You are on page 1of 9

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


CR/JP - 1/ 9

Edital n.º 18/2014-SEDIS

Regulamenta o processo de seleção para cadastro de reser-
va de tutores a distância do curso de Aperfeiçoamento
para Educadores de Escolas Públicas sobre Prevenção do
Uso de Drogas entre Escolares na modalidade à distância
da UFRN, a partir de 2014 e dá outras providências.

A Secretária de Educação a Distância da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, no uso de suas atribui-
ções estatutárias e regimentais, conferidas pela portaria n.º 1012-R, de 01.09.2010 e, considerando o disposto
na lei n.º 11.273 de 06.02.2006, no decreto n.º 6.499 de 21.08.2009, os parâmetros de financiamento do Fundo
Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e dos programas governamentais e das políticas públicas de
combate e prevenção ao uso de entorpecentes, torna público que se encontram abertas, no período de 03 a 10
de junho de 2014, as inscrições para formação de cadastro de reserva de tutores a distancia para fins de atu-
ação nas turmas que serão criadas pela SEDIS/UFRN para a oferta do Curso de Aperfeiçoamento para Educado-
res de Escolas Públicas sobre Prevenção do Uso de Drogas entre Escolares, a partir de 2014, respeitadas as dis-
posições legais que disciplinam a matéria e em conformidade ao exposto no presente Edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O processo seletivo que trata o presente edital visa à escolha de candidatos com o perfil definido pelos pa-
râmetros que regulamentam e financiam o curso de aperfeiçoamento para Educadores de Escolas Públicas
sobre Prevenção do Uso de Drogas entre Escolares, bem como a legislação vigente acerca dos cursos na
modalidade à distância pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

1.2. Os valores das bolsas e o período máximo de vinculação dos candidatos selecionados para atuarem junto ao
curso serão estipulados nos termos da legislação federal em vigor, dos conteúdos programáticos do curso e
da dotação orçamentária destinada ao seu respectivo financiamento.

1.3. Para concorrer às vagas de tutor do curso de aperfeiçoamento para Educadores de Escolas Públicas sobre
Prevenção do Uso de Drogas entre Escolares, na modalidade à distância da UFRN, o(a) candidato(a) declara
conhecer e aceitar tacitamente as regras reguladoras deste processo seletivo.

2. DOS REQUISITOS DE ADMISSIBILIDADE DA CANDIDATURA

2.1. Para se candidatar ao exercício da tutoria junto às turmas que serão criadas pela SEDIS/UFRN na oferta do
curso, o(a) candidato(a) deverá comprovar, cumulativamente, os seguintes requisitos:

a) estar vinculado(a) ao setor público federal, estadual ou municipal na condição de servidor(a) do
quadro efetivo; ou que possuam outro tipo de vínculo com a UFRN, a exemplo de professor(a) vo-
luntário(a), substituto(a) ou similar ou ser aluno(a) de programa de pós-graduação de Instituição
de Ensino Superior (IES) pública ou ser funcionário(a) contratado(a) pela fundação de apoio vin-
culada a UFRN;
b) possuir formação em nível superior conforme expresso no item 3.1, quadro 1, deste Edital;
c) contar pelo menos 1 (um) ano completo em atividades de magistério do ensino básico ou superior,
contado da data da abertura das inscrições ou possuir formação pós-graduada ou ter concluído
docência assistida vinculada a programa de pós-graduação stricto sensu.
d) ter disponibilidade de tempo para participar de reuniões quinzenais, de forma presencial, com to-
da a equipe do curso, bem como participar de encontros semanais com o(a) profes-





MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


CR/JP - 2/ 9

sor(a)/formador(a), cujas despesas de locomoção para participar das reuniões são de responsabi-
lidade do(a) próprio(a) candidato(a).
d1) O cronograma das reuniões quinzenais e dos encontros semanais com o professor-
formador será estipulado oportunamente pela coordenação do curso e divulgado com a devida an-
tecedência.

2.2. Não será admitida a candidatura para a presente seleção de pessoas que estejam vinculadas à Universidade
Federal do Rio Grande do Norte nas condições:
a) de alunos ativos dos cursos de graduação SALVO AQUELES QUE DETENHAM A FORMAÇÃO EXIGIDA
NO QUADRO 1,
b) que estejam exercendo a função de tutores presenciais/à distância no período 2014.1, nos cursos em
oferta na modalidade a distância.

3. DAS VAGAS

3.1. A presente seleção visa a formação de cadastro de reserva (CR) para os Estados/Turmas, conforme discri-
minado no quadro abaixo:

ESTADO
PREVISIBILI-
DADE DE VA-
GAS
FORMAÇÃO ACADÊMICA MÍNIMA EXI-
GIDA
ALAGOAS
CR
Graduado(a) em Educação Física, Pedago-
gia ou na área de Ciências Humanas, Ciên-
cias da Saúde, Ciências Sociais e áreas cor-
relatas.
MATO GROSSO
PARAÍBA
RIO GRANDE DO
NORTE
Quadro 1 – Previsibilidade de vagas para tutor de turma(s) entre os módulos do curso e formação mínima exigida.

3.2. Para efeito de interpretação deste Edital, entende-se por áreas correlatas o rol de formações em nível supe-
rior adotada pela CAPES, conforme tabela de áreas do conhecimento, disponível na internet, na página ele-
trônica http://www.capes.gov.br/avaliacao/instrumentos-de-apoio/tabela-de-areas-do-conhecimento-
avaliacao.

4. DAS INSCRIÇÕES

4.1. As inscrições ocorrerão, exclusivamente, na Secretaria do curso – Departamento de Educação Física -
DEF/UFRN, pessoalmente, ou via Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – EBCT, nos dias úteis com-
preendidos no período de 03 a 10 de junho de 2014, no horário de 8h30 às 11h30 e de 14h00 às 17h, medi-
ante o preenchimento do Formulário de Solicitação de Inscrição (vide Anexo A).
4.1.1 Em caso de inscrição pela EBCT, os documentos deverão ser enviados com data de postagem até
10 de junho de 2014, COM AVISO DE RECEBIMENTO (AR), para a DEF/PAIDEIA/UFRN – Curso
PSE para o seguinte endereço: Campus Universitário, Praça Cívica – Lagoa Nova – Natal/RN – CEP:
59078-970

4.2. Somente será admitida uma única inscrição por candidato(a) para este edital.

4.3. O(A) candidato(a) deverá imprimir o Formulário de Solicitação de Inscrição e entregá-lo diretamente na
SEDIS/UFRN ou enviá-lo pela EBCT para o endereço contido no item 4.1.1 deste Edital, DEVIDAMENTE
PREENCHIDO e anexando cópias legíveis (frente e verso, se for o caso) dos seguintes documentos:





MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


CR/JP - 3/ 9


a) Documento de identidade com fotografia. São considerados documentos de identificação válidos: a Car-
teira Nacional de Habilitação (com fotografia, na forma da Lei nº 9.503/1997), a Carteira Profissional
expedida pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social, a Cédula de Identidade para Estrangeiros
emitida por autoridade brasileira ou a Carteira de Identidade expedida pelas Secretarias de Segurança
Pública, Forças Armadas, Polícias Militares, Ordens ou Conselhos;
b) Cadastro de pessoa física (CPF). Caso o número do CPF conste nos documentos mencionados na alínea
“a” de forma legível, não haverá exigibilidade de cópia;
c) Comprovante de residência, expedido há no máximo 90 (noventa) dias contados da data da abertura
das inscrições, preferencialmente em nome do(a) candidato(a);
d) Comprovante de conclusão de curso superior de graduação (obrigatório) e de pós-graduação (se hou-
ver), devidamente reconhecidos pelo MEC, na forma da legislação em vigor;
e) Comprovante que o(a) candidato(a) atende as exigências definidas no item 2.1 (alíneas “a” e “c”) deste
Edital, expedido por autoridade competente há no máximo 60 (sessenta) dias contados da data da
abertura deste Edital;
f) Curriculum Vitae atualizado e comprovado, preferencialmente na sequência rigorosa das informações
descritas e que serão objeto de avaliação/pontuação, na forma do anexo C deste Edital.

4.3.1. Toda a documentação, INCLUSIVE O FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO, deverá
ser entregue em volume único encadernado em espiral e preferencialmente na sequência descrita no item 4.3 e
respectivas alíneas deste Edital.
4.3.2. Não serão aceitos documentos encaminhados por endereço eletrônico digitalizados ou por fax ou
em local adverso ao descrito no item 4.1.1

4.4. Não haverá cobrança de taxa de inscrição para participar deste processo seletivo.

4.5. Após o término do prazo para a entrega da documentação exigida expressa no caput do item 4.3 deste Edi-
tal, não será permitida a juntada de quaisquer documentos.

4.6. A ausência dolosa ou culposa de quaisquer dos documentos citados no item 4.3 e respectivas alíneas resul-
tará no indeferimento da inscrição do(a) candidato(a).

4.6.1. Do resultado do indeferimento da inscrição caberá recurso sem efeito suspensivo do processo seleti-
vo, a ser impetrado pelo(a) candidato(a) em conformidade às regras estipuladas no item 7 deste Edital.

5. DO PROCESSO SELETIVO

5.1. A análise da regularidade formal das inscrições acontecerá a partir do dia 13 de junho de 2014 e a previsão
para divulgar as inscrições DEFERIDAS será no dia 24 de junho de 2014.

5.2. A seleção ocorrerá no período de 13 a 30 de junho de 2014 e constituirá de uma única fase, assim especifi-
cada:

5.2.1. Análise do curriculum vitae (ACV) de cada candidato(a) que tiver inscrição DEFERIDA no processo
seletivo, com suas respectivas comprovações, em acordo com a tabela de pontuação, constante no
Anexo B deste Edital.

a) A análise de que trata inciso I do item 5.2.1 será realizada por comissões examinadoras, cada uma
composta de 3 (três) docentes que pertençam preferencialmente ao quadro efetivo da UFRN e/ou





MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


CR/JP - 4/ 9

de outras IES públicas, designada pela Secretária de Educação a Distância ou substitutos regimen-
tais, mediante portaria a ser publicada no Boletim de Serviços da Universidade.
b) A comissão examinadora contabilizará os pontos de cada candidato(a) de acordo com a tabela de
pontuação constante no Anexo B e, após avaliar todos os(as) candidatos(as) inscritos(as) por Es-
tado, sequenciará em ordem decrescente os pontos atribuídos. O(A) candidato(a) que obtiver mai-
or número de pontos receberá argumento 10,00 (dez) e os demais receberão um argumento na es-
cala de 0,00 (zero) a 10,00 (dez) com duas casas decimais, sem arredondamentos, a partir da apli-
cação do principio da regra de três simples, baseando-se na maior pontuação apurada na análise
da documentação apresentada pelos(as) candidatos(as).
c) O(A) candidato(a) que não apresentar nenhuma comprovação das informações descritas no curri-
culum vitae, conforme estipulado na alínea "f" do item 4.3 deste Edital, será atribuída pontuação 0
(zero) pelos três examinadores na referida análise, implicando na eliminação automática do(a)
candidato(a).


6. DO ARGUMENTO FINAL DE CLASSIFICAÇÃO E CRITÉRIOS DE DESEMPATE

6.1. O resultado da análise do curriculum vitae terá caráter classificatório.

6.2. No caso de empate no argumento final de classificação (AFC) entre os candidatos para o mesmo Estado,
serão adotados, sucessivamente, os seguintes critérios para desempate:

a) candidato(a) com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, na forma da lei 10.741/2003 (Estatuto
do Idoso);
b) candidato(a) com maior tempo de serviço na educação básica;
c) candidato(a) com maior tempo de experiência comprovado em atividades relacionadas à Educação a
Distância;
d) candidato(a) com a maior idade dentre os empatados, considerando ano, mês e dia.

6.3. Caberá a comissão examinadora elaborar uma listagem de candidatos em ordem decrescente de argumen-
to final de classificação por Estado, aplicando-se os critérios de desempate descritos no item 6.2, para efei-
tos de classificação dos(as) candidatos(as).

6.4. A classificação final dos(as) candidatos(as) poderá sofrer alterações em virtude da análise e provimento de
eventuais recursos contra o resultado do processo seletivo.


7. DOS RECURSOS

7.1. Da análise quanto ao indeferimento da inscrição e/ou do resultado do processo seletivo caberá recurso,
sem efeito suspensivo, a ser impetrado pelo(a) candidato(a) EXCLUSIVAMENTE NO PERÍODO ESTIPULA-
DO NO CRONOGRAMA no item 9 deste Edital, através de mensagem eletrônica a ser dirigida para a Secre-
taria de Educação a Distância da UFRN, no endereço secretaria.pse@sedis.ufrn.br, que será apreciado pelas
comissões examinadoras instituídas na forma do item 5.2.1 deste Edital.

7.2. O recurso deve ser claro e identificar os itens do Edital objeto de impugnação.

7.3. No corpo da mensagem eletrônica do recurso, o(a) candidato(a) deverá contemplar os seguintes elemen-
tos:





MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


CR/JP - 5/ 9


a) Nome completo;
b) Estado a que está concorrendo;
c) Razões do recurso e respectiva fundamentação.

7.4. Das decisões proferidas por análise recursal pela comissão examinadora não caberá pedido de reconside-
ração, possuindo caráter definitivo.

8. DO REGIME DE ATUAÇÃO DO TUTOR A DISTANCIA

8.1. O(A) tutor(a) a distância deverá cumprir jornada de 16 (dezesseis) horas semanais em caráter a distância,
por meio de interação na plataforma virtual e 4 (quatro) horas em regime presencial junto ao professor-
formador do Estado para o qual foi selecionado(a).

8.1.1. A jornada que trata o caput desse item deverá observar o regime de funcionamento do Estado para
o qual o(a) candidato(a) foi selecionado(a), bem como o agendamento das reuniões presenciais
com o professor-formador, conforme calendário do curso, podendo inclusive, incorrer na execução
de atividades em finais de semanas e feriados.

8.2. Os tutores a distância selecionados nos termos deste Edital exercerão, dentre outras, as seguintes atribui-
ções:

a) orientar e acompanhar, on line, os alunos sob sua responsabilidade, inclusive na execução das tarefas
nas escolas;
b) organizar grupos de estudos com os estudantes sob a sua responsabilidade no âmbito da turma de atu-
ação;
c) manter intercâmbio com os professores e demais tutores, colaborando no desenvolvimento dos
módulos de ensino;
d) auxiliar a supervisão das turmas no processo de organização, fiscalização e aplicação das tarefas
nas escolas dos cursistas;
e) auxiliar, sempre que possível e necessário, as atividades dos demais tutores;
f) prestar esclarecimentos sobre o regime de funcionamento do curso, além de normas que regulamen-
tam a Educação a Distância na UFRN;
g) elaborar relatórios solicitados e participar dos eventos que objetivem o aperfeiçoamento da ação tuto-
rial.

8.3. A partir da entrada em exercício, o(a) candidato(a) selecionado(a) fará jus a percepção de uma bolsa a ser
paga em 6 (seis) parcelas semestrais no valor de R$ 765,00 (setecentos e sessenta e cinco reais), em con-
formidade aos parâmetros definidos pelo FNDE, mediante celebração de termo de compromisso e entrega
de documentos solicitados pela Coordenação Administrativa e de Projetos da Secretaria de Educação a Dis-
tância da UFRN, no ato da admissão.

9. DO CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO:

9.1. As atividades do presente processo seletivo serão realizadas em conformidade ao cronograma abaixo:









MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


CR/JP - 6/ 9


ATIVIDADE APRAZAMENTO
Lançamento do edital 30 de maio de 2014
Período de inscrições 03 a 10 de junho de 2014
Análise da regularidade formal das inscrições pelas comissões examinado-
ras e análise do curriculum vitae
A partir de 13 de junho de 2014
Divulgação das inscrições deferidas/indeferidas 24 de junho de 2014
Recursos contra o indeferimento das inscrições 26 e 27 de junho de 2014
Apreciação dos recursos pelas comissões examinadoras 30 de junho de 2014
Divulgação do resultado do julgamento dos recursos contra o indeferimento
das inscrições e da Análise do Curriculum Vitae
01 de julho de 2014
Recursos contra o resultado da Análise do Curriculum Vitae 02 de julho de 2014
Apreciação dos recursos pelas comissões examinadoras 03 de julho de 2014
Divulgação do resultado do julgamento dos recursos e homologação do re-
sultado final
07 de julho de 2014
Quadro 2 – Cronograma do processo de seleção de tutores

9.2. O cronograma estipulado no item 9.1 poderá ser alterado, caso haja situações imprevisíveis que retar-
dem/adiantem o andamento das atividades previstas no presente processo seletivo.


10. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

10.1. Os(As) candidatos(as) selecionados(as) para atuação na tutoria a distância terão sua contratação con-
dicionada a participação integral de capacitação obrigatória a ser promovida na sede da SEDIS-UFRN, em
Natal (RN), após o processo de seleção, mesmo que já tenha atuado em atividades de tutoria nos cursos a
distância da UFRN em períodos anteriores à presente seleção.

10.2. A inexatidão das declarações, irregularidades de documentos ou outras constatadas no decorrer do
processo, ou posteriormente, eliminarão o(a) candidato(a), anulando-se todos os atos decorrentes da sua
inscrição.

10.3. Será permitido o aproveitamento de candidatos(as) aprovados para atuação em estado diverso ao do
ato de inscrição, observando-se, sucessivamente:

a) a proximidade geográfica da residência do(a) candidato(a) em relação ao estado;
b) a necessidade e conveniência da SEDIS-UFRN; e,
c) o interesse do(a) candidato(a) convocado(a) em atuar na tutoria em outro estado de apoio a distancia.

10.3.1. A convocação de candidatos(as) aprovados(as) e classificados(as) para fins de aproveitamento
obedecerá rigorosamente à listagem de classificação.

10.4. É de inteira e exclusiva responsabilidade do(a) candidato(a) manter seus dados atualizados junto a
Secretaria de Educação à Distância da UFRN, para fins de convocação.

10.5. A aprovação do(a) candidato(a) no processo seletivo não implicará a obrigatoriedade da sua admissão,
cabendo à administração da SEDIS-UFRN o direito de aproveitar os(as) candidatos(as) de acordo com as
suas necessidades, na estrita observância da ordem classificatória, na forma das listagens elaboradas pelas
comissões examinadoras.





MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


CR/JP - 7/ 9


10.6. O exercício das atividades de tutoria não gera vínculo empregatício do(a) candidato(a) selecionado(a)
junto a SEDIS-UFRN, nem aos órgãos financiadores do curso ou ao FNDE.

10.7. Caberá única e exclusivamente ao candidato(a) acompanhar todas as informações relativas ao proces-
so seletivo regido por esse Edital, junto às instâncias competentes.

10.8. Todos os avisos, termos aditivos e/ou atos administrativos complementares referentes ao presente
processo seletivo, devidamente publicizados na página eletrônica da SEDIS-UFRN se incorporam ao presen-
te Edital, para todos os efeitos legais.
10.9. O presente processo seletivo terá validade de 01 (um) ano contado da data da homologação dos resul-
tados finais pela SEDIS-UFRN, e publicados na página eletrônica www.sedis.ufrn.br, podendo ser prorroga-
do por igual período, a critério da Administração.

10.10. Os casos omissos serão resolvidos em 1ª instância pela(s) comissão(ões) examinadora(s) designada(s)
em portaria para o acompanhamento deste processo seletivo e em 2ª instância pela Secretária de Educação
a Distância da UFRN e/ou substitutos regimentais.

Secretaria de Educação a Distância da UFRN, em Natal (RN), 30 de maio de 2014.


PROFA. MARIA CARMEM FREIRE DIÓGENES RÊGO
Secretária de Educação a Distância da UFRN






MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


CR/JP - 8/ 9

ANEXO A DO EDITAL 18/2014-SEDIS
Formulário de Solicitação de Inscrição
(item 4.1)

CANDIDATO(A) SEXO
DATA
NASCIMENTO


( ) Masc. ( ) Fem. / /
ENDEREÇO RESIDENCIAL
(logradouro/número/complemento/bairro)
MUNICÍPIO / UF



FONE RESIDENCIAL FONE CELULAR ENDEREÇO ELETRÔNICO
( ) ( )



Vem requerer inscrição para o processo de seleção para formação de cadastro de reserva de tutores a distan-
cia do curso de Aperfeiçoamento para Educadores de Escolas Públicas sobre Prevenção do Uso de Drogas entre
os Escolares, na modalidade a distância, financiado pelo FNDE a partir de 2014, nos termos do Edital n.º
18/2014-SEDIS, para o estado de ________________________________.

Declaro expressamente conhecer e aceitar tacitamente as regras reguladoras do presente certame.

Nestes termos,
Pede deferimento.


________________________________,___/06/2014. _______________________________________________
(Local e data) (Assinatura do/a Candidato/a)


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

PROTOCOLO DE SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO: Edital n.º 18/2014-SEDIS
(para destaque e entrega ao candidato/a no ato da entrega da documentação no local de inscrição, EM CASO DE
INSCRIÇÕES PRESENCIAIS)

CANDIDATO(A)
FONE
RESIDENCIAL
FONE
CELULAR


( ) ( )
OBSERVAÇÕES GERAIS
INSCRIÇÃO
PROTOCOLADA EM:
RESPONSÁVEL PELO RECEBIMEN-
TO
(RUBRICA E CARIMBO)
/06/2014 às h







MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


CR/JP - 9/ 9

ANEXO B DO EDITAL 18/2014-SEDIS
Tabela de pontuação da análise do curriculum vitae do(a) candidato(a) a tutor a distância
(item 5.1, inciso I, alínea “b”)

CANDIDATO(A) ESTADO


Especificação
Valor
Pontos obtidos pe-
lo(a) candidato(a)
Nas áreas do
curso
Áreas corre-
latas
I. Título de doutorado ministrado por instituição de
ensino superior reconhecido pelo
MEC/Governo Federal (1)
40 pontos 30 pontos
II. Título de mestrado ministrado por instituição de
ensino superior reconhecido pelo
MEC/Governo Federal (1)
30 pontos 20 pontos
III. Título de especialização, com carga horária mínima
de 360 (trezentos e sessenta) horas, minis-
trado por instituição de ensino superior reco-
nhecido pelo MEC/Governo Federal (1)
20 pontos 10 pontos
IV. Graduado(a) em curso devidamente reconhecido
pelo MEC/Governo Federal (1)
10 pontos 05 pontos
V. Livro (autoria ou co-autoria), com ISBN (2)
08 pontos por
livro até o má-
ximo de 16 pon-
tos
04 pontos por
livro até o
máximo de 08
pontos

VI. Livro (organização), com ISBN (2)
06 pontos por
livro até o má-
ximo de 16 pon-
tos
03 pontos por
livro até o
máximo de 06
pontos

VII. Capítulo de livro, com ISBN (2)
02 pontos por
capítulo até o
máximo de 08
pontos
01 ponto por
capítulo até o
máximo de 04
pontos

VIII. Trabalho científico completo publicado em perió-
dico internacional ou anais de evento interna-
cional, com ISSN (2).
03 pontos por trabalho até o má-
ximo de 12 pontos

IX. Trabalho científico completo publicado em perió-
dico nacional ou anais de evento nacional,
com ISSN (2).
02 pontos por trabalho até o má-
ximo de 08 pontos

X. Participação de eventos científicos internacionais,
promovidos por entidades reconhecidas cien-
tificamente nos últimos 3 (três) anos.
04 pontos por evento até o máxi-
mo de 16 pontos

XI. Participação de eventos científicos nacionais, pro-
movidos por entidades reconhecidas cientifi-
camente nos últimos 3 (três) anos.
03 pontos por evento até o máxi-
mo de 12 pontos

XII. Exercício de tutoria, magistério em EaD ou ativida-
des correlatas em EaD.
10 pontos por semestre completo
até o máximo de 50 pontos.

XIII. Tempo de experiência docente na educação básica
10 pontos por semestre completo
até o máximo de 50 pontos.


TOTAL DE PONTOS


(1) Será considerada apenas a titulação mais alta, dentre os itens I a IV descritos.
(2) As produções intelectuais de que tratam os itens V a IX somente serão contabilizados àquelas que foram publicadas
nos últimos 3 (três) anos.