária FaultResButton.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 53
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Gen Healthy
A saída é uma cópia do LED de status do gerador no painel frontal do IL-NT. A saída é ativada se o
gerador estiver em funcionamento e todos os valores elétricos do gerador estiverem nos limites.
Mains Healthy
A saída é uma cópia do LED de status da rede no painel frontal do IL-NT. A saída é ativada se a
tensão e a frequência da rede estiverem dentro dos limites.
Exerc Timer 1
A saída é ativada quando o Timer 1 for ativado. Simultaneamente, ocorre a partida do gerador
quando está em modo AUT. Veja o parâmetro Timer1..2Function [No Func/TEST/TEST OnLd/MFail
Blk/Mode OFF] para detalhes.
Exerc Timer 2
A saída é ativada quando o Timer 2 for ativado. Veja o parâmetro Timer1..2Function [No
Func/TEST/TEST OnLd/MFail Blk/Mode OFF] para detalhes.
Glow Plugs
A saída é ativada antes da partida do motor (pelo Prestart Time) e é desativada no início do tempo de
arranque (cranking time). Caso ocorra repetidas tentativas de arranque, a saída sempre é ativada
antes da partida do motor (pelo Prestart Time) e é desativada durante o arranque.


Fuel Pump
A saída é ativada quando o valor Fuel Level cai abaixo do parâmetro Fuel Pump ON e é desativada
quando o valor estiver acima do Fuel Pump OFF.

Dica:
A função Fuel Pump é associada à entrada analógica 3, monitorando o atual nível de combustível no
tanque. É necessário o uso de um sensor de nível de combustível nessa entrada analógica.
Temp Switch
Essa função é ligada à entrada analógica 2 do controlador – usada para medição de temperatura da
água. Os parâmetros TempSwitch ON e TempSwitchOFF para ajuste dos níveis de liga e desliga
estão localizados no grupo Engine Params. Um uso típico dessa saída binária é o pré-aquecimento.
O comportamento da saída é baseado no ajuste dos parâmetros como descrito a seguir:
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 54
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Power Switch
Essa função é associada à potência ativa do gerador. Os parâmetros PowerSwitch ON [kW] e
PowerSwitch OFF [kW] para ajuste dos níveis de liga e desliga estão localizados no grupo Engine
Params. Um uso típico para essa saída binária é o desligamento de cargas não-essenciais. O
comportamento da saída é baseado no ajuste dos parâmetros como descrito a seguir:

Dica:
A função Power Switch e sua saída binária são ativadas 30s após o motor entrar em funcionamento.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 55
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Maintenance
A saída é ativada se o alarme Maintenance estiver ativado, ou seja, se o gerador estiver em
funcionamento por um tempo maior que Engine Protect:WrnMaintenance.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
Ctrl HeartBeat
Essa saída sinaliza o Watchdog Reset. Em estado normal essa saída pisca a uma taxa de 500ms :
500ms. Quando o Watchdog Reset ocorre, ela pára de piscar.
Dual AMFCtrlOut
A saída de controle para Dual AMF. Essa saída binária do controlador 1 deve ser configurada e
interconectada com a entrada binária DualAMFCtrlIn do controlador 2 para funcionamento correto da
função.
Mode OFF
A saída é ativada, se o modo OFF for selecionado.
Mode MAN
A saída é ativada, se o modo MAN for selecionado.
Mode AUT
A saída é ativada, se o modo AUT for selecionado.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 56
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Mode TEST
A saída é ativada, se o modo TEST for selecionado.
AL D+ Fail
A saída é ativada se o gerador estiver em funcionamento e a entrada D+não estiver energizada.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
Dica:
O nível para entrada D+é 80% da tensão de alimentação.
AL Gen >V
A saída é ativada se o alarme de shutdown de sobre tensão do gerador for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Gen <V
A saída é ativada se o alarme de shutdown de sub tensão do gerador for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Gen Volts
A saída é ativada se o alarme de sobre/sub tensão ou assimetria de tensão do gerador for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Gen Freq
A saída é ativada se o alarme de sobre/sub freqüência do gerador for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Gen >Freq
A saída é ativada se o alarme de sobre freqüência do gerador for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Gen <Freq
A saída é ativada se o alarme de sub freqüência do gerador for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Mains Volts
A saída é ativada se o alarme de sobre/sub tensão ou assimetria de tensão da rede for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado
AL Mains Freq
A saída é ativada se o alarme de sobre/sub freqüência da rede for ativado.
A saída é desativada, se:
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 57
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

• O alarme não estiver ativado
AL Mains Fail
A saída é ativada se o alarme de sobre/sub tensão, assimetria de tensão ou sobre/sub freqüência da
rede for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado
AL OverloadBOC
A saída é ativada se o alarme de sobre carga do gerador for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Stop Fail
A saída é ativada quando o motor tem que estar parado, mas velocidade, freqüência, tensão ou
pressão do óleo é detectada (“Still Engine” conditions). Essa proteção se tora ativa quando termina o
Stop Time e qualquer condição de motor em funcionamento é detectada após o comando de parada
ou sob condições para ativação do alarme Wrn Stop Fail com motor parado:

- para tensão do gerador <50% da tensão nominal, Sd Stop Fail tem delay de 1s
- para tensão do gerador >50% da tensão nominal, Sd Stop Fail tem delay de 200ms
- para pressão do óleo >pressão inicial do óleo, Sd Stop Fail tem delay de 1s

Para detecção de RPM, não há delay.

Dica:
Para mais detalhes veja „Stop engine“ conditiones no capítulo Gen-set Operation states

Com a partida, essa proteção se torna inativa..
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Overspeed
A saída é ativada se o alarme de sobre velocidade do gerador for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Underspeed
A saída é ativada se o alarme de sub velocidade do gerador for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Start Fail
A saída é ativada se a partida do gerador falha.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Overcurrent
A saída é ativada se ativar o alarme de:
*Sobre corrente temporizada (IDMT) ou
Desbalanço de corrente ou
Curto circuito.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 58
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

A saída é desativada, se:
O alarme não estiver ativado e
FAULT RESET for pressionado
AL BatteryFail
A saída é ativada quando o IL-NT desliga durante o procedimento de partida (provavelmente devido a
baixa carga da bateria) ou quando o alarme de sobre/sub tensão da bateria aparece.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL EarthFault
A saída é ativada quando a corrente de fuga a terra é detectada (precisa módulo de extensão).
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado

Dica:
Para mais detalhes veja Earth Fault Measurement
AL Common Wrn
A saída é ativada quando algum alarme de warning ocorre.
A saída é desativada, se:
• Nenhum alarme de warning estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Common Sd
A saída é ativada quando algum alarme de shutdown ocorre.
A saída é desativada, se:
• Nenhum alarme de shutdown estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Common BOC
A saída é ativada quando algum alarme BOC ocorre.
A saída é desativada, se:
• Nenhum alarme BOC estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL Common Fls
A saída é ativada quando algum alarme de falha de sensor ocorre.
A saída é desativada, se:
• Nenhum alarme de falha de sensor estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL AI1 Sd
A saída é ativada se o shutdown de pressão do óleo (primeira entrada analógica) for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL AI1 Wrn
A saída é ativada se o warning de pressão do óleo (primeira entrada analógica) for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 59
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

AL AI2 Sd
A saída é ativada se o shutdown de temperatura da água (segunda entrada analógica) for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL AI2 Wrn
A saída é ativada se o warning de temperatura da água (segunda entrada analógica) for ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
AL AI3 Sd
A saída é ativada se o shutdown de nível de combustível (terceira entrada analógica) for ativado.
AL AI3 Wrn
A saída é ativada se o warning de nível de combustível (terceira entrada analógica) for ativado.
BI1..7 Status
* IOM BI1..7 Status
Essas saídas indicam o estado da entrada binária selecionada.
Caso a entrada binária selecionada esteja configurada como alarme, então a saída é ativada quando
o alarme é ativado. A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
Caso a entrada binária selecionada esteja configurada como função de controle, a saída mostrará
apenas o estado da entrada.
* AL IOM AI1..4 Wrn
A saída é ativada se um warning na entrada analógica selecionada do IOM/PTM estiver ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
* AL IOM AI1..4 Sd
A saída é ativada se um shutdown na entrada analógica selecionada do IOM/PTM estiver ativado.
A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
* ExtBI1..7 Status
Essas saídas indicam o estado da entrada binária selecionada.
Caso a entrada binária selecionada esteja configurada como alarme, então a saída é ativada quando
o alarme é ativado. A saída é desativada, se:
• O alarme não estiver ativado e
• FAULT RESET for pressionado
Caso a entrada binária selecionada esteja configurada como função de controle, a saída mostrará
apenas o estado da entrada.

Dica:
Válida quando o módulo de extensão IL-NT BIO8 ou IL-NT CT-BIO7 for configurado.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 60
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

ECU Comm OK
Se a ECU não estiver comunicando e todos os valores da ECU mostrarem ####, a saída será
desativada. Se a comunicação com a ECU estiver OK, a saída será ativada.
ECU Comm Error
Essa saída é uma inversão da saída binária ECU Comm Ok, ou seja, a saída é ativada quando a
ECU não está comunicando e todos os valores da ECU mostram #####. O erro de comunicação
causa a parada do motor.
ECU YellowLamp
Essa saída informa warning da ECU.
ECU Red Lamp
Essa saída informa shutdown da ECU.
ECU PowerRelay
A saída é ativada no início do prestart e é desativada se o motor deve parar.
Essa saída pode ser usada para indicar quando a ECU deve ser ligada, ou seja somente quando o
motor deve entrar em funcionamento.
Essa saída também influencia na identificação de falha de comunicação com a ECU e falha de
sensores das entradas analógicas lidas da ECU. Se a saída estiver configurada (em uma saída
binária física ou saída VPIO), a emissão de erro de comunicação é bloqueada durante os
procedimentos de pré-partida (Prestart) e parada (Stopping) como mostrado na figura abaixo.

Entradas analógicas

É possível configurar em cada entrada analógica:
• Leitura das entrada analógicas do IL ou da ECU via CAN bus (J 1939)
• Características do sensor – da lista padrão, ou curva criada pelo cliente
• Dimensões (e.g. psi - bars, °F - °C, % - l)
• Resolução do sensor
Os limites de Warning e shutdown são ajustados no grupo Engine Protect.
As entradas analógicas são configuráveis via LiteEdit. A configuração padrão é:
Oil Pressure
Entrada analógica de pressão do óleo. Faixa padrão: 0 a 10.0 bars
Início do
Prestart
Desativação
do Fuel
solenoid
Alarme de falha
de comunicação
da ECU
bloqueado
Fim do
Prestart
Motor
parado
t
ECU PwrRelay
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 61
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Water Temp
Entrada analógica de temperatura da água. Faixa padrão: 40 a 120 °C.
Fuel Level
Entrada analógica de nível de combustível. Sensor padrão VDO 0-180R =0-100%

Dica:
Para maiores informações sobre a configuração de entradas analógicas, veja Analog inputs.
Interface CAN J1939
Os seguintes valores podem ser lidos da ECU via CAN bus ao invés dos terminais do IL-NT quando a
interface J 1939 estiver habilitada.

Valor Valor lido do(a)
J 1939 habilitado J 1939 desabilitado
RPM ECU IL-NT – terminal RPM
Oil pressure ECU ou IL-NT AI1 IL-NT – terminal AI1
Water temperature ECU ou IL-NT AI2 IL-NT – terminal AI2
Fuel Level ECU ou IL-NT AI3 IL-NT – terminal AI3
ECU State ECU
Fuel Rate ECU
Manifold temp ECU
Boost Pressure ECU
Percent Load ECU

Use o LiteEdit para habilitar/desabilitar a interface J 1939 e configurar as entradas analógicas do IL-
NT.

Dica:
A leitura de RPM é automaticamente alterada para pickup ou frequência da tensão gerada (depende
do valor Basic Settings: Gear Teeth) se a interface J 1939 falhar.
Saídas analógicas

A placa de extensão IL-NT AOU8 fornece oito saídas PWM. Essas saídas foram criadas para uso em
mostradores analógicos tipo VDO. Isso proporciona uma indicação visual dos valores típicos da ECU
sem a instalação de sensores adicionais no motor. O sinal PWM simula o sensor que seria montado
no motor.
Qualquer valor do controlador pode ser configurado às saídas. Use o LiteEdit para configurar a curva
correspondente e seleção de valor.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 62
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Parâmetros
Password
EnterPassword
A senha é um número de quatro dígitos. A senha habilita a mudança de parâmetros protegidos.
Use as teclas ↑ ou ↓ para selecionar e a tecla ENTER para confirmar o valor.

Dica:
Existe apenas 1 nível de senha.
ChangePassword
Use as teclas ↑ ou ↓ para selecionar e a tecla ENTER para mudar a senha.

Dica:
A senha deve ser inserida antes da alteração para uma nova senha.

Durante a configuração do controlador ou mudança de parâmetros é necessário uma senha
para o controlador. A senha padrão do fabricante é “ 0” . O valor máxi mo de senha é “ 9999” .

O controlador tem as seguintes funções:
• Checagem automática de senha durante a alteração para a senha ser no máximo 9999, se o
valor for maior, ele será automaticamente alterado para 0. O LE irá prevenir a escrita de um
valor maior que 9999.
• Rotação do valor da senha caso utilize as setas do controlador.
Basic Settings
Gen-set Name
Nome definido pelo usuário, usado para identificação do InteliLite conexões remotas.
Gen-set Name tem no máximo 14 caracteres e tem que ser inserido pelo LiteEdit.
Nominal Power [kW]
Potência nominal do gerador
Passo: 1kW
Faixa: 1 – 5000 kW
Nomin Current [A]
É a corrente limite para proteções de sobre corrente temporizada *IDMT e curto circuito e representa
a corrente máxima do gerador. Veja os parâmetros Gener Protect: *Amps IDMT Del, Short Crct Sd.
Nominal Current pode ser diferente da corrente nominal do gerador.
Passo: 1 A
Faixa: 1 - 10000 A
CT Ratio [/5A]
Relação do transformador de corrente do gerador.
Passo: 1 A
Faixa: 1 – 5000 A / 5A

Dica:
As medi ções de corrente do gerador e potênci a são suprimidas se o nível de corrente for <1%
da faixa do TC.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 63
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Para firmware versão <=1.4:
Para CT Ratio <=250 os valores de potência e corrente são mostrados no controlador com uma casa
decimal. Para CT Ratio >250 os valores de potência e corrente são mostrados no controlador com
números inteiros. Se você mudar o CT Ratio no LiteEdit ou diretamente no controlador, números
decimais não mudarão imediatamente. A mudança será executada somente reconfigurando no
LiteEdit. As estatísticas de potência serão recontadas a partir desse momento no que diz respeito aos
números decimais de potência.
AVISO! Quando você mudar o firmware, as estatísticas podem ser inválidas! Verifique os
valores estatísticos. Se necessária, a mudança de valor é possível pelo LiteEdit (necessária senha).

AVISO! A mudança do CT Ratio para um valor maior que 250 sem reconfigurar no LiteEdit
pode causar uma alta leitura da medi ção de corrente e funcionamento impróprio do
controlador!

AVISO! Para CT Ratio <= 250 a corrente medida no gerador ou rede não deve ser maior que:
6500A ou
equivalente a 3200kVA em qualquer fase ou total kVA ou
equivalente a 3200kW em qualquer fase ou total kW.

Para CT Ratio > 250 são as mesmas condições com limites de 65000A, 32000kVA e 32000kW.

Para firmware versão >1.5:
A mudança para decimal não é feita pelo parâmetro “CT ratio”, mas em uma janela de configuração
do LiteEdit via “Units/Formats“:
AVISO! No caso de um décimo mostrado nos valores de potênci a, a corrente medida no
gerador ou rede não deve ser maior que:
6500A ou
equivalente a 3200kVA em qualquer fase ou total kVA ou
equivalente a 3200kW em qualquer fase ou total kW.

Para números sem deci mal, são as mesmas condições com limites de 65000A, 32000kVA e
32000kW.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 64
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


PT Ratio [/1]
Relação do transformador de tensão do gerador.
Passo: 0,1 V / V
Faixa: 0,1 – 500,0 V / V
Vm PT Ratio [/1]
Relação do transformador de tensão da rede.
Passo: 0,1 V / V
Faixa: 0,1 – 500,0 V / V
NomVolts Ph-N [V]
Tensão nominal do gerador (fase-neutro)
Passo: 1V
Faixa: 80 – 20000 V

Dica:
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 65
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

A verificação da sequencia de fase não é possível para tensões abaixo de 50V com isso se a tensão
de 50V estiver dentro da faixa permitida, o controlador não permitirá o fechamento do GCB, mesmo
se o respectivo LED no painel frontal do IL-NT estiver aceso.
NomVolts Ph-Ph [V]
Tensão nominal do gerador (fase-fase)
Passo: 1V
Faixa: 138 – 35000 V
Nominal Freq [Hz]
Frequência nominal do gerador (geralmente 50 ou 60 Hz )
Passo: 1Hz
Faixa: 45 – 65 Hz
Gear Teeth [-]
Número de dentes da cremalheira para leitura via pick-up.
Configure como zero, se o pick-up não for usado. A velocidade do motor será calculada da frequência
da tensão gerada.
Passo: 1
Faixa: 0 – 500

Dica:
A frequência do gerador pode ser usada somente quando a tensão do gerador (min 5V) estiver
presente antes de alcançar a velocidade de partida (Starting RPM) após o arranque.
Nominal RPM [RPM]
Velocidade nominal do motor.
Passo: 1 RPM
Faixa: 100 – 4000 RPM
ControllerMode [ OFF, MAN, AUT,*TEST ]
Equivalente à mudança de modo pelos botões MODE→ ou ←MODE.

Dica:
A mudança de modo do controlador pode ser protegido separadamente por senha.
Reset To MAN [ENABLED/DISABLED]
DISABLED: Controlador permanece em modo AUT após Fault Reset .
ENABLED: Mudança automática de AUT (ou TEST) para modo MAN após Fault Reset para evitar
a partida automática do gerador. Essa função funciona apenas para proteção de shutdown.
ConnectionType [3Ph4Wire / 3Ph3Wire / Split Ph / Mono Ph]
Conexão do gerador.
3Ph4Wire: Conexão estrela, 3 fases e neutro - 4 fios,
Medição de três fases – 3PY, 3x TC‘s
3Ph3Wire: Conexão triângulo, 3 fases sem neutro - 3 fios,
Medição de três fases – 3PD, 3x TC‘s
Split Phase: Conexão triângulo duplo, fase dividida,
Medição monofásica – 1PH, 1xTC
Mono Phase: MONOFASE,
Medição monofásica – 1PH, 1xTC
Dica:
Para mais detalhes sobre os tipos de conexão veja o capítulo Voltage measurement and generator
connection types.
Para mais detalhes sobre a influência do parâmetro Connection type nos valores de tensão no
histórico, veja o capítulo History file.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 66
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

CT Location [Load/GenSet]
Load: TC na carga.
GenSet: TC no gerador.
Dica:
Para mais detalhes sobre esta função, veja CT Location.
Comms Settings
ControllerAddr (1 .. 32) [-]
Número de identificação do controlador. É possível configurar endereços do controlador diferente do
valor padrão (1) então mais controladores IL podem ser interconectados (via RS485) e acessados por
um terminal Modbus.

Dica:
Quando abrir conexão com o controlador, seu endereço tem que corresponder com a configuração do
LiteEdit.
Pelo LiteEdit, só é possível conectar controladores com endereço 1.
COM1 Mode [DIRECT/MODEM/MODBUS/ECU LINK]
Protocolo de comunicação para o canal COM1.
DIRECT: Protocolo de comunicação do LiteEdit para conexão direta.
MODEM: Protocolo de comunicação do LiteEdit para conexão via modem.
MODBUS: Protocolo Modbus. Veja descrição detalhada no InteliCommunication guide.
ECU LINK: Protocolo para comunicação com motores Cummins via Modbus.

Dica:
Para detalhes sobre velocidade de comunicação e outros parâmetros técnicos, veja o capítulo
Technical Data.
Para descrição detalhada, veja o capítulo Modbus protocol. Desde a versão 1.3, o IL-NT suporta
registros orientados Modbus.
COM2 Mode [DIRECT/MODBUS/ECU LINK]
Protocolo de comunicação para o canal COM2, se um módulo de comunicação dupla estiver ligado.
DIRECT: Protocolo de comunicação do LiteEdit para conexão direta.
MODBUS: Protocolo Modbus. Veja descrição detalhada no InteliCommunication guide.
ECU LINK: Protocolo para comunicação com motores Cummins via Modbus.

Dica:
Para detalhes sobre velocidade de comunicação e outros parâmetros técnicos, veja o capítulo
Technical Data.
Para descrição detalhada, veja o capítulo Modbus protocol. Desde a versão 1.3, o IL-NT suporta
registros orientados Modbus.

Dica:
O protocolo Modbus TCP usando IB-Lite precisa da configuração COM1 Mode =DIRECT e COM2
Mode =MODBUS.
ModemIniString
Se o seu modem precisa de algum comando AT adicional de inicialização, ele pode ser colocado
aqui. Caso contrário deixe esse parâmetro em branco.
ModbusComSpeed [9600,19200, 38400, 57600]
Se o modo Modbus for selecionado nos canais COM1 ou COM2, a velocidade da comunicação
Modbus em bps pode ser ajustada aqui.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 67
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

IBLite IP Addr [-]
Se DHCP estiver DISABLED esse parâmetro é usado para ajustar o endereço IP da interface
Ethernet do controlador. Peça ajuda ao seu especialista em TI.

Se DHCP estiver ENABLED esse parâmetro é usado para mostrar o endereço IP foi dado pelo
servidor DHCP.
IBLite NetMask [-]
Se DHCP estiver DISABLED esse parâmetro é usado para ajustar a máscara de sub-rede da
interface Ethernet do controlador. Peça ajuda a seu especialista em TI.

Se DHCP estiver ENABLED esse parâmetro é usado para mostrar a máscara de sub-rede que foi
dada pelo servidor DHCP.
IBLite GateIP [-]
Se DHCP estiver DISABLED esse parâmetro é usado para ajustar o endereço IP do gateway do
segmento de rede onde o controlador está conectado.

Se DHCP estiver ENABLED esse parâmetro é usado para mostar o endereço IP do gateway que foi
dado pelo servidor DHCP.
O gateway é um dispositivo que conecta o respectivo segmento com outros segmentos e/ou Internet.
IBLite DHCP [ENABLED/DISABLED]
Esse parâmetro seleciona o método como a conexão Ethernet é ajustada.

DISABLED:
A conexão Ethernet é ajustada manualmente de acordo com os parâmetros: IP Addr, NetMask,
GateIP, DNS IP Address.
Esse método deve ser usado para Ethernet clássica ou conexão Internet. Quando esse tipo de
conexão é aberta, o controlador é especificado por seu endereço IP. Isso significa que seria
incoveniente se o endereço IP não for fixo (estático).

ENABLED:
As configurações da conexão Ehternet são obtidas automaticamente do servidor DHCP. As
configurações obtidas são copiadas nos parâmetros respectivos.
Se o processo de obtenção das configurações do servidor DHCP falhar, o valor 000.000.000.000 será
copiado no parâmetro IP address e o módulo continua a tentar obter as configurações.
ComAp Port [0 - 65535]
Esse parâmetro é usado para ajustar o número da porta usada para conexão Ethernet de um PC com
qualquer programa ComAp (Ex. InteliLIte, InteliMonitor). Esse parâmetro deve ser ajustado para 23,
que é a porta padrão usada por todos os programas ComAp. Um valor diferente deve ser usado em
situações especiais como dividir um endereço IP público entre vários controladores ou superar
restrições do firewall.
APN Name [-]
Nome do ponto de acesso APN para rede GPRS fornecido pelo operador GSM/GPRS.
APN User Name [-]
Nome de usuário para o ponto de acesso APN fornecido pelo operador GSM/GPRS.
APN User Pass [-]
Senha para o ponto de acesso APN fornecido pelo operador GSM/GPRS.
AirGate [ENABLED/DISABLED]
Esse parâmetro seleciona o modo de conexão Ethernet.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 68
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

DISABLED:
Esse é o modo padrão, no qual o controlador escuta o tráfego de entrada e responde às solicitações
TCP/IP endereçadas a ele. Esse modo necessita que o controlador seja acessível de um dispositivo
remoto (PC), ou seja, ele deve ser acessível em um endereço IP público e fixo, se você quiser
conectá-lo pela Internet.

ENABLED:
Esse modo usa o serviço "AirGate", que esconde todas as questões com endereços públicos/fixos em
uma caixa preta e você não precisa se preocupar com isso. Você precisa somente de uma conexão
com a Internet. O endereço do servidor AirGate é ajustado pelo parâmetro AirGate IP.
AirGate IP [-]
Esse parâmetro é usado para colocar o nome do domínio ou endereço IP do servidor AirGate. Use o
servidor AirGate gratuito fornecido pela ComAp no endereço airgate.comap.cz se sua companhia não
possuir seu próprio servidor AirGate.
SMTP User Name [-]
Use esse parâmetro para colocar o usuário do servidor SMTP.
SMTP User Pass [-]
Use esse parâmetro para colocar a senha do servidor SMTP.
SMTP Server IP [-]
Esse parâmetro é usado para nome do domínio (ex. smtp.yourprovider.com) ou endereço IP (ex.
74.125.39.109) do servidor SMTP. Pergunte essa informação ao seu provedor ou gerente de TI.

Dica:
Você pode usar servidores SMTP gratuitos, ex. smtp.gmail.com. Entretanto, note que alguns
servidores SMTP podem causar atrasos (em horas..) no envio de e-mails.
Se você não quer enviar e-mails, você deve deixar esse parâmetro em branco, assim como outros
parâmetros relacionados ao servidor SMTP e configurações de e-mail.
A configuração apropriada dos parâmetros relacionados ao SMTP assim como controller mailbox são
essenciais para envio de alertas via e-mails.
Contr Mail Box [-]
Coloque um endereço de e-mail existente nesse parâmetro. Esse endereço será usado como
remetente dos e-mails enviados pelo controlador.
Time Zone [-]
Esse parâmetro é usado para selecionar a zona de tempo onde o controlador está localizado. Veja a
configuração de zona de tempo do seu computador (clique no indicador de tempo localizado no canto
direito da barra de ferramentas do Windows) se você não estiver certo sobre a zona de tempo.

Dica:
Se a zona de tempo não for selecionada apropriadamente, os e-mails podem conter informações
incorretas sobre o horário de envio, que pode resultar em confusão sobre quando ocorreu um
problema.
DNS IP Address [-]
Se DHCP estiver DISABLED esse parâmetro é usado para ajustar o servidor de nome de domínios
(DNS), necessário para traduzir nomes de domínios de e-mails e servidores para os endereços IP
corretos.
Se DHCP estiver ENABLED esse parâmetro é usado para mostrar o servidor DNS dado pelo servidor
DHCP.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 69
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Engine Params
Starting RPM [%]
Velocidade de partida quando o controlador interrompe o arranque.
Passo: 1% da velocidade nominal
Faixa: 5 – 50 %
Starting Oil P [Bar]
Quando a pressão do óleo alcança esse valor, o controlador interrompe o arranque.
Passo: 0,1 bar
Faixa: 0,0 – 10,0

Dica:
Existem três condições para parada do arranque: RPM >Starting RPM, Oil Pressure >Starting Oil P
e D+(quando habilitado) =>80% da tensão da bateria. Starter desliga quando qualquer uma dessas
condições é válida.
Prestart Time [s]
Tempo de ativação da saída Prestart antes da partida do motor.
Configure como zero se você quer deixar a saída Prestart desativada.
Passo: 1s
Faixa: 0 – 600 s
MaxCrank Time [s]
Tempo máximo de arranque.
Passo: 1s
Faixa: 1 – 255 s
CrnkFail Pause [s]
Pausa entre as tentativas de arranque.
Passo: 1s
Faixa: 5 – 60 s
Crank Attempts [-]
Máximo de tentativas de arranque.
Passo: 1
Faixa: 1 – 10
Idle Time [s]
O tempo de marcha lenta começa quando a velocidade excede o parâmetro Starting RPM. Start fail
ocorre se durante o tempo de marcha lenta a velocidade cair abaixo de 2 RPM..
Durante o tempo de marcha lenta, a saída binária Idle/Nominal é desativada, quando termina esse
tempo, a saída Idle/Nominal é ativada. A saída Idle/Nominal pode se desativada durante o
resfriamento.
Passo: 1 s
Faixa: 0 – 600 s
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 70
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Starting
RPM
R
P
M
BO Starter
BO IDLE/RATED
RPM = 2
R
P
M
Start Fail
Idle Time Min Stab Time
Electric protections
active

Min Stab Time [s]
Tempo mínimo após alcançar determinado nível de velocidade para o fechamento do GCB.
Passo: 1s
Faixa: 1 – 300 (Max Stab Time) s
Max Stab Time [s]
Tempo máximo para alcançar o nível apropriado de tensão do gerador.
Passo: 1s
Faixa: 1 (Min Stab Time) – 300 s

Dica:
Quand a tensão do gerador não alcança os limites definidos (grupo Gener Protect) ao final do Max
Stab Time, ocorrerá um alarme e o gerador irá desligar
Cooling Speed [IDLE/NOMINAL]
Seleciona a função da saída binária IDLE/NOMINAL durante o resfriamento (Cooling).
NOMINAL : resfriamento em velocidade nominal e as proteções elétricas do gerador estão ativas.
IDLE: resfriamento em marcha lenta e as proteções elétricas do gerador estão desativadas.

Dica:
Quando ECU está conectada, o valor pré-definido de 900 RPM para IDLE é solicitado.

Dica:
A saída binária IDLE/NOMINAL deve ser configurada e conectada ao regulador de velocidade. A
velocidade de marcha lenta (Idle) deve ser ajustada no regulador de velocidade.
Cooling Time [s]
Tempo de resfriamento antes da parada do motor.
Passo: 1s
Faixa: 0 – 3600 s

Dica:
Resfriamento executado em velocidade nominal tem as proteções elétricas do gerador ativas.
Stop Time [s]
Em condições normais o motor deve parar dentro desse tempo. O período se inicia com o comando
de parada.
Passo: 1s
Faixa: 0 – 600 s

Dica:
Para mais detalhes veja o capítulo „Stop engine“ conditiones no capítulo Gen-set Operation states
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 71
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Fuel Solenoid [ DIESEL / GAS ]
Determina o comportamento da saída binária FUEL SOLENOID.
DIESEL: A saída é ativada 1s antes da saída binária STARTER.
A saída é desativada se ocorrer Emergency Stop, parada normal do gerador ou pausa entre
tentativas de arranque.
GAS: A saída é ativada junto com a saída binária IGNITION se a velocidade estiver acima de 30
RPM (valor fixo).
A saída é desativada após um comando de parada ou pausa entre tentativas de arranque.
D+ Function [ENABLED/CHRGFAIL/DISABLED]
ENABLED: O terminal D+é usado para detecção de motor em funcionamento “running e detecção
de falha do alternador
CHRGFAIL: O terminal D+é usado para detecção de falha do alternador somente.
DISABLED: O terminal D+não é usado.

Dica:
A corrente de magnetização é fornecida independentemente do valor desse parâmetro.
A proteção de falha do alternador D+se torna ativa quando Engine Params:Idle Time alcança zero.
ECU FreqSelect [PRIMARY/SECONDARY/DEFAULT]
Esse parâmetro deve ser usado somente para motores Volvo e Scania.

Volvo – “ Volvo Aux” está selecionado na configuração da ECU:
Velocidade primário ou secundária é configurada pelos bits Frequency select no quadro VP Status.

Scani a – “ Scani a S6 Singlespeed” está selecionado na configuração da ECU:
A velocidade nominal do motor é escolhida por Nominal speed switch 1 e 2 do quadro DLN1 quando
o motor estiver na velocidade nominal, ou seja, a saída binária Idle/Nominal está ativada. Quando a
saída está desativada (motor em marcha lenta), o parâmetro ECU FreqSelect não é considerado.

Mudança de frequência em motores Volvo Penta com EMS2
Essa descrição se refere ao Volvo Penta Application bulletin 30-0-003.
O Procedimento de mudança de velocidade nos motores D9 e D16 é diferente do motor D12.
Não há sistema de reset na unidade EMS2; portanto o procedimento é alterado.

Procedimento se a ECU não está energizada:
1. Coloque o controlador IL no modo MAN.
2. Ligue a ECU.
3. Mude o parâmetro ECU FreqSelect e confirme pressionando Enter
4. Pressione o botão Stop no controlador IL.
Todo procedimento (passo 2 a 4) não deve exceder 10 segundos.

Procedimento com a ECU ligada:
1. Coloque o controlador IL no modo MAN.
2. Pressione o botão Stop no controlador IL.
3. Mude o parâmetro ECU FreqSelect e confirme pressionando Enter
4. Pressione o botão Stop no controlador IL.
Todo procedimento (passo 2 a 4) não deve exceder 10 segundos.
ECU SpeedAdj [ % ]
Habilita o ajuste da velocidade do motor na ECU via CAN bus. A velocidade nominal corresponde a
50%.
Passo: 1%
Faixa: 0 – 100%

Dica:
O valor mínimo 0% é igual a 90% da velocidade nominal. O valor máximo 100% é igual a 110% da
velocidade nominal.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 72
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Fuel Pump ON [%]
Quando o valor do nível de combustível está abaixo ou igual a esse valor a saída binária Fuel Pump é
ativada.
Passo: 1
Faixa: 0 – 100 %
Fuel Pump OFF [%]
Quando o valor do nível de combustível está acima ou igual a esse valor a saída binária Fuel Pump é
desativada.
Passo: 1
Faixa: 0 – 100 %

Dica:
Os dois parâmetros acima são associados à entrada analógica 3 (nível de combustível)
É necessário para essa função o uso de um sensor de nível de combustível nessa entrada analógica.
TempSwitch ON [-]
Nível para ativar a saída binária TempSwitch. Essa função é associada à entrada analógica 2.
Passo: 1
Faixa: -100 .. 10000 [-]
TempSwitchOFF [-]
Nível para desativar a saída binária TempSwitch. Essa função é associada à entrada analógica 2.
Passo: 1
Faixa: -100 .. 10000 [-]
Dica:
A descrição da função Power Switch está no capítulo Binary outputs - list em Temp Switch.
PowerSwitch ON [kW]
Nível para ativar a saída binária “Power Switch”.
Passo: 1
Faixa: 0 – 32000 kW
PowerSwitchOFF [kW]
Nível para desativar a saída binária “Power Switch”.
Passo: 1
Faixa: 0 – 32000 kW
Dica:
A descrição da função Power Switch está no capítulo Binary outputs - list em Power Switch.
FuelTankVolume [l]
Define a capacidade do tanque de combustível do gerador.
Passo: 1
Faixa: 1 – 10000l

Dica:
Esse parâmetro deve ser configurado apropriadamente para correta avaliação de Perda de
combustível.
MaxFuelDrop [%/h]
Indica a perda máxima permitida de combustível no tanque por hora. Quando o motor não está em
funcionamento, o máximo permitido é 5% do volume total do tanque por hora. Em caso de detecção
de perda/vazamento, o alarme "Wrn FuelTheft" é ativado, enviado via SMS e mostrado no
WebSupervisor (se usado).
Passo: 1
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 73
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Faixa: 0 – 50%

Dica:
Coloque 0 no parâmetro MaxFuelDrop para desabilitar a proteção de perda de combustível.
Engine Protect
ProtectHoldOff [s]
Durante a partida do gerador, algumas proteções do motor tem que estar bloquadas (por exemplo a
pressão do óleo).
As proteções são desbloqueadas após o ProtectHoldOff. Esse começa após o motor atingir o Starting
RPM.
Passo: 1s
Faixa: 0 – 300 s

Dica:
O diagrama de sequência das proteções pode ser encontrado em Alarm time chart no capítulo Alarm
Management. Ele mostra quando e quais proteções estão ativas.
Horn Timeout [s]
Tempo máximo de alarme sonoro. Coloque em zero se quiser deixar a saída HORN desativada. Horn
timeout começa novamente no aparecimento de um novo alarme.
Passo: 1s
Faixa: 0 – 600 s
Overspeed Sd [%]
Nível para proteção de sobre velocidade.
Passo: 1% da velocidade nominal
Faixa: 100 – 150%

Dica:
O valor da proteção de sobre velocidade aumenta de 115 % a 125% da velocidade nominal na
duração de 5s (ProtectHoldOff). ProtectHoldOff é usado quando alguma proteção do motor tem que
ser bloqueada. Esse tempo começa ao alcançar 25% da velocidade nominal. Isso é válido se
GearTeeth =0.
AI1 Wrn [ Bar]
Nível de warning para ENTRADA ANALÓGICA 1
Passo: 0,1 bar
Faixa: -10 – 1000
AI1 Sd [ Bar]
Nível de shutdown para ENTRADA ANALÓGICA 1
Passo: 0,1 bar
Faixa: -10 – 1000
AI1 Del [s]
Tempo para alarme da ENTRADA ANALÓGICA 1
Passo: 1 s
Faixa: 0 – 900 s

Dica:
A primeira entrada analógica é dedicada à medição de pressão do óleo. Ela não é utilizada para
medição de outros valores.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 74
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

AI2 Wrn [ ]
Nível de warning para ENTRADA ANALÓGICA 2
Passo: 1 °C
Faixa: -100 – 10000
AI2 Sd [ ]
Nível de shutdown para ENTRADA ANALÓGICA 2
Passo: 1 °C
Faixa: -100 – 10000
AI2 Del [s]
Tempo para alarme da ENTRADA ANALÓGICA 2
Passo: 1 s
Faixa: 0 – 900 s
AI3 Wrn [ ]
Nível de warning para ENTRADA ANALÓGICA 3
Passo: 1 %
Faixa: -100 – 10000
AI3 Sd [ ]
Nível de shutdown para ENTRADA ANALÓGICA 3
Passo: 1 %
Faixa: -100 – 10000
AI3 Del [s]
Tempo para alarme da ENTRADA ANALÓGICA 3
Passo: 1 s
Faixa: 0 – 900 s
Batt Undervolt [V]
Nível de warning para baixa tensão da bateria.
Passo: 0,1 V
Faixa: 8V – 40 (Battery >Volts)
Batt Overvolt [V]
Nível de warning para alta tensão da bateria.
Passo: 0,1 V
Faixa: 8V – 40 (Battery <Volts)
Batt Volt Del [s]
Tempo para alarme de tensão da bateria.
Passo: 1s
Faixa: 0 – 600 s
WrnMaintenance [h]
Contagem regressiva enquanto o motor está em funcionamento. Se chega a zero, um alarme
aparece. Quando o valor 10000 é configurado, a função Maintanance está desabilitada e o contador
não conta. O valor do contador desaparece das estatísticas do controlador. Tempo máximo de
contagem regressiva é 9999.
Passo: 1h
Faixa: 0 – 10000 h
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 75
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Gener Protect

Dica:
Todas as proteções elétricas quando ativadas resultam em shutdown ou BOC.

As proteções do gerador são verificadas de diferentes tensões baseadas no parâmetro
ConnectionType:
• 3W 4Ph – tensão F-F
• 3W 3Ph – tensão F-F
• Split Ph – tensão F-N
• Mono Ph – tensão F-N
Overload BOC [%]
Nível para sobrecarga do gerador (em % da potência nominal). A proteção é BOC (Breaker Open and
genset Cooldown).
Passo: 1% de Nominal Power
Faixa: 0 – 200%
Overload Del [s]
Tempo para alarme de sobrecarga do gerador.
Passo: 0.1s
Faixa: 0 – 600.0 s
Short Crct BOC [%]
BOC ocorre quando a corrente do gerador alcança o limite Short Crct BOC.
Passo: 1 % de Nominal current
Faixa: 100 - 500 %
Short Crct Del [s]
Tempo para alarme de corrente de curto do gerador.
Passo: 0.04s
Faixa: 0.00 – 10.00 s
*Amps IDMT Del [s]
Seleção da IDMT. Amps IDMT Del é o tempo de reação da proteção IDMT para 200% de sobre
corrente Igen =2* Nomin Current.
Passo: 0,1 s
Faixa: 0,1 - 600,0 s
IDMT é a proteção de sobre corrente do gerador “very inverse”. O tempo de reação não é constante e
depende do nível de sobre corrente do gerador de acordo com a seguinte formula:

Dica:
O tempo de reação é limitado a 3600s =1 hora. A proteção IDMT não é ativada para tempos de
reação maiores que 1 hora.

Igen é o valor máximo medido entre todas as fases do gerador.

EXEMPLO de tempo de reação para diferentes níveis de sobre corrente. Valores na coluna 200% são
IDMT Curr Del.
Amps IDMT Del * Nomin Current
Reaction time =
Igen - Nomin Current
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 76
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf














Igen
Nominal Current
Short Crct Sd
Amps IDMT Del
Maximal Reaction time
R
e
a
c
t
i
o
n
t
i
m
e

Amps Unbal BOC [%]
Nível para desbalanço de corrente do gerador.
Passo: 1% da Corrente nominal
Faixa: 1 – 200% da Corrente nominal
Amps Unbal Del [s]
Tempo para alarme de desbalanço de corrente do gerador.
Passo: 0.1 s
Faixa: 0.0 – 600.0 s
Gen >V Sd [%]
Nível para sobre tensão do gerador. Todas três fases são verificadas. Máximo das três é usado.
Passo: 1% da Tensão nominal
Faixa: 0 (Gen <V BOC) – 200%
Gen <V BOC [%]
Nível para sub tensão do gerador. Todas três fases são verificadas. Mínimo das três é usado.
Passo: 1% da Tensão nominal
Faixa: 0% – 200 (Gen >V Sd)%

Dica:
Proteção de sobre/sub tensão é avaliada de acordo com Basic Settings: ConnectionType. Conexões
3Ph4Wire e 3Ph3Wire são avaliadas de acordo com a tensão F-F nominal (NomVolts Ph-Ph) e as
Sobre corrente
200 % =
IDMT Curr
Del
≤ 100 % 101 % 110 %

Tempo de
reação
0,2 s Sem ação 20 s 2 s
2 s Sem ação 200 s 20 s
20 s Sem ação 2000 s 200 s
40 s Sem ação Sem ação
(Tempo de
reação ≥ 1
hora)
400 s
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 77
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

conexões Split Phase e Mono Phase são avaliadas de acordo com a tensão F-N nominal (NomVolts
Ph-N).
Gen V Del [s]
Tempo para alarme de sobre/sub tensão do gerador.
Passo: 0.1s
Faixa: 0.0 – 600.0 s
Volt Unbal BOC [%]
Nível para alarme de desbalanço de tensão do gerador
Passo: 1% da tensão nominal
Faixa: 0 – 200% da tensão nominal
Volt Unbal Del [s]
Tempo para alarme de desbalanço de tensão do gerador.
Passo: 0.1s
Faixa: 0.0 – 600.0 s
Gen >Freq BOC [%]
Nível para sobre frequência da fase L1 (R) do gerador.
Passo: 0.1% da Frequência nominal
Faixa: 0 (Gen <Freq BOC) – 200.0% da Frequência nominal
Gen <Freq BOC [%]
Nível para sub frequência da fase L1 (R) do gerador.
Passo: 0.1% da Frequência nominal
Faixa: 0.0 – 200 (Gen >Freq BOC ) % da Frequência nominal
Gen Freq Del [s]
Tempo para alarme de sobre/sub frequência do gerador.
Passo: 0.1s
Faixa: 0.0 – 600.0 s
AMF Settings
Operation Mode [AMF/MRS/SLAVE/MASTER]
Esse parâmetro define o funcionamento básico do controlador.

AMF: Operação AMF normal

MRS: No modo MRS, o controlador não irá realizar a função AMF mais. O botão MCB ficará inativo
assim como a medição e proteção da rede serão desabilitadas. O controlador permanecerá
no modo TEST e o gerador em modo AUT partirá pela entrada binária Rem Start/Stop.

SLAVE/MASTER:
Quando SLAVE ou MASTER for selecionado, o controlador estará na função Dual Mutual
Standby.
Dica:
MASTER ou SLAVE podem ser definidos pelo entrada binária DualAMFRole com maior prioridade
que o parâmetro Operation Mode.
Dual AMFTime [h]
Tempo de troca dos geradores o fornecimento para carga.
Passo: 1h
Faixa: 1 – 24h
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 78
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

RetFromIsland [MANUAL/AUTO]
MANUAL: Após o fechamento do GCB, o IL vai automaticamente para o modo MAN.
AUTO: O controlador não vai automaticamente para o modo MAN.
EmergStart Del [s]
Tempo após a falha da rede para a partida do gerador.
Passo: 1s
Faixa: 0 – 6000 s
MainsReturnDel [s]
Tempo após o retorno da rede para a abertura do GCB.
Passo: 1s
Faixa: 1 – 3600 s
Transfer Del [s]
Tempo após a abertura do GCB para o fechamento do MCB durante o procedimento de retorno.
Tempo após a abertura do MCB para o fechamento do GCB se o parâmetro MCB Opens On estiver
como GENRUN.
Passo: 0.1s
Faixa: 0 – 600.0 s

O diagrama a seguir mostra a configuração recomendada do parâmetro AMF Settings:Transfer Del.

Se o parâmetro Transfer Del for menor que o tempo necessário para abertura do disjuntor, o
controlador fecha a saída GCB Close/Open 100 ms após a desativação da entrada MCB Feedback.
Se algum atraso entre a desativação do MCB feedback e o fechamento da saída GCB Close/Open é
necessário, então o Transfer Del deve ser configurado como a soma da abertura do MCB e o atraso
desejado.















MCB Close Del [s]
Tempo após retorno da rede para fechamento do MCB, se o gerador não está em funcionamento.
Passo: 0.1s
Faixa: 0 – 60.0 s
Mains >V [%]
Nível para sobre tensão da rede. Todas as três fases são verificadas. Máximo das três é usado.
Passo: 1% da Tensão nominal
Faixa: 50 (Mains <V) – 150%
Mains <V [%]
Nível para sub tensão da rede. Todas as três fases são verificadas. Máximo das três é usado.
Passo: 1% da Tensão nominal
Faixa: 50% – 150 (Mains >V)%
MCB
Close/Open
MCB
Feedback
GCB
Close/Open
MCB opening del
Transfer Del
MCB
Close/Open
MCB
Feedback
GCB
Close/Open
Transfer
Del
MCB opening
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 79
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Mains V Del [s]
Tempo para alarme de sobre/sub tensão da rede.
Passo: 0.1 s
Faixa: 0 – 600.0 s
Mains V Unbal [%]
Nível para desbalanço de tensão da rede.
Passo: 1% da tensão nominal
Faixa: 1 – 150%
Mains VUnb Del [s]
Tempo para alarme de desbalanço de tensão da rede.
Passo: 0.1 s
Faixa: 0- 60.0
Mains >Freq [%]
Nível para sobre frequência da rede. Todas as três fases são verificadas. Máximo das três é usado.
Passo: 0.1% da Frequência nominal
Faixa: 50 (Mains <Freq) – 150.0%
Mains <Freq [%]
Nível para sub frequência da rede. Todas as três fases são verificadas. Máximo das três é usado.
Passo: 0.1% da Frequência nominal
Faixa: 50% – 150.0 (Mains >Freq) %
Mains Freq Del [s]
Tempo para alarme de sobre/sub frequência da rede.
Passo: 0.1s
Faixa: 0 – 60.0 s
MCB Logic [CLOSE-ON / CLOSE-OFF]
Esse parâmetro influencia o comportamento da saída binária MCB CLOSE/OPEN.
CLOSE-ON: Quando a saída MCB CLOSE/OPEN está ativada – MCB deve estar fechado.
CLOSE-OFF: Quando a saída MCB CLOSE/OPEN está ativada – MCB deve estar aberto.

iL “ OFF”

MCB logic = ”CLOSE-ON”

iL “ ON”
Mains O.K. Mains O.K.
Mains Failure
Signal after external
inverted relay
MCB logic = ”CLOSE-OFF”
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 80
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf




Dica:
Caso MCB Logic =“CLOSE-OFF”, é necessário trocar externamente a polaridade do sinal de saída.
ReturnFromTEST [MANUAL / AUTO]
Esse parâmetro influencia o comportamento do modo TEST.

MANUAL:
1) Selecione TEST, o gerador parte e funciona sem carga.
2) Para transferir a carga da rede para o gerador, pressione MCB ON/OFF ou espere a falta da
rede.
3) Quando a rede voltar, o gerador permanece com a carga.
4) Para parar o gerador, selecione o modo AUTO
5) No modo AUT:
a) Após o MainsReturnDel, o InteliLite abre o GCB
b) Após o Transfer Del, o InteliLite fecha o MCB.
c) O gerador entra em resfriamento e pára.

AUTO:
1) Selecione TEST, o gerador parte e funciona sem carga.
2) Para transferir a carga da rede para o gerador, pressione MCB ON/OFF ou espere a falta da
rede.
3) Quando a rede voltar:
a) Após o MainsReturnDel, o InteliLite abre o GCB
b) Após o Transfer Del, o InteliLite fecha o MCB.
4) O gerador permanece em funcionamento.
5) Para parar o gerador selecione um modo diferente de TEST.
MCB Opens On [MAINSFAIL / GENRUN]
MAINSFAIL
O comando para abrir o MCB é dado imediatamente após confirmada a falha de rede. Se a rede
retornar aos parâmetros (após MainsReturnDel) após abrir MCB e antes de fechar GCB, o timer
MCBCloseDel é aplicado antes do fechamento do MCB.

GENRUN
O comando para abrir o MCB não é dado até o gerador partir (respeitando o parâmetro EmergStart
Del), alcançar o estado Running, tensão e frequência adequados e terminar o Min Stab Time. Após
isso, o MCB é aberto, o Transfer Del é iniciado e o GCB é fechado ao terminar o Transfer Del.
Se a rede retornar aos parâmetros (Após MainsReturnDel) após abrir MCB e antes de fechar GCB,
novamente o TransferDel será aplicado antes de fechamento do MCB.


+
Battery
-
iL
DO 4
MCB
AUX.
INVERTING
RELAY
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 81
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Dica:
Essa opção pode ser usada para MCBs usando controle de 230V, sem bobina de mínima tensão.
*Extension I/O
IOM AI1..4 Wrn [ ]
Nível para alarme de warning para IOM ANALOG INPUT 1..4.
Passo: 1
Faixa: -100 - +10000
IOM AI1..4 Sd [ ]
Nível para alarme de shutdown para IOM ANALOG INPUT 1..4.
Passo: 1
Faixa: -100 - +10000
IOM AI1..4 Del [s]
Tempo para alarme do IOM ANALOG INPUT 1..4.
Passo: 1s
Faixa: 0 - 900s

Dica:
Proteções das entradas analógicas do IG-IOM/IGS-PTM podem ser configuradas da seguinte forma:

Configuração Proteção
Under A proteção é ativada somente quando o valor medido estiver abaixo do nível medido.
Over A proteção é ativada somente quando o valor medido estiver acima do nível medido.
Under+fls Nível de proteção 2 também é ativado caso o sensor falhar.
Over+fls Nível de proteção 2 também é ativado caso o sensor falhar.
IOM AI1..4 Calibr […]
Constante de calibração para ajustar o valor medido pelas entradas analógicas do IOM/PTM. A
dimensão física desta constante é correspondente à entrada analógica.
Passo: 1
Faixa: -1000 – +1000
Date/Time
Alguns parâmetros nesse grupo estão disponíveis apenas em modelos específicos de IL-NT.
*Time Stamp Per [min]
Intervalo para gravação periódica de eventos no histórico.
Passo: 1 min
Faixa: 0 – 200min

Nota:
A gravação periódica só ocorre com o gerador em funcionamento. Quando o gerador pára não há
gravação no histórico.
*#SummerTimeMod [ DISABLED / WINTER / SUMMER, WINTER-
S, SUMMER-S ]
DISABLED: Mudança automática entre horário de verão e de inverno está desabilitada.
WINTER (SUMMER): Mudança automática entre horário de verão e de inverno está habilitada e está
configurado como inverno (verão).
WINTER-S (SUMMER-S) : Modificação para hemisfério sul.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 82
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

*#Time [HHMMSS]
Ajuste de hora.
*#Date [DDMMYYYY]
Ajuste de data.
Timer1..2Function [No Func / TEST / TEST OnLd / MFail Blk / Mode OFF]

É possível escolher as 5 seguintes funções para Timer. A saída binária Exerc Timer X está sempre
ativada quando o Timer está ativado independente da função escolhida. As funções do timer
requerem o gerador em modo AUT.

Timer1 tem prioridade sobre Timer2. Então se Timer1 estiver configurado para modo TEST e Timer2
estiver configurado no mesmo horário para modo OFF, o controlador irá trabalhar em modo TEST.
O controlador ativa o timer sempre que for ligado mesmo no período que o timer já deveria estar
funcionando.

No Func: Não há função, mas as saídas binárias Timer1..2 são ativadas.
TEST: Quando essa opção é escolhida a saída Timer, é internamente conectada à entrada
binária Remote TEST.
TEST OnLd: Quando essa opção é escolhida a saída Timer, é internamente conectada à entrada
binária Rem TEST OnLd.
MFail Blk: Quando essa opção é escolhida a saída Timer, é internamente conectada à entrada
binária MainsFailBlock.
Mode OFF: Quando essa opção é escolhida a saída Timer, é internamente conectada à entrada
binária Remote OFF.
*Timer 1..2 Repeat
[NONE/MONDAY/TUESDAY/WEDNESDAY/THURSDAY/WEDNESDAY/FRI
DAY/SATURDAY/SUNDAY/MON-FRI/MON-SAT/MON-SUN/SAT-SUN]
Define a ativação do TIMER 1,2. A saída binária TIMER 1,2 é internamente conectada com a entrada
binária Rem Start/Stop. Para mais detalhes veja saídas binárias “Exerc Timer X“ e as entradas
binárias relacionadas aos parâmetros Timer1..2Function.

NONE: A função Timer está desabilitada.
MONDAY, TUESDAY, WEDNESDAY, THURSDAY, WEDNESDAY, FRIDAY, SATURDAY, SUNDAY:
Timer é ativado baseado no dia.
MON-FRI, MON-SAT, SAT-SUN:
Timer é ativado no intervalo selecionado.
*Timer1..2 ON Time
Horário em que o Timer e a saída “Exerc Timer X“ serão ativados.
*Timer1..2Duration
Duração do Timer.
Passo: 1 min
Faixa: 1 – 1440 s
Test Period [d]
Duração do tempo de teste. Este timer irá ligar o motor num período específico por uma duração
específica. O Timer começa no momento que liga o controlador, ou durante a partida do motor na
transição Idle para Running.

Faixa: 0 – 240 dias
^Disponível apenas no AMF20.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 83
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Test Duration [min]
Duração do teste de funcionamento do motor.
Faixa: 0 – 240 minutos
^Disponível somente no AMF20.

Dica:
Essa função não funciona até que ambos os parâmetros (Test Period e Test Duration) forem
configurados para valores diferentes de zero.
Sensors Spec
AI1, AI2, AI3 Calibration […]
Constante de calibração para ajustar o valor medido pelas entradas analógicas do módulo.
A dimensão física desta constante é correspondente à entrada analógica.
Passo: 1
Faixa: -1000 – +1000

Dica:
Constantes de calibração devem ser ajustadas quando o valor medido está próximo do nível de
alarme. Curvas do usuário podem ser definidas pelo software LiteEdit.
SMS/E-Mail
Mensagens de alarme
Se um modem GSM e/ou módulo de Internet, o controlador pode enviar mensagens SMS e/ou emails
no momento que um alarme aparecer na lista de alarmes. A mensagem irá conter uma cópia da
lista de alarmes.
Para habilitar essa função, você deve selecionar os parâmetros Yel Alarm Msg e Red Alarm Msg,
quais níveis de alarme devem ser anunciados (red/yellow/both) e também colocar um número GSM
e/ou endereço de e-mail nos parâmetros TelNo/Addr Ch1 e TelNo/Addr Ch2. É possível colocar ou
um número GSM ou e-mail em ambos os parâmetros.
NOTA:
Um módulo de Internet deve ser usado para o envio de e-mails. Similarmente, um modem GSM é
necessário para envio de SMS.

Dica:
São 5 tentativas de chamada (SMS/E-Mail). Tempo para conexão é de 90s e após 120s o controlador
inicia uma nova tentativa. Durante o tempo que o IL-NT está tentando fazer uma chamada, novas
chamadas estarão bloqueadas.
Yel Alarm Msg [ON/OFF]
Coloque ON nesse parâmetro se você quiser mensagens de alarme yellow (warning).
Dica:
O endereço de destino (número de telefone GSM ou endereço de e-mail) deve ser corretamente ao(s)
parâmetro(s) TelNo/Addr Ch1 e TelNo/Addr Ch2.
Red Alarm Msg [ON/OFF]
Coloque ON nesse parâmetro se você quiser mensagens de alarme red (shutdown ou BOC).
Dica:
O endereço de destino (número de telefone GSM ou endereço de e-mail) deve ser corretamente ao(s)
parâmetro(s) TelNo/Addr Ch1 e TelNo/Addr Ch2.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 84
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Event Msg [ON/OFF]
Coloque esse parâmetro em ON se você quiser receber mensagens se um novo evento ocorrer.
Dica:
O endereço de destino (número de telefone GSM ou endereço de e-mail) deve ser corretamente ao(s)
parâmetro(s) TelNo/Addr Ch1 e TelNo/Addr Ch2.
TelNo/Addr Ch1, 2
Coloque um número GSM ou endereço de e-mail nesse parâmetro, onde as mensagens de alarme
devem ser enviadas. O tipo de ligação ativa é considerado do valor desse parâmetro. Se houver “@“
é um endereço de e-mail e um e-mail é enviado. Se o valor é um número, sem “@“, é um número de
telefone e um SMS é enviado.
Dica:
Para números GSM, use o formato nacional (como você disca para ligação local) ou o formato
internacional completo com "+" seguido pelo prefixo internacional no começo.
Números de telefone e e-mails podem ser modificados pela IHM ou pelo PC.

Os seguintes botões para a modificação do número de telefone
- ENTER para - abrir a modificação
- confirmação da mudança de um número particular e pular para próxima posição
- confirmação do último número e fechamento da modificação
- MODE para - enquanto ajusta o caractere, pressione o botão Mode para pular entre grupos de
caracteres e agilizar o processo.
- ↑ e ↓ para - mudança de um número/caractere particular

Números/carcteres particulares podem ter os valores: de “0” a “9”, “a” a “z”, vários símbolos e espaço
vazio.
SMS Language [1/2]
Selecione 1 para receber mensagens na linguagem primária do controlador ou 2 para secundária.
Alternate Cfg
A configuração 1 ou 2 docontrolador é selecionada baseada no valor BI Alt. Config (todos os
parâmetros relacionados estão no grupo Alternate Cfg).

Dica:
O controlador reagirá a mudança da entrada binária somente enquanto o motor estiver parado. Numa
mudança bem sucedida, aparecerá no histórico uma nova mensagem ("Nominal1Active",
"Nominal2Active").

Dica:
Se a configuração 1 conterá parâmetros para 50Hz e a configuração 2 para 60Hz, é possível usar isto
para uma chave 50/60 Hz.
Nominal RPM 1..2 [RPM]
Velocidade nominal do motor.
Passo: 1RPM
Faixa: 100 – 4000 RPM
Nominal Freq 1..2 [Hz]
Frequência nominal do gerador (geralmente 50 ou 60 Hz )
Passo: 1Hz
Faixa: 45 – 65 Hz
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 85
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

NomVolts Ph-N 1..2 [V]
Tensão nominal do gerador (fase-neutro)
Passo: 1V
Faixa: 80 – 20000 V

Dica:
A verificaão de sequência de fase não é possível abaixo de 50V, caso a tensão medida de 50V esteja
dentro dos limites permitidos, o controlador não fechará o GCB, mesmo se o LED no painel frontal do
IL-NT acender.
NomVolts Ph-Ph1..2 [V]
Tensão nominal do gerador (fase-fase)
Passo: 1V
Faixa: 138 – 35000 V
Nomin Current 1..2 [A]
Corrente limite para sobre corrente temporizada *IDMT do gerador e sobre corrente instantanea, ou
seja, corrente máxima do gerador. Veja os parâmetros Gener Protect: *Amps IDMT Del, Short Crct
Sd. Nominal Current pode ser diferente valor nominal de corrente do gerador.
Passo: 1 A
Faixa: 1 - 10000 A
ConnectionType 1..2 [3Ph4Wire / 3Ph3Wire / Split Ph / Mono Ph]
Conexão do gerador.
3Ph4Wire: Conexão ESTRELA, 3 fases e neutro - 4 fios,
Medição três fases “wye” – 3PY, 3x TC‘s
3Ph3Wire: Conexão TRIÂNGULO, 3 fases sem neutro - 3 fios,
Medição três fases “delta” – 3PD, 3x TC‘s
Split Phase: Conexão DOUBLE DELTA, Split Phase,
Medição monofásica – 1PH, 1xTC
Mono Phase: MONOFASE,
Medição monofásica – 1PH, 1x TC
Dica:
Para mais detalhes sobre tipos de conexão, veja o capítulo Voltage measurement and generator
connection types.
Para detalhes sobre a influência do Connection type nos valores de tensão do histórico, veja o
capítulo History file.
ECU FreqSelect1..2 [PRIMARY/SECONDARY/DEFAULT]
Esse parâmetro deve ser usado somente para motores Volvo e Scania.

Volvo – “ Volvo Aux” está selecionado na configuração da ECU:
Velocidade primário ou secundária é configurada pelos bits Frequency select no quadro VP Status.

Scani a – “ Scani a S6 Singlespeed” está selecionado na configuração da ECU:
A velocidade nominal do motor é escolhida por Nominal speed switch 1 e 2 do quadro DLN1 quando
o motor estiver na velocidade nominal, ou seja, a saída binária Idle/Nominal está ativada. Quando a
saída está desativada (motor em marcha lenta), o parâmetro ECU FreqSelect não é considerado.

Mudança de frequência em motores Volvo Penta com EMS2
Essa descrição se refere ao Volvo Penta Application bulletin 30-0-003.
O Procedimento de mudança de velocidade nos motores D9 e D16 é diferente do motor D12.
Não há sistema de reset na unidade EMS2; portanto o procedimento é alterado.

Procedimento se a ECU não está energizada:
1. Coloque o controlador IL no modo MAN.
2. Ligue a ECU.
3. Mude o parâmetro ECU FreqSelect e confirme pressionando Enter
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 86
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

4. Pressione o botão Stop no controlador IL.

Todo procedimento (passo 2 a 4) não deve exceder 10 segundos.

Procedimento com a ECU ligada:
1. Coloque o controlador IL no modo MAN.
2. Pressione o botão Stop no controlador IL.
3. Mude o parâmetro ECU FreqSelect e confirme pressionando Enter
4. Pressione o botão Stop no controlador IL.

Todo procedimento (passo 2 a 4) não deve exceder 10 segundos.
ECU SpeedAdj 1..2 [ % ]
Habilita o ajuste da velocidade do motor na ECU via CAN bus. A velocidade nominal corresponde a
50%.
Passo: 1%
Faixa: 0 – 100%

Dica:
O valor mínimo 0% é igual a 90% da velocidade nominal. O valor máximo 100% é igual a 110% da
velocidade nominal.
*EarthFaultProt
Dica:
Mais informações estão disponíveis no capítulo Earth fault Measurement.
EF Protection [ENABLED/DISABLED]
Esse parâmetro pode bloquear ou permitir a proteção de corrente de fuga à terra.
EF CT Ratio [/5A]
Relação do TC da corrente de fuga à terra.
Passo: 1 A
Faixa: 1 – 2000 A /5A
EarthFault Sd [A]
Nível de shutdown para corrente de fuga à terra.
Passo: 0,01A
Faixa: 0,03 – 5 A
EarthFault Del [s]
Delay para medição de corrente de fuga à terra.
Passo: 0,01s
Faixa: 1 – 5s

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 87
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

*ECU-suporte para motores eletrônicos
Existe apenas uma lista de firmware para os motores mecânicos e eletrônicos.
A presença da ECU na CAN bus/RS232 é configurado através do software LiteEdit, assim como
outros periféricos (IG-IOM, IGL-RA15). Pressionando o botão na janela de configuração de
LiteEdit abre uma janela onde o motor ou tipo de ECU deve ser selecionado. A lista atual de tipos de
ECU está disponível no site da ComAp no pacote "ECU list - x.y.iwe". Baixe esse pacote e importe
para o LiteEdit assim como o pacote de firmware IWE.
Maiores informações sobre os pacotes de lista de ECU, configuração e ligação recomendada podem
ser encontradas no manual Comap Electronic Engines Support.



Se o motor conectado é Cummins com GCS comunicando via Modbus, é necessário configurar o
parâmetro Basic settings:COM1 Mode =ECU LINK ou COM2 Mode =ECU LINK.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 88
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

A perda de comunicação causa um alarme de warning. Pelo contrário, a ECU pode ser desligada com
motor parado o que significa que a ECU não está comunicando em uma situação normal. Todos os
valores da ECU devem mostrar ####, mas nenhum alarme é mostrado. A saída ECU Comm OK
segue a real situação o que significa que não está ativada quando a ECU não comunica.

A saída ECU PowerRelay é ativada no início do prestart e desativada se o motor deve parar. Pode
ser usada para ligar e desligar a ECU. Se a saída estiver configurada mas não ativada, o alarme de
configuração da ECU é bloqueado.

A partida do motor via saída padrão ou via CAN bus depende da capacidade da ECU.
Identificação da ECU configurada
É possível identificar qual ECU está configurada no IL-NT (FW versão _1.5) na tela inicial. Navegue
para a tela principal e pressione os botões PAGE e ENTER ao mesmo tempo. Navegue pela tela
inicial usando o botão PAGE até encontrar o valor "ESF:xx.y - (zzz)", onde xx.y =versão ESF , zzz=
ID do Motor.

Explicação do ID do Motor está na tabela abaixo:
Motor ID ESF – Motor eletrônico
1 Volvo EMSI Singlespeed / EMSII
3 Scania S6 Singlespeed
4 Cummins CM570
5 Cummins MODBUS
7 J ohn Deere
8 Deutz EMR2
9 DDC DDEC IV/V
10 Caterpillar J 1939
12 Perkins ECM
14 Iveco NEF&Cursor
16
Scania S6 Singlespeed from
ver.1794335
18 SISU EEM3 Gen-set
20 MTU ADEC J 1939
23 J CB Delphi DCM
24 Daimler Chrysler ADM2
25 Deutz EMR3
26 Cummins CM850
28 Iveco Vector
29 MAN MFR
31 VM Marine
32 VM Industrial
35 GM SECM
36 ISUZU ECM
43 Cummins CM850/CM2150/CM2250
44 GM e-control ECU
58 GM e-control LCI
60 MTU SMART Connect
68 Scania S8 Singlespeed
71 GM MEFI6
255 Standard J 1939 engine
Valores lidos da ECU
Há um conjunto de valores fixos lidos da ECU J 1939 pelo controlador IL-NT:
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 89
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

 Velocidade do motor (quadro EEC1)
 Pressão do óleo do motor (quadro Engine Fluid Level/Pressure)
 Temperatura de resfriamento do motor (quadro Engine Temperature)
 Total de horas do motor (quadro Engine Hours, Revolutions)
 Taxa de combustível (quadro Fuel Economy)
 Pressão de admissão (frame Inlet/Exhaust Conditions)
 Temperatura de admissão (quadro Inlet/Exhaust Conditions)
 Temperatura do óleo 1 (quadro Engine Temperature 1)

Quando a opção “ECU LINK” - Modbus é selecionada, os seguintes valores são lidos dos registros
Modbus (para QSX15,QSK45, QSK60):
 Velocidade do motor (Endereço do registro:30001)
 Pressão do óleo (Endereço do registro:30003)
 Temperatura de resfriamento (Endereço do registro:30002)
 Horas de funcionamento do motor (Endereço do registro:30008-30009)
 Taxa de consumo de combustível (Endereço do registro:30018)
 Pressão de admissão (Endereço do registro:30530 (somente QSK45, QSK60))
 Temperatura de admissão (Endereço do registro:30531 (somente QSK45, QSK60))

Dica:
Valores lidos da ECU não são escritos no histórico exceto os códigos de falha.
Mensagens de diagnóstico da ECU
Mensagens de diagnóstico são lidas e apresentadas pela lista de alarmes da ECU. Para Standard
J 1939 SPN (Suspect Parameter Number), FMI (Failure Mode Identifier) e OC (Occurrence Counter)
são apresentados juntamente com uma descrição verbal, se disponível.
Um SPN (Suspect Número de Parâmetro) / FMI (Failure Mode Identifique) descreve uma falha de
informação. Se o FMI é igual a 0 ou 1, WRN está exibido na lista de alarmes da ECU. Para quaisquer
outros valores FMI, FLS é exibida.
Detalhes SPM / FMI ver na especificação de código:
• SAE Truck and Bus Control and Communications Network Standards Manual, SAE HS-1939
Publication
• Ou consulte a lista de códigos de falha do fabricante do motor.

A lista completa de mensagens de diagnóstico para cada ECU pode ser encontrada no manual
Comap Electronic Engines Support.

Dica:
O controlador InteliLite não suporta a linha de diagnóstico J 1587 nos motores Volvo. Isso pode causar
em alguns casos um mensagem de alarme J 1939 FC:000608 devido a falta de J 1587. Contate seu
distribuidor Volvo para atualizar o firmware da ECU.
Para motores Scania, o código de falhas é mostrado no formato hexadecimal.
Entradas analógicas
A leitura dos valores mencionados pela ECU habilita o uso das entradas analógicas do controlador
para outros propósitos, por exemplo, medição, monitoração e alarme de diversas quantidades. A
configuração permite três entradas analógicas no controlador e quatro entradas analógicas via
IGIOM/IGS-PTM, se conectado.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 90
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Descrição da conexão
O diagrama a seguir como conectar a unidade de controle do motor ao controlador InteliLite:
Motores com J1939 ligados via CAN bus
Motores VOLVO PENTA (EMS II, EDC III)


InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 91
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

SCANIA S6
L
O
A
D
ACCESSLOCK
EMERGENCYSTOP
CONTROL
SIGNALS
GENC.B. FEED-BACK
MAINSC.B. FEED-BACK
D
I
E
S
E
L
/
G
A
S
E
N
G
I
N
E
RPM
G
E
N
E
R
A
T
O
R
G
+
2
4
V
L
1
L
2
L
3
N
G
e
n
e
r
a
t
o
r
C
.
B
.
M
a
in
s
C
.
B
.
SPRINKLER
REMOTETEST
R
S
-
2
3
2
C
I
n
t
e
r
f
a
c
e
M
o
d
e
m
o
r
P
C
REMOTEOFF
ALARM
B
I
N
A
R
Y
O
U
T
P
U
T
S
MAINSC.B.
GENC.B.
PRESTART
READYTOLOAD

FUELLEVEL
E
C
U
1
0
-
p
i
n
E
M
S
B
1
c
o
n
n
e
c
t
o
r
3
4
5
6
7
8
9
1
0
2
1+24V DC
GND
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 92
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Motores Cummins com comunicação MODBUS
Configuração no InteliLite:
Basic settings:COM1 Mode =ECU LINK ou COM2 Mode =ECU LINK
Configuração do software: ECU =>ECU engine is connected =>Type: Cummins MODBUS

Configuração do conversor RS232/RS485 (veja o diagrama a seguir):
Configuração dos dados (SW1) 11 bits (1 bit de início, 8 bits de dados, 2 bits de parada)
Configuração do Baud rate (SW2) 9600 bps
(para maiores informações: http://www.advantech.com/products/Model_Detail.asp?model_id=1-D6FLH)

L
O
A
D
ACCESSLOCK
EMERGENCYSTOP
CONTROL
SIGNALS
GENC.B. FEED-BACK
MAINSC.B. FEED-BACK
D
I
E
S
E
L
/
G
A
S
E
N
G
I
N
E
RPM
G
E
N
E
R
A
T
O
R
G
+
2
4
V
L
1
L
2
L
3
N
G
e
n
e
r
a
t
o
r
C
.
B
.
M
a
in
s
C
.
B
.
SPRINKLER
REMOTETEST
REMOTEOFF
ALARM
B
I
N
A
R
Y
O
U
T
P
U
T
S
MAINSC.B.
GENC.B.
PRESTART
READYTOLOAD

STARTER
BATTERY
- +
FUELSOLENOID
D+
FUELSOLENOID
STARTER
E
C
U
10-30
VDC
GND
RxD
TxD
ADAM 4520RS232/485
CONVERTER
DATA1+
DATA1-
RS232
RS485
D
-
S
U
B
0
6
C
O
N
N
E
C
T
O
RRS 485- ( PIN 18)
GND ( PIN 20)
RS 485+( PIN 21)
TERM2( PIN 19)
TERM1( PIN 22)
GND
+Vs

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 93
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Especificação do sensor
Contexto da calibração do sensor

Para corrigir o erro de medição de cada entrada analógica (pressão, temperatura, nível) as
constantes de calibração devem ser definidas. Três constantes de calibração são configuradas por
unidades físicas - bar, oC, %. A calibração é feita adicionando o valor do parâmetro AIxCalibration
diretamente ao valor calculado na entrada analógica.

Dica:
A calibração deve ser feita num ponto operacional da entrada analógica (exemplo: 80°C, 4.0Bar etc..)
Curvas padrões

Há 20 curvas resistivas disponíveis. A tabela a seguir fornece informação dos valores máximo e
mínimo de cada sensor. Os valores, especialmente de curvas de temperatura, podem diferir. A curva
pode ser prolongada para valores menores, então um motor frio não causará alarme de falha de
sensor.

Curva Valor Min Valor Max Unidade
Datcon 5 Bar 0 5 Bar
Datcon 7 Bar 0 7 Bar
Datcon 10 Bar 0 10 Bar
Datcon 80 Psi 0 80 Psi
Datcon 100 Psi 0 100 Psi
Datcon 150 Psi 0 150 Psi
Datcon Low °C 25 150 °C
Datcon High °C 25 160 °C
Datcon Low °F 80 300 °F
Datcon High °F 80 320 °F
Datcon Fuel % 0 100 %
VDO 5 Bar 0 5 Bar
VDO 10 Bar 0 10 Bar
VDO 72 Psi 0 72 Psi
VDO 145 Psi 0 145 Psi
VDO 40-120 °C 40 120 °C
VDO 50-150 °C 50 150 °C
VDO 100-250 °F 100 250 °F
VDO 120-300°F 120 300 °F
VDO Fuel % 0 100 %

Dica:
Você pode encontrar informações detalhadas dos sensores no LiteEdit Reference Guide e detalhes
sobre falha do sensor nesse manual no capítulo Alarm Management - Sensor Fail (FLS).

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 94
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Descrição de funcionamento
Modo OFF

Não é possível a partida do gerador. As saídas STARTER, GCB CLOSE/OPEN e FUEL SOLENOID
não são ativadas.
Não há reação se os botões START, STOP, GCB ON/OFF, MCB ON/OFF forem pressionados.
Quando falta a rede, MCB CLOSE/OPEN é desativada. Após o retorno da rede, o MCB
CLOSE/OPEN é ativado com MCB close del.
Modo MAN

START. - partida do gerador.
GCB ON/OFF
• O controlador fecha o GCB na barra morta.
• O controlador abre o GCB quando fechado.
• Se a tensão do gerador estiver for a dos limites, o controlador não responde ao GCB ON/OFF

MCB ON/OFF
• O controlador fecha o MCB na barra morta.
• O controlador abre o MCB quando fechado.
STOP pára o gerador.

Dica:
O motor pode rodar sem carga por um tempo ilimitado.
O controlador não pára o gerador automaticamente em modo MAN.
O controlador não parte o gerador quando ocorre falha da rede.
!! O controlador fornece i ntertravamento entre GCB e MCB, ou seja não é possível fechar os
disjuntores ao mesmo tempo !!
Sequência de partida e parada (simplificado)
MODE =MAN (Partida e parada do motor é dada pelos botões START e STOP )
MODE =AUT (Partida e parada do motor é dada pela falha/retorno da rede)

Estado Condição da transição Ação Próximo estado
Ready Solicitação de partida Ativa PRESTART
Inicia Prestart Time
Prestart
RPM >2 ou Pressão de óleo >Starting OilP
detectada ou tensão gerador >10V
Stop (Stop fail)
Modo OFF selecionado ou alarme de
Shutdown ativado.
Not Ready
Not Ready RPM <2, Pressão de óleo não detectada,
Vger <10V, D+desativado, nenhum alarme
de shutdown, seleção de outro modo
diferente de OFF
Ready
Prestart
3
Prestart time finalizado Ativa STARTER
Ativa FUEL SOLENOID
4
Inicia MaxCrank Time
Cranking
Cranking
3
RPM> Starting RPM Desativa STARTER
Desativa PRESTART

Starting
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 95
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Estado Condição da transição Ação Próximo estado
Entrada D+ativada ou pressão do óleo
detectada ou tensão do ger >25% Vgnom
ou D+active por 1s
Desativa STARTER
Desativa PRESTART
Cranking
MaxCrank Time finalizado, 1ª tentativa Desativa STARTER
Desativa FUEL
SOLENOID
Ativa STOP SOLENOID
Inicia CrankFail Pause
Crank pause
MaxCrank Time finalizado, última tentativa Desativa STARTER
Desativa PRESTART
Shutdown (Start
fail)
Crank
pause
3

CrankFail Pause finalizado Ativa STARTER
Ativa FUEL SOLENOID
4
Desativa STOP
SOLENOID
Inicia MaxCrank Time
Cranking
Starting
3
80% da velocidade nominal Ativa READY TO LOAD
1
Inicia Min, Max Stab Time

Running
RPM = 0 ou qualquer outra condição de
shutdown
Desativa FUEL
SOLENOID
Ativa STOP SOLENOID
Shutdown
60s. finalizado Desativa FUEL
SOLENOID
Ativa STOP SOLENOID
Shutdown (Start
fail)
Running Solicitação de parada Desativa READY TO
LOAD
Inicia Cooling Time
Cooling
RPM = 0 ou qualquer outra condição de
shutdown
Desativa READY TO
LOAD
2
Desativa FUEL
SOLENOID
Shutdown
GCB CLOSE/OPEN ativado Loaded
Loaded GCB CLOSE/OPEN desativado Running
RPM = 0 ou qualquer outra condição de
shutdown
Desativa FUEL
SOLENOID
Ativa STOP SOLENOID
Desativa READY TO
LOAD
Shutdown
Cooling

Cooling Time finalizado Desativa FUEL
SOLENOID
Ativa STOP SOLENOID
Stop
RPM = 0 ou qualquer outra condição de
shutdown
Desativa FUEL
SOLENOID
Ativa STOP SOLENOID
Shutdown
Solicitação de partida Ativa READY TO LOAD
1
Running
Stop RPM = 0, Pressão do óleo não detectada,
Vgen <10V, D+desativado
Ready
Se pelo menos uma condição de motor
funcionando for detectada quando finalizar
Stop Time.Veja mais detalhes no capítulo
Gen-Set Operation state – Stop engine
conditions
Stop (Stop fail)

1
se todos os parâmetros do gerador estiverem OK e Min Stab Time finalizado, indica que é possível
fechar o GCB. No modo AUTO, nesse momento, o GCB fecha automaticamente.

2
Se a saída GCB for usada, GCB abre automaticamente

3
A sequência de partida pode ser interrompida a qualquer momento por uma solicitação de parada.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 96
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


4
Fuel solenoid is switched on with time advance of 1s fixed before starter motor is switched on.

Hint:
Threshold level for D+input is 80% supply voltage, activation delay is 1s (to override short firings
during cranking – for example in cold conditions).
AUT Mode

The controller does not respond to buttons START, STOP, MCB ON/OFF, GCB ON/OFF. Engine
start/stop request is evaluated form Mains failure/return.
AMF sequence (simplified)
State Condition of the transition Action Next state
Mains
Oper /
Mains
operation



Mains failed
1
or MCB feedback dropout
MCB Opens On =MAINSFAIL
MCB CLOSE/OPEN off
EmergStart Del timer
started
Mains failure
Mains failed
1
or MCB feedback dropout
MCB Opens On =GENRUN
EmergStart Del timer
started
Mains failure
Mains Flt /
Mains
failure
Mains voltage and frequency OK
MCB Opens On =MAINSFAIL
After elapsing MCB Close
Del MCB CLOSE/OPEN
on

Mains operation
Mains voltage and frequency OK
MCB Opens On =GENRUN

None Mains operation
EmergStart Del elapsed
MCB Opens On =MAINSFAIL
Engine start sequence
performed, then
GCB CLOSE/OPEN on
2

Island operation
EmergStart Del elapsed
MCB Opens On =GENRUN

Engine start sequence
performed, then MCB
CLOSE/OPEN off, time
delay Transfer Del
performed and GCB
CLOSE/OPEN on
2


Island operation
IslOper /
Island
operation
Mains voltage and frequency OK MainsReturnDel timer
started
Mains return
MainsRet
/ Mains
return
Mains failed Island operation
MainsReturnDel elapsed GCB CLOSE/OPEN off,
then after Transfer Del
MCB CLOSE/OPEN on
and then engine stop
sequence performed
3

Mains operation

1
Falha da rede significa sobre/sub tensão da rede, sobre/sub frequência da rede, desabalanço de
tensão da rede.

2
Se durante a sequência de partida a rede retornar, então o MCB é fechado após MCB Close Del (se
aberto, dependendo do parâmetro MCB Opens On) e a sequência de partida é interrompida.

3
Se a rede falhar durante o procedimento de parada (cooling), ele é interrompido, MCB aberto e GCB
fechado após Transfer Del.


Veja também o capítulo Circuit breakers timing.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 97
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Dica:
Quando a função AMF partir o motor, ele ficará em funcionamento pelo menos pelo tempo
MainsReturnDel, mesmo se a rede retornar no meio tempo.
Modo TEST

O parâmetro ReturnFromTEST influencia o comportamento do modo TEST.
Cuidado: O gerador parte automaticamente e fica em funcionamento sempre no modo TEST!
Parametro ReturnFromTEST = MANUAL
Quando o modo TEST é selecionado, o gerador parte e fica em funcionamento sem carga.
Para o gerador pegar carga:
a) Falha da rede ou
b) MCB ON/OFF é pressionado
Quando ocorre falha da rede: MCB é aberto, após Transfer Del GCB é fechado.
Quando a rede volta o gerador permanece alimentando a carga. Para transferir a carga de volta a
rede, pressione o botão MCB ON/OFF enquanto o controlador estiver no modo AUT. Se o gerador
falhar (shutdown ou outro motivo) e a rede estiver OK, o controlador irá transferir a carga
automaticamente para a rede.

Dica:
O controlador não responde aos botões GCB ON/OFF , STOP, START
A carga é automaticamente transferida de volta para rede quando ocorre um alarme de shutdown no
gerador.
Test on load
Quando a entrada binária Rem TEST OnLd estiver ativada, o controlador automaticamente transfere
carga da rede para gerador. O parametro AMF Settings: ReturnFromTEST deve estar em MANUAL,
caso contrário o controlador não irá transferir a carga para o gerador. Se o parametro
ReturnFromTEST estiver em AUTO, o controlador se comporta como em modo TEST (o gerador
permanece em funcionamento mas o controlador não irá transferir a carga automaticamente, irá
aguardar a falha da rede).

Parametro ReturnFromTEST = AUTO
Enquanto estiver em modo TEST, o gerador funciona sem carga.
Quando ocorrer a falha da rede o controlador abre o MCB.
Após Return break, GCB é fechado.
Quando a rede volta:
a) Após MainsReturn Del, o controlador abre o GCB
b) Após Transfer Del, MCB é fechado.
c) O motor permanece em funcionamento
Para parar o gerador selecione um modo diferente do TEST

Dica:
O controlador não responde aos botões GCB ON/OFF , MCB ON/OFF , STOP, START
Tempo dos disjuntores
Relação entre falha de rede, MCB e partida do gerador

MCB Opens On = MAINSFAIL:

Falha da rede é detectada com Mains <V, Mains >V, Mains V Unbal, Mains <Freq, Mains >Freq.
Após detecção MCB é aberto.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 98
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Dica:
Quando o MCB feedback é desativado e as medições elétricas da rede estão nos limites (tensão,
frequencia) o controlador ativa o MCB novamente.

EmergStart Del
Mains fail
MCB
opened
Mains V Del or Mains Freq
Del or Mains VUnb Del
genset start

MCB Opens On = GENRUN:

O MCB não abre antes que o motor esteja pronto para carga.
Fwd Return Del
Engine started
MCB opened
Min Stab Time
GCB closed
Max Stab Time

Relação entre o retorno da rede e MCB
Modo OFF, GCB e MCB estão abertos.

Mains return
MCB closed (only when genset is
not running and GCB is opened)
MCB Close Del

Relação entre GCB e MCB
Condição: modo AUTO, rede =desativada, MCB =aberto, GCB =fechado, gerador com carga.
Retorno da rede: GCB abre (de acordo com 3, MainsReturnDel), MCB fecha (Transfer Del)

GCB opened
MCB closed
Fwd Return Del


Relação entre GCB e MCB (modo TEST)
Situação 1: Rede =OK, MCB =fechado, GCB =aberto, RPM=0.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 99
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Mudança para modo TEST: partida do gerador, GCB =aberto.
Falha da rede: MCB abre (de acordo com 1) , GCB fecha (Transfer Del)

Situação 2: ReturnFromTEST=MANUAL, rede =OK, MCB está fechado, gerador em funcionamento.
Pressione MCB on/off ->MCB abre, GCB fecha (Transfer Del), gerador em funcionamento com carga.

MCB opened
GCB closed
Fwd Return Del

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 100
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Gerenciamento de alarmes
Os seguintes alarmes estão disponíveis:
• Falha do sensor
• Warning
• Abre disjuntor e resfriamento (BOC)
• Shutdown
• Falha da rede
Falha do sensor (FLS)

A falha dos sensores das entradas analógicas é detectada de três formas. Primeiro, quando o valor
da resistência medida é menor que metade do menor ponto da curva característica do sensor.
Segundo, quando o valor da resistência medida é maior que 112,5% do maior ponto da curva
característica do sensor. Ou quando faltam dados da ECU. A falha do sensor é indicada por #####ao
invés do valor medido.
A falha de sensor ocorre para valores de curva na faicxa de 1 à 14999 Ohms.
Qaundo a curva característica do sensor contém os valores “0” ou “15000”, a falha de sensor por
curto circuito não funciona.
O valor máximo permitido de resistência para característica do sensor é de 15000 Ohms.
Warning (WRN)

Quando warning ocorre, somente as saída de alarme e a saída common warning são ativadas.
Possíveis warnings:
Veja List of possible events
Abre disjuntor e resfriamento (BOC)

Quando um alarme BOC ocorre, o IL-NT abre a saída GCB OPEN/CLOSE para descarregar o
gerador, entra em resfriamento e pára o gerador. As saídas de alarme e shutdown comum são
ativadas. A proteção ativa e não reconhecida desabilita a partida do gerador.

Possíveis alarmes BOC:
Veja List of possible events
R1
R2
R3
R4
R5
Range of sensor
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 101
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Shut down (SD)

Quando shutdown ocorre, o InteliLite desativa as saídas GCB CLOSE/OPEN, FUEL SOLENOID,
STARTER e PRESTART para parar o motor imediatamente. As saídas de alarme e common
shutdown são ativadas. Proteção ativada ou não reconhecida desabilita a partida.
Possíveis alarmes de shutdown:
Veja List of possible events
Falha da rede (MF)

A detecção de falha da rede depende do ajuste dos parâmetros Auto mains fai l ure (níveis e
tempos). Quando a rede falha, o disjuntor de rede é aberto.
Possíveis causas de falha da rede:
Veja List of possible events

Dica:
A falha de rede não aparece na lista de alarmes!
Diagrama de tempo dos alarmes
"All the time" configured protections, I >, I >>, RPM >>, mains failure detection
G
C
B

o
p
e
n
e
d
"Engine running only" protections, engine
water temperature luboil pressure
Underspeed
S
t
o
p
S
t
a
r
t
S
t
a
r
t
e
r

O
F
F
ProtectHoldoff
S
w
i
t
c
h
e
d

t
o

n
o
m
i
n
a
l

s
p
e
e
d
M
i
n

S
t
a
b

T
i
m
e
G
C
B

c
l
o
s
e
d

M
a
x

S
t
a
b

T
i
m
e
Gen >V, <V,
>Freq, <Freq
Idle Time
5 sec

Detecção de sequencia de fase
O controlador InteliLite detecta a sequência de fase da rede e do gerador. Essa proteção é importante
após a instalação do controlador para evitar a conexão incorreta das fases. Os seguintes alarmes
podem ser detectados:
Sequencia de fase incorreta
Existe uma sequência de fase fixa no InteliLite L1, L2, L3. Quando as fases estão conectadas em
uma ordem diferente (L1,L3,L2 ou L2,L1,L3) os seguintes alarmes ocorrem:
Gen CCW Rot =sequência de fase do gerador incorreta
Mains CCW Rot =sequência de fase da rede incorreta
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 102
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Detecção de falha de GCB e MCB
Detecção de falha de GCB e MCB é baseada na saída binária CB close/open comparada com a
entrada binária CB feedback.

Existem três diferentes tempos para detecção de falha do CB – veja os diagramas abaixo.
Quando a BO GCB close/open (MCB Close/Open) está em um estado fixo e GCB feedback (MCB
feedback) muda, a falha de GCB é detectada imediatamente (sem atraso).
Alarm: GCB fail
BO GCB close/open
BI GCB feedback
Alarm detection:
immediatelly
active
closed
opened

Alarm: GCB fail
BI GCB feedback
BO GCB close/open
Alarm detection:
immediatelly
active
opened
closed


Quando BO GCB close/open (MCB Close/Open) é desativada, há um atraso de 5s para detecção de
falha de GCB (falha MCB).
Alarm: GCB fail
BO GCB close/open
BI GCB feedback
active
opened
opened
Time delay
5 sec


Quando BO GCB close/open (MCB Close/Open) é ativada, há um atraso de 5s para detecção de
falha de GCB (MCB fail):
Alarm: GCB fail
BO GCB close/open
BI GCB feedback
active
closed
closed
Time delay
5 or 2 sec


Dica:
Você pode solucionar a falha de MCB pressionando o botão Fault Reset.

É possível usar o IL-NT sem entradas de feedback (não configuradas). O controlador irá
trabalhar do mesmo jeito.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 103
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Estados de operação do gerador
Estados do motor
Init Auto teste durante a inicialização do controlador
Not ready Gerador não está pronto para partida
Ex.: alarme de shutdown ativo ou controlador em modo OFF.
Prestart Sequência de pré-partida, saída Prestart está ativada.
Geralmente usada para pré-aquecimento ou processos anteriores a partida do
gerador.
Cranking Motor em arranque
A saída Starter é ativada
Pause Pausa entre as tentativas de partida
Starting Velocidade de partida alcançada e o Idle timer está em andamento
Running Gerador funcionando na velocidade nominal
Loaded Gerador funcionando na velocidade nominal e GCB OPEN/CLOSE está ativado
Stop Parada
Comando de parada manual ou automático, o motor está parando.
Shutdowns Alarme de shutdown ativado
Ready Gerador pronto para funcionamento
Cooling Gerador em resfriamento
EmergMan Operação de emergência manual.
Usado para bypass do controlador e partida manual do gerador.
Condições de “ Motor rodando”
Velocidade do motor (RPM) >Starting RPM ou
AI: Oil press >Starting POil ou
Terminal D+ativo (80% da tensão de alimentação) por no mínimo 1s ou
Tensão do gerador >25% da NomVolts Ph-N ou NomVolts Ph-Ph (qualquer fase)

Qualquer dessas condições irá desconectar o arranque do motor, entretanto para transição ao
próximo estágio, RPM precisa ser maior que Starting RPM.


Condições “ Motor em funcionamento”
RPM >2 RPM ou
Entrada analógica Pressão de óleo >Engine params: Starting POil ou
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 104
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Vger >10 V (qualquer fase).
Condições “ Motor parando”
Velocidade do motor (RPM) <=1 RPM
AI: Pressão do óleo <Starting POil
Tensão do gerador <10V (todas as fases)

Quando o motor estava em funcionamento antes e todas as condições forem confirmadas, um atraso
adicional de 2s é necessário para confirmar “motor parando”.

Quando qualquer condição de motor em funcionamento aparece com motor parando, o alarme Wrn
Stop Fail é ativado com os seguintes atrasos:
- para tensão do gerador <50% da tensão nominal, Wrn Stop Fail tem atraso de 1s
- para tensão do gerador >50% da tensão nominal, Wrn Stop Fail tem atraso de 200ms
- para pressão do óleo >pressão do óleo inicial, Wrn Stop Fail tem delay de 1s
- para RPM detectada, não há atraso.
Condições de “ motor parado”
Se nenhuma condição de motor em funcionamento for validada então o controlador irá esperar mais
10s antes de deixar o estado parado (Stop) e liberar a saída binária Stop solenoid.

Fuel Solenoid is
opened
Gen-set stoped
On
Off
Time Stop
Engine run 10 s
Oil Pressure
Stop Solenoid
Output
Generator voltage
Cooling Time
D+
RPM / Frequency
Stop Time

Quando o tempo total de parada exceder o parâmetro Stop time (em Engine Params), Wrn Stop fail e
sua relativa saída binária serão ativados. O controlador irá tentar continuamente parar o motor.

Fuel Solenoid is
opened
Gen-set stoped
On
Off
Time Stop
Engine run 10 s
Oil Pressure
Stop Solenoid
Output
Generator voltage
Cooling Time
D+
RPM / Frequency
Stop Time
Stop Fail Warning



InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 105
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Estados elétricos
MainsOper Rede presente com valores dentro dos limites.
(MCB fechado, GCB aberto)
MainsFlt Falha da rede – estado imediato
MainsFlt Falha da rede – EmergStart del
IslOper Operação em ilha
MainsRet Retorno da rede
Brks Off GCB e MCB abertos
MinStabTO Tempo mínimo de estabilização
MaxStabTO Tempo máximo de estabilização
Trans Del Tempo entre abertura do GCB e fechamento do MCB
Lista de possíveis eventos

Especificação do evento
Tipo de
proteção
Informação na saída
binária disponível
(veja lista de Saídas
Binárias)
Descrição
AI1 Wrn WRN Sim Valor medido na entrada analógica 1
é menor que parâmetro AI1 Wrn.
AI1 Sd SD Sim Valor medido na entrada analógica 1
é menor que parâmetro AI1 Sd.
AI2 Wrn WRN Sim Valor medido na entrada analógica 2
é maior que parâmetro AI2 Wrn.
AI2 Sd SD Sim Valor medido na entrada analógica 2
é maior que parâmetro AI2 Sd.
AI3 Wrn WRN Sim Valor medido na entrada analógica 3
é maior que parâmetro AI3 Wrn.
AI3 Sd SD Sim Valor medido na entrada analógica 3
é maior que parâmetro AI3 Sd.
Wrn Batt Volt WRN Sim A tensão da bateria está fora dos
limites dados pelo parâmetros Batt
Undervolt/Batt OverVolt.
IOM AIx Wrn WRN Sim Alarme de Warning configurável na
entrada do IG-IOM/IGS-PTM.
IOM AIx Sd SD Sim Alarme de Shutdown configurável na
entrada do IG-IOM/IGS-PTM.
Binary input Configurable Sim Alarmes Configuráveis
Warning/Shutdown/BOC nas entradas
do IL-NT.
Sd BatteryFlat SD Sim Se o controlador desligar durante a
sequência de partida devido à má
condição da bateria, ele não tentará a
partida novamente e ativa essa
proteção.
Sd Start Fail SD Sim Falha na partida do gerador.
ParamFail NONE Não Erro nos parâmetros. Ocorre
geralmente após o download de um
novo firmware ou mudança de
parâmetro. O controlador fica em
modo INIT. Verifique todos os
parâmetros, escreva pelo menos um
novo parâmetro.
Sd Gen Lx >V
BOC Gen Lx <V
(where x=1,2,3)
SD
BOC
Sim A tensão do gerador está fora dos
limites dado pelos perâmetros Gen
<V Sd and Gen >V Sd.
BOC Gen V Unbal BOC Sim A tensão do gerador está
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 106
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Especificação do evento
Tipo de
proteção
Informação na saída
binária disponível
(veja lista de Saídas
Binárias)
Descrição
desbalanceada mais que o valor do
parâmetro BOC Volt Unbal
BOC Gen >, <Freq BOC Sim A frequência do gerador está fora dos
limites dados pelos parâmetros Gen
>Freq BOC and Gen <Freq BOC.
BOC Amps Unbal BOC Não A corrente do gerador está
desbalanceada.
BOC Amps IDMT BOC Não A corrente do gerador excede o limite
da proteção IDMT dado por Nominal
current e Amps IDMT Del.
BOC Overload BOC Sim A carga é maior que o valor dado pelo
parâmetro Overload.
Sd Earth Fault SD Sim Esse alarme é ativado quando a valor
da fuga a terra excede Earth Fault Sd
por pelo menos Earth Fault Del.
Sd Overspeed SD Sim A proteção é ativada se a velocidade
é maior que o parâmetro Overspeed.
Sd Underspeed SD Sim Após a partida se a velocidade do
motor cair abaixo do Starting RPM, a
proteção de sub velocidade será
ativada. A proteção é verificada 5s
após o motor alcançar o StartingRPM.
EmergencyStop SD Não Se a entrada Emergency Stop for
desativada, um shutdown é ativado
imediatamente.
GCB Fail SD Não Falha do disjuntor do gerador.
MCB Fail MF Não Falha do disjuntor da rede.
Sd RPMMeasFail SD Não Falha do pickup magnético na
medição de velocidade. Esse alarme
aparece, se o arranque for
desconectado por outro motivo que
não seja velocidade (como D+) e no
final do Max Crank Time não há
RPMs >Starting RPM.
Wrn Stop Fail WRN Sim Falha de parada. Veja descrição no
capítulo Gen-set Operation States
WrnMaintenance WRN Não O período de manutenção é
configurada no parâmetro
WrnMaintenance. A proteção é
ativada as horas de funcionamento do
motor atingem esse valor.
Wrn FuelThef WRN Alarme de perda de combustível
ChargeAlt Fail WRN Sim Falha do alternador no carregamento
da bateria.
Sd Override

WRN Não A proteção é ativada se a entrada Sd
Override for ativada.
*Wrn RA15 Fail WRN Alarme de warning em caso de perda
de conexão do IGL-RA15.
*Sd IOM Fail SD Não Alarme de Shutdown em caso de
perda de conexão do IG-IOM/IGS-
PTM
Wrn ECU Alarm WRN Não Lista de alarmes da ECU não está
vazia.
Low BackupBatt WRN Não Falha da bateria interna
Mains CCW Rot WRN Não Tensão da rede com fases invertidas.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 107
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Especificação do evento
Tipo de
proteção
Informação na saída
binária disponível
(veja lista de Saídas
Binárias)
Descrição

Gen CCW Rot

WRN

Não
Tensão do gerador com fases
invertidas
Arquivo do histórico
O InteliLite NT armazena todos os eventos importantes em um histórico. O histórico possui 117
registros. Quando o histórico está cheio, o registro mais antigo é removido.
Número de registros no histórico varie com o número de módulos configurados.

Para diferente ConnectionType [3Ph4Wire / 3Ph3Wire / Split Ph / Mono Ph], diferentes tensões são
mostradas no histórico. A tensão F-F sempre é mostrada, mas devido à diferentes ligações, o
resultado é o seguinte:
1. Para 3Ph4Wire:
a. Vg1 =Ger. Tensão fase-fase R-S
b. Vg2 =Ger. Tensão fase-fase S-T
c. Vg3 =Ger. Tensão fase-fase T-R
2. Para 3Ph3Wire:
a. Vg1 =Ger. Tensão fase-fase R-S
b. Vg2 =Ger. Tensão fase-fase S-T
c. Vg3 =Ger. Tensão fase-fase T-R
3. Para Split Ph:
a. Vg1 =Ger. Tensão fase-fase R-S
b. Vg2 =Ger. Tensão fase-neutro S
c. Vg3 =Ger. Tensão fase-neutro R
4. Para Mono Ph:
a. Vg1 =Ger. Tensão fase-neutro R
b. Vg2 =0
c. Vg3 =0

As tensões da rede são mostradas no histórico de forma análoga.

Dica:
Para forçar a leitura do histórico no LiteEdit (direta,modem ou Internet), abra a janela do histórico e
selecione History | Read history.

Dica:
A primeira gravação do histórico após a inicialização do controlador, programação ou watchdog reset
contém valores de diagnóstico. Alguns valores desse registro não tem sentido. Não leve em conta
esses valores.

Dica:
Alguns modelos de controladores não têm RTC. Nesse caso, não existe a coluna Date e Time
contendo informações sobre as horas de funcionamento.
Estrutura das gravações
Abreviação Valor histórico
Num Número do evento
Reason Especificação do evento
Date Data do evento no formato DD/MM/YY
Time Hora do evento no formato HH:MM:SS
Mode Modo do controlador
RPM Velocidade do motor
Pwr Potência ativa do gerador
PF Fator de potência do gerador
LChr Tipo de carga
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 108
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Gfrq Frequência do gerador
Vg1 Tensão do gerador R-S ou *veja descrição acima
Vg2 Tensão do gerador S-T ou *veja descrição acima
Vg3 Tensão do gerador T-R ou *veja descrição acima
Ig1 Corrente do gerador R
Ig2 Corrente do gerador S
Ig3 Corrente do gerador T
Mfrq Frequência da rede
Vm1 Tensão da rede R-S ou *veja descrição acima
Vm2 Tensão da rede S-T ou *veja descrição acima
Vm3 Tensão da rede T-R ou *veja descrição acima
UBat Tensão da bateria
OilP Valor da entrada analógica 1 do IL-NT (padrão Pressão do óleo)
EngT Valor da entrada analógica 2 do IL-NT (padrão temperatura da água)
FLvl Valor da entrada analógica 3 do IL-NT (padrão nível de combustível)
BIN Entradas binárias do IL-NT
BOUT Saídas binárias do IL-NT
BIOE* Entradas/saídas binárias da placa de extensão (quando IL-NT-BIO8 for configurado)
FC* Código de falha do alarme da ECU (quando ECU for configurada)
FMI* Identificador de Modo de Falha do alarme da ECU (quando ECU for configurada)
AIM1* Valor da entrada analógica 1 do IG-IOM, IGS-PTM (quando IG-IOM, IGS-PTM forem
configurados)
AIM2* Valor da entrada analógica 2 do IG-IOM, IGS-PTM (quando IG-IOM, IGS-PTM forem
configurados)
AIM3* Valor da entrada analógica 3 do IG-IOM, IGS-PTM (quando IG-IOM, IGS-PTM forem
configurados)
AIM4* Valor da entrada analógica 4 do IG-IOM, IGS-PTM (quando IG-IOM, IGS-PTM forem
configurados)
BIM* Entradas binárias do IG-IOM, IGS-PTM (quando IG-IOM, IGS-PTM forem
configurados)
BOM* Saídas binárias do IG-IOM, IGS-PTM (quando IG-IOM, IGS-PTM forem
configurados)
EF Corrente de fuga à terra
*Depende da configuração habilitada (veja mais detalhes em LiteEdit-4.4-Reference Guide.pdf)
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 109
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Telas iniciais
Cada InteliLite NT contém informações sobre o número de série, versão do firmware e outros. Essas
informações estão nas “telas iniciais”. É possível acessar essas telas através de qualeur tela de
medição pressionando os botões ENTER e PAGE juntos e então pressione PAGE separadamente.

As telas iniciais consistem de:
Tela de logo do cliente
Essa é a primeira tela, dedicada à informações do cliente como número de contato, contato para
serviço técnico e mensagem do cliente para o consumidor final. A configuração dessa tela é feita
somente pelo LiteEdit.
Tela do firmware
Essa tela possui informações sobre o tipo de controlador, versão do firmware, aplicação usada, entre
outras. Há informação também sobre a ECU configurada e o respectivo arquivo ESF.

Detalhes do reconhecimento do motor eletrônico configurado estão no capítulo Identifying configured
ECU.
Tela de linguagem
O controlador IL-NT oferece linguagens configuráveis. Nessa tela é possível mudar entre as
linguagens configuradas no controlador.
Outra forma de mudar a linguagem é pela entrada binária Lang Selection.
Tela de interface do usuário
O InteliLite NT desde a versão de SW IL-NT 1.3 permite a escolha de interface do usuário. Existem
duas opções: USER ou ENGINEER.

A interface USER é própria para consumidores que preferem menu simples e fácil e não desejam
uma lista de menu complexa ou mudar parâmetros do controlador. A interface USER mostra as
medições, os alarmes e telas iniciais.

A interface ENGINEER é dedicada à engenheiros e permite a mudança de parâmetros do
controlador, visualização do histórico, medições, alarmes e acesso à todas as telas do controlador.
Esse modo é padrão.

Essa tela também contém informações sobre o número de série e o password decode do controlador
que podem ser úteis em caso de perda da senha. Para essas situações, por favor contacte seu
distribuidor para ajudá-lo e esses dois números serão necessários para recuperar a senha.

O último valor mostrado na tela é DiagData,que é uma informação interna da ComAp para os casos
de problemas de FW ou unidade, ajudando a ComAp à analizar a causa do problema e encontrar a
solução apropriada.

Por favor veja o último IL-NT Operator Guide para descrição detalhada.

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 110
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Controle remoto e registro de dados
Conexão direta ao PC

O InteliLite NT pode ser conectado diretamente ao PC pela placa IL-NT RS232.
Use o cabo recomendado pela ComAp AT-LINK CABLE 1.8M ou o cabo de comnicação serial com
conectores fêmea DB9 e sinais Rx, Tx, GND para conexão RS232.

Dica:
Certifique-se que os sistemas de aterramento entre controlador e PC – porta COM (negativo da
alimentação CC do PC) são idênticos – antes da primeira conexão. Não deve haver nenhuma tensão
entre esses dois pontos caso contrário o fusível reversível interno do controlador queima. Uma
solução simples é assegurar que a alimentação do PC 240/20V é livre de terra (terminal GND não é
conectado).





As interfaces RS232, USB ou RS485 podem ser usadas com cabo direto de conexão ao PC. Os
parâmetros COM1 Mode ou COM2 Mode (de acordo com a interface usada) devem estar em DIRECT
para esse tipo de conexão.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 111
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


TIPOS DE CONEXÃO DIRETA
As seguintes placas disponibilizam conexão direta ao PC:
1. IL-NT-232
2. IL-NT-RS232-485
3. IL-NT-S-USB (Módulo USB de fácil remoção)
As interfaces RS232 ou USB usam a porta COM1 do controlador. A RS485 usa COM2.
Software LiteEdit

No PC (para conexão direta ou modem) deve-se instalar o pacote de software LiteEdit da ComAp
(baseada no Windows 95 ou plataformas mais novas)
O LiteEdit habilita:
• Leitura de quantidades
• Aj uste de todos os setpoi nts
• Controle do motor
• Configuração do controlador
• Seleção de um software de configuração
• Modificação de entradas e saídas de alarme
• Modificação de senha e comandos de proteção
• Conexão di reta via modem ou Internet/Ethermet
Protocolo Modbus

A seleção desta função pela porta serial RS232 é feita pelo parâmetro Basic settings: COMx mode.

• 9600 bps, 8 bits de dados, 1 bis de parada, sem paridade;
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 112
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

• Modo de transferência RTU;
• Função 3 (lê múltiplos registos);
• Função 6 (escreve único registro);
• Função 16 (escreve múltiplos registros);
• A resposta a uma mensagem recebida é enviada com o mínimo de atraso de 4,096 ms, após
a recepção de mensagens.

A descrição completa do protocolo de comunicação Modbus pode ser encontrada em Modbus
Protocol Reference Guide PI-MBUS-300 e Open Modbus Specification Release 1.0. Ambos os
documentos estão disponíveis no site http://www.modicon.com/openmbus/ .

Objetos de comunicação vs. Registros
Todos os dados destinados à comunicação tem a sua representação como objetos de comunicação
do controlador. O objeto da comunicação é representado por uma matriz de n-byte na memória do
controlador e identificado pelo exclusivo número de 16 bits. O registro, de acordo com protocolo de
comunicação Modbus, representa uma base de dados de dois bytes e em funções da comunicação é
referenciado pelo endereço de registro de 16 bits. Outras informações sobre a descrição das funções
de comunicação - o número do objeto de comunicação será sempre usado como um endereço
de cadastro e comprimento do objeto de comunicação será expresso em número de registros.
Apenas um obj eto de comunicação pode ser lido ou escrito por uma função de comunicação.

Dica:
Para obter os números de objeto de comunicação é possível fazer o download da descrição pelo
controlador on-line ou pelo arquivo (ail) e usar a função “export data” a partir do software LiteEdit.

Lista de objetos de comunicação (exportada do arquivo padrão IL-NT-AMF25)

Parâmetros do AMF25:
Name Firmware ver. Application Date App. ver. Ser. num. Filename
IL-NT
IL-NT-2.0
R:18.05.2012 AMF25 25.5.2012 2,0 12345678 IL-NT-AMF25-2.0.AIL

Group Name Value Dimension Com. obj. Low limit High limit Data type

Basic Settings Gen-set Name IL-NT 8637

Short string
Basic Settings Nominal Power 200 kW 8276 1 5000 Unsigned 16
Basic Settings Nomin Current 350 A 8275 1 10000 Unsigned 16
Basic Settings CT Ratio 2000 /5A 8274 1 5000 Unsigned 16
Basic Settings PT Ratio 1 /1 9579 0,1 500 Unsigned 16
Basic Settings Vm PT Ratio 1 V/V 9580 0,1 500 Unsigned 16
Basic Settings NomVolts Ph-N 231 V 8277 80 20000 Unsigned 16
Basic Settings NomVolts Ph-Ph 400 V 11657 80 40000 Unsigned 16
Basic Settings Nominal Freq 50 Hz 8278 45 65 Unsigned 16
Basic Settings Gear Teeth 120 8252 0 500 Unsigned 16
Basic Settings Nominal RPM 1500 RPM 8253 100 4000 Unsigned 16
Basic Settings ControllerMode OFF 8315

String list
Basic Settings Reset To MAN DISABLED 9983

String list
Basic Settings ConnectionType 3Ph4Wire 11628

String list
Basic Settings CT Location Load 11625

String list

Comms Settings ControllerAddr 1 24537 1 32 Unsigned 8
Comms Settings COM1 Mode DIRECT 24522

String list
Comms Settings COM2 Mode DIRECT 24451

String list
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 113
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Comms Settings ModemIniString

24436

Long string
Comms Settings ModbusComSpeed 9600 bps 24477

String list
Comms Settings IBLite IP Addr 192.168.1.254 24376

Short string
Comms Settings IBLite NetMask 255.255.255.0 24375

Short string
Comms Settings IBLite GateIP 192.168.1.1 24373

Short string
Comms Settings IBLite DHCP ENABLED 24259

String list
Comms Settings ComAp Port 23 24374 0 65535 Unsigned 16
Comms Settings APN Name

24363

Long string
Comms Settings APN User Name

24361

Long string
Comms Settings APN User Pass

24360

Short string
Comms Settings AirGate ENABLED 24365

String list
Comms Settings AirGate IP airgate.comap.cz 24364

Long string
Comms Settings SMTP User Name

24370

Long string
Comms Settings SMTP User Pass

24369

Short string
Comms Settings SMTP Server IP

24368

Long string
Comms Settings Contr MailBox

24367

Long string
Comms Settings Time Zone GMT+1:00 24366

String list
Comms Settings DNS IP Address 8.8.8.8 24362

Short string

Engine Params Starting RPM 25 % 8254 5 50 Unsigned 8
Engine Params Starting Oil P 4,5 Bar 9681 0 10 Integer 16
Engine Params Prestart Time 2 s 8394 0 600 Unsigned 16
Engine Params MaxCrank Time 5 s 8256 1 255 Unsigned 8
Engine Params CrnkFail Pause 8 s 8257 5 60 Unsigned 8
Engine Params Crank Attempts 3 8255 1 10 Unsigned 8
Engine Params Idle Time 12 s 9097 0 600 Unsigned 16
Engine Params Min Stab Time 2 s 8259 1 10 Unsigned 16
Engine Params Max Stab Time 10 s 8313 2 300 Unsigned 16
Engine Params Cooling Speed NOMINAL 10046

String list
Engine Params Cooling Time 30 s 8258 0 3600 Unsigned 16
Engine Params Stop Time 60 s 9815 0 600 Unsigned 16
Engine Params Fuel Solenoid DIESEL 9100

String list
Engine Params D+Function DISABLED 9683

String list
Engine Params Fuel Pump ON 20 % 10100 -100 90 Integer 16
Engine Params Fuel Pump OFF 90 % 10101 20 10000 Integer 16
Engine Params TempSwitch ON 90 - 8688 -100 10000 Integer 16
Engine Params TempSwitch OFF 75 - 8689 -100 10000 Integer 16
Engine Params PowerSwitch ON 100 kW 11658 0 32000 Integer 16
Engine Params PowerSwitchOFF 50 kW 11659 0 32000 Integer 16
Engine Params FuelTankVolume 200 L 11103 0 10000 Unsigned 16
Engine Params MaxFuelDrop 25 %/h 12373 0 50 Unsigned 8

Engine Protect ProtectHoldOff 5 s 8262 0 300 Unsigned 16
Engine Protect Horn Timeout 10 s 8264 0 600 Unsigned 16
Engine Protect Overspeed Sd 115 % 8263 50 150 Unsigned 16
Engine Protect AI1 Wrn 2 Bar 8369 -10 1000 Integer 16
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 114
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Engine Protect AI1 Sd 1 Bar 8370 -10 1000 Integer 16
Engine Protect AI1 Del 3 s 8365 0 900 Unsigned 16
Engine Protect AI2 Wrn 80 °C 8375 -100 10000 Integer 16
Engine Protect AI2 Sd 90 °C 8376 -100 10000 Integer 16
Engine Protect AI2 Del 5 s 8371 0 900 Unsigned 16
Engine Protect AI3 Wrn 20 % 8381 -100 10000 Integer 16
Engine Protect AI3 Sd 10 % 8382 -100 10000 Integer 16
Engine Protect AI3 Del 10 s 8377 0 900 Unsigned 16
Engine Protect Batt Overvolt 36 V 9587 18 40 Integer 16
Engine Protect Batt Undervolt 18 V 8387 8 40 Integer 16
Engine Protect Batt Volt Del 5 s 8383 0 600 Unsigned 16
Engine Protect WrnMaintenance 9999 h 9648 0 10000 Unsigned 16

Gener Protect Overload BOC 120 % 8280 0 200 Unsigned 16
Gener Protect Overload Del 5 s 8281 0 600 Unsigned 16
Gener Protect Short Crct BOC 250 % 8282 100 500 Unsigned 16
Gener Protect Short Crct Del 0,04 s 9991 0 10 Unsigned 16
Gener Protect Amps IDMT Del 4 s 8283 1 60 Unsigned 16
Gener Protect Amps Unbal BOC 50 % 8284 1 200 Unsigned 16
Gener Protect Amps Unbal Del 5 s 8285 0 600 Unsigned 16
Gener Protect Gen >V Sd 110 % 8291 70 200 Unsigned 16
Gener Protect Gen <V BOC 70 % 8293 0 110 Unsigned 16
Gener Protect Gen V Del 3 s 8292 0 600 Unsigned 16
Gener Protect Volt Unbal BOC 10 % 8288 1 200 Unsigned 16
Gener Protect Volt Unbal Del 3 s 8289 0 600 Unsigned 16
Gener Protect Gen >Freq BOC 110 % 8296 85 200 Unsigned 16
Gener Protect Gen <Freq BOC 85 % 8298 0 110 Unsigned 16
Gener Protect Gen Freq Del 3 s 8297 0 600 Unsigned 16

AMF Settings Operation Mode AMF 12157

String list
AMF Settings DualAMFTime 6 h 12155 1 24 Unsigned 8
AMF Settings RetFromIsland AUTO 9590

String list
AMF Settings EmergStart Del 5 s 8301 0 6000 Unsigned 16
AMF Settings MainsReturnDel 20 s 8302 1 3600 Unsigned 16
AMF Settings Transfer Del 1 s 8303 0 600 Unsigned 16
AMF Settings MCB Close Del 1 s 8389 0 60 Unsigned 16
AMF Settings Mains >V 110 % 8305 60 150 Unsigned 16
AMF Settings Mains <V 60 % 8307 50 110 Unsigned 16
AMF Settings Mains V Del 2 s 8306 0 600 Unsigned 16
AMF Settings Mains V Unbal 10 % 8446 1 150 Unsigned 16
AMF Settings Mains VUnb Del 2 s 8447 0 60 Unsigned 16
AMF Settings Mains >Freq 102 % 8310 98 150 Unsigned 16
AMF Settings Mains <Freq 98 % 8312 50 102 Unsigned 16
AMF Settings Mains Freq Del 0,5 s 8311 0 60 Unsigned 16
AMF Settings MCB Logic CLOSE-OFF 8444

String list
AMF Settings ReturnFromTEST MANUAL 8618

String list
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 115
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

AMF Settings MCB Opens On GENRUN 9850

String list

Date/Time Time Stamp Per 60 min 8979 0 240 Unsigned 8
Date/Time SummerTimeMod DISABLED 8727

String list
Date/Time Time 0:00:00 24554

Time
Date/Time Date 1.1.2006 24553

Date
Date/Time Timer1Function No Func 11660

String list
Date/Time Timer1 Repeat NONE 10045

String list
Date/Time Timer1 ON Time 5:00:00 10042

Time
Date/Time Timer1Duration 5 min 10044 1 1440 Unsigned 16
Date/Time Timer2Function No Func 11661

String list
Date/Time Timer2 Repeat NONE 10202

String list
Date/Time Timer2 ON Time 5:00:00 10199

Time
Date/Time Timer2Duration 5 min 10201 1 1440 Unsigned 16

Sensors Spec AI1Calibration 0 Bar 8431 -100 100 Integer 16
Sensors Spec AI2Calibration 0 °C 8407 -1000 1000 Integer 16
Sensors Spec AI3Calibration 0 % 8467 -1000 1000 Integer 16

SMS/E-Mail Yel Alarm Msg OFF 8482

String list
SMS/E-Mail Red Alarm Msg OFF 8484

String list
SMS/E-Mail Event Msg OFF 10926

String list
SMS/E-Mail TelNo/Addr Ch1

9597

Long string
SMS/E-Mail TelNo/Addr Ch2

9598

Long string
SMS/E-Mail SMS Language 1 11394 1 2 Unsigned 8

Alternate Cfg Nominal RPM 1 1500 RPM 9915 100 4000 Unsigned 16
Alternate Cfg Nominal Freq 1 50 Hz 9913 45 65 Unsigned 16
Alternate Cfg NomVoltsPh-N 1 230 V 12052 80 20000 Unsigned 16
Alternate Cfg NomVoltsPh-Ph1 400 V 12055 80 40000 Unsigned 16
Alternate Cfg Nomin Current1 350 A 12049 1 10000 Unsigned 16
Alternate Cfg Connect Type 1 3Ph4Wire 12058

String list
Alternate Cfg Nominal RPM 2 1800 RPM 9916 100 4000 Unsigned 16
Alternate Cfg Nominal Freq 2 60 Hz 9914 45 65 Unsigned 16
Alternate Cfg NomVoltsPh-N 2 120 V 12053 80 20000 Unsigned 16
Alternate Cfg NomVoltsPh-Ph2 208 V 12056 80 40000 Unsigned 16
Alternate Cfg Nomin Current2 350 A 12050 1 10000 Unsigned 16
Alternate Cfg Connect Type 2 3Ph4Wire 12059

String list

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 116
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Values of AMF25:

Name Firmware ver. Application Date App. ver. Ser. num. Filename
IL-NT IL-NT-2.0 R:18.05.2012 AMF25 25.5.2012 2,0 12345678 IL-NT-AMF25-2.0.AIL

Group Name Value Dimension Com. obj. Data type


Engine RPM 0 RPM 8209 Unsigned 16


Generator Gen Freq 0 Hz 8210 Unsigned 16

Generator Gen V L1-N 0 V 8192 Unsigned 16

Generator Gen V L2-N 0 V 8193 Unsigned 16

Generator Gen V L3-N 0 V 8194 Unsigned 16

Generator Gen V L1-L2 0 V 9628 Unsigned 16

Generator Gen V L2-L3 0 V 9629 Unsigned 16

Generator Gen V L3-L1 0 V 9630 Unsigned 16


Load Load kW 0 kW 8202 Integer 16

Load Load kW L1 0 kW 8524 Integer 16

Load Load kW L2 0 kW 8525 Integer 16

Load Load kW L3 0 kW 8526 Integer 16

Load Load kVAr 0 kVAr 8203 Integer 16

Load Load kVAr L1 0 kVAr 8527 Integer 16

Load Load kVAr L2 0 kVAr 8528 Integer 16

Load Load kVAr L3 0 kVAr 8529 Integer 16

Load Load kVA 0 kVA 8565 Integer 16

Load Load kVA L1 0 kVA 8530 Integer 16

Load Load kVA L2 0 kVA 8531 Integer 16

Load Load kVA L3 0 kVA 8532 Integer 16

Load Load PF 0 8204 Integer 8

Load Load Char 8395 Char

Load Load PF L1 0 8533 Integer 8

Load Load Char L1 8626 Char

Load Load PF L2 0 8534 Integer 8

Load Load Char L2 8627 Char

Load Load PF L3 0 8535 Integer 8

Load Load Char L3 8628 Char

Load Load A L1 0 A 8198 Unsigned 16

Load Load A L2 0 A 8199 Unsigned 16

Load Load A L3 0 A 8200 Unsigned 16


Mains Mains V L1-N 0 V 8195 Unsigned 16

Mains Mains V L2-N 0 V 8196 Unsigned 16

Mains Mains V L3-N 0 V 8197 Unsigned 16

Mains Mains V L1-L2 0 V 9631 Unsigned 16

Mains Mains V L2-L3 0 V 9632 Unsigned 16

Mains Mains V L3-L1 0 V 9633 Unsigned 16

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 117
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Mains Mains Freq 0 Hz 8211 Unsigned 16


Controller I/O Battery Volts 0 V 8213 Integer 16

Controller I/O D+ 0 V 10603 Integer 16

Controller I/O Oil Pressure 0 Bar 8227 Integer 16

Controller I/O Engine Temp 0 °C 8228 Integer 16

Controller I/O Fuel Level 0 % 8229 Integer 16

Controller I/O Bin Inputs [0000000] 8235 Binary 16

Controller I/O Bin Outputs [0000000] 8239 Binary 16

Controller I/O GSM SignalLvl 0 % 11895 Unsigned 16

Controller I/O GSM ErrorRate 0 12199 Unsigned 8

Controller I/O GSM Diag Code: 0 11270 Unsigned 8

Controller I/O AirGate Diag: 0 11271 Unsigned 8

Controller I/O AirGate ID: No Connection 12385 Long string

Controller I/O Modem Status: No Connection 12485 Short string


Statistics Genset kWh 0 8205 Integer 32

Statistics Genset kVArh 0 8539 Integer 32

Statistics Mains kWh 0 11025 Integer 32

Statistics Mains kVArh 0 11026 Integer 32

Statistics Run Hours 0 h 8206 Integer 32

Statistics Num Starts 0 8207 Unsigned 16

Statistics Maintenance 9999 h 9648 Unsigned 16

Statistics Num E-Stops 0 11195 Unsigned 32

Statistics Shutdowns 0 11196 Unsigned 32

Statistics TotFuelConsum 0 L 9040 Unsigned 32


IL Info Engine State ##### 8330 Unsigned 16

IL Info Breaker State ##### 8455 Unsigned 16

IL Info Timer Text ##### 8954 Unsigned 16

IL Info Timer Value 0 s 8955 Unsigned 16

IL Info FW Version 2 8393 Unsigned 8

IL Info Application 6 8480 Unsigned 8

IL Info FW Branch 1 8707 Unsigned 8

IL Info PasswordDecode ##### 9090 Unsigned 32

IL Info DiagData ##### 10050 Unsigned 32


Date/Time Time ##### 24554 Time

Date/Time Date ##### 24553 Date






InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 118
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Comunicação remota
Dica:
Consulte InteliCommunication guide para todas as informações adicionais.
Conexão via Internet

Os controladores IL-NT podem ser monitorados do LiteEdit pela Internet usando Internet Bridge
(IG-IB) conectado a porta RS232 do controlador. Ou via placa IB-Lite conectada diretamente no
slot de comunicação na parte de trás do controlador.
Conexão SNMP
Para suporte ao protocolo SNMP, é possível usar o conversor Modbus RTU - SNMP com código
de pedido “GNOME SNMP CONVERTER IL-NT” na ComAp.

• Conexão de 1-32 IL-NT ao sistema de supervisão SNMP
• Suporta GET, SET, TRAP

Para mais detalhes, veja IL-NT, IA-NT, IC-NT Communication Guide disponível aqui:
http://www.comap.cz/products/detail/intelilite-nt-amf-25/downloads/#tabs
Modem ISDN recomendado

• Askey TAS-200E
• ASUScom TA-220ST
• Develo Microlink ISDN i
Modem GSM recomendado

• Siemens M20, TC35, TC35i, ES75, MC39 (Cinterion MC55i NÃO é recomendado)
• Wavecom M1200/WMOD2
• Wavecom - Maestro 20, dual 900/1800MHz.
• Wavecom – Fastrack M1306B, dual 900/1800 MHz (Fastrack M1206B NÃO é recomendado)
• FALCOM A2D, dual 900/1800MHz.
Configuração do modem GSM
Antes de começar a trabalhar com o modem GSM - executar o seguinte programa para uma
configuração adequada do GSM (gm_setup).
O programa escreve todos os comandos necessários para configurar corretamente o modem GSM
para usar com o controlador.
Este programa executa independente do LiteEdit:
• Inicie o MS Windows _ Iniciar _ Todos os programas _ ComAp PC Suíte _ Tools _
gm_setup _ gm_setup.exe
• Selecione a porta COM
• Pressione o botão Setup
• Siga os comandos na janela de configuração do modem GSM
A típica taxa real de transmissão para comunicação de dados via GSM é de 80 a 90 Bps.

Dica:
É altamente recomendável usar o mesmo tipo do modem no ambos os lados de conexão (controlador e PC).
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 119
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf





Configuração do cartão SIM

Ajuste o SIM card no modem GSM da seguinte forma:
• permitir a conexão de dados (quando necessário);
• sem código PIN.
Guia rápido de como usar a placa IL-NT-GPRS


CUIDADO!
Qualquer manipulação com a placa deve ser feita com a alimentação desligado do controlador e da
placa. A alimentação também deve ser conectada ao mesmo tempo na placa e no controlador. Não
seguir essas instruções (ativar alimentação apenas no controlador ou apenas na placa) pode causar
falha na placa ou no controlador!


1. Você precisará de um controlador ComAp (IL-NT/IC-NT/ID-Lite), IL-NT-GPRS, antena, cartão
SIM com serviço GPRS e como opcional IL-NT-RS232 ou IL-NT-S-USB. O firmware para a
placa IL-NT-GPRS é o IL-NT-WSUP 1.0 ou superiores (contacte support@comap.cz para
detalhes). Está disponível aqui: http://www.comap.cz/products/detail/IL-NT-
GPRS/support/software/
2. Contacte o operador do cartão SIM para conseguir nome do APN GPRS (APN =Access
Point Name), usuário e senha. Alguns operadores estão listados aqui:
http://www.quickim.com/support/gprs-settings.html#Australia or here:
http://www.flexispy.com/Mobile%20APN%20Setting%20to%20use%20GPRS.htm
Exemplo: APN Name =internet.t-mobile.cz, UserName =[blank], Password =[blank].
3. Certifique-se que o cartão SIM não precisa do código PIN. Se precisar, é possível desabilitá-
lo em qualquer rede comum de telefone celular.
4. Alimente o controlador ComAp.
5. Preencha os campos APN Name, APN UserName e APN UserPass no grupo de parâmetros
Comms Settings. Coloque COM1 Mode =DIRECT. Comms settings é acessível pelo botão
Analog
modem
Analog
modem
GSM
modem
GSM
modem
ou
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 120
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

PAGE de qualquer tela de medição do controlador. Os parâmetros podem ser configurados
via IHM ou pelo LiteEdit 4.5 ou superior.
6. Desligue o controlador ComAp.
7. Coloque o cartão SIM no slot do IL-NT-GPRS, conecte o IL-NT-GPRS no slot de
comunicação na traseira do controlador ComAp.
8. Conecte a antena no conector SMA.
9. Conecte a alimentação da placa IL-NT-GPRS. Ela suporta tensão de 8-36Vcc.
10. Alimente o sistema.
11. Espere aproximadamente 2 - 4 minutos para primeira conexão do sistema com o AirGate.
AirGate irá gerar automaticamente o valor do AirGate ID. Vá para última tela de medição,
onde você verá a barra do sinal GSM e o AirGate ID.

Uma vez que o AirGate ID for mostrado, a conexão via AirGate foi bem sucedida. Esse valor
é necessário para conexão via LiteEdit ou WebSupervisor. Anote-o para referências futuras.

Janela de conexão via AirGate no LiteEdit:


Janela de adição de novo gerador no WebSupervisor:

Caso encontre problemas com a conexão, verifique os códigos de falha na mesma tela e
encontre a descrição detalhada na lista de Diagnostic codes.
12. Abra o LiteEdit ou entre na sua conta do WebSupervisor http://websupervisor.comap.cz.

Dica: Para abrir uma nova conta no WebSupervisor, envie um e-mail para
admin.websupervisor@comap.cz com nome, usuário, endereço de e-mail e Timezone. Criaremos
uma conta grátis para você. Detalhes em: http://www.comap.cz/products/detail/WebSupervisor.
Comunicação está pronta para uso.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 121
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Dica: Para reduzir o tráfego de dados na rede GPRS você pode configurar o parâmetro “Comms
Settings => AirGate IP = 80.95.108.26”. Isso economizará dados da tradução do endereço IP do
servidor Airgate. Em caso de mudança do endereço IP do servidor AirGate, ele deve ser
atuaçizado ou voltar ao padrão “airgate.comap.cz“.
Dica: A conexão GPRS pode cair em alguns momentos devido a fatores que afetam a rede de
celular. Entretanto o sistema é feito para o controlador reconectar automaticamente.

• GSM Diag Code – Códigos de diagnóstico para IL-NT-GPRS
Tabela de códigos de diagnóstico:
Código Descrição
0 OK. Sem erro.
1 Não é possível desligar
2 IL-NT-GPRS está desligado
3 IL-NT-GPRS está ligado
4 IL-NT-GPRS – erro na inicialização
5 IL-NT-GPRS – não é possível configurar o APN
6 IL-NT-GPRS – não é possível conectar à rede GPRS
7 IL-NT-GPRS – não é possível recuperar endereço IP
8 IL-NT-GPRS – Endereço IP do DNS não foi aceito
9 Erro na detecção de modem
10 Erro na inicialização de modem analógico
11
Cartão SIM bloqueado (Possivelmente precisa de código PIN, PIN precisa ser
desativado) ou status desconhecido do SIM
12 Sem sinal GSM
13 Não é possível ler os parâmetros do cartão SIM
14
O modem GSM não aceitou o comando de inicialização, possivelmente causado por
bloqueio do cartão SIM
15 Modem desconhecido
16 Resposta incorreta ao string de inicialização
17 Não é possível ler a intensidade do sinal GSM
18 Modem CDMA não detectado
19 Sem rede CDMA
20 Registro sem sucesso na rede CDMA
255 Somente comunicação ativa é necessária para indicação

• AirGate Diag – Código de diagnóstico para conexão AirGate
Tabela de códigos de diagnóstico:
Código Descrição
0 Esperando para conexão com servidor AirGate
1 Controlador registrado, esperando autorização
2 Não é possível registrar, controlador em black list
3 Não é possível registrar, servidor não tem mais capacidade
4 Não é possível registrar, outro motivo
5 Controlador registrado e autorizado
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 122
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

IL-NT-RD - Software de display remoto
Este capítulo descreve o software de display remoto IL-NT-RD, projetado como software de
sinalização e controle remoto para controladores, InteliLite NT e InteliDrive Lite. El e é um
software opcional que é possível carregar no controlador ao invés do fi rmware padrão.

Descrição geral

O software para display remoto funciona como “display remoto” para o controlador mestre
InteliATSNT,
InteliLiteNT ou InteliDrive Lite. Grupos geradores/Motores podem ser controlados pelo display remoto
assim como pelo controlador mestre. Todas as telas do display remoto (Medição, Parâmetros e
Histórico) mostram os mesmos dados do controlador mestre. Os botões da IHM de ambos os
controladores funcionam da mesma forma. Todos os LEDs do display remoto mostram o mesmo
estado que os LEDs correspondentes no controlador mestre.
Aviso !
É altamente recomendado o uso do mesmo tipo e modelo de control ador para mestre e displ ay
remoto. Apenas nesses casos é assegurado o funcionamento correto de todos os botões, LED
e display. Outras combinações de tipos e modelos de HW do controlador mestre e displ ay
remoto não são suportados ou não foram testadas!
Instalação do software do IL-NT-RD
O firmware do display remoto IL-NT-RD é instalado da mesma forma que qualquer outro firmware IL-
NT usando o LiteEdit. Veja o LiteEdit Guia de Referência para maiores detalhes sobre atualização de
firmware. O IL-NT-RD contém somente firmware, não um archive.

Entretanto quando há um firmware IL-NT-RD instalado no controlador o procedimento para instalar o
firmware original padrão é o seguinte:

• Abra qualquer tipo de conexão online.
• O servidor DDE irá tentar abrir a conexão, mas irá falhar e escreverá uma mensagem
vermelha de erro na barra de status.
• Neste momento vá para CONTROLLER ->PROGRAMMING AND CLONING ->
PROGRAMMING e selecione o firmware correto! Que você quer programar no controlador.
A escolha do tipo errado de firmware pode resultar em mal funcionamento do controlador
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 123
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


• Pressione o botão "OK" para programar o firmware no controlador.
• O programa solicitará o desligamento do controlador e o fechamento do jumper de boot e o
religamento do controlador. Siga as informações na janela.
• Após finalizada a programação (o programa solicitará o desligamento do controlador e a
abertura do jumper de boot e o religamento do controlador) abra a janela de configuração e
realize o processo de configuração manualmente. Não há compatibilidade de configuração
entre diferentes versões de firmware.
• Em alguns casos a mensagem "wrong setpoints" pode ocorrer na linha de status do servidor
DDE e o controlador é bloqueado no estado "Init". Use CONTROLLER ->RESET FROM INIT
STATE para o controlador voltar à operação normal. Certifique-se que os parâmetros estão
OK antes.
ATENÇÃO!
Verifique o valor "Engine hours" após atualização do firmware. A mudança dos valores estatísticos se
necessário, é possível somente pelo LiteEdit (necessária senha).
Ligação do IL-NT-RD
O IL-NT-RD pode ser conectado ao controlador InteliATSNT, InteliLiteNT ou InteliDrive Lite via RS232
ou RS485. É possível conectar somente dois displays remotos por controlador mestre, se eles
estiverem usando diferentes COMs. Não é possível conectar dois ou mais displays remotos em uma
linha de comunicação, ex. RS485. É possível monitorar apenas um controlador mestre através de um
display remoto por vez.
Processo de conexão
Após ligar o display remoto, ele automaticamente busca um controlador mestre conectado. Ele inicia
a busca na COM1 por controladores mestres de endereços 1 a 32 e depois na COM2 em endereços
de 1 a 32. O display remoto tenta duas velocidades de comunicação 38400 bps e 56000 bps.

Durante esse processo é mostrado o texto “Detecting…” na tela e a barra de progresso começa a
contar de 0 a 100%. O processo dura aproximadamente. 10-15 segundos. Caso contrário ocorre uma
pausa de 5 segundos e o processo se repete até o controlador mestre compatível ser encontrado.

Controladores e aplicações não suportados, ou controladores que não estão comunicando
corretamente são pulados durante a busca.
Seleção do tipo de controlador
O IL-NT-RD detecta automaticamente o tipo de controlador.
Problemas com conexão
Existem algumas razões para o display remoto não conectar com o controlador mestre:
1. Tipo de controlador conectado não suportado (Ex. IGS-NT, ID-DCU, IC-NT, IGS-CU, etc.)
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 124
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

2. Firmware do controlador mestre não suportado
3. “Configuration table error” no controlador mestre
4. Configuração incorreta do parâmetro COMx Mode no controlador mestre.
5. Conexão errada, falha de comunicação ou ligação
Conexão direta via RS232
Placa:
IL-NT-RS232

Configurações do controlador mestre:
ControllerAddr =1..32
COM1 Mode =DIRECT

Até 2 metros:
Recomendamos usar o cabo AT-LINK.

IL-NT
ID-Lite
IL-NT-
RS232
IL-NT-
RS232
IL-NT
ID-Lite
Remote Display Master controller
RS 232 (COM1)


Até 10 metros:
Recomendamos usar o cabo padrão Null-modem para conexão local entre controlador e display
remoto, apenas três fios (TxD, RxD, GND) são suficientes para conexão direta via RS 232:


IL-NT/ID-Lite
conector
D-SUB9 fêmea
IL-NT-RD conector
D-SUB9 fêmea
RxD 2 3 TxD
TxD 3 2 RxD
GND 5 5 GND

Conexão remota via RS485 e/ou conexão direta via RS232
Placa:
IL-NT-RS232-485

Até 1000 metros (somente com RS485):

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 125
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

IL-NT
ID-Lite
IL-NT-
RS232-485
IL-NT-
RS232-485
IL-NT
ID-Lite
Remote Display Master controller
RS 232 (COM1)
OR
IL-NT
ID-Lite
IL-NT-
RS232-485
IL-NT-
RS232-485
IL-NT
ID-Lite
Remote Display Master controller
RS 485 (COM2)
OR
IL-NT
ID-Lite
IL-NT-
RS232-485
IL-NT-
RS232-485
IL-NT
ID-Lite
Remote Display 1 Master controller
RS 485 (COM2)
IL-NT
ID-Lite
IL-NT-
RS232-485
Remote Display 2
RS 232 (COM1)



Caso 1) RS232
Configuração do controlador mestre:
ControllerAddr =1..32
COM1 Mode =DIRECT

Caso 2) RS485
Configuração do controlador mestre:
ControllerAddr =1..32
COM2 Mode =DIRECT

Caso 3) RS232 +RS485
Configuração do controlador mestre:
ControllerAddr =1..32
COM1 Mode =DIRECT
COM2 Mode =DIRECT

É possível fazer a comunicação direta RS232 com IL-NT-RS232 de um lado e IL-NT-RS232-485 do
outro lado.
Conexão alternativa usando conversor RS232-RS422/485 externo:
Conversor externo recomendado:
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 126
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

ADVANTECH – ADAM 4520: conversor RS232 para RS422/485, trilho DIN, supervisão automática do
barramento RS485, sem sinais externo de controle de fluxo, isolação galvânica, taxa baud 38400 ou
56000 bps.

Qualquer conversor RS232 para RS422/485 conectado deve ser configurado para sinal DSR passivo
(quando DSR estiver concetado) após ligá-lo.

Descrição de funcionamento
O display remoto IL-NT-RD funciona como display e controle remoto do controlador mestre, InteliLite
NT ou InteliDrive Lite. É altamente recomendado que ambos, display remoto e mestre utilizem o
mesmo tipo de HW e de modelo do controlador. Outros tipos e modelos de controlador mestre e
display remoto não são suportados nem testados. Todos os LEDs do display remoto mostram o
mesmo estado do LED correspondente do controlador mestre. Os botões da IHM de ambos os
controladores trabalham da mesma forma. Grupos geradores/Motores podem ser controlados pelo
display remoto assim como pelo controlador mestre. O usuário pode mudar telas, colocar senha,
mudar parâmetro e visualizar histórico.

Todas as telas do IL-NT-RD Inicial, Medição, Parâmetros e Histórico mostram os mesmos dados do
controlador mestre.

O dispositivo mestre sempre será capaz de trabalhar sem estar conectado com o display remoto.

Interrupção da linha serial entre o dispositivo mestre e o display remoto não tem nenhum efeito no
controlador mestre.

Se a linha serial entre o dispositivo mestre e o display remoto for interrompida, ou a comunicação não
pode ser estabelecida, o display remoto mostra em sua tela inicial a mensagem “Trying” e todos os
LED’s são desligados.

Uma vez que o display remoto encontra compatibilidade com um mestre compatível, ele mostrará
“Preparing” e carregará a configuração do controlador mestre.

Depois que a configuração é carregada do mestre, o display remoto mostra a tela inicial do
controlador mestre e todos os LEDs começam a piscar.

É possível alterar para o display remoto a tela de inicialização para verificar a versão e número de
série do controlador utilizado e status de comunicação pressionando o botão PAGE por 3 segundos.

Compatibilidade de SW
IL-NT-RD sw. versão 1.1 é compatível com SW mestres:

• Todos InteliLite NT software padrão ver. 1.1
• Todos ID-Lite software padrão ver. 1.0
• Aplicações do cliente com InteliLite NT e ID-Lite

Algumas versões futuras do InteliLite NT, ID-Lite podem precisar de uma atualização do software IL-
NT-RD.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 127
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Manutenção
Troca da bateria interna

A bateria interna deve ser trocada a aproximadamente cada 5-7 anos. Troque a bateria, se o alarme
Low BackupBatt ocorrer. Siga as instruções:
1. Desconecte todos os terminais do controlador e remova o controlador do quadro.
2. Abra a tampa traseira usando uma chave de fenda ou outra ferramenta apropriada.

3. Remova todas as placas de extensão.
4. A bateria está localizada em um suporte na placa. Remova a bateria antiga com uma
pequena chave e empurre com o dedo a nova bateria no suporte. Use somente a bateria de
lítio CR1225.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 128
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


5. Coloque a tampa traseira. Use uma ligeira pressão para travar o encaixe na caixa. Preste
atenção se a tampa traseira está na posição correta e não de cabeça para baixo!
6. Coloque as placas de extensão de volta aos seus devidos slots.
7. Ligue o controlador, ajuste a data e a hora e verifique todos os parâmetros.

Dica:
Quando a bateria interna ficar fraca, o funcionamento do controlador não muda até o controlador
desligar. Após a bateria descarregar, uma mensagem aparece na AlarmList: "RTCbatteryFlat".
Ao ligar o controlador novamente (com a bateria já descarregada):
• Gerador pode funcionar
• Todos os novos registros do histórico terão data e hora não válidos.
• Os valores de data e hora não são válidos
• Os valores estatísticos serão aleatórios
• Timers (Timer1..2 Function) não serão executados
• A proteção de perda de combustível pode não funcionar

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 129
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Dados técnicos
Visõ geral de entradas e saídas
Modelo BIN BOUT AI AOUT COM1 COM2 CAN RPM
Tensão
Ger.
Tensão
rede
Corrent
Ger.
IL-NT AMF20
7+8*
+8**
7+8*
+8**
3+
4* 8** Y** Y** N Y Y Y Y
IL-NT AMF25
7+8*
+8**
7+8*
+8**
3+
4* 8** Y** Y** Y Y Y Y Y

Nota:
* Com módulo de extensão opcional
IGS-PTM ou IG-IOM
** Com placa de extensão
Y – dispoível
N – não disponível

Proteções do gerador

Os controladores para geradores da ComAp fornecem as seguintes proteções para o gerador.
Para cada proteção, existe um tempo e um limite ajustável.

Tabela com códigos ANSI:
Cód. ANSI Proteção
IL-NT
AMF20
IL-NT
AMF25
59 Sobre tensão • •
27 Sub tensão • •
47 Assimetria tensão • •
81H Sobre frequência • •
81L Sub frequência • •
50+51 Sobre corrente *** •
46
Desbalanço
corrente • •
32 Sobre carga • •
51N+64 Fuga à terra - •
32R Potência reversa - -
25 Verif. Sincronismo - -
47 Rotação de fase ** **
37 Sub corrente - -
55 Fator de potência - -
71 Nível Combustivel • •
Nota:
- Não disponível
• Disponível
** Configuração fixa
***
Somente curto
circuito

InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 130
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Suporte à linguagens
O IL-NT com firmware 1.5 suporta os seguintes códigos de linguagem:

Código Linguagem
Código Windows
0 Linguagem Oeste europeu
Windows 1252
134 Chinês
GB 2312
162 Turco
Windows 1254
177 Hebreu
Windows 1255
204 Russo
Windows 1251
238 Linguagem Leste europeu
Windows 1250

Alimentação

Tensão de alimentação 8-36V DC
Consumo 40-430mA depende da alimentação e
temperatura
Consumo de acordo com a alimentação 0,104A em 8VDC
0,080A em 12VDC
0,051A em 24VDC
0,044A em 30VDC
0,040A em 36VDC
Queda de alimentação permitida: 100ms de min. 10V, retorno para min. 8V
Tolerância na medição de tensão da bateria 2 % em 24V

Dica:
Para alimentação menor que 7V a luz de fundo do display desliga.
Pequenas quedas de tensão (ex. durante arranque do motor) não afetam a operação.
Condições de operação

Temperatura de operação IL-NT: -20..+70
o
C
Temperatura de operação IL-NT LT
#
-40..+70
o
C
Temperatura de armazenagem: -30..+80
o
C
Proteção da IHM: IP65
Umidade: 95% sem condensação
Padrões de conformidade:
Diretiva de Baixa Tensão: EN 61010-1:95 +A1:97
Compatibilidade Eletromagnética: EN 50081-1:94, EN 50081-2:96
EN 50082-1:99, EN 50082-2:97
Vibração: 5 - 25 Hz, ±1,6mm
25 - 100 Hz, a =4 g
Choque: a =200 m/s
2

#
Modificação para baixa temperatura

O display LCD limita a temperatura de operação do controlador a uma faixa de –20 oC - +70 oC
mesmo que outros componentes trabalhem numa faixa maior.
Um pré-aquecimento interno é montado no InteliLiteNT LT para aumentar a sua faixa de temperatura
de operação.
Pre-aquecimento liga abaixo dos 5 oC e a potência do pré-aquecimento depende da temperatura e da
tensão de alimentação.
Dados técnicos
IL-NT Padrão Order code:IL-NT-xxxxx LT
Temperatura operação -20
o
C..+70
o
C -40
o
C..+70
o
C
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 131
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Temperatura de
Armazenamento
-30
o
C..+80
o
C -30
o
C..+80
o
C

Pré-aquecimento interno aumenta o consumo de corrente do controlador.

Consumo do
controlador em:
Sem pré-
aquecimento
Pré-aquecimento em temp.ambiente
0
o
C -20
o
C -40
o
C
12Vcc 80 mA +75 mA +210 mA +325 mA
24Vcc 51 mA +31 mA +100 mA +175 mA
InteliLite LT funciona imediatamente ao ser ligado a -30 oC e o display se torna visível em alguns
minutos.
Dimensões e peso

Dimensões 180x120x55mm
Peso 450g
Gerador e rede

Frequêcia nominal 50-60Hz
Tolerância da medição de frequência 0,2Hz
Entradas de corrente
Corrente nominal na entrada (do TC): 5 A
Carga (Impedância de saída do TC): <0,1 Ω
Carga de entrada do TC: <0,2 VA por fase (In=5A)
Corrente máxima medida do TC: 10 A
Tolerância de medição de corrente: 2% da corrente nominal
Pico de corrente máxima do CT: 150 A / 1s
Máximo contínuo de corrente: 12 A
Entradas de tensão
Faixa de medição de tensão: 0 – 277 VCA fase-neutro
0 – 480 VCA fase-fase
Medição máxima de tensão: 340 VCA fase-neutro
600 VCA fase-fase
Resistência de entrada: 0,6 MW fase-fase
0,3 MW fase-neutro
Tolerância da medição de tensão: 2 % da tensão nominal
Classe de sobre tensão: III / 2 (EN61010)
Entradas e saídas binárias

Entradas binárias
Número de entradas: 7
Resistência de entrada: 4,2 kW
Faixa de entrada: 0-36 VCC
Tensão para indicação de contato fechado (Lógica 1): <0,8 VDC
Tensão para indicação de contato aberto (Lógica 0): >2 VDC
Máx. de tensão para indicação de contato aberto: 8-36 VDC

Saídas binárias coletor aberto
Número de saídas: 4
Corrente máxima: 0,5 A
Tensão máxima de ativação: 36 VCC
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 132
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

Entradas analógicas

Não são eletricamente separadas
Número de entradas: 3
Resolução: 10 bits
Faixa máxima de resistência: 2500 W
Tolerância de resistência medida: ±2 % ±2 W fora do valor medido
Entrada do pick-up de velocidade

Tipo de sensor: pick-up magnético (recomenda-se cabo blindado)
Tensão mínima de entrada: 2 Vpk-pk (de 4 Hz até 4 kHz)
Tensão máxima de entrada: 50 Veff
Freqüência mínima: 4 Hz
Freqüência máxima: 10 kHz (tensão mínima de 6Vpk-pk)
Tolerância de freqüência medida: 0,2%
Função D+

Máxima corrente de saída D+: 300 mA
Nível garantido para o sinal de carregamento OK: 80% da tensão de alimentação
Interface CAN bus

Separadas galvanicamente
Máximas distância de CAN bus: 200 m
Velocidade: 250 kBd
Impedância Nominal: 120 W
Tipo de cabo: par trançado (blindado)

Os seguintes parâmetros dinâmicos do cabo são importantes especialmente para comprimentos
máximos de CAN bus de 200 metros e 32 iS-COM conectados:
Velocidade Nominal de Propagação: min. 75% (max. 4,4 ns/m)
Fio transversal: min. 0,25 mm
2

Atenuação máxima (em 1 MHz): 2 dB / 100m

Recomendação de cabo para Automação Industrial e Controle de Processos BELDEN (veja
http://www.belden.com):
• 3082A DeviceBus for Allen-Bradley DeviceNet
• 3083A DeviceBus for Allen-Bradley DeviceNet
• 3086A DeviceBus for Honeywell SDS
• 3087A DeviceBus for Honeywell SDS
• 3084A DeviceBus for Allen-Bradley DeviceNet
• 3085A DeviceBus for Allen-Bradley DeviceNet
• 3105A Paired EIA Industrial RS485 cable

LAPP CABLE (veja http://www.lappcable.com)
• Unitronic BUS DeviceNet Trunk Cable
• Unitronic BUS DeviceNet Drop Cable
• Unitronic BUS CAN
• Unitronic-FD BUS P CAN UL/CSA
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 133
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Interface IL-NT RS232 (placa opcional)

Montada na porta COMMUNICATION MODULE do controlador IL-NT.

Distância máxima: 10m
Velocidade máxima: Até 57,6 kBd (DIRETA), 38,4kBd modem analógico,
9,6 kBd modem digital e 57,6 kBd (MODBUS)

Conversor externo recomendado:
ADVANTECH – ADAM 4520: conversor RS232 para RS422/485, trilho DIN, supervisão automática do
barramento RS485, sem sinais externo de controle de fluxo, isolação galvânica.

Conversor interno recomendado:
ADVANTECH – PCL-745B ou PCL745S: Placa com duas portas interface RS422/485, supervisão
automática do barramento RS485, sem sinais externo de controle de fluxo, isolação galvânica.

Dica:
Para detalhes de todos os módulos de comunicação do IL-NT veja IL-NT, IC-NT-Accessory Modules
manual.

Com SW versão IL-NT 1.2 e anteriores, as velocidades de comunicação são 19.2kBd (STD/DIRETA),
19.2kBd modem analógico, 9.6 kBd modem digital, 9.6kBd (MODBUS)
Interface IL-NT RS232-485 (placa opcional)

Montada na porta COMMUNICATION MODULE do controlador IL-NT.
Distância máxima: 10m (RS232), 1200m (RS485)
Velocidade máxima: Até 57,6 kBd (DIRETA), 38,4kBd modem
analógico, 9,6 kBd modem digital, 57.6 kBd (MODBUS)

Dica:
Esse módulo é suportado pelo SW versão IL-NT 1.3 ou superior.
Interface IL-NT S-USB (placa opcional)

Montada na porta COMMUNICATION MODULE do controlador IL-NT.

Distância máxima: 5m
Velocidade máxima: Até 57,6 kBd (DIRETA), 38,4kBd modem
analógico, 9,6 kBd modem digital 57.6 kBd (MODBUS)

Use somente cabos blindados A-B USB até 5m de comprimento.

Cabo USB recomendado:
USB-LINK CABLE 1.8M – Cabo ComAp A-B USB.

Dica:
Com SW versão IL-NT 1.2 e anteriores, as velocidades de comunicação são 19.2kBd (STD/DIRETA),
19.2kBd modem analógico, 9.6 kBd modem digital, 9.6kBd (MODBUS)
Interface IL-NT AOUT8 (placa opcional)

Montada na porta EXTENSION MODULE do controlador.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 134
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf


Número de saídas PWM: 8
Freqüência PWM: 5000 Hz
Corrente máxima: 0,5 A
Tensão máxima de ativação: 36 VDC
Resistência de saída: 1
Resolução: 10 bits
Interface IC-NT CT-BIO7 (placa opcional)
7 terminais dedicados da placa podem ser configurados como entradas e saídas binárias.

MEDIÇÃO DE CORRENTE Número de entradas: 1
Corrente nominal de entrada (do TC): 5A
Carga (Impedância de saída do TC) <0.1
Corrente máxima medida do CT: 10A
Tolerância na medição de corrente: 2% da Corrente nominal
Pico máximo de corrente do TC: 150A / 1s
Máximo de corrente contínua: 10A
(Todos os valores RMS)

ENTRADAS BINÀRIAS Número de entradas: 7
Resistência de entrada: 4.7k
Faixa de entrada: 0-36 VDC
Nível de tensão indicação de fechado (Lógica 1): <0.8 VDC
Nível de tensão indicação de aberto (Lógica 0): >2 VDC
Nível máx tensão para indicação aberto: 8-36 VDC

SAÍDAS BINÁRIAS COLETOR ABERTO
Número de saídas: 7
Corrente máxima por pino: 0.5 A
Corrente comum de transição: 2A
Tensão máxima de transição: 36 VDC

Dica:
As entradas binárias não são galvanicamente isoladas.
Interface IL-NT BIO8 (placa opcional)
Encaixe no slot EXTENSION MODULE do IL-NT.
8 pinos dedicados podem ser configurados como entradas ou saídas binárias.

Entradas binárias
Número de entradas 8
Resistencia de entrada 4,7kΩ
Faixa de entrada 0-36 Vcc
Nível de tensão para indicar contato fechado (Lógica 1) <0,8 Vcc
Nível de tensão para indicar contato aberto (Lógica 0) >2 Vcc
Nível máximo de tensão para indicação de contato aberto 8-36 Vcc
Saídas binárias coletor aberto
Número de saídas 8
Corrente máxima por pino 0,5 A
Corrente comum de comutação 2 A
Tensão máxima de comutação 36V

Dica:
As entradas binárias não são galvanicamente isoladas.
Veja detalhes sobre a ligação no capítulo IL-NT BIO8 Hybrid binary input/output module.
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 135
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf

IGS-PTM

Tensão de alimentação 8-36 Vcc
Consumo 0,1A depende da tensão de alimentação
Dimensões mecanicas: 40 x 95 x 45 mm , montado em trilho DIN (35 mm)
Interface para controlador CAN
Entradas e saídas binárias veja IG-IOM
Saída analógica veja IG-IOM
Entradas analógicas
Não separadas eletricamente
Número de entradas 4
Resolução 10 bits
Faixa máxima de resistencia 0 – 250 Ω
Faixa máxima de tensão 0 – 100 mV
Faixa máxima de corrente 0 – 20 mA
Tolerancia na medição de resistencia 1 % ± 2 Ω do valor medido
Tolerancia na medição de tensão 1,5 % ± 1mV do valor medido
Tolerancia na medição de corrente 2,5 % ±0,5mA do valor medido
IGL-RA15
Alimentação
Tensão de alimentação 8-36Vcc
Consumo 0,35-0,1A (+1A max saída horn)
Depende da tensão de alimentação
Condições de operação
Temperatura de operação -20..+70
o
C
Temperatura de armazenamento -40..+80
o
C
Proteção do painel frontal IP65
Dimensões e peso
Dimensões 180x120x55mm
Peso 950g
Saída Horn
Corrente máxima 1 A
Tensão máxima de comutação 36 Vcc
IG-IB

Tensão de alimentação 8-36Vcc
Consumo 0,1A dependae da tensão de alimentação
Dimensões mecanicas: 95 x 96 x 43 mm, montado em trilho DIN(35 mm)
Interface para o controlador RS232
Interface para modem RS232
Interface para Ethernet RJ 45 (10baseT)
Temperatura de operação -30..+70
o
C
Temperatura de armazenamento -30..+70
o
C
InteliLite
NT
– AMF20/25, SW versão 2.1, ©ComAp – J aneiro 2013 136
IL-NT-AMF-2.1-Manual em Portugues.pdf