You are on page 1of 5

http://www.enemdicas.

com/apostilas/enem-video-aula-
de-matematica-gratis.html

Ortografia

Ortografia:

“orthós” - correta
“grafia” – escrita.

Portanto, a ortografia é o sistema correto de representar na escrita os fonemas e as
formas da língua.

É comum vermos erros ortográficos em jornais, revistas, anúncios publicitários, etc.
Isso ocorre porque na língua portuguesa não há correspondência exata entre fonema (
língua oral ) e letra ( língua escrita ). O ideal seria que cada som correspondesse a uma
única letra e vice-versa.

Por isso, falar e escrever bem exige muita atenção, muito cuidado e um amplo
conhecimento sobre a ortografia, e recorrer a ela para evitar dúvidas e erros.

Alfabeto

O alfabeto português possui 23 letras:

A,b,c,d,e,f,g,h,i,j,l,m,n,o,p,q,r,s,t,u,v,x,z, além dessas há três que são usadas somente em
casos especiais:

k,w,y.

Orientações ortográficas

Abaixo, apresentamos alguns problemas que podem surgir no momento de escrever.

» Uso das letras k,w,e y.

O K emprega-se em abreviaturas e símbolos:

K= potássio; Kr= criptônio; Kg= quilograma; Km=quilômetro.

É também usada em palavras estrangeiras em sua forma original: Kaiser; smoking.

E em nomes próprios estrangeiros e seus derivados: Kant; Shakespear; kantismo.
Shakespeareanano.

O W pode ser substituído por u ou v, conforme seu valor fonético: sanduíche –
sandwíche.

Usa-se também em nomes próprios e seus derivados: Wagner; wagneriano; Darwin;
darwinismo.

É também usado em símbolos e abreviaturas: W=oeste ou watt; ws= watt-segundo.

O Y , que é substituído pelo i, é empregado em abreviaturas e símbolos: yd= jarda; Y=
ítrio.

E o Y é usado também em derivados portugueses de palavras estrangeiras: byroniano;
taylorista.

» Uso do H

Sem valor fonético algum , a letra H é empregada no início de palavras: humano;
hidrogênio; hoje; homem.

No interior de palavras como parte de dígrafos: chave; malha; pinheiro.

No final de algumas interjeições: Ah!; Argh!

» Uso do S

O S aparece em palavras derivadas de uma primitiva em que já existe o S:
pesquisa=pesquisador

Casa= casinha

Camisa= camisinha

Nos sufixos –ês, -esa, na indicação de nacionalidade, título, origem: português,
portuguesa; irlandês, irlandesa; marquês, marquesa.

No sufixo –isa, na indicação de ocupação feminina: poetisa, pitonisa, papisa.

Na conjugação dos verbos pôr e querer e derivados: pus, pusera, pusesse, puséssemos;
quis, quisera, quisesse, quiséssemos.

Nos sufixos –ense, -oso, -osa, na formação de adjetivos: paranaense, carinhoso,
espalhafatoso, estudiosa, dengosa.

» Uso do Z

O uso do z é empregado nas palavras que derivam de outra em que já existe z: rapaz:
rapazinho, rapaziada

Raiz: enraizar

Baliza: abalizado, balizador

O z também aparece nas terminações –ez, -za, formadoras de substantivos abstratos
derivados de adjetivos: inválido- invalidez rígido- rigidez nobre- nobreza.

E nas terminações –izar (formador de verbos) e –izacão (formador de
substantivos):humano- humanizar- humanizado.

Global- globalizar- globalização

» Emprego das palavras g e j

O g é usado nas palavras terminadas em –ágio, -égio, -ígio, -ógio, -úgio e terminadas
em –gem: adágio, colégio, litígio, relógio, refúgio, ferrugem, massagem selvagem.

E o g também é usado nas palavras derivadas de outras que já contenham g: faringite
(faringe), ferrugento (ferrugem).

O j é usado nas palavras de origem tupi (indígena) e africana: biju, canjica, jabuticaba,
jacaré, pajé.

Nos verbos terminados em –jar ou –jear: viajar, arranjar, sujar, gorjear.

E também em palavras derivadas de outras já grafadas com j: lisonja- lisonjeiro
varejista- varejo lajeado- laje.

» Emprego das letras e e i

A letra e pode ser confundida, na língua oral, com a letra i, portanto siga as seguintes
orientações:

Use a letra e em palavras com os prefixos ante- e anti-.: anteontem, antebraço, antever,
antecâmara. (ante- significa “antes”).

Algumas formas dos verbos com infinitivos terminados em –oar e –uar também usa o e:
abençoe (abençoar), perdoe (perdoar), efetue (efetuar).

O i é usado em palavras com o prefixo anti-: antiacadêmico, antialcoólico,
anticoncepcional.(anti- significa “contra”).

Em algumas formas dos verbos com infinitivos terminados em –air, -oer, --uir: cai
(cair), sai (sair), mói (moer), possui (possuir).

» Emprego das letras o e u

Geralmente, na língua oral, a letra o confunde-se com a letra u. Porém, na escrita, deve-
se ter o cuidado de não confundi-las, pois podem produzir significados diferentes.

Escrevem-se com a letra o: abolir, boteco, comprido, cobrir, engolir, focinho, mágoa,
polenta, moleque, nódoa, lombriga, sotaque, zoeira.

Escrevem-se com a letra u: acudir, bueiro, bulir, escapulir, curtume, cuspir, jabuti,
jabuticaba, tabuleiro, usufruto.

» Uso de c, s , ss, sc, xc

Nos vocábulos de origem árabe, tupi,e africana usam-se: açaí. Caçula, criciúma, paçoca,
Juçara, Ceci, cacimba.

Nos substantivos e adjetivos derivados de verbos terminados em –nder.e –ndir usa-se s:
pretender- pretensão suspender- suspensão fundir- fusão.

Nos substantivos derivados dos verbos terminados em –edr, -dir, -tir e –mir, usa-se ss,
ou s, depois de n e r: ceder-cessão interceder- intercessão agredir- agressão
compreender- compreensão.

Por razões etimológicas usam-se sc e xc entre vogais: ascender, crescer, efervescente,
discernir, exceto, excesso, exceder, excitar.

Notações léxicas

Para representar fonemas muitas vezes há necessidade de recorrer a sinais gráficos
denominados notações léxicas.

As principais são:

» Acento agudo (’)- indica som aberto das vogais, ou destaca a sílaba tônica da palavra:
vovó.

» Acento circunflexo (^)- indica som fechado ou destaca a sílaba tônica entre as vogais
a, e, o: trânsito, você

» Acento grave (`)- indica a fusão de dois as (a+a) denominada crase: vou a a feira=
vou à feira.

» Til (~)- indica a nasalização de vogais (a e o): irmã, irmão.

» Cedilha )-( é usada no c antes de a, o, u, para indicar o fonema sê: cabeça, paçoca.

» Trema (¨)- indica que o u dos grupos gu e qu deve ser pronunciado: agüentar,
freqüente.

» Apóstrofo (´)- indica que uma letra foi retirada: copo d´água .

» Hífen (-)- é usado na ligação de palavras compostas: pão-de-ló. Na união do pronome
ao verbo: amo-te.Na separação de sílabas:vo-vó.Na separação de sílaba em final de
linha.

Analogia de forma e significado

Entenda o que é: parônimos, homônimos, sinônimos e antônimos.

» Parônimos são vocábulos que tem grafia e pronúncia parecidas e significados
diferentes:

Cavaleiro- que cavalga cavalheiro- homem cortês

Imergir- mergulhar emergir- vir à tona

Mandado- particípio de mandar mandato- procuração

» Homônimos são vocábulos com a mesma pronúncia mas com grafias e significados
diferentes:

Cela- cubículo sela- arreio

Ascender- subir acender- atear fogo

» Sinônimos são vocábulos semelhantes na significação mas diferentes na forma:

Belo, lindo, bonito, formoso

Afastado, distante, longe, apartado, remoto, longínquo

» Antônimos são vocábulos diferentes na forma e opostos na significação:

Bom/mau dia/noite amigo/inimigo alegre/triste.