You are on page 1of 11

Diagnóstico diferencial de: a) Neisseria spp; b) Micobactérias

Prof. Dr. Fernando Ananias

Descoberta em 1879 por Albert Ludwig Sigesmund Neisser

Descoberta em 1879 por Albert Ludwig Sigesmund Neisser Neisseria gonorrhoeae

Neisseria gonorrhoeae

Neisseria Neisseria • • Diplococos Diplococos Gram Gram Negativos Negativos • • Oxidase Oxidase positivo

NeisseriaNeisseria

DiplococosDiplococos GramGram NegativosNegativos OxidaseOxidase positivopositivo CulturaCultura :: ExudadosExudados corpcorpóóreosreos ThayerThayer MartinMartin modificadomodificado ÁÁgargar--chocolatechocolate contendocontendo vancomicinavancomicina,, polimixinapolimixina ee nistatinanistatina

chocolate contendo contendo vancomicina vancomicina , , polimixina polimixina e e nistatina nistatina • •
chocolate contendo contendo vancomicina vancomicina , , polimixina polimixina e e nistatina nistatina • •

N.N. gonorrhoeaegonorrhoeae

oo ""gonococogonococo""

EncontradoEncontrado apenasapenas emem humanoshumanos

GonorrGonorrééiaia:: éé aa segundasegunda doendoenççaa venvenéérearea maismais comumcomum

Gonorr é é ia ia : : é é a a segunda segunda doen doen ç

Tipos de Lesões

Tipos de Lesões Tratamento Tratamento : : resistência resistência á á penicilinas penicilinas , , tetraciclina
Tipos de Lesões Tratamento Tratamento : : resistência resistência á á penicilinas penicilinas , , tetraciclina
Tipos de Lesões Tratamento Tratamento : : resistência resistência á á penicilinas penicilinas , , tetraciclina
Tipos de Lesões Tratamento Tratamento : : resistência resistência á á penicilinas penicilinas , , tetraciclina

TratamentoTratamento:: resistênciaresistência áá penicilinaspenicilinas,, tetraciclinatetraciclina,, espectinomicinasespectinomicinas ee fluoroquinolonasfluoroquinolonas AtualmenteAtualmente:: CiprofloxacinaCiprofloxacina ee ofloxacinaofloxacina

N.N. meningitidismeningitidis

(Os "meningococos")

N. N. meningitidis meningitidis (Os "meningococos")

Sorogrupos de N. meningitidis

• >13 sorogrupos basedos em polissacarídeos capsulares

• Sorogrupos mais comuns:

• A, B, C, W-135 and Y

Curso da infecção

Curso da infecção Trato Trato respirat respirat ó ó rio rio superior superior Corrente Corrente sang

TratoTrato respiratrespiratóóriorio superiorsuperior

Trato respirat respirat ó ó rio rio superior superior Corrente Corrente sang sang üí üí nea

CorrenteCorrente sangsangüíüíneanea ((podepode ocorrerocorrer coagulacoagulaççãoão intravascularintravascular disseminadadisseminada ee ChoqueChoque))

coagula ç ç ão ão intravascular intravascular disseminada disseminada e e Choque Choque ) ) C

CCéérebrorebro

DiagnDiagnóósticostico LaboratorialLaboratorial

FluidoFluido EspinhalEspinhal PresenPresenççaa dede diplococosdiplococos GramGram dentrodentro dede PMNPMN antantíígenosgenos meningococaismeningococais

CulturaCultura ThayerThayer MartinMartin agaragar

negativosnegativos

Tratamento

PencillinaPencillina,, cefatriaxonacefatriaxona

IntervenIntervenççãoão circirúúrgicargica:: perdaperda dede extremidadesextremidades afetadasafetadas

VacinasVacinas

Coloração Gram

Cultura em Thayer-Martin (MTM)

Coloração Gram Cultura em Thayer-Martin (MTM)
Coloração Gram Cultura em Thayer-Martin (MTM)

Ágar semi-sólido (CTA)

Prova Rápida de Carboidrato

Ágar semi-sólido (CTA) Prova Rápida de Carboidrato 1- CTA-glicose 1- apenas BSS (sais vermelho de fenol)

1- CTA-glicose

1- apenas BSS (sais vermelho de fenol)

2- CTA-maltose

2- BSS-glicose

3- CTA-sacarose

3- BSS-maltose

4- CTA-lactose

4- BSS-sacarose 5- BSS-lactose

Prova Rápida para N. meningitidis

Minitek Neisseria Test

Prova Rápida para N. meningitidis Minitek Neisseria Test 1- apenas BSS (sais vermelho de fenol) 1-

1- apenas BSS (sais vermelho de fenol)

1- glicose

2- BSS-glicose

2- maltose

3- BSS-maltose

3- sacarose

4- BSS-sacarose 5- BSS-lactose

4- β-galactosidase

Mycobacterium Mycobacterium tuberculosis 1. Morfologia e Identificação 1.1 . Microorganismos típicos Nos

Mycobacterium

Mycobacterium Mycobacterium tuberculosis 1. Morfologia e Identificação 1.1 . Microorganismos típicos Nos tecidos:

Mycobacterium tuberculosis

1. Morfologia e Identificação 1.1.Microorganismos típicos Nos tecidos: bastonetes retos e finos. Em meios artificiais: formas cocóides e filamentosas, São bactérias álcool-ácido-resistentes.

Cultura

Crescimento lento – 3 a 6 semanas

Meios sólidos semi-sintéticos (Middlebrook 7H10 e 7H11)

Ovo (Löwestein-Jensen)

Contêm sais, vitaminas, albumina, catalase, glicerol

Grandes inóculos

Pigmento

cromogênico em

Midlebrook Agar

Crescimento de oito semanas em Löwenstein-Jensen Agar

glicerol Grandes inóculos Pigmento cromogênico em Midlebrook Agar Crescimento de oito semanas em Löwenstein-Jensen Agar
glicerol Grandes inóculos Pigmento cromogênico em Midlebrook Agar Crescimento de oito semanas em Löwenstein-Jensen Agar

Mycobacterium tuberculosis

São aeróbios obrigatórios.

Obtêm energia a partir da oxidação de compostos de carbono.

O aumento da tensão de CO2 intensifica o crescimento.

O tempo de duplicação dos bacilos é cerca de 18 h.

Via de Transmissão

da tensão de CO2 intensifica o crescimento. O tempo de duplicação dos bacilos é cerca de

Patologias

Patologias Tuberculose Lepra Tuberculóide Lepra lepromatosa

Tuberculose

Patologias Tuberculose Lepra Tuberculóide Lepra lepromatosa

Lepra Tuberculóide

Patologias Tuberculose Lepra Tuberculóide Lepra lepromatosa

Lepra lepromatosa

Coloração: auramina-rodamina

Coloração: Kinyoun (ácido-resistente)

Coloração: auramina-rodamina Coloração: Kinyoun (ácido-resistente)

Tuberculose com tuberculoma

Tuberculose com tuberculoma

Prova de Redução Nitratos

Ágar Middlebrook 7H10 com T 2 H

de Redução Nitratos Ágar Middlebrook 7H10 com T 2 H 1- controle 2- M. tuberculosis T

1- controle 2- M. tuberculosis

T 2 H = ácido tiofenol-2-carboxílico

+ = M. tuberculosis

- = M. bovis