You are on page 1of 6

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos
que a Literatura Desafios. Acções
Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
identifica a implementar

- Assegurar a
organização, - O rápido
gestão e crescimento das
- Disponibilidade
articulação da BE exigências do
para agir, interagir - Realização de um
na escola e no papel de prof.º
e formar; trabalho - Fazer ver à
desenvolvimento bibliotecário;
cooperativo e comunidade
curricular;
- Vontade de colaborativo; escolar á
- A falta de apoio
aprender e - Pouca formação importância da BE
- Direcciona as e compreensão de
melhorar; na área das TIC, - Possibilidade de nos objectivos
suas acções para o alguns pares
apesar de muito desenvolver nos comuns da escola;
Competências do processo de relativamente a
- Capacidade de empenho na sua “utilizadores”
professor bibliotecário aprendizagem importância da BE
adaptação e aprendizagem; diversificadas - Continuação da
centrado na na aprendizagem,
flexibilidade; competências, aposta na
descoberta; isto é, com a
desde as literacias formação,
internet, a
- Imprescindível da informação e especializada e
- Conhece a informação está
no processo comunicação, às contínua;
realidade da on-line, e pode
ensino/ digitais, éticas,
escola e do meio substituir o
aprendizagem; sociais;
envolvente; material dos livros
e equipa da
- Protagonista biblioteca;
activo na formação
Conhecimento na área Biblioteca escolar

das competências
da informação

- Os recursos
materiais e
humanos são
importantes para - Envolver os - Envolver a
conseguirmos alunos na comunidade e os
- Espaço exíguo da
alcançar os construção do órgãos de gestão
biblioteca para às
objectivos da BE; conhecimento da escola nas
necessidades da
através da - Falta de meios complexas
escola;
- A qualidade do exploração de - Dar a conhecer a eficientes para actividades da BE;
Organização e Gestão da trabalho realizado ideias e BE a todos os potencializar
- A escassez de
BE determina o informações; alunos da todas as - Desenvolver
funcionários com
sucesso; Agrupamento; competências da parcerias para
formação, e falta
- Participação do BE. incrementar a
de recursos
- Existe dinamismo professor importância da BE
financeiros;
quando há fusão bibliotecário no na comunidade
entre Conselho escolar e local;
aprendizagem, Pedagógico;
bibliotecas e
literacias;

- Apoio da RBE e - Informatização


- Falta de alguns
- Acesso facilitado do PNL na da colecção;
Gestão da Colecção meios para o - Formação em
à colecção; renovação do
desenvolvimento catalogação;
fundo documental; - Falta de - Criação de uma
eficaz da colecção;
- Disponibilização formação e apoio rede de
Conhecimento na área Biblioteca escolar

dos recursos de - Adquirir a técnico para a informação


informação em colecção, de classificação e partilhada no
diferentes acordo com a catalogação do concelho de
suportes e solicitação da fundo; Felgueiras;
ambientes; comunidade
escolar;

- A Biblioteca
escolar entendida
como um “espaço
formativo e de
aprendizagem”,
- Aceitação
relacionado com a - Implementar
gradual, por parte - Pouca
A BE como espaço de escola e com o - Resistência de mais actividades
da comunidade (in)formação de
conhecimento e processo de alguns docentes de colaboração
educativa, da alguns docentes
aprendizagem. Trabalho ensino/ - Colaboração, ainda ausentes, entre a BE e os
participação activa acerca da
colaborativo e articulado aprendizagem; trocas de que não sendo vários
da BE como um natureza e da
com Departamentos e experiências; frequentadores Departamentos;
espaço dinâmico, dimensão do papel
docentes. * Articular “com assíduos da BE, - Desafiar a
essencial e do Prof.
departamentos, não incentiva os comunidade
imprescindível Bibliotecário e a
professores e alunos a fazê-lo. escolar a usarem
para a importância da BE.
alunos na mais a BE.
aprendizagem;
planificação e
desenvolvimento
de actividades
educativas e de
aprendizagem”;
Formação para a leitura e - O grande - Preponderância - Pouco - Adequar as - As diversas - Criação de
para as literacias objectivo é na formação para envolvimento dos potencialidades da actividades dos guiões/materiais
Conhecimento na área Biblioteca escolar

desenvolver as literacias, para departamentos, à BE aos programas docentes que de apoio às


“competências de o acompanhamento excepção do curriculares de ocasionam falta de literacias;
leitura” e “um curricular e das departamento de todas as tempo para
programa de aprendizagens dos línguas; disciplinas; colaborar com os
Literacia da alunos; restantes - Desenvolvimento
Informação, professores e de actividades
integrado no -Desenvolvimento parceiros; enriquecedoras na
desenvolvimento das actividades formação deste
curricular”; sugeridas pelo PNL domínio;
que promovem a
formação para a
leitura e para as
literacias,
indicadas por
alguns docentes ou
implementadas
pela equipa da BE;
- Importa - Falta de tempo - Investigação no - Maior formação
preparar os - Utilização de para poder gerir a âmbito das neste domínio;
estudantes para as alguns serviços parte digital da literacias digitais
mudanças do fornecidos pela biblioteca, que e dos riscos - Elemento da
século XXI, Web 2.0, implica associados ao uso equipa de
- Recursos
BE e os novos ambientes nomeadamente a nomeadamente o actualização da Internet: informática com
humanos pouco
digitais. nível das literacias blogue, página da constante, em formação na área maior
qualificados.
digitais; Internet; termos de da Segurança na disponibilidade.
informação/conhe Internet;
- Formação na - Equipamentos cimento a * Implementação
procura da novos. Disponibilizar; - Divulgação de e- do Plano
informação; books Tecnológico da
Conhecimento na área Biblioteca escolar

Educação na
Biblioteca

- As evidências
têm que estar
- Continuar a
baseadas nas
- As acções sensibilizar a
práticas e
desenvolvidas dão- - Complexidades Escola para a
adequadas ao - Produção de uma
nos o retorno da no modelo de importância da
contexto em que avaliação mais
prestação das avaliação, avaliação;
se insere a escola; eficaz através de
mesmas; implicando a
- Não existência recolha de
Gestão de evidências/ necessidade de - Participar em
- Gerir e avaliar de uma avaliação informações e de
avaliação. - Os dados substituir outras formações que
para mudar e sistemática; questionários a
recolhidos são acções para visem melhorar as
melhorar, são todas as
analisados para implementar a práticas de
algumas das actividades
objectivar a auto-avaliação; implementação do
acções que estão realizadas na BE;
melhoria; modelo de
na base do
avaliação;
trabalho da
biblioteca;
Conhecimento na área Biblioteca escolar

Gestão da mudança
SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias

- A BE como espaço de - Acabar com determinados paradigmas


conhecimento e de de que a BE é um depósito de
aprendizagem contínua documentos, ou, um lugar “sagrado”,
- A evidência recolhida dessa
para que se possa ter uma onde não se deve mexer nas estantes ou
aprendizagem na “reconstrução” da BE
boa gestão e prestar nos livros, onde não se pode falar, nem
torna-a activa, dinâmica e direccionada - A valorização do espaço, bem como do
serviços de qualidade à conviver, e restrita a poucos eleitos;
para o mesmo fim: centro das professor bibliotecário e da sua equipa;
toda comunidade; - Demonstrar que a BE não é um espaço
aprendizagens e da instrução dos - Mostrar a toda a comunidade que a BE
onde ocorre desperdício de recursos,
conhecimentos; é um espaço vivo, dinâmico, capaz de
- Avaliar – Gerir - Mudar - quaisquer que sejam;
Mas, é no trabalho em equipa, articulado evidenciar formação de saberes e
um trinómio base onde - É importante que a biblioteca consiga
e colaborativo, que reside a verdadeira tornar os seus usuários autónomos;
assenta muito do trabalho encontrar estratégias que permitam
força motriz de todo o sucesso.
da biblioteca; minorar os problemas, alargando os seus
serviços e abrangendo novos públicos.