You are on page 1of 2

Resultados e Discussões

 Preparação das soluções:

A partir de uma solução de HCl 12N (mol/L) foi pipetado 8,3 mL de HCl em um
Becker que continha 50 mL de água destilada, afim de se obter uma solução
diluída de HCl 1N (mol/L). Feito isso a solução foi transferida para o balão
volumétrico e completaram-se os 100 mL com água destilada. Segurando a
rolha esmerilhada, o balão foi invertido várias vezes a fim de homogeneizar a
solução. Guardamos a solução. O objetivo era obter uma solução de HCl 1
mol/L.
A partir de uma solução de HCl 1N (mol/L), foi pipetado 10 mL de HCl, usando
pipeta volumétrica de 10 mL, munida de pêra de borracha. Transferimos para
um balão volumétrico de 100 mL e completamos o volume até a marca de
aferição. Invertemos o balão, segurando a rolha esmerilhada, várias vezes, a
fim de homogeneizar a solução. Guardamos a solução. O objetivo era obter
uma solução 0,1 mol/L de HCl a partir da solução de HCl 1 mol/L preparada
anteriormente.
A partir de uma solução concentrada de NaOH, pipetamos 16,7 mL de NaOH,
usando uma pipeta graduada munida de pêra de borracha. Transferimos para
um balão volumétrico de 100 mL. Completamos o volume com água destilada
até a marca de aferição. Invertemos o balão, segurando a rolha esmerilhada,
várias vezes, a fim de homogeneizar a solução. Guardamos a solução. O
obetivo era obter 100 mL de solução 1 mol/L de NaOH a partir da solução
concentrada de NaOH preparada anteriormente.
A partir de uma solução de NaOH 1N (mol/L), pipetamos 10 mL de NaOH
usando uma pipeta volumétrica de 10 mL, munida de pêra de borracha.
Transferimos para um balão volumétrico de 100 mL. Completamos o volume
com água destilada até a marca de aferição. Invertemos o balão, segurando a
rolha esmerilhada, várias vezes, para homogeneizar a solução. Guardamos a
solução. O objetivo era obter uma solução de NaOH 0,1 mol/L.
 Titulação ácido-base
Para fazer a titulação ácido-base pipetamos 10 mL de solução 0,1mol/L de HCl,
usando uma pipeta volumétrica de 10 mL, munida de pêra de borracha.
Posteriormente transferimos para um erlenmeyer de 100 mL e adicionamos 3
gotas de solução indicadora de fenolftaleína. Montamos uma bureta de 25 mL
no suporte universal, tiramos todo o ar preso na bureta antes de enchê-la com
a solução 0,1mol/L de NaOH recém preparada. Posteriormente adicionamos
lentamente a solução de NaOH 0,1 mol/L (contida na bureta) nos 10 mL de HCl
até que observássemos a mudança de cor do indicador fenolftaleína e
anotamos o volume gasto. Repetimos o procedimento mais duas vezes para ter
uma análise mais precisa. Na primeira titulação foi gasto 11,5 mL de NaOH a
0,1mol/L até que houvesse a mudança de cor na solução (observamos uma
coloração violeta). Enchemos novamente a bureta até a marca de aferição para
fazer a segunda titulação, nessa foi gasto 12,5 mL de NaOH a 0,1mol/L até que
houvesse a mudança de cor (violeta). Enchemos novamente a bureta para
fazer a terceira titulação, nessa foi gasto 12 mL de NaOH a 0,1mol/L até que
houvesse a mudança de cor da solução (violeta). Não houveram complicações
durante o procedimento experimental.
Conclusão
Aprendemos sobre o método de diluição, que consiste em adicionar uma
quantidade maior de solvente afim de diminuir a concentração de soluto.
Também podemos notar a importância dos indicadores como a fenolftaleína
que mudou a cor da solução quando adicionamos certa quantidade de solução
de NaOH