You are on page 1of 2

De um modo geral, um trabalho escrito

deverá conter obrigatoriamente:
1- Capa
2- Folha de rosto
3- Índice
4- Introdução
5- Desenvolvimento
6- Conclusão
7- Referências bibliográficas
A título facultativo poderá ter Anexos

1-A capa obrigatoriamente deverá ter:
Nome da Escola
Título do trabalho
Nome da disciplina
Ano letivo
Poderá conter uma imagem alusiva ao
tema e os logótipos do Agrupamento.












2- A folha de rosto deverá conter a mesma
informação da capa, bem como a
identificação do autor ou dos autores do
trabalho e o nome do professor da disciplina.
















3- O índice deverá constar no início do
trabalho. Deverá conter a indicação do título
do capítulo ou parte do trabalho e à frente o
nº da página onde começa.




Como organizar um trabalho escrito
Exemplo de uma capa
Exemplo de uma folha de rosto
Exemplo de um índice




4- Na introdução deverás informar sobre o
tema que vais tratar, como está organizado,
como vais abordá-lo, qual a metodologia
utilizada e quais os objetivos do trabalho.

5- Deves prestar especial atenção à parte do
trabalho designada como desenvolvimento.
Este deve ser:
- Redigido em texto e não por tópicos.
- Dividido em várias partes ou capítulos e
subcapítulos.
- Redigido com uma linguagem clara e com
frases curtas.
- Pode ser ilustrado (as ilustrações têm de
ser pertinentes e relacionadas com o tema).
- Se houver citações, estas devem ser
evidenciadas “entre aspas” e com a
identificação do autor, data, página (ver o
guião “Como fazer citações e referências
bibliográficas”).

Exemplo de citação: “O ar terrestre é
constituído, em mais de 77%, por moléculas
de azoto” (Wollard, 2000, p. 8).

6- A conclusão é muito importante. Nela faz-
se sempre uma síntese do trabalho, uma
espécie de resumo, refere-se se os objetivos
foram ou não alcançados. Se não, indica-se
por quê. Deves ainda indicar o contributo do
trabalho para a tua aprendizagem.

7- As referências bibliográficas são
obrigatórias num trabalho.
Consoante o tipo de documento utilizado,
assim se faz a referência, sempre de acordo
com o guião criado para esse efeito (ver o
guião “Como fazer citações e referências
bibliográficas”).
Neste caso, adotámos a norma da NP 405
(Norma Portuguesa 405) e é essa que deverá
ser seguida em todos os trabalhos. Mesmo
que consultes só websites, deves indicá-los
nas referências bibliográficas.

Exemplo de referências bibliográficas:
Livro:
LETRIA, José Jorge – O 25 de Abril contado às
crianças … e aos outros. Lisboa: Terramar, 2002.
40p. ISBN 9789727102280.

Website:
Agrupamento de Escolas de Souselo [Em linha].
2013. [Consult. 7 nov. 2013]. Disponível em
http://www.escolasdesouselo.pt/

A parte do trabalho designada por ANEXOS
é facultativa.
Se optares por incluir anexos no teu trabalho,
estes deverão ser inseridos sempre no final
do mesmo e depois das referências
bibliográficas.
Podem conter fotografias, mapas,
questionários… consoante o tipo de trabalho,
a metodologia utilizada, etc.
Cada anexo deve ser numerado
sequencialmente e deve constar do índice.


Bom trabalho!


Se tiveres dúvidas, pergunta à professora
bibliotecária ou a outro membro da equipa
da biblioteca.