You are on page 1of 4

CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA

Aluno
Glauber Santos Leal





Takedown - Caçada Virtual: Resenha














Feira de Santana
Maio, 2014.
Aluno
Glauber Santos Leal











Takedown - Caçada Virtual: Resenha

Trabalho apresentado à disciplina de
Informática Aplicada do curso Técnico de
Informática, ministrada pela professora
Naan Cardoso.











Os dois lado de uma mesma moeda


O objetivo deste trabalho é analisar as ações ideológicas, sociais e
comportamentais do filme citado na capa.
Produzido por Brad Weston, John Thompson e dirigido por Joe Chappelle no
ano de 1999 e conta a historia de Kevin David Mitnick (Skeet Urlich)
possivelmente o melhor hacker que existiu no mundo. Sempre procurando por
mais informações confidenciais, tentando ganhar mais fama e conhecimento a
cada dia, ele busca constantemente novas conquistas. Quando entra no
sistema de um perito em segurança virtual e encontra um desafio
aparentemente impossível de superar. O filme baseia-se no livro Takedown de
Tsutomu Shimomura e John Markoff, mostrando uma história real vivida no
inicio da década de 90.

Um breve resumo dos termos “Hackers/Cracker” para termos base no
comentário a seguir. Sendo Hacker aquele que detém grande conhecimento de
informática e o utiliza para derrubar barreiras e com intuito de melhorar a
segurança no ciberespaço dentre outros com fim de melhorar a rede de
computadores; E com o tempo, hackers mal intencionados foram tarjados do
termo “Cracker” advindo de Criminal Hacker, que denominava todos aqueles
que causavam problemas no sistema, resumindo o Hacker constrói e o Cracker
oposto.
O inicio do filme mostra um debate em uma televisão onde o tema do filme é
discutido em segundo plano, sem que os produtores dessem uma ampla visão
do trabalho que veríamos ao longo do mesmo, os produtores não da à ênfase
adequada aos possíveis crimes anteriores de Mitnick.
No inicio de sua trajetória ele só interessava por tecnologias telefônicas, com
conhecimentos em Phreaker (nome dado aos hackers de telefonia) e tendo
como partida a informação de um policial Disfarçado e despreparado ele aceita
um desafio, onde consegue invadir os SAS “serviços de comutação” do FBI
(policia federal Americana), aproveitou-se de telefones Crackeados, fez
ligações para as empresas envolvidas e através de pessoas ingênuas,
conseguiu códigos de acesso para manipular e obter informações de pessoas
importantes da trama e do próprio FBI; Assistindo um programa de televisão
ele ver Tsutomu Shimomura mostrando possíveis falhas em telefonias, ele liga
para Shimomura com intuito de ridicularizar, pois ele já possuía tal
conhecimento, acaba sendo reprendido e desrespeitado, Mitnick então o
ameaça e começa sua busca por informações sobre Shimomura, até conseguir
invadir o seu computador pessoal e consequentemente a IBM apagando e
roubando informações valiosas, com essas informações ele consegue acesso
livre as companhias telefônicas e reconhece um arquivo dos documentos de
Shimomura como sendo valioso e tenta incessantemente ter acesso ao seu
conteúdo, Tsutomu agora recruta outros Hackers para ajuda-lhe, e com apoio
do FBI, inicia-se uma cassada a Mitnick, que já tem conhecimento que o
arquivo trata-se de um vírus poderoso criado pelo seu rival, quando em fim
Tsutomu consegui a localização exata de Mitnick e junto com os policiais e
Hackers consegui simular um servidor recuperando seu vírus e prendendo
Mitnick; O filme envolve uma série de aspectos filosóficos e práticos, fazendo
também alusões às leis e pontos de vista éticos ou não, para despertar no
espectador um argumento quase contundente na defesa de uma teoria que
desenvolve-se a partir de uma busca do certo ou errado, na prisão o dialogo de
Kevin e Tsutomu mostra essas respostas, um consultor de segurança
desenvolver um vírus com enorme poder de destruição no ciberespaço é certo?
Mesmo que seja para posteriormente criar uma vacina!
Invadi sistemas de empresas e computadores pessoais mesmo que não seja
para obter lucros financeiros é certo? Obtendo apenas conhecimento através
das informações adquiridas!
Talvez a primeira seja a certa e a ética, pois atualmente Kevin é colega de
profissão de Tsutomu.

Takedown - Caçada Virtual
http://veja.abril.com.br/entrevistas/kevin_mitnick.shtml
http://www.linhadefensiva.org/2005/05/hacker/

Feira de Santana
Maio, 2014.