You are on page 1of 4

O Modelo de Auto-Avaliação: metodologias de operacionalização / II

D. Gestão da BE
D.3. Gestão da Colecção
Indicadores Factores Críticos de Sucesso Instrumentos de Frases-Tipo
Recolha de
Evidências
•A equipa da BE/ professora
D.3.1. • Existe, formalizada, uma política de • Documento que define bibliotecária dinamiza:
Planeamento/gestã planeamento/gestão da Colecção de acordo a
o da colecção de com a inventariação das necessidades “Política de Gestão da • Relatório de diagnóstico do fundo
acordo com a curriculares e dos utilizadores da escola, a Colecção”, trabalhado e documental existente;
inventariação das qual define as normas para a selecção, partilhado pelo grupo de
necessidades desbaste, aquisição (prioridades), trabalho SABE; • Apresentação à Direcção e Conselho
curriculares e dos organização e circulação dos recursos de Pedagógicos de relatório e da política de
utilizadores da informação. Com base no diagnóstico de: • Documento registo de planeamento /gestão implementada;
escola. ✔ Lacunas existentes, obras sugestões para
deterioradas ou sem actualidade; actualização/ • Divulgação, à comunidade escolar, da
✔ Interesses utilizadores; enriquecimento do Fundo política de aquisição em exercício;
✔ Materiais inovadores; Documental;
✔ Currículos, PE, PCE, PCT; • Solicitação aos docentes, em Conselho
✔ Especificidades NEE, CEF, EFA, CNO; • Plano Actividades da Pedagógico, da apresentação de propostas
✔ Diversidade multicultural; BE; de aquisição de documentos tendo em conta
✔ Equilíbrio entre suportes, áreas do as especificidades/necessidades e utilizando
saber, áreas curriculares, disciplinares • Audição/registo opinião o documento elaborado para o efeito;
e não disciplinares, extra curriculares, dos utilizadores: leitura
nº alunos, faixa etária… recreativa/empréstimo • Proceder à aquisição/actualização do fundo
domiciliário; documental sugerido com base no
• A definição dessa política é aprovada pelos orçamento atribuído.
órgãos de decisão pedagógica • Grelha de Plano
(pertinência/adequação) e administrativa Orçamental; • Divulgação à comunidade escolar,
(verba) e partilhada/praticada pelos professores e restantes utilizadores, as
professores dos vários Departamentos • Registos de actas, aquisições feitas: jornal da escola,
Curriculares. relatórios, planificações, plataforma, intranet, blogue.
inquérito (CK2).

Didáxis, Cooperativa de Ensino


Alice Costa
O Modelo de Auto-Avaliação: metodologias de operacionalização / II

• A Colecção é equilibrada em quantidade, • Resultado da avaliação • Gestão do equilíbrio da colecção;


D3.2 - Adequação entre suportes (impresso e não impresso) e da
dos livros e de entre as diferentes áreas (recreativa e Colecção: relatório; • Análise/tratamento dos resultados dos
outros recursos de curricular); questionários QD3 e QA4;
informação (no • Registos de empréstimo
local e online) às • Os recursos da informação são adequados domiciliário/biblioteca; • Definição das opções de actualização da
necessidades à faixa etária, à curiosidade intelectual e aos Colecção, com base nos resultados obtidos
curriculares e aos interesses dos alunos; • Registos de requisição nos inquéritos;
interesses dos para aulas;
utilizadores na • Os recursos da informação respondem às • Adequação dos recursos às exigências do
escola. necessidades do Currículo e dos PEE, PCE e • Questionário a processo de ensino/aprendizagem e às
PCT; professores (QD3); necessidades e interesses dos utilizadores;

• A aquisição dos fundos documentais é • Questionário a alunos • Garantia de acesso à Colecção a toda a
anualmente actualizada e tem em conta as (QA4); comunidade educativa;
necessidades (variedade, qualidade,
importância) dos Departamentos e dos • Livro de sugestões. • Utilizar recursos online na partilha,
outros utilizadores, de acordo os critérios produção e difusão da informação.
definidos na Política de Desenvolvimento da
Colecção.
• A BE assegura a circulação do fundo; • Registos de empréstimo • Estatísticas/relatórios de utilização da BE
D3.3 – Uso da domiciliário/biblioteca; para trabalhos, estudo, leitura recreativa;
colecção pelos •A BE promove o empréstimo domiciliário a
utilizadores da toda a comunidade e garante a • Registos de requisição • Recolha/tratamento/divulgação dos
escola. variedade/quantidade de fundo; para aulas; resultados dos questionários realizados;

• A BE valoriza e forma para o acesso ao • Estatísticas de • Elaboração de guiões de utilização dos


fundo no processo de ensino/aprendizagem; empréstimos e vários suportes de fundo documental;
requisições para aulas;
• Os alunos e os docentes recorrem aos • Recolha de sugestões.
recursos documentais quer para trabalho • Questionário a
quer por prazer; professores (QD3);

Didáxis, Cooperativa de Ensino


Alice Costa
O Modelo de Auto-Avaliação: metodologias de operacionalização / II

• Os docentes incentivam a utilização • Questionário a alunos


propondo trabalhos de consulta e de (QA4);
pesquisa;
• Análise da Colecção
• A BE produz instrumentos de apoio e (CK2);
promove competências de utilização.
• Livro de sugestões.

D3.4 Organização • A informação está organizada segundo um • Registos /relatórios da • Gestão dos recursos humanos afectos à BE;
da informação. padrão garantindo o acesso e a recuperação gestão bibliográfica;
Informatização da da informação; • Utilização do Manual de Procedimentos e
colecção. • Nível de tratamento e do Regimento;
• A gestão bibliográfica está automatizada gestão da informação;
permitindo a simplificação de processos • Dados estatísticos (Docbase) de
inerentes ao circuito do documento e à • Catálogo informatizado disponibilização do catálogo;
pesquisa e difusão da informação; online;
• Produção de Guias de apoio ao Utilizador
• Os utilizadores recuperam a informação • Tabela CDU; com base na pesquisa do Catálogo e na
quer manualmente quer através da consulta pesquisa de Informação;
automatizada do catálogo; • Análise da Colecção:
inquérito CK2. • Aplicação de normas internacionais (CDU),
• O catálogo é pesquisável online e associa confirmadas pela RBE, no desenvolvimento
recursos digitais. da colecção.

D3.5 – Difusão da • A BE realiza actividades de • • Definição de estratégias de difusão da


informação. apresentação/exposição de livros e de outros Documentos/instrumento informação;
recursos de informação; s produzidos em
diferentes formatos; • Actualização do blogue;
• A BE organiza e difunde listagens de
recursos de informação adequados a • Trabalhos realizados na • Utilização dos novos dispositivos para
temáticas diversas, de âmbito curricular ou biblioteca ou em divulgar informação: emails, intranet,
associadas a projectos; colaboração com a BE no plataforma, blogue;
contexto do uso da
• A BE cria instrumentos de promoção da Informação; • Visitas guiadas à BE: espaço, organização e
Colecção e de divulgação de recursos de gestão.
informação; • Actas/relatórios das
actividades/equipa BE;

Didáxis, Cooperativa de Ensino


Alice Costa
O Modelo de Auto-Avaliação: metodologias de operacionalização / II

• A BE produz guias e tutoriais sobre


assuntos, autores ou outros; • Análise da Colecção:
inquérito CK2.
• A BE recorre a estratégias formativas e de
interacção com os utilizadores;

• A BE utiliza a Web e a denominada


segunda geração de serviços para difusão da
informação.

Didáxis, Cooperativa de Ensino


Alice Costa